Você está na página 1de 11

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ

INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS
CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOLOGIA DE MINAS E TECNICAS DE LAVRA A CÉU ABERTO /
GEOMINAS - VERSÃO II.
MODALIDADE A DISTÂNCIA

EDITAL N.º 02/2018

O Instituto de Geociências da Universidade Federal do Pará (IG/UFPA), por meio da


Coordenação do Programa de Pós-Graduação Lato Sensu – PPLS/IG está recebendo inscrições
para o processo seletivo de candidatos ao Curso de Especialização em GEOLOGIA DE MINAS
E TÉCNICAS DE LAVRA À CÉU ABERTO- II na modalidade a distância, aprovado pela
Resolução Nº. 5.014, de 20 de Fevereiro de 2018 – CONSEPE, nas datas e demais condições
especificadas, a seguir, no presente edital.
1. OBJETIVO DO CURSO:
Capacitar e reciclar profissionais para enfrentarem os novos desafios de atuar em diferentes áreas
da mineração, considerando a enorme expansão e diversidade da demanda por especialistas, em
áreas tais como: caracterização geológica de frentes de lavra, planejamento e técnicas de lavra de
minas à céu aberto, avaliação e gestão de projetos de mineração, mineração social e controle
ambiental na mineração.

2. PUBLICO ALVO:
O Curso de Especialização GEOLOGIA DE MINAS E TÉCNICAS DE LAVRA À CÉU ABERTO
será destinado aos portadores de diploma de conclusão de curso superior, em Geologia,
Geofísica e Engenharia de Minas, de outras áreas profissionais da Modalidade Engenharia e de
outras áreas tecnológicas afins à Mineração que ocupam ou desejam ocupar funções estratégicas
nesse campo de atividade profissional.

3. VAGAS E DEMANDA SOCIAL:


Serão oferecidas para o curso 200 (duzentas) vagas, onde 30% (trinta por cento) delas, ou seja,
60 (sessenta) vagas serão reservada à demanda social e destinadas a servidores efetivos,
docentes e técnico-administrativos da UFPA e/ou a pessoas da comunidade com comprovada
carência financeira.
OBS: O numero de vagas para Demanda Social será proporcional ao numero de vagas
preenchidas pela ampla concorrência.
O Curso, geograficamente, é aberto, tendo como condição fundamental para o cursista, a
possibilidade de comunicação on line, haja vista que o mesmo será centralizado numa plataforma
de trabalho em rede, a plataforma Moodle, ou outra plataforma que venha a se mostrar mais
conveniente, contendo os recursos necessários para favorecer a aprendizagem em ambiente
virtual, de acordo com as novas tendências internacionais do e-learning.
Em função da quantidade de inscritos e da localização geográfica em que os mesmos se
encontrarem poderão ser abertos polos regionais de atendimento aos cursistas, prática já
verificada em outros cursos ofertados pelo Programa Lato Sensu.
4. REGIME E DURAÇÃO:
O curso, com carga horária total de 850h (oitocentas e cinquenta horas) tem início previsto para
03/09/2018 e término em 01/03/2020, totalizando de 18 (dezoito) meses. Será realizado na
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS
CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOLOGIA DE MINAS E TECNICAS DE LAVRA A CÉU ABERTO /
GEOMINAS - VERSÃO II.
MODALIDADE A DISTÂNCIA

Modalidade a Distância, com acesso aos módulos temáticos através da plataforma de ensino
Moodle, devendo o candidato, ter disponibilidade para as 04 (quatro) atividades curriculares
presenciais a serem realizadas as sextas e sábados, na Universidade Federal do Pará (UFPA),
Belém-PA, ou eventualmente em polo que venha a ser aberto para atendimento regional de
cursistas.
Será exigido 75% (setenta e cinco por cento) de frequência às atividades presenciais.
Os encontros presenciais acontecerão da seguinte forma:
I Encontro – Aula Inaugural
II Encontro – 1ª avaliação
III Encontro – 2ª avaliação
IV Encontro – Defesa de monografia Presencial

As datas dos encontros presenciais serão divulgadas com no mínimo 40 dias de antecedência.

