Você está na página 1de 8

MODELOS ATÔMICOS

O modelo de Rutherford afirmava que os elétrons


Desvendar os segredos da matéria, sua giravam em torno do núcleo, a uma certa distância. No
estrutura, sua constituição, sempre foi um desejo entanto, sabia-se na época, que elétrons girando em
dos estudiosos. Cinco séculos antes de Cristo, os torno do núcleo deveriam perder energia e assim, sua
filósofos gregos especulavam a respeito da órbita seria cada vez mais próxima do núcleo, o que
matéria: seria ela contínua ou descontínua? acabaria provocando sua queda no núcleo, o que
Demócrito e Leucipo eram partidários da seria uma volta ao modelo de Thomson. Era um
descontinuidade, isto é , a matéria poderia ser dilema: se o elétron girasse em torno do núcleo,
dividida em partes cada vez menores, até um deveria perder energia e ficar grudado no núcleo, mas
limite. A esse limite deram o nome de ÁTOMO , como explicar os resultados obtidos por Rutherford?
que em grego significa "indivisível".
Em 1913, Niels Bohr propôs que as leis da
MODELO ATÔMICO DE DALTON Física, vigentes na época, não se aplicavam ao
elétron, pois sua massa era muito pequena. Propôs
O modelo de Dalton foi elaborado em 1808 e que o elétron giraria em torno do núcleo em órbita
é conhecido como “modelo da bola de bilhar” por circular, sem absorver ou emitir energia (sendo assim,
representar os átomos como pequenas bolas o elétron não se precipitaria para o núcleo).
redondas, maciças e indivisíveis. Para ele, átomos Fornecendo-se energia ao elétron, ele salta de uma
de um mesmo elemento são idênticos e elementos órbita para outra mais externa. Da mesma forma,
diferentes apresentam átomos diferentes. Em uma quando um elétron "excitado" retornar a sua órbita, ele
reação química ocorre a reorganização dos emitiria a energia absorvida.
átomos, os quais se unem em varias proporções e Surgia assim o modelo dos níveis de energia,
mantendo suas massas. isto é, os elétrons de um átomo não estariam todos na
mesma órbita e sim distribuídos em órbitas (K, L, M, N,
0 e P).
MODELO DE THOMSON
Apesar do modelo de Dalton ter sido o
ponto de partida para compreender a estrutura da
matéria, ele não explicava uma série de
fenômenos.
Thomson então propôs que o átomo seria
constituído por uma esfera com carga positiva e os
elétrons estariam incrustados nessa esfera, de tal
forma que o total de cargas positivas fosse igual ao
total de cargas negativas. Tal modelo ficou conhecido
como "modelo do pudim de passas". O modelo das órbitas circulares foi alterado
por Sommerfeld que propôs que as órbitas seriam
elípticas, tal como no sistema planetário e imaginou
MODELO DE RUTHERFORD que algumas das órbitas, camadas ou níveis do átomo
de Rutherford-Bohr seriam formadas por subcamadas
Em 1911, Rutherford bombardeou uma fina ou subníveis, e que um subnível seria circular e os
lamina de ouro com partículas alfa. O resultado da demais teriam a forma de elipses.
experiência, revelou que 99% das partículas
atravessaram a lamina sem desvio, algumas desviaram Resumindo
e atravessaram e outras desviaram e retornaram. Para
explicar os resultados experimentais, Rutherford propôs O modelo de Bohr inclui uma série de
um modelo nuclear, isto e, haveria no átomo um núcleo postulados (postulado é uma afirmação aceita como
