Você está na página 1de 19

Q1.

PUC/SP 2000 (adaptada)

Área 3 - Habilidade 11

Movimento hippie consolidou rebeldia pacífica da geração de 1960.

“Há exatos 40 anos, numa certa fazenda de Bethel, perto de Nova York,
milhares de jovens se reuniram para cantar, dançar e manifestar o que
mais queriam do mundo naquele momento: paz. O Festival de
Woodstok foi a celebração de um movimento que se tornou símbolo da
geração de 1960 e 1970: os hippies pautaram a moda, a literatura e a
música. E causaram muitos problemas para as autoridades. O contexto
do surgimento do movimento era de desconforto e inconformismo geral.
A guerra do Vietnã, o legado da geração beat e a psicodelia se
misturavam com a popularização da pílula anticoncepcional e a formação
de uma nova esquerda. Entre os jovens do mundo, e principalmente dos
EUA, a sensação era de que algo precisava ser feito, e rápido, para mudar
o mundo. A palavra hippie veio da palavra "hip", que em inglês significa
"ligado, atualizado". "O movimento hippie tinha por objetivo rebelar-se
contra os valores instituídos pela sociedade e através do
descondicionamento, chegar à existência autêntica, embasada pela
formação de uma 'nova consciência'", explica a historiadora e
especialista em história social Patricia Marcondes de Barros, em
entrevista ao G1.”
www.g1.globo.com, em 21/08/09

Na década de 60, jovens iniciaram, em diferentes países, uma série de


movimentos de contestação que colocavam em questão valores até então
tidos como sólidos. O movimento Hippie, iniciado nos EUA, teve como
principais motivações:

a) a crítica aos padrões comportamentais ditados pela sociedade de consumo


e a recusa à convocação para lutar na guerra do Vietnã.

b) o questionamento das reformas educacionais e a reação à orientação


ideológica assumida pelo governo americano.

c) o apoio às greves operárias reprimidas pela polícia e a discordância em


relação à política internacional americana.

d) a resistência à aprovação no Congresso americano dos orçamentos para


pesquisas espaciais e para auxílio aos países do Terceiro Mundo.

e) a condenação das restrições impostas pelos EUA a Cuba e o repúdio à


intervenção soviética no território tcheco.

Resposta: A
Q2. Cesgranrio – (adaptada)

Área 3 – Habilidade 15

Censura nas novelas: o que você não viu na TV

Durante 20 anos, criações artísticas sofreram coma Censura. Nem as


meladas telenovelas escaparam da tesoura dos militares: cenas de sexo,
homossexualismo, críticas à Igreja e, é claro, ao governo eram cortadas
por Maria Fernanda Almeida

Era a noite de quarta-feira, 27 de agosto de 1975. Em pleno Jornal


Nacional, da Rede Globo, o apresentador Cid Moreira informava que
a novela Roque Santeiro, de Dias Gomes, que estrearia após o telejornal,
não iria mais ao ar. Fora proibida pela Censura. Em menos de dois
minutos, ele leu um texto dizendo que a novela era uma “ofensa à moral, à
ordem pública e um achincalhe à Igreja”. E ponto final: estava cancelada.
No lugar dela, às oito da noite (naquele tempo a novela das 8 começava às
8h mesmo), os cerca de 40 milhões de pessoas que se acotovelavam
diante de seus televisores começaram a assistir a uma reprise resumida
da novela Selva de Pedra. A proibição de Roque Santeiro – que seria
regravada e exibida 10 anos depois, em 1985 – é só mais um capítulo,
talvez o mais radical, da história da censura às telenovelas brasileiras
durante a ditadura militar (1964-1985).

http://historia.abril.com.br/politica 

A instalação de um regime militar no Brasil, após 1964, interferiu no


processo de produção cultural, como pode ser exemplificado pelo(a):

a) Cinema Novo, que foi apoiado pelo regime militar, através de uma agência
de fomento – Embrafilme.

b) Tropicalismo, que marcou a desenraização da cultura brasileira, com a


introdução de ritmos estrangeiros no Brasil.

c) Apoio dos militares às principais formas de expressão cultural do período,


com os festivais de música e os movimentos estudantis, com o intuito de
popularizar o regime.

d) Reflexo na criação cultural da crise brasileira e da busca de alternativa para


o país.

e) Característica de retorno ao passado, que marcou a produção cultural no


período de 1964-1986.

