Você está na página 1de 100

"Ai de mim, se eu não anunciar o evangelho"

(1 Coríntios. 09:16)

Copyright © 2014, by Alpha-Omega Ministries, Inc. All rights reserved. Database © 2013 WORDsearch.
ISBN:0-945863-95-0
RECURSOS BIBLICOS
Bíblia de Esboços e Sermões: Sua busca por sermões acabaram! Projetado para pastores e
pregadores ocupados a Bíblia de Esboços e Sermõescombina um esboço TOPICOverso por verso
com comentários condensados de muitas obras clássicas - poupando-lhe horas de pesquisa
demorada e cansativa. Estes materiais sãousados por mais de 55.000 pessoas em 186 países.

DEDICADO:
Á todos os homens e mulheres do mundo que pregão e ensinam o Evangelho de nosso Senhor Jesus
Cristo.

Que Deus lhe conceda muita graça e misericórdia.


________________________
Demonstrado a nós por meio de Cristo

“ Nele temos a redenção por meio de seu


sangue, o perdão dos pecados, de acordo com
as riquezas da graça de Deus. "(Efes. 1:7)

Esperamos que todos possam conhecer toda misericórdia e graça de Deus que fluiatravés da sua
Palavra. Que cada pessoa possa saber que Deus émisericordioso,
Que lhe concede perdão e o usagrandiosamente para cumprir Seu glorioso plano
de salvação.

"Porque Deus tanto amou o mundo que deu


o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer
não pereça, mas tenha a vida eterna.
Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para
condenar o mundo, mas para que este fosse salvo
por meio dele." (João 3:16–17)

" Isso é bom e agradável perante Deus,


nosso Salvador, que deseja que todos
os homens sejam salvos e cheguem
ao conhecimento da verdade” (1 Tim. 2:3–4)
________________________

Bíblia de Esboços & Sermões


Foi escrito e preparado para o povo de Deus, para que seja usadono
Ensinoe estudo pessoal das Sagradas Escrituras.

NOSSA MISSÃO E OBJETIVO EM 5 PONTOS:


1. Compartilhar a Palavra de Deus com o mundo.
2. Ajudar o povo de Deus, tanto o ministro como o leigo, em seu entendimento,
pregação e ensino da Palavra de Deus.
3. Fazer tudo o que for possível para levar homens, mulheres, meninos e meninas
a darem seus corações e vidas a Jesus Cristo para que eles possam garantir a
vida eterna que Ele oferece.
4. Fazer tudo o que podemos para ministrar aos necessitados ao redor mundo.
5. Colocar Jesus Cristo em seu merecido lugar, lugar que a Palavra de Deus lhe
concede. Portanto, que nenhum trabalho ministerial ao redor do mundo
poderá substitui-lo
.
Este material, como obras semelhantes, veio de uma fonte humana, portanto, imperfeito e
suscetível a erro humano. No entanto, estamos gratos a Deus por ter nos chamando e capacitando
por meio de Seu Espírito Santo para realizar esta tarefa, através de sua bondade e graça, A Bíblia de
Esboços e Sermões do Antigo e Novo Testamento é composta por 44 volumes.
Nós dedicamos esse material em primeiro lugar para todo aquele que pregaram e ensinaram a
palavra de Deus em todo sos tempos, no qual esse trabalho se baseou, que a eles sejam dada toda a
gloria por essa obra.
Nossa oração é para que cada volume possa levar milhares, milhões, ou até bilhões de pessoas a
terem uma melhor compreensão das Sagradas Escrituras e um conhecimento mais completo de
Jesus Cristo, o Verbo encarnado, de quem as Escrituras testemunham tão fielmente.

A BÍBLIA DE ESBOÇOS E SERMÕES é única. Diferente de todas as outras Bíblias de estudos


e matérias de preparação de sermões, sabe o porquê? porque cada passagem e tema e esboçado
imediatamente próximo ao texto bíblico. Quando você escolhe um tema e segue uma referência não
encontrará somente o texto bíblico, como também um esboço TOPICO por paragrafo e versículo
por versículo.
Para um rápido exemplo, ao escolha um dos tema que se seguem e visualizar o texto bíblico,
você encontrará uma maravilhosa ajuda, que é o parágrafo do texto bíblico completamente
esboçado, no qual irá lhe ajudar a usar o material de uma maneira muito mais rápida, fácil e correta.
Além disso, você encontrará cada ponto do texto e seus respectivos tema totalmente desenvolvido
por um comentário com referências bíblicas no canto da página. Esse tipo de organização tem o
intuito de acelerar ainda mais a preparação e elaborações de sermões
O livro de Habacuque
CONTEÚDO:
Autor
Data
Para quem Escrito
Propósito
Características especiais

Autor : Habacuque. Seu nome significa abraçado por Deus ou aquele que abraça a Deus . Alguns estudiosos
acreditam que ele também pode sugerir luta com Deus, uma vez que Habacuque fez isso em nome do povo.
Habacuque foi único entre os profetas do Antigo Testamento. Ao invés de falar ao povo em nome de Deus, ele
falou com Deus em nome do povo . Habacuque suplicou ao Senhor, procurando respostas para questões
muito sérias que têm perturbado o coração humano desde o início dos tempos.

Habacuque foi, provavelmente, um padre e foi, aparentemente, um músico treinado, um bem familiarizado
com a adoração e as tradições musicais de Israel (ver 3:1, 3:19). O belo hino que ele escreveu no capítulo três
sugere que ele também pode ter levado o culto no templo. Como sacerdote treinado, Habacuque teria
conhecido a Palavra de Deus completamente. Portanto, ele sabia que os requisitos justos de Deus pelo seu
povo, que estavam a viver em retidão, tratar uns aos outros com justiça, e ser uma luz para as nações do
mundo. Mas quando Habacuque olhava maldade das pessoas, todos os abusos e as injustiças que infligiram
uns sobre os outros, ele estava completamente desanimado. O mundo observou ele era totalmente
incompatível com a Palavra de Deus. Fora de profunda preocupação, Habacuque tomou oração suas
perguntas ao Senhor. É respostas de Deus para perguntas de Habacuque que tornam este livro tão
notável. Na verdade, a mensagem que o núcleo- o justo viverá pela fé- ainda soa verdadeiro no coração dos
crentes genuínos de todo o mundo em cada geração.

Data Escrito : entre 615-598 aC Os estudiosos em geral concordam que Habacuque ministrado e escreveu
por volta do século VII aC O profeta estava familiarizado com o crescente poder dos babilônios (1.6-10), mas
aparentemente a nação brutal ainda não tinha invadido Judá. Assim, o livro foi provavelmente escrito
durante o reinado do mal do rei Joaquim de Judá (608-598). Foi durante esse tempo um momento em que a
sociedade judaica estava totalmente corrupta-que Habacuque escreveu. Também é provável que ele
escreveu antes da batalha de Carquemis (605). No Carquemis, os babilônios derrotado os egípcios e começou
sua rápida ascensão ao poder mundial. Desde a profecia de Habacuque inclui a promessa de que ele seria
totalmente espantado com o que estava prestes a acontecer, é improvável que ele escreveu depois dessa
grande batalha. Até então, o poder de Babilônia teria sido amplamente conhecida e teria havido pouca razão
para espanto. À luz desses fatos, Habacuque provavelmente recebeu suas profecias antes de 605 aC

O ministério de Habacuque também se sobrepuseram os reinados de Josias (640-609) e Jeoacaz (609). Isso
faz dele um contemporâneo do profeta Jeremias (627-562) que, como Habacuque, previu a queda de Judá
para a Babilônia.

Para quem Escrito : Habacuque ministrou ao povo de Judá. O reino do norte de Israel já havia sido
conquistado pelos assírios (722) e, como resultado, o povo de Judá estava vivendo com medo deles. No
entanto, a Assíria não era a nação Deus iria usar para julgar o Seu povo. Pelo contrário, seria a
Babilônia. Embora Habacuque questionou os planos de Deus para usar os babilônios para disciplinar o seu
povo, a mensagem do livro inclui condenação das injustiças encontradas em Judá. Próprio povo de Deus
estava vivendo perversamente, gananciosamente explorar e oprimir o outro. Os líderes foram especialmente
corrupto, abusando de seu poder e abusar das pessoas. Habacuque foi esmagada por estas injustiças e se
perguntou por que Deus estava fazendo nada a respeito. Com tudo isso em mente, ele falou com Deus em
nome do povo, suplicando ao Senhor por justiça. Habacuque ansiava pelo Senhor para agir, para proteger os
justos e punir os ímpios por seus crimes terríveis.

O livro de Habacuque também está escrito a todos os povos de todas as nações e de geração:

 para dar um exemplo e aviso para nós


"Agora todas essas coisas lhes exemplos, e estão escritas para aviso nosso, para quem os fins
dos séculos têm chegado" ( 1 Co. 10:11 ).
 para nos ensinar como viver e para nos dar esperança
"Para as coisas que foram escritas outrora foram escritas para nossa aprendizagem, para que
pela paciência e consolação das Escrituras, tenhamos esperança" ( Ro. 15:04 ).
Finalidade :

. 1 A propósito histórico: para confortar os, os verdadeiros crentes fiéis e justos de Judá. Os líderes em Judá
estavam oprimindo os justos e seria julgado com severidade por Deus. A nação como um todo iria ser julgado,
bem como, mas Deus também julgar os babilônios, os seus perseguidores. Deus iria vingar o seu povo. A
mensagem de Habacuque para os crentes em Judá era clara: viver pela fé (2:04); isto é, continuar a viver em
retidão e confiar em Deus para corrigir todos os erros. O povo de Deus tinha que confiar nesta promessa e
deixar vindicação de Deus. Desta forma, o "justo viverá pela fé" (2:4).

O 2. doutrinal ou propósito espiritual: o livro de Habacuque levanta questões que são de interesse vital para
todas as gerações, perguntas como ...

 Por que Deus permite o sofrimento e injustiça?


 Por que os maus prosperam e ficar impune?
 Por que os justos sofrem?
O profeta corajoso confrontado estas questões preocupantes na cabeça, mas com integridade e paixão. Ele
era extremamente preocupado com as injustiças que ele viu em sua nação, e ele ansiava pelo Senhor para
fazer algo sobre isso.

As grandes lições de Habacuque são encontrados na forma como o profeta lutou com Deus, como ele
diligentemente buscou respostas para as perguntas que incomodam ele, como ele esperou pacientemente
e observou a resposta do Senhor, e como ele reagiu quando o Senhor respondeu.

a. Habacuque ensina que os crentes devem estar mais preocupados com as coisas que o Senhor problema: o
pecado, a corrupção, a injustiça, a idolatria, e maldade.

b. Habacuque ensina que os crentes devem ter seus problemas mais profundos, perguntas mais difíceis, e as
preocupações mais prementes diretamente para o Senhor em oração.
c. Habacuque ensina que os crentes devem esperar com paciência e confiança para que o Senhor
respondeu. Ele se aproximou do Senhor com um sincero desejo de entender os caminhos de Deus, que o
Senhor deseja fazer para o seu povo. Ao fazer isso, o profeta corajosamente declarou que
iria vigiar e esperar para o Senhor, não importa quanto tempo levou.

d. Habacuque ensina que os crentes devem responder com louvor e ação de graças que o Senhor responde,
não importa como ele responde às nossas orações. Se ele escolher para julgar, então, como Habacuque,
devemos permanecer no temor e lembre-se a soberania de Deus. E se o Senhor escolhe para mostrar
misericórdia, nós também precisamos permanecer no temor e lembre-se do grande amor de Deus por Seu
povo.

e. Habacuque ensina o verdadeiro significado da fé que o justo deve viver pela fé, confiando em Deus para
fazer o que é melhor. Só por essa confiança absoluta e confiança as pessoas podem louvar ao Senhor mesmo
quando os tempos são difíceis.

f. Habacuque ensina que Deus é soberano, que Ele governa o mundo e da história de acordo com seus
próprios planos e propósitos. A New American Commentary faz bem este ponto:

... Os seres humanos querem medir a justiça no curto prazo. [Nós pensamos] Deus é justo somente se Deus
age de acordo com o nosso calendário e se Deus está de acordo com a nossa avaliação do que é justo eo que
é justo .... [Mas] Habacuque aprendeu que Deus é justo quando se espera para ver o longa trabalho a termo
de Deus, que em sua soberania ... opta por trabalhar de acordo com seu calendário e de acordo com o seu
entendimento .... [Por isso] para ver a justiça de Deus [que] deve tomar uma posição sobre a torre de vigia e
esperar que o tempo de Deus e revelação de Deus.

g. Habacuque ensina a diferença entre dúvida e fé . A dúvida está focada em circunstâncias, enquanto a fé é
focada em Deus eo conhecimento de Deus como revelado em Sua Palavra. Habacuque tinha dúvidas sobre a
ação de Deus ou aparente em ação no mundo. No entanto, ele não questionar ou duvidar de caracteres a
sabedoria de Deus Senhor, bondade e poder. A verdadeira fé olha para o caráter imutável de Deus e conhece
além de uma dúvida de que Ele vai funcionar todas as circunstâncias para realizar a Sua boa e perfeita
vontade ( Rm 8:28. ; 12:02 ).

3 A. cristológica ou Propósito Cristo Centrada: Cristo está previsto no grande livro de Habacuque de várias
maneiras profundas. Ao longo do livro, Habacuque olhou a Deus por justiça e salvação. Embora o profeta não
recebeu uma revelação direta de Jesus Cristo, todo o seu livro antecipa a salvação que o Messias de Deus só
poderia trazer.

a. Cristo é o melhor resposta às questões mais preocupantes da vida. Ele é a resposta de Deus para o
problema do pecado, sofrimento, morte, e todas as injustiças do mundo.

b. Cristo é a justiça de Deus . Para satisfazer a justiça de Deus pela primeira vez, Cristo foi à cruz e morreu em
nosso lugar, conciliar Deus eo homem. Quando Cristo voltar para governar a terra, Ele irá completar o plano
de Deus para as idades. Cristo julgará a pessoa cada mundo e nação e estabelecer a justiça perfeita no reino
de Deus.

c. Cristo é a salvação de Deus . Através de Cristo, sua morte e ressurreição, Deus oferece a todos os povos o
dom da salvação. Cristo traria a salvação a Israel, mesmo que o julgamento viria em primeiro
lugar.Julgamento terreno de Judá seria temporário, mas a salvação de Deus em Cristo seria eterna. Cristo é
a resposta de Deus para todos os problemas da vida, a grande esperança para a qual todos os homens devem
longo.Ele é a salvação ea justiça de Deus.

Características especiais :

1. Habacuque é "O Grande Livro que aborda algumas das perguntas mais difíceis da vida" ( Hab. 01:01-02:20 ).

⇒ Por que Deus parece Silent-Indiferente à oração, do sofrimento e do Mal (1:1-11)?

⇒ Por que Deus parecer inconsistente por tolerar os maus (01:12-02:20)?

2. Habacuque é "O Grande Livro Revelando a resposta para todas as questões da vida" ( Hab. 3:1-19 ). Nesta
seção, Habacuque orou a Deus para mostrar misericórdia no meio do julgamento, então louvou a Deus por
seus atos majestade e impressionantes. Por tudo isso, o profeta expressou total confiança na vontade e
tempo do Senhor. Ele ansiosamente grande salvação do Senhor.

. 3 Habacuque é "O Grande livro que conta Verdadeiros Crentes Como Viver Day by Day:., o Justo viverá pela
fé" Esta simples declaração nos desafia a confiar no Senhor aswe enfrentar os problemas e provações da
vida, pois a fé é muitas vezes tudo temos de nos sustentar. Embora Deus possa parecer em silêncio por um
tempo, suas promessas assegurar-nos que Ele está trabalhando todas as coisas para o bem de todos os que
verdadeiramente amam. Portanto, devemos agarrar-se as maravilhosas promessas de Deus se agarram a eles
pela fé. Este é o núcleo do ensinamento de Habacuque, as lições que fortaleceram o povo de Deus em todas
as épocas.
Fundo histórico prático e Amplo sobre a época de Habacuque

Os Reis que reinaram no tempo de Habacuque


Eis que a sua alma se incha, não é reta nele; mas o justo viverá pela sua fé ( Hab 2:04. ). Ó Senhor, eu ouvi a
tua voz, e estava com medo: Ó Senhor, aviva tua obra no meio dos anos, no meio dos anos a conhecer; na ira
lembra-te misericórdia ( Hab. 3:02 ).

Manassés-696-642 aC
Amon-642-640 aC
Josiah-640-609 aC
Josiah-609 aC
Joaquim-609-598 aC

Visão global
Resumo : para ganhar uma compreensão adequada do livro de Habacuque , a pessoa deve estar ciente do
contexto histórico em que suas profecias foram pregadas primeiro. O livro de história mais preciso do mundo
é, sem dúvida, a Bíblia. Há uma grande parte no livro de II Reis , revelando muito do que aconteceu durante
os reinados dos cinco reis a quem ministrava Habacuque (Manassés, Amom, Josias, Josias, Jeoiaquim).