muito pequeno e positivo e os elétrons girariam ao verdadeira, sem demonstração):
redor do núcleo. Essa região ao redor do núcleo, onde
se encontram os elétrons, é chamado de eletrosfera. O 1. Os elétrons, nos átomos, movimentam-se ao
elétron é muito leve, cerca de 1836 vezes mais leve redor do núcleo em trajetórias circulares,
que o próton. Esse modelo é conhecido como “modelo chamadas de camadas ou níveis.
planetário”. 2. Cada um desses níveis possui um valor
Em 1920, Rutherford propôs que no núcleo, determinado de energia.
além dos prótons, deveria existir pares de prótons e 3. Não é permitido a um elétron permanecer entre
elétrons, os quais ele chamou de nêutrons. Somente dois desses níveis.
em 1932, Chadwick descobriu a existência dos 4. Um elétron pode passar de um nível para outro de
nêutrons. A maior parte da massa do átomo se maior energia, desde que absorva energia
encontra no núcleo, onde se encontram os prótons e os externa (salto quântico). Quando isso acontece,
nêutrons. dizemos que o elétron foi excitado.
5. O retorno do elétron ao nível inicial se faz
acompanhar da liberação de energia na forma de
ondas eletromagnéticas.
MODELO DE BOHR
O modelo atômico de Rutherford, modificado por Os elementos que pertencem à família B, que
Bohr, é também conhecido como modelo de compreende as famílias de número 3 à 12, são
Rutherford-Bohr. chamados de transição e todos são metais.
OBS: O número máximo de elétrons por camadas é: A maior parte ´dos elementos da tabela são de
K = 2 L = 8 M = 18 N = 32 O = 32 P = 18 Q = 2. natureza metálica. Os principais ametais estão
descritos no : F – O – N – Cl – Br – S – I – C – P – H
DISTRIBUIÇÃO ATÔMICA Vale a pena lembrar que todos esses
elementos são diatômicos quando formam
LINUS PAULING substâncias simples mas Só Pra Contrariar a regra, os
SPC não são diatômicos (S8 – P4 – C).
Atualmente, os cientistas preferem identificar A tabela periódica compreende de 7 períodos
os elétrons mais por seu conteúdo de energia do que (horizontal), que correspondem ao número de
por sua posição na eletrosfera. Por meio de cálculos camadas que o elemento possui. Assim, se o
matemáticos, chegou-se a conclusão de que os elemento possui 5 camadas, ele estará localizado no
elétrons se dispõe ao redor do núcleo atômico de quinto período.
acordo com sua energia. A distribuição dos elétrons de um elemento
O cientista americano Linus Pauling (1901- por Linus Pauling nos fornece algumas informações :
1994) imaginou um diagrama (conhecido como
diagrama de Pauling) onde ordenou os elétrons 1. A que período pertence o elemento = nível mais
segundo suas energias. alto da distribuição.
2. O número de elétrons da última camada = soma
K 1s2 dos elétrons do último nível.
3. A localização do elétron mais periférico = é o
L 2s2 2p6 elétron que se encontra na última camada da
distribuição.
M 3s2 3p6 3d10 4. O elétron mais energético é o último elétron da
distribuição.
N 4s2 4p6 4d10 4f14 5. A que tipo de família pertence o elemento :
5a) Se a distribuição terminar em s ou p, o
O 5s2 5p6 5d10 5f14
elemento pertence à família A .
P 6s2 6p6 6d10 5b) Se a distribuição terminar em d ou f, o
elemento pertence à família B .
Q 7s2 6. O número da família a que pertence o elemento :
6a) s = o expoente indica o número da família A.