Resposta: D

Q3. UFC – 2008 (adaptada)


Área 4 – Habilidade 16

Globalização: integração e fracionamento.

‘[...] As novas tecnologias baseadas na microeletrônica, na informática,


nos novos materiais e na biotecnologia, produtos da Revolução Científica
e Tecnológica em processo de desenvolvimento, estão gerando e tendem
a expandir cada vez mais seus impactos de natureza econômica, política
e social sobre a sociedade humana. Pode-se afirmar que o processo de
globalização ou de interdependência da economia mundial não se
realizaria sem os avanços alcançados com o desenvolvimento da
moderna tecnologia.

As novas tecnologias propiciam, não apenas uma grande expansão do


comércio mundial, mas também uma maior integração entre os povos. As
telecomunicações associadas à informática contribuíram decisivamente
neste sentido. Hoje, graças a uma economia capitalista mundial cada vez
mais integrada às telecomunicações globais e ao aumento das viagens
internacionais, o intercâmbio entre os povos está acontecendo, também,
em um ritmo sem precedentes. De acordo com Naisbitt e Aburdene, “o
mundo está se tornando cada vez mais cosmopolita e estamos todos nos
influenciando uns aos outros”(Naisbitt, J. e Aburdene, P., 1990, p.
144).[...]’
ALCOFORADO, Fernando. Globalização

No final do século passado, a falência do socialismo real na Europa, o fim


da Guerra Fria e a emergência dos blocos econômicos internacionais
(NAFTA, UE etc.) principiaram uma nova ordem mundial que ficou
conhecida como globalização. Sobre esta nova ordem mundial, é correto
afirmar que:

a) Foi bloqueada pelo imperialismo associado ao capital financeiro.

b) Esgotou-se na revolução comercial mercantilista durante o Antigo Regime.

c) Trouxe uma nova dinâmica para a economia, tornando mais fluida a


circulação do capital financeiro.

d) Acabou com as fronteiras nacionais, dando total liberdade de locomoção às


pessoas e mercadorias.

e) Tornou-se inevitável em decorrência do avanço de novas tecnologias de


armazenamento e veiculação da informação.

Resposta: C

Q4. Unemat – 2007 (adaptada)


Área 3 – Habilidade 15

“É para abrir mesmo e quem quiser que eu não abra, eu prendo e


arrebento”.
João Batista Figueiredo, 1979

Governo Figueiredo (1979-1985): transição ou transação?

Ao tornar-se presidente, o general Figueiredo, carioca (mas de formação


gaúcha), militar da Arma da Cavalaria, suspendeu o AI-5, admitiu eleições
diretas para os governos estaduais, propôs uma política externa mais
aberta, e levantou uma série de polêmicas sobre o próprio poder militar.

Em suas reivindicações e propostas de redemocratização, a sociedade


civil avançava, mas setores mais críticos advertiam quanto a não se
poder falar, no Brasil, em redemocratização, e sim em democratização,
pois democracia de fato era algo desconhecido em nossa história.
Pairava no ar o perigo de um recrudescimento da ditadura, tanto que, a
cada iniciativa mais vigorosa das forças democratizantes – pelas diretas,
pela Assembléia Constituinte ou pela abolição da censura -, o general
advertia, ampliando e adensando o vocabulário e a imaginação política
nacional: “Não me ameacem, nem ao regime, senão eu recrudesço”...
MOTA, Carlos Guilherme. História do Brasil: uma interpretação

