Você está na página 1de 9

4253 / DDS – GARANTIA DA QUALIDADE

CONFIDENCIAL
HABILITAÇÃO DO COMPONENTE NO OBS.: Para ambiente BRADESCARD este
CHANGEMAN PARA UTILIZAÇÃO NO processo é AUTOMÁTICO no momento da
TRACEMASTER compilação do componente para os ambientes
CERT e DESE.
1. No momento de compilação do componente na
tela STAGE: USER OPTIONS DO TRACE COMPONENTES ONLINE CICS
CHANGEMAN preencher o campo
TRACEMASTER COM Y. 1. Na TELA PRINCIPAL do cics desejado, digitar
1.1. XXT0 para ambiente BRADESCO.
1.2. TMT0 para ambiente BRADESCARD.

3. Na tela SET USER OPTIONS, preencher os


campos:
3.1. SYMBOLS LIBRARY:
3.1.1.AV.CHGM.DMASTER.BSL.TMST.ON
L para ambiente BRADESCO – AL2,
2. Após a COMPILAÇÃO E ATIVAÇÃO DO CA1 e CM1.
COMPONENTE, realizar o PROMOTE para o 3.1.2.AS.PCPA.PROMOTE.TMST.ONL
ambiente de TU desejado. para ambiente BRADESCO – AL2S -
Standin.
3.1.3.MACRO4.TM.SMTMSYM.DESE para
2. Na tela TRACEMASTER/CICS - PRIMARY ambiente BRADESCARD - DESE.
MENU, preencher o campo COMMAND com 0 3.1.4.MACRO4.TM.SMTMSYM.CERT para
– OPTIONS. ambiente BRADESCARD - CERT.
3.2. DISPLAY FORMAT: C – Character
3.3. SCREEN SIZE: 2 - 24x80
3.4. USE M4EXPLORER: N
3.5. SYMBOLS SEARCH: L-Library
3.6. PROFILE SAVE PROMPT: Y - Prompt to
save

30/04/2015 - V. 2.0 PÁG. 1/9


“Este documento foi classificado pelo DDS-4253 / Departamento de Desenvolvimento de Sistemas, e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários e colaboradores da Organização Bradesco”
4253 / DDS – GARANTIA DA QUALIDADE
CONFIDENCIAL
5. Na tela SET UP DEBUG SESSION preencher
o campo PROGRAM NAME com o NOME DO
PROGRAMA que deseja realizar o Trace.

7. Caso deseje realizar Trace em


4. Na tela TRACEMASTER/CICS - PRIMARY SUBPROGRAMAS BATCH chamados por
MENU, preencher o campo COMMAND com 1 meio de CALL, preencher o campo anterior ao
– SETUP. 6. Preencher os campos: nome do programa chamador com P –
6.1. BP AT START: Y caso deseje inserir um SUBPROGRAMS.
Breakpoint no inicio do programa.
6.2. DATE CHK: Para verificar se o executavel
corresponde ao código fonte.

30/04/2015 - V. 2.0 PÁG. 2/9


“Este documento foi classificado pelo DDS-4253 / Departamento de Desenvolvimento de Sistemas, e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários e colaboradores da Organização Bradesco”
4253 / DDS – GARANTIA DA QUALIDADE
CONFIDENCIAL
8. Na tela SPECIFY SUBPROGRAM DETAILS, 10.1. Será exibido o CÓDIGO FONTE para que
localizar o subprograma desejado no item seja incluido os BREAKPOINTS nos itens
SYMBOLS LOCATIONS e apontar a biblioteca: desejados.
8.1. AV.CHGM.DMASTER.BSL.TMST.BAT para
ambiente BRADESCO – AL2, CA1 e CM1.
8.2. AS.PCPA.PROMOTE.TMST.BAT para
ambiente BRADESCO – AL2S – Standin.
OBS.: Para ambiente BRADESCARD não está
disponibilizada a função de Trace de
programas Batch.

10. Caso deseje incluir um BREAKPOINT em outro


ponto do programa, preencher o campo
anterior ao nome do programa desejado com S
– SYMBOLS: 11. Caso deseje realizar o TRACE em
subprogramas chamados por meio de EXEC
CICS LINK, é necessário apontar o NOME DO
PROGRAMA no item PROGRAMS TO LOAD:

9. Na tela SPECIFY SUBPROGRAM DETAILS,


LOCALIZAR O SUBPROGRAMA DESEJADO
no item SUBPROGRAM DETAILS e preencher
os seguintes campos:
9.1. BP AT START: Y para incluir um
breakpoint no inicio do programa.
9.2. DATE CHK: Para verificar se o executavel
corresponde ao código fonte.

30/04/2015 - V. 2.0 PÁG. 3/9


“Este documento foi classificado pelo DDS-4253 / Departamento de Desenvolvimento de Sistemas, e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários e colaboradores da Organização Bradesco”
4253 / DDS – GARANTIA DA QUALIDADE
CONFIDENCIAL
12.1. Será exibido o CÓDIGO FONTE para que 14. Na tela SET UP DEBUG SESSION no item
seja incluido os BREAKPOINTS nos itens SET TRAPS, preencher o campo TERM ID
desejados. caso deseje que a TRANSAÇÃO SEJA
INTERCEPTADA quando rodar naquele
terminal.

