Você está na página 1de 222

BEST-SELLER

FRANCÊS J. ROBERTS

•K.
Este livro é
dedicado à glória de
Deus e a todos
úue desejam uma
comunhão mais
íntima com ele.
PREFÁCIO

Vinde, amados meus foi forjado no crisol das labutas da vida.


No meio das alegrias e das provações diárias, o Espírito minis-
trador do Pai celestial e do Senhor Jesus Cristo trazia palavras de
encorajamento, esperança, conforto e convicção.
Para alcançar o máximo das bênçãos deste livro, leia-o com
cuidado e com espírito de oração, um pouco de cada vez, bus-
cando sempre encontrar o tesouro especial da verdade que a sua
vida necessita. Aquele que o conhece pelo nome e entende os
seus anseios mais profundos falará ao seu coração por meio des-
tas páginas, fechando os seus ouvidos e olhos para o mundo lá
fora e levando-o à comunhão com ele.
Quer esteja apenas começando sua caminhada cristã ou
esteja alcançando a medida da plenitude de Cristo, você será
igualmente desafiado e ajudado. Alguns livros apresentam ins-
truções para o viver cristão; outros inspiram uma devoção mais
profunda. Vinde, amados meus fará as duas coisas, à medida que
você abrir a alma para sua mensagem vivificante.
Muitas orações acompanham este livro, para que Deus enri-
queça cada vida que ele tocar.
Certamente estamos todos ligados a uma família em Cristo
por meio dos laços do seu Espírito Santo.
Francês J. Roberts

Ul
IV
ÍNDICE DAS MEDITAÇÕES

Os números indicam as meditações e não as páginas.

A chamada do amor 1
1. A CHAMADA DO AMOR
2. A NECESSIDADE DE UMA FÉ MAIS PROFUNDA
3. RESIGNAÇÃO
4. FÉ E AÇÀO
5. SINCERIDADE
6. ORIENTAÇÃO
7. NAS ÁGUAS DA TRISTEZA
8. FIRME-SE NAS MINHAS PROMESSAS
9. DEPENDÊNCIA DE DEUS
10. AQUELE QUE LEVA AS CARGAS
11. SEGURANÇA NA VONTADE DE DEUS
12. LIBERE A SUA TRISTEZA
13. ANJOS MINISTRADORES
14. CAMINHE COMIGO
15. A VINHA DA ORAÇÃO
16. UM VASO SUBMISSO E CHEIO DE FÉ
17. AMEM AS MINHAS PALAVRAS
18. CONFORTO NA AFLIÇÃO
19. VOLTE PARAMIM
20. UM DIA POR VEZ
21. AS BÊNÇÃOS DO PURO DE CORAÇÃO
22. O PODER DE CURA DO LOUVOR
23. A COMISSÃO DIVINA
24. SACRIFÍCIO, MEU SÍMBOLO OFICIAL
25. A ETERNIDADE E O TEMPO
Água viva 33
27. UMA FONTE PERPÉTUA DE GLÓRIA
28. PEÇA!
29. RIOS DE ÁGUA VIVA
30. DÊ-ME DE BEBER
31. EU DAREI A VITÓRIA
32. LIMPE O SANTUÁRIO
33. NÃO ESTEJAM PRESOS A TERRA
34. VOCÊS NÃO PODERÃO ESGOTAR O MEU AMOR
35. CORAGKM
36. O SENSO DE PERSPECTIVA
37. REMOVA AS ROCHAS
38. REMOVA OS ÍDOLOS
39. SATUREM A SUA ALMA NO ÓLEO DO ESPÍRITO
40. A ECONOMIA DO REINO
41. SALVAÇÃO DA CASA
42. AJUNTAREI O MEU POVO
43. VERIFIQUE A SUA ROTA
44. DETERMINE EM SEU CORAÇÃO DE SEGUIR ATÉ O FIM
45. QUEBREM OS GRILHÕES
46. UM JARDIM DE FONTES
47. UM INSTRUMENTO DE LOUVOR

Deslanche 71
48. DESLANCHE
49. COLOCAREI UM NOVO CÂNTICO NA SUA BOCA
50. DO CENTRO PARA A PERIFERIA
51. CHUVA
52. DEVO ELOGIÁ-LOS?
53. MEU PODER VIVIFICADOR
54. UM CÂNTICO À MEIA-NOITE
55. MANTENHA O SEU ROSTO NA DlREÇÃO DO NASCER DO SOL
56. SEU CORPO, UM SACRIFÍCIO VIVO
57. CONVICÇÃO E PERDÃO

vi
58. NÃO OLHE PARA TRÁS
59. LANCE FORA OS SEUS TEMORES
60. CORRA COM PACIÊNCIA
61. FIQUEM MAIS TEMPO COMIGO
62. NÃO TEMA
63. APROVEITE CADA OPORTUNIDADE
64. A ARTE DA ENTREGA
65. AQUILO QUE VOCÊ SEMEAR
66. O CASTIGO
67. O ÚLTIMO DERRAMAMENTO
68. CANTEM, MEUS FILHOS

Aprenda a reinar 107


69. A POMBA DA TERNURA
70. ÁGUAS TRANQUILAS
71. O ARRULHAR DA POMBA
72. O AMOR JAMAIS ACABA
73. SEGURE FIRME
74. CORRA PARA OS MEUS BRAÇOS
75. ESPERO SUA DEPENDÊNCIA DE MIM
76. NÃO PERMANEÇA INATIVO
77. COMO CHUVAS REFRESCANTES
78. ENFRENTE O VENTO
79. A MENTE DE DEUS
80. JÁ PLANEJEI TUDO DE ANTEMÃO PARA VOCÊ
81. DÍNAMOS DE LOUVOR
82. EU ME REGOZIJAREI NO MEU POVO
83. CRESÇAM EM MIM
84. ANDEM NELE
85. JÓIAS
86. ALEGRO-ME EM VOCÊ
87. APRENDAM A REINAR
88. ABRA O SEU CORAÇÃO
89. FIRMEZA
90. FAZENDO O TRABALHO DO PAI

vu
Ouça o silêncio 141
91. ENCONTRE A SOLITUDE
92. SKJA MKU ALIADO
93. PERMANEÇA MALEÁVEL NA MINHA MÃO
94. PRECISO DE VENCEDORES
95. RENOVEM SEUS VOTOS
96. A ESTRADA É ÍNGREME
97. VOU USÁ-LO, E NÃO DESTRUÍ-LO
98. CONSERVE O SEU CANAL ABERTO
99. FALE A VERDADE
100. VINDE, AMADOS MEUS
101. TOME A GLÓRIA COxM VOCÊ
102. OUÇA o SILÊNCIO
103. UM CAMINHO MAIS GLORIOSO
104. DESEJO FAZER UM LINDO TRABALHO
105. O SEGREDO DO SILÊNCIO
106. A ALIANÇA DE AMOR
107. MOVAM-SE RAPIDAMENTE
108. A DÁDIVA DO PERDÃO
109. AOS OLHOS DO ESPÍRITO
110. MEU REINO FLSTÁ PRÓXIMO
111. COM ASAS NOS PÉS

O som da trombeta 177


112. O SEGREDO
113. DELEITE-SE EM MIM
114. RENUNCIE À SUA VONTADE
115. COM AS CORDAS DA MINHA FIDELIDADE
116. EU CASTIGO COM AMOR
117. EU CONTROLO OS VENTOS
118. PERMITA-ME ENTRAR EM SEU CORAÇÃO
119. AS CÂMARAS SECRETAS DA COMUNHÃO
120. DESEJO ALIVIAR SUA CARGA
121. PUREZA DE CORAÇÃO
122. SUA VIDA, UM TECIDO FINO
123. ESPERO POR VOCÊ
124. ENTRE NA CORRENTEZA
125. NÃO TOMO PROVIDÊNCIAS PARA OS VAGAROSOS
126. O RELACIONAMENTO SOLITÁRIO
127. SEJAM VIGILANTES
128. DE ACORDO COM OS MEUS PROPÓSITOS ETERNOS
129. ESTES SÃO DIAS DO MOVER DO MEU ESPÍRITO
130. NÃO USE SUBSTITUTOS
131. PERMANEÇAM DEBAIXO DAS MINHAS ASAS
132. PÃO SOBRE AS ÁGUAS
133. O ARTISTA-MESTRE
134. CONDUZINDO FILHOS À GLÓRIA
135. GRITO DE VITÓRIA
136. AO TOQUE DA TROMBETA
137. APARECERÃO COMO O OURO
138. VIREI CANTANDO
139. ESPERE O INESPERADO
140. DESTINO ETERNO DO MOMENTO PRESENTE
A Chamada
do Amor
Jesus perguntou a Simão Pedro: "Simão, filho de
João, você me ama mais do que estes?"
Disse ele: "Sim, Senhor, tu sabes que te amo".
Disse Jesus: "Cuide dos meus cordeiros".
JOÃO 21.15
1. A CHAMADA DO AMOR

[O Senhor] será o firme fundamento nos tempos


a que você pertence, uma grande riqueza de
salvação, sabedoria e conhecimento.
ISAÍAS 33.6

Ah, amado meu, amacia minha, permaneça debaixo do


abrigo que preparei para você, porque o atraí a mim e, embora
às vezes esteja indiferente, meu amor por você arde sempre
como fogo. Meu ardor nunca esfria. Meu anelo pelo seu amor e
afeição é profundo e constante.
Não demore em encontrar uma oportunidade para ficar
mais tempo a sós comigo. Separe tempo, mesmo que as tarefas
tenham de esperar. Nada acontecerá. As coisas têm menos
importância do que você pensa. O tempo que passar comigo
será como um jardim florido, ao passo que o tempo dedicado às
coisas comuns é como um campo cheio de restolhos.
Amo você, e se puder ficar tão perto de mim, a ponto de
sentir o pulsar do meu coração, conhecerá algo que dará forças
para o seu sustento. Levei os seus pecados e desejo levar os seus
fardos. Receba a dádiva de um coração leve e feliz, porque o
meu amor dissipa todo medo e cura a enfermidade. Incline a
cabeça no meu peito e descanse em mim. Você experimentará a
vida ressurreta e a paz. A alegria do Senhor se tornará a sua
força, e fontes de salvação se abrirão no seu interior (veja Canta-
res de Salomão 2.9-13).
2. A NECESSIDADE DE UMA
FÉ MAIS PROFUNDA

Se algum de vocês tem falta de sabedoria,


peca-a a Deus, que a todos dá livremente,
de boa vontade; e lhe será concedida.
TIAGO 1.5

Meu filho, não espere que as provações se tornem mais leves


que no passado. Por que imaginar que as provas seriam menos
severas? Provo todas as coisas, e existem áreas em sua vida que
ainda não toquei. Não busque a tranquilidade. Os dias à frente
podem requerer mais persistência e uma fé mais robusta do que
no passado. Receba isso com agrado, porque você precisa saber
quão preciosas são as lições aprendidas por meio desse tipo de
experiências. Mesmo que não seja capaz de antegozá-las plena-
mente, certamente obterá uma apreciação apropriada delas em
retrospecto.
Dedique seu coração a conhecer a sabedoria. Esse alvo
transcende todos os outros. Todo bem que provém de um
período de pressão será mais uma bênção na sua vida.
Busque-me acima de todas as coisas.
3. RESIGNAÇÃO

"Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de


Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes
serão acrescentadas".
MATEUS 6.33

Incline o seu coração para mim e sintonize o seu ouvido


para ouvir a minha voz. Desejo falar com você. Tenho uma
mensagem urgente para sua vida.
Não saia por aí estabelecendo seus próprios desígnios. Já
coloquei em açao a minha vontade e propósito divinos, e não
desejo a sua interferência. Sou zeloso pelos meus filhos: Eles
são meus, e você não deve interferir de forma alguma no cum-
primento dos meus planos. Sim, você poderá fazer muitas coi-
sas, mas somente aquelas que eu dirigir serão abençoadas por
mim.
Renuncie a tudo — seus queridos, bem como a si mesmo.
Seja obediente à suave voz interior. Por vezes, sua imaginação
pode falar mais alto, mas espere em mim sempre. No tempo
devido, notará a sabedoria disso. Não coloque sua confiança em
coisas carnais, mas coloque sua segurança nos valores espiritu-
ais. Certamente, a minha promessa continua valendo: "Bus-
quem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus, e todas as
outras coisas necessárias lhes serão acrescentada?'.
4. FÉ E AÇÃO

"Que lhes seja feito segundo a fé


que vocês têm.'"
MATEUS 9.29

Minhas promessas não terão valor, a não ser que as aplique e


aproprie-se delas pela fé. Na sua caminhada diária, você será
vitorioso à medida que confiar em mim. Somente posso
ajudá-lo à medida que me pedir. Vou me encontrar com você
sempre que acrescentar ação às orações. Somente quando cami-
nhar, as águas da adversidade se abrirão diante de você. Na con-
fusão em que o mundo se encontra, diante de tantas aflições e
doenças, preciso daqueles que provaram a minha suficiência
diária e que têm a experiência pessoal de levar os sofredores às
fontes da vida. Preciso de pessoas que descobriram que sou
aquele que carrega os fardos e ajudo a trazer libertação ao opri-
mido.
Não compartilhe com as queixas dos murmuradores cróni-
cos, mas reconheça em cada encontro uma oportunidade para
pronunciar uma palavra que possa levá-los ao livramento.
Nenhuma situação é difícil demais para mim. Nunca se surpre-
enda quando eu as usar para mudar situações. Não julgue uma
pessoa pela sua aparência, mas busque ver nela aquilo que ela
poderá ser caso se entregue incondicionalmente a mim.
5. SINCERIDADE

Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem


dele se aproxima precisa crer que ele existe e que
recompensa aqueles que o buscam.

HEBREUS 11.6

Não fique admirado pelo fato de ter dito que você precisa
nascer de novo. Nada do que é espiritual pode ser produzido
pela carne. A vida espiritual produzirá aquilo que é espiritual; e,
semelhantemente, o que é carnal produzirá somente mais carna-
lidade.
É por isso que eu disse que abomino os seus sacrifícios. Não
que tenha desprezado a sua ordenança, mas percebi que ela se
tornou uma expressão de justiça própria, mostrando sua indife-
rença ao direito de Deus sobre o seu coração.
Minhas ordenanças são justas e santas, mas precisamos
cumpri-las com profunda sinceridade e com uma compreensão
do seu verdadeiro significado. Sacrificar de forma descuidada e
ignorante acaba prejudicando a sua alma. Nunca permita que
seu espírito fique calejado ou endurecido.
Sem santidade, ninguém verá a Deus. Em outras palavras:
"Sem um coração terno e um espírito sensível e atencioso, nin-
guém verá a Deus"; porque sem isso, será impossível obter a
verdadeira santidade.
O tolo não discernirá o valor e jogará fora grandes tesouros.
O olho treinado consegue enxergar o verdadeiro valor de uma
pedra preciosa e não a deixará escapar de suas mãos. Assim você
deverá agir em relação a assuntos espirituais.
Treine o seu olho para discernir o que tem verdadeiro valor
e não deixe que escape de suas mãos.
6. ORIENTAÇÃO

O Senhor firma os passos de um homem [bom].


SALMOS 37.23

Meu filho, ouça a minha voz, e não dê atenção à voz de


estranhos. Meus caminhos são retos e estreitos, mas você não
terá dificuldade em achá-los se olhar para mim. Sou eu que guio.
Não olhe para as pessoas para encontrar direção. Você pode
aprender muito com a comunhão dos irmãos, mas nunca per-
mita que alguém assuma o papel que é meu de direito — de diri-
gir os seus passos. Como está escrito: "O Senhorfirmaos passos
de um homem [bom]" — não é o pregador, nem um obreiro
cristão, mas o Senhor.
Confie em mim para fazê-lo, e dê-me o tempo e a oportuni-
dade para fazê-lo. Não se apresse e não confie em sua própria
inteligência.
Descanse em mim. Quando crer e viver pela fé, farei com
que a minha perfeita vontade se manifeste em sua vida.
7. NAS ÁGUAS DA TRISTEZA

Todavia, como está escrito: "Olho nenhum viu,


ouvido nenhum ouviu, mente nenhuma
imaginou o que Deus preparou para aqueles que
o amam".
1 CORJNTiOS 2.9

Ah, filho meu, estou vindo em sua direção, caminhando


sobre as águas das tristezas da sua vida; sim, acima dos ruídos da
tempestade você ouvirá a minha voz chamando pelo seu nome.
Nunca está sozinho, porque estou do seu lado. Nunca
desespere, porque velo e cuido de você. Não fique ansioso. O
que parece uma situação difícil no momento faz parte do meu
plano, e estou elaborando os detalhes das circunstâncias para
que possa abençoar e revelar-me a você de uma maneira nova.
Como abri seus olhos para ver, assim abrirei seus ouvidos
para ouvir, e você poderá me conhecer como Moisés me conhe-
ceu; sim, em um relacionamento face a face. Pois, removerei o
véu que me separa de você, e me conhecerá como o seu Amigo
mais precioso e seu Consolador mais fiel.
Nenhuma escuridão poderá ocultar o brilho do meu rosto,
porque serei para você como uma estrela luminosa a resplande-
cer à noite. Nunca permita que a sua fé vacile. Estenda a sua
mão e tocará a orla das minhas vestes.
8. FlRME-SE NAS MlNHAS PROMESSAS

Mas o Senhor é fiel; ele os fortalecerá e os


guardará do maligno.
2 TESSALONJCENSES 3.3

Não tema. Não permitirei que seus adversários o engulam.


Você é meu filho. Vou livrá-lo, honrá-lo e ser glorificado por
seu intermédio. Porque, por meio da minha fidelidade a você,
mesmo os seus inimigos reconhecerão o meu poder. Estarei
com você na doença, e na morte serei o seu conforto seguro.
Caminharei com você pelo vale, e não temerá sombra alguma.
Firme-se nas minhas promessas. Elas são dadas como um mapa
hidrográfico é dado ao capitão de um navio e uma bússola ao
caçador. Elas o guiarão por lugares onde não existe uma rota
clara. Elas darão orientação e sabedoria e abrirão o seu entendi-
mento.
Estude a minha Palavra, a Bíblia. Ela está repleta de estímu-
los de coragem. Eu o fortalecerei e o ajudarei, e mesmo na eter-
nidade desfrutará dos seus efeitos de longo alcance.

10
9. DEPENDÊNCIA DE DEUS

Pois passamos a ser participantes de Cristo,


desde que, de fato, nos apeguemos até o fim à
confiança que tivemos no princípio.
HEBREUS 3.14

Meu povo, preste atenção nas minhas palavras; sim, não


andem de maneira descuidada, nem tracem seus próprios cami-
nhos. Vocês não sabem o que está ao longe, nem a adversidade
que podem encontrar amanhã. Portanto, caminhem próximos
de mim, para que o meu auxílio esteja sempre à mão. Vocês pre-
cisam de mim; e não importa quão desenvolvida esteja a sua fé
ou quão maduro seja o seu crescimento na graça, não pensem
por um momento sequer que não precisam do meu amparo.
A verdade é que vocês precisam dele cada vez mais. Protejo os
recém-nascidos de muitas das provações e provas com que per-
mito ser confrontados aqueles que estão crescendo em estatura
espiritual. Vocês não podem crescer, meu povo, sem as expe-
riências provadoras que trago a vocês.
Assim, segurem mais firmemente na minha mão à medida
que continuam trilhando na sua caminhada cristã. Não confiem
em sua força crescente; porque, na verdade não experimentam a
sua própria força, mas a minha força em vocês.
Vocês são vulneráveis à deslealdade do inimigo e mais frá-
geis do que nunca; mas o seu conhecimento a meu respeito se
aprofundou e, por causa disso, sua confiança em mim deveria se
tornar mais natural.
Portanto, continuem a caminhada com coragem e confiança;
mas sempre permitam que eu vá à frente e escolha o caminho
certo.

11
10. AQUELE QUE LEVA AS CARGAS

"[Ele] os sustentou no deserto com maná [...],


para humilhá-los e prová-los, a fim de que tudo
fosse bem com vocês".

DEUTERONÔM1O 8.16

Meu filho, não compartilhe suas cargas com todos os que se


mostram preocupados com você. Eu, eu mesmo, sou o grande
carregador de cargas. Você não precisa olhar para outro. Vou
conduzi-lo com sabedoria do alto. Todas as coisas acontecerão
como planejei, se me der a liberdade de ajustar as circunstâncias
e guiá-lo às decisões certas.
Sou misericordioso e bondoso. Amo você sem medida e
desejo o seu bem; e trarei a você aqueles que realmente podem
ajudá-lo, se deixar tudo em minhas mãos.
Minha vontade é a sua prosperidade e saúde. Quero que me
conheça mais intimamente. Caso surjam dificuldades, saiba que
elas passam pelo meu crivo e são para o seu benefício. As pes-
soas talvez digam que você está passando por aflições; eu digo
que está passando por uma prova.

12
11. SEGURANÇA NA VONTADE DE DEUS

"Sabemos que Deus [...] ouve o homem que o


teme e pratica a sua vontade".

JOÃO 9.31

A minha vontade não é um lugar, mas uma condição. Não


me pergunte onde e quando, mas como. Você descobrirá bênção
em todo lugar se seu espírito estiver em sintonia comigo. Não
há lugar ou tempo mais sagrado do que quando se está em
comunhão íntima comigo.
Dirijo cada movimento de sua vida, assim como o oceano
carrega um navio. Sua vontade e inteligência podem estar ao
leme, mas a providência e soberania divina são forças maiores.
Confie em mim, sabendo que toda pressão sobre você é gerada
pelo meu amor, e só o farei se estiver disposto a permiti-la.
Muitos navios têm ancorado de porto em porto, sem a
minha interferência, porque a vontade própria tem estado na
direção. Inúmeros cruzeiros cruzam os mares de forma triun-
fante, intocados pelo poder da minha mão.
Mas você colocou sua vida aos meus cuidados e, uma vez
que depende de mim para orientação e rumo, eu o farei.
Vá em frente com firmeza e saiba que as águas que o levam
são águas do meu amor e bondade. Eu o manterei na rota certa.

13
12. LIBERE A SUA TRISTEZA

"Tomem sobre vocês o meu jugo e aprendam de


mim, pois sou manso e humilde de coração, e
vocês encontrarão descanso para as suas almas".
MATEUS 11.29

Meu filho, incline a sua cabeça no meu peito. Conheço bem


as suas fadigas e sou capaz de levar cada uma delas. Nunca
sepulte as suas tristezas, mas ofereça-as a mim. Você aliviará a
sua alma de muita tensão se puder deixar cada cuidado em
minhas mãos. Nunca se agarre a qualquer problema, esperando
resolvê-lo sozinho, mas entregue-o a mim. Ao fazê-lo, você me
libera para resolvê-lo.

13. ANJOS MIMSTRADORES

Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em


tudo, pela oração e súplicas, e com ação de
graças, apresentem seus pedidos a Deus.
FíLIPENSES 4.6

O minha alma, não ande ansiosa por coisa alguma.


Basta saber que o Pai ama você. Pelo fato de amá-lo, ele
cuida até mesmo de suas necessidades insignificantes. Certa-
mente, ele não permitirá que seja envergonhado, e não estará
indiferente quando estiver diante de qualquer tipo de necessi-
dade.

14
Sempre volte-se a ele antes de buscar qualquer outra fonte
de ajuda. É o amor dele que iluminará o seu caminho para que,
assim, você seja dirigido quando for buscar a ajuda de outros.
Certamente, ele lhe deu anjos ministradores, que, às vezes,
podem se apresentar a você por meio dos seus amigos. Aceite a
ajuda deles como se viesse de Deus, e a sua bênção será
dobrada. Você também pode, por sua vez, ser usado de maneira
semelhante para abençoar outros.
Não olhe apenas para o aspecto físico quanto à transmissão
de energia espiritual. Vida divina pode fluir a outros por meio
dos seus pensamentos, bem como por suas mãos. Use o meu
poder e permita que flua da forma que eu escolher, à medida que
eu o conduzo. Dessa forma, você pode multiplicar seu ministé-
rio cem vezes. Não permita ser restringido pelo seu conheci-
mento atual, mas aproxime-se e aprenda mais de mim.

14. CAMINHE COMIGO

Dirige-me pelo caminho dos teus mandamentos,


pois nele encontro satisfação.
SALMOS l19.35

Meu filho, o caminho do dever está à sua frente. Pode pare-


cer acidentado, mas é o único caminho da bênção divina. Se
escolher um outro caminho, encontrará somente desaponta-
mento e frustração. A fadiga tomará conta de você na estrada
mais plana, se não for a vereda da minha vontade. Não seja
enganado pelas dúvidas nem detido pelos medos. Caminhe no
centro da minha vontade. Você perceberá que vitórias gloriosas
estão à sua espera e as recompensas excedem em muito todo
sacrifício.

15
Seja obediente: Você trará alegria ao meu coração. O aplauso
e o desprezo de outros não deveria influenciá-lo. Minha aprova-
ção é recompensa suficiente, e, sem ela, qualquer outra gratifica-
ção não valerá a pena.
Caminhe comigo. Estarei muito próximo para dar apoio e
encorajamento, portanto, você não tem por que justificar os
seus medos. Todos se desvanecerão diante de sua obediência.

• 15. A VINHA DA ORAÇÃO

E aquele que sonda os corações conhece a


intenção do Espírito, porque o Espírito intercede
pelos santos de acordo com a vontade de Deus.
R O M A N O S 8.2 7

O meu filho, os dias estão carregados de fardos pesados.


Esses fardos precisam ser levados pelos guerreiros fiéis de ora-
ção. Onde estão as pessoas que se dispõem a assumir esse minis-
tério? A Palavra plantada secará, semelhante à semente lançada
ao acaso, se não for regada com as lágrimas da intercessão. Você
não pode deixar que esse ministério silencie em sua alma, mas
pode abrir espaço em sua vida para ficar a sós comigo; e, à
medida que se colocar à disposição do Espírito Santo, ele o
usará como canal quando surgirem as necessidades.
Nada é mais necessário na presente hora do que a oração
que extrai o seu poder da plena operação, direção e unção do
Espírito Santo.
Estou chamando meus servos cheios do Espírito para con-
centrarem suas energias na vinha de oração. Ocultos dos olhos
humanos, terão as janelas abertas para o céu; e os santos do céu
se unirão a você nessa operação do amor de Deus.

16
•m

Outros ministérios você deve exercer sozinho, mas nesse


aspecto você tem uma fraternidade mútua, porque os que estão
no céu também têm um ministério de interseção pelos seus
irmãos e irmãs na terra.
Alegre-se pelo privilégio de fazer parte de uma tarefa tão
sagrada. Considere-a muito preciosa e vigie contra as distrações.
Nada do que você possa fazer por mim é mais importante do
que o ministério da oração. Viva em oração e conhecerá uma
vida repleta de alegria e a recompensa da minha bênção!

16. L/M VASO SUBMISSO E CHEIO DE FÉ

"Mas o povo que conhece o seu Deus resistirá


com firmeza".
DAN/EL J 1.32

Minha é a sabedoria e a honra e o poder e a glória para todo


o sempre. Suscito nações e derrubo reinos, mas meu trono será
estabelecido em Sião e minha justiça em toda a terra.
Não estou derrotado, mas fico em compasso de espera no
momento presente por causa do egoísmo e obstinação humana.
Minha justiça e misericórdia são obstruídas pela ignorância
humana e pela falta de fé até dos meus filhos.
Não desanime nem fique entristecido em seu coração e espí-
rito. Você não leu que não pude fazer muitos milagres no meio
deles por causa da sua descrença? E isso continua verdadeiro
hoje — e não ocorre em apenas um lugar, mas em muitos —
sim, em toda a extensão e amplitude da terra.
Fique atento a mim. Posso realizar grandes coisas mesmo
por meio de um único vaso submisso e cheio de fé. Lembre-se
de Davi, e como operei uma grande vitória para os exércitos de

17
Israel por intermédio da coragem dele quando todos os outros
estavam paralisados pelo medo.
Siga em frente, e não nutra a ideia de recuar. Outros podem
seguir em frente no mesmo caminho que seria um recuo para
você. Eles não são responsáveis de prestar-me o tipo de serviço
que pedi a você. Mantenha os seus olhos em mim, como já lhe
aconselhei tantas vezes.
Tenho forças de tarefa especiais, e o que fará caso chame o
para unir-se às suas fileiras? Não procure a companhia de mui-
tos outros. Boa parte do caminho você deverá trilhar completa-
mente sozinho, exceto da minha presença.

17. AMEM AS MINHAS PALAVRAS

Tu, Senhor, manténs acesa a minha lâmpada; o


meu Deus transforma em luz as minhas trevas.
SALMOS 18.28

Meus filhos, obedeçam às minhas palavras. Não vagueiem


em descrença e escuridão, mas deixem que as Escrituras bri-
lhem como uma candeia sobre o seu caminho. Minha Palavra
deve ser vida para vocês, porque meus mandamentos foram
dados para sua saúde e preservação. Eles os guardarão da insen-
satez e protegerão do perigo.
Escondam meus mandamentos em seu coração e façam
deles a lei de sua vida. Amem as minhas palavras e não as tratem
com leviandade. Não as dei para aprisioná-los, mas para levá-los
a uma vida de verdadeira alegria e liberdade.
Tenho pedido para que contribuam, para que possa aben-
çoá-los mais. Tenho-os desafiado a orar, a fim de poder respon-
der e ajudá-los. Tenho pedido para que se alegrem, para não

18
••••••-%

serem engolidos pela ansiedade. Tenho pedido para que se


humilhem, para protegê-los das adversidades que recaem sobre
os orgulhosos. Tenho pedido para que perdoem, para tornar seu
coração apto a receber meu perdão. Tenho pedido para que não
amem o mundo, porque só assim posso livrá-los de embaraços
desnecessários, e vocês estarão livres para me seguir.
A santificação não ocorre por acaso. Aprendam as minhas
regras e pratiquem-nas constantemente, se desejam ver pro-
gresso no crescimento da sua alma. A santidade não é um senti-
mento — é o produto final da obediência. A pureza não é um
dom — é o resultado do arrependimento e da busca séria de
Deus.

18. CONFORTO NA AFLIÇÃO

Eles buscarão a minha face; em sua necessidade


eles me buscarão ansiosamente.
OSÉ/AS 5.15

O meu povo, não tem a minha mão realizado muitos sinais e


prodígios no seu meio? Não tenho ministrado a vocês de forma
miraculosa? Como então dizem em seu coração: "Voltarei a
depender da força humana"? Quantas vezes falei a vocês e
nunca fracassei em manter a minha palavra? Por que então não
confiam agora nessa emergência, como confiaram no passado?
Sua necessidade é maior dessa vez, por isso preparei uma
prova mais severa. Fortaleço vocês na fornalha da aflição e puri-
fico a sua alma nas labaredas do sofrimento.
Confiem plenamente em mim, porque farei com que obte-
nham novas vitórias, e a restauração virá daquilo que agora
parece um vento de destruição.

19
Segurem firme na minha mão, e descansem no meu amor,
porque vocês podem estar certos de uma coisa: O meu intenso
cuidado por vocês é mais profundo do que quando as coisas
estão normais.
Apropriem-se dos recursos da minha graça, e assim estarão
equipados para comunicar paz e confiança aos seus amados. Os
céus jubilam quando passam por provações com um espírito de
louvor. O coração do seu Pai se regozija quando suportam a
prova e não questionam a sua misericórdia.
Sejam como a luz de um farol. O seu glorioso resplendor
brilhará por meio de vocês e o próprio Cristo será revelado.

19. VOLTE PARA MÍM

Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas


transformem-se pela renovação da sua mente,
para que sejam capazes de experimentar e
comprovar a boa, agradável e perfeita vontade
de Deus.
ROMANOS 12.2

Volte para mim; eis que o tenho buscado, mas você continua
buscando os seus próprios caminhos. Eu o tenho chamado, mas
você me tem desconsiderado. Tenho colocado obstáculos no
seu caminho, esperando que parasse e considerasse e pergun-
tasse por mim, mas, de forma obstinada e determinada, você
tem tomado a dianteira da sua caminhada.
Será que não deu atenção à verdadeira sabedoria? As lições
do passado não representaram nada? Acaso esqueceu a minha
conduta para com você?

20
Ó filho teimoso e rebelde será que o meu amor já não tem
mais poder para derreter o seu coração? Acaso as minhas pala-
vras já não têm mais valor, palavras que, em certa ocasião da
vida, você estimava tanto?
Entregue as suas ansiedades e confie em mim. Você não
precisa de nada além daquilo que posso suprir, sem esforço de
sua parte. Não peço a todos os meus filhos que vivam em um
grau tão completo de confiança, mas o exijo de você, porque
não pode me satisfazer de outra maneira.
Você está cansado quando deveria estar forte. Está sobre-
carregado quando gostaria de vê-lo livre. Você é impedido por
preocupações indevidas, quando deveria estar cheio de alegria.
Aproxime-se de mim e ministrarei e vivificarei o seu espí-
rito. Continue a sua trajetória, mesmo que a escalada seja vez
mais íngreme.

20. l/M DIA POR VEZ

"Portanto, não se preocupem com o amanhã,


pois o amanhã trará as suas próprias
preocupações. Basta a cada dia o seu
próprio mal".
MATEUS 6.34

Meu filho, você já não conhece o caminho do Senhor e


aprendeu a confiar nele em todo momento? Nada acontecerá a
você que não seja permitido por mim. Ninguém o atacará para
feri-lo, porque o seu Deus ergueu um muro de fogo ao seu
redor.

21
Contente-se com o que cada dia traz, regozijando-se no seu
Deus, porque certamente ele o livrará. Ele é aquele que o trouxe
até aqui.
Seu caminho é perceptível ao olho da fé. Seu coração é cer-
tamente a sua torre forte. Em sua amizade você tem segurança.
Em seu amor estão depositadas a sua esperança e paz.
Não questione e não duvide. Cada dia reserva uma preciosa
alegria. Não a deixe escapar por causa de sua preocupação com
o amanhã.
Nada intimida o seu Pai. Nada pode restaurar o passado e
nada pode ser acrescentado ao futuro, mas hoje você pode viver
na plena bênção do contentamento do pai. Apegue-se às pala-
vras dele, porque elas são como um prego fincado na madeira
sólida. Tudo o mais pode parecer mutável e transitório, mas a
Palavra dele permanece firme. Ela é uma rocha que não será
removida. É um lugar firme para colocar os seus pés.
Não caminhe na vereda da razão humana e resista às pres-
sões que o protejem em conjecturas acerca do futuro. Viva um
dia por vez! Simplesmente empenhar-se em levar alegria ao
coração do Pai é o bastante para mantê-lo ocupado. Você sabe
que ele o ama e encontrará paz à medida que descansa nele.

22
21. As BÊNÇÃOS DO PURO DE CORAÇÃO

"Bem-aventurados os puros de coração,


pois verão a Deus".
MATEUS 5.8

Eis que o meu coração vai ao seu encontro para abençoá-lo!


Prometi que seria o seu abrigo, a sua proteção e o seu forte sus-
tentáculo. Entregue todo o seu ser a mim. Sou seu amoroso Pai.
Conheço as suas necessidades mesmo antes de surgirem.
Minhas provisões não são somente certas, mas também trans-
bordantes, de modo que possa concordar com o salmista: "De
nada terei falta". Você poderá ter com uma visão que é negada a
muitos, porque o seu coração é puro, e aos puros de coração é
dada a promessa de que verão a Deus. Essa visão é muito mais
gloriosa do que contemplar milhares de ocasos! Essa visão é
muito mais empolgante do que contemplar os rostos mais for-
mosos desta terra!
Sim, me revelarei a você, e me conhecerá face a face, como
aconteceu com Moisés. Você caminhará comigo e conversará
comigo, e segurarei na sua mão direita e serei um irmão e amigo.
Jamais vou deixá-lo, e na escuridão serei a sua luz. Na alegria
serei um conforto a mais, e na tristeza serei a paz que excede
todo entendimento.
Não olhe para as pessoas para conhecer mais a meu respeito.
Olhe diretamente para mim, porque vou revelar-me a você de
uma maneira pessoal, da forma como nenhum outro poderia
fazê-lo. Serei tão pessoal e íntimo com você como fui com João,
o discípulo amado. Eu o levarei à parte, como fiz com Pedro, e
falarei a respeito das coisas que dizem respeito somente a sua
vida. Não sou somente o Deus das congregações, mas o Deus
do indivíduo, e estou tão interessado em você como estive em
Abraão, José ou Davi.

23
Você nunca será uma pessoa entre muitas para mim. Você é
precioso e querido ao meu coração; sim, como um tesouro
muito especial. Porque o amo mais do que jamais compreen-
derá, e anelo abraçá-lo e afagá-lo junto ao meu peito. Não fique
à distância porque se sente indigno. Acaso não leu que os redi-
midos se aproximam de mim mediante o sangue de Cristo? Seus
pecados não são apenas cobertos; eles são lavados! Eles não são
apenas perdoados; eles são esquecidos! Não vire as costas, meu
amado.
Seja como o filho pródigo quando foi abraçado pelo seu pai.
Embora tivesse resistido por um momento, ele prontamente
aceitou o perdão do pai e retribuiu o seu amor e afeição.
Eu também o levarei para a minha casa e farei uma festa de
bênçãos e colocarei em você vestes de louvor, o anel do relacio-
namento e as sandálias da paz. Venha, porque tudo está prepa-
rado para você e nada será negado.