5. INSCRIÇÃO
O período de inscrição será do dia 12 de Julho de 2018 à 24 de Agosto de 2018, às 23:59 e a
confirmação de matrícula até o dia 31 /08/ 2018.

I) As inscrições serão realizadas exclusivamente via internet, pelo endereço:


https://sigaa.ufpa.br/sigaa/public/processo_seletivo/lista.jsf.
II) Em paralelo o candidato deverá acessar o Portal da Fundação de Amparo e
Desenvolvimento da Pesquisa – FADESP para o pagamento da taxa de inscrição, no valor
de R$ 100,00 (cem reais), conforme a seguir:
http://cursos.fadesp.org.br/index_area.asp?tipo=C&area=2.3

III) Também em paralelo o candidato encaminha à Secretaria do Curso sua documentação,


acompanhada da cópia de pagamento da Taxa de Inscrição.

OBSERVAÇÕES:

a) Conforme determinam as normas internas da UFPA, 30% (trinta por cento) das vagas do
curso, ou seja, 60 (sessenta) vagas serão reservadas para a demanda social e
preenchidas conforme o estabelecido no Art. 8º da Resolução CONSEPE/UFPA nº
4.065/2010.

b) Considerando que existem duas condições distintas de inscrição de candidatos, ao


processo seletivo, demanda social (60 vagas) e ampla concorrência (140 vagas) estas
serão realizadas especificando EM QUAL CONDIÇÃO O CANDIDATO DESEJA
REALIZAR A SELEÇÃO.
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS
CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOLOGIA DE MINAS E TECNICAS DE LAVRA A CÉU ABERTO /
GEOMINAS - VERSÃO II.
MODALIDADE A DISTÂNCIA

c) Critério de classificação para atendimento gratuito (Demanda Social):

Os critérios para o preenchimento dessas vagas de demanda social serão:

i) ser o candidato servidor docente ou técnico-administrativo da UFPA;


ii) ser o candidato pessoa de comprovada carência financeira.

Os candidatos às vagas de demanda social deverão, no momento da inscrição, expressar


por meio de correspondência à Coordenação do Curso, que estão inseridos em uma das
situações descritas nos itens (i) e (ii), anteriormente mencionados, explicitando o motivo do
pedido de enquadramento em demanda social. Só lembrando que as vagas para a
Demanda Social serão ofertadas em cima do numero de vagas preenchidas para a
Ampla Concorrência.

OBSERVAÇÕES:
a) Há prevalência do item i) sobre o item ii), relativamente ao acolhimento dos aprovados no
processo seletivo, como demanda social, no que diz respeito à classificação dos
candidatos aprovados e a respectiva ordem na classificação. Ou seja, os candidatos
aprovados no processo seletivo e que pertencem aos quadros profissionais da UFPA tem
a preferência no preenchimento de vagas. Assim, as vagas da demanda social devem ser
primeiramente preenchidas por servidores da UFPA que tenham sido aprovados no
processo seletivo, proporcional ao número de inscritos e selecionados, mesmo que a
avaliação a eles atribuída possa vir a ser menor do que a de outros candidatos, não
enquadrados nessa situação. O restante das vagas de demanda social, serão
preenchidas por candidatos contemplados na alínea ii) Ser o candidato pessoa de
comprovada carência financeira;
b) Os candidatos às vagas gratuitas deverão entregar os documentos conforme informações
no Anexo I, desse Edital.
IV) Análise da documentação com base na seguinte lista de documentos:
Formulário de inscrição devidamente preenchido (através do site:
1.
https://sigaa.ufpa.br/sigaa/public/processo_seletivo/lista.jsf)
2. Uma fotografia tamanho 3 x 4 (atual);
3. Documento de identidade e CPF (cópia simples);
Em caso de ser o(a) candidato(a) estrangeiro(a), os documentos seguem legislação
4. específica do Ministério das Relações Exteriores ou Ministério da Educação para
estudantes estrangeiros no país (cópia autenticada);
Diploma de Graduação (cópia autenticada) ou certificado de Conclusão de curso ou
5.
de aluno concluinte
6. Histórico escolar dos cursos de Graduação (cópia autenticada);
7. Curriculum vitae (plataforma Lattes)
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS
CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOLOGIA DE MINAS E TECNICAS DE LAVRA A CÉU ABERTO /
GEOMINAS - VERSÃO II.
MODALIDADE A DISTÂNCIA