(Unemat - 2007/1) O último governo do regime militar instaurado no Brasil


em 1964, ou seja, o do general presidente João Batista Figueiredo,
pressionado politicamente, em virtude do desgaste da ditadura, adotou
uma série de medidas e iniciativas visando uma transição política sem
maiores colapsos. Era o resultado prático da chamada abertura lenta,
gradual e segura. Sobre este tema assinale a opção INCORRETA.

a) Concedeu a anistia.

b) Alterou a legislação, ampliando a liberdade de organização de partidos.

c) Impediu sob pressão militar, através do Estado de emergência e com o


apoio dos deputados do PDS, a aprovação da emenda das “Diretas já”.

d) Acordou com lideranças políticas da oposição a eleição indireta, desde que


não fossem tomadas atitudes revanchistas contras os militares.

e) Emitiu ordem de prisão contra os principais membros do Partido Comunista,


com o objetivo de evitar com esta atitude a possibilidade de Luís Carlos
Prestes vencer as eleições no Congresso Nacional.

Resposta: E
Q5. UERJ 2011(adaptada)

Área 4 – Habilidade 18 

Adaptado de http://inet.sitepac.pt

A história em quadrinhos apresenta uma característica fundamental do modo


de produção capitalista na atualidade e uma política estatal em curso em
muitos países desenvolvidos. Essa característica e essa política estão
indicadas em:

a) liberdade de comércio – ações afirmativas para grupos sociais menos


favorecidos

b) sociedade de classe – sistemas de garantias trabalhistas para a mão de


obra sindicalizada

c) economia de mercado – programas de apoio aos setores econômicos pouco


competitivos

d) trabalho assalariado – campanhas de estímulo à responsabilidade social do


empresariado

e) produção artesanal – incentivo dos governos para a produção


exclusivamente artesanal

Resposta: C
Q6. PUC/MG – 2007 (adaptada)

Área 3 – Habilidade 13

Revolução Cubana chega aos 50 anos, envolta em contradições.

Ao entrar em seu ano 51, a Revolução Cubana segue dividindo opiniões.


Para uns, trata-se de uma ditadura que priva seus cidadãos do direito à
livre iniciativa política e econômica. Para outros, é um exemplo de
desenvolvimento social e resistência a um injusto embargo comercial.
http//g1.globo.com/Noticias

Sobre a Revolução em Cuba, todas as alternativas são corretas, EXCETO:

a) a Revolução promoveu a reforma agrária e a coletivização da economia,


uma campanha de alfabetização ampla e a preocupação para o despertar
político na formação dos novos cidadãos, assim considerados pela Revolução.

b) A independência de Cuba do jugo espanhol, em 1898, não garantiu a


autonomia. Os Estados Unidos mantinham sua intervenção na própria
constituição cubana por meio da Emenda Platt.

c) Nos anos 1940 e 1950, o crescimento econômico levou cuba a tornar-se o


maior produtor mundial de açúcar. Isso levou à diminuição da dependência dos
Estados Unidos e concretizou o sonho revolucionário.

d) O modelo cubano influenciou as táticas de revolução na América Latina ao


mostrar o camponês como classe revolucionária e estabelecer a revolução a
partir de grupos guerrilheiros.

e) Promoveu a nacionalização de bancos e empresas, a expropriação de


grandes propriedades. Além de dominar a cena política com um único partido,
o Partido Comunista.

Resposta: C
Q7. O POVO no Enem 2010

Área 3 – Habilidade 13

“Avançando pelo tempo, observamos que as Igrejas controladas por


Roma (ocidente) e por Constantinopla (oriente) foram se distanciando em
relação às questões de natureza teológica e política. Em vários
momentos, os concílios ocorridos nas cidades orientais e ocidentais
exprimiam diferentes concepções de fé. Logicamente, o desenvolvimento
dessas querelas não só determinavam o enfraquecimento de uma Igreja
una, mas também estabelecia uma tensa disputa de autoridade.”
www.brasilescola.com.br/historia