22. O PODER DE CURA DO LOUVOR

"Vocês se entristecerão, mas a tristeza de vocês


se transformará em alegria".
JOÃO 16.20

Não diga em seu interior: "Onde está Deus?", porque estou


em você, sim, no seu coração, e minha mão está sobre você.
Você tem buscado por mim em vão, porque tem me procurado
em circunstâncias e em pessoas e dito: "Não consigo achá-lo".
Ah, meu filho, olhe para mim diretamente e permita que o
seu coração descanse em mim. Faça-o com o mínimo de distra-
ção possível, como se fosse o único ser humano no mundo e,

24
portanto, como se não tivesse ninguém mais para quem olhar e
com quem conversar.
Louve-me. Peço que me louve quando isso parece impossí-
vel. Faço essa exigência por meio de um amor severo nesse ins-
tante porque sei de forma inequívoca que o louvor é a sua única
esperança de sobrevivência.
Aflição de alma e tristeza de coração somente levam à des-
truição do corpo. Somente a alegria cura, e você pode exercê-la
na hora mais sombria se levantar a sua alma a mim em adoração
e louvor. Não fracassei com você, nem você comigo. O pro-
blema é que você fracassou consigo mesmo — ou, então, o
desapontamento veio no plano humano, não no divino. Por que
você permitiria que qualquer experiência humana alterasse ou
afetasse seu relacionamento com o Pai?
Traga-me as suas tristezas e espere pelo aparecimento da
ressurreição. Sim, verdadeiramente sempre vem uma ressurrei-
ção — uma manhã quando a esperança nasce de novo e a vida
encontra um novo começo. Espere por ela como os botões da
tulipa prenunciam a primavera. A florescência mais rara é real-
çada pelo inverno mais frio. A neve desempenha uma impor-
tante parte nesse cenário da primavera. Mas, quando os brotos
abrem caminho, não mais nos lembramos do inverno mas, sim,
olhamos para frente e nos alegramos com a vinda do verão.
Você deve fazer o mesmo. O seu Deus é o seu criador. Ele é
o seu defensor. E ele é poderoso para salvar. Sim, ele não
somente é poderoso para salvar do pecado, mas para proteger
do desespero, da tristeza, do desapontamento, do desgosto, da
mágoa e das lágrimas cegantes da rebelião contra circunstâncias
fatídicas. Ele pode libertá-lo de si mesmo, e ele o ama quando
você achar difícil amar-se a si mesmo.
Permita que a paz flua em você como um rio, levando todo
veneno das memórias doloridas e trazendo correntezas refres-
cantes e cristalinas de vida pura e pensamentos restauradores.

25
Esse não é o fim. Prossiga vigorosamente. A linha de che-
gada está lá à distância e você ainda pode se tornar um vencedor
na corrida da vida.

23. A COMISSÃO DIVINA

E disse-lhes: "Vão pelo mundo todo e preguem o


evangelho a todas as pessoas".
MARCOS 16.15

Filho meu, não se irrite com o freio que coloquei em sua


boca. Queria guiá-lo com os meus olhos, mas você tem se mos-
trado teimoso e obstinado.
Questiona a minha condução por não ser o caminho tradici-
onal. Mas eu desejo levá-lo por um caminho que é diferente do
caminho dos seus amigos, e gostaria de tê-lo próximo de mim e
levá-lo a um ministério no qual eles não tomam parte.
Não hesite e não vacile. Apresse-se, porque a hora já é adian-
tada. Existe grande urgência por causa das trevas que se aproxi-
mam rapidamente; sim, essa é a hora sobre a qual está escrita
que ninguém será capaz de fazer a minha obra livremente. Ela é
como uma grande tempestade que aparece subitamente, e cada
pessoa se ocupa em achar o seu próprio abrigo. Nessa hora você
deverá estar focado em um propósito fixo — encontrar o lugar
que tenho para você.
Tenho deliberadamente colocado espinhos em seu ninho
para compelir você. Entendo a sua relutância, mas certamente o
tratarei até que se livre da sua escravidão.
O inimigo procurará impedi-lo de todas as formas imaginá-
veis se der brecha a ele. Repreenda toda circunstância embaraça-

26
dora em meu nome, e mantenha-se coberto com o sangue de
Jesus.
Seu coração vai esfriar, a não ser que o mantenha próximo
de mim. Seu amor se tornará indiferente, a não ser que mante-
nha a cruz diante dos olhos.
O Salvador ama este mundo decaído e o pecador perdido
não menos do que no dia em que ficou pendurado no Calvário,
sangrando e morrendo pela sua redenção. Sua graça continua
tão rica e sua compaixão tão profunda como naquela época. Ele
não ficou cansado nem voltou sua atenção para outros interes-
ses. A pregação do evangelho permanece o seu propósito, e a
salvação de almas, o seu principal interesse. Esse também deve-
ria ser o seu alvo. Nenhuma outra coisa deveria tomar o lugar do
evangelismo em sua vida.
Seja diligente. Confesse a sua carência e arrependa-se de sua
negligência. Então darei a você uma nova unção e uma nova
comissão. Darei a você a língua de um evangelista e o enviarei
para ganhar preciosas almas. Jesus, o Cristo, será o seu tema, e
você o exaltará e atrairá os perdidos até ele.
A hora é chegada. Não olhe para trás. Prossiga para o alvo e
não permita que coisa alguma o detenha. Meus propósitos
somente podem ser cumpridos à medida que me dá a sua leal-
dade integral.
Nunca houve um dia como esse. Experiências do passado
não podem ser comparadas com esse dia. É como se na história
as ondas ficassem agitadas em determinados momentos; mas
aquilo que está por vir é como uma onda gigantesca sem pro-
porções!

27
24. SACRIFÍCIO, MEU SÍMBOLO OFICIAL

"Pois quem. quiser salvar a sua vida, a perderá;


mas quem perder a sua vida por minha causa e
pelo evangelho, a salvará".
MARCOS 8.35

O geração má e perversa, não tenho estado tanto tempo no


meio de vocês e mesmo assim ainda não me percebem? Não
tenho me manifestado de inúmeras maneiras e, mesmo assim,
vocês continuam cegos? Sim, quando falo a vocês, não me
ouvem.
O meus filhos, vocês andam como se pertencessem a outro
caminho. Vocês não agem como filhos e filhas, mas como estra-
nhos. Vocês se reúnem em meu nome, mas honram homens, e
não a mim. Vangloriam-se que me servem, mas, na verdade, ser-
vem o próprio ego; pois aquilo que fazem é planejado para enal-
tecer sua própria posição e fomentar seu próprio prestígio;
depois, vestem tudo com um manto santo.
Vocês dÍ2em: "Vamos orar", mas a oração está longe do seu
coração. E quem irá ouvi-los? Somente os seus próprios ouvi-
dos. A oração é para aqueles cujo coração clama a mim com sin-
ceridade. A oração é para os que me buscam fervorosamente.
Ela não tem valor para os que apresentam uma piedade fingida,
que, por motivos egoístas e indignos, engordaram o coração
com adulação própria. Eles brincam comigo como uma criança
que se diverte com um fantoche em um cordão!
Entrem no quarto de oração! É por esse motivo que os ensi-
nei a orar em secreto: porque lá serão cercados por menos falsos
motivos e menos tentações. Aquele que não comunga comigo
sozinho quase certamente terá dificuldade de orar com sinceri-
dade em público.

28
Vocês tornaram o cristianismo agradável e aceitável. Seu
Salvador não o experimentou dessa forma. Vocês o tornaram
confortável e o acomodaram aos seus próprios interesses. Ele
não conhecia esse tipo de religião falsa.
Noites inteiras ele agonizou em oração, não levando em
conta o desconforto. Sim, e quanto mais mimam a carne, tanto
mais ela exigirá de vocês, até que se tornem servos dela, e as suas
necessidades físicas serão como um tirano em sua casa.
Não se deixem enganar. Esse não é meu mandamento.
Ouçam-me à medida que repito o que disse aos seus pais:
"Negue-se a si mesmo, tome a sua cru^e siga-me". Sim, siga a mim, não
a alguma forma mundana de uma igreja apóstata.
Não pensem que ela se torna abençoada pelo fato de usar o
nome "igreja". Minha igreja é um corpo vivo, não um ritual
morto. Meu povo pode ser reconhecido pela sua humildade e
sofrimentos; não pela aceitabilidade social e sucesso auto-divul-
gado; não pela extravagância de suas estruturas, mas pela graça
de Deus operando em seus corações. O sacrifício é meu sím-
bolo oficial, e a humanidade não tem estado ansiosa em reco-
nhecer o tipo de liderança espiritual que exerci em servos como
o profeta Jeremias e o apóstolo Paulo.
Vocês desejam seguir-me de todo coração? Então procurem
pelas marcas sangrentas dos meus pés. Vão, por assim dizer, até
a rocha fria e inflexível no Jardim do Getsêmani, onde a vontade
própria é rendida, e o cálice do sofrimento é aceito. Morram
para o seu coração traiçoeiro e enganoso. Levantem com deter-
minação e caminhem sem vacilar, dispostos a não poupar a pró-
pria vida. Quem quiser salvar a sua vida, certamente a perderá.
Entregue a sua vida a mim, agora mesmo, por meio de uma con-
sagração renovada para um viver sacrificial; então os aceitarei e
vocês conhecerão uma alegria nova e transbordante.

29
25. A ETERMDADE E O TEMPO

... Cada -roda parecia estar entrosada na outra.


EZEQUIEl 1.16

Eis que um novo dia está despontando! Não permita que o


som da guerra e da discórdia ensurdeçam os seus ouvidos para a
minha mensagem; porque desejo transmitir uma palavra de
encorajamento e trazer novas de esperança.
Meus filhinhos, não saí para nunca mais voltar. Certamente
virei, sim, mesmo em uma época em que vocês menos esperam
e quando muitos estiverem absortos pelos problemas da hora.
Meus amados, não foquem nos problemas do mundo; mas
olhem para cima, porque certamente sua redenção está pró-
xima.
Meus propósitos infinitos estão estabelecidos na eternidade.
O tempo é semelhante a uma pequena roda fixada dentro da
grande roda da eternidade. A roda pequena vira velozmente,
mas um dia vai parar. A roda grande não vira, mas se move con-
tinuamente para frente. O tempo é a sua responsabilidade. A
eternidade é minha! Você vai se mover para dentro do seu lugar
em uma roda grande quando a roda pequena for deixada para
trás. Cuide para aproveitar ao máximo cada oportunidade,
fazendo bom uso do tempo para os propósitos do meu reino
eterno, investindo-o com algo de qualidade da roda grande. Ao
fazê-lo, seus dias não serão parte daquilo que vira e morre, mas
daquilo que se move continuamente para a frente e se torna um
com o meu grande universo.
Preenchem os seus dias com luz e amor e testemunho. Glo-
rifiquem e honrem o meu nome. Louvem e alegrem-se no
Senhor. Assim a eternidade habitará em seu coração e vocês
livrarão sua alma da escravidão do tempo.

30
Vocês experimentarão libertação das pressões do tempo, e
em seu próprio coração vocês diminuirão a velocidade da roda
pequena. Dessa forma, encontrarão uma nova forma de des-
canso. Terão um antegozo do descanso sabático, que a terra
experimentará em breve. Quando essa ocasião chegar, eu
mesmo diminuirei a velocidade da roda pequena do tempo, e
haverá um ajuste, e será como era no princípio.
As pressões do tempo aumentaram à medida que o pecado
aumentou e, com certa frequência, meus filhos são encontrados
morando na roda pequena em vez de na grande. Isso ocorre
sempre que a carne tem predomínio sobre o Espírito. Sempre
que o contrário é verdadeiro, vocês experimentavam uma liber-
dade passageira, mas gloriosa de estarem livres da acelerada roda
pequena, não é verdade? Vocês perceberam que o Espírito
nunca estava com pressa e ficaram maravilhados em descobrir
quão desatentos estavam em relação à passagem do tempo sem-
pre que estavam verdadeiramente andando no Espírito.
Podem viver dessa forma o tempo que escolherem. Podem
desfrutar desse descanso e desligar-se da roda pequena sempre
que desejarem. Não perderão nada, mas ganharão muito. Façam
essa experiência como uma terapia para o seu corpo físico. Cer-
tamente será uma fonte tremenda de energia e vitalidade para a
vida espiritual de vocês!

31
32
Água Viva
Disse-me ainda: "... Eu sou o Alfa e o Ômega, o
Princípio e o Fim. A quem tiver sede, darei de
beber gratuitamente da fonte da água da vida".
APOCALIPSE 21.6
34
26. ELE ENCHEU A MINHA TAÇA

Louvem-no pelos seus feitos poderosos;


Louvem-no pela sua maravilhosa graça.
Tudo que há em mim bendiga o seu maravilhoso nome.
Sim, que meu coração se erga em ações de graças,
E a minha alma se regozije com cânticos.
Porque ele me livrou da boca do leão;
E me tirou do abismo profundo.
Colocou um cântico novo em minha boca;
E alegria em meu coração.
Sim, Ele é todo amável:
Mais do que a língua consegue expressar ou a mente finita
pode compreender.
Ele estendeu a sua poderosa mão
E dividiu as águas:
Fez-me atravessar pelo caminho seco. Aleluia!
E o mar já não existirá (veja Apocalipse 21.1)
Não haverá mais separação!
Ele removeu cada barreira e construiu uma ponte sobre o
abismo.
Atraiu-me para si mesmo.
Deixou o inimigo em confusão e derrota.
Guiou-me pelo caminho do deserto,
E a sua mão serviu-me de sombra diante do calor escaldante.
Através da terra assolada, encheu a minha taça de fontes de
água viva.
Sustentou, libertou e revelou-se
Na nuvem, no fogo e na glória da Shekiná.
E como se isso não fosse suficiente,
Trouxe-me às margens do Jordão.
Ali ele me precedeu:
Como os sacerdotes caminhavam na frente, levando a arca,

35
Assim ele passou à frente em pleno cumprimento de todas
as suas promessas,
E dessa forma abriu o caminho
Trouxe-me à terra em que manam leite e mel (veja Josué
3.16-17; 4.24).
Uma terra de promessa, uma terra de cumprimento;
Uma terra de conquista, uma terra de abundância;
Uma terra de fartura, uma terra de bênçãos sem medida.
Sim, Ele se mostra tranquilo, embora os habitantes da terra
sejam gigantes:
Porque à sua vista eles pareciam gafanhotos!
E um só na companhia dele é mais poderoso do que todos
eles juntos.
Sim, e ele me dará Hebrom como herança.
Não me permita acampar na planície; mas dê-me essa mon-
tanha.
Embora minha mocidade tenha sido passada no deserto,
Permita que minha força seja renovada:
Permita que veja com olhos aguçados,
Permita que meu braço seja poderoso na guerra (veja Josué
4.10-14).
Certamente para essa hora que o Senhor preservou a minha
vida.
Como ovelhas o Senhor nos guia pelo deserto,
Mas agora, ó Deus, estamos na terra;
Não mais como ovelhas, nem o Senhor como Pastor,
Mas o Senhor está diante de nós como o Capitão poderoso
Dos exércitos do Todo-poderoso,
E nós como homens de guerra (Veja Josué 5.13-15).
Já não buscamos
Descansar em verdes pastagens e descansar diante de águas
tranquilas;
Porque o Senhor emitiu o seu comando para eliminar os
gigantes,
E destruir completamente os habitantes da terra.

36
• - *

Suas provisões são cheias, livres e abundantes;


Mas elas não são incontestadas.
Sim, o inimigo busca por infinitas maneiras
Impedir nossa investida na conquista e posse.
FORTALEÇA A NOSSA FÉ.
Torne-nos poderosos, Senhor
Para a destruição de fortalezas.
Ajude-nos a vestirmos toda a armadura de Deus
Para que sejamos capazes de resistir aos ataques do adversá-
rio,
E que possamos pela energia do seu Espírito Santo
Resistir aos seus golpes mortais (veja Efésios 6.10-17).
Não permita que jamais caiamos nas mãos dele.
Batalhe por nós;
E na sua graça e misericórdia sustente-nos quando vacilar-
mos.
Permaneça bem perto de nós,
E não permita que deixemos a obra inacabada como fez o
povo de Israel,
E com isso sofrendo uma angústia indescritível.

Pois o SENHOR, o nosso Deus, nos está levando a uma boa terra,
cheia de riachos e tanques de água, defontes que jorram nos vales e nas coli-
nas\ (veja Dt 8.7)

37
2 7. UMA FONTE PERPÉTUA DE GLÓRIA

Combati o bom combate, terminei a corrida,


guardei a fé.
2 TIMÓTEO 4.7

Escreva as coisas que digo. Escreva-as e não retenha nada


do que vou dizer. Porque falarei a você na escuridão e iluminarei
o seu caminho. Exclamarei do meio da confusão ao seu redor, e
ouvirá a minha voz e conhecerá o que faço. Porque meu cami-
nho está escondido dos rebeldes e dos desobedientes, e daque-
les que buscam caminhar em sua própria sabedoria.
Mas olhe para mim, e serei para você como um farol nas noi-
tes escuras, e você não tropeçará sobre as coisas ocultas. Andará
num caminho de vitória, embora haja tumulto em ambos os
lados, da mesma maneira que Israel marchou através do Mar
Vermelho por um caminho aberto pela minha mão. Sim, será
uma estrada de livramento, meu Espírito andará com você e
levará as boas novas de libertação às pessoas que estão assenta-
das na escuridão e no cativeiro.
Não espere por uma ocasião mais oportuna. Os movimen-
tos do Espírito nunca são convenientes aos interesses da carne,
e elaborarei as suas circunstâncias para ajustar-se ao meu plano e
vontade. Você me glorificará; meu plano por você sobrepuja
todos os outros caminhos, e no centro da minha vontade há
uma fonte perpétua de glória.
Não duvide ou hesite, porque eu, o Senhor, o seu Deus, vou
adiante de você, que já tem a minha promessa de que a obra que
começo sou capaz de levar à conclusão.
Sim, já existe um peso eterno de glória mui excelente para
aqueles que sofrem comigo e estão determinados a alcançar o
prémio. Porque possuo riquezas além dos sonhos mais incríveis,
para dar àqueles que deixaram tudo para me seguir. As atrações

38
;*»•

mais resplandecentes dessa vida passageira são como refugo


para mim, porque os meus dons e chamados nunca oscilam, e o
meu dar é limitado somente pela vontade e escolha do receptor.

Livra-me!

Senhor Jesus, lanço-me aos seus pés. Deixe-me banhá-los


com lágrimas, porque meus pés têm sido como chumbo. Eles
têm sido sobrecarregados com os cuidados desta vida. Tenho
sido como alguém em um sonho que procura correr, mas fica
paralisado.
Liberte-me, ó Senhor Onipotente, e transforma-me no seu
escravo feliz e disposto. Livre os meus pés e torne-os ágeis para
obedecer às suas ordens. Solte a minha língua para gritar o seu
louvor. Liberte o meu coração para amar o perdido com a imen-
sa e profunda compaixão de Jesus Cristo. Livre-me das minhas
paixões e pregue-as na sua cruz! Amém.

28. PEÇA!

Então os coxos saltarão como o cervo, e a língua


do mudo cantará de alegria. Aguas irromperão
no ermo e riachos no deserto. A areia
abrasadora se tornará um lago; a terra seca,
fontes borbulhantes.
ISAÍAS 35.6-7

Eis que coloquei em você uma fonte de água viva. Porque


meu Espírito será um fluir contínuo de vida do mais íntimo do
seu ser. Prometi essa fonte a todos os meus filhos, e você pode

39
experimentá-la à medida que a reivindica pela fé. Todas as
minhas promessas são recebidas pela fé. Nenhuma é obtida por
mérito, nem são elas recompensas por realizações humanas.
Estou dando a minha vida a você. Não é uma emoção nem
uma virtude, embora possam vir como consequência. É a minha
pessoa. Graça divina, amor celestial, misericórdia infinita, paz
insondável — todas essas dádivas jorrarão de maneira abundan-
te, espontânea e irreprimível das profundezas do seu interior,
porque meu Espírito veio morar ali.
Se houver aridez em sua alma e você não experimentar o fluir
dessa vida, você precisa arrepender-se pelo fato de estar vazio.
Preencha o espaço vazio com louvor. Por meio do louvor você
poderá abrir para mim as portas do tempo de sua alma. O Rei
entrará e trará sua glória. A Rosa de Sarom florescerá em seu
coração, e sua fragrância se espalhará.
A promessa do Pai é para todos os que crêem, sim, para
todos os que são chamados, mesmo aqueles que estão longe
(veja Atos 2.39). E essa promessa é a dádiva da presença do meu
Espírito Santo, prometido a todos que foram batizados em o
nome de Jesus Cristo, que se arrependeram dos seus pecados e
receberam o meu perdão (veja Atos 2.38).
Sim, trata-se de um dom. Está escrito: "Quanto mais o Pai
que está nos céus dará o Espírito Santo a quem o pedir*" (Lucas
11.13). Peçam, e receberão, e sua alegria será completa.
Tão certo quanto uma porta que é aberta após uma batida; tão
certo quanto aquilo que foi perdido é achado por aquele que o pro-
cura; e tão certo como aquele que pede recebe aquilo que pediu;
assim também, de igual modo, e com a mesma simplicidade, darei a
você, meu filho, o Espírito Santo. Eu o darei por nenhuma outra
razão se não porque você o pediu. Não coloquei essa bênção fora
do seu alcance, porque é meu desejo que você o tenha.
De que modo a minha Igreja pode ser vitoriosa se não pelo
poder dinâmico do Espírito Santo enchendo cada crente? Você
frustra os meus propósitos e bloqueia o meu caminho quando
não tira proveito dessa minha provisão. Você acha que posso

40
cumprir o meu propósito por meio de um corpo sem poder?
Cada cristão dever ser um canal através do qual as minhas bên-
çãos jorrem, e de que maneira você pode estar aberto para rece-
ber minhas bênçãos se está contaminado de egoísmo? A única
maneira de permitir que meu Espírito flua em seu interior é que
você expulse o seu egoísmo.
O coração aberto será cheio. O pecado confessado será per-
doado. A fome de justiça será satisfeita. Seja como uma crianci-
nha. Serei para você um Pai amoroso. Seja essa a sua esperança,
e a sua fé será recompensada. Meu poder não está reservado
para alguns santos seletos. Ele está à disposição de todos, e está
à sua disposição. PEÇA!
"Então os coxos saltarão como o cervo,
e a língua do mudo cantará de alegria.
Águas irromperão no ermo e riachos no deserto.
A areia abrasadora se tornará um lago; a terra
seca, fontes borbulhantes. Nos antros onde
outrora havia chacais, crescerão a relva,
o junco e o papiro".
Isaías 3 5.6,7

41
29. Rios DE ÁGUA VIVA

"O pobre e o necessitado buscam água, e não a


encontram! Suas línguas estão ressequidas de
sede. Mas eu, o Senhor, lhes responderei; eu, o
Deus de Israel, não os abandonarei. Abrirei rios
nas colinas estéreis, e fontes nos vales.
Transformarei o deserto num lago, e o chão
ressequido em mananciais".
ISA/AS 41.17-18

Ouça, você está na palma da minha mão. Sim, no momento


que eleva a sua voz para clamar a mim e louvar e exaltar o meu
nome, então a minha glória se manifestará em você. Sim, eu o
vestirei com vestimentas de alegria e minha presença será sua
grande recompensa.
Eleve os seus olhos para mim e terá a certeza do meu amor.
Eleve a sua voz para mim em louvor; dessa forma uma fonte
será aberta no seu interior, e beberá das águas refrescantes.
Derrame o seu coração diante de mim. Dos recônditos mais
profundos do seu ser, permita que o seu amor flua até mim. Que
os seus lábios proclamem o meu nome.
Louve-me durante o dia e à noite. Sim, quando estiver com-
pletamente exausto, então minhas palavras recairão sobre você.
Então você se deitará em paz e levantará em alegria e desfrutará
de uma fonte perpétua. Como está escrito: "Do seu interior flui-
rão rios de água viva" (João 7.38).
Permita que a Palavra de Deus habite ricamente em você;
porque minhas Palavras são Espírito e Vida. Elas são ativas e
poderosas, e você deverá manuseá-las com uma fé eficaz contra
os poderes da escuridão.
Não se esqueça que está nos meus braços. Descanse ali. Por-
que meu Espírito e meus caminhos não devem ser controlados

42
T*;*. *

pelo intelecto, mas o meu amor deve ser recebido por aqueles
que me buscam em amável reciprocidade. Como a fé recebe as
promessas, e aqueles que buscam a vida eterna são recipientes
da fé que vem de Jesus Cristo (porque a fé é dom de Deus), ain-
da assim, aos que anelam por um relacionamento mais íntimo
comigo darei uma porção especial do meu amor, para que
tenham o poder de amar-me como eu os amei.
Dou plenamente do meu Espírito e do meu amor, não medi-
dos em porções. Abrirei o meu coração para você e o convidarei
a entrar, assim como ocorreu na salvação quando você abriu o
seu coração para mim, para que eu pudesse trazer vida eterna.
Sim, vou escondê-lo no meu coração, para que experimente
constantemente a minha paz e a minha alegria. E já não mais
entrará e sairá, mas habitará em mim como habitei em você.

30. DÊ-ME DE BEBER

"Dêem, e lhes será dado: uma boa medida,


calcada, sacudida e transbordante será dada a
vocês. Pois a medida que usarem também será
usada para medir vocês".
LUCAS 6.28

Eis que o tempo é breve. Não se deixe enredar pelas coisas


do mundo, porque elas são transitórias. Não se preocupe muito
com as necessidades pessoais, porque seu Pai celestial sabe do
que você precisa, e ele proverá o suprimento. Seja, porém, o seu
interesse maior cumprir a minha vontade e propósito para a sua
vida, sendo sensível à minha direção e mantendo seus ouvidos
voltados para o céu.

43
Deixe passar tudo, mas não deixepassar a minha vo%. Outras vozes
podem introduzir desarmonia, mas a minha voz sempre trará
paz ao seu coração e clareza ao seu pensar. Quando se voltar
para a esquerda ou para a direita, você ouvirá a minha voz interior
dizendo: Este é o caminho, ande nele.
Sim, o manterei no centro da minha vontade e do meu ser,
para que por um lado você não se desvie para a frieza e dúvida
ou, por outro, para o zelo carnal. Não existe neutralidade no
centro. Essa não é uma posição arbitrária. Vou enchê-lo com a
abundância da minha própria vida.
Seu coração queimará com o fogo do meu amor. Você se
alegrará com todos os tipos de circunstâncias, porque comparti-
lharei a minha alegria com você; e a minha alegria está completa-
mente desassociada do mundo e das pessoas do mundo. Mas eu
me alegro com aqueles que se alegram em mim. Derramo o meu
amor naqueles que entregam a sua vida incondicionalmente
para mim.
"Dêem, e lhes será dado" (Lucas 6.38) é uma lei espiritual
que vale tanto entre você e Deus, como entre você e o seu próxi-
mo. Este é um plano de operação mais elevado. Aprenda essa lei
no plano mais elevado e ela se tornará simples e automática no
nível humano.
Assim como eu disse à mulher samaritana no poço de Jacó
(conhecendo a sua necessidade de ser plenamente satisfeita):
"Dê-me um pouco de água" (João 4.7), do mesmo modo digo a
você: Dê-me uma porção do seu amor — embora seja limitado
e natural e, em troca, darei do meu amor a você.
Esse amor que é infinito. Amor que é abundante. Amor que
fluirá da sua vida para refrescar outros.
Dê-me apenas um copo cheio do seu limitado amor. Anelo
por ele. Choro por ele, como chorei pelo amor de Jerusalém.
Derramarei sobre você um amor sem medida, como nunca
conheceu. Esse amor inundará todo o seu ser com uma satisfa-
ção tão grande como nunca sonhou ser possível experimentar
senão no céu. Peço a você: "Dê-me um pouco de água". Ou, na

44
linguagem de Elias: "Primeiro faça um pequeno bolo com o que
você tem" (1 Reis 17.13-16) e a farinha e o azeite nunca se
acabarão.

31. Eu DAREI A VITÓRIA

Mas graças a Deus, que nos dá a vitória por


meio de nosso Senhor Jesus Cristo.
1 CORÍNTíOS 15.57

O meu filho, alguma vez já falhei com você? Já dei as costas


ou o abandonei? Não tenho sido o seu refúgio e sua forte defe-
sa?
Eu o tenho protegido e conservado na doença e na saúde.
Sim, estou com você para ajudá-lo agora. Não tenha medo.
Meus propósitos serão cumpridos apesar de sua fraqueza, se na
sua necessidade você depender da minha força.
A minha vontade será feita apesar das imperfeições de sua
vida, se contar com o poder da minha justiça. Não trabalho
somente com casos em que não há obstáculos, mas me glorio
em sair vitorioso em circunstâncias adversas e tenho prazer em
obter vitória naquelas situações em que não há esperança de
vitória.
Conte com a minha vinda. Saiba que sempre que a fé me
coloca em cena, tudo é mudado. A escuridão se transforma em
luz. Tristeza em alegria. Doença em saúde. Pobreza em provi-
sões abundantes. Dúvida em fé. Ansiedade em confiança.
Nenhuma força negativa pode ocupar o lugar do meu Espí-
rito. Quando o meu Espírito entra, todas essas coisas precisam
sair. Sim, elas são obrigadas a sair!

45
Peça por vitória. Virei e a darei. Não procure a vitória —procure
por mim, e verá a vitória que levarei comigo. Após a minha chega-
da, você contemplará os milagres que farei.

32. LIMPE O SANTUÁRIO

"O meu povo cometeu dois crimes: eles me


abandonaram, a mim, a fonte de água viva;
e cavaram as suas próprias cisternas, cisternas
rachadas que não retêm água".
JEREMIAS 2.13

Acordem da sua sonolência! Levantem-se na sua força, por-


que a noite está passando e o dia está chegando.
Meu povo será um povo santo. Mas, vocês têm trilhado seu
próprio caminho. Não ponderaram nem pararam para fazer
uma prestação de contas. Voltem para mim e eu os restaurarei.
Coloquem de lado tudo aquilo que corrompe e tira a atenção de
mim, e andarei novamente no meio de vocês como andava no
meio do meu povo de outrora.
Sim, andarei no meio de vocês em poder e glória, e pela
minha mão serão operados milagres. Meu poder será manifesta-
do. Meu nome será glorificado. Porque vocês andarão em novi-
dade de coração, me servirão com novidade de espírito; porque
os restaurarei e abençoarei e derramarei o meu Espírito sobre
vocês; e saberão que é o Senhor que cura e perdoa as suas trans-
gressões, os coloca sobre uma rocha e firma os seus caminhos.
Ordenei que me amassem de todo coração e que me servis-
sem com total lealdade. Vocês não podem servir a dois senhores.
Removam o fermento velho e limpem os vasos. Limpem o santuá-

46
rio e tragam-me seus sacrifícios com coração puro e mãos lim-
pas. Não desprezarei os sacrifícios de um coração contrito.
Anelo por vocês com um amor que envolve a eternidade.
Embora tenham se afastado do caminho, eu os trarei de volta.
Embora o amor tenha esfriado e o coração se tornado indife-
rente, se derem ouvidos, certamente ouvirão a minha voz.
Quando se voltarem para mim, colocarei uma ponte sobre o
abismo. Embora tenham se afastado, não os deixei. Onde quer
que se voltarem para mim em amor e arrependimento, estarei
no meio de vocês.

33. NÃO ESTEJAM PRESOS A TERRA

"Quem beber da água que eu lhe der nunca


mais terá sede. Ao contrário, a água que eu lhe
der se tornará nele uma fonte de água a jorrar
para a vida eterna".
JOÃO 4.14

Meus filhos, do que vocês precisam hoje? De conforto? De


coragem? De cura? Eis que asseguro, independentemente de
sua necessidade, se olharem para mim, eu os suprirei.
Serei para vocês o que o sol é para a flor; o que a água do
oceano é para o peixe e o que o céu é para os pássaros. Darei
vida, luz e força a vocês. Eu os envolverei e preservarei, para que
vivam, se movam e existam em mim; desassociados de mim
vocês certamente morrerão. Serei para vocês como céus ampla-
mente abertos, onde liberarei o seu espírito de tal maneira que
não estarão presos a terra.

47
Vocês viverão em um reino no qual as coisas da terra não
serão capazes de impedir, obstruir e limitar seus movimentos;
mas serão libertados em mim para um lugar onde seu espírito
poderá voar alto como as águias, e farão seus ninhos em um
lugar de segurança e paz, sem serem molestados e violados pela
sordidez do mundo.
Terão companheirismo, mas será o companheirismo de pes-
soas que pensam como vocês; sim, aqueles que, semelhante-
mente a vocês, já não mais se deixam afetar por rudimentos
deste mundo e cujo senso de valores foi reajustado para que
pudessem considerar o invisível como algo de maior valor do
que o visível, e as riquezas espirituais mais preciosas do que as
riquezas deste mundo.
Afastem-se de toda mesquinhez. Deixem de sonhar sonhos
insignificantes. Entreguem-me tudo que têm e são; e repartirei
com você de forma abundante tudo que tenho e sou.
Sejam para mim um reservatório onde posso armazenar
minhas reservas de forças, poder e bênçãos, tornando-o pronta-
mente disponível ao sedento. Nunca sejam achados como o
homem do relato bíblico que, recebendo hóspedes inesperados
à meia noite, nada tinha a oferecer (veja Lucas 11.6).
Tomem de mim fartamente, para que nunca estejam com o
reservatório vazio quando o sedento pedir água para beber e o
faminto pão para comer. Porque se tiverem um pouco, eu o
multiplicarei, mas se não tiverem nada, serão envergonhados.
Recebam livremente do meu amor. Bebam do meu Espírito
— sim, bebam em profusão, para que se tornem como um rio
que só se pode atravessar a nado (veja Ezequiel 47.5). Saiam com fé
aos domínios das manifestações do meu poder, sim, subam nas
asas do meu poder. Porque há potestades do ar que precisam ser
subjugadas e conquistadas. Vocês precisam de fé e da liberdade
e do poder do Espírito Santo para vencê-los e estar acima deles.
A minha Igreja será uma Igreja vitoriosa e minha noiva será um ser
celestial. Não escolherei para mim uma esposa do Egito. Tomarei
para mim alguém que escolheu fazer da minha casa a sua casa e
visite- ••"«*•.

do meu povo o seu povo, como ocorreu com Ruth. Mas aquele
que retroceder será como Orfa ou mesmo como a esposa de Ló,
e não entrará na minha herança.

34. VOCÊS NÂO PODERÃO ESGOTAR


O MEU AMOR

E Jesus disse a Tomé: "Coloque o seu dedo aqui;


veja as minhas mãos. Estenda a mão e coloque-a
no meu lado. Pare de duvidar e creia".
JOÃO 20.27

Elevem os seus olhos e olhem para mim. Porque, embora


tenham me esquecido, não os esqueci. Enquanto estão ocupa-
dos com os afazeres diários, tenho me ocupado com vocês. Enquanto
sua mente está aprisionada com as coisas deste mundo, meuspen-
samentos estão ocupados com vocês.
Meus filhinhos, não podem esgotar o meu amor. Vocês
poderão entristecer o meu coração, mas o meu amor é imutável,
infinito. Anseio para que se voltem para mim. Minhas mãos
estão repletas de bênçãos que desejo dar a vocês. Anelo ouvir a
sua voz. Vocês falam muito com os outros — Oh! Falem comi-
go! Tenho tanto a transmitir-lhes!
Não sou um poder remoto. Sou uma pessoa íntima, como
vocês. Será que se esqueceram que os fiz à minha imagem e
semelhança? Eu não sou como vocês, mas vocês são como eu. N ã o per-
mitam que os elementos materiais e físicos destruam sua com-
preensão de mim como pessoa.
"Toque-me e apalpe-me", eu disse a Tomé (veja João 20.27).
A vocês digo: "Lancem-se sobre mim; derramem o seu amor

49
sobre mim. Vocês descobrirão que sou tão acessível a vocês como fui a
Tomé. Estendem a sua mão e a coloquem sobre o meu coração
quebrantado. Sim, toquem as marcas dos cravos em minhas
mãos. Será que ainda duvidam do meu amor?".

35. CORAGEM

Usem o capacete da salvação e a espada do


Espirito, que é a palavra de Deus.
EFÉSIOS 6. 1 7

Meu povo não ficará se lastimando, porque eu, o Senhor,


serei o seu regozijo e o seu cântico. Eles não serão um povo quei-
xoso, porque tirarei os murmuradores das suas ruas. Levaria eu
um exército de mulheres que choram para as frentes de batalha?
Chamaria eu os covardes para a guerra?
Não, mas darei ao meu povo um espírito valente e corajoso,
e o tornarei forte de coração. Darei a eles o espírito dos mártires,
porque serão minhas testemunhas do poder da ressurreição.
Eles serão fortes e constantes, e removerei das fileiras os
medrosos e aqueles que desejam conforto e segurança. Meu
caminho é um caminho de sacrifício, e as recompensas não
ocorrem com honrarias mundanas.
Por isso, vistam toda a armadura de Deus: o capacete da sal-
vação, a couraça da justiça, o cinto da verdade, tendo os pés cal-
çados com a prontidão do evangelho da paz. Além disso, devem
usar o escudo da fé e a espada do Espírito.
Sim, meu povo, esse é um combate corpo a corpo. Vocês
lutarão face a face. Não correrão em retirada, a não ser que
sejam feridos; porque não existe armadura para proteger as cos-
tas. Os covardes perecerão.

50
Vocês não chegaram a lutar como lutou o Senhor Jesus.
Vocês não estão preparados para entrar nesse conflito enquanto
estiverem absorvidos pelas vaidades e confortos pessoais da
vida normal. Cada soldado coloca as suas obrigações com as
forças armadas em primeiro lugar, e sua vida e desejos pessoais
em segundo. Ajam da mesma maneira se desejam ser meus
seguidores. Foi assim que Jesus agiu durante o seu ministério
terreno. Toda sua vida foi subordinada à vontade do Pai.
Como está escrito: "Também Cristo não agradou a si pró-
prio" (Rm 15.3). Como se atrevem a permitir que a carne mani-
feste os seus desejos? A inclinação desses desejos será sempre e
somente para o mal. Nada de bom poderá provir de corações
enganosos. Não confiem em si mesmos, porque o braço da
carne os enfraquecerá.
Somente aquilo que é gerado em vocês pelo Espírito de
Deus é capaz de produzir justiça. "Não se amoldem ao padrão
deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua men-
te, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa,
agradável e perfeita vontade de Deus" (Romanos 12.2).