Dê uma olhada no esquema abaixo. Como você olhar para os pontos de contorno práticos, você vai
imediatamente começar a ver o que é um tremendo recurso este panorama pode ser. O reinado de cada rei
é descrito em detalhes, incluindo os pensamentos para a aplicação e estudos mais profundos. Os contornos
nas páginas a seguir será uma grande ajuda para o seu estudo do grande livro de Habacuque , o profeta.
Pano de Fundo da Época de Habacuque

I. O reino perverso de Manassés (O Rei sob a qual Habacuque provavelmente nasceu) e do seu filho Amon:
um olhar sobre o terrível mau comportamento, 2 R. 21:1-26

2 K. 21:1-9 , 17-24 ; ver 2 Cr. 33:1-16 , 18-25

II. O piedoso Rei durante o tempo Habacuque viveu e começou seu ministério: Josias, 2 K. 22:01-23:30

A. O piedoso reinado de Josias (Parte 1)-Sua restauração do templo e descoberta da Palavra de Deus: duas
preocupações principais do crente, 2 K. 22:1-20

2 K. 22:1-20 ; ver 2 Cr. 34:1-2 , 8-28

B. O piedoso reinado de Josias (Parte 2)-Sua renovação espiritual e reforma: A necessidade de conversão,
por confiar o único Deus vivo e verdadeiro, 2 K. 23:1-30

2 K. 23:1-27 ; ver 2 Cr. 24:29-36:1

III. Os reis controlados pelo Egipto ou Babilônia, período em que Habacuque viveu e provavelmente
Pregou: Um olhar sobre quatro falhas críticas-Jeoacaz, Jeoiaquim, Joaquim, Zedequias, 2 K. 23:31-24:20

2 K. 24:8-16 , 17-20 ; ver 2 Cr. 36:9-10 , 11-13 ; Jer. 52:1-3


I. O reino perverso de Manassés (o Rei Em Que Habacuque
provavelmente nasceu) e de seu filho Amon: um olhar sobre o
terrível mau comportamento, 2 K. 21:1-26
2 K. 21:1-9 , 17-24 ; ver 2 Cr. 33:1-16 , 18-25

( 21:1-26 ) Introdução-Maldade, Atos de, Listado-Pecado, Atos de, Listado-Mundial, Fallen, prova-Man,
Fallen, à prova de depravação, Prova : em todo o mundo de hoje, quantas pessoas estão cheias de
hostilidade e estão em busca de vingança? Quantos são terroristas ou belicistas? Quantas guerras estão
sendo travadas? Quantos assassinatos foram cometidos na semana passada em nossa nação? Em seu
estado? City? Comunidade? Além de homicídio, pense em todos os estupros, assaltos, e abuso de crianças,
mulheres e homens. Pense em todos os assaltos e outros atos de violência e ilegalidade cometida. Quantas
pessoas mentiu, roubou, ou enganado? Quantos cometeu adultério ou algum outro ato sexual
ilícito? Quantas vezes na semana passada tem o nome de Deus foi usado em vão, malditos, ou outras palavras
de palavrões proferiu? Quantas pessoas já adoravam um deus ou não falso deus em tudo, em vez de adorar
o Senhor Deus (Jeová, Javé)?

Quando pensamos em todos os atos do mal que ocorrem no mundo em um determinado dia, podemos
chegar a uma única conclusão: vivemos em um mundo que caiu para as profundezas da depravação. Vivemos
em um mundo onde a ilegalidade ea violência são comuns, e da imoralidade e da adoração de falsos deuses
são apenas escolhas de vida alternativos.

O presente Escritura abrange os reinados de dois mal-reis Manassés e seu filho Amon-que governou no Reino
do Sul de Judá. Ao olhar para os reinados destes dois reis maus, vemos também as terríveis profundezas do
comportamento perverso.

Como esta passagem é estudado, tenha em mente que o império assírio dominou grande parte do mundo
daquele dia. Foi Assíria que tinha conquistado o Reino do Norte de Israel, deportando e espalhando os
israelitas por todo o império da Assíria. Agora, para o presente Escritura. Isto é: The Maldade Reigns de
Manassés (o Rei Em Que Habacuque provavelmente nasceu) e de Seu Filho Amon: Um olhar sobre os Péssimo
Depths of Behavior mau, 2 K. 21:1-26 .

. 1 O reinado do mal de Manassés: rejeitar o exemplo piedoso dos pais ( vv 1-18. ).

. 2 O reinado do mal de Amon: seguindo o mau exemplo dos pais ( vv 19-26. ).

1. ( 21:1-18 ) Exemplo, segundo Deus, rejeitando-Os pais, segundo Deus, rejeitado por, criança-Crianças,
rejeitando, piedoso Pais-Manassés, rei de Judá, Maldade Reign of-Reis, de Judá, Manassés-Reino do Sul de
Judá : o reinado do mal de Manassés mostra dramaticamente a forma como uma criança pode rejeitar o
piedoso exemplo dos pais. Seu pai Ezequias tinha vivido uma vida forte, justo e tinha feito mais para o povo
de Judá do que qualquer rei tinha antes ou depois dele, com exceção talvez de Davi ( 18:03 ). Mas não
Manassés. Em vez de seguir os passos de justiça do seu pai, ele optou por seguir os passos de seu avô maus
Acaz. Entre todos os reis de Judá, Manassés e seu avô Acaz foram os mais perversos e fez muito mais para
provocar a queda de Judá do que quaisquer outros reis (ver esboço e nota-2 K. 16:1-20 para mais
discussão).Assim como o mal Manassés foi pode ser adquirida a partir de três afirmações descritivas feitas
sobre ele: primeiro, ele restabeleceu a falsa adoração em Judá tão perverso Acabe havia feito no Reino do
Norte de Israel (v. 3 ). Em segundo lugar, ele fez muito mais que era mau, mau aos olhos de Deus ( v. 6 ). Em
terceiro lugar, mesmo os profetas acusaram de cometer mais mal do que os amorreus, imorais ou maus
cananeus que viviam na terra antes de Israel ( v. 11 ).
Olhar para baixo através das dezoito versos que registram a sua vida e observe como nenhuma realização é
mencionado: não político, militar, ou de obras públicas de projetos, e não um único. Embora Manassés teve
o reinado mais longo de todos os reis de Judá, os únicos fatos registrados sobre ele são as suas perversões
ímpios para com Deus. Que terrível legado para deixar ao mundo.

a. Quando apenas 12 anos, Manassés começou a governar como co-regente com seu pai
Ezequias. Aparentemente, o co-reinado com seu pai foi por cerca de 10 anos. Ao todo, Manassés teve o
reinado mais longo de todos os reis de Judá, 55 anos (cerca de 696-642 aC). O nome de sua mãe era Hefzibá,
que significa "o meu prazer está nela." Durante o reinado de Manassés, o profeta Isaías usou o nome de
Hephzibah em uma de suas previsões, profetizando que Jerusalém algum dia não mais ser chamado
abandonado ou desolada, mas sim Hephzibah "Meu prazer está nela" (Is. 62:4 ).

b. Uma longa lista de vergonhosas, perversões perversas de Manassés está registrado para a história
humana. Eles se apresentam como uma severa advertência: mau comportamento-se por uma nação, de um
governo ou de qualquer indivíduo, não será tolerado pelo Senhor. Cada pessoa deve se proteger contra a
sedução de comportamento imoral e perverso. Pelo menos 11 perversão estão listados:

1) Manassés viveu uma vida perversa, cometendo o mal aos olhos do Senhor. Apesar de ter todos os
privilégios de ser criado em um lar piedoso, ele rejeitou a exemplo de retidão de seus pais e perseguiu o
comportamento imoral e os falsos deuses do mundo ( v. 2 ).

2) Manassés seguiu as práticas pecaminosas detestáveis dos incrédulos mundanos ( v. 2 ). Como nojento
como a maldade das nações de Canaã tinha sido, Manassés ainda escolheu seguir seu estilo de vida do
mundo.

3) Manassés reconstruiu os lugares altos, os locais de adoração falsos seu pai Ezequias tinha destruído ( v.
3 ).

4) Manassés construiu altares para o falso deus Baal e imagens da deusa Asherah falsa. Ao fazer isso, ele
seguiu os passos do mal de Acabe, um rei no início de Israel (1 K. 16:33 ). No entanto, observe o próximo
ponto onde Manassés foi muito além do comportamento perverso de Acabe.

5) Manassés introduzida em Judá o culto assírio do sol, a lua e as estrelas, o culto das divindades astrais ( v.
3 ). Olhando para os corpos celestes para o seu futuro eo destino foi uma prática popular no mundo antigo,
assim como tem sido ao longo das gerações (em tais práticas como astrologia e leitura dos signos do zodíaco
para determinar o seu futuro).

6) Manassés realmente construído altares para os corpos celestes e os colocou no templo do Senhor, o
próprio santuário construído para o nome de Deus e só o seu nome ( v. 4-5 ). Mas ele não só construiu estes
altares no próprio templo, ele também construiu-los nos pátios do templo, bem como o átrio exterior usado
pelas pessoas e no átrio interior usados pelos sacerdotes.

7) Infelizmente, Manassés também praticavam sacrifícios humanos, oferecendo o seu próprio filho em
sacrifício a um deus falso ( v. 6 ). Sem dúvida, ele também encorajou o sacrifício humano em todo o país,
numa tentativa de apaziguar e conseguir o favor do deus Moloque.

8) Não é de surpreender, Manassés viveu no mundo do ocultismo, praticar feitiçaria e adivinhação (feitiçaria)
e consultar médiuns e espíritas ou médiuns ( v. 6 ).
9) Mais uma vez mostrando total desprezo para o nome de Deus e de Seu templo, Manassés definir um pólo
de escultura, uma imagem que simboliza a deusa Asherah, no templo ( v. 7 ). Observe o que a Bíblia diz sobre
esse ato particular de perversidade: ele violou a promessa que Deus tinha dado através de Davi e de seu filho
Salomão. Qual foi a promessa? Neste templo o próprio templo Manassés contaminaram-Deus havia
prometido para habitar entre o Seu povo de uma forma muito especial e colocar o Seu Nome sobre o templo
para sempre (2 S. 7:13 ; 1 K. 08:27 ).

10) Rejeitar a aliança mosaica, Manassés completamente desconsiderado as promessas de Deus, a lei, e os
mandamentos ( v. 8 ). Este também era um crime muito grave, pois o Senhor havia prometido manter seu
povo na terra prometida, desde que obedecido e manteve os Seus mandamentos.

11) Manassés levou o povo ao erro, tornando-se um obstáculo que tinha certeza de que a condená-los
individualmente e coletivamente, como uma nação ( v. 9 ). Recusando-se a ouvir a Palavra de Deus e às
advertências dadas a eles pelos profetas, as pessoas, infelizmente, fez mais mal do que as nações descrentes
que já havia vivido em Canaã.

c. Durante essas perversões más, Deus não pode ficar parado sem fazer nada e tomar nenhuma ação. Uma
vez que uma pessoa ou pessoas continuam dia após dia em seu pecado e maldade, o Senhor fica sem
escolha.Assim como Deus havia advertido ambos os reis e as pessoas ao longo dos anos, ele agora
pronunciado Seu julgamento sobre Manassés e Judá ( vv. 10-16 ).

1) Note-se que Deus não deixou o seu povo sem uma testemunha ou aviso. Uma e outra vez Ele enviou
profetas para dar um forte aviso para o povo em seguir o comportamento perverso do rei Manassés (Jr 2:9-
13 ; . Am 9:07 ; . Hab 1:05 ). Avisos foram necessárias por causa de pecados detestáveis, e vida perversa de
Manassés. Ele estava cometendo mais mal do que os amorreus imorais e perversos que já havia vivido em
Canaã.

2) Mas, como observado anteriormente, o povo não iria ouvir os profetas. Eles se recusaram a acatar suas
advertências. Consequentemente, isso é o que o Senhor, o Deus de Israel, disse: Ele ia trazer desastre para o
povo, um desastre que seria totalmente chocar qualquer um que já ouviu falar sobre a destruição de Judá. Os
próprios ouvidos dos ouvintes seria formigar com horror sobre a devastação provocada pela mão do
julgamento de Deus.

3) Na execução do julgamento, Deus iria usar sua linha de medição (fio de prumo) do julgamento, totalmente
limpando o povo apenas como uma pessoa limpa um prato, limpando a sujeira e grime. Ele iria enxugá-las
assim como Ele fez Samaria ou o Reino do Norte de Israel ea dinastia de Acabe.

4) Embora o povo de Judá nunca esperava Deus para julgá-los, Ele estava indo para rejeitá-las. Apesar do fato
de que eles eram o último remanescente ou sobreviventes da sua herança, eles deveriam ser entregues como
pilhagem de seus inimigos ( vv. 14-16 ). Observe as quatro razões para o julgamento que virá sobre o povo
de Judá:

⇒ Por causa de sua incredulidade e do mal, todo o mal que havia cometido desde sua libertação do Egito ( v.
15 ).
⇒ Porque Manassés tinha derramado tanto sangue inocente, tanto que o sangue corria de uma ponta de
Jerusalém para o outro ( v. 16 ; 09:07 , 26 ). Quem eram essas vítimas assassinadas? Crianças sacrificada ao
deus falso Moloque? Profetas? Os crentes genuínos que permaneceram fiéis ao Senhor e, portanto, foram
perseguidos por Manassés? Nada se sabe, além do que é gravado aqui.

⇒ Porque Manassés tinha sido um obstáculo terrível, levando as pessoas para longe do Senhor ( v. 16 ).

⇒ Porque o próprio povo tinha cometido tanto mal aos olhos do Senhor ( v. 16 ).

d. Realizações de Manassés e um resumo de sua vida, incluindo seus pecados terríveis, estão registrados no
livro A História dos Reis de Judá ( 17-18 vv. ). Depois de sua morte, ele foi enterrado no jardim do palácio
conhecido como o jardim de Uzá. Ele foi sucedido por seu filho Amon ( v. 18 ).

Pensamento 1 . Entre todas as lições que podem ser aprendidas a partir de reinado perverso de Manassés,
uma lição está acima de todos os outros. Ele rejeitou o piedoso exemplo de seus pais. Basta pensar em todas
as oportunidades que Manassés tinha crescendo no palácio. Ele sempre teve o melhor de tudo: roupas,
comida, bebida, moradia, transporte, educação, lazer, amigos, e pais piedosos que amava e se importava
com ele, sem dúvida, a criação lo nos caminhos do Senhor. Mas apesar de todas estas vantagens, ele nunca
deu graças ou louvor a Deus pelas coisas boas que havia recebido e apreciado. Ele nunca olhou para as
vantagens de ser bênçãos do Senhor. Obviamente seu coração era frio, insensível e duro para com o Senhor,
os seus pais, e as pessoas em geral. Rejeitando o exemplo piedoso que lhe estava por seus pais, viveu uma
das mais perversas vidas imagináveis. Que terrível legado para deixar o mundo!
Ao olhar para a vida de Manassés, a pergunta que temos de nos perguntar é o seguinte: temos rejeitou os
exemplos piedosos nos deu. A maioria de nós quer ter um exemplo piedoso conhecidos ou pessoas piedosas,
pelo menos observados caminhando entre nós. Em alguns casos, a exemplo piedoso era nossos pais; em
outros casos, era um parente, vizinho, colega de trabalho, ou amigo. Quem quer que fosse, já que seguiu os
passos divinos da pessoa? Ou será que estamos vivendo uma vida pecaminosos? Será que rejeitou a vida de
retidão exigida pelo Senhor? Ouça o que diz a Santa Palavra de Deus:

"E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente,
para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus "( Romanos 0:02.).
"Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimiga de Deus? Portanto,
qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus "(Js. 04:04 ).
"Tendo os olhos cheios de adultério e insaciáveis no pecar; engodando as almas inconstantes,
tendo um coração exercitado na avareza; crianças amaldiçoadas quais, deixando o caminho
direito, desviaram-se, seguindo o caminho de Balaão , filho de Beor, que amou o prêmio da
injustiça; Mas foi repreendido pela sua própria transgressão: um mudo jumento, falando com voz
humana, impediu a loucura do profeta. Estes são fontes sem água, névoas levadas por uma
tempestade, a quem a névoa de escuridão está reservada para sempre "( 2 Pe. 2:14-17 ).
"Não ameis o mundo, nem as coisas que estão no mundo. Se alguém ama o mundo, o amor do
Pai não está nele. Por tudo isso é no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos
ea soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo "(1 Jo. 2:15-16 ).
"E não andareis nos costumes dos povos que eu expulso de diante de vós, porque fizeram todas
estas coisas, e eu os abominei" ( Le 20:23. ).
"Só tome cuidado de ti mesmo, e guarda bem a tua alma, que não te esqueças das coisas que os
teus olhos têm visto, e não se apartem do teu coração todos os dias da tua vida, mas ensiná-los a
teus filhos, e os filhos de teus filhos" (De. 04:09 ).
"Guarda-te que não te enlaces seguindo-los, depois que elas forem destruídas diante de ti; e
que tu não perguntes acerca dos seus deuses, dizendo: Como é que estas nações os seus
deuses?mesmo assim eu vou fazer o mesmo "(De. 12:30 ).
"Mas eles zombaram dos mensageiros de Deus, e desprezaram as suas palavras, e usurpada de
seus profetas, até que o furor do Senhor subiu tanto contra o seu povo, até que não havianenhum
remédio "( 2 Cr. 36:16 ).
"Mas até o ímpio diz Deus: Que tens tu que fazer para declarar meus estatutos, e que tu deve-
est tomar a minha aliança na tua boca? Vendo odeias instrução, e lanças as minhas palavras para
trás de ti. Quando vês um ladrão, tu consentes com ele, e tens parte com os adúlteros. Tu dás a
tua boca para o mal, ea tua língua forja o engano. Tu te sentas e falar contra teu irmão; falas mal
contra o filho de tua mãe. Essas coisas fizeste, e eu me calei; tu pensavas que na verdade eu era um
tal como a ti mesmo , mas vou te repreenda, e definir -los em ordem diante dos teus olhos. Agora,
considere isto, vós que vos esqueceis de Deus, para que eu não rasgar você em pedaços,
e haja quem a livre. Aquele que oferece sacrifício de louvor me glorificará; e àquele que bem
ordena o seu conversa corretamente eu vou mostrar a salvação de Deus "( Sl 50:16-23. ).
"O temor do Senhor é o princípio do conhecimento; mas os insensatos desprezam a sabedoria
ea instrução "( Pr 01:07. ).
"Para que possas andar no caminho de bons homens, e guardarás as veredas dos justos "( Pr.
02:20 ).
"Ouça-me, pois, agora, ó filhos, e não te desvies das palavras da minha boca .... e digas: Como
detestei a instrução, e desprezou o meu coração a repreensão; E não escutei a voz dos que me
ensinavam, nem inclinei o meu ouvido para que me instruíam "( Pr. 05:07 , 12-13 ).
"Aquele que anda com os sábios homens será sábio, mas o companheiro dos tolos será destruído
"( Pr 13:20. ).
"Que este é um povo rebelde, filhos mentirosos, filhos que não querem ouvir a lei do Senhor
"(Is. 30:9 ).