A distribuição eletrônica é feita de acordo com o 6b) p = a soma do último s e p mais dez (10),
número atômico (número de prótons) do elemento em indica o número da família A.
questão. 6c) d = a soma do último s e d indica o número da
Indica a família B.
quantidade 6d) f = são os elementos de transição interna e
Indica o nível pertencem à família 3 do sexto e sétimo
de elétrons
energético período.
no subnível
dos elétrons
Exemplo : 51Sb

1s2 – 2s2 – 2p6 – 3s2 – 3p6 – 4s2 – 3d10 – 4p6 – 5s2 –


3d9 4d10 – 5p3

5p3 – É o último da distribuição. Isso quer dizer que o


elétron mais energético se encontra no subnível p, do
quinto nível. O elétron mais periférico coincide com o
Indica o subnível mais energético, pois ele também representa a última
onde se camada.
encontram os O elemento pertence ao 5o período e à família 15
elétrons (5A) pois a soma do último s, d e p dá um valor igual a
Como fica a distribuição de Linus Pauling 15 .
respeitando a ordem crescente de energia?
Outro exemplo : 45Rh
1s2 – 2s2 – 2p6 – 3s2 – 3p6 – 4s2 – 3d10 – 4p6 – 5s2 –
4d10 – 5p6 – 6s2 – 4f14 – 5d10 – 6p6 – 7s2 – 5f14 – 6d10 1s2 – 2s2 – 2p6 – 3s2 – 3p6 – 4s2 – 3d10 – 4p6 – 5s2 –
4d7
A tabela periódica é dividida em duas grandes
famílias: A e B. Os elementos que pertencem à família 4d7 – É o último da distribuição. Isso quer dizer que o
A, que compreende as famílias de número 1,2 e 13 ao elétron mais energético se encontra no subnível d, do
18, são conhecidos como representativos . quarto nível. O elétron mais periférico não coincide
com o mais energético. A última camada está
2
representada pelo 5s2. Assim o elétron mais periférico À luz dos conhecimentos atuais, quais as criticas que
se localiza no quinto nível de energia e no subnível s. podem ser formuladas a cada uma dessas hipóteses?
O elemento pertence ao 5o período e à família 9
(8B) pois a soma do último s e d dá um valor igual a 9. 2. Analise as proposições abaixo e diga se são
verdadeiros ou falsos :
IDENTIFICAÇÃO DOS ÁTOMOS
( ) Associar o átomo a uma esfera maciça está de
Os átomos são identificados segundo o seu acordo com a teoria atômica de Dalton.
número de prótons, nêutrons e elétrons. Assim, ( ) Para Thomson, o átomo era uma esfera positiva
convém sabermos alguns conceitos: com cargas negativas.
Número atômico (Z) – É a quantidade de ( ) Rutherford introduziu o modelo nuclear para o
prótons existente no núcleo do átomo. átomo (núcleo com elétrons).
Número de nêutrons (N) – É a quantidade de ( ) Para Bohr, os elétrons localizam-se ao redor do
nêutrons existentes no núcleo do átomo. núcleo em órbitas específicas.
Número de massa (A) – É a soma dos ( ) Segundo Rutherford, a carga do núcleo é positiva
números de prótons e nêutrons existentes no núcleo devido aos prótons.
atômico.
A 3. Uma importante contribuição do modelo atômico
Representação – ZX
Em um átomo neutro o número de prótons é de Rutherford foi considerar o átomo constituído de :
igual ao número de elétrons. Um átomo que apresenta
o seu número de elétrons diferente do número de a) Elétrons mergulhados numa massa homogênea
prótons é um íon. Um íon positivo é conhecido pelo de carga positiva.
nome de cátion e apresenta número de elétrons b) Um núcleo muito pequeno de carga positiva
menor do que o número de prótons (perda de cercado por elétrons em órbitas circulares.
elétrons). Um íon negativo é conhecido pelo nome de c) Um núcleo de massa insignificante em relação à
ânion e apresenta número de elétrons maior do que o massa do elétron.
número de prótons (ganho de elétrons) d) Uma estrutura altamente compactada de prótons e
Existem elementos diferentes na natureza que elétrons.
apresentam algum número igual. São eles: e) Nuvens eletrônicas distribuídas ao redor de um
Isótopos – São elementos químicos iguais núcleo positivo.
porque apresentam o mesmo número de prótons
porem diferem em seu número de massa. Exemplo : 4. O bombardeamento da folha de ouro com
Hidrogênio partículas alfa, no experimento de Rutherford, mostra
que algumas dessas partículas sofrem desvio
1H1 H2
1 1H3 acentuado do seu trajeto, o que é devido ao fato de
Prótio Deutério Trítio que as partículas alfa:

Isóbaros – São elementos químicos a) Chocam-se com as moléculas de ouro.


diferentes, portanto apresentam números atômicos b) Têm carga negativa e são repelidas pelo núcleo.
diferentes, mas apresentam o mesmo número de c) São muito lentas e qualquer obstáculo as desvia.
massa. Exemplo : Potássio e cálcio. d) Têm carga positiva e são repelidas pelo núcleo.
19 K40 20 Ca40 e) Não podem atravessar a lâmina de ouro.

