Você está na página 1de 5

Faculdade Cesusc

Rod. SC-401, KM 10 - Santo Antônio de Lisboa – Fone 48 32392600


88050-001, Florianópolis – Santa Catarina - Brasil

PLANO DE ENSINO

I. IDENTIFICAÇÃO

Curso: Psicologia Semestre: 2019.1.


Disciplina: Psicologia e Educação Nº Horas/Aula: 80
Data: Sexta-feira Horário: 07:50h às 11:20h
Professor: Rudinei Luiz Beltrame e-mail: rudinei.beltrame@hotmail.com

II. EMENTA

Ementa: Educação e escolarização. A escola como instituição social – sua história. Principais problemas do
ensino público brasileiro. A abordagem clínica e psicossociológica na escola. O papel do psicólogo escolar.

III. OBJETIVOS

Geral: Instrumentalizar o aluno para atuação profissional na interface psicologia e educação.


Específicos: (i) refletir sobre as funções da instituição escolar e sobre os impasses atuais do ensino público;
(ii) conhecer como se constituiu historicamente o campo da psicologia escolar e suas principais abordagens;
(iii) analisar as contribuições da psicologia em diferentes contextos educacionais, frente as problemáticas das
escolas no mundo contemporâneo.

IV. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

1. Apresentação do Plano de Ensino e pactuação do plano de trabalho


2. Função da instituição escolar
3. Pobreza e contextos educacionais/ Educação libertadora
4. Atuação da(o) Psicóloga(o) no contexto escolar
5. Pressupostos teórico-metodológicos voltados à construção de processos educativos que tenham
como horizonte a garantia dos direitos humanos.
6. Processos de normalização, patologização e medicalização das diferenças.
7. Relações raciais e contextos educacionais
8. Deficiência e contextos educacionais
9. Relações de Gênero, sexualidades e contextos educacionais
10. Violência e contextos educacionais

AULA DATA ATIVIDADE


01/03 -
08/03 -
1 Apresentação do Plano de Ensino e pactuação do plano de trabalho
15/03
Introdução a Psicologia Escolar
Documentário: A história do Patrick
2 22/03 Função da instituição escolar

Leitura Prévia: COIMBRA, Cecília Maria B. As funções da instituição escolar: análise e


reflexões. Psicol. cienc. prof., Brasília, v. 9, n. 3. 1989. Disponível em:
http://dx.doi.org/10.1590/S1414-98931989000300006.

Texto Complementar: Texto: Bock, Ana M. B., Furtado, O. & Teixeira, Maria de L.T.
Psicologias: uma introdução ao estudo de Psicologia. São Paulo: Saraiva, 2008. Capítulo
18: A Escola: p. 266-280.

Texto Complementar: Rocha, Marisa. Lopes da. (2000). Educação em tempos de tédio:
um desafio à micropolítica. In.: E. de Tanamachi, M. L. da Rocha & M. Proença (Orgs.),
Psicologia e educação: desafios teórico-práticos. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2000, p.
185-207.
3 Pobreza e contextos educacionais
Leitura Prévia: PATTO, M. H. S. Da psicologia do 'desprivilegiado' a psicologia do
oprimido. In: ______. (Org.). Introdução à Psicologia escolar. São Paulo: T. A. Queiroz,
1982.

29/03 Educação libertadora


Leitura Prévia: Freire, P. Educação "bancária" e educação libertadora. Em M. H. S. Patto
(Org.). Introdução à Psicologia Escolar. (pp.54-70). São Paulo: T.A.Queiroz, 1982.

Leitura complementar: SAVIANI, Demerval. Escola e Democracia. São Paulo: Cortez


Editora, 1990.
4 Atuação da(o) Psicóloga(o) no contexto escolar

05/04 Leitura Prévia: ZANELLA, Andréa Vieira. Reflexões sobre a atuação do(a)
psicólogo(a) em contextos de escolarização formal. Psicol. cienc. prof., Brasília,
v. 23, n. 3, p. 68-75, set. 2003.
5 Pressupostos teórico-metodológicos voltados à construção de processos educativos
que tenham como horizonte a garantia dos direitos humanos.
12/04
Leitura Prévia: GESSER, Marivete. Políticas públicas e direitos humanos: desafios à
atuação do Psicólogo. Psicol. cienc. prof. [online]. 2013, vol.33, n.spe, pp.
19/04 Feriado
6 N1 - Prova escrita

Processos de normalização, patologização e medicalização das diferenças.