Os documentos deverão ser entregues na Secretaria de Pós Graduação a distância do Instituto de


Geociências, no horário de 09h às 17h, ou via correios, segue endereço abaixo:

Universidade Federal do Pará.


Instituto de Geociências/Programa de Pós Graduação Lato Sensu/PPLS
Secretaria de Pós-Graduação a Distância
Prof. Francisco de Assis Matos Abreu
Rua Augusto Corrêa, N º 1
Bairro: Guamá Cep. 66.075-110
Belém - PA

6 – SELEÇÃO:
A seleção dos candidatos será realizada pela Comissão de Seleção ao Curso GEOLOGIA DE
MINAS E TÉCNICAS DE LAVRA À CÉU ABERTO, em processo contínuo, desde a abertura de
inscrições e obedecerá aos seguintes critérios:

a) Documentação completa (de acordo com a relação no item V); Eliminatório


b) Avaliação do histórico escolar Eliminatório
c) Avaliação do curriculum vitae; Classificatório

Os itens (b), e (c) terão uma variação de 0 (zero) a 10 (dez) pontos, sendo que a nota mínima
média em cada um deles não pode ser inferior a 5,0 (cinco) pontos.
6.1. SELEÇÃO PARA AMPLA CONCORRÊNCIA
O Processo de seleção para as vagas de ampla concorrência e o preenchimento destas será
dinâmico e acontecerá pari passu à inscrição dos candidatos, à apresentação da respectiva
documentação dos mesmos junto à Secretaria do Programa, ao processo de avaliação
documental e a formalização da sua matrícula junto à FADESP, até o limite de 140 vagas,
conforme a seguir:
a) Encerramento de inscrições: até às 23:59, do dia 24 de agosto de 2018 ou em qualquer dia
antes dessa data se for completado o número de 140 vagas ofertadas;
b) Recebimento de documentação até 3 dias após a data de encerramento das inscrições.

6.2. SELEÇÃO PARA DEMANDA SOCIAL


A seleção para essa modalidade acontecerá conforme a seguir:
a) Recebimento de inscrições: até às 23:59, do dia 20 de Julho de 2018 ou em qualquer dia
antes dessa data se for completado o número de 140 vagas ofertadas em ampla
concorrência;
b) Recebimento de documentação até 3 dias após a data de encerramento das inscrições ao
se completar o preenchimento das 140 vagas de ampla concorrência;
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS
CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOLOGIA DE MINAS E TECNICAS DE LAVRA A CÉU ABERTO /
GEOMINAS - VERSÃO II.
MODALIDADE A DISTÂNCIA

c) Divulgação das inscrições homologadas: até o dia 24 de agosto de 2018, no site do curso
ou na Secretaria deste Programa.

6.3. CRITÉRIOS DE ELIMINAÇÃO:


Estará automaticamente eliminado o(a) candidato(a) que:
a) Não alcançar nota mínima 5 (cinco) nas avaliações de histórico escolar e currículo;
b) Não encaminhar a documentação completa.