Isótonos – São elementos químicos 5. O sal de cozinha emite luz de coloração amarela
diferentes, com número de massa diferentes mas com quando colocado numa chama. Baseando-se na teoria
o mesmo número de nêutrons. Exemplo :Cloro e atômica, é correto afirmar que:
cálcio.
a) Os elétrons do cátion Na+, ao receberem energia
17 Cl37 20 Ca40 da chama, saltam de uma camada mais externa para
N=20 N=20 uma mais interna, emitindo luz amarela.
b) A luz amarela emitida nada tem a ver com o sal de
Isoeletrônicos – São íons de elementos cozinha, pois ele não é amarelo.
químicos diferentes que apresentam o mesmo número c) A emissão da luz amarela se deve aos átomos de
de elétrons. Exemplo : F– e Na+. oxigênio.
9 F– 11 Na+ d) Os elétrons do cátion Na+, ao receberem energia
-
-
e =10 e =10 da chama, saltam de uma camada mais interna para
uma mais externa e, ao perderem essa energia ganha,
emitem-na sob a forma de luz amarela.
Exercícios conceituais e) Qualquer outro sal também produziria a mesma
coloração.
1. Dalton, na sua teoria atômica, propôs, entre outras 6. Podemos afirmar, utilizando uma linguagem
hipóteses, que: bastante grosseira, que a massa do átomo:
- Os átomos são indivisíveis.
- Átomos de um determinado elemento são idênticos a) Está igualmente repartida entre o núcleo e a
em massa. camadas eletrônicas.
b) Está praticamente toda concentrada nos prótons.
3
c) Está praticamente toda concentrada nos nêutrons.
d) Está praticamente toda concentrada nos elétrons. a) o carbono, no composto CH4 com 4 elétrons na
e) Está praticamente toda concentrada no núcleo. camada de valência, possui estrutura tetraédrica
b) o composto CHCl3 é uma substância polar, e o
7. Para se identificar se uma amostra contém sódio, benzeno (C6H6) é uma substância apolar
leva-se a mesma a chama do bico de Bunsen. Se a c) o carbono possui várias formas alotrópicas
mesma adquirir coloração amarela, o teste e positivo. d) o carbono combina-se com elementos da família
Explique o fenômeno, recorrendo ao modelo de Bohr. 7A, formando compostos de fórmula CX 4 onde X
representa um halogênio
8. Considere o modelo atômico de Bohr. Um elétron e) o carbono 12 (C12) possui 12 prótons no seu núcleo
ao saltar da camada K para a camada L deve absorver
ou emitir energia?
5. (cftce 2005) É CORRETA a afirmativa:
9. No exercício proposto, responder os itens abaixo,
utilizando a distribuição eletrônica de Linus Pauling : a) alotropia é o fenômeno que algumas substâncias
apresentam de formar dois ou mais elementos
a) A que família pertence o elemento. químicos diferentes
b) A que período pertence o elemento. b) o que caracteriza um elemento químico é sua carga
c) A localização do elétron mais periférico. nuclear
d) A localização do elétron mais energético. c) substâncias compostas são constituídas por átomos
de números de massa diferentes
d) átomos de elementos químicos diferentes têm
A) 20A F) 73F sempre números de elétrons diferentes
B) 32B G) 13G e) uma substância pura, independente do processo de
C) 83C H) 60H preparação, sempre apresenta a massa dos seus
D) 55D I) 32I elementos em proporção variável
E) 27E J) 54J
6. (cftce 2006) A soma total de todas as partículas,
Exercícios avançados prótons, elétrons e nêutrons, pertencentes às espécies
a seguir, é:
1. (Ufg 2006) Observe o trecho da história em
quadrinhos a seguir, no qual há a representação de a) 162
um modelo atômico para o hidrogênio. b) 161
c) 160
d) 158
e) 157

7. (cftmg 2004) O átomo de um elemento X apresenta,


no seu estado fundamental, a seguinte distribuição
eletrônica nos níveis de energia:
K = 2, L = 8, M = 2