Após a separação do Império Romano, em Império Romano do Ocidente e


Império Romano do Oriente, controlados por Roma e Constantinopla,
respectivamente. Ficaram visíveis as diferenças tanto de natureza política
e principalmente religiosa entre essas regiões, que acabaram por
engendrar mudanças significativas no Império Romano. O acontecimento
histórico que simboliza bem a fase de conflitos teológicos desse período,
século XI, é:

a) O Edito de Milão, que decretou a tolerância à nova religião, o cristianismo,


que passou a ter liberdade de culto e deixou de ser perseguido.

b) O Cisma do Oriente, que dividiu o cristianismo entre a Igreja Católica


Apostólica Romana e a Igreja Apostólica Ortodoxa, separando os cristãos entre
católicos e ortodoxos.

c) A contra-reforma, em resposta à Reforma protestante empreendida por


Martinho Lutero.

d) O Concílio de Nicéia, conhecido também como o primeiro Concílio


Ecumênico, quando a Igreja se reúne para organizar-se e definir seus dogmas
e princípios litúrgicos.

e) A Diáspora, o movimento de dispersão dos judeus pelo mundo, após serem


expulsos da sua “terra prometida”.

Resposta: B

Q8. O POVO no Enem 2010

Área 3 – Habilidade 15

O futebol aproxima as pessoas


“Thomas Mogale, 28, é um exemplo do nível de excitação popular que o
Mundial alcançou entre os sul-africanos. Morador do Soweto, o distrito de
Joanesburgo símbolo da resistência ao Apartheid, ele acredita que o
torneio irá unir negros e brancos. “O futebol aproxima as pessoas, a Copa
será muito importante para todo o País”.
Jornal O Povo, 10 de junho de 2010

Neste ano de 2010, o mundo assistiu a mais uma edição da Copa do


Mundo de Futebol, que ocorreu na África do sul. No trecho acima,
observa-se por meio do relato de um jovem o entusiasmo do povo sul-
africano em receber no seu país o mundial da copa, após vinte anos do
fim do Apartheid, regime segregacionista que separava negros e brancos,
que perdurou por mais de quarenta anos nesse país. As leis desse regime
discriminatório ditavam que:
a) A maior parte das terras do país deveria ser destinada aos negros, pois eles
representavam a maior parte da população do país, enquanto que a minoria
branca não possuía o direito à propriedade.
b) A Lei de Minas e Trabalho, determinava que somente os brancos poderiam
trabalhar nas minas, não permitindo a presença dos negros, pois estes eram
excluídos da sociedade.
c) Proibição de movimentos sociais organizados por brancos, pois estes eram
os mais miseráveis e injustiçados pelo regime Apartheid.
d) Os brancos não poderiam utilizar determinadas instalações públicas, como
os bebedouros e banheiros públicos, pois só os negros possuíam esse direito.
e) Pessoas brancas não poderiam ter relações sexuais com pessoas de outras
etnias. A criação de bairros específicos só para a população negra, bem como
a proibição destes de circularem em determinadas áreas das cidades.
Resposta: E

Q10. Fuvest 2008 (adaptada)

Área 5 – Habilidade 24

Democracia – algo tão valioso para nós – é um conceito surgido na Grécia


Antiga. Por cerca de um século, a partir de meados do século V a.C.,
Atenas viveu esta experiência única em sua época. (...)

A experiência da democracia ateniense serviu de inspiração para aqueles


que, muitos séculos depois, em diversos momentos históricos,
defenderam a liberdade política e o governo do povo.
FUNARI, Pedro Paulo A. Grécia e Roma
Na atualidade, praticamente todos os dirigentes políticos, no Brasil e no
mundo, dizem-se defensores de padrões democráticos e de valores
republicanos. Na Antiguidade, tais padrões e valores conheceram o auge,
tanto na democracia ateniense, quanto na república romana, quando
predominaram:

a) a liberdade e o individualismo.
b) o consenso e o respeito à privacidade.
c) a demagogia e o populismo.
d) o debate e o bem público.
e) a tolerância religiosa e o direito civil.