. 2 ( 21:19-26 ) Mal, Dever, não seguir-Crianças, dever-Pais, Mal, Filhos de Amon, rei de Judá, Reign of-
King, de Judá : considerando o reinado longo e mal de Manassés , seu filho Amon tinha poucas chances de
escapar do ambiente perverso e estilo de vida em que ele foi criado. Crescendo como uma criança e, em
seguida, para a idade adulta, os prazeres do pecado, sem dúvida, floresceram ao seu redor. Com toda a
probabilidade que ele nunca soube de qualquer outro estilo de vida. Assim, quando ele assumiu o trono, ele
simplesmente continuou com a maldade e as políticas mal estabelecido por seu pai. Note-se a uma breve
descrição do seu reinado mal:
a. Assumindo o trono aos 22 anos, Amon governou apenas dois anos (642-640 aC). Assim como a iniqüidade
de seu pai tinha ofuscado a vida de Amon, para que o governo de seu pai de 55 anos ofuscado seu breve
reinado de dois anos. Raramente tem um filho ficou tão pouca oportunidade de ter sucesso diante do Senhor
e ao público como fez Amon. A mãe de Amon era Mesulemete e seu pai era Harus. Ambos os nomes parecem
ser de origem árabe, o que significaria que Amon foi provavelmente criado por um pagão, mãe descrente,
assim como um pai perverso.

b. Amon viveu uma vida perversa assim como seu pai fez. A Escritura diz que ele fez tanto mal como seu pai,
andando em todas as formas do mal de Manassés. Ou seja, ele continuou o estilo de vida e as políticas de
seu pai o mal, mesmo adorando os falsos deuses que seu pai havia adorado ( v. 21 ). Amon abandonou
completamente o Senhor, o Deus de seus pais, recusando-se a andar em Seus caminhos justos ( v. 22 ).

c. Dentro de 24 meses de ser coroado rei, mesmo antes que ele tivesse tempo para consolidar o seu poder-
Amon foi assassinado por seus próprios funcionários reais ( vv. 23-24 ). Apenas quem esses funcionários
foram não é gravado, mas observe o que lhes aconteceu: houve uma revolta popular contra os assassinos, e
eles foram executados pelos povos da terra. As pessoas, então, definir o filho de Amon Josias no trono.

Neste momento, Judá era um estado vassalo sob o controle dos assírios. Por causa dos maus reinados de
Manassés e Amon, é concebível que um partido sacerdotal assassinado Amon com a esperança de que eles
poderiam colocar um governante justo no trono. Se este era o caso, então talvez a revolta popular contra os
assassinos foi provocado por um partido assírio que queria ter certeza de que um torcedor assírio assumiu o
trono.

d. Realizações de Amon e um resumo de sua vida estão registrados no livro A História dos Reis de Judá ( 25-
26 vv. ). Depois de seu assassinato, ele foi enterrado no jardim de Uzá, o mesmo jardim onde seu pai
Manassés tinha sido enterrado. Ele foi sucedido por Josias, seu filho.

Pensamento 1 . Tragicamente, Amon seguiu o mau exemplo de seus pais. Mas lembre-se este fato: enquanto
seu pai Manassés tinha tido o exemplo de pais piedosos, Amon tinha apenas o mau exemplo de
Manassés.Não obstante, Amon se culpado por seu próprio comportamento perverso. A culpa não mentiu
com seu pai, mas sim com o próprio Amon.
Por isso, é com a gente. Se seguirmos o exemplo perverso de pais ou de qualquer outra pessoa, a culpa recai
sobre nós, e não com eles. Porque nós somos responsáveis pelo nosso próprio comportamento. Se seguirmos
o exemplo mal dos outros, cometendo maldades, nós somos aqueles que estão fazendo a escolha e tomar a
decisão de caminhar em seus passos. Consequentemente, nós, pessoalmente, sou culpado e condenado
perante Deus. Ouça o que a Santa Palavra de Deus diz sobre a exemplo do mal dos pais ou de qualquer outra
pessoa:

"Mas agora eu vos escrevi para não fazer companhia, se qualquer homem que é chamado de
um irmão ser um devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com
o tal nem ainda comais "( 1 Co. 05:11 ).
"Não vos ponhais em jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a
injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou
que parte tem o fiel com o infiel? E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós
sois o templo do Deus vivo; como Deus disse: Eu habitarei neles, e caminhar em eles; e eu serei o
seu Deus e eles serão o meu povo "( 2 Co. 6:14-16 ).
"Não seguirás a multidão para fazer o mal; nem te falar de uma causa a declinar após muitos
arrancar julgamento "( Ex. 23:02 ).
"Guarda-te que não te enlaces seguindo-los, depois que elas forem destruídas diante de ti; e
que tu não perguntes acerca dos seus deuses, dizendo: Como é que estas nações os seus
deuses?mesmo assim eu vou fazer o mesmo "(De. 12:30 ).
"Bem-aventurado é o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no
caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores "( Sl. 01:01 ).
"Não entres na vereda dos ímpios, e não ir no caminho dos maus homens "( Pr. 04:14 ).
"Mas disse eu a seus filhos no deserto: Não andeis nos estatutos de vossos pais, nem guardeis
os seus juízos, nem vos contamineis com os seus ídolos" ( Ezequiel. 20:18 ).

II. O piedoso Rei durante o tempo Habacuque viveu e começou


seu ministério: Josias, 2 K. 22:01-23:30
A. O piedoso reinado de Josias (Parte 1)-Seu TempleRestoration e Discov-peração da Palavra de Deus:
duas preocupações principais do crente, 2 K. 22:1-20
ver 2 Cr. 34:1-2 , 8-28

( 22:1-20 ) Introdução : quando olhamos em volta para a beleza mundialmente cuidadosamente e


honestamente-vemos na natureza e na atracção de pessoas e seu comportamento. Uma avaliação honesta
revela também as pessoas que estão amoroso, gentil, honesto, justo, carinho, e útil para o ministério. As
pessoas são vistas encorajando um ao outro e fazer boas ações. Eles também são vistos adorando o Deus
vivo e verdadeiro, como Deus instruiu, amando um ao outro e espalhar a mensagem da justiça e do amor em
todo o mundo. Estas duas questões, a justiça ea adoração do Deus vivo e verdadeiro, são as preocupações a
serem tratados nesta passagem da Sagrada Escritura.

Esta é a história de Josias, o bisneto de Ezequias, o rei mais piedoso que jamais governou o Reino do Sul de
Judá. Mas quando Josias entrou em cena, sua justiça ultrapassou até mesmo a de Ezequias. Entre todos os
reis de Judá e Israel, havia apenas quatro reformadores: Asa, Josafá, Ezequias e Josias. Ha quem considere
Ezequias e Josias, o mais importante, porque as grandes reformas que realizadas durante suas
administrações.

Ao olhar para a política dos dias de Josias, vê-se uma grande mudança no poder que precisa ser
observado. Russell Dilday dá um excelente resumo da mudança de poder:

Acontecimentos importantes foram em erupção em todo o mundo bíblico em 638 aC, quando Josias subiu ao
trono em Jerusalém .... Como a poderosa influência da Assíria estava diminuindo, a invasão selvagem dos
citas surgiu no horizonte e durou até 624 aC Finalmente, em 612 aC a capital da Assíria caiu diante de um
exército combinado de citas, medos e babilônios. Isso abriu o caminho para a ascensão ao poder sinistro
mundo de Babilônia, cuja enviados "inocentes" tinha visitado a corte de bisavô de Josias ( 2 Reis 20:12 ). Em
627 aC, a voz articulada de Jeremias, reforçada pela pregação de Sofonias e Naum, começou a ser ouvido em
Judá. Embora não seja um desses eventos é mencionado neste relato histórico do reinado de Josias, eles
devem ter tido um enorme impacto sobre o rei, tanto durante seus anos de formação e durante os anos ativos
de suas reformas nacionais.

Em abrangendo a vida e reformas instituídas por Josias, são discutidos cinco grandes eventos, dois dos quais
são no capítulo 22 e três no capítulo 23. Cada um desses eventos pinta a imagem de uma profunda
preocupação que deve preencher o coração de cada pessoa. Isto é: os piedosos reinado de Josias (Parte 1)-
Seu Templo Restauração e descoberta da Palavra de Deus: duas preocupações principais do crente, 2 K. 22:1-
20 .

. 1 A piedade de Josias e sua restauração do templo: a preocupação com a justiça e para a verdadeira
adoração (vv. 1-7).

. 2 A descoberta da Palavra de Deus, o Livro da Lei: a preocupação com a Palavra de Deus (vv. 8-20).

1. ( 22:1-7 ) A justiça, a preocupação com-Piedade, Exemplo de-Testemunho, da Divindade-Templo,


Restauração de-Josias, rei de Judá, Reino do Sul de Judá, Reis de : no começo da história de Josias, dois fatos
são imediatamente enfatizou: a sua piedade e sua restauração do templo. Lembre-se que seu pai Amon havia
sido assassinado por seus próprios funcionários reais, o mais provável um partido sacerdotal ( 21:23-
26 ). Depois disso, as pessoas reagiram em um levante popular e executado assassinos do rei, colocando
Josias no trono para suceder seu pai. O mais provável é que os assassinos tinham sido anti-assírios, eo grupo
que reagiu contra eles e colocou Josias no trono eram pró-assírios que temiam represálias da
Assíria. Quaisquer que sejam as razões políticas para o assassinato, houve uma profunda preocupação pelos
líderes piedosos que a linhagem de Davi, um verdadeiro descendente de David, continuar no trono. Assim, a
história de Josias, começa assim:
a. Josias era apenas um menino quando começou a reinar, apenas oito anos de idade ( v. 1 ). Isso significava
que ele estava sob o controle e orientação de outras pessoas até que se tornou velho o suficiente para
governar o país por conta própria. Incluindo os anos de seu governo como uma criança, que governou o país
por 31 anos. Ele foi morto em uma batalha com o Egito, morrendo na tenra idade de 39 anos. Sua mãe era
Jedida, que foi, provavelmente, uma mulher de Deus que criou seu filho Josias no conhecimento do Senhor
e deu-lhe forte aconselhamento espiritual.

b. Alguém definitivamente tinha uma forte influência, espiritual sobre jovem Josias, pois ele viveu uma vida
correta aos olhos do Senhor ( v. 2 ). Na verdade, a Escritura diz que ele seguiu o exemplo piedoso de Davi,
nunca desviando o exemplo de retidão estabelecida pelo antigo rei.

c. Durante o seu reinado, Josias tinha duas preocupações principais: a restauração do templo e da verdadeira
adoração ao Senhor, o único Deus vivo e verdadeiro ( 3-7 vv. ). Por causa de sua piedosa, educação justos,
uma profunda preocupação com a adoração ao Senhor foi obrigado a agarrar o coração do jovem rei. Quando
ele atingiu a idade de 26 no décimo oitavo ano de seu reinado, ele tomou a decisão crucial para restaurar o
templo e reinstituir a verdadeira adoração do Senhor vivo. Virando-se para o seu oficial chefe, o secretário
dos assuntos do Estado, Safã, dirigiu-o a gerir o projeto de restauração. Quatro instruções claras foram
entregues ao secretário de Estado:
⇒ para atribuir a angariação de fundos para o projeto para o Sumo Sacerdote Hilquias ( v. 4 )

⇒ para usar as doações voluntárias dos fiéis para reparar o templo

⇒ para dar o dinheiro para os supervisores de construção ( v. 5 )

⇒ para que os supervisores usar o dinheiro para pagar os trabalhadores e para comprar os materiais para o
projeto de restauração ( v. 6 )

Embora o secretário de Estado era o gerente geral do projeto, os supervisores deveriam ser confiados com o
dinheiro. Por causa de sua honestidade, não havia necessidade de manter uma conta do dinheiro. Eles eram
supervisores ambos responsáveis e fiéis do projeto de restauração.

Pensamento 1 . Josias teve uma profunda preocupação com a justiça e para a verdadeira adoração. As
mesmas preocupações deveria aderência nossos corações. Por justiça e verdadeira adoração determinar
nosso destino, tanto individualmente como coletivamente, como sociedade e nação. A justiça constrói um
caráter de integridade dentro das pessoas, e os indivíduos justos construir uma nação. Se uma pessoa é justo,
ele é honesto, justo, verdadeiro, moral e cumpridores da lei. Ele não só mantém as leis da terra, mas ele
também trabalha diligentemente em seu trabalho, a fim de dar um contributo significativo para a
sociedade. Justiça constrói o caráter dos indivíduos. E quando houver um número suficiente de nós com
personagens justos, estamos a construir uma nação de justiça, um país de enorme força. Como veremos,
esta foi a experiência de Josias; e que pode ser o de qualquer experiência de nós.
Josias tinha outra preocupação de que nós também podemos aprender, a preocupação com a verdadeira
adoração. A verdadeira adoração também determina o nosso destino. O senso comum nos diz isso. Pense
sobre essa gloriosa verdade: Deus existe; Ele está vivendo e Ele é amoroso. Portanto, se nós adoramos o Deus
vivo e verdadeiro, então ele é obrigado a nos aceitar. Ele é o Senhor Deus do universo, que criou o mundo e
tudo o que está nele. Ele até enviou o Seu próprio Filho para morrer por nossos pecados, porque Ele nos ama
tanto. Por essa razão, é Deus e somente Deus, o único Deus vivo e verdadeiro, que deve ser adorado. Ouça
o que a Santa Palavra de Deus diz sobre estas duas preocupações, preocupações que devem aderência a cada
um dos nossos corações:

(1) A preocupação com a justiça deve agarrar-nos.

"Pois eu vos digo que, se a vossa justiça não exceder a justiça dos escribas e fariseus, de modo
nenhum entrareis no reino dos céus "(Mt. 05:20 ).
"Acordai para a justiça e não pequeis; para alguns não têm o conhecimento de Deus: Eu
falo isso para vergonha vossa "( 1 Co. 15:34 ).
"Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito
tudo, ficar firmes. Estai, pois, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e com a couraça da
justiça "( Ef. 6:13-14 ).
"Cheios dos frutos de justiça, que são por Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus" (Ph. 01:11 ).
"Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas; e segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a
paciência, a mansidão. Combate o bom combate da fé, espera colocar a vida eterna, a qual também
foste chamado, e tens feito boa confissão diante de muitas testemunhas "(1 Ti. 6:11-12 ).
"Ensinando-nos que, renunciando à impiedade e às paixões mundanas, vivamos sóbria, justa e
piedosamente, no presente mundo; Olhando para a bendita esperança ea manifestação da glória
do nosso grande Deus e Salvador Jesus Cristo "( Tit. 2:12-13 ).
"Mas o dia do Senhor virá como um ladrão de noite; no qual os céus passarão com grande
estrondo, e os elementos se desfarão abrasados, também a terra e as obras que nela há, se
queimarão. Vendo então que todas essas coisas hão de ser assim dissolvidas, que pessoas
de devereis ser em tudo santidade e piedade, aguardando, e desejando ardentemente a vinda do
dia de Deus, em que os céus, em fogo se dissolverão, e os elementos se desfarão abrasados? Nós,
porém, segundo a sua promessa, aguardamos novos céus e uma nova terra, onde habita a
justiça. Por isso, amados, visto que estais aguardando estas coisas, procurai diligentemente para
que possais ser encontrados por ele em paz, sem mácula e irrepreensíveis "( 2 Pe. 3:10-14 ).
"Bem-aventurado é a nação cujo Deus é o Senhor, e as pessoas a quem ele escolheu para sua
herança "( Sl 33:12. ).
"Pela bênção dos retos se exalta a cidade, mas é derrubada pela boca dos ímpios" ( Pr 11:11. ).
"A justiça exalta as nações, mas o pecado é o opróbrio dos povos "( Pr 14:34. ).
"Tira o ímpio da presença do rei, eo seu trono se firmará na justiça "( Pr. 25:5 ).
"Semeai para vós em justiça, colhei segundo a misericórdia; quebrar o seu solo em pousio,
porque é tempo de buscar ao Senhor, até que ele venha e justiça chuva sobre você "(Ho. 10:12 ).

(2) A preocupação com a, fiel adoração consistente do único Deus vivo e verdadeiro aperto must nós.

"Então disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Adorarás o Senhor teu Deus, e só a
ele servirás" (Mt. 04:10 ).
"E, chegando a Nazaré, onde tinha sido criado, e, segundo o seu costume, entrou na sinagoga
no dia de sábado, e levantou-se para ler" (Lc \ 1:04:16).
"E adoraram-lo, e voltaram para Jerusalém com grande alegria: E estavam sempre no templo,
louvando e bendizendo a Deus. Amém "(Lc \ 1:24:52-53).
"Deus é Espírito, e aqueles que o adoram devem adorá -lo em espírito e em verdade "(Jo 04:24 ).
"Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns é, mas exortando uns aos outros: e
tanto mais, quanto vedes que o dia se aproxima "(Hb 10:25 ).
"Dizendo com grande voz: Temei a Deus e dai-lhe glória; para a hora do seu juízo é vinda e adorai
aquele que fez o céu, ea terra, eo mar, e as fontes das águas "(re. 14:07 ).
"Dai ao Senhor a glória devida ao seu nome; trazei presentes, e vinde perante ele; adorai ao
Senhor na beleza da santidade "( 1 Crônicas 16:29. ).
"Senhor, eu tenho amado a habitação da tua casa eo lugar onde permanece a tua glória" ( 26:8
Ps. ).
"Uma coisa que eu desejado do Senhor, que eu procuro depois; que eu possa morar na casa do
Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do Senhor, e inquirir no seu
templo "( Sl. 27:4 ).
"Ó, vinde, adoremos e prostremo-nos ajoelhar diante do Senhor nosso criador" ( Sl 95:6. ).
"Adorai o Senhor na beleza da santidade: o medo diante dele toda a terra" ( Sl 96:9. ).