7. MATRÍCULA
7.1 O Candidato receberá um Comunicado, via e-mail, da Coordenação do Curso acerca da
sua inscrição;
7.2 Em sendo aprovada a inscrição o candidato estará apto a realizar a Matrícula, retornando
ao portal da FADESP e realizando o pagamento complementar de R$ 300,00, o que juntamente
com a Taxa de Inscrição corresponderá à 1ª das 18 parcelas do curso;
7.3 Finalizada essa operação o então aluno do CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM
GEOLOGIA DE MINAS E TÉCNICAS DE LAVRA À CÉU ABERTO, receberá o seu login e senha
de acesso à página exclusiva do curso, na Plataforma Moodle.
OBSERVAÇÕES: A secretaria do curso não faz reserva de vagas e o preenchimento da mesmas
acontece por ordem de matrícula, até o limite de 140 vagas para ampla concorrência e de 60
vagas para a demanda social;
a) A Taxa de Inscrição deve ser paga por todos os candidatos, de ampla concorrência e
de demanda Social;
b) A lista de candidatos contemplados em demanda social será encaminhada à FADESP para
que seja concedida a isenção das 17 parcelas restantes do curso.

8 - RESULTADO DO PROCESSO DE SELEÇÃO E INTERPOSIÇÃO DE RECURSOS:


O resultado da seleção de cada candidatura será definido por meio do parecer escrito e assinado
pelos membros da Comissão de Seleção, manifestando-se favorável ou desfavoravelmente à
candidatura. Esse resultado será comunicado pela Secretaria do Programa, diretamente ao
candidato.
8.1. Homologação dos Resultados do Processo Seletivo
O Colegiado do Programa divulgará, após reunião especifica, o resultado final do processo
seletivo e a lista de todos os candidatos aptos a iniciarem as atividades didático-pedagógicas do
curso de Especialização GEOLOGIA DE MINAS E TÉCNICAS DE LARA À CÉU ABERTO
8.2. Revisão de Resultados:
A revisão de qualquer resultado desse certame deverá ser solicitada formalmente ao Colegiado do
Programa, acompanhada de justificativa plausível, no prazo máximo de 24 horas após divulgação
de seu resultado específico. Após este prazo, o (a) candidato (a) perderá o direito de contestar os
resultados que foram divulgados.
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS
CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOLOGIA DE MINAS E TECNICAS DE LAVRA A CÉU ABERTO /
GEOMINAS - VERSÃO II.
MODALIDADE A DISTÂNCIA

8.3. Casos omissos:


Os casos omissos que venham a acontecer durante esse certame serão apreciados e julgados
em primeiro nível recursal, pelo Colegiado do PPLS.

9 – FINANCIAMENTO E MATRÍCULA NO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO:


O Curso de Especialização GEOLOGIA DE MINAS E TÉCNICAS DE LAVRA À CÉU ABERTO é
autofinanciado e o investimento será de R$ 7.200,00 (sete mil e duzentos reais) por vaga, a ser
pago em até 18 (dezoito) parcelas de R$ 400,00 (quatrocentos reais) cada uma delas, sendo a
primeira delas divididas em duas partes:

a) R$100,00 no ato de inscrição para todos os candidatos;


b) R$ 300,00, no ato da matricula para os candidatos de ampla concorrência.
Os candidatos enquadrados em ampla concorrência e que forem aprovados deverão realizar a
contrapartida financeira relativa ao investimento acima mencionado, com base em Termo de
Compromisso Financeiro a ser assinado entre a pessoa física e a Fundação de Amparo e
Desenvolvimento da Pesquisa – FADESP.
Pessoas Jurídicas podem também suportar os investimentos para candidatos aprovados no
processo seletivo em acordos financeiros também estabelecidos com a FADESP.
10- BOLSAS DE ESTUDO:
Os candidatos aprovados em demanda social receberão bolsas de estudo, configurada em não
pagamento de matrícula, assim como das demais mensalidade do custeio do Curso GEOLOGIA
DE MINAS E TÉCNICAS DE LAVRA À CÉU ABERTO. Para isso, o candidato deverá indicar, no
ato de sua inscrição que pretende disputar uma das bolsas ofertadas como demanda social pela
coordenação do Programa.

11. Das disposições finais:


11.1. A inscrição implicará na aceitação das normas para o processo seletivo constantes neste
Edital.
11.2. Os casos omissos serão resolvidos pelo Colegiado do Curso e Comissão de Gestão.