36. O SENSO DE PERSPECTIVA

"Eu lhes asseguro: Quem ouve a minha palavra


e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna
e não será condenado, mas já passou da morte
para a vida".
JOÃO 5.24

Meus filhinhos, quão preciosos são para mim — sim, como


a menina dos meus olhos; vou livrá-los do mal. Nunca permi-
tam que os temores tão comuns deste mundo se aninhem no seu

51
coração, porque vocês não são deste mundo, e não precisam
temer as coisas que infestam a mente dos ímpios.
Não receiem o julgamento vindouro, porque se os seus
pecados foram confessados, perdoados e limpos pelo sangue de
Jesus, vocês não serão condenados, porque já passaram da mor-
te para a vida eterna. Não precisam temer o dia do juízo. Ele virá
para julgar o mundo, mas vocês não são do mundo, meus filhi-
nhos. Na verdade, vocês mesmos me ajudarão a julgar o mundo
(leia 1 Coríntios 6.3).
Quem conhece melhor os delitos do mundo que os meus
filhos? Quantos deles não foram cometidos contra vocês, quan-
do buscavam me servir e adorar? Na verdade, a humanidade
resiste à minha mão contra ela. Mas como conseguirá me casti-
gar? Eles tentarão expressar sua hostilidade contra o
Todo-poderoso e mostrar sua hostilidade contra minhas leis,
maltratando meus filhos. Acaso vocês não serão chamados para
testemunhar contra eles?
Isso não é incompatível com a lei do perdão que agora os
liga a mim, porque as Escrituras dizem para amarmos os inimi-
gos e fazermos bem aos que nos maltratam. O mesmo que ocor-
reu comigo ocorrerá com vocês. Hoje é o dia da minha graça, e
ela também opera por meio de vocês, trazendo o perdão amoro-
so a todos; este é o mesmo espírito que foi manifestado por
Jesus quando estava pendurado na cruz. Mas o dia do juízo será
um dia de ajuste de contas, o dia da ira contra o pecado e o peca-
dor. É impossível escapar desse dia, porque ao homem está des-
tinado a morrer uma só vez e depois disso enfrentar o juízo (veja
Hebreus 9.27).
Vocês temem a adversidade? Se a temem, mostram que são
apenas humanos. Considerem meu servo Paulo. Em naufrágios,
em adversidades, em angústias, em necessidades físicas, em per-
seguições, e em ameaças de morte por animais selvagens, em
tudo isso, ele regozijou-se em seu Deus. Ele era mais do que
vencedor. Ele recebeu uma alegria sobrenatural no meio de toda
a sua adversidade. Vocês também podem tê-la.

52
Já leram o testemunho do meu servo Habacuque? Leram
também acerca dos meu servo Jó, depois de ter passado pela
provação? Não há perdas permanentes na vida dos meus filhos,
porque das sementes de cada adversidade brotam uma colheita
de novas vitórias. Esse é o meu caminho. A maior evidência
dessa verdade é o Calvário. Pelo intento do homem, pela cruel-
dade de corações perversos, Cristo tornou-se um mártir. Mas
pela mão de um poder maior, ele se tornou o Salvador — até
mesmo o Salvador dos homens que o levaram á morte.
Não, meus filhos, não temam. Lembrem-se das palavras das
Santas Escrituras: "Não tenham medo, pequeno rebanho, pois
foi do agrado do Pai dar-lhes o Reino" (Lucas 12.32). Aqui
vocês observam isso novamente: Não estou apenas preser-
vando-os, mas meu propósito é compartilhar com vocês o
poder do meu Reino. Se puderem captar a visão do que o futuro
lhes reserva em meu grande Reino, receberão uma perspectiva
totalmente nova, assim que enquanto vêem o cenário atual e
transitório, sua verdadeira dimensão entrará em foco na
proporção do quadro panorâmico completo.
Posso dar a vocês esse senso de perspectiva, porque vejo o
rolo de pergaminho dos tempos completo como se já estivesse
aberto diante de mim — de modo que o futuro está tão claro
quanto o passado. Olhem por cima dos meus ombros! Olhem
para sua própria vida do meu ponto de vista. Meu Espírito dará
revelação e entendimento, luz e sabedoria.
A pessoa madura pela idade obteve a sabedoria pela expe-
riência. Vocês podem obter sabedoria (se a desejarem) valen-
do-se da minha experiência. Sou infinito e eterno, e embora
sejam incapazes de alcançar essa compreensão, tenho experi-
mentado tanto o que conhecem como o passado quanto o que
chamam de futuro.
Vocês vivem dentro dos limites do tempo. Vivo fora desses
limites e limitações.

53
Não se incomodem com essa ignorância. Busquem diligen-
temente a minha sabedoria. Enriquecerei grandemente a sua
vida.
Darei mais tranquilidade do que qualquer outra busca espiri-
tual. Darei maior estabilidade e senso de valores do que vocês
jamais seriam capazes de obter de outra maneira. Vocês devem
tirar proveito de sua própria experiência ou de minha experiên-
cia. Que imenso contraste existe entre as duas!
Busquem a minha sabedoria e façam dela um guia para a sua
vida. Deixem que os ventos soprem e as tempestades rujam. Sua
casa resistirá.

37. REMOVA AS ROCHAS

"Como você pode dizer [...]: 'Irmão, deixe-me


tirar o cisco do seu olho', se você mesmo não
consegue ver a viga que está em
seu próprio olho?".
LUCAS 6.42

O meu povo, chamei-os ao arrependimento, à confissão, ao


perdão e à santificação; mas vocês têm dado ouvidos às minhas
palavras como se fossem um ruído suave nos topos das árvores
— como se fossem pequenas consequências e que pudessem ser
removidas à vontade. Ouçam o que digo: Vocês não podem
resistir ao meu Espírito sem sofrer sérias consequências; e não
podem fazer-se de surdos em relação às minhas palavras sem
cair na armadilha do inimigo.
Vocês não têm clamado a mim de todo o coração, mas têm
reclamado que não ouvi as suas orações. Como está escrito:
"[Ele] recompensa aqueles que o buscam" (Hebreus 11.6). E

54
novamente: "Vocês me procurarão e me acharão quando me procurarem
de todo o coração" (Jeremias 29.13).
Não esperem que eu supra livremente suas necessidades
quando não estão dispostos a humilhar os seus corações e lim-
par as suas mãos, vindo a mim com o sacrifício que solicitei —
mesmo um coração quebrantado e contrito. Não esperem que
fale a vocês quando seus ouvidos estão cheios de ouvir relatos
maus.
Da mesma forma que não pode ocorrer cura ao corpo físico
até que o veneno seja removido do sistema, assim não pode vir
bênção, avivamento e renovação ao meu Corpo, a Igreja, até
que o mal seja afastado e os pecados expiados. Seus olhos não
contemplarão a minha face enquanto estiverem ocupados em
observar as faltas e imperfeições dos irmãos. Quando olharem
para mim em verdade, sinceridade e arrependimento, verdadei-
ramente me verão; e após terem me visto, olharão para os seus
irmãos e irmãs com amor, compreensão e paciência, reconhe-
cendo muito bem as carências em seu próprio coração e vida.
Depois que as ervas daninhas forem arrancadas, depois que
a terra árida for lavrada e depois que as rochas forem removidas,
então enviarei as chuvas, e então ministrarei ao seu coração em bon-
dade e graça. Embora o meu coração tenha sido ofendido, con-
tinuo amando vocês; e embora tenha ocultado o rosto de vocês
por um tempo, com grande ternura os reunirei novamente a
mim.
Conterei a vara da correção quando se voltarem para mim
em arrependimento. Se confessarem seus pecados e reconhece-
rem suas transgressões, serei fiel a vocês e os perdoarei. Vou
purificá-los e restaurá-los. Vocês encontrarão paz e falarão que
as lágrimas amargas se tornaram doces.
O coração que se entristece com o pecado experimentará
conforto genuíno. Não existe nada semelhante a esse conforto
no mundo. Se vocês lavarem os meus pés com suas lágrimas, eu
os atrairei a mim em amor. Não posso descrever o meu amor
por vocês. Somente posso dá-lo a vocês. Ele está além da cruz.

55
Passem por ela. Somente o Espírito pode transmitir o que está
do outro lado.

38. REMOVA os ÍDOLOS

"[Eles] começaram a se queixar do proprietário


da vinha, dizendo-lhe: 'Estes homens
contratados por último trabalharam apenas uma
hora, e o senhor os igualou a nós, que
suportamos o peso do trabalho e o calor do dia'.
Mas ele respondeu a um deles: 'Amigo, não
estou sendo injusto com você. [...] Eu quero dar
ao que foi contratado por úítimo o mesmo que
lhe dei".
MATEUS 20.11-14

Dei a vocês o meu Espírito para que clamem e não fiquem


em silêncio. Sim, tenho falado a vocês para que conheçam a
mensagem pesada do Senhor e possam entender o que está em
meu coração.
Eu amo o meu povo escolhido e eleito. Meu coração está
triste, porque se desviaram dos meus caminhos. Eles conhece-
ram o meu amor; sim, eles provaram da minha bondade e entra-
ram na minha graça, e dei a eles a minha salvação. Mas, o amor
deles esfriou, seus anelos se voltaram para outros, e seus cami-
nhos são de egoísmo e insensatez.
Sou Deus zeloso e não repartirei a minha glória com outro.
Derramarei minha benignidade sem restrições sobre cada cora-
ção que se abre para mim; darei da minha graça para todo aquele
que clamar a mim.

56
Mas o meu povo não tem clamado a mim. Eles têm ficado satisfei-
tos com esse mundo atual. Nesta época de indiferença, eles têm
permitido que os prazeres desta vida ocupem o lugar que
somente pertence a mim. Sim, esses prazeres tomaram o lugar
do meu Espírito, mas não os satisfazem.
Ah, se o meu povo voltasse para mim, porque como o pai
esperou a volta do seu pródigo filho, assim anseio pelo meu
povo. Meu coração está cheio de tristeza e minhas lágrimas jor-
ram como uma fonte! Porque eu os amo. Minha alma anseia por
eles.
Voltem para mim e eu me voltarei para vocês. Removam os
ídolos e entreguem o coração para mim. Abram o seu coração
diante de mim e removerei a impureza. Vou limpá-lo e enchê-lo
com a minha glória. Já não mais vão desejar os pepinos e alhos
do Egito. Já não mais se alimentarão de palha; mas fartarão a sua
alma com o maná dos céus. Vocês serão alimentados com leite e
mel.
E voltará a sua saúde, bem como o seu vigor, e me servirão
com energia renovada. Vocês sairão com um novo poder, e
minha alegria será sua porção constante. Embora trabalhem na
última hora antes do pôr-do-sol, receberão o mesmo galardão
daqueles que os precederam (veja Mateus 20.1-16).

57
3 9. SATUREM A SUA ALMA NO
ÓLEO DO ESPÍRITO

Ficamos perplexos, mas não desesperados; somos


perseguidos, mas não abandonados; abatidos,
mas não destruídos.
2 COR/NTJOS 4.8-9

A eterna glória do Pai será manifesta às nações por meio do


meu povo. Porque o poder eterno de Deus está encarnado em
meus escolhidos. Não está escrito que o Reino de Deus habita
em vocês? No dia em que me tornarem Senhor da vida de vocês,
me derem o cetro e me permitirem morar em vocês, então
começarei a me mover e o meu poder se irradiará de todo o seu
ser. Farei milagres, quando andarem em retidão e usarem de
misericórdia com as pessoas mais próximas e até mesmo com os
seus inimigos.
Não imaginem por um só momento que posso fazer qual-
quer obra de poder em uma atmosfera de hostilidade, maldade e
rebelião. Venham a mim com um coração limpo e um espírito
reto, em sinceridade e honestidade. Se desejam que eu trabalhe
no meio de vocês, não tenham divergências nem usem de simu-
lações uns com os outros (2 Coríntios 4.2). São os puros de
coração que vêem a Deus. Os que buscam uma vida santa e
põem o coração naquilo que é sagrado herdarão as promessas e
subirão no meu santo monte.
Saibam que no céu não há espaço para a mácula e a contami-
nação. Lá habita a beleza do Deus vivo. Onde há santidade há
beleza. Onde há beleza e santidade, haverá onipotência. Onde
há atividade do Todo-poderoso, haverá forças de Vida continu-
amente operando para produzir em vocês uma medida de vida,
saúde e força que estão nele.

58
/>-'•• l

Por que tolerariam qualquer ideia de desânimo? Nada pode


ser realizado para o bem com esse tipo de mentalidade. O peca-
do traz a morte; e qualquer corrente negativa que atuar em seu
corpo produzirá uma regressão constante.
Prepararei em vocês uma atitude diferente. Reorganizarei
pensamentos confusos. Não permitirei que se arraiguem em
vocês pressões que os enfraqueçam. Serei a força de que preci-
sam. Serei a fortaleza interior que os levantará, mesmo em
tempos de tensão e crise.
SATUREM A SUA ALMA N O ÓLEO D O ESPÍRITO
S A N T O e mantenham o seu canal de comunicação sempre aberto ao seu
Pai celestial. O seu desejo se volta a vocês, e ele será a sua forte
habitação.

40. A ECONOMIA DO REINO

"Pois a medida que usarem também será usada


para medir vocês".
LUCAS 6.38B

Tragam-me todos os dízimos e abrirei as janelas do céu e


derramarei sobre vocês bênçãos quadruplicadas. Sim, os aben-
çoarei na graça do dar, e os abençoarei com alegria. Vocês abri-
rão a porta do ministério aos meus servos, e compartilharão dos
frutos que virão como resultado.
Vocês nunca se tornarão mais pobres quando derem para
mim. Em troca das suas pequenas dádivas, receberão das
minhas riquezas ilimitadas. Por meio da contribuição que vem
de um coração voluntário, me verei desimpedido em dar da
abundância dos tesouros celestiais, que jamais poderão comprar
do mundo.

59
Mas cuidem para que a sua dádiva seja voluntária — porque
Deus ama quem dá com alegria — caso contrário vocês entriste-
cem o Espírito. Porventura, ele não deu a vocês sem medida?
Assim como receberam livremente (porque Deus sempre tem
um coração generoso), vocês não devem dar de má vontade,
como se custasse muito a vocês.
Sua dádiva parecerá sacrificial somente quando começarem
a pensar de que outra forma poderiam ter usado o dinheiro.
Dêem livremente para a obra do meu Reino, e acrescentarei a
vocês as coisas que necessitam.
Sejam meus agentes de justiça e boa vontade, e provarei que
sou seu amoroso Pai celestial, suprindo suas necessidades das
riquezas do meu próprio tesouro — e essa, também, será uma
aventura empolgante na sua caminhada no Espírito.
Na verdade, vocês observarão a forma miraculosa como
cuidarei de suas necessidades, enquanto promovo o Reino; por-
que outras pessoas que darão a vocês também receberão
bênçãos espirituais.
Sim, meu filho, minha economia é maravilhosa! Meu Reino
verdadeiramente não é deste mundo. Mesmos os bens materiais
que dedicam a mim imediatamente se tornam "moeda espiritu-
al". Você deu a mim aquilo que posso multiplicar em bênçãos
espirituais a vocês e a outros.
Dêem meus filhos. Sua pobreza se transformará em riqueza
e estarão livres das ansiedades concernentes às questões finan-
ceiras. "Dêem, e lhes será dado: uma boa medida, calcada, sacu-
dida e transbordante será dada a vocês" (Lucas 6.38a).

60
41. SALVAÇÃO DA CASA

Cantarei para sempre o amor do Senhor; com


minha boca anunciarei a tua fidelidade por
todas as gerações.
SALMOS 89.1

O meu filho, eu o amei com um amor eterno e com cordas


atrai-o a mim. No dia da adversidade tenho sido o seu refúgio, e
na hora da necessidade o sustentei, e você encontrou a sua força
em mim. Você tem visto a minha bondade à sua direita e à sua
esquerda. Você observou o meu poder, e a minha glória não
ficou oculta aos seus olhos.
Tenho abençoado você com a generosidade do céu e não
retive aquilo que o seu coração deseja. Não prometi que você e
sua casa seriam salvos? Não foi o sangue passado na viga superi-
or e nas laterais das portas para a salvação da família inteira?
(Êxodo 12.22,23).
Portanto, renove suas energias e saiba que estou trabalhan-
do a seu favor! Porque, certamente, uma luz brilhará no meio da
escuridão, e a fé que você exercitou ao longo dos anos será
recompensada cem vezes mais. Assim, a sua fé se tornará visí-
vel, porque você verá com os seus olhos e ouvirá com os seus
ouvidos e se regozijará em seu coração acerca do que irá
acontecer.
Farei uma obra maravilhosa, e todos louvarão e glorificarão
o meu nome juntosl O seu protetor se manterá alerta e não dor-
mirá. O Senhor, nosso Deus, é a nossa força, e nele não existe
fadiga. Ele não se cansa de ouvir o seu clamor, e o seu choro é
bem-vindo aos ouvidos dele, não importa quantas vezes ocorra.
Lance-se sobre as misericórdias dele; porque a sua bondade
nunca falha e sua graça e compaixão são inesgotáveis. Sua fideli-
dade é estendida a todas as gerações (veja Isaías 59.21).

61
Senhor Deus, tu és o meu Deus;
Minha esperança está em ti.
Nunca me deixarás, nem me abandonarás.
Tu me restaurarás,
E eu louvarei o teu nome!

42. A/UNTAREI o MEU POVO

Pois chegou a hora de começar o julgamento


pela casa de Deus; e, se começa primeiro
conosco, qual será o fim daqueles que não
obedecem ao evangelho de Deus?
1 PEDRO 4.1 7

Levante-se! Vá até a beira do precipício e escreva o que vê.


Porque aumentarão a morte e a destruição, a escuridão e um
forte nevoeiro e o clamor daqueles que estão perecendo, mas
não há ninguém que ouça. Não há ninguém que responda.
Como está escrito: "Agora é o dia da salvação" (2 Coríntios
6.2), e novamente: "Busquem o Senhor enquanto é possível
achá-lo" (Isaías 55.6), porque a noite vem. Então a minha ira
será derramada sobre os infiéis, e não haverá mais uma mão
estendida para salvar.
Tenho falado a vocês com misericórdia, e em paciência
tenho estendido minhas mãos para um povo ingrato e rebelde.
Tenho falado dos céus, e minha palavra tem sido ignorada.
Tenho falado a eles por meio dos profetas, mas os seu coração
têm se mostrado como pedra fundida.
Sua voz se levantará em desafio contra mim, mas não haverá
quem os livre. Não há salvação para eles e, assim, descerão jun-

62
tos. Perecerão juntos na sua insensatez. Eis que o dia da miseri-
córdia está chegando ao fim, e o dia do juízo já veio.
Levantem os olhos para as nuvens, porque os céus estão
repletos de glória. Sim, ele vem com milhares dos seus santos.
Elevem o coração, porque não temerão as coisas que hão de
acontecer na terra. PORQUE EU MESMO AJUNTAREI O
MEU POVO A MIM; e, na hora da destruição, estenderei a
minha mão para livrá-los. Na hora da ira, arrebatarei os meus —
meus amados — e as chamas não os atingirão.
Certamente o meu amor é profundo e permanente, constan-
te e terno. Não mudei. Embora nações se levantem umas contra
as outras, embora a guerra se desencadeie em uma devastação
universal, embora a humanidade na sua insensatez se espatife
contra as muralhas do inevitável, ainda assim não mudei.
Meu coração continua terno. Meus pensamentos a respeito
de vocês continuam pensamentos de bondade. Olho para vocês
com um olhar cada vez mais profundo. Assim como o noivo,
esperando com expectativa a aproximação do casamento, faz os
últimos preparativos e aguarda a hora do enlace, assim o meu
coração anseia por você, minha Noiva, minha amada.
Embora você veja terror por todos os lados, somente com
os seus olhos observará a recompensa dos ímpios. Vou pre-
servá-lo e guardá-lo, e você vai caminhar comigo vestido de
branco.

63
43. VERIFIQUE A SUA ROTA

Levantou-se um forte vendaval, e as ondas se


lançavam sobre o barco [...] Os discípulos o
acordaram e clamaram: "Mestre, não te
importas que morramos?" Ele se levantou,
repreendeu o vento e disse ao mar: "Aquiete-se!
Acalme-se!" O vento se aquietou, e fez-se
completa bonança.
MARCOS 4.37-39

Nunca há um dia, nunca há uma hora, nunca há um momen-


to sequer em que você esteja fora dos meus pensamentos.
Como disse Davi: "O Senhor preocupa-se comigo" (Salmos
40.17). Você pode afirmar essas palavras com a mesma certeza
que Davi, POIS não é menos precioso ao meu coração, e estou
igualmente interessado em você.
Não tome o caminho dos insensatos, porque meu coração
vai com você onde quer que vá. Entristeço-me quando se afasta
dos meus caminhos. Você pode até não estar indo na direção
oposta. Você pode até mesmo estar em uma estrada que é para-
lela àquela que eu gostaria que estivesse trilhando. Mas estar
quase na perfeita vontade de Deus é atingi-la completamente.
Como dizem as Escrituras: "Outros barcos também o
acompanhavam" (Marcos 4.36) — mas Jesus estava somente
dentro de um deles. Verifique a sua rota. Siga o curso de acordo
com a minha Palavra e permaneça nesse curso com muita deter-
minação e não permita ser desviado da rota pelos "outros
barquinhos".
Certifique-se de estar no barco com ele, caso queira chegar
em segurança até a outra margem, apesar das tempestades. Por-
que as tempestades serão inevitáveis; mas você estará seguro se
permanecer bem perto de mim.

64
. DETERMINE EM SEU CORAÇÃO DE
SEGUIR ATÉ O FIM

Quem semeia para a sua carne, da carne


colherá destruição; mas quem semeia para o
Espírito, do Espírito colherá a vida eterna.
GÁLATAS 6.8

Mostre-me a sua mão. Eu a modelei para trazer glória ao


meu nome. Porque meu nome está acima de todos os nomes; e
o louvor e a glória pertencem a mim, e em mim cada ser vivo se
regozijará. Farei com que das trevas resplandeça a luz; e, no
lugar onde experimentou derrota, farei surgir a vitória.
Levantem-se, sim, levantem-se e vistam-se de forças; por-
que vocês são um povo chamado pelo meu nome, e em meu
nome vocês serão fortes e realizarão grandes coisas. E os aben-
çoarei da plenitude dos céus.
Minha força será a sua força de livramento. Porque eu, o
Senhor, estou no meio de vocês, para ser um grande poder, e
não haverá ninguém fraco no meio de vocês. Mas aquele que
tem mais abundância de graça, emprestará uma mão àquele que
tem menos; e aquele que tiver grande regozijo no coração, ani-
mará o que está triste.
Conheço as suas obras, seu coração tem sido um livro aber-
to que o meu Espírito tem lido. Conheço cada um dos seus
desejos, bem como as suas necessidades. Vou adiante de você,
abrindo o seu caminho.
Pela manhã, eleve o seu coração em cânticos. A noite, anun-
cie seus pedidos a mim. E minha paz guardará você e minha gra-
ça será o seu sustento.
Afaste-se dos caminhos divergentes; nunca tema em me
seguir. Porque como o pastor leva suas ovelhas, você saberá que
por certo que vou adiante. Levarei você para um lugar de pasta-

65
gens verdejantes, de uma visão mais ampla, de maior produtivi-
dade e bênçãos abundantes — e nada me impedirá de fazê-lo.
Não olhe para os próprios pensamentos, mas ande no Espí-
rito, assim cumprirá a obra que o Espírito deseja fazer. Somente
a eternidade revelará o fruto desse ministério oculto. Porque
não labutamos no reino material e não trabalhamos com os ele-
mentos deste mundo; mas nosso trabalho ocorre no reino do
Espírito, e as realizações não são julgadas pelo discernimento
humano, mas serão reveladas à luz da eternidade.
Portanto, seja diligente. Siga-me tão de perto, que não haja
distância entre nós. Ouça cuidadosamente a minha voz, para
que não siga o seu próprio caminho. Porque a minha vereda se
torna cada vez mais brilhante até chegar aquele dia. Determine
em seu coração de me seguir até o fim, porque no fim está reser-
vado um peso eterno de glória mui excelente para aqueles que
perseveram.

45. QUEBREM OS GRILHÕES

"Mas receberão poder quando o Espírito Santo


descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas
[...] até os confins da terra".
ATOS 1.8

Eis que com mão forte e poderosa tirarei o meu povo. Da


maneira que libertei os filhos de Israel da escravidão do Egito e
de faraó, assim, com uma forma de libertação ainda maior, liber-
tarei meu povo do jugo dos falsos profetas e dos grilhões do
legalismo. Porque o meu povo será um povo livre. Meu povo obedece-
rá a mim e não a um líder humano. Meu povo não trabalhará em
vão na palha e feno das obras da carne. Meu povo andará em

66
novidade de vida, e serão fortificados e guiados pelo meu
Espírito.
Através de mares Vermelhos, desertos, Jordões, Terras Pro-
metidas de conquistas espirituais — eu estou com meu povo.
Que o medo não os desanime. Que nenhum aspecto do passado
se torne um obstáculo ou pedra de tropeço. Eu os libero das
obras mortas para uma realidade viva. Eu os libero das tradições
do passado para revelações novas de mim mesmo nessa hora
presente.
Uso o passado para sua instrução, mas não como uma planta
para o presente nem como orientação para o futuro. Não
tenham medo de me seguir. Na verdade, se soubessem quão
próximo estou da "cortina do tempo", vocês se aproximariam
muito de mim para serem enchidos de expectativa. Porque, em
um desses dias — muito breve — a cortina será descerrada; os
céus serão recuados; a abóbada celeste, como a conhecem, será
retirada; e o Filho do Homem será revelado em poder e grande
glória.
Então a minha Igreja será como uma coroa sobre a minha
cabeça, uma evidência tangível da minha realeza e vitória. Que
tipo de pessoas vocês serão com tal perspectiva em mente?
QUEBREM OS GRILHÕES. Expulsem todo medo.
Caminhem comigo na força inabalável do meu Santo Espírito.

67
46. UM JARDIM DE FONTES

O Senhor o guiará constantemente; satisfará os


seus desejos numa terra ressequida pelo sol e
fortalecerá os seus ossos. Você será como um
jardim bem regado, como uma fonte cujas águas
nunca faltam.
ISA/AS 58.1 1

Eis que a minha mão está sobre você para abençoá-lo e para
cumprir todos os meus bons propósitos. Foi para essa hora que
preparei o seu coração, e por causa da minha bondade você não
fracassará.
Simplesmente entregue tudo a mim. Somente posso traba-
lhar livremente na sua vida à medida que me consentir fazê-lo
por meio de uma consagração completa — tanto de você mes-
mo como dos outros. Está escrito: "Entregue o seu caminho ao
Senhor; confie nele, e ele agirá" (Salmos 37.5). Serei sua força
sustentadora; e minha paz guardará a sua mente. Somente
CONFIE EM MIM — tudo que faço, faço com amor.
As adversidades são uma necessidade. Elas fazem parte do
padrão de vida de cada peregrino. Quem poderá escapar delas?
Mas digo a vocês que, para aqueles que andam comigo, e para
aqueles que estão rodeados pelas orações intercessoras dos
meus filhos, farei dos sofrimentos e das provas degraus para
bênçãos futuras (Leia 2 Coríntios 4.17,18).
Meus braços estão ao seu redor, e nunca o amei mais! Farei
de você um jardim de fontes cujas torrentes são alimentadas
pelas nascentes das montanhas.

68
47. UM INSTRUMENTO DE LOUVOR

"No arrependimento e no descanso está a


salvação de vocês, na quietude e na confiança
está o seu vigor".
ISAÍAS 30.15

Oh, meu filho, eu o escolhi para mim, para que possa fa2er
de você um instrumento de louvor nas minhas mãos. Extrairei
de você uma melodia de louvor e regozijo e fazer com que as
cordas da harpa de sua alma vibrem com um cântico alegre.
Abençoe-me com seus lábios e sussurre meu nome em ado-
ração. Vou libertá-lo da suas cadeias, e exaltará o seu Deus em
liberdade de espírito.
Por que você diz a mim: "Sou insignificante e indigno"?
Não, você é precioso para mim; é a menina dos meus olhos.
Não volte para a descrença, mas avance até que a escuridão
seja deixada para trás e você entre na luz. Então me verá face a
face e me conhecerá como seu amigo mais precioso.
Traga-me tudo que o preocupa. Muitas perguntas não preci-
sam de respostas, porque quando o coração é um com o Pai,
você recebe uma iluminação do Espírito que transcende todo
pensamento. Essa compreensão se torna mais um estado de
alma do que uma realização da mente.
Aprenda a adorar e terá descanso para a alma. Você será ele-
vado a um novo lugar de comunhão, de acordo com o autor da
carta aos Efésios: "Deus nos ressuscitou com Cristo e com ele
nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus" (Efésios
2.6).
Você será ensinado pelo Espírito. Sim, ele abrirá os mistéri-
os da Palavra. Porque foi pelo Espírito de Deus que as Escritu-
ras foram dadas aos homens santos dos tempos bíblicos. Da

69
mesma maneira, os tesouros da Palavra serão revelados a você
pelo Espírito.

70
Deslanche
Destruímos argumentos e toda pretensão que se
levanta contra o conhecimento de Deus,
e levamos cativo todo pensamento,
para torná-lo obediente a Cristo.
2 COR/NTÍOS 10.5
72
48. DESLANCHE

Meu povo, vocês permaneceram nas margens.


Sim, se demoraram na praia.
Lancem-se ao vasto mar do meu amor e misericórdia,
Sim, do meu imenso poder e recursos ilimitados.

Se aceitarem tudo que tenho para vocês,


andarão sobre as águas pela fé.
Precisam abandonar para sempre suas dúvidas;
e rejeitar para sempre
seus pensamentos de autopreservação.
Porque eu os conduzirei e os sustentarei pelo meu poder
nos caminhos que escolhi e preparei para vocês.
Não deverão nem mesmo dar o primeiro passo com as pró-
prias forças.

Vocês não são capazes de caminhar por conta própria —


da mesma maneira que a carne nunca é capaz de andar no
Espírito.
Mas o meu braço os sustentará
e o poder do meu Espírito os manterá firmes.

Sim, vocês caminharão sobre as ondas


e a tempestade apenas os impulsionará mais rapidamente
para o porto desejado.

Não temam! Creiam somente!

73
49. COLOCAREI UM NOVO CÂNTICO
NA SUA BOCA

Ó minha alma, espere em Deus, e ele fará bem a você.


Sim, ele renovará a sua alma.
Porque as suas misericórdias nunca falham,
e o sol da justiça se levantará,
trazendo cura em suas asas (veja Malaquias 4.2);
assim o seu Deus agirá com você.

Porque a noite já passou; sim, eu o levo a um novo lugar:


Um lugar de regozijo em mim, tal como ainda não conhece.
Porque encherei a sua alma de gordura,
e farei bem a você.
Preparei as suas mãos para a guerra,
e farei com que seus lábios me louvem com cânticos.

Colocarei cânticos novos em sua boca,


e você se regozijará no Senhor, seu Deus,
porque ele é um Deus poderoso.
Ele solta e ninguém consegue amarrar.
Ele exalta e ninguém é capaz de abater.
Sim, ele age valentemente; quem pode detê-lo?

50. Do CENTRO PARA A PERIFERIA

Você busca o avivamento?


Faz bem; apenas não o busque na força da carne.
Porque a carne somente busca os seus próprios interesses;
ela só cobiça aquelas coisas

74
que perecem com o uso.
Gostaria que me buscasse no Espírito;
então descerei sobre você com toda minha plenitude
e não reterei nada de tudo que planejo fazer por sua vida.
Porque meus caminhos estão ocultos daqueles que
me buscam na energia da carne.
Abismo chama abismo ao rugir das cachoeiras (veja Salmos
42.7), e eu estou em você; sim, para este exato propósito, acima de
todos os outros propósitos,
tenho feito minha habitação EM você;
para que meu Espírito permeie o seu espírito,
e para que sejamos um, como eu sou um com o Pai.
Eu em você, e você em mim,
para que sejamos unificados em pensamento e ação:
em devoção e em propósito,
para que possamos andar continuadamente não como dois,
mas como Um.

Não peço que você FAÇA, mas que SEJA.


Porque tudo que provém da carne, é carne;
mas quando permitir que meu Espírito se propague livremente,
quando parar de interferir com o meu mover em você,
então aquelas coisas que deverão ser realizadas,
tanto dentro quanto por meio de você,
serão verdadeiramente a VIDA DE DEUS.
Porque o meu Espírito é o Espírito da Vida,
e o meu Espírito é o poder motivador da energia divina.
TUDO O MAIS É MORTE. Está escrito:
"Carne e sangue não podem herdar o Reino de Deus"
(veja 1 Coríntios 15.50).
Nem pode o homem por meio dos seus próprios esforços,
independentemente de quão santos esses propósitos sejam,
produzir vida, que não existe
fora da atividade direta do Espírito de Deus.

75
Porque eu estou COM você e EM você
para não torná-lo estéril nem infrutífero.
Estou em VOCÊ para dar Vida,
e para dá-la em ABUNDÂNCIA,
sim, VIDA SEM LIMITES.
Porque tudo que sou capaz de fazer por você
está limitado somente pela minha onipotência, minha Vida e
Poder eterno.
E em mim NÃO HÁ LIMITES!
Eis que espero abençoá-lo;
espero dar a você a minha plenitude.
Deleito-me em operar a seu favor,
porque amo você acima de sua capacidade de compreensão.
Somente solte as coisas às quais está preso
e coloque suas mãos nas minhas.
Somente afaste os seus olhos das coisas que são preciosas a
você,
e eu os encherei da minha glória.
Renuncie à sua afeição pelos outros.
Coloque nas minhas mãos aqueles que são preciosos para
você.
Deixe-os sob a minha guarda:
porque só então o seu coração estará livre para me buscar
sem distração.
Porque quando sou para você mais precioso do que qual-
quer outra coisa;
quando me tornei mais real a você do que tudo o mais;
e quando você me amar mais do que a qualquer outro,
então conhecerá satisfação completa.
Sua paz fluirá como um rio,
sua alegria transbordará como uma fonte,
e minha glória será derramada como o óleo de unção suave
sobre todos os seus relacionamentos.
Porque NÂO quero despojá-lo de vínculos e alegrias terre-
nos,
mas desejo que me entregue o centro de sua vida,
para que minha bênção flua a partir daí para a periferia.
Porque meu Espírito não se move da periferia para o centro,
Mas do centro para & periferia.

Entregue-me sua percepção mais íntima.


Não me ofereça uma pequena porção de suas afeições,
mas dê-me a parte mais preciosa do seu coração,
sim, aquilo que parece ser sua própria vida.
Na realidade, é isso que ocorre.
Você me entrega a sua vida somente à medida que me ofe-
rece o seu amor.
Por esse motivo, tenho dito que o amor é o cumprimento da
lei.
Assim, entregue-me TOTALMENTE as paixões do seu
coração
e suprirei todas as suas necessidades.

Busque primeiro o Reino dos céus;


adapte os seus desejos para que obtenham as riquezas de
Deus,
e todas as outras coisas serão livremente acrescentadas
à medida que as necessidades surgirem.

Seja, pois, muito diligente neste empreendimento,


porque o inimigo sempre está à espreita
para, por meio de artifícios maldosos, afastar você.
Não se deixe enredar pela sua astúcia.
Oponha-o como uma dura rocha.
Coloque de lado todo peso
e deliberadamente remova todo obstáculo.
Entregue-se à oração.
Você tem minha palavra, sim, minha promessa,

77
que aquele que busca, ENCONTRARÁ.
Minha promessa é segura.
Minha Palavra nunca passará (veja Mateus 24.35).

51. CHUVA

Filho meu, amo você tanto!


Vá até os montes e olhe;
eis que a chuva está chegando.
A estiagem já passou,
e o som da chuva se aproxima!
Sim, mandarei chuvas de bênçãos
sobre o coração do meu povo sedento;
porque antes mesmo de clamarem,
já preparei resposta,
e enquanto estão me buscando,
me achegarei a eles.

O Senhor, não demore. Estamos esperando pelo Senhor.


Anelamos pelo Senhor. Sim, nossa alma anseia por águas
correntes (veja Salmos 42.1).
Temos desejo de estar com o Senhor, e esse desejo é irresis-
tível;
sim, não podemos ser recusados, porque não há alternativa.

O meu filho, amo você tanto.


Eleve os seus olhos para os céus; eis que está repleto de
nuvens;
sim, estão carregadas de água.
Volte para o campo.
Prepare os reservatórios:

78
porque os ventos se intensificam, as folhas farfalham nas
árvores;
os pássaros se apressam a refugiar-se em seus ninhos.
Eis que venho.
Venho para reanimar e restaurar.
Venho para vivificar e purificar.
Venho como enchentes sobre uma terra ressecada.
Da mesma maneira a nova vida despontará
e o deserto se encherá de flores.
Desde a existência do tempo, nunca abandonei meu povo.
Tenho me ocupado com eles e os tenho protegido.
Eu os tenho libertado nos momentos de necessidade
e socorrido em cada adversidade.
Não lhes tenho negado os desejos do seu coração.
Nem sempre pediram de forma sábia,
mas nunca deixei de responder (veja Salmos 106.15).
Você acha que amo a minha Igreja menos do que amei o
povo de Israel?
Estendi a minha mão a favor daquele povo,
e por meio de milagres poderosos os livrei da escravidão
do faraó. Preparei uma maneira de escapar,
passando pelo Mar Vermelho.
Cuidei de suas necessidades diárias durante
a jornada pelo deserto
e dei-lhes de beber da Rocha.
Acaso farei menos por vocês}
Na verdade, vocês são amados duplamente.
Vocês são o meu corpo, a Igreja, e são a minha Noiva Esco-
lhida.
Sim, o seu desejo mais insignificante é uma ordem minha.
Porque me deleito em agradá-los,
da mesma maneira que o noivo busca agradar sua noiva.
Quanto MAIS desejo dar provas da minha afeição a você!
E o meu amor por você ultrapassa toda compreensão
humana.