2. ( 22:8-20 ) Palavra de Deus, Descoberto por, Josias - Palavra de Deus, Importância da-lei, livro de,
descoberto na Bíblia, Importância da-Escrituras, Importância da-Josias, Descoberta do Livro da Lei-Hilquias,
Descoberto Lei-Hilda de Deus, uma profetisa, previu queda de Judá-Judá, Queda previu : durante a
restauração do templo, a mais surpreendente descoberta, emocionante foi feita. Santa Palavra de Deus, "O
Livro da Lei", foi descoberto no templo. Durante décadas a Palavra de Deus tinha sido perdido, pelo menos
por 75 anos. Porque, quando os 55 anos de reinado de Manassés é adicionado aos 2 anos de seu filho Amon
do reinado e os 18 anos de infância de Josias, a Palavra de Deus não estava disponível para o povo, pelo
menos, 75 anos. A importância de encontrar o pergaminho da Santa Palavra de Deus não pode ser
subestimada.
Como grande parte da lei foi descoberto? Foi apenas os Dez Mandamentos? Ou o livro de Deuteronômio ,
que foi chamado às vezes "O Livro da Lei"? Ou era todo o Pentateuco, os cinco primeiros livros do Antigo
Testamento? Escritura não diz, mas considerando que toda a Escritura parece ter sido perdido antes desta
descoberta e que as cópias do Pentateuco foram posteriormente transmitidos através dos séculos, mesmo
até ao presente momento, o que foi encontrado foi provavelmente todo o Pentateuco. Seja qual for o caso,
uma conta emocionante da descoberta eo impacto significativo que tinha sobre a nação é descrita
dramaticamente pela Escritura:

a. O próprio Sumo Sacerdote era a pessoa que descobriu o Livro da Lei no templo ( v. 8 ). Quando o secretário
de Estado Safã visitou o canteiro de obras, o Sumo Sacerdote deu o Livro da Lei para ele. Note-se que o
secretário de Estado lê-lo.

b. Uma vez Safã tinha lido o livro, ele voltou para o rei Josias e deu ao rei um relatório sobre o projeto de
construção ( vv. 9-10 ). Uma vez que os assuntos de negócios estavam fora do caminho, ele informou ao rei
que um livro tinha sido descoberto pelo Sumo Sacerdote no templo. Ele, então, ler trechos do livro ao rei.

c. Sentado ali ouvindo a Palavra de Deus que está sendo lido, o rei Josias, de repente ficou sob condenação. O
temor de Deus e Seu julgamento atingiu o coração do rei e ele começou a chorar ( v. 19 ). Na verdade, ele
rasgou suas vestes em um ato de luto por seus pecados e arrependimento diante do Senhor ( vv.
11 , 19 ). Depois de ganhar a compostura, Josiah nomeou uma delegação para estudar o livro e buscar o
Senhor para uma explicação completa de sua mensagem ( vv. 12-13 ). A delegação incluiu as seguintes
pessoas:

⇒ Hilquias, o sumo sacerdote

⇒ Aicão, que era o filho do secretário de Estado Safã

⇒ Asaías, que era um dos funcionários reais do rei


d. Apenas uma única carga foi dada à delegação: estudar e aprender o significado da mensagem do livro ( v.
13 ). Sob forte convicção de que o Senhor, Josias deu duas razões para dar esse encargo para a delegação:

⇒ porque a ira do Senhor se acendeu contra ele e seu povo em julgamento

⇒ porque eles e seus antepassados pecaram e desobedeceram a Deus, não guardando os mandamentos que
foram escritos no livro

Talvez as promessas da aliança e maldições de Deus são o que foi lido (ver contornos e notas- Le 26:1-46. ; .
De 27-28 para mais discussão). Seja qual for a Escritura era, Josias estava sob profunda convicção e sentia
uma necessidade desesperada de saber se os juízos ler para ele eram para ter efeito sobre Judá. Ele precisava
saber se Deus tivesse misericórdia sobre ele e seu povo. Sentindo profunda convicção diante do Senhor,
Josias foi obrigado a desvendar o significado da Escritura.

e. Ao buscar o Senhor para o significado, a delegação do conselho com a profetisa Hulda ( vv. 14-15 ). Esta
profetisa era a esposa de Salum, que era o detentor do guarda-roupa real. Ela e seu marido viviam em
Jerusalém, em uma seção conhecida como o Segundo Distrito. Jerusalém parece ter sido dividido em dois
distritos ou bairros ( Ne 3:9-12. ; . Sofonias 1:10 ).

Considerando-se que esta é a única vez que a profetisa Hulda é mencionado, é interessante que o Senhor
escolheria ela para essa tarefa mais importante. Para durante estes dias, três profetas conhecidos estavam
ativos em toda a nação de Judá: Naum, Sofonias e Jeremias. Nenhuma razão é dada pela Escritura para Deus
escolher a profetisa Hulda nos três profetas conhecidos. Seja qual for a razão que poderia dar seria mera
especulação.Independentemente do motivo, o Senhor honrou esta mulher, a profetisa Hulda. O Senhor deu-
lhe a importante tarefa de prever o futuro julgamento da mão de Deus. Ela foi encomendado por Deus para
compartilhar o sentido da Sua Santa Palavra que havia sido recentemente descoberto.

f. A profetisa declarou que Deus iria julgar e destruir a cidade de Jerusalém e seu povo ( vv. 16-20 ). Tudo o
que o rei tinha lido escrito no livro era para ser executado ( vv 16-17. ):

⇒ porque as pessoas tinham abandonado o Senhor e adoraram falsos deuses

⇒ porque as pessoas provocaram o Senhor à ira

Mas, apesar da mensagem terrível do julgamento no livro, o Senhor tinha uma mensagem muito especial
para o próprio rei Josias. Deus ouviu sua oração:

⇒ porque seu coração tinha sido concurso, responde à Palavra de Deus

⇒ porque tinha entristecido, mostrando profunda preocupação com o pecado do povo eo juízo vindouro
sobre eles
⇒ porque ele mesmo tinha humilhado e choraram perante o Senhor em arrependimento pessoal ( vv. 18-
19 )

Por estas três razões Deus mostrar misericórdia para com Josias, fazendo duas coisas maravilhosas para ele
( v. 20 ). Primeiro, quando ele morreu, ele iria experimentar a paz de Deus em seu coração. Em segundo lugar,
ele iria escapar pessoalmente o julgamento de Deus sobre Judá e Jerusalém, ser poupado a visão da vinda
angústia e condenação das pessoas por causa de seus pecados.

Pensamento 1 . Que lição para nós! Para Josias e seu povo, a Palavra de Deus tinha sido perdido. Para muitos
de nós, a Palavra de Deus foi perdida. Durante anos, temos negligenciado e ignorado Sua Palavra, agindo
como se não acreditamos que a Bíblia é a Palavra escrita de Deus. Mas se nós realmente acreditamos que a
Bíblia é a Palavra de Deus, devemos banquetear-se com ele. Temos de aprender o que Deus tem a nos dizer.
Porque, se a Bíblia realmente é o que afirma ser a Palavra de Deus, e nós temos ignorado e negligenciado, o
que Deus diz para nós, quando nos deparamos com Ele?
Acima de tudo o que é para ser temido nesta vida é a negligência ou a negação de Deus e Sua Santa
Palavra. Nada neste mundo é tão importante quanto fazer exatamente o que diz a Palavra de Deus, obedecê-
Lo e guardar Seus mandamentos. Mas antes que possamos guardar os Seus mandamentos, devemos saber
o que os seus mandamentos são. E só há uma maneira de aprender os mandamentos de Deus: ao estudar
Sua Santa Palavra. Ouça o que Deus diz sobre a Sua Santa Palavra:

"Examinai as Escrituras; porque nelas vós cuidais ter a vida eterna, e são elas que de mim
testificam "(Jo 5:39 ).
"Vós já estais limpos pela palavra que vos tenho falado" (Jo 15:03 ).
"Santifica-os na verdade: a tua palavra é a verdade" (Jo 17:17 ).
"Mas estes foram escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus; e para que,
crendo, tenhais vida em seu nome "(Jo 20:31 ).
"Homens e irmãos, esta escritura convinha que se cumprisse o que o Espírito Santo pela boca
de Davi, acerca de Judas, que foi o guia daqueles que prenderam a Jesus "( 1:16 Ac. ).
"Estes eram mais nobres que os de Tessalônica, porque receberam a palavra com toda a avidez,
examinando as Escrituras todos os dias, se estas coisas eram assim" ( Ac. 17:11 ).
"Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de
todo aquele que crê; primeiro do judeu, e também do grego "( Rm. 1:16 ).
"Para as coisas que foram escritas outrora foram escritas para nossa aprendizagem, para que
pela paciência e consolação das Escrituras, tenhamos esperança" ( Ro. 15:04 ).
"Agora, tudo isto lhes sobreveio como figuras, e estão escritas para aviso nosso, para quem os
fins dos séculos têm chegado" ( 1 Co. 10:11 ).
"A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria; ensino e
admoestando uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando com graça em
vosso coração ao Senhor "(Co. 3:16 ).
"Procura apresentar-te a Deus aprovado, um obreiro que não tem de que se envergonhar, que
maneja bem a palavra da verdade" (2 Timóteo. 02:15 ).
"Toda a Escritura é inspirada por Deus e é útil para o ensino, para a repreensão, para a correção,
para a educação na justiça "(2 Timóteo. 03:16 ).
"Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois
gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir
os pensamentos e intenções do coração " (Hb 4:12 ).
"Nós também temos uma palavra mais segura de profecia; onde até fazeis o bem que vocês
prestem atenção, como a uma luz que alumia em lugar escuro, até que o dia amanheça, ea estrela
da alva apareça em vossos corações: Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da
Escritura é de particular interpretação. Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de
homem algum, mas os homens santos de Deus falaram como foram movidos pelo Espírito Santo
"( 2 Pe 1:19-21. ).
"Estas coisas vos escrevi a vós, os que credes no nome do Filho de Deus; para que saibais que
tendes a vida eterna, e para que creiais no nome do Filho de Deus "(1 Jo. 5:13 ).
"De que maneira poderá o jovem guardar puro o seu caminho? Observando a isso , segundo a
tua palavra "( Sl. 119:9 ).
"Tua Palavra Guardo no meu coração, para eu não pecar contra ti" ( Sl. 119:11 ).
"E-me-ei em teus mandamentos, que eu vos amei" ( Sl. 119:47 ).
"A lei da tua boca é melhor para mim do que milhares de ouro e prata "( Sl. 119:72 ).
"Quanto amo a tua lei! ela é a minha meditação o dia todo "( Sl. 119:97 ).

B. O piedoso reinado de Josias (Parte 2)-Sua renovação espiritual e reforma: A necessidade de


conversão, por confiar o único Deus vivo e verdadeiro, 2 K. 23:1-30
ver 2 Cr. 24:29-36:1

( 23:1-30 ) Introdução-Adoração, False, Traço de Pessoas-deuses falsos, adoração de Deus, Revelação de, é
um fato a Deus, Revelação, prova que Deus é amor, não ódio a Deus, Prova de , revelou-se: ao olhar para
várias práticas e formas de culto em todo o mundo, é evidente que poucas pessoas realmente adorar o
Senhor, o único Deus vivo e verdadeiro. A maioria das pessoas adoram um deus criado por sua própria mente
e imaginação. Por exemplo, quais são seus pensamentos sobre Deus, sobre quem Ele é e como Ele é? Quando
você pensa em Deus, que imagens vêm à sua mente? Qual é a sua imagem de quem é Deus?Em toda a
honestidade, a maioria de nós adoramos o que a nossa imagem, a nossa imaginação de Deus é. Mas este não
é o Deus vivo e verdadeiro, não importa o que a nossa imagem ou pensamentos são.

O Deus vivo e verdadeiro é o Deus da revelação , o Deus que ama esta terra tanto que Ele nunca nos deixará
no escuro sobre quem Ele é. Ele nunca nos deixou andará em trevas, querendo saber sobre a verdade eo
sentido da vida, sobre quem somos, por que estamos aqui e para onde estamos indo. Nem Ele nos deixar no
escuro sobre si mesmo, ou não, ele realmente existe e se é possível obter uma relação pessoal com ele.

Mais uma vez, o Deus vivo e verdadeiro é o Deus da revelação , um Deus que nos ama tanto que
Ele tem revelado a verdade para nós. Como é que Ele revelou isso? Ao vir a esta terra Si mesmo na pessoa
de Jesus Cristo. Em Jesus Cristo, Deus nos mostrou a si mesmo, quem Ele é, como Ele é, e como devemos
viver. Jesus Cristo é a imagem do único Deus vivo e verdadeiro.
Acreditar em e adorar o único Deus vivo e verdadeiro é o tema central que deve ser aproveitada neste
capítulo da Santa Palavra de Deus. Esta é a história de uma reforma espiritual de Josias em Judá, sua tentativa
de converter as pessoas para o Deus vivo e único. Lembre-se que Josias tinha acabado de receber a
mensagem profética do julgamento de Deus sobre Judá. E o julgamento devia ser terrível, igual ao do Reino
do Norte. A imagem é um dos completa destruição pelos babilônios invasores ea deportação das pessoas da
terra prometida. Mas, por causa da justiça de Josias, o Senhor lhe tinha prometido que não iria pessoalmente
testemunhar a terrível destruição que vem. Quebrado sobre a mensagem de julgamento, Josias estendeu a
mão para converter ou trazer seu povo de volta ao Senhor, com a esperança de que eles iriam responder
positivamente. E espero que, o Senhor tenha misericórdia e segurar a mão do juízo vindouro. Esta é a
mensagem importante do presente Escritura: O piedoso reinado de Josias (Parte 2)-Sua renovação espiritual
e reforma: A necessidade de conversão, por confiar o único Deus vivo e verdadeiro, 2 K. 23:1-30 .

. 1 A leitura pública da Palavra de Deus ea dedicação das pessoas ao Senhor: a preocupação com a obediência
(vv. 1-3).

. 2 As reformas instituídas por Josias: uma preocupação para o único verdadeiro Deus vivo e verdadeiro,
confiando crença (vv. 4-20).

. 3 O julgamento feroz de Deus contra Judá: uma preocupação muito necessária sobre a imagem do juízo
vindouro (vv. 26-30).

1. ( 23:1-3 ) A obediência, a preocupação com, Exemplo-Palavra de Deus, Leitura, na adoração, por Josiah-
Adoração, Serviços de, leitura da Palavra de Deus-Rededicação, Exemplo de-Aliança, Renovação, Exemplo
de-Josias, rei de Judá, Reign of-Reis, de Judá-Josias, Preocupações de Obediência : no lançamento de sua
reforma em todo o país, a primeira decisão tomada por Josias foi a realização de um culto público, ler a
Palavra de Deus, e em seguida, convidar as pessoas a entregar suas vidas ao Senhor. Depois de ouvir a
mensagem do juízo vindouro de Deus, a esperança de Josias foi pela misericórdia de Deus. Se as pessoas
respondem positivamente e ser genuinamente convertido ao Senhor, talvez o Senhor tenha
misericórdia. Talvez Ele perdoaria seus pecados e transformá Seu julgamento longe de Judá. Para realizar
esta conversão ao Senhor, Josias convocou todos os líderes e cidadãos da nação para o serviço de renovação
no templo. Desde o menor até o maior foram convocados, incluindo todas as pessoas, os funcionários reais,
e os sacerdotes e profetas.
Chamando todos os profetas no serviço, isso significava que Jeremias, Sofonias e Naum-homens que
escreveram livros proféticos incluídos na Sagrada Escritura, eram provavelmente lá. Com a massa de pessoas
no atendimento, Josias tomou a Palavra de Deus, que havia sido recentemente descoberto, o Livro da Aliança
e leu para o povo ( v. 2 ). Pela primeira vez em mais de 75 anos, as pessoas ouviram a Palavra de Deus lida. Eles
ouviram os mandamentos de Deus, como eles foram para adorá-Lo e Ele sozinho e como deviam tratar uns
aos outros com bondade e justiça, respeitando a vida humana ea propriedade.

Quando Josias tinha terminado de ler a Palavra de Deus, o Livro da Aliança-Ele, pessoalmente, renovou a
aliança si mesmo. Dedicou-se a seguir o Senhor e guardar Seus mandamentos, com todo o seu coração e
alma (v. 3 ). Em seguida, voltando-se para o povo, ele chamou-os a transformar suas vidas para o
Senhor. Respondendo ao desafio, as pessoas dedicaram-se à aliança da Santa Palavra de Deus. A partir de
agora, eles iriam obedecer ao Senhor e guardar Seus mandamentos.
Pensamento 1 . Imagine não ter a Palavra de Deus, a Bíblia Sagrada, disponível em qualquer forma. Imagine
a Bíblia foi, perdido, com apenas uma cópia deixado na existência; ainda ninguém sabe onde ele está. Isto é
o que aconteceu durante os dias dos reis, tanto no Norte e Reinos do sul. O povo tinha se tornado tão
perverso e mal que eles tinham esquecido a Palavra de Deus.
Um mundo sem a Santa Palavra de Deus seria um mundo de escuridão, um vazio mundo da moralidade e da
justiça. Pense de volta através da história, a partir do presente para o passado. Pense nas sociedades que
não honram a Palavra de Deus, a Bíblia Sagrada-as sociedades que ignoram, negligência, ou negar a Palavra
de Deus. Olhe para a falsa adoração, a confusão de adoração, ea imoralidade, ilegalidade e violência que
varreu e ainda estão varrendo-through sociedades que falham para homenagear a Santa Palavra de Deus. É
a Palavra de Deus que nos dá luz, que nos dá mandamentos de Deus nos dizendo como viver. Seus
mandamentos nos diz que devemos amar a Deus em primeiro lugar e, em seguida, amar o nosso próximo
como a nós mesmos. Além disso, eles nos dizem que devemos santificar o dia de sábado, adorar a Deus e
cuidar de nossos corpos. Isso significa que devemos tomar um dia por semana para descansar e adorá-Lo.