12. Datas Importantes:

CRONOGRAMA
Inscrição 12/07/2018 a 24/08/2018
Solicitação à demanda social 12 a 17 de Julho/2018
Resultado (demanda social) 06/08/2018
Confirmação de matrícula De 01/09/2018 a 10/09/2018
Inicio das aulas virtuais 10/09/2018- Plataforma Moodle
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS
CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOLOGIA DE MINAS E TECNICAS DE LAVRA A CÉU ABERTO /
GEOMINAS - VERSÃO II.
MODALIDADE A DISTÂNCIA

13. Endereços e Contatos:

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA DO INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS –


CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOLOGIA DE MINAS E TECNICAS DE LAVRA A CÉU
ABERTO / VERSÃO II.
Instituto de Geociências - Universidade Federal do Pará
Rua Augusto Corrêa No 1, Cidade Universitária Prof. José da Silveira Netto
Bairro Guamá / Caixa Postal 8608
CEP 66075-110 – Belém, Pará, Brasil.
Telefone/fax: (55) (91) 3201-7619
E-mail: eadig.ufpa@gmail.com
Site: www.aedi.ufpa.br/pegeo

Belém,12 de Julho de 2018.

Prof. Dr. Francisco de Assis Matos de Abreu


Coordenador Geral

ANEXO - I
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS
CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOLOGIA DE MINAS E TECNICAS DE LAVRA A CÉU ABERTO /
GEOMINAS - VERSÃO II.
MODALIDADE A DISTÂNCIA

DOCUMENTAÇÃO PARA COMPROVAÇÃO DA CONDIÇÃO DE


CARÊNCIA SOCIOECONÔMICA PARA SELEÇÃO NA ESPECIALIZAÇÃO
EM GEOLOGIA DE MINAS E TECNICAS DE LAVRA A CÉU ABERTO-
VERSÃO II
O candidato deverá apresentar, para comprovação da condição de carência socioeconômica e de
renda de todas as pessoas que integram o seu grupo familiar, bem como a situação de moradia,
entre outras etc.
Obs. Quem pode compor o grupo familiar: ascendentes e descendentes diretos, irmãos e cônjuge
do responsável financeiro.

1. PARA COMPROVAÇÃO DE RENDA do candidato deverá ser encaminhada a seguinte


documentação:

a) Para os trabalhadores do mercado formal celetistas: cópia da Carteira de Trabalho e


Previdência Social atualizada (páginas referentes identificação, qualificação civil, alteração
salarial, último contrato de trabalho e anotações gerais) e dos contracheques dos três últimos
meses, extrato bancário dos últimos três meses;

b) Para servidores públicos civis e militares: contracheques dos três últimos meses;
extrato bancário dos últimos três meses;

c) Para os trabalhadores do mercado informal e autônomos (incluindo-se os


profissionais liberais): cópia da Carteira de Trabalho e Previdência Social atualizada (páginas
referentes a identificação, qualificação civil, alteração salarial, último contrato de trabalho, com a
página seguinte em branco, e anotações gerais),declaração de próprio punho, individualizada,
informando a atividade desempenhada e o valor bruto mensal auferido, datada e assinada pelo
trabalhador e por duas testemunhas maiores de 18 anos não pertencentes à família, com
fotocópia da carteira de identidade e do CPF (cartão do CPF, comprovante de inscrição no CPF
ou documento oficial no qual conste o número do CPF) das testemunhas; para os trabalhadores
autônomos, além desses documentos, anexar também fotocópia da Guia de Contribuição para o
INSS (GPS) atualizada; extrato bancário dos últimos três meses;

d) Para os proprietários ou pessoas com participação em cotas de empresas ou


microempresas: cópia da Carteira de Trabalho e Previdência Social atualizada (páginas
referentes a identificação, qualificação civil, alteração salarial, último contrato de trabalho, com a
página seguinte em branco, e anotações gerais), declaração contábil de retirada de pró-labore dos
três últimos meses e fotocópia de todas as páginas da Declaração do Imposto de Renda de
Pessoa Jurídica (DIRPJ), referente ao ano base 2017, entregue em 2018 à Receita Federal, e do
respectivo recibo de entrega; se for o caso, fotocópia de todas as páginas da Declaração do
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS
CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOLOGIA DE MINAS E TECNICAS DE LAVRA A CÉU ABERTO /
GEOMINAS - VERSÃO II.
MODALIDADE A DISTÂNCIA