79
Porque não sou homem e limitado.
Não preciso dividir meu Espírito entre muitos,
mas anseio repartir minha plenitude com CADA UM;
e não há parcialidade no meu amor.

Não se concentre na sua falta de capacidade,


porque ampliarei o seu coração.
Não abra sua boca para me questionar,
porque o amor não questiona,
mas recebe tudo com alegria e liberdade.
Quando fizer isso, não será desapontado.
Não desanime,
nem alimente seu senso de indignidade,
porque eis que o amo simplesmente porque o amo.
Necessito eu de outro motivo?
Acaso você não procede da mesma maneira nos seus relacio-
namentos humanos?
Não poderia eu derramar o meu amor sobre você simples-
mente porque escolho fazê-lo?
De outro modo, não seria amor, no seu sentido mais puro.

Somente quando souber com certeza


que o amo mesmo que não traga dádiva alguma,
poderá você retribuir o amor que permanecerá constante,
quando o abençoo, ou quando o deixo de abençoar.

Você é meu. Seus olhos são como os da pomba.


Beija-me com os beijos dos seus lábios,
porque os seus lábios são mais doces do que o mel.
Aperte-me em seus braços,
porque seus braços são mais fortes do que as cordas do
Orion (veja Jó 38.31).
Toda a eternidade se contém em um momento na sua pre-
sença,
e todo o tempo é vazio sem a sua comunhão.

80
ti-

52. DEVO ELOGIÁLOS?

Vejam: Acaso é uma coisa insignificante o fato de vocês


amolarem o Senhor, o Deus Todo-poderoso, com suas queixas?
Acaso é uma coisa pequena aos meus olhos vê-los fraque-
jando, quando coloquei a minha força à sua disposição?
Acaso não me insultaram quando me humilhei para vir habi-
tar no meio de vocês, e perceber que me colocaram de lado,
entristecendo e apagando o meu Espírito Santo, e andando nos
seus próprios caminhos?

Devo elogiá-los?
Será que podem escapar da minha reprovação e desagrado?
Em vão olham pelo meu sorriso,
imaginando no coração
que podem dar-me algum presente.

"Faremos um favor a ele", vocês dizem, e acham que eu o


aceitarei como um sacrifício.
Não se enganem. Com Deus não se brinca.
"Veja", vocês têm sussurrado, "trouxemos essa cesta de fru-
tas".
Amaldiçoada seja a terra que as produziu!
Não exigi sangue? Mas vocês repugnaram o sacrifício.
Por isso digo: Não quero suas belas dádivas, porque desejo
integridade; e obedecer é melhor do que as vãs tentativas de
satisfazer-me.

Estou indignado com vocês, e não sem causa. Vocês profa-


naram meu santuário com esforços inúteis da carne.
Vocês não vêm a mim em espírito e verdade, mas colocaram
limites para me deter e impedir.
Vocês dizem que temem em me ofender;

81
mas digo a vocês, por causa da dureza e teimosia dos seus
corações, vocês não me entregarão o controle.
Vocês o mantém nas próprias mãos com receio de que suas
iniqúidades sejam descobertas e sua vergonha apareça a todos.

Virei a vocês quando se humilharem.


Purificarei os seus pecados quando deixarem de ser fingidos
e hipócritas.
Vou trazè-los para perto do meu coração quando deixarem
de amar-se a si próprios.

Os dias são breves.


Vocês querem que eu vá com uma vara ou em amor?

53. MEU PODER VIVIFICADOR

Ó meu filho, tenho esperado tanto a sua vinda.


Meus olhos se cansaram pela constante vigília,
e meu coração triste de tanto esperar.
Tenho dito: "Descanse em mim", mas vocês continuam
labutando.
Tenho dito: "Aquietem-se", mas vocês continuam corren-
do.
Tenho chamado, mas vocês têm dado ouvidos a vozes
humanas.

Voltem-se para mim.


Vocês não precisam trabalhar mais, pois descobrirão que
sua busca terminou.
Então verificarão quão inútil tem sido todo esforço.

82
Semelhantemente ao pecador que não reconhece o dom da
graça salvadora
por estar profundamente preocupado em realizar boas
obras,
assim você, meu filho, não percebe minha doce realidade
diante do seu esforço frenético em agradar-me.

Como Marta, em seu desejo de servir-me,


não tirou proveito da minha presença.
Você age da mesma maneira.
Meu filho, não tenho necessidade de coisa alguma.
Apenas desejo o seu amor.
Dê-me sempre em primeiro lugar o seu amor,
e qualquer serviço que venha depois
será feito com os pés leves e com um coração livre.
Entregue a mim todo o seu ser,
e agirei em você e por meio de você de tal forma
que, enquanto o estiver usando,
experimentará o meu poder vivificador.
Assim, no processo de dar,
na verdade, receberá muito além do que está dando,
e a cada instante aparecerá mais rico e mais forte.

Não há perda quando me serve dessa maneira.


Quando sua vida se absorve inteiramente na minha,
você experimentará somente lucro.
Como exclamou o antigo profeta:
"Prosseguem o caminho de força em força" (veja Salmos
84.7).
Somente o pecado gera morte e perda.
A justiça gera vida e saúde.

Então, venha primeiro a mim.


Sim, venha até que a fonte de sua vida
seja engolida pelo oceano da minha plenitude.

83
Então você poderá ir e dar,
e ao dar você nunca experimentará falta alguma.
O Senhor é o seu pastor, de nada terá falta
(veja Salmos 23.1).
Porque o Reino de Deus é justiça,
paz e alegria no Espírito Santo (veja Romanos 14.17).

54. UM CÂNTICO À MEJA-NOITE

Eis que estou perto para abençoá-lo,


e certamente darei a você da fartura dos céus.
Meu coração está aberto ao seu clamor;
sim, quando clamar a mim nas caladas da noite,
estarei alerta ao seu chamar, e quando me buscar,
a escuridão não ocultará a minha face;
será como as estrelas que brilham mais intensamente
na noite escura.
Na noite da batalha espiritual,
darei a você revelações novas de mim,
e me verá mais claramente do que poderia ver-me
nos dias ensolarados do conforto e prazer.
O homem, por natureza, escolhe o dia e evita a noite.
Mas digo a você:
Tornarei a sua meia-noite num tempo de grande regozijo,
e preencherei a hora escura com cânticos de louvor.
Sim, com Davi você levantará à meia-noite para cantar.
Foi escrito: "A alegria vem pela manhã",
mas farei o seu cântico irromper no meio da noite.
Porque aquele que ergue os gritos da fé e do louvor no meio da
noite, experimentará a verdadeira alegria pela manhã!

84
55. MANTENHA O SEU ROSTO NA
DIREÇÃO DO NASCER DO SOL

Eis que o enviei sozinho,


mas fui à frente para preparar o caminho;
sim, no meio da noite, para levar a luz.
Peço apenas que me siga,
porque certamente o conduzirei por um caminho seguro,
embora os perigos espreitem por todos os lados.
Sim, serei a sua proteção.
Serei o seu conforto.
Serei a sua alegria.
Transformarei a amarga lágrima em um perfume suave.
Pelo meu Espírito, restabelecerei o coração quebrantado.
Derramarei óleo aquecido e perfumado na ferida profunda.
Porque meu coração está unido ao seu,
e diante da sua tristeza, sou um com você.
Sim, preencherei o lugar vazio.
Meus braços o segurarão para que não caia.
Minha graça o sustentará para que não desfaleça.
Minha alegria fortificará o seu espírito
da mesma maneira que um corpo quebrantado é revitalizado
pela transfusão de sangue.
Meu sorriso dissipará as sombras,
e minha voz transmitirá coragem.
Sim, certamente o guardarei, e você não temerá.
Seus pés descansarão na entrada dos céus.
Vou ocultá-lo no meu abrigo.
Você terá o meu cuidado constante.
Não o deixarei por um momento sequer.
Vou guardá-lo do desespero.
Vou livrá-lo da confusão.
Quando estiver perplexo,

85
Com sua fé arraigada nas promessas e no poder de Deus,
e suas ações motivadas pelo amor de Deus,
você se encontrará no caminho da atividade de Deus;
suas bênçãos serão derramadas sobre sua vida,
e ele realizará seus desígnios por meio de você.

Você não precisa fazer planos nem recorrer a uma estratégia


engenhosa.
Mantenha-se no amor de Deus.
Ore no Espírito.
Regozije-se sempre.
Coloque suas paixões em Cristo.
Deus fará por meio de você e para sua glória as coisas que
lhe agrada, e você se regozijará nele.
Porque, à medida que o seu espírito reconhece que o Espíri-
to do Senhor está triste em você,
Também reconhecerá quando seu Espírito regozija no seu
interior. _
Esta é a alegria dele. \ ^:
Esta é a alegria que ele prometeu.
Esta é a maior alegria que pode vir ao coração humano,
porque é a alegria de Deus,
e alegria de Deus transcende toda a alegria humana.
Certamente você não somente se regozijará,
mas estará muitíssimo contente,
com um contentamento que ultrapassa toda a capacidade de
expressão.
Dessa forma, você devolverá isso ao Senhor,
visto que ninguém mais pode receber isso plenamente,
da mesma maneira que Davi derramou diante dele
a preciosa água do poço de Belém (veja 2 Samuel 23.15-16).
Louvado seja o seu maravilhoso Nome!

88
' • • ' • % •

51. CONVICÇÃO E PERDÃO

Portanto, confessem os seus pecados uns aos


outros e orem uns pelos outros para serem
curados. A oração de um justo é poderosa e
eficaz-
TIAGO 5.16

Minha paciência está se esgotando. Tenho proposto, mas o


ser humano tem desprezado. Tenho planejado, e o homem não
tem dado importância aos meus planos. Tenho apresentado a
minha vontade, mas vocês a têm resistido. Não se tornem pre-
sunçosos em seus caminhos; porque os seus caminhos não são
os meus caminhos.
Vocês são tolerantes quando os chamo a uma disciplina rígi-
da. Falam palavras agradáveis quando exijo que falem a verdade.
Interferem na obra de convicção do meu Espírito Santo quando
atenuam sua confissão. Não sou um Deus severo, desatento às
fragilidades da natureza humana; mas sou um Deus de amor e
santidade divina; desejo sua comunhão e anseio que conheçam a
minha alegria.
O ser humano não pode perdoar pecado. Por que então des-
culpam a si mesmos ou ao seu irmão? Diante de mim, vocês
ficam em pé ou caem. Confessem suas faltas uns aos outros e
orem uns pelos outros para que sejam aperfeiçoados. Repreen-
dam, advirtam e exortem uns aos outros com toda longanimida-
de e paciência. Amem e perdoem uns aos outros, mas não
atenuem sua culpa.
Meu amor e santidade estão além da compreensão humana.
Não os amo porque estão sem pecado (desse modo, como
poderia eu amar alguém?), mas sou capaz de recebê-los na
minha comunhão e trazê-los para perto do meu coração, pelos
méritos do sangue derramado do Senhor Jesus Cristo. Aqui

89
repousa a sua esperança de purificação e aceitação. Aqui está a
única porta de acesso entre o pecador e um Deus santo. Aqui, na
verdade, está tudo de que precisam.
Então, porque procurar desculpar e racionalizar seus peca-
dos quando o caminho da confissão e do perdão está aberto
para vocês? Não me atrapalhem, porque o tempo é precioso, e
eu estou esperando por vocês.

58. NÃO OLHE PARA TRÁS

Eis que fiz um ninho na palma da minha mão,


onde você repousará e dormirá.
Apesar da fúria dos fenómenos atmosféricos,
apesar do sopro dos ventos e da assolação das enchentes,
descansará em paz.
Porque você é precioso aos meus olhos, ó meu filho.
Conheço-o pelo nome, porque não é o filho de um estra-
nho,
mas o fruto gerado por mim.
Sim, eu o gerei; eu o chamei pelo nome, e você é meu.

Não fique espantado porque eu sofri,


e assim, também sofrerá no mundo.
Não tirei-o do mundo,mas estou com você
para ajudá-lo e encorajá-lo,
para suportar tudo que tiver de suportar.

Você enfrenta cada novo dia comigo ao seu lado.


(Nunca esqueça que estou com você).
Você encontra o meu braço estendido, lutando
diante de cada circunstância difícil.

90
Não levante sua mão para tentar realizar até a tarefa mais
insignificante com as próprias forças. Isso não é produtivo.
Deus não ajuda aqueles que a si mesmos se ajudam,
mas ele é o herói daqueles que não conseguem se ajudar,
e daqueles que são sábios o suficiente para não tentar.
Não pedi a sua cooperação, mas a sua submissão.
Não desejo que caminhe sozinho até que caia,
mas que dependa da minha força para cada passo —
tanto no terreno plano como no pedregoso.

Se formar o hábito de confiar em mim no caminho fácil,


achará natural depender de mim na situação difícil.
E se eu o ajudar a atravessar o rio no verão,
não temerá quando vier a inundação.

Por isso, coloque a sua mão na minha e não a largue.


Porque não pode reconhecer as grandes coisas que desejo
fazer por você por meio de algum pequeno acontecimento.
Cada fio de cabelo da sua cabeça está contado
e me deleito em escolher as ocorrências mais casuais do dia
mais comum para revelar minha seriedade em ajudá-lo.

Leve-me ao seu coração,


porque o amo com amor eterno,
e com cordas fortes o liguei a mim.

Não olhe para trás, mas sempre para frente,


porque tenho glória preparada para você.
Sim, quando olhar para o meu rosto
certamente dirá que os sofrimentos atuais
não podem, de forma alguma, ser comparados
com a glória que tenho reservada para você.

91
59. LANCE FORA OS SEUS TEMORES

Eis que o procurei,


seguindo-o pelos montes e pelas ruínas estéreis.
Sim, eu o chamei, mas você não me ouviu.
Você achava em seu coração que me encontraria
e na pressa foi em busca de mim,
mas me tem procurado em vão.

Você tem esquadrinhado o horizonte dia após dia,


até que seus olhos se cansem de tanto procurar,
como um viajante procurando em vão pela fonte no deserto;
mas ao não achá-la, anseia pela água e desfalece no calor.

Semelhantemente a Agar no Antigo Testamento,


suas lágrimas cegaram os seus olhos;
enquanto isso, eu revelava minha glória e tornava minhas
provisões evidentes à criança (veja Génesis 21.17).
Quem não receber o Reino de Deus como uma criança
nunca entrará nele (veja Lucas 18.17).

Meus caminhos estão ocultos daqueles que me buscam com


impaciência;
e os olhos que me buscam na sabedoria humana jamais me
encontrarão.
Porque sou achado por aqueles que me buscam
com absoluta simplicidade e em franca honestidade.
Não me censure,
nem reclame que o deixei sozinho.
Eis que estou ao seu lado, mas o seu mau humor levantou
uma cortina de ferro entre nós.
Porque quando estiver completamente esgotado na sua luta,
quando tiver chegado ao término de todos os seus esforços,
quando estiver disposto a abandonar a sua busca intelectual

92
•:m

e, quando, finalmente, se lançar sobre mim


como um bebé se lança sobre o peito da mãe,
então certamente saberá que tenho estado constantemente ao
seu lado; que nunca o abandonei.

Sim, o meu amor por você é de tal natureza e intensidade


que seria impossível escapar dos meus pensamentos,
ou que meu anelo por você chegasse a oscilar.

Lance fora seus questionamentos.


Ponha de lado todo o medo.
Meus braços já estão estendidos para recebê-lo.
Somente creia.
Porque no momento em que renunciar a tudo — nesse exato
momento você conhecerá a libertação.

Você será liberto de si mesmo


e ficará cativo do meu amor.

Meus braços o cercarão, e jamais o deixarei ir!

60. CORRA COM PACIÊNCIA

Filho meu, não há nada que eu reteria de você.


Se ouvir a minha Palavra e prestar atenção à minha voz,
certamente o conduzirei a um caminho plano.

Lance suas paixões sobre mim e mantenha-as ali.


Concentre sua atenção em mim.
Sim, disponha o seu coração a me seguir com singeleza.
Isso removerá toda dúvida em cada encruzilhada.

93
Isso manterá você continuamente à minha disposição.
Nunca se baseie em um "projeto".
Minha vida não é formada de projetos, mas de transborda-
mentos.

Você já deve ter testemunhando o frescor da vida que brota


onde as águas do meu Espírito fluem.
Como pode persistir alguma dúvida?
Mas a carne morre com dificuldade.
Mesmo Jesus aprendeu obediência por meio do sofrimento
e da autodisciplina (veja Hebreus 5.8).
E Paulo admoestou: "Suporte sofrimentos, como bom sol-
dado" (veja 2 Timóteo 2.3).
Tudo que dá conforto à carne enfraquece o Espírito.

Eu poderia, por meio da adversidade, tirar os confortos da


vida, mas vou abençoá-lo com porção dobrada,
se por vontade própria, fizer como o apóstolo Paulo,
pondo de lado todo o peso,
resistindo às muitas tentações que continuamente o
assolam,
à medida que corre com paciência
a corrida que propus a você (veja Hebreus 12.1).
"Correr" com "paciência" — nessas duas palavras combinei
a intensidade de propósito e a espera tranquila em mim que você
deve ter, a fim de não ser vencido na corrida pela fadiga do
corpo e da alma.

Como disse anteriormente:


Venha a mim e derrame o seu louvor, o seu amor e a sua
adoração. Então, o abençoarei e o usarei no tempo oportuno e
como me agradar.

94
61. FIQUEM MAIS TEMPO COMIGO

"Estejam também vocês preparados, porque o


Filho do homem virá numa hora em que não o
esperam".
LUCAS 12.40

Meu povo, acerto o relógio para a meia-noite; sim, levan-


tem-se e orem, e não permitam que essa hora os encontre desa-
tentos.
O tempo é curto; sim, a tempestade vem de forma ameaça-
dora. Você observa as nuvens no céu e conclui que a chuva se
aproxima.
Não conseguem discernir os acontecimentos que estão pre-
sentemente ocorrendo na história humana e não conseguem ser
tão perspicazes em observar que a desgraça e a destruição estão
à porta?
Mas vocês estão inclinados a cair na mesma armadilha que
os demais; ou seja, deduzir que a prosperidade e a paz continua-
rão simplesmente porque desejam tanto que isso ocorra. Vocês
não são ignorantes no que diz respeito às profecias da minha
Palavra como ocorre com alguns e, mesmo assim, permitem que
sentimentos e atitudes que se espalham pela terra invadam sua
própria vida pessoal.
Fiquem mais tempo comigo e permitam que meu Espírito
permeie seu espírito, e então vocês serão mais influenciados por
mim do que pelo mundo que os cerca. Mas estejam preparados
para o fato de que a sua mentalidade e atitude serão diferentes
do que das pessoas ao seu redor; e estejam dispostos a aceitar
essa diferença, sem dar importância às incompreensões.
Muitos não aceitarão as mensagens de advertência, porque
propuseram suas próprias ambições pessoais contra a vontade
de Deus. Eles estão tão atentos aos próprios objetivos que se

95
recusam até mesmo a tolerar o pensamento de uma possível
interferência de qualquer espécie.
Amados, fiquem mais tempo comigo, porque há uma carga
grande e pesada no meu coração. Não tenho prazer na morte do
ímpio. Minha longanimidade e graça continuam a atuar, porque
desejo profundamente que todos cheguem ao arrependimento.
Mas os cachos de uvas da maldade estão maduros, e os tonéis
dos lagares já estão começando a receber o suco, e dentro em
breve estarão cheios.
Porque o tempo dos gentios está terminando, e eis que
venho. Estejam preparados, eis que logo venho.

62. NÃO TEMA

Meu filho, descanse em mim.


Sim, calmamente se acomode sob os meus cuidados, como
o pássaro se acomoda no seu ninho. Estou velando sobre sua
vida e, em amor, cuidarei de você.

Não existe perigo com o qual eu não seja capaz de lidar.


Não existe inimigo terrível demais para mim.
Sou capaz de cumprir todos os meus propósitos
e guardá-lo ao mesmo tempo.

Não tema;
nem permita que o terror aflija o seu coração.
Meu poder está à sua disposição.
Minha presença está ao seu redor,
e nada pode atingi-lo,
desde que você esteja sob os meus cuidados, e isso é para
sempre. ...

96
63. APROVEITE CADA OPORTUNIDADE

Como os lírios do campo e como a grama, assim é a sua vida:


ela dura somente uma estação.
Sim, embora você "floresça" com saúde, todavia seu tempo
é breve.
Você não tem promessa segura sobre o amanhã.
Portanto, viva cada dia como se fosse o último.
Aproveite cada oportunidade, ciente de que pode ser a última.

Certamente é verdade que não há duas situações que sejam


iguais. As oportunidades de hoje não serão as de amanhã.
Não deixe de entrar em cada porta aberta e não seja impedi-
do por um sentimento de má vontade. Eu sou a sua prontidão.

Darei a você a graça e a sabedoria necessária para cada


momento,
e você se regozijará na vitória.
Eu vencerei a timidez e desfarei as imperfeições.
Esse é o meu trabalho. Eu o farei por seu intermédio, se tão
somente você permitir ser um canal para o fluir do meu Espíri-
to.

Eu mesmo sou a vida.


Eu mesmo sou a sua sabedoria e força,
sua alegria e sua paz.
Eu sou sua vitória.
Minha palavra é poder, porque minha palavra é espírito e
verdade.

Não carregue fardos desnecessários.


Eles apenas oprimirão o seu espírito
e interferirão nas minhas ações.

97
Não se demore em situações sem aparente importância.
Prossiga.
Meu Espírito continuará a lutar embora você já não se preo-
cupe mais.
Dessa forma, sua mente se manterá livre e seu caminho
aberto;
esse caminho sempre será novo.
Continue avançando sempre; e passo a passo cumprirei o
meu propósito.
Bem sei que enquanto trabalho, todas as coisas atuam em
conjunto, formando uma força multiplicadora, que culminará
numa gloriosa consumação. Glória a Deus!

64. A ARTE DA ENTREGA

Só ele cura os de coração quebrantado e cuida


das suas feridas.
SALMOS 147.3

Meu filho, coloque o seu coração em minhas mãos, e dei-


xe-me curá-lo. Sim, permita-me recolher suas lágrimas, porque
são preciosas para mim (veja Salmos 56.8). Você não tem sofri-
do sozinho, mas tenho estado perto ao longo de sua caminhada.
Meu coração tem sentido tudo que você tem sentido. Você não
tem um sumo sacerdote que não é capaz de se compadecer com
os seus sofrimentos, mas alguém que experimentou cada dor e
emoção humana comum a todas as pessoas. No meio dessas
experiências penosas, ele não pecou. Por esse motivo, ele é
capaz de socorrer você (Leia Hebreus 2.18).
Ele é alguém, que pelo fato de ter trilhado o mesmo cami-
nho, é capaz de ensinar-lhe a, no meio dessas provações huma-

98
nas de dor, frustrações, solidão e angústia, elevar-se acima das
tendências naturais de cair nos pecados de autopiedade, depres-
são, ressentimento e pecados semelhantes.
Isso não é fácil. Na verdade, é impossível obter vitória pela
carne. Mas, a mesma graça que prometi ao apóstolo Paulo para
ajudá-lo a suportar suas aflições lhe darei (veja 2 Coríntios 12.9).
Você pode trazer todas as suas cargas para mim. Vou aju-
dá-lo à medida que os dias passam e à medida que as provas vêm
e vão. Enquanto o processo de aprendizado continua, vou ensi-
nar-lhe os segredos espirituais da arte da entrega.
Na entrega completa e repetida está a chave da vitória que pode
ser mais facilmente conquistada, menos doloridamente alcança-
da e mais prontamente obtida, de modo que os vales se tornem
menos profundos, menos escuros e mais rapidamente
atravessados.
Lemos nas Escrituras: "O homem nasce para as dificuldades
tão certamente como as fagulhas voam para cima" (Jó 5.7). Essa
declaração é tão verdadeira, quanto é certo que a chuva cai e a
neve é fria. Mas também é igualmente verdadeiro, e glorioso,
que prometi livrar-lhe de todas as suas dificuldades.
Então, você está disposto a dar o primeiro passo nessa expe-
riência de entrega, dando-me o seu coração?
Torne essa transação a mais real possível; visualize sua pró-
pria mão tomando o seu coração físico e colocando-o em
minhas mãos. Então diga: "Tome, Mestre amado e maravilhoso
Senhor, e opere em mim como lhe apraz".

99
65. AQUILO QUE VOCÊ SEMEAR

Aquele que semeia pouco, também colherá


pouco, e aquele que semeia com fartura,
também colherá fartamente [...] Aquele que
supre a semente ao que semeia e o pão ao que
come, também lhes suprirá e multiplicará a
semente e fará crescer os frutos da sua justiça.
2 CORÍNTIOS 9.6, 1 O

De que maneira posso prover cura ao seu corpo enquanto


houver ansiedade em sua mente? Enquanto houver enfermida-
de em seus pensamentos, haverá enfermidade em seu corpo.
Você precisa de muitas coisas, mas uma coisa em particular você
precisa desenvolver para sua própria preservação, que é uma
confiança absoluta no meu cuidado amoroso.
Está escrito: "Venham a mim, todos os que estão cansados e
sobrecarregados, e eu lhes darei descanso" (Mateus 11.28).
Somente quando sua mente estiver despreocupada, o seu corpo
conseguirá produzir saúde. A preocupação é uma força destruti-
va ativa. A ansiedade produz tensão, e tensão é a estrada para a
dor. O medo é devastador para o bem-estar físico do corpo. A
raiva lança veneno no sistema que nenhum antibiótico é capaz
de neutralizar.
"Estejam certos de que vocês não escaparão do pecado
cometido" declara a Bíblia (Números 32.23). Uma das maneiras
mais comuns de revelar pecados ocultos são as enfermidades do
corpo. Ressentimentos e malevolência resultarão em mais artri-
te, que é causada por uma má alimentação. A asma é causada
mais vezes por uma raiva reprimida do que pelo pólen das flores
ou pêlo de gato.
Não havia doença no corpo de Jesus porque não havia peca-
do na sua alma. Havia o cansaço como resultado natural do tra-

100
balho e serviço sacrificial, mas não havia uma fadiga indevida ou
uma exaustão causada pela ansiedade.
Dez minutos de um uma ira desenfreada pode gastar mais
energia do que meio dia de trabalho produtivo. Sua energia físi-
ca é uma dádiva de Deus, confiada a você para ser empregada
para a glória dele. É pecado tomar essa dádiva e desperdiçá-la
pelo alçapão das emoções nocivas do temperamento pessoal.
Não condene os outros pelo fato de colocar em risco a sua
saúde com hábitos nocivos, desperdiçando suas energias em
propósitos inúteis, enquanto você debilita sua saúde por meio
de emoções desonrosas. Você desperdiça tempo ao ponderar
tais coisas como autopiedade, remorso e imaginações nocivas
quando poderia ocupar sua mente com uma atitude de louvor e
fé. Sua mente podia ser empregada de maneira construtiva, mas
em vez disso muitas vezes você permite que esse seja um
período de ações destrutivas.
Não arrisque soltar as rédeas dos seus pensamentos. Eles
não vão escolher o caminho certo até que coloque um freio
neles e os controle pela sua própria vontade disciplinada. Você é
dono da sua casa. Não precisa convidar à sua mente as aves de
rapina dos pensamentos maus e permitir que construam seu
ninho e tenham os seus filhotes ali.
Aquilo que semear em sua vida de pensamentos secretos
você vai colher. Semeie amor e bondade, e será recompensado
abertamente. Semeie caridade e perdão, e colherá o melhor.
Semeie generosidade e gratidão, e nunca se sentirá pobre. Semeie
esperança, e colherá satisfação. Semeie louvor, e colherá alegria
e bem-estar e uma fé forte. Semeie em abundância, e colherá em
abundância. Semeie! Você contemplará a semeadura e se satis-
fará.

101
66. O CASTIGO

"Vocês são o sal da terra. Mas se o sal perder o


seu sabor, como restaurá-lo? Não servirá para
nada, exceto para ser jogado fora e pisado pelos
homens".
MATEUS 5.13

Não disse eu que a não ser que você sofra disciplina não
poderá ser chamado de filho? Por que então deveria temer a
minha vara de correção? Você não é o mestre, mas o discípulo;
não o pai ou mãe, mas o filho; não a videira, mas o ramo.
Disciplina e correção devem fazer parte de sua vida se deseja
andar em conformidade com a minha vontade. Não evite aquilo
que coloco sobre os seus ombros. Aceite as minhas bênçãos e
conforto, mas não despreze minha correção. Todas as coisas
contribuem para o aperfeiçoamento final.
Você espera ser aperfeiçoado fora do meu processo correti-
vo? Espera produzir frutos de maneira abundante sem o proces-
so de poda? Não, meu filho, ou você se curva em submissão à
minha mão, ou se quebrará em rebelião.
O coração contrito produz os bons frutos de arrependimen-
to, mas se você se encontra irritadiço e inflexível, conhecerá a
tristeza de espírito para a qual não há remédio. Mantenha um
espírito flexível, para que eu possa moldá-lo livremente, ensi-
ná-lo prontamente, sem ser detido pela sua resistência.
Preciso de cristãos disciplinados. Insistir na obstinação é
cortejar a desqualificação. Não há muitos projetos para uma
construção; existe apenas um. Mesmo assim, eu sou o agricul-
tor. Se recusar meu cuidado amoroso, poderá ser podado por
outros que não se importam com a sua alma. Como disse a res-
peito do sal: se perder o seu sabor, já não serve mais para coisa
alguma, exceto ser pisado pelos homens (veja Mateus 5.13). Se o

102
ramo não produzir fruto, será arrancado e ajuntado para ser
queimado (veja João 15.1-6).
Não descanse em uma paz falsa. Não negue o meu amor ao
recusar a minha disciplina. Meu amor não é indulgência. Tenho
muito que fazer para cumprir a minha vontade. Não posso acei-
tar a sua vontade, quando ela vai contra a minha.
Não continue sendo um filho mimado, permitindo que as
emoções da velha natureza invadam sua comunhão espiritual.
Enquanto houver inveja e suspeição, você continua permitindo
que a natureza carnal reine — a ponto de prejudicar seus dons
espirituais.

61. O ÚLTIMO DERRAMAMENTO

"Eu sou o Alfa e o Õmega", diz o Senhor Deus,


"o que é, o que era e o que há de vir, o
Todo-poderoso".
APOCALIPSE 1.8

Eis que você estão no limiar do novo dia. Tenho, na verda-


de, grandes coisas guardadas para vocês. Sim, vocês não têm
condições de imaginar o que estou pronto a fazer. Prometi fazer
uma coisa nova, que os alegrará sobremaneira. Vocês ouviram
falar das chuvas, mas digo: Mandarei um aguaceiro poderoso.
Muitos têm clamado a mim com coração faminto e receberam
da minha plenitude e viram a minha glória. Digo a vocês: no dia
da grande chuva que está se aproximando, muitos conhecerão a
realidade do meu poder, que até agora nem sequer sonharam
existir algo assim.
Muitos zombadores e muitos céticos honestos serão varri-
dos pela corrente crescente do derramar do Espírito Santo.

103
Chegou a hora do grande derramamento. Este é o dia da prepa-
ração para a vinda do Senhor. Muitos que agora se encontram
discutindo diferenças doutrinárias e barreiras do tradicionalis-
mo se regozijarão juntos pela obra do Espírito.
Mas permitam que o seu coração seja encorajado; porque
um novo dia está despontando: um dia de arrependimento e
ajuntamento do meu povo. Porque meu povo não continuará
sendo obstruído e isolado atrás de paredes de preconceitos. Eu
sou o SENHOR, e serei adorado em espírito e em verdade, e
não na intolerância do sectarismo e das limitações denominacio-
nais. O mundo está à espera de uma Igreja robusta que possa
ministrar às suas necessidades; e como poderá um Corpo afligi-
do e mutilado trazer cura a um mundo enfermo e moribundo?
Certamente derramarei o meu Espírito, e por profecias,
sinais e maravilhas, por muitos tipos diferentes de milagres e
curas, reafirmarei a veracidade da minha Palavra e trarei a men-
sagem do Evangelho da Redenção a muitos que, de outra forma,
jamais a aceitariam. Eu sou o Alfa e o Omega. Permaneçam
firmes em mim! Nunca desistam.
Sejam fiéis, não obstante os aparentes fracassos e esmoreci-
mentos; porque minha Palavra certamente será cumprida, e seus
olhos verão o avivamento em proporções como nunca antes
testemunhado pela raça humana.
Mantenham seus olhos fixos no fim da corrida. A vitória já
está assegurada. Não permitam que os obstáculos causem cons-
ternação. Permaneçam na corrida. Eu estou do seu lado. Darei
forças suficientes para cada dia; e a corrida não será vencida
pelos velozes, mas o obediente receberá o galardão.

104
•yí'.

68. CANTEM, MEUS FILHOS

Darei graças ao Senhor por sua justiça; ao nome


do Senhor Altíssimo cantarei louvores.
SALMOS 7.17

O meu povo, meus escolhidos! Eu os amo com um amor


eterno e com as cordas da minha fidelidade eu os tenho ligado a
mim. Não sou homem para que minta (veja Números 23.19),
mas tudo que prometi certamente o farei, para que o Pai seja
glorificado em vocês, e para que dêem muito fruto.
Prometi-lhes a minha graça, para que levem aos outros o
amor como o meu, que flui mesmo diante da hostilidade. Quan-
do eram inimigos de Deus, Cristo morreu por vocês. O amor do
Calvário não foi oferecido somente aos amigos, mas também
para os inimigos. Desejo ensiná-los como amar com o amor do
Calvário.
Lembrem-se que estou no meio de vocês quando me lou-
vam. Nunca permitam que a ansiedade os prive de me louvar.
Não se preocupem com a minha reputação. Tenho resistido a
muitas tempestades, e resistirei a essa também. Os esforços
humanos são como as águas ao redor da rocha de Gibraltar.
Essas águas continuamente vão ao encontro da rocha, mas nun-
ca a mudam. Não estou preocupado, e os proíbo de ficar
ansiosos.
A ansiedade produz tensão, e a tensão corrói a alegria; e
quando a alegria desaparece, a vitória é perdida, a fé é enfraque-
cida e a espontaneidade é destruída. O espírito adoece. O sal
perde seu sabor. O seu sabor é preservador. O que posso usar
para preservar a minha obra no meio de vocês, se perderem a
alegria?
"Alegrem-se sempre", diz o apóstolo Paulo — "e novamente
direi: Akgrem-sé" (veja Filipenses 4.4). Que a sua estabilidade

105
seja manifestada a todos, porque, verdadeiramente, a vinda do
Senhor está próxima. Preparem-se, e sejam fortes; porque é o
Senhor que os sustenta e é ele que dá a vitória a vocês.
Cantem, meu filhos, e deixem que os gritos de louvor sejam
ouvidos: Porque o Senhor é poderoso, e seu nome é glorioso.

106
Aprenda a Reinar
Até que todos alcancemos a unidade da fé e do
conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos
à maturidade, atingindo a medida da
plenitude de Cristo.
E F É S / O S 4.13
108
69. A POMBA DA TERNURA

Espírito Santo que vem do alto,


pomba meiga e imaculada,
encontre guarida no meu espírito,
domine todas as minhas ações.

Sublime Companhia dos céus,


com seu conforto sempre presente,
una o meu coração a Cristo em amor.
Oh! Preciosa Pomba Celestial.

Incendeie com sua chama sagrada,


esse coração insensível e esses olhos embaçados,
tão impróprios para o Paraíso,
e mostre-me o poder do nome de Jesus.

Embora seja fraco,


minha força vem do Senhor.
Doce provisão da graça de Deus;
na sua dádiva observo o seu amor.

Não mereço a sua preciosa presença,


nem seu toque confortador.
Controle e abençoe a minha vida
de acordo com a sua sabedoria infinita.
(Tradução livre)

109
70. ÁGUAS TRANQUILAS

Espere em mim.
Que a sua vida seja um lago de águas profundas e tranquilas.
Que o seu coração descanse em minha mão como um pássa-
ro no ninho.
Que os seus olhos estejam calmos e as suas mãos livres.
Então poderei satisfazer completamente a sua visão,
e colocar as suas mãos dentro das minhas.
Assim, o meu poder transbordará em você.

Busque um lugar solitário,


sim, afastado de toda pressão e tumulto.
Ali me encontrarei com você. Sim, esperarei pela sua vinda.
Porque anseio derramar minhas bênçãos sobre você
e dar da minha plenitude.
Apenas aquiete-se na minha presença.
Não permita que as labutas e cuidados do dia
privem você dessa doce comunhão comigo.

Bem sei do que precisa


e estou interessado nos seus deveres e responsabilidades.
Você perceberá suas inquietações se dissiparem,
e o seu fardo será aliviado por uma mão invisível.
Desejo o seu amor,
e enquanto me apresenta esse amor,
darei, em troca, o meu poder,
de modo a trabalhar a seu favor em medida dobrada.
Darei poder a você para realizar seus deveres com maior efi-
ciência. Estou ativamente empenhado em operar em você de tal
maneira que não consegue ver, para tornar o seu caminho
desimpedido, e a realizar coisas que você jamais poderia realizar
e, que, de outra forma, absorveria suas energias e esgotaria sua
paciência.