Sabendo que um dos isótopos desse elemento tem 12


Qual o modelo atômico escolhido pelo personagem no nêutrons, a sua representação é:
último quadrinho? Explique-o.
a) 12X12.
2. A experiência de Rutherford, que foi, na verdade, b) 12X24.
realizada por dois de seus orientados, Hans Geiger e c) 24X12.
Ernest Marsden, serviu para refutar especialmente o d) 24X24.
modelo atômico:
8. (cftmg 2004) Considere a espécies representadas a
a) de Bohr. seguir:
b) de Thomson. R+2 (Z = 20), Q–1 (Z = 9), 11Y23 e 8Z16
c) planetário.
d) quântico. A respeito dessas espécies é correto afirmar que:
e) de Dalton.
4. (cftce 2004) O elemento químico carbono é de a) Q–1 tem nove prótons.
fundamental importância na constituição de b) Z possui dezesseis elétrons.
compostos orgânicos. Baseado nas propriedades do c) Y possui onze elétrons no núcleo.
carbono e nos conceitos químicos relacionados aos d) R+2 é um cátion com 22 elétrons no núcleo.
itens a seguir, é FALSO afirmar que:
9. (cftmg 2004) São dadas as seguintes informações
relativas aos átomos hipotéticos X, Y e W:

4
- o átomo Y tem número atômico 46, número de
massa 127 e é isótono de W;
- o átomo X é isótopo de W e possui número de
massa igual a 130; Rutherford concluiu que:
- o número de massa de W é 128.
a) o núcleo de um átomo é positivamente carregado.
Com essas informações é correto concluir que o b) os átomos de ouro são muito volumosos.
número atômico de X é igual a: c) os elétrons em um átomo estão dentro do núcleo.
a) 47. d) a maior parte do volume total um átomo é
b) 49. constituído de um espaço vazio.
c) 81.
d) 83. 16. (Pucmg 2007) Assinale o elemento que pode
formar um cátion isoeletrônico com o Neônio (Ne) e se
10. (cftmg 2005) Certo elemento forma um cátion ligar ao oxigênio na proporção de 1:1.
bivalente de configuração eletrônica Dados: 9F; 11Na; 12Mg; 13Al
1s22s22p63s23p64s23d104p64d6. Pode-se afirmar
corretamente que seu: a) F
b) Na
a) número atômico é igual a 42. c) Mg
b) átomo neutro possui 42 elétrons. d) Al
c) átomo neutro possui 4 níveis de energia.
d) cátion trivalente é mais estável que o bivalente. 17. (Pucmg 2007) Assinale a afirmativa que descreve
ADEQUADAMENTE a teoria atômica de Dalton. Toda
matéria é constituída de átomos:
11. (cftmg 2005) Os elementos hipotéticos X, Y, Z e W
apresentam as seguintes distribuições eletrônicas: a) os quais são formados por partículas positivas e
negativas.
X - 1s2 2s2 2p6 b) os quais são formados por um núcleo positivo e por
Y - 1s2 2s2 2p6 elétrons que gravitam livremente em torno desse
Z - 1s2 2s2 2p6 3s2 núcleo.
W - 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 c) os quais são formados por um núcleo positivo e por
elétrons que gravitam em diferentes camadas
Considerando esses elementos, é correto afirmar que: eletrônicas.
e) e todos os átomos de um mesmo elemento são
a) Z é um metal alcalino. idênticos.
b) X possui a menor eletronegatividade.
c) Y possui o menor potencial de ionização. 18. (Pucrj 2006) Analise as frases abaixo e assinale a
d) Y e W formam um composto de fórmula W‚Y. alternativa que contém uma afirmação incorreta.

13. (Puc-rio 2007) No cotidiano, percebemos a a) Os nuclídeos 12C6 e 13C6 são isótopos.
presença do elemento químico cálcio, por exemplo, b) Os isóbaros são nuclídeos com mesmo número de
nos ossos, no calcário, entre outros. Sobre esse massa.
elemento, é correto afirmar que: c) O número de massa de um nuclídeo é a soma do
número de elétrons com o número de nêutrons.
a) o nuclídeo 20Ca40 possui 22 prótons, 20 elétrons e d) A massa atômica de um elemento químico é dada
20 nêutrons. pela média ponderada dos números de massa de
b) o cloreto de cálcio se dissocia em meio aquoso seus isótopos.
formando íons Ca1+. e) Os isótonos são nuclídeos que possuem o mesmo
c) o cálcio faz parte da família dos halogênios. número de nêutrons.
d) o cálcio em seu estado normal possui dois elétrons
na camada de valência.
e) o cálcio é um metal de transição. 19. (Pucrs 2007) Um experimento conduzido pela
equipe de Rutherford consistiu no bombardeamento
14. (Pucmg 2006) A espécie 55Mn3+ possui: de finas lâminas de ouro, para estudo de desvios de
partículas alfa. Rutherford pôde observar que a
a) 25 prótons, 25 nêutrons e 25 elétrons. maioria das partículas alfa atravessava a fina lâmina
b) 27 prótons, 27 nêutrons e 25 elétrons. de ouro, uma pequena parcela era desviada de sua
c) 53 prótons, 55 nêutrons e 51 elétrons. trajetória e uma outra pequena parcela era refletida.
d) 25 prótons, 30 nêutrons e 22 elétrons. Rutherford então idealizou um outro modelo atômico,
que explicava os resultados obtidos no experimento.
Em relação ao modelo de Rutherford, afirma-se que:

15. (Pucmg 2007) Observe atentamente a


representação a seguir sobre um experimento clássico
realizado por Rutherford:

5
I. o átomo é constituído por duas regiões distintas: o 23. (Puc-rio 2007) Assinale a afirmativa correta:
núcleo e a eletrosfera.
II. o núcleo atômico é extremamente pequeno em a) O nuclídeo Ar40 possui 18 prótons, 18 elétrons e 20
relação ao tamanho do átomo. nêutrons.
III. os elétrons estão situados na superfície de uma b) Os nuclídeos U238 e U235 são isóbaros.
esfera de carga positiva. c) Os nuclídeos Ar40 e Ca40 são isótopos.
IV. os elétrons movimentam-se ao redor do núcleo em d) Os nuclídeos B11 e C12 são isótonos.
trajetórias circulares, denominados níveis, com valores e) Os sais solúveis dos elementos da família dos
determinados de energia. alcalino terrosos formam facilmente, em solução
aquosa, cátions com carga 1+.
As afirmativas corretas são, apenas:
24. (FEI) Um íon de carga 3- tem o mesmo número de
a) I e II b) I e III c) II e IV d) III e IV e) I, II e III elétrons que um certo átomo neutro, cujo número
atômico é 14. Sabendo-se que o íon possui 20
20. (Ufla 2007) O potássio não ocorre livremente na nêutrons,o número atômico e o número de massa do
natureza e sim na forma combinada. Alguns minerais átomo que dá origem a esse íon são,
do potássio são: respectivamente:
carnalita (KMgCl3 . 6H2O);
langbeinita [K2Mg2(SO4)3] e a) 11 e 31 b) 14 e 34 c) 17 e 37
silvita (KCl). d) 37 e 17 e) 34 e 14
A respeito do elemento químico potássio, é
CORRETO afirmar que: 25. Um íon A3- é isoeletrônico de um íon B 2+, ou seja,
a) é um metal de transição. ambos tem o mesmo número de elétrons. Sabendo
b) os átomos podem apresentar estados de oxidação que o número atômico de A é igual a 34, qual será o
+1 e +2. de B ?
c) o potássio é isoeletrônico do Ar.
d) os seus átomos possuem um elétron na camada de 26. São dadas as seguintes informações relativas aos
valência. átomos X, Y e Z:

21. (Ufmg 2007) Analise o quadro, em que se I. X é isóbaro de Y e isótono de Z


apresenta o número de prótons, de nêutrons e de II. Y tem número atômico 56, número de massa 137 e
elétrons de quatro espécies químicas: é isótopo de Z.
III. O número de massa de Z é 138.

Calcule o número atômico de X.

27. Temos três átomos genéricos A , B e C. O átomo A


tem número atômico 70 e número de massa 160. O
átomo C tem 94 nêutrons e é isótopo do átomo A . O
Dados : 1H; 9F átomo B é isóbaro de C e isótono de A. Determine o
Considerando-se as quatro espécies apresentadas, é número de elétrons do átomo B 2+ e seu número
INCORRETO afirmar que: atômico.

a) I é o cátion H+.
b) II é o ânion F.
c) III tem massa molar de 23 g/mol.
d) IV é um átomo neutro. 28. Dados os átomos dos elementos X, Y, Z e W, e
sabendo-se que:
22. (Ufrs 2006) Entre as espécies químicas a seguir,
assinale aquela em que o número de elétrons é igual  X tem número atômico igual a 31 e 40
ao número de nêutrons. partículas nucleares.
Dados :1H; 6C; 8O; 10Ne; 17Cl
 X é isóbaro de Z e é isótono de Y
 Z tem 15 partículas sem carga e é isótopo de
a) 2H+
W
b) 13C
c) 16O–2  Y possui 30 cargas nucleares e é isóbaro de
d) 21Ne W
e) 35Cl– Determine o número atômico e o número de
massa de todos os átomos dados.