Ao amar os nossos vizinhos, devemos tratar uns aos outros, assim como queremos ser tratados. Não devemos
desonrar nossos pais e mães, nem matar um ao outro, nem cometer adultério, nem mentir por falso
testemunho contra os outros, nem fofocas sobre o outro, nem cobiçar a propriedade de cada um.

Não adianta ter a Santa Palavra de Deus, a menos que obedecê-la. De que valor é que ele sabe alguma coisa
se não agir sobre ele ou seguir com ele? De que vale é ter a Palavra de Deus, se nós estamos indo para
negligenciá-lo ou até mesmo negar que ela é a Palavra de Deus? Devemos nos lembrar de um fato
importante: negar um fato não torna o fato falso. Se um pedaço de informação é verdadeira, ela permanece
verdadeira se estamos ou não aceitá-lo. E, acima de todas as outras verdades é esta uma verdade: Deus
existe e Deus é amor. Portanto, Deus nunca nos deixa na escuridão, incapaz de saber a verdade. Por esta
razão, Deus nos deu a Sua Santa Palavra, para que possamos saber a verdade. Deus é amor; portanto, Deus
revelou a verdade para nós, tanto em Cristo e em Sua Santa Palavra.

Consequentemente, o nosso dever é obedecer a Sua verdade, a Santa Palavra de Deus. Ouça o que Deus diz
a respeito da obediência:

"Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor, Senhor, entrará no reino dos céus; mas aquele que
faz a vontade de meu Pai que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não
profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não
fizemos muitas maravilhas? E então direi-lhes: Nunca vos conheci: afastar-me, vós que praticais a
iniqüidade "(Mt. 7:21-23 ).
"E ele disse-lhe: Por que me chamas bom? há bom senão um só, isto é, Deus, mas se queres
entrar na vida, observa os mandamentos "(Mt 19:17 ).
"Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; assim como eu tenho
guardado os mandamentos de meu Pai, e permaneço no seu amor "(Jo 15:10 ).
"Toda a Escritura é inspirada por Deus e é útil para o ensino, para a repreensão, para a correção,
para a educação na justiça "(2 Timóteo. 03:16 ).
"Mas aquele que atenta bem para a lei perfeita da liberdade, e nela, ele não sendo ouvinte
negligente, mas operoso praticante, esse será bem-aventurado no seu feito "(Js. 1:25).
"Nós também temos uma palavra mais segura de profecia; whereunto fazeis o bem que vocês
prestem atenção, como a uma luz que alumia em lugar escuro, até que o dia amanheça, ea estrela
da alva apareça em vossos corações: Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da
Escritura é de particular interpretação. Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de
homem algum, mas os homens santos de Deus falaram como foram movidos pelo Espírito Santo
"( 2 Pe 1:19-21. ).
"Porque este é o amor de Deus, que guardemos os seus mandamentos, e os seus mandamentos
não são pesados" (1 Jo. 5:03 ).
"Aqui está a paciência dos santos: aqui estão os que guardam os mandamentos de Deus ea fé
de Jesus "(Re. 14:12 ).
"Bem-aventurados são aqueles que guardam os seus mandamentos, para que tenham direito à
árvore da vida, e possam entrar pelas portas na cidade "(re. 22:14 ).
"Agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, então sereis
um tesouro peculiar para mim acima de todos os povos, porque toda a terra é minha "( Ex 19:05. ).
"E faço misericórdia a milhares dos que me amam e guardam os meus mandamentos" ( Ex.
20:06 ).
"O que houve tal coração, que eles me temem, e guardar todos os meus mandamentos, para
que ele possa estar bem com eles, ea seus filhos para sempre!" (De. 05:29 ).
"Neste dia o Senhor teu Deus te ordenou que estes estatutos e juízos, tu, portanto, manter e
fazê-las com todo o teu coração, e de toda a tua alma" (De. 26:16 ).
"Este livro da lei não se aparte da tua boca; mas, medita nele dia e noite, para que tenhas
cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu
caminho, e serás bem-sucedido "( Jos 01:08 ).
"E manter a acusação de que o Senhor teu Deus, que andes nos seus caminhos, e guardarás os
seus estatutos, os seus mandamentos, e os seus juízos, e os seus testemunhos, como está escrito
na lei de Moisés, para que possas prosperar em tudo que tu fazes, e aonde quer que turnest a ti
mesmo "(1 K. 02:03 ).
"Que eles possam definir a sua esperança em Deus, e não se esquecessem das obras de Deus,
mas guardassem os seus mandamentos" ( Sl. 78:7 ).

2. ( 23:4-25 ) A crença, a preocupação com, Exemplo-fé, a preocupação com, Exemplo-Trust, no Senhor, a


preocupação com-Josias, preocupação de, crença verdadeira reformas, Exemplo de-Reforma, Exemplo de-
Renovação, Exemplo de-Josias, rei de Judá, Reign of : após cometer suas vidas ao Senhor, Josias e as pessoas
imediatamente lançou uma grande reforma em toda a nação. Raramente na história tem uma reforma de tal
magnitude foi testemunhado. Não só foi Judá afetados, mas a reforma também varreu toda a terra do antigo
Reino do Norte de Israel. Pelo menos 14 reformas específicas são mencionados nesta Escritura.
a. Josias instruiu os sacerdotes para remover todos os ídolos ou falsos deuses do templo e queimá-los ( v.
4 ). Lembre-se que de Josias avô Manassés tinha colocado todos os tipos de ídolos no templo, eo pai de Josias
Amon tivesse continuado a falsa adoração de falsos deuses. Pensando sobre os ídolos que encheu o templo
do Senhor deve ter adoecido o coração do verdadeiro crente. Havia imagens dos falsos deuses Baal, Asherah,
e os deuses astral do sol, lua, e as estrelas. Em obediência à ordem do rei, os sacerdotes e os porteiros
removeu os ídolos e vários artigos utilizados na sua adoração. Estes foram queimados no Vale do Cedron, em
seguida, as cinzas levadas para Betel onde foram espalhadas, a fim de profanar o local falsa
adoração. Espalhamento das cinzas era um símbolo de que o centro de adoração falsa estava sendo
profanado, rejeitado, e profanou por causa de sua corrupção da verdadeira adoração.

b. Josias também afastou os sacerdotes dos deuses falsos em todo o país ( v. 5 ). Isto incluiu todos os
sacerdotes que serviam os falsos deuses nos lugares altos situados dentro do campo e as cidades, incluindo
Jerusalém.Qualquer padre que serviu o falso deus Baal ou as divindades astrais do sol, lua, e as estrelas foi
expulso.

c. Aparentemente, a imagem de madeira de Asherah era um ídolo popular de culto, para Josias deu uma
atenção especial. Removendo a imagem de madeira do templo, ele queimou e teve suas cinzas espalhadas
sobre os túmulos de seus adoradores ( v. 6 ). Sem dúvida, ele estava simbolizando que o ídolo não tinha mais
vida do que os seus adoradores que estavam deitados na sepultura mortos.

d. Josias então derrubaram os alojamentos de santuário prostitutas-de ambos os sexos, que viviam no
interior do templo ( v. 7 ). Nada mostra como falsa religião corrompe as pessoas mais do que qualquer prática
de comportamento sexual promíscuo dentro da religião. O deus e deusa da fertilidade eram considerados
Baal e Asherah. Na busca de fertilidade para as suas culturas, as pessoas adoraram e buscaram a favor destes
dois falsos deuses por ter relações sexuais com os seus sacerdotes ou sacerdotisas. As relações sexuais
simbolizava a fertilidade através da bênção das crianças e uma colheita proveitosa.

e. Quando Josias tinha profanado todos os lugares altos em todo o país, ele trouxe os verdadeiros sacerdotes
apóstatas, mas volta a Jerusalém ( vv. 8-9 ). De Giba para Beersheba-fronteira norte com o sul da fronteira-
Josias destruiu todos os santuários que tinham sido construídos para a adoração falsa. Isto incluiu todos os
santuários, às portas das cidades em todo o país, inclusive na porta de Josué, na cidade de Jerusalém. Uma
vez que os apóstatas, padres rebeldes tinham sido devolvidos a Jerusalém, foram restauradas para o
sacerdócio levítico, mas desqualificado levando os cultos do templo ( v. 9 ).

Note-se que foi dada uma atenção especial ao altar construído em Tofete no Vale de Ben Hinom. Pois foi em
torno deste altar que o sacrifício humano foi feito, sendo oferecido até o falso deus Moloque ( v. 10 ). Ao
destruir este altar, o sacrifício horrível de crianças foi interrompido, pelo menos durante o reinado de Josias.

f. Josias literalmente destruiu a falsa adoração dos corpos celestes, a adoração do sol, lua, e as estrelas ( v.
11 ). Ele fez isso pela eliminação dos cavalos sagrados que foram provavelmente utilizados nas procissões de
adoração ao sol. Ele também queimaram os carros que haviam sido dedicadas e utilizadas nas procissões.

g. Josias destruiu os falsos altares que tinham sido construídos no telhado do palácio por vários reis de Judá,
bem como os altares construídos por seu avô Manassés nos dois átrios do templo ( v. 12 ). Smashing-los, ele
teve os restos jogados no Vale do Cedron, onde o depósito de lixo da cidade foi localizado.

h. Menção especial é dada à destruição de Josias dos lugares altos a leste de Jerusalém, aqueles que,
infelizmente, tinha sido construído por Salomão ( vv. 13-14 ). A fim de manter alianças pacíficas com as
nações vizinhas, Solomon tinha se casado com as filhas de muitas casas reais. Para manter essas alianças e
agradar suas esposas, ele havia construído altares de adoração aos deuses falsos seguintes:

⇒ Astarote, a deusa vil e detestável de Sidon

⇒ Quemos, o deus vil e detestável de Moabe


⇒ Moloque, o deus vil e detestável de Amon

Mas, felizmente, finalmente, um rei justo estava sentado no trono de Judá, um rei que estava tentando
converter os corações do povo de volta ao Senhor. Em obediência aos mandamentos do Senhor, Josias
destruiu todos os altares a deuses falsos que Salomão tinha construído. Além disso, ele quebrou as pedras
sagradas e cortar as imagens de madeira de Asherah, então profanou os lugares de culto com ossos humanos,
o que os tornam impróprios para o culto futuro.

i. Movendo-se para Betel, um dos dois principais locais de adoração no Reino do Norte, Josias demoliu o lugar
alto e seu centro de adoração ( vv. 15-18 ). Em uma tentativa de construir a lealdade do povo ao Reino do
Norte, Jeroboão eu tinha escolhido Betel para ser um dos dois principais locais da nova religião ele instituiu
(ver esboço e observe-1 K. 12:25-33 para mais discussão). Especial atenção foi dada a Betel por Josias. Quatro
atos muito especiais foram tomadas:

⇒ Ele destruiu o altar e queimou o lugar alto e Asherah pólo ou imagem ( v. 15 ).

⇒ Ele removeu os ossos de um cemitério sacerdotal e os queimaram na falsa altar para a profanarem ( v.
16 ). Este foi o cumprimento de uma profecia de um profeta desconhecido (1 K. 13:1-13 ).

⇒ Ele honrou o túmulo de um profeta desconhecido de Judá, que já havia sido enterrado em Betel ( v. 17 ).

⇒ Josias também homenageou o túmulo de um profeta de Samaria, que também tinha sido enterrado lá ( v.
18 ; 1 K. 13:31-32 ).

j. Continuando ao longo das cidades de Samaria, Josias demoliu todos os lugares altos com seus centros de
culto e santuários ( v. 19 ).

k. Quando Josias destruiu os lugares altos, ele executou todos os falsos sacerdotes e queimou ossos humanos
sobre os altares para contaminar os locais de adoração, aos olhos do povo ( v. 20 ). Por contaminando a terra,
ele fez os locais inutilizável para o culto futuro.

l. No exercício das suas reformas, Josias sabia que a ação positiva foi tão necessário como purgar a terra de
maldade. Assim, ele reinstituiu a Páscoa, a festa que simbolizava a libertação de Seu povo de Deus da
escravidão egípcia ( vv. 21-23 ). Há mais de 75 anos, a festa tinha sido negligenciado, e ninguém havia
comemorado maravilhoso livramento do Senhor. Mas agora Josias reinstituiu a festa que Deus tinha dado
ordem ao povo para celebrar anualmente em memória de sua libertação (ver delinear e notas- Ex 12:1-13. ;.
De 16:1-8 ).

Josias deu apenas uma instrução muito importante sobre a festa: a Páscoa era para ser realizada exatamente
como disse a Palavra de Deus. E note o resultado da carga de Josias: esta foi a primeira Páscoa celebrada
corretamente, exatamente como a Palavra de Deus ditou-desde os dias dos juízes ( vv 21-22. ). Esta
maravilhosa celebração da Páscoa ocorreu no décimo oitavo ano do reinado de Josias ( v. 23 ).

m. Reformas de Josias foram tão completa que ele realmente eliminadas as medianas e os adivinhos e todos
os outros ídolos em Judá e Jerusalém ( vv. 24-25 ). Em seu zelo para com o Senhor, ele estava determinado a
obedecer a Palavra de Deus e seus mandamentos ao máximo. Como resultado, observe o que a Bíblia diz
sobre ele: o seu compromisso de obedecer a Palavra de Deus era incomparável ( v. 25 ). Ele procurou a
obedecer ao Senhor de todo o coração, com mais zelo do que qualquer outro rei que nunca tinha vivido.

Pensamento 1 . Josias tinha uma preocupação para a verdadeira crença, uma preocupação que as pessoas
confiariam o único Deus vivo e verdadeiro. Ao lidar com a verdade, só há um Deus vivo e verdadeiro, o Senhor
Deus (Jeová, Javé). Todos os outros chamados deuses são falsos, apenas as criações de mentes e imaginação
das pessoas. Estes deuses imaginários não estão vivendo, não são capazes de nos ajudar a responder nem
para nós. Nenhum outro deus pode responder a nossas orações, com exceção do próprio Senhor. Só o Senhor
nos amou tanto o mundo que enviou Seu Filho para levar nossos pecados sobre si mesmo e de suportar a
punição por esses pecados. Só o Senhor nos redimiu, pagou o preço do resgate para nos libertar do pecado,
da morte e enviar o Seu Filho para morrer em nosso lugar inferno-through. Só o Senhor nos deu o Seu próprio
Filho para suportar o castigo do nosso pecado para que nós pudéssemos viver com Deus e para Ele
eternamente. No chamado que Deus já demonstrou um amor tão incompreensível para nós. Só o Senhor
demonstrou esse amor. E Ele fez isso para provar que Ele é o único Deus vivo e verdadeiro. Por esta razão,
nenhum ser humano tem uma desculpa para viver em incredulidade. Se uma pessoa escolhe para rejeitar o
Senhor como o único Deus vivo e verdadeiro, ele vai sofrer as conseqüências de sua decisão, arcará com a
punição pelo seu próprio pecado.
Ouça o que a Santa Palavra de Deus diz sobre o Senhor sendo o único Deus vivo e verdadeiro:

"Jesus, porém, guardou silêncio. E o sumo sacerdote respondeu, e disse-lhe: Eu te conjuro pelo
Deus vivo que nos digas se tu és o Cristo, o Filho de Deus. Disse-lhe Jesus: Tu o disseste; contudo
vos digo que, daqui em diante vereis o Filho do homem assentado à direita do Poder, e vindo sobre
as nuvens do céu "(Mt 26:63-64 ).
"E dizendo: Senhores, por que fazeis essas coisas? Nós também somos homens, de natureza
semelhante à vossa, e vos anunciamos que vos convertais dessas vaidades ao Deus vivo, que fez o
céu, ea terra, eo mar, e todas as coisas que nela há "( Ac. 14:15 ).
"O Deus que fez o mundo e tudo o que nele, vendo que ele é o Senhor do céu e da terra, não
habita em templos feitos por mãos; Nem é servido por mãos humanas, como se necessitasse de
alguma coisa; pois ele é quem dá a todos a vida, ea respiração, e todas as coisas; E de um só fez
todas as raças dos homens, para habitar sobre toda a face da terra, determinando-lhes os tempos
já dantes ordenados, e os limites da sua habitação; Para que buscassem ao Senhor, se eles possam
sentir virá depois dele, e encontrá-lo, mas ele não está longe de cada um de nós: Pois nele vivemos,
e nos movemos, e existimos; como também alguns dos vossos poetas disseram: Pois somos
também sua geração. Portanto, se nós somos a geração de Deus, não devemos pensar que a
divindade é semelhante ao ouro, ou à prata, ou à pedra esculpida pela arte e imaginação do
homem. E os tempos da ignorância Deus piscou; mas agora ordena a todos os homens em todo
lugar se arrependam: Porquanto tem determinado um dia em que há de julgar o mundo com justiça
por que o homem a quem ele ordenou; do qual ele tem dado certeza a todos os homens, em que
ele o ressuscitou dentre os mortos "( Ac. 17:24-31 ).
"A ira de Deus se revela do céu contra toda impiedade e injustiça dos homens que detêm a
verdade em injustiça; Porquanto, o que pode ser conhecido de Deus é manifesto entre eles, para
Deus mostrou isso a eles. Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo são vistos
claramente, sendo percebidos por meio das coisas que são feitas, mesmo seu sempiterno poder e
Divindade; de modo que eles fiquem inescusáveis: Porque, tendo conhecido a Deus, não o
glorificaram ele não como Deus, nem lhe deram graças; mas tornaram-se vãos em suas
imaginações, eo seu coração insensato se obscureceu. Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos, e
mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de
aves, e de quadrúpedes, e de répteis. Pelo que também Deus os entregou a imundícia, pelas
concupiscências de seus próprios corações, para desonrarem seus corpos entre si; Pois mudaram
a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é
bendito eternamente . Amém "( Ro. 1:18-25 ).
"Quanto, pois, ao comer das coisas que são sacrificadas aos ídolos, sabemos que o ídolo é nada
no mundo, e que não há outro Deus, senão um só "( 1 Co. 08:04 ).
"Um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, age por meio de todos e está em todos "( Ef.
4:06 ).
"Porque eles mesmos anunciam de nós qual a entrada que tivemos para convosco, e como vos
convertestes dos ídolos para Deus para servir ao Deus vivo e verdadeiro; E de esperar por seu Filho
do céu, a quem ele ressuscitou dentre os mortos, mesmo Jesus, que nos livra da ira vindoura "( 1
Ts. 1:9-10 ).
"Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem; Quem
deu a si mesmo em resgate por todos, para servir de testemunho a seu tempo "(1 Ti. 2:5-6 ).
"Ele alguém rejeitado a lei de Moisés, morre sem misericórdia, pela duas ou três testemunhas:
De quanto mais severo castigo, suponha-vos, será julgado merecedor aquele que pisar o Filho de
Deus, e profanou o sangue da aliança, com que foi santificado, uma coisa profana, e ultrajou o
Espírito da graça? Para nós conhecemos aquele que disse: A vingança pertence a mim, eu
retribuirei, diz o Senhor. E outra vez: O Senhor julgará o seu povo. É uma coisa terrível cair nas
mãos do Deus vivo "(Hb 10:28-31 ).
"Quem é semelhante a ti, ó Senhor, entre os deuses? quem é como tu glorificado em santidade,
terrível em louvores, operando maravilhas? "( Ex. 15:11 ).
"A ti te foi mostrado para que soubesses que o Senhor, ele é Deus, não há ninguém além dele
"(De. 04:35 ).
"Ouve, ó Israel: O Senhor nosso Deus é o único Senhor "(De. 06:04 ).
"Vede agora que eu, mesmo eu, sou ele, e não há nenhum deus além de mim: eu mato, e eu
faço viver; Eu firo e eu saro, nem há qualquer que possa fazer escapar das minhas mãos
"(De.32:39 ).
"Portanto és grandioso, ó Senhor Deus, porque não há outro semelhante a ti, e não há
qualquer Deus fora de ti, segundo tudo o que temos ouvido com os nossos ouvidos "(2 S. 07:22 ).
"E ele disse: Senhor, Deus de Israel, não há nenhum Deus como tu, em cima nos céus, nem
embaixo na terra, que guardas a aliança ea misericórdia para com os teus servos que andam diante
de ti com todo o seu coração "(1 K. 08:23 ).
"A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo: quando entrarei e me comparecer diante de
Deus?" ( Sl 42:2. ).
"Isso os homens saibam que só tu, cujo nome é Jeová, és o Altíssimo sobre toda a terra "( Sl.
83:18 ).
"A minha alma suspira e desfalece pelos átrios do Senhor: o meu coração ea minha carne
clamam pelo Deus vivo" ( Sl 84:2. ).
"Porque tu és grande e fazes maravilhas: tu arte só Deus "( Sl 86:10. ).
"Pois quem no céu se pode igualar ao Senhor? que entre os filhos dos poderosos pode ser
semelhante ao Senhor? "( Sl. 89:6 ).
"Porventura não sabeis? sabes, não ouviste, que o eterno Deus, o Senhor, o Criador dos confins
da terra, não se cansa nem se fatiga? há nenhuma pesquisa de sua compreensão. Ele dá força ao
cansado; e para os que têm nenhum poder ele multiplica a força. Os jovens se cansarão e se
fatigarão, e os mancebos cairão, mas os que esperam no Senhor renovarão as suas forças; subirão
com asas como águias; correrão, e não se cansarão; e andarão, e não se fatigam "(Is. 40:28-31 ,
ver vv 18-27. ).
"Vocês são minhas testemunhas, diz o Senhor, eo meu servo, a quem escolhi: que saibais, e me
creiais e entendais que eu sou ele: antes de mim deus nenhum se formou, nem haverá depois de
mim "(Is . 43:10 ).
"Porque assim diz o Senhor, que criou os céus; O Deus que formou a terra, ea fez; ele
estabeleceu, ele não a criou vazia, mas a formou para que fosse habitada: Eu sou o Senhor; e não
háoutro "(Is. 45:18 ).
"Olhai para mim, e sereis salvos, todos os confins da terra, porque eu sou Deus, e não
há nenhum outro. Jurei por mim, a palavra saiu da minha boca em justiça, e não voltarei, isso para
mim se dobrará todo joelho, toda língua jurará. Certamente, será um dizer, no Senhor há justiça e
força: até mesmo a ele deve os homens vir; e todos os que se irritarem contra ele será
envergonhado "(Is. 45:22-24 ).
"Eles estão em pé como a palmeira, mas não falam; necessitam de ser suportados, porque eles
não podem ir. Não tenham medo deles; pois não podem fazer mal, nem também é neles para fazer
o bem "(Jr 10:05 ).

. 3 ( 23:26-30 ) Julgamento, previsto-Judá, Acórdão, previu-Profecia, de destruição de Judá-Josias, Morte


de-Judá, Guerras de : apesar de grande reforma de Josias, a mão do julgamento de Deus contra Judá era
cair. Durante séculos, a maldade das pessoas tinha acumulado a tal ponto que eles nunca realmente voltar
para o Senhor, e não de forma consistente e não permanentemente. Por causa de toda a maldade através
dos séculos e especialmente sob Manassés, a ira do Senhor tinha sido despertada ( 21:1-18 ). Como resultado,
o julgamento fatal de Deus era para cair sobre a nação. Eles eram para ser removido da presença de Deus, a
partir da terra prometida, assim como o Reino do Norte de Israel havia sido removido. A cidade que Deus
escolheu, Jerusalém e do templo em que Deus tinha dito que iria colocar seu nome estavam ambos agora
rejeitada pelo Senhor e seria destruído.
Um resumo das realizações e vida de Josias está registrado no livro A História dos Reis de Judá ( v. 28 ). Na
tenra idade de 39 anos, Josias foi morto em uma batalha com o rei Neco II do Egito ( v. 29 ). Os egípcios
estavam marchando para unir forças com a Assíria em uma guerra contra a Babilônia. Aparentemente, Josias
temia dominação pelo Egito se o Egito ea Assíria foram bem sucedidos contra os babilônios. Assim, ele
marchou para enfrentar os egípcios. Segundo Crônicas diz que o rei Neco procurou evitar a guerra com Josias,
mas Josias em desobediência ao Senhor, se recusou a atender o apelo de Neco. Como resultado, ele
tolamente perdeu a vida (ver esboço e nota- . 2 Cr 35:20-27 . há mais discussão) Comentário Bíblico do
Expositor diz o seguinte sobre a tentativa do rei Neco para juntar as forças assírias:

Por 625 o rei caldeu Nabopolassar tinha sido capaz de alcançar a independência para a Babilônia. A partir
desse ponto em diante durante todo o curso das próximas duas décadas, o território assírio foi
sistematicamente reduzida, especialmente porque Nabopolassar encontrado causa comum contra a Assíria,
primeiro com os Medos (616) e mais tarde com o Ummanmande (possivelmente uma designação para os
citas). Em 614 a capital consagrada pelo tempo da Assíria, Assur, caiu para os medos. Em 612 si Nínive caiu
para a coalizão de caldeus, medos, e Ummanmande, as forças assírias sobreviventes sob Ashur-u-ballit
fugindo para Haran.

Naqueles momentos críticos preocupados com o crescente poder da nova coalizão da Mesopotâmia, do Egito
Vigésima Sexta Dinastia Faraó Neco, homenageou os laços diplomáticos anteriores com a Assíria. Como o
antecessor de Neco, Psammetik I, tinha vindo para ajudar a Assíria em 616 aC, assim Neco mudou-se para
juntar as forças assírias sobreviventes sob Ashur-u-ballit. Foi para evitar esse movimento de ajuda egípcia
que Josias implantado suas forças no vale de Megido em 609. Essa ação custar Josiah sua vida, que ele
demorou as forças egípcias de ligação com os seus aliados assírios antes Haran caiu para os caldeus e os
medos . Uma tentativa subseqüente para retomar Haran falhou completamente; eo melhor Egito poderia dar
os assírios condenados foi um impasse de quatro anos, os exércitos inimigos frente a frente em Carquemis,
no Eufrates ocidentais.

Depois da morte de Josias na batalha de Megiddo, seu corpo foi trazido de volta para Jerusalém, onde ele foi
enterrado em seu próprio túmulo ( v. 30 ). Ele foi sucedido por seu filho Jeoacaz.

Pensei que um julgamento era para cair sobre Judá por uma razão e uma razão apenas:. causa de seu pecado,
a maldade, e do mal. Eles se recusaram a ser genuinamente convertido, se recusou a andar de forma
consistente e continuamente com o Senhor. Desobedecer os mandamentos de Deus, eles viveram vidas de
prazer mundano, a imoralidade, ilegalidade e violência. Como resultado, Deus não tinha escolha, mas para
trazer Seu julgamento sobre eles.

Por isso, é com a gente, se continuarmos no pecado e na maldade. Quando nos recusamos a ser
genuinamente convertido, nunca virando-se para o Senhor, condenamos a nós mesmos. Nós escolhemos o
juízo de Deus, em vez da misericórdia de Deus. A misericórdia de Deus está disponível para nós, mas se
rejeitarmos a sua misericórdia, a justiça tem de ser executado. Temos de enfrentar a hora da justiça de Deus
devido a todo o pecado ea maldade desta terra cometido por nós-toda a amargura, raiva, ódio, agressões,
abusos, estupros e assassinatos. O dia do juízo, o dia em que a justiça perfeita será executado-vem. E a
garantia de sua vinda foi garantida por Deus. Ouça as declarações claras e contundentes da Santa Palavra de
Deus, as declarações simples que Seu julgamento está chegando.

"Mas eu vos digo que haverá mais rigor para Tiro e Sidom, no dia do juízo, do que para você. E
tu, Cafarnaum, que te ergues até aos céus, serás abatida até aos infernos; porque, se os milagres
que foram feitos em ti, tinham sido feitos em Sodoma, ela teria permanecido até hoje. Mas eu
digo-vos que será mais tolerável para a terra de Sodoma, no dia do juízo, do que para ti "(Mt. 11:22-
24 ).
"Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então retribuirá a cada
um segundo as suas obras "(Mt 16:27 ).
"Quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se
assentará no trono da sua glória: E diante dele serão reunidas todas as nações, e ele separará uns
dos outros, como o pastor separa seu ovelhas dos bodes: e porá as ovelhas à sua direita, mas os
bodes à esquerda "(Mt 25:31-33 ).
"Aquele que crê no Filho tem a vida eterna, e aquele que não crê no Filho não verá a vida; mas
a ira de Deus sobre ele permanece "(Jo 3:36 ).
"A ira de Deus se revela do céu contra toda impiedade e injustiça dos homens que detêm a
verdade em injustiça" ( Ro. 01:18 ).
"Mas para os que são contenciosos e não obedecem a verdade, mas obedecem a injustiça,
indignação e ira" ( Ro. 02:08 ).
"Mas a prostituição, e toda sorte de impureza ou avareza, nem ainda se nomeie entre vós, como
convém a santos; Nem baixeza, nem conversa tola, nem piadas, que não são convenientes, mas
antes ações de graças. Porque bem sabeis isto: que nenhum devasso, ou impuro, ou avarento, o
qual é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus. Ninguém vos engane com palavras vãs;
porque por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência "( Ef 5:3-6. ).
"E para vocês que estão preocupados demais com a gente, quando o Senhor Jesus será revelado
do céu com seus anjos poderosos" ( 2 Ts. 1:07 ).
"E também Enoque, o sétimo depois de Adão, profetizou destes, dizendo: Eis que veio o Senhor
com os seus milhares de santos, para executar juízo sobre todos e convencer a todos de que os
ímpios de todas as obras de impiedade, que impiamente cometeram, e por todas as
duras discursos que ímpios pecadores disseram contra ele "( Judas 14-15 ).
"E vi um grande trono branco, eo que estava assentado sobre ele, de cuja presença a terra eo
céu fugiram; e não se achou lugar para eles. E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam
diante de Deus; e os livros foram abertos, e outro livro foi aberto, que é o livro da vida: e os mortos
foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras. E deu o mar os
mortos que nele havia; ea morte eo inferno deram os mortos que neles havia, e foram julgados
cada um segundo as suas obras. E a morte eo inferno foram lançados para dentro do lago de
fogo. Esta é a segunda morte. E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no
lago de fogo "(Re. 20:11-15 ).

2 K. 24:8-16 , 17-20 ; ver 2 Cr. 36:9-10 , 11-13 ; Jer. 52:1-3

( 23:31-24:20 ) Introdução : muitas pessoas na nossa sociedade hoje é atormentado com sentimentos de
inadequação, sentindo que eles são fracassos na vida. Mas eles não são falhas. Talvez eles tenham falhado
em um projeto ou tarefa ou em uma área da vida ou em um comportamento particular. Mas o fracasso não
é um padrão em suas vidas. A totalidade de suas vidas é tudo menos um fracasso. Eles foram bem sucedidos
em muito, controlando a maioria de seu comportamento e ser geralmente responsável no seu trabalho. A
maioria das áreas de suas vidas é saudável, produtiva e satisfatória. Mas, ocasionalmente, uma pessoa torna-
se desanimado ou desapontado, deprimido ou emocionalmente desvendados. É então que a pessoa
experimenta uma falsa sensação de fracasso . Algum evento ou problema físico ou desequilíbrio químico tem
despertado um sentimento de inadequação ou baixa auto-estima em sua vida. Enquanto o indivíduo pode
sentir como um fracasso na época, na realidade ele ou ela não é um fracasso em tudo. Pelo contrário, ele ou
ela tem feito bem e, em certa medida tem sido útil e produtivo.

No entanto, todos os sentimentos de fracasso não são falsas. Algumas pessoas são fracassos na vida. Um
fracasso na vida é uma pessoa que faz pouco bem, vivendo uma vida que leva apenas um pouco de fruta. Para
essas pessoas, uma vida infrutífera improdutiva é uma vida egocêntrica, uma vida que se vive em pecado, a
maldade, e do mal. Quando uma pessoa se torna absorto em auto-degradante, humilhante e dominar outras
pessoas, essa pessoa não consegue na vida. Não importa quanto poder, riqueza ou fama que alcança, a
pessoa é um fracasso. Para uma pessoa que não consegue ajudar outras pessoas, servindo-os, encorajando
e sustentando-os, certificando-se de suas necessidades sejam atendidas, é viver uma vida falhou. Uma pessoa
torna-se um fracasso, quando ele não sabe ou espalhar o amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade,
bondade, fidelidade, humildade e auto-controle. Uma pessoa que não tem este fruto do Espírito de Deus é
uma pessoa que não consegue na vida.

Quatro exemplos de fracasso são o objecto do presente Escritura. Imediatamente após a morte do rei
piedoso Josias, três de seus filhos e um neto assumiu o trono em rápida sucessão. O fluxo de maldade que já
havia começado agora ganhou enorme impulso. O fluxo de fúria da maldade, portanto, continuou até que se
tornou uma torrente correndo louco do mal. Um julgamento catastrófico estava para cair sobre Jerusalém e
Judá, assim como predito pelo Senhor. As pessoas deviam ser destruídos por causa de sua terrível mal. Esta
é a história de quatro reis que estavam falhas absoluta aos olhos do Senhor: O Reigns controlados pelo Egito
e Babilônia: Um olhar para quatro falhas críticas, 2 K. 23:31-24:20 .

. 1 O reinado de Joacaz (destronado pelo Egito): a incapacidade de seguir um pai piedoso (23:31-33).

. 2 O reinado de Joaquim (nomeado rei do Egipto): a incapacidade de prestar atenção à advertência dos
profetas de Deus, 24:2; Jer. 27:9-11 (23:34-24:6).

. 3 O reinado de Joaquim (forçado a se render à Babilônia): a incapacidade de evitar maus exemplos (24:7-
16).

. 4 O reinado de Zedequias, o último rei (nomeado pela Babilônia): a incapacidade de escapar da condenação,
Jer. 38:5,19 (24:17-20).

1. ( 23:31-33 ) decisão, para o Senhor,-pais rejeitaram, Divino Exemplo, rejeitou-Crianças, Rejeição de


Divino Exemplo-Jeoacaz, rei de Judá, Reign of-Judá, Conquest de, pelo Egito, Egito, Conquista de Judá : o
primeiro filho de Josias, para governar depois de sua morte era o filho do meio Jeoacaz, que tinha 23 anos. No
entanto, ele reinou por apenas três meses (em 609 aC). Sua mãe era Hamutal de Libna, uma cidade com um
partido político anti-egípcio forte. Sua mãe era, provavelmente, um forte defensor desta facção; assim, após
a morte de seu marido Josias, Hamutal eo partido anti-egípcio moveu-se rapidamente para coroar seu filho
Jeoacaz, rei mesmo que Eliaquim era o filho mais velho de Josias. Seja qual for o caso, o faraó ou rei Neco
preso Jeoacaz logo depois que ele assumiu o trono, colocando-o em cadeias e aprisioná-lo em Ribla. Além
disso, o rei Neco impôs um pesado tributo sobre Judá, um imposto que totalizou £ 7.500 de prata e 75 quilos
de ouro.
Note-se a referência à vida perversa de Jeoacaz. Embora ele governou por apenas três meses, sua vida
anterior como uma criança e jovem foi gasto nos pecados e prazeres deste mundo. Em vez de tomar uma
decisão para o Senhor e viver uma vida justa, ele viveu uma vida pecaminosa e do mal, assim como os reis
malvados antes o havia feito ( v. 32 ). Em vez de seguir o exemplo piedoso de seu pai Josias, ele optou por
ignorar o Senhor. Deixar de tomar uma decisão pessoal de aceitar o Senhor, ele caminhou ao longo da vida
nos prazeres carnais e ganância deste mundo.