Resposta: D

Q11. FGV 2003

Área 3 – Habilidade 11

Num manuscrito do século XIII pode-se ler: “Os usurários são ladrões,
pois vendem o tempo, que não lhes pertence, e vender o bem alheio,
contra a vontade do possuidor, é um roubo.”
LE GOFF, J. A bolsa e a vida: A usura na Idade Média.

A respeito da usura é correto afirmar:

a) A usura foi tolerada pelos teólogos medievais que viviam nas cidades e
criticada pelos teólogos que se dedicavam à vida contemplativa nos mosteiros
rurais.

b) A usura era considerada um pecado pelos teólogos cristãos porque o


usurário podia se apropriar, como um ladrão, de qualquer bem de seu devedor.

c) A prática da usura passou a ser considerada virtuosa pelos teólogos


católicos, convencidos de que as críticas desferidas por Lutero eram
pertinentes.

d) A usura era considerada um roubo do tempo que pertencia a Deus e foi


praticada exclusivamente por judeus durante a Idade Média.

e) A usura foi condenada pelos teólogos medievais num contexto em que se


desenvolvia uma economia monetária gerada no interior do feudalismo.

Resposta: E
Q12. O POVO no Enem 2010

Área 5 – Habilidade 22

Alienação

Dirão vocês que dou muita importância a meu próprio aniversário. Exato,
exato. Dou, sim, uma importância capital. Todavia, há um 23 de agosto
que me doeu com uma pungência mais aguda. E isso por dois motivos: -
primeiro, porque eu fazia anos; e, segundo, porque era véspera de um
suicídio histórico. Vocês já perceberam que falo de Getúlio. [...]

Quando Getúlio nasceu, o tiro no peito estava inserido entre seus gestos
obrigatórios. Em 30, ao assumir o poder, já era o suicida. E, dia após dia,
foi ainda e sempre o suicida. Até que, já aos 70 anos ou pouco mais,
matou-se. Mas atirou no peito. Não estourou os miolos, como o faria um
suicida banal. Quis preservar o rosto, o último rosto, para a história, para
a lenda. O povo quer olhar a cara do líder morto.
RODRIGUES, Nelson. A Cabra Vadia.

O suposto suicídio de Getúlio Vargas foi recebido com tristeza por uma
boa parte da sociedade brasileira da época, principalmente pelas classes
mais populares, que tinham o presidente como um pai, assim como ficou
conhecido, “O pai dos pobres”. Na primeira fase de seu governo (1930-
1945), Getúlio fez diversas realizações, tais como:

a) A criação do “Plano Real”, programa que estabilizou a economia brasileira,


após anos de inflação.

b) A criação da Superintendência para o Desenvolvimento do Nordeste


(Sudene) e a construção da atual capital do país, Brasília, onde estão
instalados os poderes executivo, legislativo e o judiciário.

c) A criação da Justiça do Trabalho, a consolidação das Leis do trabalho, CLT.


Investiu na área de infra-estrutura, criando a Vale do Rio Doce, e a Hidrelétrica
do Vale do São Francisco.

d) A construção da rodovia Transamazônica, com o intuito de ligar


principalmente a região norte ao restante do país.

e) Promoveu o crescimento econômico do país, que obteve níveis


excepcionais, passando a ser conhecido como o “Milagre Econômico”.

Resposta: C
Q13. O POVO no Enem 2010

Área 6 - Habilidade 26

Leia o texto:

Rio de Janeiro, 9 de Julho de 2010 – Os estragos ainda são evidentes nas


95 cidades de Alagoas e Pernambuco atingidas pelas enchentes,
ocorridas em Junho, na região Nordeste do Brasil, e a preocupação agora
são as doenças infecciosas, como: diarréias, leptospirose, hepatite e
picadas de animais peçonhentos. Após as chuvas, Alagoas registrou
duas mortes por leptospirose, doença causada por uma bactéria presente
na urina do rato. Entre 21 de junho e 7 de julho, seis casos da doença já
foram confirmados no estado. Em situações de enchente e inundações, a
urina do rato presente em esgotos e sarjetas, mistura-se com a enxurrada
e a lama das enchentes. O contato com a água e a lama contaminadas
pode causar infecções e complicações futuras.

