Você está na página 1de 4

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ADELAIDE CABETTE

2018/2019

PORTUGUÊS LÍNGUA NÃO MATERNA

Pretérito Imperfeito
1. Ouça a canção de Rui Veloso, Paixão, e preencha os espaços vazios com os verbos em falta.
Tu eras aquela que eu mais __________
Para me dar algum conforto e companhia Contigo aprendi uma grande lição
Era só contigo que eu __________andar Não se ama alguém que não ouve a mesma
Para todo o lado e até quem sabe talvez casar canção

Ai o que eu passei só por te amar Mesmo sabendo que não __________


A saliva que eu gastei para te mudar Empenhei o meu anel de rubi
Mas esse teu mundo era mais forte do que eu P'ra te levar ao concerto que __________no
E nem com a força da música ele se moveu Rivoli

Mesmo sabendo que não __________ Foi nesse dia que percebi
Empenhei o meu anel de rubi Nada mais por nós __________a fazer
P'ra te levar ao concerto que __________no A minha paixão por ti, __________um lume
Rivoli Que não __________mais lenha por onde
arder
E __________só a ti, que eu mais __________
Ao meu lado no concerto nesse dia Mesmo sabendo que não __________
Juntos no escuro de mão dada a ouvir Empenhei o meu anel de rubi
Aquela música maluca sempre a subir P'ra te levar ao concerto que __________no
Mas tu não ficaste nem meia hora Rivoli
Não fizeste um esforço p'ra gostar e foste
embora

1
Observe, agora, a tabela que se segue.
PRETÉRITO IMPERFEITO DO INDICATIVO
verbos regulares verbos irregulares
Chegar Beber Ouvir Ser Ter Vir Pô r
eu chegava bebia ouvia era tinha vinha punha

tu chegavas bebias ouvias eras tinhas vinhas punhas


ele / ela / você chegava bebia ouvia era tinha vinha punha

nós ́
chegávamos bebiamos ́
ouviamos éramos ti ́nhamos vi ́nhamos pú nhamos
vós chegáveis ́
bebieis ́
ouvieis éreis ti ́nheis vi ́nheis pú nheis
eles / elas / vocês chegavam bebiam ouviam eram tinham vinham punham
Os verbos regulares terminados em ar fazem o pretérito
imperfeito com ava.
Os verbos regulares terminados em er ou ir fazem o pretérito
imperfeito com ia.

O Pretérito Imperfeito do Indicativo usa-se para

 referir as horas no passado - Eram oito horas quando acordei.

 referir a idade no passado - Quando eu tinha 10 anos, mudei de casa.

 referir algo que aconteciam no passado - Antigamente, não havia eletricidade.

- Na minha infância, eu brincava todos os dias.


 referir uma ação habitual no passado (costumar+infinitivo) - Eu costumava dormir muito.

 referir uma ação habitual no passado, por oposição ao presente - O Paulo bebia café, mas agora já não.

 Referir a ação com maior duração quando se mencionam duas ações simultâneas no passado - Enquanto

eu preparava o jantar, ele pôs a mesa.

2
2. Complete as frases com os verbos no Pretérito Imperfeito do Indicativo.
a. Antigamente eu ____________ (morar) em Évora. Eu __________ (viver) perto dos meus pais e
______________ (partilhar) a casa com a minha namorada.
b. Eu e os meus colegas ______________ (costumar) almoçar sempre juntos e à tarde nós
_________________ (decidir) estudar sempre um pouco em grupo.
c. Dantes tu ______________ (brincar) muitas vezes com o meu irmão e vocês _______________
(gostar) de passar o tempo a jogar à bola.
d. No meu pai ́s eu ________________ (encontrar) os meus amigos à sexta-feira à noite. Normalmente
nós ________________ (jantar) e _______________ (beber) umas cervejas e depois cada um
________________ (voltar) para sua casa.
e. ________ (ser) meia-noite quando cheguei a casa. Tu chegaste _________ (ser) duas da manhã.
f. Tu ________ (ter) trinta anos quando vieste para Portugal, mas eu _______ (ter) apenas dez.
g. Antes, eles _________ (vir) para a escola a pé e nós _____________ (vir) de autocarro.
h. Vocês já ___________ (estar) em minha casa e eu ainda ____________ (estar) no trabalho.

3. Complete os textos com os verbos no Pretérito Imperfeito do Indicativo.

a) verbo SER + Horas


Ontem _________ dez horas quando ele entrou na empresa. Depois do almoço, o chefe dele chegou
_________ uma e meia da tarde. Na semana passada, ________ oito horas quando eu sai ́ de casa, mas ele
saiu ___________ meio-dia e meia.

b) verbo TER + Idade


Eu __________ vinte e três anos quando terminei o meu curso. A minha namorada _________ vinte e
cinco anos quando terminou o curso de Medicina. Nós fomos viver juntos quando eu _________ trinta anos
e tivemos o nosso primeiro filho quando _________ trinta e cinco.

c) Aspeto durativo (antigamente, dantes, antes)


Antigamente as pessoas _____________ (preferir) viver nas grandes cidades e, por isso, muitas
_______________ - se (deslocar) para Lisboa. Dantes, muitas pessoas ______________ (emigrar) para outros
pai ́ses para terem uma vida melhor, porque ______________ piores condições de vida nos países de origem.
Essas pessoas ______________ (pôr) os sentimentos de lado e ______________ (deixar) parte da família
para trás.

3
P. imperfeito de cortesia e imperfeito com valor condicional
Usamos o p. imperfeito (forma de cortesia) para fazer delicadamente uma afirmação ou um pedido:
- Precisava de falar consigo.
- Trazia-me um copo de água, por favor?
- Queria um café, por favor.

Usamos o p. imperfeito (=condicional) para expressar um desejo:


O meu filho queria ser médico.
Usamos o imperfeito (=condicional) para falar de açõ es pouco prováveis de acontecerem:
Eu ia com vocês, mas infelizmente não tenho tempo.

4. Complete as perguntas com o verbo no p. imperfeito.

a) (vocês)_____________ (poder) dizer-me onde ficam os Correios?


b) (você)______________ -nos (trazer) a ementa, por favor?
c) (tu) ______________ -me (passar) o açúcar, por favor?
d) (você)______________ -me (dizer) as horas, por favor?

5. Complete com os verbos no p. imperfeito.

a) A Ana ______________ (gostar) de tirar um curso nos Estados Unidos.


b) A minha irmã mais nova ______________ (querer) ser professora.
c) Eu ______________ (ir) jogar à bola, mas tenho de estudar.
d) Hoje à noite (eu) ______________ (preferir) ficar em casa.
e) Os meus filhos ______________ (adorar) ir a Paris.
f) Os meus pais ______________ (desejar) o melhor para mim.