Leitura Prévia: Eidt, N. M. & Tuleski, S. C. (2007). Discutindo a medicalização brutal


em uma sociedade hiperativa. In M. E. M. Meira, & M. G. D. Facci (Orgs.), Psicologia
Histórico-Cultural: Contribuições para o encontro entre a subjetividade e a educação (pp.
26/04 221-248). São Paulo: Casa do Psicólogo.

Leitura Complementar: Decotelli, Kely Magalhães; BOHRE, Luiz Carlos Teixeira and
BICALHO, Pedro Paulo Gastalho de. A droga da obediência: medicalização, infância e
biopoder: notas sobre clínica e política. Psicol. cienc. prof. [online]. 2013, vol.33, n.2,
pp. 446-459. ISSN 1414-9893. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1414-
98932013000200014.

7 Processos de normalização, patologização e medicalização das diferenças.


03/05
Continuidade

8 10/05 Relações raciais e contextos educacionais – Cine Debate


Documentário “Olhos Azuis”. Participação de convidada – Lia, Bruna ou Renata

Leitura Prévia: SCHUCMAN, L. V. Racismo e “branquitude” na sociedade brasileira.


Disponível: em:

2
http://agencia.fapesp.br/racismo_e_branquitude_na_sociedade_brasileira/2062 8/
9 Deficiência e contextos educacionais
Vídeo: não é porque eu tenho deficiência

17/05 Leitura Prévia: ANGELUCCI, Carla Biancha; LINS, Flávia Ranoya Seixas. Pessoas
significativamente diferentes e o direito à educação: uma relação atravessada pela queixa.
In: SOUZA, Beatriz de Paula (org.). Orientação à queixa escolar, São Paulo, Casa do
Psicólogo, 2007. P. 329-349.
10 Relações de Gênero, sexualidades e contextos educacionais

Assistir vídeo Gênero e educação infantil. Prof. Regina Ingrid Bragagnolo:


http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/99675
24/05
Leitura Prévia: Pedagogia do Armário. Revista Cult, nº 6, Ano 19. Página 42.

Convidado: Ematuir Teles de Sousa


11 31/05 N2 – Prova escrita
12 Violência e contextos educacionais

Leitura Prévia: Gonçalves Filho, J.M. Humilhação social: humilhação política. In:
SOUZA, Beatriz de Paula (org.). Orientação à queixa escolar. São Paulo: Casa
do Psicólogo, 2007. p.187-222.
07/06 Leitura complementar: Sawaia, B. O sofrimento ético-político como categoria de
análise da dialética exclusão/inclusão. In: SAWAIA, B. (org.). As artimanhas da
exclusão: análise psicossocial e ética da desigualdade social. Petrópolis, Rio de
Janeiro: Editora Vozes, 2001. p. 97-118.
Leitura complementar: NOGUEIRA, Rosana M.C.P.A. A prática de violência entre
pares: o bullyng nas escolas. In: Revista Ibero Americana, n.37, jan./abr. 2005.
13 14/06 Apresentação Seminários
21/06 Recesso
14 28/06 Apresentação Seminários
15 05/07 Apresentação Seminários
16 12/07 Prova substitutiva
17 19/07 Prova Final

V. LISTA DE FILMES E DOCUMENTÁRIOS

Documentário: Educação Proibida (2012), 2:18


Documentário: Bernard Charlot: Existe o fracasso escolar? 13 min
Documentário: Quando sinto que já sei (2014) 78 min
Documentário: Série não é o que parece. Viva a diferença! 25 min
Documentário: Lev Vygotsky Coleção Grandes Educadores 44 min
Documentário: Jean Piaget Coleção Grandes Educadores 57 min
Documentário: Deleuze e a Educação, 46 min
Documentário: Escolarizando o mundo: o último fardo do homem branco
Documentário: Pro dia nascer Feliz, de João Jardim (2007)
Documentário: Bichas
Documentário: Olhos Azuis.
Documentário: Nunca me sonharam

VI. AVALIAÇÃO

VIII. BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

3
ASBAHR, Flávia da S. F. & LOPES, Juliana S. (2006). “A culpa é sua”. Psicologia USP, 17(1), 53­
73. https://social.stoa.usp.br/articles/0016/4523/A_culpa_A_sua.pdf 

Butler, Judith. (2003). Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro:
Editora Civilização Brasileira.