10/07/2010 www.tv1noticias.rpt.pt

O texto refere-se aos longos dias de fortes precipitações que atingiram alguns
estados do nordeste brasileiro, sobre o ciclo hidrológico, marque a alternativa
que representa corretamente as fases deste ciclo.

a) evaporação, evapotranspiração, condensação, precipitação, escoamento


superficial e infiltração.

b) precipitação, maturação, escoamento superficial, infiltração, evaporação e


evapotranspiração.

c) evaporação, evapotranspiração, condensação, precipitação, rolamento e


infiltração.

d) transgressão, condensação, precipitação, escoamento superficial, infiltração


e regressão.

e) evaporação, condensação, precipitação, suspensão, escoamento superficial


e infiltração.

Resposta: A
Q14. O POVO no Enem 2010

Área 6 – Habilidade 30

Leia o texto a seguir:

Nos últimos 50 anos, as temperaturas de inverno na península antártica


subiram quase 6º C. Ao contrário do esperado, o aquecimento tem
aumentado a precipitação de neve. Isso ocorre porque o gelo marinho,
que forma um manto impermeável sobre o oceano, está derretendo
devido à elevação de temperatura, o que permite que mais umidade
escape para a atmosfera. Essa umidade cai na forma de neve. Logo
depois de chegar a essa região, certa espécie de pingüins precisa de
solos nus para construir seus ninhos de pedregulhos. Se a neve não
derrete a tempo, eles põem seus ovos sobre ela. Quando a neve
finalmente derrete, os ovos se encharcam de água e goram.

Scientific American, ano 2, nº 21, 2004

O texto remete as questões do aquecimento global, processo pelo qual, o


planeta vem passando e que levanta discussões sobre seu caráter natural
e (ou) os fatores antrópicos que vem causando seu aceleramento. A
partir dele analise as afirmativas abaixo:

I. O aumento da temperatura global interfere no ciclo da água na


península antártica.

II. O aquecimento global pode interferir no ciclo de vida de espécies


típicas de região de clima polar.

III. A existência de água em estado sólido constitui fator crucial para a


manutenção da vida em alguns biomas.

Estão corretas as afirmativas:

a) I

b) II

c) I e II

d) II e III

e) I , II e III

Resposta: E
Q15. O POVO no Enem 2010

Área 6- Habilidade 28

O uso de energias renováveis, aquelas obtidas de fontes naturais capazes


de se regenerar, e, portanto, virtualmente inesgotáveis, vem sendo cada
vez mais celebradas como alternativas a queima de combustíveis fósseis
(carvão, petróleo e gás natura). O Brasil é o segundo maior produtor de
etanol do mundo, o maior exportador mundial, e é considerado o líder
internacional em matéria de biocombustíveis e a primeira economia em
ter atingido um uso sustentável dos biocombustíveis. Juntamente,
o Brasil e os Estados Unidos lideram a produção do etanol, e foram
responsáveis em 2008 por 89% da produção mundial e quase 90% do
etanol combustível.

São outros exemplos de energias e (ou) combustíveis renováveis:

a) carvão vegetal e energia solar.

b) rios, correntes de água doce e energia solar.

c) urânio e biomassa.

d) petróleo e energia eólica.

e) gás natural e as ondas.

Resposta: B

Q16. O POVO no Enem 2010

Area 6 – habilidade 27

Observe o mapa e leia o texto a seguir:


http://pubs.usgs.gov/gip/dynamic/slabs.html

A placa do pacífico, mais pesada, é forçada a mergulhar sob a placa sul-


americana, que se enruga, criando cordilheiras como os Andes. A placa
que fica por baixo acaba se fundindo ao magma, que pode subir a
superfície em forma de vulcões. É por isso que as áreas ao redor da placa
do pacífico formam o Cinturão de fogo, região que concentra não só
terremotos como a maioria de vulcões do planeta

São países que estão localizados entre os limites do Cinturão de fogo e


sofrem com os processos endógenos e exógenos referentes a esse:

a) Chile e Argentina.

b) Japão e México.

c) Peru e Tibete.

d) Grécia e Indonésia.

e) Filipinas e Austrália.