110
Por isso digo outra vez: Descanse em mim. Espere em mim.
Encontre-me em um lugar secreto. Busque a minha face.
Busque a minha comunhão.

O Senhor,estou envergonhado pelo fato de o Senhor insistir


dessa forma conosco! É melhor que os outros nos encontrem
indisponíveis pelo fato de estarmos ocupados com o Senhor, do
que sermos vagarosos em nos aproximarmos do Senhor e
insensíveis para ouvir, indiferentes de coração e indolentes de
alma.

O Deus poupe-nos do seu furor!


Não permita que a sua ira se acenda contra nós,
e não nos desampare.

Conceda-nos mais essa oração, ó Senhor: conceda-nos tudo


aquilo que está faltando em nós; aumente a nossa fome e incen-
deie a nossa devoção; tire a indiferença do nosso espírito e reali-
ze em nós a sua vontade perfeita. Assim oramos, ó Deus.
Amém.

71.0 ARRULHAR DA POMBA

Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, o


bebé agitou-se em seu ventre, e Isabel ficou
cheia do Espírito Santo.
LUCAS 1.41

O meus filhos, por toda a terra se ouve o ecoar da pomba. É


a voz do Noivo chamando a sua amada noiva. E o suspiro amo-

111
roso do Espírito reunindo um povo para o seu Nome. É o
Senhor da Glória, o próprio Jesus Cristo, ajuntando os que são
dele. É o convite de amor; e os que realmente o amam
responderão.
Semelhantes atraem semelhantes; e o amor sempre tem sido
o teste do verdadeiro discípulo. Aqueles cujos corações estão
voltados para as coisas do alto não se apegarão aos embaraços
deste mundo (mesmo que estejam ligados à igreja organizada).
Aqueles que dão ouvidos à voz do seu Amado não serão ensur-
decidos pelos gritos dos homens. Em um mundo repleto de ruí-
dos, os verdadeiros discípulos darão ouvidos ao Senhor.
Sim, eles ouvirão até mesmo o arrulhar da pomba! Enquan-
to isso, alguns que estão parados do lado deles ouvirão apenas a
voz do pregador. Outros darão ouvidos às opiniões e argumen-
tos dos homens. Como diz um conhecido compositor de hinos:
"O amor de Jesus, somente os seus amados conhecem".
Vocês não precisam temer de que não ouvirão o arrulhar da
pomba. Ainda que esse som seja tão suave, vocês o ouvirão. Seu
coração o ouvirá, e o seu coração saltará de alegria. Vocês reagi-
rão como Isabel quando foi saudada por Maria. A resposta foi
imediata — uma resposta interior, involuntária, pela proximida-
de de Cristo, quando ainda não havia nascido e era invisível para
o mundo.
Digo que haverá uma revelação da minha proximidade reco-
nhecida pelos meus amados, antes da minha Segunda Vinda.
Antegozem a minha chegada. Esperem por mim. Seu cora-
ção ouvirá e obedecerá. Não estou longe. Estou espiando pelas
grades (veja Cantares de Salomão 2.9). Vocês me verão — e
saberão — e se regozijarão.

112
12. O AMOR JAMAIS ACABA

O amor jamais acaba.


1 CORÍNTIOS 1.8 (ARA)

Eu sou o Senhor, o seu Deus. Haveria alguma coisa difícil


demais para mim? Eu sou a luz do mundo, e as trevas mais pro-
fundas seriam incapazes de apagar essa luz. Serei para você uma
coluna de nuvem durante o dia e uma coluna de fogo para prote-
gê-lo à noite. Tanto na claridade do dia, como na escuridão da
noite, estarei perto de você, que se regozijará em mim em suas
alegrias; e na dificuldade o meu amor por você será inconfundi-
velmente real como a resplandecente coluna de fogo. Sim, tudo
que fui para Israel serei para vocês, e ainda mais. Não prometi
dar os desejos do seu coração, e as nações como herança? (veja
Salmos 2.8).
Não permita que o medo embarace o seu caminho. Aquele
que duvida não receberá. Mas seja sincero e reprove em meu
nome cada pensamento estranho, porque procede do inimigo.
Ele bem sabe que não prevalecerá contra a fé pura. Somente
quando consegue plantar sementes de dúvida é capaz de deter as
bênçãos do céu no meio do povo de Deus e anular o testemu-
nho aos perdidos. Por isso, apegue-se à sua profissão de fé, por-
que está reservado a você um grande galardão. (Ou poderíamos
dizer: a herança da fé é o galardão mais recompensador).
Assim, louve-me continuamente, porque o louvor gera fé, e
Deus habita no louvor do seu povo. Se pareço estar distante de você,
louve! Se a escuridão parece sufocá-lo, pode estar certo de que
deixou de LOUVAR a MIM. Derrame a sua adoração e o seu
louvor. Esteja certo do seguinte: O AMOR JAMAIS ACABA.
Ao me amar, você me atrairá para o seu lado. Aquele que me
ama de maneira mais afetuosa me verá de forma mais clara.

113
73. SEGURE FIRME

... tendo os olhos fitos em Jesus, autor e


consumador da nossa fé. Ele, pela alegria que
lhe fora proposta, suportou a cruz, desprezando
a vergonha, e assentou-se à direita
do trono de Deus.
HEBREUS 12.2

"Retenha o que você tem, para que ninguém tome a sua


coroa" (veja Apocalipse 3.11).

Não permita que alguém o detenha na busca da recompen-


sa.
Não permita que algo esteja no caminho da sua vitória com-
pleta.
Não permita que algum pensamento de cansaço ou desâni-
mo o faça afrouxar a corda da fé, mas amarre-a com mais firme-
za, e ancore-a a minha Palavra.
Minha Palavra nunca falhará;
e eu certamente cumprirei todas as minhas boas promessas.
Não disse eu: "O que busca, encontra"? (Mateus 7.8). E não
prometi que recompensaria aqueles que me buscam? (veja
Hebreus 11.6).
Não me refiro àquele que busca de forma negligente, mas ao
que busca com diligência. Não falo daquele cuja busca é, na rea-
lidade, somente um desejo, mas daquele que está tão atento em
sua busca, tão completamente absorvido, que não percebe o
suor na sua testa no meio do seu trabalho.
Sua busca é tão intensa que deixa de calcular o custo e pára
de oferecer suborno, como se a plenitude de Deus pudesse ser
comprada; mas, essa pessoa se dispôs a caminhar, deixando
tudo para seguir o chamado do Espírito, até...

114
Até que a fome esteja plenamente satisfeita.
Até que o clamor do coração seja respondido pela voz de
Deus por meio do Espírito Santo.
Até que o vazio e a solidão dos recônditos subterrâneos da
alma sejam inundados pela realidade sublime e gloriosa do
Emanuel.
Emanuel! Deus conosco — Deus em nós — Deus em mim!
Deus em você.
Louvado seja o seu santo e maravilhoso nome! Foi para isso
que ele nos fez.
Para isso nos destinou. Para isso nos predestinou.
Para isso morreu e ressuscitou.
Para isso enviou o primeiro e poderoso derramamento do
Pentecostes.
Louvado seja o Senhor! Louvado seja o Senhor!
Nunca sufoque o clamor em seu coração. Deus o colocou
ali.
Deus não dá um galardão especial por sermos eternos oti-
mistas.
Sua alegria brota mais abundantemente em almas que foram
encharcadas pelas lágrimas.
Não lágrimas de autopiedade — nunca — mas lágrimas de
devoção e de anseio por ele.
Chore. Mas quando chora, chore em seus braços.
Duvide, se for necessário, mas de forma sincera, transmita
as suas dúvidas a ele.
Você ficará surpreso quão depressa essas dúvidas se dissipa-
rão.
O amor e sorriso dele afastarão cada uma delas de forma tão
silenciosa e certa da mesma maneira que os raios do sol remo-
vem a geada.
Você não pode contemplar a sua face e duvidar ao mesmo
tempo!

115
74. CORRA PARA OS MEUS BRAÇOS

Sei que a bondade e a fidelidade me


acompanharão todos os dias da minha vida, e
voltarei à casa do Senhor enquanto eu viver.
SALMOS 23.6

Meu filho, você achava que poderia escapar de mim. Mas, eu


estou em toda parte bem diante de você, e só lhe resta correr
para os meus braços. Eu me importo com você — sim, penso
em você constantemente, e busco fazer-lhe bem.
Você teme minha vara de correção; mas como está escrito: é
o amor a Deus que leva os homens ao arrependimento. Receba
o meu amor, e, ao recebê-lo, seu coração será aquecido e se tor-
nará sensível; ao mesmo tempo ele será encorajado e se tornará
mais forte. Então não haverá mais necessidade da vara.
É verdade que o amor humano perdoa muitíssimos pecados
(veja 1 Pedro 4.8); essa verdade é ainda mais absoluta em relação
ao amor divino do Pai! Quando conhecer o meu profundo amor
por você, o seu coração já não mais o condenará. Minhas miseri-
córdias são eternas, e minha bondade, abundante.
A minha graça se estende ao menor dos meus filhos, e
minha ternura o fortalecerá. Vou adiante diariamente para pre-
parar o seu caminho, e você será acompanhado pela minha bon-
dade e misericórdia.

116
75. ESPERO SUA DEPENDÊNCIA DE MM

"Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou


eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida
que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho
de Deus, que me amou e se entregou por mim".
GÁLATAS 2.20

Meu filho, dê-me o seu coração, porque dele procede a vida.


Minha mão está sobre você e o guardarei em todo lugar. Eu sou
o seu Deus e seu Pai, e proverei e cuidarei de você de acordo
com tudo que precisar. Estarei ao seu lado, pronto para ajudá-lo
sempre que me chamar. Não estarei desatento às suas necessida-
des e tenho grande interesse em você.

Não precisa levar sua própria carga, porque terei prazer em


ajudá-lo e sustentá-lo. Não andará sozinho, nem enfrentará difi-
culdades sozinho, porque estarei com você e lhe darei sabedoria
e forças. Minhas bênçãos o acompanharão. Mantenha o seu
coração firmado em mim e suas paixões nas coisas do alto; por-
que não posso abençoá-lo, se não me pedir. E não posso res-
ponder se não me chamar. Nem posso ministrar ao seu coração
se não vir a mim.

Não espere até se sentir digno, porque ninguém é digno das


minhas bênçãos. Minha graça supera suas fraquezas, e tenho
prazer em dar aos meus filhos porque me pedem e porque os
amo. Meu amor não é maior por um do que por outro. Dou
mais liberalmente àqueles que me pedem mais, porque sinto
prazer quando dependem de mim. É por isso que o Espírito cla-
ma no seu interior: "Aba, Pai". Como seu Pai, espero a sua
dependência. Você pode amadurecer e se tornar independente
dos seus pais humanos, mas como meu filho, você nunca se tor-

117
nará "independente" de sua filiação espiritual. Eu jamais o aban-
donaria para depender dos seus próprios recursos, nem mesmo
quando você se tornar pai ou mãe. Na verdade, então você com-
preenderá de forma mais completa os meus sentimentos por
você. Então você entenderá o amor que um pai tem pelo filho e
experimentará o desejo de cuidar e prover. Então saberá mais
completamente o quanto o amo e quão pronto estou a ajudá-lo
e quão disposto estou a ter comunhão com você e dar o meu
apoio.

Os recursos do céu estão a seu dispor, e de nada terá falta,


enquanto eu for o seu Pastor. Não pense que uma vez que
conheço tudo a seu respeito, você não mais precisa se incomo-
dar em me contar. É verdade que conheço tudo, mas você preci-
sa contar-me, para que, ao fazê-lo, experimente a liberação de
um coração aberto, e a comunhão de um Amigo.

A medida que abre o seu coração para mim, virei até você. A
medida que falar comigo, falarei com você. A medida que se
revelar a mim, me revelarei a você. Essa é a lei da vida. Deve
haver ação para haver reação. Deve haver um pedido para que
haja uma resposta. Deve haver uma expressão de amor e con-
fiança da parte de uma pessoa para despertar uma reação cor-
respondente na outra.

Nunca se prevaleça da minha presença. Nunca presuma que


ao conhecer a sua necessidade, automaticamente a suprirei. Peça,
e receberá. Invoque-me, e responderei. Diga-me que me ama, e
mostrarei o meu amor e a minha presença de uma forma muito
real, e você nunca mais se sentirá sozinho.

Saúde-me em seu coração; e quanto mais sentir a minha pre-


sença em sua vida, tanto mais se sentirá em casa, não importa
onde esteja. Esqueça tudo o mais, mas nunca se esqueça disso.

118
76. NÃO PERMANEÇA INATÍVO

Mas aqueles que esperam no Senhor renovam as


suas forças. Voam alto como águias; correm e
não ficam exaustos, andam e não se cansam.
ISAÍAS 4 0 . 3 í

Meu filho, preciso de você. Sem a sua ajuda ativa, sou obs-
truído no meu trabalho, da mesma forma que um corpo huma-
no sente a falta de uma parte ineficaz, embora pequena ou
insignificante. Você não pode ficar inativo sem atrapalhar o
ministério da Igreja como um corpo unido. Você não pode
mover-se à parte do meu Espírito, sem causar dano ao trabalho
harmonioso do todo; porque pelo meu Espírito existe unidade
de pensamento e ação proveitosa. Nunca permaneça inativo.
Não seja preguiçoso, nem caia no sono.
Sabemos que o mundo inteiro jaz em um sono mortal no
colo do maligno, como uma criança tirando um cochilo numa
armadilha mortal. Seja vigilante, diligente e esteja alerta, porque
o tempo está próximo. Que a pessoa casada esteja pronta para o
meu chamado como se fosse solteira, e que a pessoa que está
enredada em atividades insignificantes se desfaça delas. Mante-
nha-se livre para a orientação e uso do Espírito de Deus à
medida que ele dirige você momento a momento.
Minha mão estará sobre você e minha energia está à sua dis-
posição, e você participará da minha alegria. Minha paz fortifi-
cará os seus pensamentos e darei saúde e força aos seus ossos.
Que o meu amor seja sua porção constante. Não peço para que
trabalhe penosamente, mas que o trabalho de Deus seja um
labutar de amor, porque Deus é amor. Como vive pela motiva-
ção do meu Espírito, você compartilhará continuamente da
minha vida e experimentará o calor confortador do meu amor e
da minha presença divina. Porque estou com você e em você —

119
tanto para o querer como para o realizar da minha boa vontade.
Você pode compartilhar de tudo isso. Meu prazer é perpétuo,
mas o prazer do mundo e as alegrias do homem natural duram
somente um momento.
Como eu disse anteriormente: Este é o caminho.
CAMINHE nele. Não vire para a direita nem para a esquerda, e
me revelarei de uma maneira mais rica e mais completa do que
você jamais conheceu. Você perceberá que os meus recursos
nunca serão, nem podem ser, exauridos. Com seu olho nu
nunca poderia começar a descobrir a imensidão do universo
físico. Minha obra criativa na natureza é apenas o início de tudo
que sou. Então, como você pode compreender o amor de
Deus? O apóstolo Paulo orou a esse respeito, para que você
pudesse conhecer a extensão do amor de Deus. Veja que
imensidão o espera!
Assim, continue avançando, e encontrará maiores alturas à
sua frente. Riquezas desconhecidas esperam sua descoberta e
alegrias inimagináveis, a sua experiência. Semelhantemente a
Paulo, aprenda a conservar o físico sob sujeição e controle, para
que o Espírito não seja limitado de maneira alguma; porque o
Espírito luta contra a carne, e a carne sempre será inimiga do
Espírito. Não se deixe vencer pelo mal, mas lance fora tudo que
não presta, e coloque em seu lugar uma abundância de coisas
boas e úteis.
Eis que estou com você e o ajudarei. Não desanime, nem
fique fatigado, e colherá minhas recompensas.

120
"V
77. COMO CHUVAS REFRESCANTES

Como chuvas refrescantes, ó Senhor,


derrame seu Espírito sobre nosso coração sequioso.
Como aguaceiros sobre o feno recém-cortado,
envie seu Espírito sobre nossas almas sedentas.
Porque no Senhor, ó Deus, esperamos.
t
Sacie nossa alma faminta com sua abundância.
Sim, encha nosso coração sedento com sua plenitude.
Porque na sua presença há plenitude de alegria;
à sua direita há prazer eterno. i

78. ENFRENTE O VENTO

Humilhem-se debaixo da poderosa mão de Deus,


para que ele os exalte no tempo devido. }

1 PEDRO 5.6

O meu amado, não se preocupe pelo dia de amanhã. Você


não encontrará nada do que já não tenho conhecimento. Minha
misericórdia está oculta dentro de cada nuvem tempestuosa.
Minha graça flui debaixo de cada contracorrente. Minha sabe-
doria tem uma solução para cada perplexidade.
Coloquei, de forma deliberada, obstáculos em seu caminho
para testar sua coragem. Nem sempre trarei ventos favoráveis
para soprar sobre sua vida, porque então você ficaria ocioso e
logo se acomodaria. É quando o vento assopra com força e as

121
V .- V.
v

ondas são ameaçadoras, que você fica alerta e desperto. Então


posso fortalecer sua fibra espiritual. "\_
Não precisamos temer a tempestade, mas, sim, dar
boas-vindas a ela. Tão logo se der conta que em tempos de difi-
culdades e tensões você obteve as revelações mais claras a meu
respeito, aprenderá a enfrentar o vento com maior prazer.
Não foi isso que ocorreu com os discípulos? Quando obser-
varam as águas furiosas, o que viram? Não foi Jesus? Jesus —
vindo em sua direfão/Valetia. a pena passar por muitas tempestades
para ver um acontecimento como esse. "V
No meio da fornalha de fogo ardente, o que os três jovens
hebreus viram? Não foi a forma viva do próprio Jesus Cristo
tendo descido para fazer-lhes companhia? Sim, seu brilho era
tão intenso que ofuscou o esplendor das chamas!

Não, você não precisa temer. Não precisa temer a incons-


tância da providência — porque por trás de tudo que parece um
caos completo, tenho um plano operando a seu favor.
Não precisa questionar se serei fiel a você ou não; porque se
nunca deixei ninguém na mão, por que deveria fazê-lo com
você? Você tem uma companhia incontável de expectadores
torcendo, do palco do céu, lembrando a você o que fiz por eles e
encorajando-o a não desistir, porque a luta não é interminável;
surpreendentemente, a vitória em breve será sua também —
caso permaneça fiel.
Você teme a fraqueza em seu interior? Eu a coloquei ali para
atraí-lo a mim. Talvez nunca responda suas às orações para tor-
nar-se forte, mas certamente darei a mesma promessa que dei ao
apóstolo Paulo, que em sua fraqueza serei sua força. Continua
sendo verdade que a minha graça opera mais eficazmente quan-
do você estiver consciente de sua necessidade — sim, até mes-
mo uma conscientização desesperada da sua completa
impotência.
Milagres irrompem do solo úmido e frio da tragédia huma-
na. Umido de lágrimas e frio de desesperança. Não tenho a

122
oportunidade de realizar milagres para você enquanto estiver
ocupado demais com auto-realizações — enquanto estiver ocu-
pado com ideias acerca do extraordinário que farei de você. Não
o uso como material para realizar milagres. Faço milagres do
meu próprio ser. Permito que me observe depois que entender
perfeitamente que eu sou o sobrenatural, não você.
Não desejo que seja outro senão como foi criado: humano.
Você somente é obrigado a fazer aquilo para o qual o criei: glori-
ficar-me! Deixe Deus ser Deus. Deixe o homem ser homem.
Uma vez que aceita as suas limitações e o fato, de uma vez por
todas, de que nunca pedirei que realize feitos hercúleos, você
pode começar a entender o que realmente tenho em mente a seu
respeito.
Não estou desanimado com você, mas você ficará desani-
mado consigo mesmo se não for capaz de compreender a verda-
de que ensinei por meio de Paulo, que uso os loucos para
confundir os sábios, e as coisas que não valem nada para despe-
daçar o orgulho do homem nas coisas que ele mesmo fez.
Eu sou o Soberano e eu vou reinar. Você pode me resistir,
mas isso redundará inevitavelmente na sua destruição. Ame-me
e confie em mim, e permaneça em uma posição de humildade.
Lembre-se: Deus o exaltará. Você não precisa exaltar-se.

79. A MENTE DE DEUS

Para que a fé que vocês têm não se baseasse na


sabedoria humana, mas no poder de Deus.
1 COR/NTIOS 2.5

Filho meu, entregue-me a sua mente. Vou mantê-la em per-


feita tranquilidade. Entregue-me os seus pensamentos. Vou

123
mantê-los em paz. Se permitir que outras pessoas pensem por
você, ficará angustiado. Se tentar pensar por conta própria,
poderá cometer erros por causa do conhecimento limitado e
informação errada. Mas permita que a mente de Cristo esteja em
você. Permita que o meu pensamento substitua e suplante sua
mente e seu raciocínio, e será guardado em paz e ordem. Você
saberá exatamente e precisamente o que é certo, o que é verdade
e qual é o curso apropriado de ação.
A medida que depender do meu Espírito para obter força
física, dependa também da minha mente para obter sabedoria,
entendimento e paz de espírito. Torne isso um hábito em sua
vida, e ficará surpreso com os resultados que essa dependência
trará. Em vez de ser motivado pelo impulso, você será conduzi-
do pela Inteligência divina.
Não prometi que se alguém necessitar de sabedoria, pode
pedi-la a Deus, que a dá livremente e de boa vontade? (Veja Tia-
go 1.5). Não deixei que flutuasse como um navio sem leme.
Repartirei livremente com você tudo que precisar dos meus
poderes de pensamento, da mesma maneira que reparto da
minha graça para as necessidades do espírito.
Esse é o reservatório que quase não é usado. É por isso que
aprovei a Salomão, porque pediu o dom mais elevado. Além de
outros galardões, dei a ele somente aquelas coisas que certamen-
te sempre seguirão essa primeira. Porque a vida verdadeiramen-
te dirigida pela minha mente gozará de muitas outras bênçãos.
Você saberá quem precisa de cura e o que o corpo físico
necessita, até mesmo a verdadeira causa da enfermidade, para
que a cura possa ser completa no organismo inteiro. Você sabe-
rá quem está falando erroneamente, e não somente discernirá a
astúcia do inimigo, mas como repreendê-lo em meu nome.
Você não terá receio quando enfrentar os outros, porque
sabedoria é poder. Você não sentirá vergonha para falar, porque
saberá que as palavras que falo não são suas, mas daquele que o
enviou e o tornou seu mensageiro. Você será capaz de testificar
como fez Jesus: "As palavras que eu lhes digo não são apenas

124
minhas. Ao contrário, o Pai, que vive em mim, está realizando a
sua obra" (João 14.10). Saiba que eu o farei. Confie em mim
para fazê-lo. Você se regozijará sobremaneira, muito além de
qualquer alegria que tenha experimentado até então.
Coisas maravilhosas estão à sua espera. Você teve apenas
um pequeno antegozo. Lance-se! A mente de Deus é insondá-
vel. Quem pode esquadrinhar a menor fração da inteligência do
Criador? Está tudo à sua disposição: um imenso reservatório do
qual pode abastecer-se. Tire bastante, porque o poço é fundo.

80. JÁ PLANEJEI TUDO DE


ANTEMÃO PARA VOCÊ

Tomas a minha mão direita e me susténs. Tu


me diriges com o teu conselho.
SALMOS 73.23-24

Sou eu um Deus que está longe, e não está perto? Porque no


meio das dificuldades, serei o seu apoio. Na escuridão, serei a
sua Luz; não há escuridão que pode ocultar o meu rosto do olho
da fé. Minha beleza e esplendor são tanto mais graciosos na
escuridão.
Na dor, o meu conforto é tanto mais intenso. Na fraqueza,
meu encorajamento é tanto mais bem-vindo. Na solidão, o
toque da minha presença é tanto mais terno. Você está escondi-
do em mim; e multiplicarei a sabedoria e a força na devida pro-
porção para cumprir as exigências de cada ocasião.
Eu sou o Senhor, o seu Deus. Não conheço limitações. Não
conheço carência. Não preciso reabastecer meus estoques, por-
que sempre tenho suprimento novo. Não conseguirá exaurir os

125
meus recursos infinitos. Deixe seu coração correr livremente.
Deixe sua imaginação perambular. Nenhuma extravagância do
pensamento humano pode sondar as profundezas do meu
planejamento e provisão para meus filhos.
Regozije-se, portanto, e enfrente cada dia com alegria; por-
que planejei tudo de antemão para você e fiz todos os preparati-
vos e reservas. Eu sou seu guia e benfeitor. Coloque suas mãos
nas minhas.

81. DÍNAMOS DE LOUVOR

"Pois todo o que pede, recebe; o que busca,


encontra; e àquele que bate, a porta será
aberta".
MATEUS 7.8

O, meu filho, apóie-se em mim; porque sou o seu ajudador;


sou o seu escudo. Sim, sou sua torre forte e esteio. Nenhum mal
sobrevirá a você, porque está cercado e protegido pela minha
presença, e nenhum mal pode me tocar. Sim, que o seu coração
se regozije em mim e esteja ocupado em me louvar. Não há
necessidade que não suprirei, à medida que louva e adora —
tanto suas necessidades como as necessidades dos outros.
As pessoas têm contemplado o poder da fé e da oração, mas
raramente revelei-me aos homens por meio desse imenso poder
do louvor. As portas são abertas pela oração e fé, mas pelo lou-
vor e adoração, grandes dínamos de poder são colocados em
movimento, como se uma chave fosse ligada e uma usina elétri-
ca entrasse em operação. Orar por algo específico é como pedir
luz para casas individuais em diversos lugares espalhados,

126
enquanto a adoração e o louvor inundam toda a área com
corrente elétrica.
Não desfaço da oração e das súplicas. Apenas mostro a
vocês um meio mais excelente — um meio mais rápido de trazer
ajuda a mais pessoas. São tantos que precisam de mim e existe
tão pouco tempo disponível! Libere seus louvores, e em propor-
ção à sua liberalidade, você verá a minha generosidade expressa
em uma magnitude infinita.
Não procure analisar cada necessidade. Deixe o diagnóstico
e a mecânica em minhas mãos. As complexidades não represen-
tam nada para mim. Elas existem somente em sua mente, semea-
das pelo inimigo, para enfraquecer sua fé. Ignore-as
completamente. Não pese nada além do amor do meu coração.
Não pergunte nada a não ser ao seu coração para saber o quanto
me ama. Fique bem próximo de mim; nunca me deixe ir. Vou
abençoá-lo, e farei de você uma bênção.
Não pense que levará uma bênção a alguém, ou que eu a envi-
arei. Farei de você meu embaixador, um sabor suave de vida e
graça. Farei de você uma bênção. Por meio de sua salinidade,
outros se tornarão sedentos. Por meio de sua alegria, outros
serão levados a procurar a realidade.
Por meio de sua paz e confiança, outros me procurarão, e
me encontrarão, da mesma maneira que você me achou. Eu me
revelarei a eles, da mesma maneira que me revelei a você — tal-
vez de uma forma diferente, porque cada um tem necessidades
diferentes, mas certamente abrirei a porta a todo aquele que
bater. Certamente recompensarei aqueles que me buscarem. Eu
recompensarei. Você apenas precisa preservar a integridade da
sua alma. Isso é suficiente para ocupar completamente suas
energias e atenção. Deixe os milagres comigo. Você seja e eu
farei.

127
82. Eu ME REGOZIJAREI NO MEU POVO

Pelo meu Espírito, obterei a vitória.


Pelo meu Espírito, abrirei os olhos dos cegos;
porque certamente agirei, e nenhuma mão me deterá.
Derrubarei os portões trancados como o fluir da lava incan-
descente.
Não reterei meu poder e glória do coração sequioso.
Aqueles que me desejam certamente serão recompensados:
não fracassarei.
Preencherei cada coração sedento e satisfarei cada alma
faminta.
Minha graça será derramada como uma grande cachoeira.
Serei glorificado, serei exaltado
e me regozijarei no meu povo
quando se entregarem totalmente e livremente a mim
e renunciarem a tudo mais.
Então lançarei meu amor sobre eles como um manto
e sussurrarei minhas palavras em seus ouvidos.

83. CRESÇAM EM MIM

O fruto do Espírito é amor, alegria, paz,


paciência, amabilidade, bondade, fidelidade,
mansidão e domínio próprio.
GÁLATAS 5.22,23

O meu povo, tenho propósitos para vocês que alcançam a


eternidade. Antes da criação dos mundos, fiz planos para a sua

128
redenção, porque está escrito a respeito do Senhor Jesus Cristo
que ele era o Cordeiro, conhecido antes da criação do mundo
(veja 1 Pedro 1.19-20). Manifestei-o a vocês, para que cressem
nele e nascessem de novo, não de uma semente corruptível, mas
de uma semente incorruptível, que vive e subsiste para sempre.
Agora que estão em Cristo, minha vida habita em vocês que
se tornaram novas criaturas. Cresçam em mim agora, para que
possam chegar à maturidade, atingindo a medida da plenitude
de Cristo (veja Efésios 4.13).
Meu propósito não era simplesmente trazê-los para minha
família e deixar que permanecessem como bebés. Estou preocu-
pado com a sua maturidade; com o seu crescimento em sabedo-
ria e conhecimento das coisas pertinentes a mim; com a
perfeição do seu ministério; e com a produção do fruto do
Espírito em sua vida.
E para alcançar esse fim, providenciei para vocês ministérios e
dons do meu Espírito Santo. A medida que os recebem pela fé, e
à medida que andam pela fé, eu me manifestarei por meio de
vocês, e crescerão em mim, tanto em graça como em conheci-
mento de mim. Vocês perceberão que o fruto do Espírito come-
çará a aparecer em sua vida de maneira natural, da mesma
maneira que maçãs brotam de macieiras, embora a árvore não
experimente qualquer tipo de ansiedade ou esforço.
Submetam a mim a sua santificação. Levem seus pensamen-
tos cativos e permitam que sua mente esteja debaixo do controle
da mente de Cristo. Não refreiem os impulsos do Espírito em
vocês, nem recusem permitir-me a liberdade de manifestar-me
por meio de vocês pelos dons. Podem resistir-me porque talvez
se sintam indignos e despreparados para serem usados. Essa é
uma ilusão da mente. Não os uso quando se sentem preparados,
mas quando preciso de vocês e estão rendidos a mim. Quando
os usar, descobrirão que também opero para edificar seu
próprio coração e vida.

129
Vocês bloqueiam o caminho para o seu próprio desenvolvi-
mento espiritual se me detêm quando quero ministrar por inter-
médio de vocês (veja Efésios 4.12,16).
Na verdade, se em algum momento vocês, de fato, se sentis-
sem preparados, eu seria então completamente barrado pelo seu
orgulho e forçado a usar outra pessoa.

84- ANDEM NELE

Eis que digo a vocês:


Este é o caminho. Andem nele.

Eu sou o caminho.
Andem em mim.
Eu sou a verdade. Creiam em mim (confiem em mim).
Eu sou a vida. Vivam em mim, e compartilhem minha vida
com outros.

Porque não conhecem o que eu conheço agora,


mas vocês conhecerão mais tarde.
(Agora, vemos apenas um reflexo obscuro, como em espe-
lho; mas, então, veremos face a face. Agora nossa compreensão
dos caminhos de Deus é incompleta, mas à medida que continu-
amos nossa caminhada, chegaremos a entender o que ele deseja
fazer em nossa vida).

Alegrem-se.
Alegrem-se não tanto pelas vitórias, mas pelo fato de eu
estar à frente.
Louvem-me,

130
não tanto pelas bênçãos, mas pelo meu amor que os move.
Sirvam-me com alegria,
não pela recompensa final ou presente,
mas pela certeza de saber que trabalhamos juntos.
Então estarei ao seu lado em cada empreendimento, inde-
pendentemente de sua importância.

85. JÓIAS

Pois assim como os sofrimentos de Cristo


transbordam sobre nós, também por meio de
Cristo transborda a nossa consolação.
2 CORÍNTÍOS 1.5

O minha Noiva, minha Amada:


Eu mesmo contratei o meu enlace com você. Dei a você um
sinal especial do nosso relacionamento e nossa futura união,
porque a selei com meu precioso Espírito Santo; e você será
minha naquele dia quando prepararei minhas jóias. Será como
uma coroa sobre minha cabeça; sim, minha coroa de glória.
Porque reinarei sobre reis e nações e povos. Governarei
sobre toda a terra, mas você terá um lugar especial de honra,
porque é o meu galardão e a minha possessão. Como está escri-
to: Tendo compartilhado minha agonia, vocês compartilharão a
minha glória naquele dia; tendo suportado comigo a cruz, vocês
então compartilharão comigo o trono. ("Vocês não sabem que
haveremos de julgar os anjos?").
Alegrem-se pelo fato de terem sido escolhidos e considera-
dos dignos de sofrer por minha causa. Compartilhamos um des-
tino comum e caminhamos por um único caminho. No
presente podemos suportar tristezas e isolamento; mas alegre o

131
seu coração com os arrebatamentos que virão. Alguns que
vivem na folia e riquezas do mundo presente vão, naquele dia,
chorar e lastimar. Você está disposto a trocar de posição? Está
disposto a abandonar-me agora e ser rejeitado depois? Quer me
ignorar agora e ser rejeitado por mim no dia final?
Não, você não fará isso! Em vez disso, tomará a mesma
posição do apóstolo Paulo: Você se gloriará no sofrimento e na
aflição, porque sabe que eles serão substituídos por uma porção
muito mais abundante de alegria naquele dia.

86. ALEGROME EM VOCÊ

Não tenho alegria maior do que ouvir que meus


filhos estão andando na verdade.
3 JOÃO 4

Meu filho, meu sub-pastor, meu querido amigo: Você é mui-


tas coisas para mim, do mesmo modo que sou muitas coisas
para você. Meu amor é profundo e terno. Sei do seu desejo de
me agradar, e estou feliz que seja assim. Como posso deixar cla-
ro que, embora desejo santidade e queira fruto na sua vida, o
meu amor não está condicionado a nada que você realize?
Minha glória implica na sua maneira de viver. Destinos eternos
envolvem questões como sua santidade, fidelidade e obediência
à minha direção e vontade; mas o meu amor por você
independe desses fatores.
Amo você porque é meu filho. Amo porque sou seu Pai.
Amo você com o amor do Calvário. Eu o redimi por um altíssi-
mo preço — porque sempre o amei. Quando planejei a reden-
ção, o vi perdido no pecado; e o amei, e o escolhi e entreguei
meu coração a você.

132
Em vez de procurar compreender o operar da minha sobe-
rania, aceite-a e regozije-se nela. Aproxime-se de mim sem
arruinar a preciosidade da nossa comunhão com as sombras da
auto-condenação.
Você é meu, e me alegro em você. A disciplina está reserva-
da para os rebeldes. O primeiro passo em direção ao arrependi-
mento atrai a minha misericórdia.

No Calvário...
a misericórdia foi abundante e a graça livre,
o perdão foi multiplicado para mim,
e a alma sobrecarregada encontrou liberdade.
William R. Newell

E a paz de Deus guardará o coração e a mente de vocês; e


sejam agradecidos.

87. APRENDAM A REINAR

Por meio de Jesus, portanto, ofereçamos


continuamente a Deus um sacrifício de louvor,
que é fruto de lábios que confessam o seu nome.
HEBREUS 13.15

Chame o meu povo ao arrependimento. Chame-o para ficar


de joelhos para a oração e jejum, para confissão e vigilância —
porque essa é uma hora estratégica. O inimigo já está se alegran-
do pela suas vitórias antecipadas. Você pode desapontá-lo e
impedir seus desígnios perversos se permanecer diante do trono
de Deus em oração confiante e perseverante.