12. Caso deseje incluir um BREAKPOINT em outro


ponto do programa, preencher o campo
anterior ao nome do programa desejado com S
– SYMBOLS: 13. Na tela SET UP DEBUG SESSION no item
SET TRAPS, preencher o campo USER ID
com a CHAVE DO ANALISTA caso deseje que 15. Na tela SET UP DEBUG SESSION no item
a TRANSAÇÃO SEJA INTERCEPTADA SET TRAPS, preencher o campo TRAN ID
quando determinado analista executar. caso deseje que a TRANSAÇÃO SEJA
INTERCEPTADA quando for iniciada a partir
de uma determinada transação.

30/04/2015 - V. 2.0 PÁG. 4/9


“Este documento foi classificado pelo DDS-4253 / Departamento de Desenvolvimento de Sistemas, e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários e colaboradores da Organização Bradesco”
4253 / DDS – GARANTIA DA QUALIDADE
CONFIDENCIAL
17. Na tela SET UP DEBUG SESSION no item
SET TRAPS, preencher o campo SERIALIZE
TRAN com Y e o CAMPO TRAN ID com a
transação para que a transação seja
interceptada e TODAS AS DEMAIS
CHAMADAS A TRANSAÇÃO FIQUEM EM
ESPERA ENQUANTO É EXECUTADO O
TRACE.

Iniciar o processo que deseja realizar o TRACE


16. Na tela SET UP DEBUG SESSION no item e, caso as condições informadas no campo SET
SET TRAPS, preencher o campo PROGRAM TRAPS sejam satisfeitas, será direcionado para
NAME para que a TRANSAÇÃO SEJA as telas de DEBUG.
INTERCEPTADA por um determinado
19. Digitar na linha de comando PFSHOW para
programa.
que seja exibido as TECLAS DE FUNÇÃO da
ferramenta.
18. Na tela TRACEMASTER/CICS - PRIMARY
MENU preencher o campo COMMAND com X
– EXIT.

30/04/2015 - V. 2.0 PÁG. 5/9


“Este documento foi classificado pelo DDS-4253 / Departamento de Desenvolvimento de Sistemas, e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários e colaboradores da Organização Bradesco”
4253 / DDS – GARANTIA DA QUALIDADE
CONFIDENCIAL

20. A tecla PF5 executará CADA INSTRUÇÃO DO 21. A tecla PF10 executará o programa até o 22. Para ACRESCENTAR um BREAK POINT
PROGRAMA PARANDO LINHA A LINHA. próximo BREAK POINT e, caso não haja, POSICIONAR o cursor na linha desejada e
executará o programa ATÉ O FINAL sem pressionar a TECLA SHIFT + PF02.
paradas.

30/04/2015 - V. 2.0 PÁG. 6/9


“Este documento foi classificado pelo DDS-4253 / Departamento de Desenvolvimento de Sistemas, e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários e colaboradores da Organização Bradesco”
4253 / DDS – GARANTIA DA QUALIDADE
CONFIDENCIAL
23. Para REMOVER um BREAK POINT
POSICIONAR o cursor na linha desejada e
pressionar a tecla SHIFT + PF03

25. Para REMOVER uma janela de 26. Para DESVIAR O FLUXO DE EXECUÇÃO do
MONITORAÇÃO DE VARIAVEL, basta programa DIGITAR O NUMERO DA LINHA
POSICIONAR o cursor na janela desejada e para onde se deseja DESVIAR e
24. Para que o CONTEÚDO de uma determinada
teclar PF03. PRESSIONAR a tecla SHIFT + PF1, ou
VARIÁVEL seja monitorada em uma janela
escrever o comando GOTO seguido da linha.
individual, POSICIONAR o cursor em cima da
variável e digitar PF06 ou digitar a instrução
DATA seguido do NOME DA VARIÁVEL.

30/04/2015 - V. 2.0 PÁG. 7/9


“Este documento foi classificado pelo DDS-4253 / Departamento de Desenvolvimento de Sistemas, e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários e colaboradores da Organização Bradesco”
4253 / DDS – GARANTIA DA QUALIDADE
CONFIDENCIAL

27. Para localizar determinada palavra no código


fonte, digitar o comando “F” seguido da palavra
desejada:

30/04/2015 - V. 2.0 PÁG. 8/9


“Este documento foi classificado pelo DDS-4253 / Departamento de Desenvolvimento de Sistemas, e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários e colaboradores da Organização Bradesco”
4253 / DDS – GARANTIA DA QUALIDADE
CONFIDENCIAL

Registro de Versões

Versão Data Elaborado por Revisado por Descrição


4253 / GP493 – Gestão de
Ferramentas (Caroline
4253 / GP493 – Gestão de
1.0 30/04/2015 Bueno/Aretha) / GP403 – Gestão Criação do Guia Rápido
Ferramentas
Qualidade Software

30/04/2015 - V. 2.0 PÁG. 9/9


“Este documento foi classificado pelo DDS-4253 / Departamento de Desenvolvimento de Sistemas, e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos funcionários e colaboradores da Organização Bradesco”