Resposta: B

Q17. O POVO no Enem 2010


Área 2- Habilidade 6

Os fusos horários foram estabelecidos em 1984, durante a conferência


internacional do meridiano, que aconteceu em Washington, nos Estados
Unidos. Os participantes da conferência fizeram uma conta simples.
Dividindo os 360 graus da esfera da Terra em 24 horas de duração da
rotação completa, chegaram ao resultado de 15 graus para cada hora . ou
seja a cada hora , o sol deixa de bater numa faixa de 15 graus e ao
mesmo tempo, atinge uma faixa do mesmo tamanho do outro lado do
globo. Se a final da copa do mundo da África do Sul, foi transmitida às
15:30, horário de Brasília, que fica no fuso 3, a oeste de Greenwich,
indique em que horário foi a transmissão para uma cidade que fica 75º a
oeste do fuso 0º (Greenwich):

www.logon.com.br/atlas/images/mdmafu.gif

a) 15:30.

b) 18:30.

c) 13:30.

d) 20:30.

e) 14:30.

Resposta: C
Q18. UFBA (adaptada)

Área 6 – habilidade 30

Com base em projeções realizadas por especialistas, prevê-se, para o fim


do século XXI, aumento de temperatura media, no planeta, entre 1,4ºC e
5,8ºC. Como conseqüência desse aquecimento, possivelmente o clima
será mais quente e mais úmido bem como ocorrerão mais enchentes em
algumas áreas e secas crônicas em outras. O aquecimento também
provocara o desaparecimento de algumas geleiras, o que acarretara o
aumento do nível dos oceanos e a inundação de certas áreas litorâneas.
As mudanças climáticas previstas para o fim do século XXI :
a) provocarão a redução das taxas de evaporação e o aumento das taxas de
condensação do ciclo da água

b) poderão interferir nos processos do ciclo da água que envolvem mudanças


de estado físico.

c) promoverão o aumento da disponibilidade de alimento das espécies


marinhas

d) induzirão o aumento dos mananciais, posteriormente essa água poderá ser


armazenada para acabar com a seca no nordeste.

e) impulsionará o aumento da frota naval e o desenvolvimento de novas


tecnologias no tratamento da água

Resposta: B

Q19. O POVO no Enem 2010

Área 3 – habilidade15

Em 2010 , o IBGE realizará o XII censo demográfico, que se constituirá no


grande retrato em extensão e profundidade da população brasileira e
suas características sócio – econômicas e ao mesmo tempo, na base,
sobre a qual deverá se assentar todo o planejamento público e privado da
próxima década.
www.ibge.gov.br

Os riscos que o crescimento demográfico representa para a humanidade


são diferenciados. Dependem dos interesses econômicos, do
desenvolvimento social e das políticas internas que os diferentes países
adotam para controlar a natalidade e a dimensão das famílias. Acerca dos
riscos das diferentes formas de crescimento demográfico, e das
intervenções dos governos para evitá-los, é possível afirmar,
corretamente, que:

a) as altas taxas de natalidade aliadas à redução da mortalidade ocasionam


a explosão demográfica manifestada, em especial, entre os países mais
desenvolvidos.

b) os baixos índices de natalidade, associados à elevada mortalidade


decorrente do envelhecimento da população, ocasionam as implosões
demográficas, típicas de países ricos.

c) O aumento da taxa de natalidade em países em desenvolvimento como o


Brasil, sem o acompanhamento de políticas públicas, gera um aumento no
numero de desocupados e no numero de habitações irregulares e favelas.

d) A queda da mortalidade resulta da melhoria do padrão de vida das


populações e mostra que o país esta plenamente desenvolvido.

e) A redução da natalidade, motivada pelas políticas demográficas, em


médio prazo leva à carência de mão-de-obra, ocasionando graves prejuízos
à economia dos países onde ocorre.