133
Sim, deve agir de maneira semelhante ao inimigo e antego-
zar suas vitórias. Você pode, nesse ponto, fazer mais do que o
inimigo. Pode reivindicar as vitórias no nome de Jesus; e tudo
quanto pedir nesse todo-poderoso nome é selado no Céu antes
de vir a acontecer na terra. O inimigo é derrotado, mesmo antes
da presente batalha.
Tome posse disso, meu povo. Essa não é somente uma glo-
riosa verdade na qual podemos nos regozijar, mas ela é absoluta-
mente vital para sua vitória. De que maneira as tropas vão para a
guerra aqui na terra? Não sem um preparo, ampla munição e um
intenso treinamento. Não espero que enfrentem o seu adversá-
rio despreparados, desarmados e indisciplinados.
Não contem comigo para livrá-los com num toque de mági-
ca. Dei ordens e vocês precisam obedecer. Caso contrário,
sofrerão uma derrota intolerável. Vocês não enfrentam escara-
muças fáceis nas quais podem antever vitórias tranquilas. Lem-
bro-os que não estão lutando contra carne e sangue, medindo
forças com homens. Vocês estão sendo emboscados e enfren-
tam ataque aberto do próprio inimigo das suas almas, o próprio
Satanás.
O objetivo dele não é atormentar. Seu objetivo é destruir;
não machucá-los, mas esmagá-los. A força de vocês não é páreo
para ele. Vocês precisam aprender a clamar ao trono de Deus.
Eu já o enfrentei e o venci quando estava pendurando lá na cruz.
Agora VOCÊS precisam encontrar o caminho da vitória —
cada um individualmente — assim que minha vitória já conquis-
tada possa redundar em vitória para vocês.
Não clamem a mim somente na hora da crise e aflição, como
se isso automaticamente me fizesse realizar algum milagre como
resposta de sua oração. É claro que respondo orações, e posso
realizar milagres e trazer livramento, mas se o fizer, livrando-os
de lutar sem dificuldades, vocês não conquistarão vitória algu-
ma por vocês mesmos! Quero ensiná-los como frustrar o ini-
migo e expulsá-lo da arena; como subjugar reinos e
verdadeiramente reinar no Reino do céu. Desejo que tenham a

134
• • &

experiência de Jericó, não de Ai. Vocês precisam se tornar


vencedores, caso queiram ver a minha obra cumprida.
Vocês não estão credenciados para serem usados para os
meus propósitos enquanto forem atormentados pelo inimigo e
continuarem precisando que eu os livre de um constante desfile
de apuros desagradáveis e desoladores. Vocês são mais do que vence-
dores, como disse o apóstolo Paulo, e foi pelo meu Espírito que
Paulo apresentou esse ensinamento (veja Romanos 8.37).
Levantem-se, então, e reivindiquem o poder que é seu, por-
que estou em vocês, e vocês estão em mim; e, da mesma forma
que estive no mundo, vocês também estão. Fui vitorioso, e tam-
bém podem ser. Resisti ao diabo em cada encontro, e também
podem resisti-lo. Curei corpos doentes e torturados pelas forças
diabólicas, e vocês podem fazer o mesmo.
Aprendam a reinar, porque os criei para serem reis e sacerdo-
tes. Meu propósito é que alcancem o lugar onde possam com-
partilhar da minha autoridade, para que eu possa manifestar
minha glória por meio de vocês. Essa é minha maior alegria:
tirá-los do território inimigo e assentá-los nos lugares celestiais
comigo. E onde estou? A direita do Pai que está assentado no
trono. Ele investiu em mim todo poder no céu e na terra e debaixo
da terra; e vocês estão assentados comigo, muito acima dos
principados e potestades. Por meio de mim, vocês herdaram
tudo. E podem reivindicar essa herança agora mesmo, porque já
morri. Como já morri, vocês podem entrar nela agora. Vocês não
recebem uma herança quando morrem, mas quando os testado-
res morrem. Apropriem-se dela, meu povo. A herança é sua agora.
Ela é sua por causa do Calvário. Quando lembram do Calvário,
lembram do meu amor. E esse é, na verdade, o vínculo — entre
o Calvário e o compartilhar da minha vida no trono. Desejo ter
vocês comigo. Desejo que estejam sentados ao meu lado porque
anseio estar próximo de vocês. Porque os amo.
Onde vocês esperam ver uma rainha? Ao lado do rei. Não
tenho falado a vocês como uma rainha, porque são minha Noi-
va. Uma rainha está subordinada ao rei, e ele reina enquanto ela

135
meramente permanece ao seu lado. Não, nosso relacionamento
é mais íntimo, porque também investi vocês com autoridade.
Vocês reinam comigo, se reconhecerem seu privilégio em
fazê-lo, e se avançarem no poder do Espírito para o domínio
onde quero que vivam e existam. Porque desejo ter um povo
que vive em mim continuamente, não entrando e saindo desse
lugar, à vontade. Almejo que vivam continuamente no centro
do Reino de Deus, da mesma forma que coloquei o Reino bem
no centro do seu ser. Vocês fazem esse Reino funcionar em sua
própria vida por um ato de fé, sim, por uma constante atitude de
fé.
Nos últimos dias, terei um povo por meio de quem poderei
manifestar minha glória. Ainda há obras que preciso fazer por
meio do meu corpo, a Igreja, que possivelmente não poderia ter
cumprido por meio do meu próprio corpo físico no meu minis-
tério terreno. Ainda estou reunindo esse corpo, unindo os
membros individuais, soprando meu fôlego nele, capacitando-o
com dons e ministérios, para que por meio dele eu possa fazer a
minha obra — assim que quando chegar a hora de tirar a Igreja
do mundo, eu possa dizer: "Está consumado" (João 19.30).
Saibam que também há sofrimentos a ser completados no
corpo da Igreja, que não pude sofrer na cruz. Por isso, o apósto-
lo Paulo escreveu que devemos completar no nosso corpo "o
que resta das aflições de Cristo" (veja Colossenses 1.24). Perma-
neçam pacientes e firmes nos dias que estão à frente. E saibam
que as provas e sofrimentos atuam para culminar em uma glória
completa.
houve-me, povo meu, louve-me\ Louve-me com um coração
cheio de amor. Louve-me por todas as bênçãos e cada vitória.
Sim, louve-me quando a coisa mais difícil a fazer é louvar. Essa é
a vitória que vence o mundo: a sua fé. O louvor é a voz da fé.
É a fé regozijando-se pelas vitórias reivindicadas de antemão.
O cântico de louvor é composto da mesma textura das coisas
que esperamos. Ele se torna uma evidência das coisas invisíveis.

136
O louvor é a matéria prima em minhas mãos, com a qual moldo
as suas vitórias.
Dê-me dessa matéria prima. Dê-me em grande quantidade.
Habito no meio dos louvores do meu povo. Habito ali porque
sou mais feliz ali. O inimigo não tem poder algum sobre um
cristão que louva. Ele não pode subsistir a uma igreja que louva.
Essa é a arma mais poderosa que você pode usar contra ele.
Assim, o louvor é como uma espada de dois gumes: de um lado,
o louvor traz saúde ao seu próprio espírito, enquanto do outro,
abate o inimigo.

88. ABRA O SEU CORAÇÃO

Conceda-te o desejo do teu coração e leve a


efeito todos os teus planos.
SALMOS 20.4

O meu filho, desejo tê-lo perto de mim. Tenho propósitos


para sua vida além de sua compreensão. Sim, existem verdades a
meu respeito que desejo apresentar a você, verdades mais pro-
fundas, ricas e mais maravilhosas do que é capaz de imaginar.
Abra o seu coração para mim. Vou enchê-lo com meu Espí-
rito Santo e, assim, satisfarei os anseios mais profundos de sua
alma.

137
89. FIRMEZA

Por isso mesmo, empenhem-se para acrescentar à


sua fé a virtude; à virtude o conhecimento; ao
conhecimento o domínio próprio; ao domínio
próprio a perseverança; à perseverança a
piedade; à piedade a fraternidade; e à
fraternidade o amor. Porque, se essas qualidades
existirem e estiverem crescendo em sua vida, elas
impedirão que vocês, no pleno conhecimento de
nosso Senhor )esus Cristo, sejam inoperantes e
improdutivos.
2 PEDRO 1.5-8

Por meio de incontáveis provas, você aprenderá a ser cora-


joso. Não importa o preço que paga, mas precisa obter a força
de caráter e a firmeza para suportar as maiores lutas, a qualquer
custo. Desejo edificar seus recursos até que seja capaz de levar
fardos muito pesados e resistir pressões intensas.
Você se tornará um embaixador do Reino dos céus a quem
posso designar missões críticas, confiante de que você está apto
a cumpri-las.
Será em vão se esperar descansar em um lugar confortável.
Sião já está cheia daqueles que estão descansando. Não, você
será colocado em um lugar de treinamento e disciplina, assim,
quando os momentos de crise chegarem, não irá se acovardar,
nem será vítima de um medo fora do comum.
Confie nas minhas instruções em tudo isso, como o tem fei-
to em diversas experiências passadas. Sou fiel e amoroso, e faço
isso para que enfrente os dias futuros com firmeza.

138
90. FAZENDO O TRABALHO DO PAI

"Toda árvore é reconhecida por seus frutos.


Ninguém colhe figos de espinheiros, nem uvas de
ervas daninhas".
LUCAS 6.44

Eis que virá o dia em que vocês lamentarão a sua apatia, e


perguntarão: "Por que deixamos de cuidar da vinha do
Senhor?". As coisas passageiras que ocuparam a sua vida,
naquele dia provarão ser o que são: refugo e inutilidade. Porque
não haverá nada de valor durável e nenhuma recompensa para
as obras que vocês realizaram com as próprias forças, e que não
ordenei que fizessem.
O próprio Jesus foi dirigido pelo Pai em tudo que disse e fez.
Vocês ousam viver de acordo com os ditames do seu próprio
coração e seu entendimento humano limitado?
Preparei coisas melhores para vocês. Não fracassem. Colo-
quem sua vida debaixo do meu controle e aprendam a viver na
plena bênção da minha vontade mais excelente.
Vou fortalecê-los e confortá-los. Vou guiá-los com a minha
mão.

139
140
Ouça osilêncio
"Pois nada é impossível para Deus".
L U C A S 1.37
142
91. ENCONTRE A SOLITUDE

"Pois nada é impossível para Deus".

LUCAS 1.37

Não reterei bênção daqueles que andam em obediência a


mim — que me seguem quando os chamo, que respondem
quando falo com eles. Aqueles que têm olhos para discernir meu
propósito e ouvidos para ouvir minha direção estão próximos
do meu coração e são preciosos à minha vista.
Não se concentre em grandes realizações. De que forma
você julga a importância de uma causa? Ana orou por uma coisa
relativamente pequena quando pediu por um filho, mas todos
conhecemos os grandes feitos que fiz por intermédio de Samuel.
Pode ter parecido acidental que Simeão e Ana reconheceram
Cristo naquela criança em Jerusalém e profetizaram a respeito
dele; mas para mim era um acontecimento digno de ser regis-
trado nas Sagradas Escrituras e preservado para sempre (veja
Lucas 2.25-38).
Não, você não pode apurar os caminhos de Deus no meio
dos atalhos dos homens. Você pode sentir o vento quando pas-
sa, e mesmo assim somente observar a poeira que se levanta. As
coisas terrenas obscurecem as celestiais. Vozes humanas aba-
fam a voz de Deus. Somente diante de um silêncio interior você
poderá começar peneirar a palha e chegar finalmente aos grãos
dourados da verdade.
O mundo irá confundi-lo. O silêncio falará mais a você em
um dia do que o mundo de vozes pode ensiná-lo ao longo da
vida. Encontre um lugar isolado. Busque o silêncio interior. E
quando descobrir a riqueza desse silêncio, ate-o ao seu coração.

143
92. SEJA MEU ALIADO

]esus lhes disse: "Venham comigo para um lugar


deserto e descansem um pouco".
MARCOS 6.3 l

Meus filhos, não temam nem resistam à minha voz. Quando


falo a vocês, saberão que sou eu o Senhor Deus. Como falei a
Isaías falarei a vocês. Não é de estranhar que estejam surpresos
pela forma como falo com vocês? Em vez disso, aqueles que não
ouvem a minha voz deveriam estranhar!
Não se deixem incomodar por aqueles que duvidam da for-
ma que lido com vocês. Em vez disso, orem para que o mesmo
privilégio abençoado seja conferido a vocês: que seus ouvidos
sejam abertos e seus ouvidos se tornem sensíveis e receptivos ao
ministrar do meu Espírito Santo. Orem para que tenham um
desejo ardente de ter uma comunhão mais íntima comigo.
Não há comida para a alma nem alívio para o coração em
uma religião intelectual ou em formas exteriores e serviços car-
nais. Essas formas, embora não sejam más em si mesmas, são
para a alma, como trapo imundo (veja Isaías 64.6); e isso certa-
mente não é alimento adequado para a alma.
Quando prometi dar a vocês "verdes pastagens", não tive
atividades religiosas em mente. Quando disse: "Venham, com-
prem vinho e leite sem dinheiro e sem custo" (Isaías 55.1), não
os estava desafiando a um serviço frenético mas a uma comu-
nhão contemplativa e relacionamentos coletivos. Somente des-
sa forma a alma é fortalecida, o coração purificado e a mente
revigorada.
Sua correria me cansa. Não é de admirar que estejam fatiga-
dos! Seu enfado me entristece. Anseio tirar esse peso de vocês e
derramar o bálsamo de Gileade em seus corações. Sejam meus ali-
ados. Vou dotá-los com uma vida tão dinâmica que me servirão

144
antes mesmo de terem tempo de pensar em reunir um enorme
esforço para fazê-lo...

93. PERMANEÇA MALEÁVEL


NA MINHA MÃO

"O ladrão vem apenas para roubar, matar e


destruir; eu vim para que tenham vida, e a
tenham plenamente".
JOÃO 10.10

Meu filho, seja diligente em obedecer. Porque o mover do


Espírito Santo pode, às vezes, ser inconveniente à carne e pode,
em outros, ser diametralmente oposto à razão, mas me obedeça
independentemente do custo. Você sempre será ricamente
recompensado por qualquer sacrifício com uma abundância de
bênção. Quanto mais difícil a tarefa, maior a recompensa.
Não o forçarei a fazer a escolha nem tornar minha vontade
inescapável. Sempre haverá um caminho mais fácil aberto para
você, um caminho que parecerá mais ra2oável, envolvendo
menos risco. Calculei o risco de testar e desenvolver sua fé, bem
como a sua obediência; e no processo de escolha, darei a você
uma oportunidade de provar seu amor por mim.
Seja sensível ao meu Espírito. Tenha um ouvido aberto à
minha voz. Vou guiá-lo com a minha mão, tocando o seu
ombro. Não é minha intenção limitar o seu caminho nem cerce-
ar a sua liberdade, mas desejo levá-lo a uma vida mais abundan-
te, ao crucificar os desejos da carne, para liberar o seu espírito.
Permaneça maleável em minha mão; não resista nem ignore o
meu operar; não questione o que estou fazendo. Confie em mim

145
e dê-me carta branca. Será uma surpresa agradável quando o
final for revelado.

94. PRECISO DE VENCEDORES

"Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou


eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida
que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho
de Deus, que me amou e se entregou por mim".
GÁLATAS 2.20

O filhos meus, o caminho que vou conduzi-los não é praze-


roso para a sua natureza humana. Não é um caminho agradável,
nem de acordo com os seus desejos egoístas. Não planejo agra-
dar o ego; em vez disso, vou levá-lo para ser crucificado. Seu ego
somente poderá ser um obstáculo para o seu progresso espiritu-
al e meu operar por seu intermédio.
Vocês têm fé em mim; isso é bom; mas a fé sem obras é
morte. Posso dar a fé como um dom, mas as obras posso reali-
zar por meio de vocês somente quando seu ego sai do caminho.
Porque não são as suas obras, mas as minhas obras, exatamente
como Jesus disse: "Precisamos realizar a obra daquele que me
enviou" Qo 9.4).
Semelhantemente a uma inundação, farei com que as lágri-
mas fluam por meio de vocês, e removerei o seu ego, e lhes darei
o meu amor. Junto com meu amor, darei o meu poder; e assim já
não mais andarão no seu próprio caminho, mas reinarão comigo
no trono da vida.
Preciso de vencedores por meio de quem posso vencer. Existe um ini-
migo a ser enfrentado e derrotado; e para isso, deve haver mais
do que determinação no seu coração — deve haver poder. Esse

146
*f>

poder não pode operar até que a sua vontade esteja fora do
caminho. Sim, minha nova vida será sua na proporção direta do
seu sucesso em esvaziar o coração da vontade própria.
Sei que não podem fazer isso sozinhos; mas vocês precisam
desejar ardentemente que isso seja feito. E à medida que se mos-
tram dispostos, trabalharei com vocês e dentro de vocês para
esse fim. Vocês conhecerão a alegria como nunca antes, e como
jamais seria possível de outra maneira. Vocês terão descanso do
conflito interior; sim, vocês precisam ser libertos desse conflito
interior para poderem se engajar no conflito exterior com o
inimigo.

95. RENOVEM SEUS VOTOS

"Naquele dia compreenderão que estou em meu


Pai, vocês em mim, e eu em vocês. Quem tem os
meus mandamentos e lhes obedece, esse é o que
me ama. Aquele que me ama será amado por
meu Pai, e eu também o amarei e me revelarei a
ele".
JOÃO 14.20-21

Chegará um dia em que dirão: "Esperei em vão no Senhor".


Vocês buscarão o meu falar, mas ouvirão somente o uivar do
vento. Digo-lhes: Nunca estou em silêncio; vocês que estão
ficando surdos. Sempre estou falando, mas muitas vezes não
encontro seus ouvidos afinados para me ouvir.
Vocês sentarão sozinhos em um lugar desolado e se angusti-
arão na sua solidão. Não será porque abandonei vocês, mas por-
que se tornaram insensíveis à minha presença. Sim, se
ignorarem minha comunhão e se ignorarem as minhas ofertas,

147
sua percepção se tornará insensível. Não serão capazes de dis-
cernir a minha presença mesmo quando estou perto — mesmo
que o meu amor por vocês seja tão vigoroso como no passado.
Não se tornem mornos, para que não sejam expulsos da
minha comunhão. Está escrito: "Como escaparemos, se negli-
genciarmos tão grande salvação?" (Hebreus 2.3). Mas pergunto
a vocês agora: De que maneira sobreviverão no andar diário no
meu Espírito, se não prestarem atenção à minha proximidade e
não reagirem à minha afeição?
Vocês não serão capazes de suprir as necessidades dos
outros com essa escassez. Não há cura para as enfermidades da
humanidade, senão o amor de Deus. Vocês não podem oferecer
esse amor a eles sem primeiro tomá-lo de mim.
"Não os deixarei órfãos" (Jo 14.18). É a intenção do meu
coração ter íntima comunhão com vocês. Sou afastado pela sua
impassibilidade, pela sua preocupação com as coisas e com as
pessoas e pela sua negligência e indiferença.
Alguns me perderam pelo pecado da rebelião; mas advir-
to-os que podem me perder pela sutil falta de atenção. Confes-
sem sua frieza e acheguem-se a mim, e tornarei a minha
presença real a vocês novamente. Vou trazê-los para perto do
meu coração e ouvirão a minha voz.
Renovem seus votos e avivarei o seu ministério. Há uma vida
diante de vocês da qual não poderiam usufruir anteriormente.
Há um trabalho a ser feito, para o qual eu mesmo os preparei. É
maravilhoso demais para deixá-lo escapar. Ele será silencioso,
mas poderoso.
Farei cora que o véu seja tirado, e vocês experimentarão algo
novo. Receberão entendimento no meu Espírito, que não pode
ser encontrado em livros. Compartilharei os meus pensamentos
com vocês, e quem é capaz de contá-los? Vocês participarão da
mente de Cristo e do Espírito Santo de Deus. Os olhos dele pas-
sam por toda a terra examinando os pensamentos e intenções
dos corações humanos.

148
Vocês me servirão de forma totalmente nova, como jamais
ouviram falar. Esse é o meu trabalho. Eu o tracei para vocês.
Afastem-se da obra do homem. Permaneçam livres para fazer a
minha obra. Vocês não falharão se permanecerem próximos de
mim e forem sensíveis ao meu Espírito.
Ninguém mais pode fazer a obra que destinei para vocês
fazerem; e estejam certos de que, se falharem, ela permanecerá
inacabada. Crucifiquem a carne e dêem liberdade ao Espírito.
Aproveitem ao máximo cada oportunidade, porque certamente
os dias são maus.
Bendigam o meu nome e eu os abençoarei.

96. A ESTRADA É ÍNGREME

"Como é estreita a porta, e apertado o caminho


que leva à vida! São poucos os que a
encontram".
MATEUS 7.14

Você é um vaso escolhido para mim, por isso, não o manche


com ganhos desonestos. Não se deixe corromper pelos desejos
da carne, nem seja maculado pelo orgulho da vida. Seja íntegro,
humilde e simples; porque a simplicidade e o espírito de humil-
dade convêm àquele que serve o Senhor.
O orgulho ensoberbece. Ele exalta o ego em vez de exaltar a
Cristo. A humildade desce ao nível de serviço, e você não deve
ser adorado, mas estar disposto a servir.
Você é o meu tesouro. Eu me alegro em você quando está
completamente rendido a mim, sem pensamentos de ambição
ou realizações pessoais. Caso deseja alguma coisa, deseje mais
da minha presença. Caso ambicione alguma coisa, ambicione

149
mais da minha justiça e do meu amor. Não ocuparei o segundo
lugar, e meu Espírito não habitará em uma casa impura. Da
mesma forma que o pecado não tem lugar no céu, não habitarei
no coração que nutre o mal.
Portanto, afaste tudo que corrompe a sua vida, da mesma
forma que jogaria fora um trapo imundo e malcheiroso. Ensine
os outros a manter uma integridade mental e a experimentar a
limpeza interior por meio de confissão e rejeição de tudo que
ofende o Espírito Santo.
Não tolere aquilo que entorpece a percepção da minha pre-
sença. Corte e elimine o pecado, rogando pelo sangue de Cristo.
Use cada meio acessível para libertar sua alma do pecado. Nun-
ca esteja satisfeito com medidas pela metade. Nunca se contente
com o progresso já alcançado. Saiba que isso é apenas o
começo.
Não se alcança a santidade em caminhos largos. O caminho
da santidade é estreito e íngreme, e muitíssimo solitário. Não há
outro caminho.
"Este foi o caminho trilhado pelo Mestre.
Não deveria o seu servo seguir os seus passos?".

150
91. Vou USÁLO, E NÃO DESTRUÍ-LO

"Assim também ocorre com a palavra que sai da


minha boca: ela não voltará para mim vazia,
mas fará o que desejo e atingirá o propósito
para o qual a enviei".
ISAÍAS 55.1 l

O meu filho, não esteja sobrecarregado com os cuidados do


dia-a-dia, e não permita que suas energias sejam consumidas
com tarefas enfadonhas. O que é absolutamente necessário pre-
cisa ser feito; mas se colocar o ministério do Reino em primeiro
lugar, minha força será sua para outras tarefas, e você terá
tempo para fazer as duas coisas.
Você não precisa atender a todas as chamadas. Aprenda a
discernir quando desejo usá-lo e quando quero que a outra pes-
soa dependa completamente de mim. Caso contrário, você pode
limitar o desenvolvimento do ministério espiritual da outra pes-
soa e, em vez de ajudar, acabará se tornando um tropeço para ela.
Não vou sobrecarregá-lo. Vou usá-lo, mas não destruí-lo durante
o uso. Mas você pode acabar se frustrando se carecer desse dis-
cernimento e fracassar em saber quando orientar outros a olhar
diretamente para mim. Você teme desapontar-me. Talvez, me
desaponte mais em procurar ajudar uma outra pessoa do que em
se recusar fazê-lo se, ao se recusar, você a encoraja a buscar a
minha face — minha ajuda — minha instrução.
Você também corre o risco de dar informação incorreta,
pode confundir em vez de esclarecer a questão. Não seja usado
pelos outros como uma fonte de informação, mas desafie os
outros a buscar luz da mesma fonte que você a recebeu. Não se
arrogue a ser um substituto da minha Palavra — quer escrita ou
por uma mensagem profética. Permita que a questão seja usada
como um desafio para o estudo da Bíblia e oração, e tenha mui-

151
to cuidado para não se tornar o transmissor de lições apressadas.
Caso isso aconteça, haverá inúmeras desvantagens tanto para
você mesmo como para a pessoa que busca sua ajuda. Ensine-a
a estabelecer a comunicação pessoal com seu Deus, assim que
ela mesma possa "ouvir a voz do céu" — essa é a maior bênção
que você pode dar a outro ser humano.
Quando uma pessoa busca a nossa sabedoria incorremos no
perigo de nos sentirmos lisonjeados. Reconheça essa cilada,
esteja alerta contra ela e leve a carne a uma rápida crucificação.
Jamais se aventure a ser um substituto de Deus para quem quer
que seja. Seja um canal para os ministérios do meu Espírito, mas
nunca apresente conselhos livremente. Refreie esse impulso.
Apresente a fonte do seu conhecimento — inclusive o texto
bíblico em que a resposta pode ser encontrada — para que a
minha Palavra seja sempre a primeira e a última autoridade.
Vou honrar a minha Palavra e aqueles que dão à minha Pala-
vra a primazia que ela merece. Minha Palavra nunca voltará
vazia. Ela cumprirá os meus propósitos.

98. CONSERVE O SEU CANAL ABERTO

"Mas quem beber da água que eu lhe der nunca


mais terá sede. Ao contrário, a água que eu lhe
der se tornará nele uma fonte de água a jorrar
para a vida eterna".
JOÃO 4.1 4

Acaso falarei a você como alguém cuja voz se perde no baru-


lho da onda que se quebra? Ou como alguém que clama em vão
no meio de uma grande floresta, onde não há ouvido para ouvir
nem voz para responder? Acaso acha que é como um instru-

152
mento com cordas partidas, do qual o músico não pode tocar
sua música?
Não, gostaria que você fosse como a cachoeira cujo som é
contínuo, como um grande rio, cuja torrente não é ininterrupta.
Você não cantará por um período e então permanecerá em
silêncio por uma estação inteira. Você não me louvará por um
dia e, depois, voltará aos assuntos do dia-a-dia.
Você nunca exaurirá meu suprimento. Quanto mais me der,
mais lhe será dado. Você está em um processo de aprendizagem.
Tenho muito a compartilhar com você; sim, da abundância do
meu coração vou instruí-lo. Vou ensinar-lhe a respeito das ver-
dades da sabedoria celestial que você não tem condições de
aprender de lábios humanos. Vou instruí-lo nos caminhos que
deve seguir. De quem mais pode buscar orientações?
Darei meu amor e minha vida a você. Onde mais poderá
receber esse tipo de conforto e força? Quanto mais frequente-
mente vier a mim para extrair dessa água da vida tanto mais a sua
vida será enriquecida em sabedoria — sim, mas também de mui-
tas outras maneiras. Você precisa da minha graça para que possa
compartilhar a minha verdade com um espírito reto. Você pre-
cisa manter o seu canal aberto, para que as minhas bênçãos não
sejam impedidas, à medida que fluem através de você, e as águas
permaneçam puras.
Você não revela arrogância, quando busca continuamente a
minha face. Em vez disso, você mostra uma tendência de confi-
ar na carne quando não vem a mim para buscar ajuda. Ou equi-
vocadamente pensa que a sua mente se tornou uma fonte de
sabedoria?
Guarde-se da armadilha da bajulação, e guarde-se até mes-
mo dos elogios bem intencionados. Não aceite glória para si
mesmo, nem se elogie pelas suas realizações. Eu controlo as
águas. Separei-as para permitir a passagem dos filhos de Israel.
Então arremeti-as sobre o exército egípcio para afogá-lo. Sou eu
que faço jorrar o rio da vida para revigorar e dar vida àqueles que
têm sede de mim. Seco as correntezas de inspiração diante dos

153
pés dos orgulhosos. Aqueles que se gloriam em seus próprios
pensamentos não beberão dessa água da vida. Aqueles que
buscam os caminhos da razão humana serão como um deserto.
Não serei encontrado ali — como não fui encontrado no
vento, nem no tremor de terra. Essas eram forças naturais. Eu
me encontrava naquela voz mansa e suave. Eu mesmo sou a
fonte direta e a única força de vida eterna. Todas as demais nas-
centes estão secas. Todas as demais atividades são inúteis.
Mas você será uma fonte a jorrar, cujas correntes não falha-
rão, porque eu, o Senhor seu Deus, habito em você.

99. FALE A VERDADE

Finalmente, fortaleçam-se no Senhor e no seu


forte poder.
EFÉSIOS 6.10

Não seja intimidado por ninguém, mas anuncie a minha


Palavra à medida que a dou a você. Você escreveu de maneira
livre e destemida. Agora fale da mesma maneira. Sua palavra
falada deve estar em conformidade com a obra que fiz em você.
Isso é necessário para o seu próprio sentido de unidade e para
suas próprias forças. Porque a casa dividida contra si mesma
não poderá prevalecer. Você não prevalecerá enquanto tiver um
testemunho em seu coração e outro com seus lábios.
Você não agrada a mim quando busca agradar a homens.
Eles detectarão sua incoerência apesar dos seus melhores esfor-
ços, porque de uma maneira ou outra, a verdade prevalecerá.
Você não precisa anunciar tudo que está em seu coração. A você
resta falar a verdade ou permanecer em silêncio. Se não conse-
gue falar a verdade sem se desculpar, é melhor ficar quieto.

154
Permita que a vida e o testemunho de Jesus Cristo sejam seu
guia. Se estiver disposto a tentar seguir o exemplo da honestida-
de dele, virei em seu auxílio para dar a sabedoria necessária; a
ponto de a resposta não ser somente verdadeira, mas poderosa.
Porque a sua luta não é contra carne e sangue, mas contra a opo-
sição invisível das forças satânicas. Essas forças podem, às
vezes, ser alistadas contra a sua alma, até mesmo por intermédio
dos seus amigos preciosos, de modo que talvez tenha de usar a
mesma resposta que Jesus usou com Pedro em determinada
ocasião (veja Marcos 8.33).
Não levante disposto a converter o mundo para as suas pró-
prias convicções, mas, antes, preserve suas convicções inabalá-
veis contra as forças da oposição. Eu estarei com você e
guardarei a sua boca. Confie em mim.

100. VINDE, AMADOS MEUS

"Saiam do meio deles e separem-se", diz o


Senhor.
2 C O R Í N T J O S 6.1 7

Amados meus, não é necessário fazer o seu próprio cami-


nho, porque vou adiante de vocês. Sim, projetarei circunstâncias
a seu favor. Sou o seu esposo que os protege, cuida e supre suas
necessidades.
Conheço as suas necessidades e me preocupo com a sua paz,
saúde e força. Não posso usar um corpo cansado; por isso,
vocês precisam separar tempo para renovar suas energias, tanto
espirituais quanto físicas. Eu sou o Senhor dos Exércitos, mas
também sou Aquele que disse: "Aqueles que esperam no
Senhor renovam as suas forças" (Is 40.31).

155
Vou ensiná-los, como ensinei Moisés no deserto e a Paulo
na Arábia. Esse será um período construtivo, não um tempo
perdido. Semelhante ao curso de verão para o professor, esse
ensino é vital para vocês, a fim de se tornarem plenamente quali-
ficados para o ministério.
Não existe mérito na atividade em si — nem na inatividade.
Eu ministro a vocês em secreto, para que possam ministrar a
minha pessoa a outros como um transbordar espontâneo da
nossa comunhão. Nunca trabalhem para servir, nem forcem
oportunidades. Façam o possível para que o seu coração esteja
em paz, e assentem-se aos meus pés. Aprendam a estar prepara-
dos, mas não ansiosos. Aprendam a dizer "não" aos apelos
humanos e a dizer "sim" ao chamado do Espírito. Não desani-
mem com os enganos e dissensões das pessoas. Deixem que eu
mesmo tome conta delas. Elas também precisam aprender essa
importante lição, e vocês podem ajudá-las, servindo de exem-
plo. Mas, se tentar agradá-las, procurando suprir cada
necessidade, acabarão caindo todos na mesma armadilha.
Sou um Deus zeloso e sempre estou em paz comigo mesmo.
Também gostaria que vocês estivessem em paz com o meu
Espírito em vocês. Quando me derem o devido lugar e não per-
mitirem que haja intrusos, estarão em paz comigo. Sejam muito
criteriosos nisso. Não estou falando com vocês de maneira levi-
ana. Nunca fui tão sério em relação a uma mensagem dirigida a
vocês. Não fracassem nisso. Trouxe a vocês esta mensagem em
diversas oportunidades no passado. Ela nunca foi mais urgente
do que agora.
As pessoas estão experimentando um novo avivamento e
procurando minha verdade mais do que nunca. Preciso falar por
intermédio dos meus profetas. Mas, se não estiverem separados
para mim, como posso instruí-los? Sim, vou alimentá-los junto
ao ribeiro, como fiz com Elias. Falarei a vocês da sarça ardente
como falei com Moisés e revelarei a minha glória nos campos
como fiz com os pastores que tomavam conta dos seus
rebanhos.

156
Vinde, amados meus; sede como a corça, saltitando pelas mon-
tanhas; então desceremos juntos para os jardins.

101. TOME A GLÓRIA COM VOCÊ

Quanto ao mais, tenham todos o mesmo modo


de pensar, sejam compassivos, amem-se
fraternalmente, sejam misericordiosos e
humildes.
1 PEDRO 3.8

Eis que tirei você da terra escura e solitária. Dei-lhe de beber


da minha própria mão. Tivemos uma comunhão agradável jun-
tos; porque não o chamei de servo, mas de amigo. Sim, me delei-
tei no seu companheirismo. Tenho visto a sua devoção e
observado com prazer o seu cuidado com os menos favorecidos
que cruzaram o seu caminho.
Quando você encorajou o cansado, orou pelos doentes, ofe-
receu ajuda ao necessitado, conforto aos sofredores e compre-
ensão ao aflito, eu considero que isso foi feito a mim, porque sei
que se não fosse pelo seu profundo amor por mim, você não
faria esse tipo de sacrifício.
Presentes podem ser dados, movidos por razões egoístas;
mas quando deu-se a si mesmo, muitas vezes diante de insultos,
retribuindo o mal com o bem, e ainda assim recebendo crítica,
você o fez somente porque me amava acima de qualquer coisa; e
quem me ama também amará o seu irmão. Você foi ainda além,
porque mostrou bondade e preocupou-se com as necessidades
até mesmo dos seus inimigos, movido por uma profunda
compaixão.

157
Não adverti que devemos ir para o vale juntos? Dei a você o
gozo da minha comunhão no topo da montanha para prepará-lo
para o ministério no vale do serviço. Leve a glória do topo da monta-
nha com você; leve a minha presença, minha luz, meu amor. Esse
não é o vale de escuridão pessoal; esse é o vale onde encontrará
aqueles que necessitam o toque da bênção que você pode dar.
E eu estarei com você, sim, mais do que em qualquer outro
vale; porque nesse vale somos um de uma maneira muito espe-
cial. Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que estava
perdido; buscar o perdido, erguer o abatido e curar o
machucado.
A medida que você ministra junto comigo aos necessitados,
completa no seu corpo o que resta das aflições de Cristo (veja
Colossenses 1.24). Meus sofrimentos — o corpo quebrado, o
sangue derramado, minha morte — esses foram completados
na cruz. Mas as lutas da alma até a inteireza e perfeição do Corpo
de Cristo, isso continua até a minha vinda em poder e glória para
receber a minha Noiva escolhida.
(Porque escolhi cada membro do corpo como indivíduo, e a
Igreja como corpo coletivo — assim, vocês foram escolhidos
duas vezes — individualmente e coletivamente).
De modo que, ao "derramar a sua alma", você compartilha
comigo na luta pelo aperfeiçoamento da minha possessão; até
que todos alcancem, pelo poder do Espírito, a plena estatura do
Corpo de Cristo, crescendo juntos nele, pelo sustento que cada
ligamento supre. Por meio da instrução e encorajamento mútuos,
haverá um estímulo para o crescimento de todos.
Somente quando cada membro se entrega individualmente,
pode a obra ser cumprida. Um membro em rebelião ou hostili-
dade diminui o crescimento e prejudica a saúde daqueles que
estão ao seu redor.
Assim, submeta-se ao mover do Espírito em seu coração e
ministre àqueles que eu colocar no seu caminho, sem olhar ao
redor para fazer suas próprias escolhas. Deixe o planejamento
para o Cabeça. Essa é a minha obra. Que cada membro perma-

158
neça no seu lugar, dependendo completamente do meu Espíri-
to, nutrido pelo meu amor e ministrando em auto-sacrifício.

102. OUÇA o SILÊNCIO

Aquele que habita no abrigo do Altíssimo e


descansa à sombra do Todo-poderoso pode dizer
ao Senhor: "Tu és o meu refúgio e a minha
fortaleza, o meu Deus, em quem confio".
SALMOS 91.1,2

Você está nas minhas mãos. Não está cuidando de você


mesmo. Eu estou cuidando de você. Se escolhi ocultá-lo, foi
com um propósito específico. Se desejo dar-lhe um tempo de
descanso, é para o seu próprio bem. Nada é inoportuno, quando
provém da minha vontade. Não pense que será como foi no
passado. Tenho lições mais profundas para lhe ensinar. Você
compreendeu quão inestimáveis foram as verdades que ensinei
em seus "anos de Arábia". Mas Arábia não foi o único período
solitário na vida do meu apóstolo Paulo. Na verdade, esse tem-
po foi quase insignificante em comparação com as suas
experiências posteriores de aprisionamento.
Não escrevemos aquilo que já foi escrito. Escrevemos a par-
tir de um depósito de revelações novas e do conhecimento pes-
soal obtido pelas experiências doloridas de crescimento. Você
não consegue conservar a experiência crescente sem deixar de
lado as anteriores. Deixará de escrever se deixar de aprender.
Você não aprende à medida que escreve, mas escreve à medida
que aprende.
Eu o pouparia, se pudesse fazê-lo em amor; mas esse tipo de
amor que resguarda seria falso e o privaria de muitos tesouros.

159
Eu realmente o amo quando dou o melhor a você. E o meu
melhor não poderá vir sem sofrimento, da mesma maneira que
não podia vir ao Senhor Jesus sem sofrimento. O sofrimento é o
resultado do pecado; e o pecado continua sendo um problema
com o qual precisamos lidar. Ele precisa ser enfrentado. Os
impérios não caem simplesmente, mas são tomados por uma
força maior. O reino de Satanás, semelhantemente, deve ser
resistido por uma força maior, caso espere vê-lo cair.
Desejo torná-lo forte. Quero que se torne um vencedor. Eu
o trouxe até esse lugar. Aproveite o máximo dele. Absorve-o em
silêncio. Busque o lugar secreto. Ouça o silêncio. Ele lhe ensinará.
Ele renovará suas forças. Permita que outros compartilhem des-
se silêncio com você. Ele é inestimável. Você encontrará muito
pouco em outro lugar.

103. UM CAMINHO MAIS GLORIOSO

"Olho nenhum viu, ouvido nenhum ouviu,


mente nenhuma imaginou o que Deus preparou
para aqueles que o amam".
1 CORÍNT/OS 2.9

Você deve ter lido que "a letra mata, mas o Espírito vivifica"
(2 Coríntios 3.6). Tenho revelações mais profundas dessa verda-
de, caso deseje recebê-las. Porque o Espírito opera em um
domínio diferente do que a Palavra, que trata com você no pla-
no do viver diário. Ela governa a sua conduta nos afazeres coti-
dianos. Ela o guia no conhecimento das doutrinas de Deus, na
compreensão da minha vontade e na caminhada do cristão.