Collares,  C. A. L., Moysés, M. A. A, &  Ribeiro,  M. (Orgs.). (2013). Novas  Capturas,  Antigo


Diagnósticos na Era dos Transtornos. São Paulo: Mercado Letras.

Conselho Regional de Psicologia ­ CRP­SP, & Grupo Interinstitucional Queixa Escolar ­ GIQE
(Orgs.). (2011). Medicalização de crianças e adolescentes: conflitos silenciados pela redução de
questões sociais a doenças de indivíduos. São Paulo: Casa do Psicólogo.

CREPOP. Relações Raciais: Referências  Técnicas para atuação de psicólogas/os. Brasília: CFP,
2017. 

DINIZ, D. O que é deficiência? São Paulo: Brasiliense, 2007. 79 p.

Gesser, M. (2013). Políticas públicas e direitos humanos: desafios à atuação do Psicólogo. Psicol.
cienc. prof. [online]. 2013, vol.33, n.spe, pp. 66­77.

GOMES, Nilma Lino. iversidade étnico­racial inclus o e equidade na educa o brasileira e io po tic e
prátic . Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, 27(1), 109­121, 2011. 

Guarido, Renata. (2010). A biologização da vida e algumas implicações do discurso médico sobre a
educação.   In  Conselho   Regional   de   Psicologia   de   São   Paulo;   Grupo   Interinstitucional   Queixa
Escolar (Org.),  Medicalização de crianças e adolescentes:  conflitos silenciados pela redução de
questões sociais em problemas individuais. (pp. 27­39). São Paulo: Casa do Psicólogo.

HIRATA, Helena. Gênero, classe e raça. Interseccionalidade e consubstancialidade das relações
sociais. Tempo Social, revista de sociologia da USP, 26(1), p. 61­73.

PRUDENCIO, Luísa Evangelista Vieira; GESSER, Marivete; OLTRAMARI, Leandro Castro,


CORD, Denise. (2015). Expectativas de educadores sobre a atuação do psicólogo escolar: relato de
pesquisa. Psicol. Esc. Educ.[online]19(1), pp.143-152. http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-
85572015000100143&script=sci_abstract&tlng=pt

Rios, R. R. (2010). Direitos humanos, direitos sexuais e homossexualidade. In: Fernando Pocahy (Org.).
Políticas  de  enfrentamento   ao heterossexismo:  corpo e  prazer.  (pp.  35­46). Porto  Alegre:  Nuances,
2010.

Rocha, M. L. da. (2000). Educação em tempos de tédio: um desafio à micropolítica. In.: E. de
Tanamachi,   M.   L.   da   Rocha   &   M.   Proença   (Orgs.),  Psicologia   e   educação:   desafios   teórico­
práticos. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2000, p. 185­207.

4
Sawaia, B. (Org.). (2002) As artimanhas da exclusão: análise psicossocial e ética da desigualdade
social. 4 ed. Petrópolis: Vozes, p. 97­118.

Sawaia, Bader Burihan. O sofrimento ético-político como categoria de análise da dialética exclusão/inclusão
In: SAWAIA, B. (Org.) As artimanhas da exclusão: análise psicossocial e ética da desigualdade social. 4
ed. Petrópolis: Vozes, 2002b. p. 97-118.

Varela, Julia. (2004). O estatuto do saber pedagógico. In T. T. Silva (Org.), O sujeito da educação:
estudos foucaultianos. Petrópolis: Vozes, 2004, p. 87­96.

Vencato,   Anna   Paula.   (2014).   Diferenças   na   escola.   In:   Richard   Miskolci,   Jorge   Leite   Júnior
(Orgs.). Diferenças na Educação: outros aprendizados. São Calos: EdUFSCar, 2014, p. 19­56.

Viégas, L. S., Ribeiro, M. I. S., Oliveira, E. C., Teles, L. A. L. (Orgs.). (2014). Medicalização da
Educação e da Sociedade: ciência ou mito? Salvador: EDUFBA.