Resposta: B

Q20. O POVO no Enem 2010

Área 3 – habilidade 14

Existem diferentes modos de entender o espaço geográfico e de


analisar e explicar a relação da sociedade coma natureza. Acerca
dessa relação, assinale a alternativa que associa corretamente o
posicionamento das correntes do pensamento geográfico ao seu
modo de compreender a problemática da seca no semi-árido
nordestino ou de opinar sobre a intervenção humana na região.

a) os adeptos do determinismo geográfico, atribuem as condições físicas


do semi-árido(solos, clima, vegetação, relevo, hidrografia) a
responsabilidade pela pobreza, pela fome e os baixos níveis de
desenvolvimento humano no sertão do nordeste.

b) Os defensores do Possibilismo atribuem às condições climáticas e à


existência de solos desfavoráveis a responsabilidade pela pobreza da
população regional.

c) Os defensores de uma perspectiva crítica exaltam o uso de recursos


técnico-cientificos modernos na reorganização desse espaço regional.

d) Os que buscam compreender o espaço a partir de elementos culturais


responsabilizam os povos indígenas pela condição atual de degradação
da Região.

e) Os seguidores da geografia quantitativa, explicam a problemática da


região, como resultante de uma integração dos fatores naturais com os
sócio-econômicos.
Resposta: A

Q21. O POVO no Enem 2010

Área 6 – habilidade 27

12/01/2010 - 21h28

Forte terremoto atinge Haiti; instalações do Exército brasileiro são


afetadas, diz Defesa

Do UOL Notícias*
Em São Paulo

Atualizado às 22h33 de 13/01/2010

Um grande terremoto de magnitude 7,0 na escala Richter atingiu o Haiti, o


país mais pobre da América, por volta das 19h50 (horário de Brasília)
desta terça-feira (12). Um alerta de tsunami para partes do Caribe,
incluindo a República Dominicana, Cuba e Bahamas chegou a ser emitido
pelo Centro para Alertas de Tsunami no Pacífico, mas já foi retirado.

Alguns processos naturais ocorrem durante longos períodos no tempo


geológico, ou seja, são processos dinâmicos contínuos. Outros ocorrem
de modo brusco e descontínuo e podem tornar-se eventos catastróficos.
Indique a alternativa verdadeira que destaca dois processos dinâmicos
descontínuos e que podem ocasionar catástrofes.

a) terremotos e inundações torrenciais.

b) falhamentos e soerguimentos.

c) isostasia e compactação de sedimentos.

d) deriva continental e erosão de um rio anastomosado.

e) epirogênese e regressão marinha.

Resposta: A

Q22. UFPE (adaptada)

Área 2 – habilidade7

Leio texto a seguir:

Os sionistas de então (antes da criação do Estado de Israel) acreditavam


que o novo país seria uma sociedade solidária, com matrizes socialistas
que se configuravam nos kibutzi, colônias de produção coletiva e
cooperação entre palestinos e os judeus.
Super Interessante, Maio de 2003.

Comparando o fragmento do texto com a realidade vivida na Palestina e


em Israel assinale a afirmativa correta.

a) o estado de Israel nasceu em Maio de 1948, enfrentando a oposição dos


países árabes vizinhos e das populações árabes que habitavam a Palestina,
área em que foi criado.

b) o estado de Israel, apesar de ter sido criado em uma área que já era
ocupada por palestinos a várias décadas, convive pacificamente com a
palestina e seu povo, sem jamais terem entrado em conflito.

c) esse movimento (sionista) tinha como objetivo principal criar um estado


Palestino, para os filisteus que viviam em diversas partes do mundo,
principalmente na Europa.

d) o sonho de um país onde judeus e palestinos vivessem como irmãos só foi


desfeito pela intransigência palestina, que utilizou de praticas terroristas para
impedir tal convívio.

e) e) a guerra dos seis dias foi um conflito vencido por Israel, o qual determinou
as atuais fronteiras desse território.

Resposta: A