Imposto de Renda de Pessoa Física (DIRPF), referente ao ano base 2017, entregue em 2018 à
Receita Federal, e do respectivo recibo de entrega; extrato bancário dos últimos três meses;

e) Para os aposentados, pensionistas e beneficiários de auxílio doença ou de outros


benefícios do INSS: cópia da Carteira de Trabalho e Previdência Social atualizada (páginas
referentes a identificação, qualificação civil, alteração salarial, último contrato de trabalho com a
página seguinte em branco, e anotações gerais), do cartão referente ao benefício recebido e do
comprovante de rendimentos fornecido por esse órgão; no lugar do comprovante de rendimentos,
também poderá ser apresentado o detalhamento de crédito atualizado obtido no endereço
www.previdenciasocial.gov.br

f) ou, ainda, extrato bancário atualizado e identificado. Não será considerado como
comprovante de renda o extrato bancário constando apenas a informação do valor de saque do
benefício;

g) Para os aposentados e pensionistas da administração pública (municipal estadual


ou federal): cópia da Carteira de Trabalho e Previdência Social atualizada (páginas referentes a
identificação, qualificação civil, alteração salarial, último contrato de trabalho com a página
seguinte em branco, e anotações gerais) e dos contracheques dos três últimos meses;

h) Para os desempregados: cópia da Carteira de Trabalho e Previdência Social atualizada


(páginas referentes a identificação, qualificação civil, alteração salarial, último contrato de
trabalho, com a página seguinte em branco, e anotações gerais); em situação de desemprego
recente, apresentar também a fotocópia da rescisão de contrato ou da comunicação de dispensa
e, se for o caso, fotocópia do comprovante de recebimento de seguro-desemprego;

i) Para aqueles que nunca trabalharam (incluindo-se donas de casa e estudantes maiores
de 18 anos): cópia da Carteira de Trabalho e Previdência Social (páginas referentes a
identificação, qualificação civil, contrato de trabalho, mesmo em branco, e anotações gerais); para
as donas de Casa, declaração que exerce atividades do Lar.

j) Para o caso de a família possuir bens que estejam alugados a terceiros: cópia dos
recibos de aluguel dos três últimos meses ou de outro documento que comprove esta situação;
k) Para os casos de recebimento de pensão alimentícia: cópia de contracheque ou de
outro documento que comprove o valor da pensão alimentícia dos três últimos meses; na falta
destes, declaração de próprio punho contendo o valor bruto mensal recebido, datada e assinada
pelo provedor da pensão e por duas testemunhas maiores de 18 anos e não pertencentes à
família, com fotocópia da carteira de identidade e do CPF (cartão do CPF, comprovante de
Inscrição no CPF ou documento oficial no qual conste o número do CPF) das testemunhas.
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS
CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOLOGIA DE MINAS E TECNICAS DE LAVRA A CÉU ABERTO /
GEOMINAS - VERSÃO II.
MODALIDADE A DISTÂNCIA