Pensamento 1 . Não importa o quão piedoso nossos pais pode ser, sua piedade não necessariamente passar
para nós. Nós não somos aceitos por Deus por causa da justiça dos nossos pais. Só porque os nossos pais
podem ser genuinamente comprometidos com o Senhor e Sua igreja não significa que Deus vai nos
aceitar. Nossos pais podem ir para o céu, mas nós podemos estar barricado, afastados do céu. Nossos pais
podem receber a vida eterna, mas podemos receber morte eterna, separados de Deus e nossos pais para
sempre.
Seguir a Deus é uma decisão pessoal. E é uma decisão individual, que deve ser feita por cada
indivíduo. Ninguém pode tomar a decisão por nós, nem mesmo um pai. Não importa o quanto um pai pode
querer uma criança para ser aceito por Deus, que a criança só é aceite quando ele ou ela faz uma decisão
pessoal de seguir o Senhor. Cada pessoa é responsável por fazer a sua própria decisão. Ouça o que a Palavra
de Deus diz:

"Ide, portanto, pelos caminhos, e como muitos como achareis, manda para o casamento"
(Mt. 22:09 ).
"No último dia, o grande dia da festa, Jesus levantou-se e clamou, dizendo: Se alguém tem sede,
venha a mim e beba "(Jo 7:37 ).
"Então disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e ser batizados cada um de vocês em nome de Jesus
Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo" ( Ac. 02:38 ).
"Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo" ( Romanos. 10:13 ).
"(Porque diz: Eu te ouvi no tempo aceitável, e no dia da salvação te socorri-te: eis que agora é o
tempo aceitável, eis aqui agora é . o dia da salvação) "( 2 Co. 6 : 2 ).
"Eis que estou à porta, e bato: se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua
casa, e com ele cearei, e ele comigo" (Re. 03:20 ).
"E o Espírito ea noiva dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede venha. E quem
quiser, tome a água da vida "(Re. 22:17 ).
"Ho, todos os que tendes sede, vinde às águas, e os que não tendes dinheiro; vinde, comprai, e
comei; sim, vinde, comprai vinho e leite sem dinheiro e sem preço "(Is. 55:1 ).
"Deixe o ímpio o seu caminho, eo homem maligno os seus pensamentos e deixá-lo voltar para
o Senhor, e ele terá misericórdia dele; e para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar
"(Is.55:7 ).
"Mas se o ímpio se converter de todos os seus pecados que cometeu, e guardar todos os meus
estatutos, e fizeres o que é reto e justo, certamente viverá, ele não morrerá" ( Ez. 18:21 ).
. 2 ( 23:34-24:6 ) Aviso, de Deus, rejeitado-Profetas, Aviso de, Rejeitado-Joaquim, rei de Judá, Egito, Regra
sobre Judá, Joaquim Nomeado Rei : na escolha de um substituto para o trono de Judá , o faraó egípcio Neco
escolheu o filho mais velho de Josias, Eliaquim, que era dois anos mais velho do que Jeoacaz. Turbulência
internacional foi varrendo o mundo nestes dias, com as potências mundiais de manobra para a
dominância. Logo após a morte de Josias, os egípcios submetido a nação de Judá. Mas três anos depois, os
egípcios foram derrotados em Carquemis por Babilônia (em 605 aC). No entanto, logo depois, um muito mais
feroz potência mundial estava a dominar o Reino do Sul de Judá, e, eventualmente, destruir a nação
completamente. Esse poder foi Babilônia. Mas, por agora, o Egito é o país que domina e oprime o povo de
Judá. Note-se a Escritura e contorno:
a. Ao olhar para o fundo de Joaquim, é importante lembrar que ele foi colocado no trono pelo Egito e que o
seu nome foi mudado pelo Faraó Neco, mudou de Eliaquim a Joaquim. Ao forçar uma mudança de nome, o
Faraó Neco estava indicando o domínio do Egito e sujeição do Joaquim ( v. 35 ).

Quando o faraó Neco voltou para o Egito, ele tomou a Joacaz de volta ao Egito com ele, a fim de eliminar
qualquer ameaça que ele pode ser a partir da cena. Mas diante de Faraó deixou Judá, ele exigiu que o recém-
nomeado rei Joaquim pagar o imposto pesado, ele já havia exigido ( v. 35 , ver também v. 33 ). Uma vez que
os tesouros do palácio e do templo já tinha sido usado para pagar o tributo, Joaquim foi forçado a impor uma
tributação pesada sobre os cidadãos de Judá ( v. 35 ).

Joaquim tinha 25 anos quando começou a reinar, e reinou por um período de 11 anos sob o domínio do Egito
(609-598 aC). Nada se sabe sobre sua mãe Zebida além do fato de que ela era de Rumah ( v. 36 ).

b. Espiritualmente, Joaquim viveu uma vida má. Em vez de seguir os passos de Deus de seu pai Josias, ele
seguiu o exemplo dos reis maus que governaram antes dele ( v. 37 ). Nas palavras de Bíblia do Expositor ",
Jeremias ... representa-o como um monstro que (Jr 22:17 ; 36:31 ) ...

 "Despojado seu próprio povo (Jeremias 22:13-14 );


 "Oposição servos do Senhor (Jeremias 26:20-23 ; 36:21-23 );
 "Enchido a terra de violência, a apostasia, e degradação (Jeremias 18:18-20 ;. cf 11:19 ; e
 "Conduziu seu povo à apostasia aberta e degradação (Jr 8:4-12 , 18-9:16 ; 10:1-9 ; 11:1-17 ; 12:10-
12 ; 13:1-11 ; 17: 21-23 ; 23:1-2 , 9-40 ; 25:1-7 ").
c. No início de seu reinado, Joaquim ea nação de Judá enfrentou uma grande crise, que de ser invadido pelo
rei Nabucodonosor da Babilônia ( 24:1 ). Curiosamente, Nabucodonosor tinha apenas sucedeu seu pai
Nabopolasser como rei da Babilônia (605 aC). E no início daquele ano, ele havia ordenado o exército
babilônico, quando derrotaram a coalizão de forças egípcias e assírias em Carquemis. Assim, todos os três
principais eventos ocorreram no mesmo ano da vida de Nabucodonosor: a conquista do Egito e da Assíria,
ser coroado rei de Babilônia, e da conquista de Judá.

Quando Joaquim rendeu a Nabucodonosor, Judá tornou-se um estado vassalo de Babilônia. Mas por causa
de sua rendição, Nabucodonosor permitiu-lhe permanecer no poder como um rei fantoche. Durante três
anos, Joaquim voluntariamente submeteu-se e pagou o tributo anual de Nabucodonosor. Mas então ele se
rebelou tolamente, para o Egito lançaram um ataque surpresa contra o exército de Babilônia, e derrotou-os
em uma grande batalha. Sentindo que ele poderia agora se libertar do jugo da Babilônia, Joaquim voltou-se
para os egípcios para formar uma aliança. Nabucodonosor, a necessidade de reconstruir seu exército, teve
que esperar algum tempo para acabar com a revolta.
d. No entanto, o Senhor não permitiu que Judá um período de paz e descanso de um ataque. Por causa de
seu pecado, o Senhor continuou a executar o julgamento contra o povo. Em seu poder soberano, ele
despertou Nabucodonosor para formar um regimento de forças especiais para assediar Judá e lançar ataques
contra locais estratégicos. O objetivo era enfraquecer Judá para o dia em Babilônia voltaria para retaliar
contra a rebelião de Jeoiaquim. Note-se que as forças especiais incluíram um pequeno número de soldados
próprio exército de Nabucodonosor, assim como soldados mercenários que ele havia contratado da Síria, de
Moabe e Amom.

Por mais de 200 anos, o Senhor tinha advertido o seu povo através de seus profetas. Em compaixão Ele tinha
enviado profeta após profeta para lhes declarar a misericórdia de Deus, mas também alertando-os. Durante
os dias de estes últimos reis, Deus estava intensificando sua advertência através do profeta Jeremias. Mas as
pessoas nunca ouviu os profetas, não permanentemente, nem de forma consistente. Eles se recusaram a
ouvir a advertência de Deus, o aviso de que ...

 Ele iria retirá-los da sua presença, da terra prometida ( v. 3 ).


 Ele iria julgá-los por seus pecados, especialmente para seguir os pecados de Manassés ( 21:1-18 ).
 Ele iria julgá-los pela morte de tantas pessoas inocentes ( v. 4 ; ver 21:16 ).
Como resultado de seu terrível mal, o Senhor já não estava disposto a perdoar. As pessoas tinham vivido
vidas pecaminosas e perversas e tinha cometido uma grande quantidade de mal contra Deus ea
humanidade.Consequentemente, a justiça tinha que ser executado. Os erros tiveram de ser tratadas. Era
agora tempo para o julgamento a cair.

e. Um resumo das realizações e vida de Joaquim são registrados na História dos Reis de Judá ( vv. 5-6 ). Antes
de Babilônia poderia vingar revolta de Joaquim, que ele morreu e foi sucedido por seu filho Joaquim.

Pensamento 1 . Joaquim não conseguiu dar ouvidos às advertências de Deus. Ele rejeitou os profetas de Deus
e da Santa Palavra de Deus. Estes devemos nos resguardar, nunca o fazem. Porque Deus nos deu aviso após
aviso. Desde o início até o final de Sua Santa Palavra, Deus pede a nós em misericórdia para aceitá-Lo. Mas
ele também nos adverte: se rejeitá-lo, vamos pagar a conseqüência. Julgamento cairá sobre nós. Se o pecado
e viver em prazer perverso, o julgamento é inevitável. Não há como escapar. Como diz a Escritura, podemos
desfrutar dos prazeres do pecado por algum tempo, mas o prazer será apenas por uma temporada. Logo
chegará o dia do julgamento, um dia em que a justiça será executada sobre a terra. Em seguida, todos os
erros que foram feitos será vingada. Todos os crentes oprimidos e perseguidos desta terra serão entregues
a partir dos ataques de homens maus. Todas as injustiças cometidas contra qualquer um de nós será vingada,
corrigidos. Justiça será executada sobre aqueles que oprimidos e perseguidos outros, que viveram no prazer
perverso e pecado. Este é o aviso da Santa Palavra de Deus, o aviso de que devemos prestar atenção. Ouça
algumas das advertências de Deus:

"E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane" (Mt 24:4 ).
"E disse-lhes: Acautelai-vos e vos da avareza, porque a vida de um homem não consiste na
abundância dos bens que ele possui" (Lc \ 1:12:15).
"E o servo que soube a vontade do seu senhor, e não está preparado a si mesmo, nem fez
conforme a sua vontade, será castigado com muitos listras "(Lc \ 1:12:47).
"E ele disse: Vede, não se engane: para muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou Cristo, ea
b tempo se aproxima: Ide, portanto, não depois deles "(Lc \ 01:21:08) .
"Mas para os que são contenciosos e não obedecem a verdade, mas obedecem a injustiça,
indignação e ira" ( Ro. 02:08 ).
"Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe que não caia" ( 1 Co. 10:12 ).
"Porque bem sabeis isto: que nenhum devasso, ou impuro, ou avarento, o qual é idólatra, tem
herança no reino de Cristo e de Deus. Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas
coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência "( Ef 5:5-6. ).
"Cuidado para que ninguém mimá-lo por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição
dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo" ( Colossenses 2:08 ).
"E para vocês que estão preocupados demais com a gente, quando o Senhor Jesus será revelado
do céu com seus anjos poderosos, Como labareda de fogo, tomando vingança dos que não
conhecem a Deus e que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo: Quem serão
punidos com eterna destruição da presença do Senhor, e da glória do seu poder "( 2 Ts. 1:7-9 ).
"O Senhor sabe livrar os piedosos da tentação, e reservar os injustos para o dia do juízo, para
serem castigados" ( 2 Pe. 02:09 ).
"Vós, portanto, amados, sabeis estas coisas antes, Guardai-vos também, sendo levado com o
erro dos ímpios, cair de sua própria firmeza "( 2 Pe. 03:17 ).
"Filhinhos, ninguém vos engane; quem pratica a justiça é justo, assim como ele é justo" (1
Jo. 3:07 ).
"E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo" (Re. 20:15 ).
"Sobre os ímpios fará chover laços, fogo, enxofre e vento tempestuoso; isto será a porção do
seu copo "( Sl 11:06. ).
"E eu vou punir o mundo de sua maldade, e sobre os ímpios a sua iniqüidade; e farei a arrogância
do orgulhoso de cessar, e abaterei a soberba dos cruéis "(Is. 13:11 ).
"Porque eis que o Senhor está saindo do seu lugar para castigar os moradores da terra por causa
da sua iniqüidade, ea terra descobrirá o seu sangue, e não encobrirá mais os seus mortos"
(Is. 26:21 ).
"Mas eu vos castigarei segundo o fruto das vossas ações, diz o Senhor: e eu vou acender um
fogo no seu bosque, que consumirá todas as coisas em redor dela" (Jeremias 21:14 ).
"Quando eu disser ao ímpio: Certamente morrerás; e tu não o avisares, nem falares para avisar
o ímpio acerca do seu mau caminho, para salvar a sua vida; o mesmo perverso homemmorrerá na
sua ini-quity; mas o seu sangue eu o requererei da tua mão "( Ez. 03:18 ).
"No entanto, se tu avisares o ímpio do seu caminho para desviar-se dele; se ele não se converter
do seu caminho, ele morrerá na sua iniqüidade; mas tu livraste a tua alma "( Ez. 33:9 ).

. 3 ( 24:7-16 ) Mal, Exemplo de-Shun, dever-Joaquim, rei de Judá, Reign of-Judá, Conquest, por Babylon-
Babilônia, Conquest of Judah-Judah, Invasão de, por Babylon : com o falecimento de seu pai, Joaquim,
assumiu o trono de Judá. Imediatamente, ele enfrentou a ameaça terrível de exército avanço da
Babilônia. Pois, mesmo antes de seu pai tinha morrido, Nabucodonosor mobilizou seu exército e começaram
a marcha para tomar vingança contra Joaquim para se rebelar contra a Babilônia. Além disso, a ajuda do Egito
não seria próximo, para o Egito tinha sido derrotado pela Babilônia em Carquemis. Agora Babilônia ocupou
toda a área anteriormente reivindicada pelo Egito, desde o rio do Egito até o rio Eufrates ( v. 7 ). Além disso,
Joaquim tinha apenas 18 anos de idade, muito inexperiente para ser um governante competente,
especialmente contra a invasão de um exército enorme. Na verdade, o seu reinado durou apenas três meses,
o tempo que levou para chegar a Babilônia e sitiar Jerusalém.
Nada se sabe sobre a mãe de Joaquim Neústa além do fato de que ela era natural de Jerusalém. Assim como
seu pai tinha vivido uma vida perversa, assim como Joaquim. Ele nunca se converteu ao Senhor, mas desde
seus primeiros dias de tomada de decisão que ele tinha escolhido para seguir o estilo de vida pecaminoso,
mau de seu pai.

Logo após assumir o trono, Joaquim foi confrontado com a invasão de retaliação e assédio por Babilônia ( v.
10 ). Sem dúvida, quando os vigias sobre os muros de Jerusalém vi pela primeira vez o enorme exército de
Babilônia se aproximando ao longe, soaram o alarme trompete. Apressando-se imediatamente para a parede
teria sido não só Joaquim e seus funcionários reais, mas como grande parte da população, como poderia
estar nas paredes. Espalhe por todo o horizonte, tanto quanto os olhos podiam ver era a visão impressionante
de centenas de milhares de soldados marchando em suas formações de batalha. Esta visão deve ter ferido
um medo avassalador no coração do jovem rei e seu povo. Chegar a uma distância segura da parede, o
exército, em seguida, sitiou a grande cidade de Jerusalém.

Algum tempo depois de o exército havia deixado Babilônia, Nabucodonosor decidiu juntar o seu exército
para aceitar a rendição do Joaquim rebelde que tinha causado tantos problemas para ele ( 11-12 vv. ). Mas
logo depois que ele chegou à cidade, ele, sem dúvida, aprendi que Joaquim havia falecido e que seu filho
Joaquim foi agora governar em seu lugar.

Ser indefeso contra um exército tão grande, Joaquim e sua mãe, seus servos, nobres e funcionários reais tudo
saiu para entregar pessoalmente ao rei Nabucodonosor. No oitavo ano do rei Nabucodonosor, ele conquistou
Jerusalém e levou Joaquim prisioneiro ( v. 12 ). Era o ano de 598 aC Note-se que Joaquim, também era
conhecido como Jeconias e Jeconias (Jr 22:24 , 28 ).

Assim como o Senhor já havia previsto ( 20:16-18 ), Nabucodonosor, conquistaram a cidade de Jerusalém e
invadiram o palácio e templo real, tirando a cidade de toda a sua riqueza ( v. 13 ). Ele, então, começaram a
deportar os cidadãos de Jerusalém e de Judá, de volta para a Babilônia. A partir de agora eles seriam exilados
espalhados por toda a nação da Babilônia, muitos dos quais nunca mais voltaria para a terra
prometida.Observe as pessoas que foram deportados: os militares, os líderes empresariais e
governamentais, eo habilidoso e rico, tudo que poderia instigar uma revolta. Só as pessoas mais pobres e
mais fracos da terra foram deixados.

Também estão incluídos no exílio babilônico foi o Rei Joaquim, sua família, e os funcionários reais ( v. 15 ). Em
totalizando o número de pessoas que foram deportados durante o cativeiro de Jerusalém, os números foram
os seguintes: 7000 soldados; 1.000 trabalhadores qualificados; 2.000 pessoas-um comuns total de 10.000
pessoas, incluindo o profeta Ezequiel ( v. 16 ; ver também v. 14 ; . Eze 1:1-3 ).

