Você está na página 1de 3

Universidade Federal de Sergipe

Campus Prof. Alberto Carvalho


Departamento de Física
Disciplina: Didática e Metodologia do Ensino de Física II
Período: 2013/2
Turma: N1
Aluna: Cristiane Cupertino Santos Barbosa
Data: 06/01/2014

TEXTO: CIÊNCIA, TECNOLOGIA E SOCIEDADE (JOSÉ R. R. BERNARDO)

Análise do texto

1-O que significa o CTS para o ensino de ciências?


De acordo com a visão do grupo de trabalho do quarto simpósio da IOSTE o significado
de CTS para o ensino de ciências caracteriza-se como “o ensino do conteúdo de ciências
no contexto autêntico do seu meio tecnológico e social”.
2- Qual é a concepção espontânea que as pessoas têm sobre tecnologia?
Para Acevedo Díaz (1996), o significado da tecnologia, em geral, tem sido reduzido à
dimensão de ciência aplicada. Até mesmo nos livros-texto de ciências, as referências à
tecnologia não passam, na maioria das vezes, de simples aplicações do conhecimento
científico.

3- Quais são as adesões dos professores sobre educação tecnológica?


Baseado em uma pesquisa trazida por Utges et al. (2001), os autores classificaram em
cinco teorias diferentes o pensamento dos professores pesquisados em relação as
concepções sobre a educação em tecnologia.
Teoria 1: Está relacionada com uma visão ampla da tecnologia e uma concepção
educativa orientada para uma pedagogia de projetos, que envolva os alunos em
atividades de grupos para solução de problemas reais, entendo a tecnologia como tema
transversal ao invés de uma disciplina independente e que deve ser de domínio público.
Teoria 2: Atribui à tecnologia um caráter cultural e humanista e concebe a educação
tecnológica como parte da formação para cidadania
Teoria 3: Associada à tecnologia da informação e enfatiza a necessidade do domínio do
uso do computador por parte do aluno.
Teoria 4: Busca promover o aprendizado de habilidades com o uso de ferramentas e
técnicas artesanais, ao invés da compreensão do mundo cotidiano.
Teoria 5: Considera o ensino da tecnologia como um conhecimento a transmitir –
conteúdos tecnológicos específicos que devem ser adicionados aos conteúdos escolares
-, ou seja a ser ensinado de maneira tradicional.

Aderem a teoria 1 aqueles professores que defendem a realização de projetos integrados


para resolução de situações problema a partir de trabalhos em grupos de alunos. Os
professores interessados em aspectos sociais e ambientais relacionados ao
desenvolvimento tecnológico aderem à teoria 2. Professores de matemática e física,
geralmente, são simpatizantes à teoria 3. Professores provenientes do ensino técnico
adotam à teoria 4. Professores de matemática, física e ciências naturais que acreditam
na tecnologia como ciência aplicada e praticam uma abordagem do tipo tradicional, são
adeptos a teoria.
4- As sequências de ensino com abordagens CTS têm, em geral, qual sequência?
1)Introdução de um problema social;
2)análise da tecnologia relacionada ao tema social;
3) estudo do conteúdo científico definido em função do tema social e da tecnologia
introduzida;
4)estudo da tecnologia correlata em função do conteúdo apresentado;
5)discussão da questão social original;

5- Qual o objetivo de um currículo CTS?


Segundo Santos e Mortimer (2001), o principal objetivo de um currículo CTS é preparar
alunos que possam atuar como cidadãos, tomando decisões e agindo com
responsabilidade social. Essa meta educacional que envolve a compreensão da ciência e
da tecnologia na vida pública, e que não se reduz ao conhecimento científico, apenas é
denominada de “educação para ação social responsável”.

6- Qual a diferença entre abordagem conceitual e temática?

A abordagem conceitual estrutura a lógica de organização dos currículos pelos


conceitos científicos, com base nos quais selecionam os conteúdos de ensino. Já a
abordagem temática estrutura a lógica de organização destes currículos com base em
temas, com os quais são selecionados os conteúdos de ensino das disciplinas. Nessa
abordagem, a conceituação científica da programação é subordinada ao tema.

7- Quais são os obstáculos para a abordagem CTS?

Os autores do texto destacaram a relevância de quatro desafios a serem enfrentados por


professores com relação à abordagem CTS, tais como: superação do reducionismo
metodológico, trabalho interdisciplinar, suposta resistência dos alunos à abordagem
temática e o desenvolvimento de temas polêmicos que envolvem conflitos/contradições
sociais. (MUENCHEN e AULER, 2007a: 424). Martins (2002) aponta ainda alguns
obstáculos à proposta CTS: problema dos programas escolares que sendo os
instrumentos oficiais da política educativa condicionam o que os professores fazem em
sala de aula e a questão dos recursos didáticos, considerados pela autora como
elementos essenciais para a organização do ensino de ciências e condicionantes da
aprendizagem. Fontes e Cardoso (2006) chamam a atenção para certas dificuldades de
implementação do enfoque CTS, relacionados com a formação do professor, dentre
elas: a pouca aceitação e envolvimento dos professores, a falta de tempo para a
preparação desta nova abordagem, o receio de uma aprendizagem menos exigente com
um número de conceitos científicos, o receio de perda da identidade profissional (:16-
17).

TEXTO: UMA ANÁLISE DE PRESSUPOSTOS TEÓRICOS DA ABORDAGEM CTS (CIÊNCIA-


TECNOLOGIA-SOCIEDADE) NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA (MORTINER,
E. F.; SANTOS, W. P.)
Análise do texto

1-Quais aspectos caracterizam um currículo com ênfase CTS?

2- Como é formada a estrutura conceitual desses currículos?

3- Como se relacionam a ciência, a tecnologia e a sociedade?

4- Organize uma escala com as características das categorias de ensino CTS.