2. PARA COMPROVAÇÃO DA SITUAÇÃO DE MORADIA do candidato, deverá ser


encaminhada a seguinte documentação:

a) Imóvel próprio: cópia da escritura ou promessa de compra e venda do imóvel; caso o


documento não esteja em nome de algum membro do grupo familiar, encaminhar, também,
declaração de próprio punho explicando os motivos deste fato, datada e assinada pelo declarante
e por duas testemunhas maiores de 18 anos e não pertencentes à família, com fotocópia da
carteira de identidade e do CPF (cartão do CPF, comprovante de inscrição no CPF ou documento
oficial no qual conste o número do CPF) das testemunhas;
b) Imóvel próprio em financiamento: cópia do comprovante do financiamento atualizado; caso o
documento não esteja em nome de algum membro do grupo familiar, encaminhar, também,
declaração de próprio punho explicando os motivos deste fato, datada e assinada pelo declarante
e por duas testemunhas maiores de 18 anos e não pertencentes à família, com fotocópia da
carteira de identidade e do CPF (cartão do CPF, comprovante de inscrição no CPF ou documento
oficial no qual conste o número do CPF) das testemunhas;
c) Imóvel alugado: cópia do recibo do aluguel dos três últimos meses; caso o documento não
esteja em nome de algum membro do grupo familiar, encaminhar, também, declaração de próprio
punho explicando os motivos deste fato, datada e assinada pelo declarante e por duas
testemunhas maiores de 18 anos e não pertencentes à família, com fotocópia da carteira de
identidade e do CPF (cartão do CPF, comprovante de inscrição no CPF ou documento oficial no
qual conste o número do CPF) das testemunhas;
d) Imóvel cedido: declaração de próprio punho, explicando tal situação, datada e assinada pelo
cedente e por duas testemunhas maiores de18 anos e não pertencentes à família, com fotocópia
da carteira de identidade e do CPF (cartão do CPF, comprovante de inscrição no CPF ou
documento oficial no qual conste o número do CPF) das testemunhas;
e) Imóvel de posse ou ocupação: declaração da Associação de Moradores; na falta desta,
declaração de próprio punho, explicando tal situação, datada e assinada pelo declarante e por
duas testemunhas maiores de 18 anos e não pertencentes à família, com fotocópia da carteira de
Identidade e do CPF (cartão do CPF, comprovante de inscrição no CPF ou documento oficial no
qual conste o número do CPF) das testemunhas;
f) Residência em hotel, pensão, alojamento ou afins: cópia dos recibos de pagamento dos três
últimos meses; na falta destes, declaração de próprio punho contendo o valor do aluguel, datada e
assinada pelo proprietário do estabelecimento e por duas testemunhas maiores de 18 anos e não
pertencentes à família, com fotocópia da carteira de identidade e do CPF (cartão do CPF,
comprovante de inscrição no CPF ou documento oficial no qual conste o número do CPF) das
testemunhas;
g) Residência no local de trabalho: declaração de próprio punho, conforme modelo disponível
no endereço empregador, explicando tal situação, e por duas testemunhas maiores de 18 anos e
não pertencentes à família, com fotocópia da carteira de identidade e do CPF (cartão do CPF,
comprovante de Inscrição no CPF ou documento oficial no qual conste o número do CPF) das
testemunhas;
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS
CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOLOGIA DE MINAS E TECNICAS DE LAVRA A CÉU ABERTO /
GEOMINAS - VERSÃO II.
MODALIDADE A DISTÂNCIA

h) outra situação de moradia: declaração de próprio punho explicando a situação, datada e


assinada pelo declarante e por duas testemunhas maiores de 18 anos e não pertencentes à
família, com fotocópia da carteira de identidade e do CPF (cartão do CPF, comprovante de
inscrição no CPF ou documento oficial no qual conste o número do CPF) das testemunhas.

3. Para comprovação de outras SITUAÇÕES DIVERSAS:


a) O candidato que resida com outros familiares, mas que dependa economicamente de
sua família de origem: deverá apresentar a documentação indicada nos itens 2, tanto de sua
família de origem quanto das pessoas com quem reside.

b) Para os casos de falecimento de um dos pais, de ambos ou do cônjuge: o candidato


deverá encaminhar a fotocópia da respectiva certidão de óbito.
Toda essa documentação deverá ser entregue na Secretaria de Pós Graduação a Distancia, as
solicitações serão avaliadas pela a coordenação do curso e decididas em reunião do colegiado.
Os resultados serão publicados através do site do curso (www.aedi.ufpa.br/pegeo).