29. Têm-se os átomos A, B, C, D e E.


 A possui 50 cargas nucleares e número de
massa igual a 120
 B possui 7 partículas neutras a menos que C
e número de massa igual a 130

6
 C é isóbaro de A e possui 10 partículas D 1 (1A) 6 6s1 6s1
nucleares com carga a menos que D
 D é isótopo de A e isóbaro de B E 9 (8B) 4 4s2 3d7
 E é isótono de C e isoeletrônico de B F 5 (5B) 6 6s2 5d3
Determine o número atômico e o número de massa de 13
G 3 3p1 3p1
cada um dos átomos dados. (3A)
H 3 (3B) 6 6s2 4f4
30. Têm-se os átomos A, B, C, D e E. A possui 78 14
I 4 4p2 4p2
partículas nucleares e 33 partículas com massa (4A)
desprezível. B possui 35 cargas nucleares e 46 J 18 (0 5 5p6 5p6
partículas sem carga. B e C são isótopos, C e A são ou 8A)
isótonos, D e B são isóbaros, D e A são isótonos, E e Respostas dos exercícios avançados
D são isoeletrônicos e E e A são isóbaros. Ache os
números atômicos e de massa de cada um dos 1. O modelo atômico apresentado é o modelo de Bohr.
átomos dados, e determine o número de nêutrons do No modelo de Bohr, os elétrons giram em torno do
átomo E. núcleo, em níveis específicos de energia, chamados
de camadas. No caso do modelo do átomo de
Desafio: Considere as seguintes informações sobre hidrogênio apresentado, pode-se observar que a
os átomos A, B e C : órbita não é elíptica, e o elétron gira em torno do
núcleo, em uma região própria, ou em uma camada
 A e B são isótopos chamada de camada K. Aceita-se também a resposta
 A e C são isótonos como modelo de Rutherford-Bohr.
 B e C são isóbaros
 O número de massa de A é igual a 55 2. [B]
 A soma dos números de prótons de A, B e C é
3. [D]
igual a 79
 A soma dos números de nêutrons de A, B e C 4. [E]
é igual a 88
5. [B]
Determine os números atômicos e de massa de A, B e
C. 6. [E]
7. [B]
Respostas
8. [A]
Respostas dos exercícios conceituais
9. [A]
1. Átomos são constituídos por prótons, nêutrons e 10. [D]
elétrons; elétrons podem ser arrancados dos
11. [A]
átomos produzindo íons; átomos podem sofrer
fissão nuclear, originando outros núcleos. Átomos 12. [C]
de um mesmo elemento podem apresentar
13. [D]
diferentes números de nêutrons e portanto massas
diferentes (como é o caso dos isótopos). 14. [D]
2. 2- Todas são verdadeiras
15. [A]
3. Alternativa “b”
4. Alternativa “d 16. [C]
17. [D]
5. Alternativa “d” 18. [C]
6. Alternativa “e
19. [A]
7. O calor da chama excita os elétrons periféricos
para um subnível mais energético e instável. O 20. [D]
retorno dos mesmos à sua situação inicial é feito
21. [D]
com emissão de energia com características
especificas (no caso a luz amarela), permitindo a 22. [E]
sua identificação.
23. [D]
8. K é menos energética que L, portanto deve
absorver energia. 24. [A]
9.
25. 39
questão família período periférico energético
26. 55
27. Z=74 e E=72
A 2 (2A) 4 4s2 4s2
28. 31X40 ; 30Y39 ; 25Z40 ; 25W39
B 14 4 4p2 4p2
(4A) 29. 50A120 ; 57B130 ; 40C120 ; 50D130 ; 57E137
C 15 6 6p3 6p3
(5A)
7
30. 33A78 ; 35B81 ; 35C80 ; 36D81 ; 36E78
Desafio : 26A55 ; 26B56 ; 27C56