160
* • ' • *

Mas, no Espírito, há uma vida esperando por você, que ope-


ra fora dos domínios do mundo natural. O Espírito de Deus
opera no domínio do sobrenatural e do infinito.
Não retroceda em espanto e descrença. Aceite a minha vida
no Espírito como ela é. Não me peça para operar dentro das limi-
tações de sua vida. Estou convocando você a dar ao meu Espíri-
to, que habita no seu interior, a liberdade de mudar-se para as
dimensões do infinito.
Empolgante? Talvez. Mas como poderia esperar menos de
mim? Escancare a porta. Na luz deslumbrante da minha presen-
ça, você verá muito daquilo que está obscuro, porque até então
escolheu andar na escuridão. Tenho coisas melhores para você
— coisas concernentes à minha pessoa. Você não me conhece
verdadeiramente. Tem sido obstruído na sua compreensão
pelas coisas que tem lido e ouvido a meu respeito. Há muito
pouco a meu respeito que pode aprender de fontes humanas.
Você pode conhecer-me no Espírito somente quando se apro-
funda na adoração. Não sou encontrado em livros-texto, mas
em santuários. Você não é transformado pelo conhecimento,
mas pelo amor. Somente o coração que é enternecido na devo-
ção é maleável em minhas mãos. Somente a mente que é aberta
ao Espírito pode receber revelação divina.
Busque não ser sábio, mas rendido, e nessa atitude de sub-
missão ao meu Espírito vou instruir você na minha verdade.
Haverá morte e haverá uma ressurreição gloriosa. A letra con-
vencerá do pecado e podará a antiga natureza caída, e o Espírito
gerará em você uma vida que nunca morrerá. Ela apresentará
capacidades de percepção que não podem ser comparadas às
percepções físicas, porque a mente do Espírito é a mente de
Cristo.
Essa vida crescerá e se desenvolverá à medida que se aproxi-
ma do Pai. Você deixará para trás o intelectualismo religioso e
descobrirá um caminho mais glorioso.

161
104. DESEJO FAZER UM LINDO
TRABALHO

"Este é para mim um vaso escolhido para levar


o meu nome".
ATOS 9.15 (ARC)

Você é meu. Você não pertence a si mesmo. Comprei-o para


mim por um preço muito valioso. Não estou desanimado pelo
fato de não compreender, mas digo que se der ouvidos a mim,
vou me revelar a você de maneira mais profunda, para que saiba
de forma mais clara quão vital é para o meu propósito. Há traba-
lho a ser feito, e preciso de você como vaso, por meio de quem
possa trabalhar. Não um vassalo, mas um vaso. Desejo fazer
uma bela obra.
Preciso de alguém que não esteja somente disponível e ade-
quado, mas que me ame de tal maneira que realce a minha cria-
ção. Não desejo o tipo de lealdade que um soldado devota ao
seu país, mas uma devoção dedicada com um tipo de amor que
uma mãe sente pelo filho por nascer.
Haverá inconveniências a serem suportadas, prazeres pesso-
ais a serem deixados de lado, além de sacrifícios e sofrimento —
mas você não faz ideia da recompensa abençoada que tenho
guardada para você! Sim, guardada para você, se estiver disposto
a me deixar usá-lo da forma como desejo.
Você não é indigno; nem está despreparado. Não tem moti-
vos para recear, a não ser que o seu amor por mim seja pequeno
demais. Se esse for o único empecilho, aproxime-se mais de
mim, e derramarei o meu amor sobre você, para que sua paixão
por mim possa ser aprofundada e aperfeiçoada. Eis que espero
por você. Vem, amado meu!

162
105. O SEGREDO DO SILÊNCIO
(Louvor e repreensão)

Como você é linda, minha querida!


Ah, como é linda!
CANTARES DE SALOMÃO 1.15

Filho amado, não permita que as palavras de outras pessoas


exerçam uma influência indevida — sejam elas de louvor sejam
de crítica. Avalie cada aspecto de acordo com o seu valor, e volte
para mim novamente. Somente em comunhão comigo poderá
certificar-se da verdade. Se o corrijo, você sabe que é para o seu
aperfeiçoamento. Se o encorajo com uma palavra de louvor, é
porque precisa dela; assim, regozije-se nisso e aceite-a de todo
coração, como aceita as minhas correções.
Você sabe que minhas correções são para o seu bem. Por-
ventura as minhas palavras de louvor não servem para esse fim?
Algumas de suas faltas e fraquezas podem ser corrigidas de for-
ma mais eficaz pelo louvor do que pela repreensão. Ao fingir-se de
surdo quando peço para ser humilde, não está contribuindo.
Você não pode ser verdadeiramente humilde até que tenha uma
profunda percepção do meu amor.
Saber e, de fato, sentir que esse grande amor não é merecido
diante de suas muitas imperfeições vai gerar uma humildade
mais honesta do que milhares de repreensões por falhas óbvias.
Você já é condenado pelo seu próprio coração. Existe um orgu-
lho sutil que busca esconder essas evidências muito claras no
esforço de manter um resquício de auto-estima e suplicar o res-
peito dos outros. Essa é uma artimanha do inimigo.
Se aceitar o meu amor e minha aprovação, você terá cora-
gem de enfrentar seus pecados e falhas para que possa lidar com
eles de forma mais decisiva. Quanto mais verdade descobrir a
respeito de si próprio, tanto mais livre será, livre das avaliações

163
inadequadas do seu valor, livre do orgulho falso que busca
encobrir imperfeições reconhecidas.
Quero que a sua vida, seu caráter e sua personalidade sejam
tão belos e amáveis quanto os visualizei quando criei você. Mui-
tos aspectos não se desenvolveram a contento. Certa beleza ini-
cial foi desfigurada. Viva bem próximo de mim e permita-me
remodelar e recriá-lo até que veja em você a imagem de tudo que
quero que seja.
Amo você, meu filho, meu filho muito precioso e especial.
Durante a sua infância caminhei muito próximo e, na sua mane-
ira infantil, você foi muito consciente da minha presença e reali-
dade. Você empreendeu uma jornada árdua. Escalou muitas
montanhas que poderiam ter sido facilmente contornadas. Nem
sempre escolheu o caminho mais prazeroso nem soube buscar
as alegrias, embora estivessem facilmente ao seu alcance.
Muitas vezes interpretou mal a minha vontade e sentiu que
somente por meio do sacrifício e sofrimento poderia agra-
dar-me, enquanto que em grande parte das vezes desejei livrá-lo
das angústias que você mesmo infligia a si mesmo. Você queria
agradar-me, mas, na verdade, estava apenas desfigurando sua
própria beleza que é tão preciosa para mim.
Não posso me regozijar em uma rosa ressequida. Você já
andou por esse caminho tempo demais. Ofereço a você o meu
caminho nesse instante, se for forte o suficiente para aceitá-lo.
Vida, liberdade, amor e alegria. Saúde e paz — simplicidade e
descanso. Esse caminho tem estado à sua disposição o tempo
todo. Você pode tê-lo agora mesmo.
Não desejo que trabalhe para mim debaixo de pressão e ten-
são como uma máquina — esforçando-se para produzir, produ-
zir. Apenas quero que viva comigo como uma pessoa. Tenho
esperado que se desgaste completamente. Eu sabia que em dado
momento você encontraria o segredo do silêncio, do descanso,
da quietude e do cântico.
Restabelecerei suas forças — não para voltar a trabalhar de
maneira frenética, mas apenas com a finalidade de tornar você

164
forte e bem. Para mim esse é um fim em si mesmo. Torne esse o
seu alvo e una-se a mim nesse projeto de todo coração. Muitas
alegrias ainda esperam por você.

106. A ALIANÇA DE AMOR

Todos os caminhos do Senhor são amor e


fidelidade para com os que cumprem os preceitos
da sua aliança.
SALMOS 25.10

Meus filhos, não há bem algum que eu negaria a vocês. Não


os deixei para que se arranjassem sozinhos. Eu sou o Senhor, o
seu Deus. Sou o seu provedor e defensor. Cuido de vocês com
profundo e terno amor. Sou onisciente e todo-poderoso e serei
sua defesa contra toda investida do inimigo.
Esperem pela minha ajuda. Não os decepcionarei. Olhem
para o caminho diante de vocês e verão as pegadas dos meus
pés. "Eu irei adiante de você e aplainarei montes" (Is 45.2). Pre-
pararei o caminho à medida que me seguem.
É uma alegria para o meu coração quando meus filhos con-
fiam em mim. Deleito-me em providenciar o necessário para
vocês, mas deleito-me ainda mais pela vida de vocês, mais do
que em qualquer coisa que faça para ajudá-los. Da mesma maneira,
quero que se deleitem em mim, por quem eu sou, e não pelo fato
de fazerem alguma coisa para mim.
O serviço é o pagamento do amor. É semelhante aos doze
cestos de pães que sobraram. Os pães que o Senhor partiu eram
como uma comunhão mútua; e o excesso e as sobras eram um
símbolo de serviço. Não espero que dêem aos outros antes de
terem comido. Proverei suprimento em abundância para que

165
possam dar, caso venham primeiro receber para suas próprias
necessidades.
Isso não é egoísmo. É a lei da vida. Acaso pode o talo de
milho produzir a espiga a não ser que primeiro receba sua pró-
pria vida da semente-mãe? Da mesma forma vocês também não
podem produzir fruto em seu ministério a não ser que estejam
impregnados com vida divina da sua origem, que é o próprio
Deus. Foi das mãos de Cristo que as multidões receberam o
pão. Das suas mãos vocês também recebem seu alimento, o pão
da vida, para sustentar sua saúde e vida.
Essa é uma aliança de amor com vocês. É a mensagem de João
15.4: "Permaneçam em mim, e eu permanecerei em vocês.
Nenhum ramo pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer
na videira. Vocês também não podem dar fruto, se não perma-
necerem em mim". Esse permanecer é um relacionamento de
amor, e é por isso que o serviço é o pagamento do amor.
O serviço será fútil e penoso, a não ser que brote de um
coração transbordante. Transbordante não de boas intenções e
justiça própria, mas do amor de Deus. Esse amor não nasce em
vocês, por isso também não podem oferecê-lo a outros, inde-
pendente do seu desejo. Vocês usufruirão desse amor somente à
medida que esperarem em mim e separarem tempo para absor-
vê-lo de mim, semelhante a uma flor silenciosa que extrai vida
dos raios do sol.
Caso contrário, seu coração se tornará frio. Porque seu fer-
vor e empatia natural, além da bondade comum, logo esfriarão
pelos ventos gélidos da ingratidão e outras reações desagradáve-
is. Vocês acham que o amor de Jesus sempre foi bem recebido?
Acaso ele não teria levado o seu ministério a um fim repentino
em muitas ocasiões caso necessitasse do reconhecimento das
pessoas para motivá-lo no seu serviço de amor?
Vocês leram a respeito da reação das pessoas religiosas em
relação ao poder de operar milagres em Lucas 4? A exposição
do amor de Deus suscita emoções no coração não regenerado
que não são diferentes de emoções homicidas, muitas vezes.

166
Em outros casos, o amor de Deus é recebido com uma indife-
rença insensível e ingratidão assustadora, como ocorreu com os
nove leprosos que não retornaram para expressar ao menos
uma palavra de gratidão pela sua cura (veja Lucas 17.12-19).
Diante do amor divino sendo derramado no Calvário — o
Deus santo e puro morrendo pela humanidade pecadora, depra-
vada, e indigna — qual é a reação? Gratidão? Amor? Arrependi-
mento? Não! Ódio cruel irrompe em zombaria e escárnio.
Violência e crueldade fluem como um rio e se misturam com o
próprio sangue que foi derramado pela redenção deles!
Não. A bondade humana nunca será suficiente. Ela nunca
encherá os doze cestos com sobras. Não sobrará uma migalha
sequer para os outros, a não ser que vocês primeiro comam do
seu próprio banquete pessoal de amor com o Salvador.
Permita que ele satisfaça completamente sua alma faminta, e
então vocês sairão com uma cesta cheia debaixo do braço.
Havia doze cestos (veja Mateus 14.20). Um para cada discípulo.
Sempre haverá multidões para serem alimentadas, mas são pou-
cos os chamados para ministrar. Isso está de acordo com o meu
plano. Como dizem as Escrituras: "Meus irmãos, não sejam
muitos de vocês mestres, pois vocês sabem que nós, os que ensi-
namos, seremos julgados com maior rigor" (Tiago 3.1).
Muitos são chamados. Poucos são escolhidos.

167
107. MOVAM-SE RAPIDAMENTE

Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em


tudo, pela oração e súplicas, e com ação de
graças, apresentem seus pedidos a Deus.
FlLlPENSES 4.6

Eis que de densas trevas, brilhará uma luz. No meio da noite


um grito será ouvido. Porque farei minha vontade conhecida, e
você não mais se moverá hesitantemente, mas velozmente e segura-
mente. Você pode não saber ainda o que vou fazer, mas saberá
mais tarde, e se moverá pela unção e autoridade divina.
Você não andará vacilante como um cego que procura o seu
caminho. Com a sua mão na minha, andaremos juntos. Meu
Espírito se manifestará em sua vida e testemunho, e você será
capacitado pelo meu poder.
Minha força nunca falha. Serei um poder vivificante em
você e sobre você, e você andará na força do seu Deus. Você
não falhará. Seus braços não desfalecerão e seus pés não
tropeçarão.
Você não tem inimigo a temer, a não ser o próprio medo. Você não
tem fraqueza a combater, a não ser aquela que a dúvida venha a
produzir. Olhe para mim; sim, constantemente fixe seus olhos
em mim, e será como a águia e a corça. Descanse seu coração em
mim. Porque na quietude e no retorno a mim estão a sua paz e a
sua força.
Não ande ansioso por coisa alguma, mas em todas as situa-
ções, em oração e em jejum, traga cada emergência a mim, por-
que eu sou o grande Médico. O justo passa por muitas
adversidades, mas o Senhor o livra de todas (SI 34.19).
Ações de graças, honra, louvor e glória sejam a Deus, para
todo o sempre. Amém.

168
108. A DÁDIVA DO PERDÃO

"Vão para onde as águas são mais fundas [...]


Lancem as redes para a pesca".

LUCAS 5.4

Meu filho venha a mim. Tenho uma nova dádiva para você.
Quero que veja toda a humanidade como se estivesse abrigada
debaixo do sangue derramado no sacrifício de Cristo.
Ele morreu por todos. Seu perdão inclui todos. Conte a eles.
São as Boas Novas. Eles vão aceitá-las da mesma maneira que
receberam ansiosamente e alegremente a mensagem do meu
amor. E a confiança no próprio coração que gerará a fé
receptora em outros.
Perdoe livremente a todos, como tem livremente amado a
todos. Aqueles a quem você estender o meu perdão vão experi-
mentá-lo por conta própria. É como estender a mão para ajudar
alguém a atravessar um riacho. Estando seguro do outro lado,
ele já não precisa de sua ajuda; no entanto, ele precisou de auxí-
lio para atravessar o riacho.
Não seja insensível e vagaroso. Muitos estão esperando por
uma mão estendida. Muitos têm pendurado um véu escuro de
auto-condenação entre seus corações culposos e a luz e o poder
do meu perdão. Você pode aproximar-se deles do outro lado e
alcançá-los com a mensagem onde não têm uma defesa
preestabelecida.
Eles estão por toda parte. Cante o meu amor, grite-o, fale-o
pacientemente e sussurre-o ternamente. Os mortos ressuscita-
rão à vida; os desanimados à alegria; os desesperados à coragem;
os pobres para a abastança.
Os pecados que você perdoa serão perdoados. Aqueles que
não foram ministrados talvez nunca encontrem o caminho para
a luz, pelo fato de não conhecerem o caminho. Os mistérios do

169
Reino têm sido confiados e entregues a você. Não os guarde em
cavernas ocultas. Espalhe-os ao longo do seu caminho e colo-
que as jóias em mãos abertas daqueles que encontrar na estrada
da vida.
Você encontrará o próprio Cristo parado ao seu lado e
observará o seu sorriso. Você pode ter somente um pequeno
lugar na vida do seu irmão, mas terá um lugar muito especial no
coração do seu Senhor. Vá, então, pela fé, oferecendo o meu
perdão. Você será abençoado e o céu se regozijará com o seu
sucesso.
Estou conduzindo-o para um novo ministério. O antigo
será enriquecido, tornando-se mais pleno e significativo. Não
estou desfazendo, mas acrescentando. Enriquecerei a sua pró-
pria alma e promoverei a sua santificação.
Você precisa de muitas graças e de muitos dons. As graças de
sua alma acompanharão você para a outra vida, enquanto os dons
serão deixados para trás. Por esse motivo, a saúde de sua alma é
mais importante do que a plenitude do seu ministério. Mas cada
vez que iniciar um novo ministério nova vida e forças construti-
vas operantes serão trazidas para sua própria alma.

170
109. Aos OLHOS DO ESPÍRITO

Eu o conduzi pelo caminho da sabedoria e o


encaminhei por veredas retas.
Assim, quando você por elas seguir, não
encontrará obstáculos; quando correr, não
tropeçará.
PROVÉRBIOS 4.11-12

Meus queridos filhos, eu sou a porta. Eu sou a porta da sal-


vação. Eu sou a porta da paz e esperança. Sim, eu sou a porta da
revelação. E, da mesma forma que a minha Palavra escrita é a
revelação do Senhor Jesus Cristo, assim ocorrerá com a minha
palavra falada. Será um desvendar da pessoa e obra do Ungido,
diante dos seus próprios olhos. Porque vocês não serão como
aqueles que permanecem até o dia de hoje com um véu sobre os
olhos.
Não, vocês serão como o meu servo, o apóstolo Paulo, que
em sua experiência de batismo teve as escamas retiradas dos
seus olhos. E quão grandes visões ele recebeu no Espírito!
Vocês também terão visões. De fato, verão, porque o Senhor, o
seu Deus, concederá a vocês presciência e discernimento, e
receberão a permissão de examinar coisas que, de acordo com
as Escrituras, estão ocultas até mesmo aos anjos.
Vocês verão o encontro do Corpo de Cristo. Contemplarão
a glória. Terão visões de coisas futuras, e de algumas delas serão
testemunhas ocultares. Vocês terão discernimento. Sim, aquilo
que está na escuridão será como se estivesse exposto à luz; e,
aquilo que é oculto será revelado a vocês. Porque aos olhos do
Espírito não há escuridão, e vocês verão com os olhos do
Espírito.
As limitações da sua visão natural não serão empecilho. O
Espírito não é detido pela carne. O Espírito agirá apesar da car-

171
ne e operará um renovo e fará uma obra de re-criação, assim que
a criatura recentemente libertada surgirá em uma vida nova. Ela
iniciará a partir de um ministério cujos fundamentos nenhum
homem colocou. Será um caminho de santidade, de milagres e
uma vida de glória. Vocês verão o brilho do meu sorriso.
Nada além da obediência será exigido de vocês. Sigam o
chamado do Espírito e não procurem o caminho; porque o
caminho será aberto diante de vocês à medida que andarem.
Onde quer que parem, ali o caminho também irá parar. Onde
quer que caminhem pela fé, o caminho se tornará claro para
vocês.
Sejam como uma criancinha e saiam em segurança, sabendo
que com sua mão dentro da minha, você estarão sempre segu-
ros, e as bênçãos os acompanharão.

110. MEU REINO ESTÁ PRÓXIMO

"Temam a Deus e glorifiquem-no, pois chegou a


hora do seu juízo. Adorem aquele que fez os
céus, a terra, o mar e as fontes das águas".
APOCALIPSE 1 4. 7

Pelo meu Espírito, falarei ao meu povo. Aqueles que ouvem


a minha voz cantarão a respeito da minha glória. Quem contem-
plar o meu rosto se encherá de alegria. Eles trarão as suas ofertas
de louvor e eu os abençoarei das riquezas do meu coração.
Quanto mais me glorificarem, mais os honrarei. Os puros de
coração andarão em um caminho de deleites. A alegria é o clima
natural do céu, e meus escolhidos — que se deleitam em mim —
terão uma porção completa já agora.

172
Preparem-se para mim e chegarei a vocês com um esplendor
ofuscante. Mas, não serão capazes de suportá-lo, se estiverem
olhando para a escuridão ao seu redor. Olhem acima da cena
presente, porque habitar na confusão do mundo os tornaria ina-
dequados para a revelação dos céus. Vocês não permanecerão
aqui por muito mais tempo, e ninguém se importa muito com o
que logo é deixado para trás.
Tenho-os abençoado de forma abundante. Sua gratidão é
adequada. Mas existem muitas outras coisas maravilhosas que
estou prestes a fazer por vocês, por isso mantenham seu cora-
ção livre e sua mente concentrada em mim. A Grande Revela-
ção está despontando, e o prenúncio do meu Reino está
próximo. Desejo prepará-los. Tenho uma verdade que é vital
para essa hora. Vocês precisam recebê-la agora para não ficarem
perplexos mais tarde.
Será, entretanto, uma hora negra para o mundo, e a humani-
dade será envolvida em trevas como nos dias do dilúvio. Será
uma escuridão ainda maior, e haverá angústia e fadiga. Mas dela
surgirá uma era nova — de justiça e de paz — e toda a criação
lutará em fadiga até que ela apareça.
Mas estou elevando os meus escolhidos, já agora, para um
domínio de glória e revelação. Sim, estou gerando uma criação
especial e singular. Será como foi para Noé e Ló: o remanescen-
te justo será resgatado da destruição.
Porque o juízo cairá sobre o pecado e incredulidade. O mal
deverá ser expiado e tirado. Mas sempre terei uma testemunha, e
não abandonarei o meu povo que pôs sua confiança em mim.
Quanto maior o juízo, maior o livramento; e quanto maior a
escuridão, maior a alegria. Quanto maior a mentira, maior a
Verdade.
Esses serão dias gloriosos para vocês, meus escolhidos. (E
essa tem sido uma escolha mútua. Se o mundo me escolhesse
agora, eu anunciaria meu Reino agora, como nos dias do minis-
tério terreno de Jesus, quando Israel teve a oportunidade de acei-
tar seu Messias. A rejeição deles resultou em juízo. O mesmo

173
ocorre hoje. A humanidade teve cerca de dois mil anos para acei-
tar a minha graça, perdão e salvação. Com a rejeição, a condena-
ção é inevitável).
Essa é a noite da rebelião e desobediência humana. Vocês
estão começando a ver o cumprimento do Salmo 2. Nessa noite,
a porta será aberta. Ela será aberta pelo Noivo, e aqueles que
estão vigiando e mantêm acesas suas lâmpadas de testemunhas,
entrarão. Outras pessoas verão e desejarão entrar, mas será
tarde demais.
Cuidem para que o seu testemunho não acabe. Somente
enquanto tiverem os seus reservatórios cheios do meu Espírito
pode o fogo do testemunho manter-se aceso. Os que mantive-
ram suas lâmpadas apagadas, dificilmente poderiam ter sido
incrédulos, porque a lâmpada é a minha Palavra. O fogo é o tes-
temunho, e o fogo nunca provém unicamente da Palavra, mas
sempre da Palavra e do óleo do Espírito. Cuidem para que não
falte óleo. Quando os que possuem o óleo forem levados, aonde
vocês irão comprá-lo?
Deixem-se encher pelo Espírito, meu povo, e estejam quei-
mando, porque quando eu voltar, virei para os vivos, não para
os mortos; porque preservarei a Testemunha Viva, para levar a
luz para a era do Reino.

174
111. COM ASAS NOS PÉS

Ele é o Deus que me reveste de força e torna


perfeito o meu caminho. Torna os meus pés
ágeis como os da corça, sustenta-me firme nas
alturas.
SALMOS 18.32,33

O meus filhos, o tempo é curto. Não sejam como aqueles


que vivem para os prazeres do momento, porque tudo que é do
mundo é passageiro. O mundo não durará, mas será como a
palha levada pelo vento. Estou ciente das suas necessidades e
proverei com abundância, mas isso é para a minha glória e hon-
ra. E o louvor será para mim.
Vocês caminharão com leveza e não permitirão que seus pés
se prendam na rede dos interesses inúteis das coisas ao seu
redor. Elas são minhas, da mesma maneira que todas as coisas
são minhas, e vocês são meus. Estou mais interessado em vocês
do que nas coisas. Semelhantemente, quero que estejam ocupa-
dos comigo em vez de se ocuparem com minhas dádivas. Cuida-
rei delas e de vocês. Acaso isso não é uma coisa simples para
mim?
Estejam atentos à minha V02. Não permitam que seus ouvi-
dos percam a sensibilidade. Devotem-se a mim de todo o cora-
ção e coloquem aos meus cuidados tudo que está ao seu redor.
Porque não tenho muitos ouvintes com quem posso falar como
tenho falado a vocês. Serão meus porta-vozes em lugares onde
não há outras vozes a serem ouvidas.
Vocês exaltarão o meu nome em um lugar retirado e obscu-
ro e me louvarão em lugares onde outros exaltam os homens.
Mostrarão o meu amor e realidade àqueles que ainda não experi-
mentaram minha intimidade e comunhão da forma como vocês
as experimentaram.

175
Preciso de vocês como luz para brilhar em lugares obscuros.
Não os chamei por um capricho qualquer. De que modo a men-
sagem será transmitida sem um mensageiro? Tornei-os meus
mensageiros. Vocês irão com asas nos pés. Cuidem para que
seus pés não se atolem no lamaçal das preocupações e riquezas
deste mundo.
Vocês cumprirão seus deveres com presteza e tratarão de
maneira sábia com cada responsabilidade; mas seu coração des-
cansará em minha mão. Seus pensamentos retornarão para mim
como a agulha imantada se volta para o pólo e a ave ao ninho,
estação após estação.

176
O som da trombeta
Todo aquele que nele tem esta esperança
purifica-se a si mesmo, assim como ele é puro.
l JOÃO 3.3
178
112. O SEGREDO

Há uma pequena palavra que transforma


o céu escuro em um azul muito brilhante.
Há uma pequena palavra que faz com que
a luz solar atravesse a escuridão com muita bravura.
Não se importe com as coisas ao seu redor;
não se importe com a desaprovação dos outros —
levante o seu rosto para Deus e louve-o,
e as bênçãos descerão!

O louvor é mais poderoso que um exército,


com suas bandeiras todas desfraldadas.
O louvor obterá a vitória antes
que todos os poderes deste mundo.
Porque o Deus que domina sobre todas as coisas,
e o Deus que anela abençoar,
apenas espera até que você
confesse o seu amor por ele.

Não peça por mais bênçãos.


Não o canse, descrevendo suas necessidades.
Ele as conhece antes mesmo de expressá-las;
não o incomode com súplicas e rogos.
Eleve o seu rosto e cante para os céus,
das profundezas de sua alma.
Deixe que seus louvores penetrem o seu ser,
deixe que o som do arrebatamento ressoe.

Ah! O restante virá rapidamente —


antes de você se dar conta, já terá acontecido.
Você saberá que o LOUVOR é a resposta;
e reconhecerá que a vitória já foi obtida.

179
Bem-aventurado seja o santo e maravilhoso Jesus,
que trouxe a mim o céu!

113. DELEITE-SE EM MM

Deleite-se no Senhor, e ele atenderá aos desejos


do seu coração.
SALMOS 37.4

Meu filho, não ande ansioso em relação ao crescimento de


sua alma. Deixe-o comigo. Eu não disse que os lírios do campo
crescem de forma despreocupada? Faça o mesmo na sua vida
natural e na espiritual.
Certamente, há condições que precisam ser satisfeitas para
assegurar um desenvolvimento normal e saudável; no entanto,
essas condições não são criadas pela ansiedade, porque a ansie-
dade somente trabalha contra elas.
Busque familiarizar-se com o meu caráter e pessoa. Delei-
te-se em minha comunhão. Sua parceria comigo, se suficiente-
mente consistente, trará mudanças em sua personalidade que,
ao ser descoberta, o surpreenderá, da mesma forma que tantas
vezes experimentou a alegria ao descobrir uma nova
florescência em uma preciosa planta.
Volte o seu rosto para mim e deixe comigo a responsabilida-
de de sondar a sua alma. Eu sou o Cirurgião-Mestre. Sou habili-
tado em todas as curas da alma e do corpo. Permita-me cuidar
de sua saúde.
Deleite-se em mim, e farei as coisas que deseja ver em seu cará-
ter e personalidade. Alimente-se da minha Palavra. Nela você
terá uma compreensão mais clara da minha Pessoa. Somente à
medida que me conhecer, poderá ser mais parecido comigo.

180
••:•&•

É na parceria mútua que as pessoas acabam copiando uma


certa medida dos maneirismos e ideologias das outras pessoas.
Assim ocorrerá com aqueles que passam muito tempo na minha
companhia.
De forma silenciosa, e sem um esforço consciente, você será
mudado.

l14. RENUNCIE ÀSUA VONTADE

"E quem não toma a sua cruz e não me segue,


não é digno de mim".
MATEUS 10.38

Meu coração está triste com a sua independência. Como


José teria se sentido se seu pai e a família tivessem permanecido
em casa, perecendo de fome, quando os havia convidado para
compartilhar dos depósitos generosos que tinha à sua disposi-
ção e desejava repartir livremente com eles (veja Génesis 45)?
Não teria ficado muito mais angustiado do que com as ações
injustas dos seus irmãos, que o odiavam? Porque ser rejeitado
por alguém que amamos causa uma dor maior do que as cruel-
dades infligidas por um inimigo. Assim, a sua indiferença e pas-
sividade em relação ao meu chamado trazem angústia à minha
alma, na verdade, uma dor mais profunda do que os delitos do
pecador perverso. Uso a vara para o ímpio, mas coloquei minha
mão sobre você.
Coloquei o meu braço ao redor do seu ombro para aproxi-
má-lo mais de mim, mas você tem se mostrado impaciente e irri-
tadiço como se eu procurasse interferir na sua liberdade. Sou
capaz de dar uma liberdade muito maior do que jamais encon-
trará ao procurar ser independente de mim. Busco não interferir

181
na sua felicidade, mas exijo que renuncie a sua vontade; porque
não posso abençoá-lo como desejo, até que sua vontade seja
rendida, e você esteja disposto a trocar a sua vontade pela
minha.
A medida que me amar, você aceitará a minha vontade
como se fosse a sua, e a dimensão e amplitude do seu amor por
mim serão devidamente avaliados, a ponto de aceitar a minha
vontade como aprendiz no coração.
Quando você cantar do fundo do coração: "Meu Jesus, eu te
amo", poderá, de fato, cantar: "Por onde me guiar, irei". Porque
aquele que não tomar a sua cruz diariamente e me seguir, não
poderá ser meu discípulo.

l15. COM AS CORDAS DA MINHA


FIDELIDADE

Amado filho, amo você com amor eterno.


Com as fortes cordas da minha fidelidade, tenho me atado a
você.
Todos os dias de sua jornada,
tenho me interessado profundamente por você,
sem jamais desviar a minha atenção de você.

A escuridão pode ter afligido a sua alma,


mas eu estava bem próximo.
A noite pode obscurecer a sua visão,
mas a noite e o dia são iguais para mim.
Quando passa pelas águas, estou com você.
Quer me veja ou não, estou ao seu lado.
Embora, às vezes, se sinta solitário, minha mão está sobre
você; meu braço o envolve, e meu coração é tocado pela sua dor.

182
Sofri da mesma forma que você sofreu,
mas você nunca sofrerá como eu sofri;
porque experimentei um momento terrível de separação
do meu Pai;
ao passo que minha promessa a você foi que JAMAIS o
abandonaria, e jamais o deixarei.

116. Eu CASTIGO COM AMOR

"Durante quarenta anos tu os sustentaste no


deserto; nada lhes faltou".
NEEM/AS 9.2 1

Eis que sou o Senhor, o seu Deus, o Eterno, o Todo-pode-


roso. O Alfa e o Omega, o Início e o Fim — o Grande Imutável,
sim, a resplandecente Estrela da Manhã, que ilumina a todos que
vêm ao mundo. E minha luz não tem diminuído, mas ela
aumenta de intensidade à medida que o dia se aproxima: o gran-
de e terrível dia do juízo quando todos os corações dos homens
serão abertos para o escrutínio da luz da minha verdade.
Minha Verdade permanece para sempre, e ninguém escapa-
rá, porque ela será como a espada flamejante que sai da minha
boca, e toda boca se fechará. Voltarei como Juiz, para purificar o
mundo e estabelecer o meu Reino.
Mas enviei o meu Espírito Santo, para que julgue seus cora-
ções diariamente, para que sejam considerados dignos de esca-
par do dia da ira. Porque se andar agora à luz da minha verdade
revelada (e se julgarem a si próprios), vocês não serão julgados
naquele dia. E se permitir que o olhar escrutinador do Espírito
Santo os esquadrinhe, não será dito a vocês naquele dia: "Vosso
pecado vos há de achar" (veja Números 32.23, ARA).

183
Não me resistam, nem endureçam o seu coração. Não me
levem a usar a minha vara do castigo, porque os amo. Não é da
minha vontade coagi-los com açoites, nem controlá-los com
rédeas, para evitar que se lancem no erro. Apenas permitam que
olhe nos seus olhos e, assim, poderei conduzi-los em amor e
ternura.
Não tenho prazer na aflição dos meus filhos. Disciplino em
amor para evitar um sofrimento mais profundo, evitando,
assim, que trilhem por um caminho do mal. Mas meu coração se
alegra quando caminham próximos de mim, com sua mão na
minha, falando dos planos da jornada e atividades diárias — tra-
balho e prazeres — de tal forma que se torne uma maneira ven-
turosa de trilharmos em mútua comunhão.
Derrame o seu louvor a mim com espontaneidade e pronti-
dão. Planejarei o seu caminho, e juntos sairemos a cantar. Não
haverá nuvens, nem aparecerá a tormenta.
Louvado seja o Senhor! Ele não somente conhece os cami-
nhos que vou trilhar, mas caminhará comigo e acharei conforto
em sua companhia.

117. Eu CONTROLO OS VENTOS

"Guie nossos pés no caminho da paz".


LUCAS 1.29

Meu filho, não fique desanimado quando chegarem as


adversidades. O tempo está em minhas mãos. Seu caminho está
aberto para mim e tenho tudo sob controle. Nunca duvide do
meu cuidado. Nunca questione a minha conduta.
Você sabe que sou eu que o conduzo pelo caminho estreito.
Muitas vezes o caminho se torna difícil e íngreme, mas a minha

184
mão protetora vai com você. Não estranhe o caminho pelo qual
o estou conduzindo, porque sei que existe uma multidão estri-
dente no outro caminho e inúmeros lugares de entretenimentos,
além da fartura de comida e bebida.
Não o levo por aquele caminho, porque no caminho solitá-
rio, íngreme e estreito, terei a oportunidade de ensinar e tratar de
sua vida. Você será abençoado e aprenderá a louvar-me com
uma alegria irresistível.
Não posso formar um santo e moldar meu caráter e imagem
em você, se concedo-lhe uma liberdade plena e irrestrita. Nada
haverá de proveitoso no crescimento de sua alma caso decida
seguir pelo caminho do abandono.
Coloque sua vida em minhas mãos, e experimentará paz e
conforto espiritual. Enquanto permanecer ali, controlarei as
chuvas que caem sobre você e os ventos que sopram. Enquanto
estiver em minhas mãos, estará em uma fortaleza, cujas paredes
nenhum inimigo conseguirá escalar.

118. PERMITAME ENTRAR EM SEU


CORAÇÃO

E todos nós, que com a face descoberta


contemplamos a glória do Senhor, segundo a sua
imagem estamos sendo transformados com glória
cada vez maior, a qual vem do Senhor, que é o
Espírito.
2 CORÍNTÍOS 3.18

Meu povo, seja vigilante e perseverante na oração. Não pos-


so moldá-los e aperfeiçoá-los, a menos que me dêem a oportu-

185
nidade de fazê-lo. Somente posso ministrar às necessidades de
sua alma quando permitir que eu entre nos lugares escondidos
do seu coração.
É possível levantar barreiras contra mim e evitar a minha
entrada; e não interferirei. Mas se abrirem a porta do seu ser na
intimidade da oração, então, e somente então, terei a liberdade
de corrigi-los e mostrar as suas faltas.
Anseio fazê-lo em vocês, porque desejo torná-los mais pare-
cidos com a minha natureza divina. Transformaria suas fragili-
dades humanas em força divina. Tomaria os seus
ressentimentos e derramaria da minha graça. Tomaria a sua
inclinação natural de irar-se e daria a vocês minha inclinação
infalível de amar e perdoar.
Eu sou o seu Deus, e governo o universo e o mantenho fun-
cionando pela minha vontade. Mas a vocês dei essa coisa mais
sagrada: a sua vontade. Dei tamanha liberdade a vocês que podem
até usar essa vontade contra mim, se escolherem fazê-lo.
Rendam-se a mim, e moldarei a sua alma para conformá-la
ao meu padrão de beleza e santidade. Muito do que é considera-
do santidade pelos critérios humanos é uma distorção aos meus
olhos. Vocês não estão preparados para avaliar a sua própria
vida, nem determinar um padrão de devoção.
Firmem o seu coração em mim e, enquanto contemplam a
minha glória, serão transformados, e minha semelhança será
formada em vocês.

186
119. As CÂMARAS SECRETAS DA
COMUNHÃO

"Mas quando você orar, vá para seu quarto,


feche a porta e ore a seu Pai, que está em
secreto. Então seu Pai, que vê em secreto, o
recompensará".
MATEUS 6.6

Amados meus, desejo a sua comunhão. Meu coração anela


por vocês. Não me entristeçam com a sua indiferença. Desejo
uni-los, mas vocês não atentam para mim. Desejo abraçá-los e
acariciá-los, mas vocês ficam impacientes em seguir os seus pró-
prios caminhos. Não poderão me agradar com essa atitude.
Chamei-os para entrar nas câmaras secretas da comunhão
solitária comigo. Elas são escuras, mas vocês terão o conforto
da minha pessoa. Dessa escura profundeza provêm grandes
tesouros.
O deslumbramento e resplendor da vida pública são atraen-
tes ao olho nu; mas eu os trancaria nos aposentos secretos da
humildade e disciplina da alma, onde aprenderiam a renegar as
coisas que pertencem ao homem exterior e aperfeiçoariam a
vida interior e enriqueceriam o seu conhecimento da minha
Pessoa.

187
120. DESEJO ALIVIAR SUA CARGA

Humilhem-se diante do Senhor, e ele os


exaltará.
TIAGO 4.10

Busque-me cedo; busque-me tarde; busque-me no meio do


dia. Você precisa de mim nas primeiras horas para receber dire-
ção e orientação, além de bênçãos ao seu coração. Precisa de
mim no fim do dia para confiar em minhas mãos os aconteci-
mentos do dia — tanto para desembaraçar-se das cargas como
para entregá-las a mim; assim continuarei operando a seu favor.
E precisa de mim mais do que nunca nas horas mais atarefadas
do dia, com suas atividades e responsabilidades; dessa forma,
poderei oferecer a minha graça, tranquilidade e sabedoria.
Não peço que separe tempo para mim com a intenção de
colocar um fardo sobre você. Na verdade, em vez de exigir mais
de você, desejo aliviar a sua carga. Em vez de sobrecarregá-lo
com obrigações devocionais, desejo tirar as tensões de sua vida.

121. PUREZA DE CORAÇÃO

Portanto, submetam-se a Deus. Resistam ao


Diabo, e ele fugirá de vocês.
Aproximem-se de Deus, e ele se
aproximará de vocês!
T/AGO 4.7-8

188
Filhinhos, os seus pecados não são perdoados quando sen-
tem remorso por eles. Meu perdão está em constante operação e
vocês precisam apenas aceitá-lo. A purificação do coração e a
restauração da alegria dependem de sua completa confissão e
disposição em arrepender-se e renunciar seu pecado. É nessa
área que vocês precisam exercitar a alma para alcançar a pureza
de coração, e enquanto essa obra não estiver concluída (e
mantida), não experimentarão a paz interior.
Essa inquietação e conflitos interiores não são causados pela
minha atitude para com vocês, mas pela sua atitude em relação a
mim. Vocês sabem que nem tudo está bem no seu interior.
Fariam bem em buscar a minha presença em arrependimento
até que tenham rendido a mim tudo que aflige a sua vida.
Muito de sua aflição é resultado do pecado, mas vocês não o
reconhecem como tal. Vocês são, na verdade, mais incomoda-
dos por esses inimigos não identificados do que por todos os
pecados evidentes. Porque os pecados evidentes são pronta-
mente reconhecidos; ocorre tristeza no coração, e para a maioria
deles o perdão já foi recebido.
São as pequenas raposas que destroem a vinha. Da sua vinha
pendem cachos de uvas delicados. Se vocês não estivessem pro-
duzindo frutos, não seriam incomodados.
Alegrem-se em saber que o inimigo não os incomodaria
caso não tivessem algum valor para mim. O inimigo não esco-
lheu provar um homem perverso nos dias do Antigo Testamen-
to, mas alguém que era irrepreensível diante de Deus Qó 2.3).
Nenhum verdadeiro santo, que busca agradar-me, escapará
dos ataques do diabo. Aquele que se dedica a uma vida de ora-
ção é um alvo certo. Vocês precisam da armadura caso decidam
ir à batalha. Quando me servem, enfurecem o inimigo. Ele não
permitirá que ganhem terreno, espiritualmente falando, sem
lançar seus dardos inflamáveis de dúvidas e acusações contra
vocês.
Resistam-no, como admoestam as Escrituras. Ele não é
corajoso, mas é sujo, e não é facilmente dissuadido. Vocês nun-

189
ca conseguirão escapar de suas ciladas, até que reconheçam suas
artimanhas e o destruam pela raiz.
Não ataquem o desânimo de vocês, mas resistam aquele que
os oprime com o desânimo. Não duvidem do meu perdão, mas
fechem seus ouvidos para o acusador.

122. SUA VIDA, UM TECIDO FINO

Que a paz de Cristo seja o juiz ern seu coração.


COLOSSENSES 3.15

Meu filho, sua vida parece um tecido. A beleza não virá a


você somente pela alegria. A vida pode ser tortuosa, às vezes, e o
caminho irregular. Da fina seda e de fios mais grossos, confecci-
ono o que me agrada. Você pode nunca saber por que certas
experiências ocorrem. É suficiente saber que elas passam pelas
minhas mãos.
Minha graça não está limitada pela tristeza e dificuldade. Na
verdade, ela brilha como um fio de ouro mesclado em um tecido
negro de tristeza. Minha mão se move com amor infinito, e
estou criando um modelo de uma beleza complexa.
Nunca desanime. O final da corrida trará alegria para você e
para mim. Você é feitura minha, criado em Cristo, antes de os
mundos existirem.
Não duvide, porque a minha vontade será feita.

Ele removeu a mancha do pecado


e tornou o meu interior limpo e puro.
Ele removeu os traços de inquietação
e agora encontro paz em todo lugar.

190
123. ESPERO POR VOCÊ

Escutem1. O meu amado está batendo. Abra-me


a porta, minha irmã, minha querida.
CANTARES DE SALOMÃO 5.2

Com grande amor o escolhi. Você é meu. Meu coração é


atraído a você, e desejo ministrá-lo.
Espero que deixe tudo e se volte unicamente para mim.
Entregue tudo a mim. Desejo o que é real em você. Quanto
mais puder trazer para mim do seu verdadeiro "eu", tanto mais
posso dar de mim a você.
Se vier a mim com um manto cobrindo a sua alma, apenas
irá atrapalhar o meu plano de abrir o seu coração por completo.
Não me deixo perturbar pelas imperfeições, nem me impressio-
nar pela piedade. As pessoas olham para o exterior, mas eu
estou somente preocupado com o coração; porque sei que sem-
pre que posso ocupar o coração, as coisas se ajeitarão no seu
exterior.
Assim, deixarei de lado temporariamente a pessoa exterior e,
quando venho a você, o faço por meio do próprio refúgio da
alma — não como um intruso pelo lado de fora.
É como se um hóspede viesse a uma casa e entrasse num
quarto privativo, em vez de entrar pelo portão da frente. Ele não
se importaria com o portão, ou o jardim ou o exterior da casa.
Venho a você via meu Espírito Santo, na profundeza do seu ser,
que você nunca sondou; de câmaras de sua alma que os seus
olhos nunca viram. Aposentos escuros. Não escuros por causa
do pecado, necessariamente, da forma que você imagina o peca-
do; mas escuros por que foram mantidos sempre fechados.
Na verdade, somente eu tenho a chave para abri-las. Não só
tenho o poder de abri-las, mas também a sabedoria e o amor; e

191
nunca confronto você, sem antes dar a graça para enfrentar o
desafio.

124. ENTRE NA CORRENTEZA

"Tomem sobre vocês o meu jugo e aprendam de


mim, pois sou manso e humilde de coração, e
vocês encontrarão descanso para as suas almas".
MATEUS 11.29

O meu filho, meu filho, amo você. Preciso de você. Preciso


de você porque o amo. Chamo-o por entre as árvores. Minha
voz fala pelo sussurro dos pinheiros. Chamo-o no vento. Você
ouve a minha voz na quebra das ondas. No borbulho das águas
do riacho, sou eu, chamando, chamando constantemente.
Saia de sua casa com o ouvido aberto. Não caminhe em um
jardim com a alma desatenta. Não apanhe uma flor sem sentir
seu coração pulsar.
O aprendizado, o conhecimento, o trabalho — todos têm o
seu lugar. Mas esses aspectos não fazem parte do âmago da vida;
porque a essência da vida é o amor; tudo o mais não é vida. O
trabalho se torna o tecido de onde elaboramos vida. Isso
somente ocorre quando o amor segura os fios. O conhecimento
enriquece a vida somente até o ponto em que o amor controla o
pensamento. O prazer se torna o caminho ao país distante se o
verdadeiro amor não está atrás de valores falsos.
Aprenda a amar-me e a amar-me bem. Permita que a voz
interior responda a voz exterior. Seja semelhante às árvores, às
ondas, ao riacho que flui. Cresça para cima, como as árvores, e
busque a minha face. Habite no fundo, como o lago, e conheça a
minha plenitude e quietude. E mova-se continuamente, de

192
maneira determinada, para frente, como ocorre com o riacho; e
mantenha o fluir da sua vida sempre em movimento.
Porque no meu falar, encontrará discernimento. Em minha
quietude, alcançará equilíbrio; e unido-se a mim na torrente,
você experimentará a vida progressiva. Sim, somente à medida
que a vida é progressiva ela, de fato, é vida. Movimento indica
vida. Movimento protege vida. Movimento promulga vida.
Movimento traz propósito para a vida — sim, beleza.
São as linhas harmoniosas e fluentes da obra do escultor que
implicam em sucesso. É o movimento natural e harmonioso da
partitura musical que transforma meras notas em verdadeiro
cântico. É o ministrar da mãe ao filho, tanto físico quanto espiri-
tual, que contribui para a formação da nova personalidade e
caráter. É no cumprimento das responsabilidades e serviços
conjuntos entre marido e mulher que o amor é nutrido e a
satisfação experimentada.
E o amor sendo e o amor fazendo. Sim, é o amor amando. De
outro modo, o amor é um conceito, não uma realidade. É o cris-
tão adorando — caso contrário, é uma religião vazia, com toda
criatividade espiritual perdida e, se não encontrada a tempo,
destruída.
Assim, as árvores diriam a você: Fale. Fale comigo, fale de
mim — porque sempre estou falando.
E o lago diria a você: Aquiete-se. Aquiete-se diante de mim
em comunhão, e aquiete-se, em certos momentos, mesmo na
companhia de outros, para que possa desfrutar da lição do lago
em comunhão mútua.
E mova-se. Encontre o canal da criatividade dentre de sua
alma. Não fiz ninguém sem ele. Alguns o sufocaram com indife-
rença; outros o desprezaram em rebelião; outros o ignoraram na
insensatez; outros o desfiguraram em amargura. Mas estou
pronto a vir e prestar assistência a qualquer homem ou mulher
que sinceramente se empenha em encontrar este canal, para
remover os entulhos, reparar danos e endireitar o curso e, acima
de tudo, entrar na correnteza.

193
É a correnteza da vida divina. Represe-a pelo egocentrismo
e ela se tornará um mar morto. Labute, aprenda, procure viver
desassociado do seu poder e impulso, e tudo será, no fim das
contas, cansaço do corpo, frustração da alma, desapontamento
do coração e fracasso em propósito.
Venha a mim, todo o que está cansado e sobrecarregado;
entre na correnteza da minha vida e encontrará descanso, poder,
alegria transbordante e, descobrirá, com grande deleite, que, de
fato, se tornou participante da minha vida, colaborador na obra
do meu Pai e receptor de recompensas inestimáveis.

125. NÃO TOMO PROVIDÊNCIAS


PARA os VAGAROSOS

A justiça irá adiante dele e preparará o


caminho para os seus passos.
SALMOS 85.13

Estou no meio de vocês, meus filhos. O ouviram a minha


voz e sabem que tenho ministrado a vocês. Não seguiram a voz
de um estranho nem buscaram caminhos diferentes. Por esse
motivo me afeiçoei a vocês (veja Deuteronômio 7.7). Coloquei
meu braço ao seu redor e com minhas asas os tenho protegido.
Vocês são o objeto da minha atenção especial e receberam meu
cuidado especial.
Tenho dado o meu melhor a vocês porque me amaram.
Atraí-os à minha sala de banquete, porque vocês têm fome e
sede das coisas de Deus. Uma vez que anseiam por justiça e pela
verdadeira santidade, eu os separei para instruí-los e ensiná-los
nas minhas leis e meus caminhos. Na verdade, os levarei a um

194
plano mais elevado de experiência e revelação, porque existe
uma busca no seu coração por Verdade.
A Palavra está, de fato, próxima de vocês, até mesmo no seu
coração. Dêem ouvidos à voz do meu Espírito no seu interior.
Ela nunca falha. Ela nunca silencia. Ela nunca zomba do seu cla-
mor. Suas horas de meditação serão enriquecidas pelos tesouros
do seu Deus, e a sua luz os guiará.
O caminho pelo qual os estou levando não é infrutífero. Ele
estará repleto de bênçãos e cheio de surpresas. Nunca hesite em
me seguir. Se ficarem para trás, descobrirão que minhas pegadas
se tornaram difíceis de decifrar porque estou muito à frente de
vocês. Desafio-os a acompanhar os meus passos. Minhas passa-
das não serão difíceis demais de serem seguidas. Eu as medirei
de acordo com a sua habilidade, mas não faço preparativos para
os vagarosos.
Siga-me bem de perto, e sua recompensa será abençoada.

126. O RELACIONAMENTO SOLITÁRIO

A teu respeito diz o meu coração: Busque a


minha face1. A tua face, Senhor, buscarei.
SALMOS 27.8

Louve-me de todo coração. Permita que os seus cânticos


ecoem das profundezas da alma. Porque tenho sido generoso
com você. Tenho abençoado abundantemente e multiplicado
suas alegrias. Tenho colocado você em um lugar seguro. Fiz
com que habitasse na montanha da minha graça. Cobri-o com
as minhas misericórdias. Bendito seja o meu nome, porque vou
cercá-lo com minha presença e satisfazer o seu coração com o
meu amor.

195
Nunca desanime, nem permita que qualquer ansiedade se
aninhe em seus pensamentos. Porque você é meu e minha mão
o protegerá. Não permitirei que algum mal suceda a você.
Você é minha possessão. Não tolerarei rivalidade. Repreen-
da o inimigo e ele fugirá de você. Conte com o meu cuidado: Eu
não posso falhar. Aquele que confiar em mim, nunca será
desapontado.
Esse é um caminho solitário. Essa habitação em mim é com-
pletamente afastada da multidão. É um lugar que não pode ser
compartilhado com mais ninguém — nem mesmo com a pes-
soa mais íntima. Esse conhecimento secreto de mim é uma
experiência estranha para o mundo. Essa união comigo é a fonte
de sua vida, de sua força, de sua saúde e vitalidade. Nada pode
substituí-la.
A oração é preciosa, mas a oração não pode substituir a
comunhão solitária. A comunhão é boa, mas ela não é a fonte da
Vida. A Vida está em mim, e posso dá-la a você somente no rela-
cionamento secreto. Busque esse lugar em mim, onde ninguém
mais pode intrometer-se. Você me encontrará ali e, quando me
encontrar, perceberá que todas as outras carências foram preen-
chidas; porque em mim existe Vida abundante e, comigo, exis-
tem somente alegrias eternas.

127. SEJAM VIGILANTES

Meu povo, elevem a voz e chorem bem alto.


Sim, que o seu clamor seja ouvido na solidão da noite.
Na quietude, acordem os dormentes.
Digam ao meu povo: Levantem-se e deixem de lado o sono.
Ponham de lado suas vestes de sono.
Cinjam-se e calcem as sandálias.

196
Apressem-se.

Sim, fujam para a rocha do refúgio para que na sua sonolên-


cia,
dormindo além da hora, não acordem finalmente
e se encontrem seduzidos na rede do inimigo.

Porque os poderes da escuridão estão ao seu redor.


O adversário não esmorece nas suas intrigas e conspirações.
Porque deseja com um prazer ímpio e cruel,
com um intento amargo e deliberado,
destruir os piedosos e derrubar o templo de Deus.

Mas edifiquei a minha igreja sobre a Rocha,


e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.

Não quero que estejam desinformados das artimanhas do


acusador;
mas tendo calculado o poder das forças adversárias,
percebam sua necessidade de um poder maior —
para que não sejam derrotados.
O meu poder está à sua disposição.
Sim, eu mesmo lutarei por vocês se colocarem sua confiança
em mim.
Somente sejam vigilantes.
Porque aqueles que tropeçam, tropeçam na escuridão,
e aqueles que dormitam, o fazem durante à noite.

Não sejam surpreendidos.


Fixem seu olhar no sol da justiça,
e ele fará com que andem num caminho de luz.

197
128. DE ACORDO COM OS MEUS
PROPÓSITOS ETERNOS

Apeguem-se a mim, porque estou com vocês:


Fiquem firmes, porque eu sou o seu Deus.
Aquietem-se diante de mim,
Porque planejei todas as coisas para vocês,
de acordo com a minha boa vontade;
sim, de acordo com os meus propósitos eternos.

Porque tenho propósitos, planos e desejos


que vão muito além do cenário atual.
Vocês conseguem enxergar somente a situação imediata,
mas meus pensamentos e meu plano
para vocês são eternos.
Sim, estão em minhas mãos.
Repousem ali e deixem tudo o mais para mim.

129. ESTES SÃO DIAS DO MOVER


DO MEU ESPÍRITO

"Estão chegando os dias", declara o SENHOR,


o Soberano, "em que enviarei fome a toda esta
terra; não fome de comida nem sede de água,
mas fome e sede de ouvir as
palavras do SENHOR".
AMOS 8.1 I

198
Sejam vigilantes. Estejam de sobreaviso. Não ofendam o
receptivo nem o não receptivo, porque isso muda de um dia
para o outro, e os despreocupados de hoje podem se tornar os
mais preocupados amanhã, e vice-versa. Não se apressem em
fazer um julgamento de quem têm mais fome de Deus. A qual-
quer momento, um desejo adormecido há muito tempo, pode
acordar, e quanto maior a dormência, maior tende a ser a sua
voracidade.
Espalhem a minha Palavra. Somente a minha Palavra pode
aguçar o apetite. Dê bebida à multidão. A água provocará mais
sede. Vocês dirão: Como poderei satisfazer tão grande deman-
da?". Esses são dias do mover do meu Espírito. Acaso resistirão
se desejar torná-los meu aqueduto?
Mantenham-se puros. Não permitam constrição nem obs-
trução, e não sejam avarentos. O crescimento ocorrerá onde a
água penetrar.

130. NÃO USE SUBSTITUTOS

Acaso a palavra de Deus originou-se entre vocês?


São vocês o único povo que ela alcançou?
1 COR/NTIOS 14.36

Meu povo está faminto pela minha Palavra, e quando vocês


estão reunidos, gostaria que o alimentasse.
Não use substitutos não comestíveis. Use, sim, o pão delici-
oso das palavras de Jesus. Sirva um banquete e saboreie a comi-
da deliciosa e agradável da verdade divina.
Por que ficaria com fome quando há comida abundante à
sua disposição? E por que deveria ser privado do alimento espi-
ritual quando a mesa está posta diante de você?

199
Alguns alimentos podem parecer estranhos. Não rejeite
nada do que eu oferecer. Você precisa dessa comida; do contrá-
rio, não a ofereceria. Coma, mesmo que o gosto seja estranho.
Logo a comerá com prazer, ainda mais porque essa é uma nova
experiência para você.
Mantenha a mente aberta. De que outra forma poderá cres-
cer? Não tema o engano ou a comida tóxica. Contanto que me
busque, terá a recompensa de me achar. O que você buscar, acha-
rá.
Não pedirá pão e receberá pedra. Não pedirá peixe e recebe-
rá escorpião. Você não precisa temer coisa alguma, exceto o
medo de uma busca mal orientada. Permita que o meu Espírito
Santo reine nos desejos do seu coração, e você será guardado de
motivos indignos. Permita-me manter seus motivos livres de
paixões egoístas, canalizados para as veredas da justiça.
Abra os olhos para tudo que vou mostrar a você. Abra bem
a sua boca e deixe-me enchê-la como prometi.
Seus olhos ficarão extasiados e sua boca se encherá de coisas
boas. Minhas palavras virão a você e a minha verdade sairá de
você.

131. PERMANEÇAM DEBAIXO


DAS MINHAS ASAS

"Quando você atravessar as águas, eu estarei


com você; quando você atravessar os rios, eles
não o encobrirão. Quando você andar através
do fogo, não se queimará; as chamas não o
deixarão em brasas".
íSAIAS 43.2

200
Meu povo: Se tenho poder para criar, será que não está em
meu poder destruir? Não está escrito que quando o oleiro que-
bra um vaso, ele molda outro (veja Jeremias 18.4)? Não agirei eu
da mesma forma? Sim, farei com que a minha vontade seja feita,
e o homem ficará sabendo que a vontade dele é semelhante à
palha que se esmiuça ao vento, quando entulhado contra o
Todo-poderoso.
Mas o meu povo conhecerá a proteção do seu Deus. Visto
que o coração deles está firmado em Jeová, eu os conservarei na
minha habitação e os abrigarei até que passe a adversidade.
Se os retirasse de cena, não poderiam ser testemunhas do
meu poder miraculoso e libertador. Permaneçam debaixo das
minhas asas, e vou torná-los uma torre forte para onde os tími-
dos poderão correr e encontrar segurança.

132. PÃO SOBRE AS ÁGUAS

Atire o seu pão sobre as águas, e depois de


muitos dias você tornará a encontrá-lo.

ECLESIASTES 11.1

Não tenha medo de me seguir, nem retroceda com dúvidas.


Proverei tudo que precisa e abrirei o caminho para você.
Você não está caminhando sozinho. Existem muitos andari-
lhos com você na mesma estrada. Essa é a estrada da fé e da con-
fiança, e você usufruirá a doce comunhão, porque há outros que
se unirão a você nessa caminhada.
Você se regozijará com grande alegria, e a sua alegria será
compartilhada pelos anjos. Eles caminham ao seu lado e guar-
dam o seu caminho.

201
Nunca coloque limites em mim. Estarei ao seu lado, embora
surjam penhascos diante de você. Sempre haverá provisão e, na
minha misericórdia, farei com que as encontre.
Seja humilde e paciente. Estou mais próximo do que pensa,
e farei mais do que pode esperar. Opero em cada coração para
torná-lo submisso à minha Palavra. Você apenas precisa entre-
gá-lo. Farei a obra subsequente, porque a minha Palavra é viva e
eficaz. Ela não falhará. Ela alcançará o seu propósito, embora o
meu propósito possa estar inteiramente oculto a você.

133. O ARTISTAMESTRE

E Deus viu tudo o que havia feito, e tudo havia


ficado muito bom.
GÊNES/S 1.31

Eleve o seu olhar para o céu. Seus olhos contemplarão a


minha glória.
Fiz com que passasse por um período de prova, e meu cora-
ção se regozija em você que enxerga apenas uma parte do qua-
dro, mas eu o vejo completo. Você não sabe o que está na minha
mente e o que estou criando com os materiais de sua vida.
Somente entregue a sua vida em minhas mãos. Você não
precisa fazer seus próprios planos, porque estou no controle, e a
sua interferência seria desastrosa, do mesmo modo que o uso
inexperiente do pincel por uma criança voluntariosa estragaria a
tela do artista-mestre.
Por isso, descanse a sua alma, e saiba que tenho estado tra-
balhando de maneira que você não podia suspeitar; porque a
imagem em sua mente e a obra que estou realizando são cotn-
pletamente diferentes.

202
Não traço pinceladas à esmo. Tudo que faço não é por aca-
so. Cada movimento traz uma criatividade vital e cada pincelada
faz parte do todo.
Nunca desanime pelo aparente contra-senso. Nunca fique
alarmado com um traço colorido repentino, aparentemente fora
de contexto. Apenas diga ao seu coração inquiridor: "É o Infini-
to manuseando o seu pincel. Eu sei que o artista-mestre faz
todas as coisas perfeitas".
E em tudo que faço com a mão livre, sem interferência, pos-
so dar um passo para trás, olhar para obra e dizer: "Muito bom".

134. CONDUZINDO FILHOS A GLÓRIA

O propósito é que não sejamos mais como


crianças, levados de um lado para outro pelas
ondas, nem jogados para cá e para lá por todo
vento de doutrina e pela astúcia e esperteza de
homens que induzem ao erro. Antes, seguindo a
verdade em amor, cresçamos em tudo naquele
que é a cabeça, Cristo.
EFÉS/OS 4.14-15

Meu povo é precioso para mim. Nenhum mal lhes sobrevirá


sem o meu conhecimento. Derramarei a minha graça sobre eles
para torná-los semelhantes à minha imagem. Dou minhas ener-
gias para o desenvolvimento deles.
Não tenho simplesmente gerado filhos, mas estou condu-
zindo filhos à glória. Tenho me alegrado com o nascimento
deles, mas me alegro mais profundamente com a sua
maturidade.

203
Deixem de ser crianças e cresçam. Alimentados pela Palavra
de Deus e auxiliados pela oração, permitam que o seu desenvol-
vimento redunde na estatura plena.
Minha mão está sobre vocês. Aproximem-se. Poderá haver
momentos em que preciso usar a vara da correção, mas isso será
para o seu próprio benefício.
Bênçãos serão retidas e o crescimento retardado, caso resis-
tam à minha disciplina.

135. GRITO DE VITÓRIA

O que é nascido de Deus vence o mundo; e esta


é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.
1 JOÃO 5.4

Meu povo será semelhante a um exército. Eles se locomove-


rão sob o meu comando e verão a vitória. Não os envio a um
vale vazio. Eu os envio contra um inimigo impetuoso, empe-
nhado em destruir e armado até os dentes com armas mortais.
Meu exército o vencerá, porque serei a sua força e farei com que
a força de um seja a força de dez. Irei diante deles, levando a
bandeira.
Bradem o grito de vitória. Seu Deus responderá. Farei com
que os exércitos inimigos fujam desesperados com o som da
minha resposta.
A paz virá como o sossego da alvorada e o silêncio do orva-
lho.

204
136. Ao TOQUE DA TROMBETA

"Dei-lhes a tua palavra, e o mundo os odiou,


pois eles não são do mundo, como eu também
não sou".
JOÃO 17.14

Tenham paciência, amados meus, porque a vinda do Senhor


está próxima. Firmem o seu coração em mim e sejam fiéis. O
Reino está perto e estou fazendo a devida preparação. Não dei
meus profetas simplesmente como demonstrações do miracu-
loso. Eu os enviei com o propósito de comunicar minha
mensagem ao meu povo.
Nunca foi mais importante dar ouvidos a mim do que agora.
A hora é tão vital quanto a comunicação entre um exército e seu
comandante. Não ousem ser cortados. Vocês precisam de dire-
ção como nunca antes. Também precisam saber a posição e
estratégia do inimigo. Estão diante de um clímax crescente.
Batalhas do passado são como brinquedos de criança em com-
paração com o que terão de enfrentar. Estou para iniciar uma
ofensiva sem precedentes. Estejam preparados. Juntem
provisões. Ponham de lado todos os impedimentos.
Minha Palavra soará como o toque da trombeta. Ela será
clara e distinta. Não hesitarei. Muitos ouvirão e estarão vigilan-
tes. Sim, aqueles que vivem no Espírito, ouvirão, mas os mortos
continuarão os seus trabalhos, como se estivessem surdos.
Nenhum sinal será dado a eles senão o sinal do ajuntamento do
meu povo. Os duros de coração, os insensíveis de espírito,
interpretarão mal e condenarão a muitos. Porque se conheces-
sem a verdade, seguiriam. Mas não permitirei que isso aconteça,
porque é melhor não ser compreendido do que se unir a um
povo de coração impassível e despreparado.

205
Porque o meu povo é um povo escolhido por mim. Cuidem
para não dar ouvidos aos gritos de escárnio. Fechem seus ouvi-
dos a todos que buscam impedi-los. Cubram a cabeça e corram
como alguém que corre pela sua vida. Porque, verdadeiramente,
não somente a vida de vocês mas a vida dos seus filhos está em
jogo. Se façam de surdos para os demais, como eles se fazem de
surdos para comigo.
Certamente estou realizando uma obra de justiça na terra.
Eis que digo: Vocês não são do mundo, embora estejam no
mundo. Lavarei os seus pés e os purificarei da sujeira do cami-
nho. Vou prepará-los para andar no caminho de santidade.
Afastarei falsas doutrinas e ouvirão a verdade. Comerão dos
bons produtos da terra. Florescerão e darão frutos.
Uma vez que me buscaram, eu os abençoarei. Estarei no
meio de vocês. Eu me alegrarei com vocês com cânticos.

137. APARECERÃO COMO O OURO

Tu és a minha herança, Senhor; prometi


obedecer às tuas palavras. De todo o coração
suplico a tua graça; tem misericórdia de mim,
conforme a tua promessa.
SALMOS 119.57,58.

Conheço o seu caminho, e quando você aparecer, aparecerá


como o ouro, sim, como ouro puro, que foi provado pelo fogo.
Porque meus olhos estão sobre você com um amor vigilante, e
meus ouvidos estão abertos ao seu clamor.
Não permita que a ansiedade o sobrecarregue. Eu sou aque-
le que carrega suas cargas. Nunca esteja ansioso pelo dia de ama-
nhã, porque no dia seguinte providenciarei o seu sustento.

206
Louve-me agora, e permita que a sua confiança seja manifesta em
mim. Dessa forma, a fé de outros será encorajada, porque a sua
vida é um testemunho para muitos.
O Senhor é a sua porção: Ele o guardará em paz. Pelo fato
de ter feito sua habitação no Altíssimo, ele proverá livramento
nas dificuldades. Ele o abençoará e revelará a grandeza de sua
salvação.

138. VIREI CANTANDO

"Estejam também vocês preparados, porque o


Filho do homem virá numa hora em que não o
esperam".
LUCAS 12.40

Meus filhos, aquietem-se diante de mim, para que possa


falar a vocês. Erguerei a minha voz como o som de trombeta —
falarei claramente a vocês, porque é chegada a hora.
Sejam obedientes e elevem seus padrões de disciplina e dedi-
cação a um nível mais alto. Porque a minha face está voltada
para o meu retorno iminente à terra. Aguardo apenas a ordem
do Pai. Anseio voltar e me unir aos meus escolhidos; mas o Pai
tem os tempos em suas mãos.
Eis que digo a vocês, embora esteja pronto e ansioso para
voltar até vocês — sim, gostaria de ter voltado muito antes —
vocês ainda não estão preparados. Tenho insistido com vocês e
os tenho advertido. Vocês têm rejeitado minhas correçÕes e
lutado contra as repreensões do Espírito.
Rompam a cortina religiosa e contemplem a minha glória.
Mantenham a sua visão totalmente focada em mim. Mantenham
a sua vida em sintonia e sua adoração em harmonia.

207
Virei cantando; e o que vocês serão se estiverem em discor-
dância?

139. ESPERE O INESPERADO

indo Filipe para uma cidade de Samaria, ali


lhes anunciava o Cristo. Quando a multidão
ouviu Filipe e viu os sinais miraculosos que ele
realizava, deu unânime atenção ao
que ele dizia.
ATOS 8.5,6

Filho meu, permita-me falar com você, e permita que meu


Espírito dirija sua vida. Posso conduzi-lo por caminhos inespe-
rados e pedir coisas que parecem assustadoras, mas nunca o gui-
arei por caminhos enganosos.
Ao longo do caminho verá a sombra de minha mão, e onde
quer que o dirija, verá meu poder atuando, e o seu ministério me
glorificará.
Não ande de acordo com o seu raciocínio natural, mas obe-
deça aos toques do meu Espírito e seja obediente à minha voz.
Preciso de pessoas que se dispõe a ser completamente flexí-
veis nesse caminho, porque uma multidão de almas está me pro-
curando, mas que jamais entrará em contato comigo de uma
maneira pessoal, por meio dos canais da igreja organizada.
Vá, como foi Filipe — sob a orientação do Espírito — aos
lugares remotos, levando a minha Palavra aos necessitados.
Permaneça em uma atitude de oração e fé, e deixe o restante
comigo.

208
140. DESTINO ETERNO DO
MOMENTO PRESENTE

Seja um exemplo para os fiéis na palavra, no


procedimento, no amor, na fé e na pureza.
1 TIMÓTEO 4.12

Filho meu, não lhe cabe conhecer o futuro, nem discernir


antecipadamente os meus planos. Basta que caminhemos juntos
em amor e confiança. Que as dúvidas não abalem a sua paz inte-
rior, nem as ansiedades obscureçam a sua fisionomia. Descanse
no conhecimento de que meus caminhos são perfeitos e minha
graça é suficiente. Perceberá que a minha ajuda é adequada,
independentemente do que acontecer.
Que ninguém diga a você: "Isso ou aquilo certamente ocor-
rerá". Antes, viva no conhecimento do destino eterno do
momento presente. Você sairá perdendo se estiver indevida-
mente ocupado com questões do futuro. Existe tanto por fazer!
Está escrito: "Até a minha chegada, dedique-se à leitura
pública da Escritura, à exortação e ao ensino" (1 Tm 4.13). Viva
de acordo com essa regra. Sua vida está em minhas mãos.
Somente posso usar o que estiver disponível para mim no
momento. Muitos precisam de orientação e ajuda para os seus
problemas. Ministre no domínio do aqui e agora, e terá muito
fruto no dia da colheita.

209
210
ÍNDICE DE REFERÊNCIAS BÍBLICAS

Génesis 37.23 8 E^equiel


1.31 202 40.17 64 1.16 30
21.17 92 42.1 78 47.5 48
45 181 42.7 75 Daniel
Êxodo 56.8 98 11.32 17
12.22,23 61 73.23,24 125
Oséias
84.7 83
Números 5.15 19
85.13 194
23.19 105 Amos
89.1 61
32.23 183 8.11 198
91.1 159
Deuteronômio 106.15 79 Malaquias
8.16 12 119.35 15 A2 74
Josué 119.57,58 206 Mateus
3.16,17 36 147.3 98 5.8 23
4.10-14 36 Provérbios 5.13 102
4.24 36 4.11,12 171 6.6 187
5.13-15 36 6.33 5
Eclesiastes
2 Samuel 11.1 201 6.34 21
23.15-16 88 7.8 114
Cantares de Salomão
1 Reis 7.14 149
1.15 163
17.13-16 45 9.29 6
2.9 3
10.38 181
Neemias 2.9-13 3
11.28 100
9.21 183 5.2 191
11.29 192
lsaías 14.20 167
2.3 189 30.15 69 20.11-14 56
5.7 99 33.6 3 24.35 78
38.31 80 40.31 119
Marcos
Salmos 41.17,18 42
4.37-39 64
43.2 200
2.8 113 6.31 144
45.2 165
7.17 105 8.33 155
18.28 18 55.1 144
8.35 28
18.32 175 55.6 62
16.15 26
20.4 137 55.11 151
58.11 68 Lucas
23.1 84
59.21 61 1.37 143
23.6 116
1.41 111
25.10 165 Jeremias
2.25-38 143
27.8 195 2.13 46
4 166
37.4 180 18.4 201
5.4 169
37.5 68 29.13 55

211
6.38 44 7.4 87 2 Timóteo
6.42 54 14.36 199 2.3 94
6.44 139 15.50 75 4.7 38
11.6 48 15.57 45 Hebreus
11.13 40 2 Coríntios 2.3 148
12.32 53 1.5 131 2.18 98
12.40 95 3.6 160 3.14 11
17.12-19 167 3.18 185 5.8 94
18.17 92 4.2 58 11.6 114
João 4.8,9 58 12.1 94
4.14 47 4.17,18 68 12.2 114
5.24 51 6.2 62 13.15 133
7.38 42 6.17 155 Tiago
9.4 146 9.6 100 1.5 4
9.31 13 9.10 100 3.1 167
10.10 145 10.5 71 4.7,8 188
14.10 125 12.9 99 4.10 188
14.18 148 Gaiatas 5.16 89
14.20,21 147 2.20 117 1 Pedro
15.1-6 103 5.22,23 128 1.19,20 129
15.4 166 6.8 65 3.8 157
16.20 24
Efésios 4.8 116
17.14 205
2.6 69 4.17 62
19.30 136
4.12 130 5.6 121
20.27 49
4.13 129 2 Pedro
21.15 1
4.14,15 203 1.5-8 138
Atos 4.16 130
1.8 66 1 João
6.10 154
2.38 40 3.3 177
6.10-17 37
2.39 40 5.4 204
6.17 155
8.5,6 208 3 João
Filipenses
9.15 162 4 132
4:4 105
Romanos 4.6 168 Apocalipse
8.27 16 1.8 103
Colossenses
8.37 135 14.7 172
1.24 136
12.1,2 86 21.1 35
3.15 190
12.2 20 21.6 33
14.17 84 2 Tessalonicenses
15.3 51 3.3 10
7 Coríntios 1 Timóteo
2.5 123 4.12 209
2.9 160 4.13 209
6.3 52

212
VINDI
AMADOS,
MEUS!
"VENHA PARA PERTO DE MIM E
EU MINISTRAREI AO SEU CORAÇÃO E
RENOVAREI O SEU ESPÍRITO ".

Você éo amado ou a amada de Deus e ele deseja


transmitir as palavras que você anseia ouvir.
Venha e marque um encontro com o seu amoroso
Pai celestial nestas meditações inspiradoras.
Por mais de 30 anos, este livro tem encontrado
o seu lugar na vida de milhões de pessoas,
tocando os sedentos com um poder pacífico e
movendo os cristãos a viver de maneira mais plena
pelo santo Salvador.
m
Agora, cuidadosamente atualizado ^
Vinde Amados Meus! o atrairá ao coração do Pai.

"Francês Roberts tem abençoado multidões


com este livro. Em um mundo depressa e barulho,
este volume é um oásis sossegado para uma alma
cansada. Ele merece uma distribuição ampla e
>:
apropriação pessoal".
Adrian Rogers,
Pastor da Belleinie Baptíst Church,
Mênfis, Tennessee, EUA