Pensamento 1 . Joaquim não era nada mais do que um peão nas mãos do destino, para eventos catastróficos
já havia sido posta em movimento antes que ele assumiu o trono. Mas mesmo antes de estes dias que ele
tinha escolhido para seguir o mau exemplo de seu pai. Ele tinha feito uma decisão deliberada de viver uma
vida de prazer pecaminoso e maldade egocêntrica. É isso que fala aos nossos corações.
Devemos evitar maus exemplos. Quando vemos pessoas que vivem vidas pecaminosas e perversas, não
devemos seguir o seu exemplo, mesmo se é o nosso pais. Se um amigo está nos seduzir para se envolver em
comportamentos de não pecaminosa importa o quão perto estamos com essa pessoa, devemos rejeitar a
sua sedução. O exemplo pecaminosa não está claramente a ser seguido. Mesmo se a pessoa é um namorado
ou namorada, não devemos ceder à sedução. Ou se a pessoa é um colega de trabalho, supervisor, parceiro
de negócios, vizinho, político, médico, advogado, ou religioso trabalhador-se que a pessoa está sugerindo
pecaminoso comportamento, ele ou ela não é para ser dado para nem obedecido. Quando um mau exemplo
nos confronta, estamos a fugir da pessoa, virar, e fugir do mau comportamento sugerido.

"E olhai por vós, não aconteça que os vossos corações se carreguem de glutonaria, de
embriaguez, e dos cuidados da vida, e assim aquele dia venha sobre vós de improviso "(Lc \
1:21:34).
"Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis os vossos corpos em
sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com
este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis
qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus "( Romanos 12:1-2. ).
"Por isso saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor, e não toqueis nada imundo coisa, e eu
vos receberei, e eu serei para vós Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-
poderoso "( 2 Co. 6:17-18 ).
"Esforcemo-nos, pois, por entrar naquele descanso, para que ninguém caia no mesmo exemplo
de desobediência" (Hb 4:11 ).
"Vós, portanto, amados, sabeis estas coisas antes, Guardai-vos também, sendo levado com o
erro dos ímpios, cair de sua própria firmeza "( 2 Pe. 03:17 ).
"E não andareis nos costumes dos povos que eu expulso de diante de vós, porque fizeram todas
estas coisas, e eu os abominei" ( Le 20:23. ).
"Acautelai-vos, que o seu coração não se engane, e vos desvieis, e servir a outros deuses, e
adorá-los" (De. 11:16 ).
"Não faças amizade com o iracundo; e com um homem furioso tu não ir: Para que tu aprendas
as suas veredas, e tomes um laço para a tua alma "( Pr 22:24-25. ).
"Mas disse eu a seus filhos no deserto: Não andeis nos estatutos de vossos pais, nem guardeis
os seus juízos, nem vos contamineis com os seus ídolos" ( Ezequiel. 20:18 ).

. 4 ( 24:17-20 ) Condenação, Exemplo de-Leader, Maldade, Exemplo de-Anger do Senhor, causada pelo
julgamento, causada por-Ira de Deus, causado por Zedequias, rei de Judá : quando o rei Nabucodonosor da
Babilônia retirou seu exército para voltar para casa, ele deixou Jerusalém em pé e nomeou Matanias
rei. Matanias era tio de Joaquim, eo terceiro filho de Josias, para ser colocado sobre o trono.Nabucodonosor
mudou o nome de Matanias para Zedequias, a fim de mostrar a sua sujeição ao trono da Babilônia.
Zedequias assumiu o trono, quando ele tinha 21 anos e conseguiu governar por 11 anos ( v. 18 ). Ele era o
segundo filho de Hamutal (sua mãe) a reinar Jeoacaz, sendo o outro filho. Infelizmente, assim como tantos
outros antes dele, ele escolheu viver uma vida pecaminosa e perverso. Padronização de sua vida após o mau
exemplo de seu irmão mais velho Joaquim, ele rejeitou o Senhor, e se recusou a seguir o Senhor Santa
Palavra.Consequentemente, o destino dele e de Judá já foram criados, em caráter irrevogável definir:
julgamento estava para cair sobre eles. Eles estavam a ser conquistado, em condenação diante do Senhor
por causa de seu pecado contínuo e recusa a se arrepender. Eles estavam a ser lançados da presença de
Deus, desde a terra prometida. Nas palavras de Paul R. House:

Jer. 21:1-2 indica que ele [Zedequias] quer Deus para salvar Jerusalém, embora ele não adorar o Senhor,
enquanto Jer. 34:1-22 apresenta-o como um homem que ouve e compreende as advertências do profeta
ainda não atendê-las. E ele é apresentado como um rei que primeiro ajuda, então oprime os pobres, a fim de
agradar aos donos do poder de Judá. Claramente, ele não tem a fibra moral para ser mais do que aquilo que
ele é, um homem que mede cada situação por quanto tempo os seus resultados podem mantê-lo no poder.

Eventualmente indecisão de Zedequias e auto-interesse provar uma combinação mortal, pois levá-lo a se
rebelar contra a Babilônia. Há duas causas prováveis para esta rebelião malfadada. Em primeiro lugar, depois
de mais de uma tentativa abortada, Egito convence Judá, Tiro e possivelmente Ammon para participar de
uma revolta contra a Babilônia cerca de 589-588 aC Jeremias 27:1-11 indica que Zedequias tem de ser
convencido da "sabedoria" de se rebelar e que este conselho voa na cara do profeta. Assim, quando ele faz
finalmente rebelde de sua incapacidade de fazer e aderir às decisões parecer, é apenas com entusiasmo
dividido e lealdades divididas.

Em segundo lugar, o próprio povo de Zedequias estão divididos sobre se deve confiar Egito ou obedecer
Babilônia. Mas o seu interesse próprio, eventualmente, leva-o a ceder a oficiais do exército aventureiros
estragando para uma luta e falsos profetas que implantar "no povo a confiança de que o Deus de Israel não
iria abandonar o seu povo, nem permitir a destruição do templo (Jr 05:12 ; 14:13 ). "Zedequias tenta agradar
aqueles que querem se revoltar, mas ele também detecta problemas. Quando o fim vier, ele é incapaz de se
render ou em pé ao seu povo (cf. Jer. 38:14-28 ). Assim, ele considera a sua própria situação, desde que o seu
futuro é decidido por ele.

Claro, essas razões para a queda de Jerusalém não são tão significativas para o autor como rebelião
impenitente da nação contra o Senhor. É Deus quem destrói Judá, em sua ira ( v. 20 ;. cf 2 Cr 36:15-
16 ).Babilônia só atua como agente da justiça do Senhor .... De acordo com Jer. 38:14-28 , último ato de
misericórdia de Deus é instruir Jeremias a Zedequias informar que a entrega vai evitar um banho de
sangue. Mas o rei simplesmente espera que o portador da palavra de Deus é confundido com o futuro.

Russell Dilday também tem um excelente comentário sobre o caráter de Zedequias, que vale a pena citar
para o leitor:

De acordo com Jeremias, ele era fraco e vacilante em caráter e mesmo que a maioria das pessoas talentosas
tinham sido levados para a Babilônia, ele foi completamente dominado por homens mais fortes do reino. Ele
não tinha coragem nem poder de oferecer resistência e ser seu próprio homem. Parece que aqueles que
manipularam o jovem rei representava o partido pró-egípcio. Eles o encorajaram a se rebelar contra a
Babilônia e apelar para o Egito para uma aliança militar. Jeremias avisou da loucura dessa tática, mas
Zedequias não obedeceu às palavras do Senhor, que veio através de Jeremias ( Jer. 38).
Não há nada mais patético do que um caráter fraco que não consegue resistir à tentação de "ir com o fluxo",
siga as linhas de menor resistência, e atender à maioria .... vacilante capitulação de Zedequias à multidão
influente e sua falta de vontade de ficar corajosamente para a palavra do Senhor o levou a decisão tola a se
rebelar. E que a rebelião foi a gota d'água que levou à destruição final de Jerusalém .

Outra citação de Russell Dilday diz o seguinte:

A queda de Jerusalém não se deu em uma batalha cataclísmica; ocorreu em fases. Primeiro veio sujeição
inicial de Nabucodonosor da cidade cerca de 605 aC Em seguida foi a destruição acumulada causado por
saqueadores de Nabucodonosor de cerca de 601-598 aC Em seguida, durante o reinado de Joaquim, principal
exército de Nabucodonosor cercou Jerusalém e caiu em 16 de Março 597 aC A maioria dos principais cidadãos
foram transportados para a Babilônia. Finalmente, quando o rei fantoche Zedequias novamente se rebelou
contra Babilônia, Nabucodonosor voltou a destruir completamente e despovoar a cidade no verão de 586 aC

Nada poderia agora evitar o julgamento inevitável que tinha vindo a construir-se contra Judá, por toda a
história dos reis. O desenlace final estava prestes a começar.

Pensamento 1 . Zedequias ficou condenado diante de Deus, condenado por causa de sua vida pecaminosa e
perverso. Qualquer pessoa que comete pecado, pois, que violar os mandamentos de Deus, está condenado
diante de Deus. Para Santa Palavra de Deus é a regra do universo, as leis que devem ser obedecidas. Como o
Criador e Soberano Governador do Universo, o Senhor tem o direito de decretar as leis que governam o
universo. Quando Ele emite uma lei, Ele espera que a lei deve ser obedecida apenas como um governo
estadual espera que suas leis a serem obedecidas Portanto, quando uma lei é desobedecida, não há
condenação.Assim como governo do Estado condena o ofensor, assim o Senhor condena qualquer um de
nós que violam Suas leis. Ouça o que a Santa Palavra de Deus diz a respeito da condenação:

"E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a
luz, porque as suas obras eram más" (Jo 03:19 ).
"Pois assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para a
condenação; mesmo assim pela justiça de um veio a graça sobre todos os homens para justificação
de vida "(Ro. 05:18 ).
"Porque bem sabeis isto: que nenhum devasso, ou impuro, ou avarento, o qual é idólatra, tem
herança no reino de Cristo e de Deus. Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas
coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência "( Ef 5:5-6. ).
"E para vocês que estão preocupados demais com a gente, quando o Senhor Jesus será revelado
do céu com seus anjos poderosos, Como labareda de fogo, tomando vingança dos que não
conhecem a Deus e que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo: Quem serão
punidos com eterna destruição da presença do Senhor, e da glória do seu poder "( 2 Ts. 1:7-9 ).
"Mas se não derdes ouvidos à voz do Senhor, mas se rebelam contra o mandamento do Senhor,
então a mão do Senhor será contra vós, como foi contra vossos pais "(1 S. 00:15 ).
"E eu vou punir o mundo de sua maldade, e sobre os ímpios a sua iniqüidade; e farei a arrogância
do orgulhoso de cessar, e abaterei a soberba dos cruéis "(Is. 13:11 ).
Divisão I - Duas questões preocupantes um enigma do coração
humano, 01:01-02:20

A. Uma pergunta: Por que Deus parecem indiferentes à oração, sofrimento e mal? 1:1-11
1. A questão levantada sobre a aparente indiferença de Deus
a. As questões de interesse
1) Por que Deus não responde as orações e ajudar o seu povo?
2) Por que Deus não salvará o seu povo de violência?
3) Por que Deus parece tolerar o mal?
A injustiça, o pecado, e miséria
Destruição e violência
Strife & conflito
b. As conseqüências do mal do povo
1) A lei foi ineficaz
2) Justiça estava ausente
3) Os justos estavam cercados e tratado injustamente
2 A resposta dada por Deus:. Olhe para eventos e ser totalmente espantado
a. A revelação de Deus
1) Ele está no trabalho no mundo
2) Ele iria executar o inacreditável: A verdadeira justiça e juízo
b. A explicação de Deus: Ele estava levantando uma nação e povo como Seu agente de
julgamento-os babilônios
1) Eles seriam implacáveis e conquistar o mundo
2) Eles seriam um povo temidos e temidos
3) Eles seriam uma lei para si mesmos
4) Eles iriam atacar com um exército que foi rápida, feroz, e devorando
5) Eles iriam atacar com uma inclinação do exército sobre a violência e em tomar
prisioneiros (escravos)
6) Eles zombam reis, governantes, e suas cidades fortificadas: Seria facilmente capturá-los
c. O veredicto de Deus: Os agentes de Deus também se culpado devido a confiar em sua própria
força, em vez de em Deus
B. Pergunta dois: Por que Deus parecer inconsistente por tolerar os maus? 01:12-02:20
1. A questão levantada sobre a aparente incoerência de Deus
a. A realidade da natureza eterna e santa do Senhor
1) Ele havia prometido nunca para acabar com Israel
2) Ele tinha, no entanto, nomeado Babilônia para punir Israel
b. A questão (problema) sobre a tolerância do Senhor ofMaldade
1) Por que Deus-que é demasiado puro para ver o mal-tolerar os maus?
2) Por que Deus permanecer em silêncio enquanto as pessoas destruídas maus mais justo
do que eles?
3) Por que Deus permite que a injustiça: Faça as pessoas gostam de peixe no mar, em
seguida, permitir que o ímpio, para pegá-los e se alegra com a sua brutal comportamento, o
mal?
4) Por que Deus tolerar um povo idólatra: Permita-lhes para rejeitá-Lo e adorá-coisas
(redes) que os trouxeram prosperidade?
5) Por que Deus permite que os ímpios para continuar destruindo sem piedade?
2. A paciência necessária quando se busca respostas de Deus
a. Habacuque se assistir como um guarda e esperou a resposta de Deus
b. Habacuque esperou ansiosamente
3 A resposta clara dada por Deus:. Viver pela fé
a. Anote a revelação de Deus: Outros são para ler e espalhar a mensagem de Deus
1) Sua revelação (visão, plano) será cumprido em um tempo determinado: O fim dos
tempos, com o retorno de Cristo, He.10 :37-38; 2 Pe.3 :3-13
2) Seu plano é uma certeza
b. Olhe para o auto-suficiente: Seus desejos são corruptos
c. Olhe para o justo: Eles vivem pela fé
d. Conheça os pecados do auto-suficiente: Eles estão enganados ou traídos por ...
1) Vinho
2) Arrogância
3) Inquietação
4) A ganância e insatisfação
5) Guerra e escravidão
. 4 A resposta dada por Deus continuou: Avisar o povo de Deus está vindo de julgamento-Seus
cinco terríveis desgraças
a. Ai -um aviso para os ladrões e roubadores
1) O juízo vindouro
Poderia ser desprezado
Poderia ser de repente contrário: Suas vítimas se levantariam contra eles
2) Os seus pecados
Saquearam e roubaram muitas nações
Eram cruéis e impiedosos: pessoas mortas e destruiu sua propriedade (terreno e
cidades)
b. Ai -um aviso para o avarento
1) A sua culpa
Procurada segurança através de ganho injusto
Plotados a ruína de muitos: Cobiçada sua riqueza
2) Seu juízo vindouro
Vergonha e morte
Um grito por justiça: As próprias estruturas construídas com o dinheiro roubado
clamariam
c. Ai -um aviso aos criminosos, aqueles que matam e oprimir os outros
1) O julgamento: Coisas garantidos por explorar os outros seria apenas o combustível para
o fogo seria em vão
2) O contraste impressionante: O Senhor está trabalhando para encher a terra com o seu
conhecimento e glória
d. Ai -um aviso para o bêbado, o imoral, e os violentos
1) O aviso para o bêbado e imoral
Seria preenchido com vergonha, não glória
Teria seu pecado exposto
Sofrerá mão do julgamento de Deus
Poderia ser desonrado
2) A advertência ao violento: Será que enfrentam o mesmo julgamento de Deus-morte e
terror
Devido à destruição do Líbano e aterrorizando animais
Devido ao assassinato e destruição de propriedade
e. Ai -um aviso aos idola
ter e do falso adorador
1) Seu pecado trágico
Eles criaram e acreditava em mentiras tolas
Eles confiaram em suas próprias criações sem vida
Eles clamaram a um objeto inanimado para orientação
DIVISÃO I
Duas questões preocupantes esse enigma do coração humano, 01:01 - 02:20
Divisão I - Duas questões preocupantes esse enigma do coração humano, 01:01-02:20

( 01:01-02:20 ) Divisão Resumo : o livro de Habacuque começa com várias perguntas, pedidos angustiados
que, sem dúvida, levar alguns leitores de surpresa. Logo no início, Habacuque clama a Deus ( 1:2-4 ). Suas
primeiras palavras expressam uma queixa sincera ao Senhor, essencialmente perguntando: "Por quanto
tempo minhas orações ficam sem resposta? Por que, Senhor, você não atender o meu clamor por ajuda?
"Essas perguntas foram feitas por multidões do povo de Deus em todas as gerações e ainda estão sendo
feitas hoje.

Para entender a ansiedade por trás de apelos de Habacuque, é útil para compreender os tempos em que ele
viveu. Judá na época de Habacuque era uma nação em total rebelião contra Deus. As pessoas tinham
totalmente abandonado o Senhor, se rebelando contra a Sua Santa Palavra. A idolatria, a opressão ea
violência foram generalizados. Como resultado, a injustiça atormentado sociedade judaica. Poucos crentes
justos permaneceram, e esses poucos fiéis foram muitas vezes perseguidos e oprimidos. Em todos os lugares
em Judá os fortes estavam se aproveitando dos fracos, os ricos e poderosos estavam explorando os pobres,
e os líderes em todos os níveis estavam abusando as próprias pessoas que foram nomeadas para
proteger. Habacuque olhou para toda a corrupção e se perguntou como Deus podia permitir que tal mal a
florescer. Por que Deus não protege os justos e inocentes? Por que Ele não punir os maus e os culpados?

Primeira resposta de Deus foi: "Olhe e se surpreender!" O Senhor estava indo para agir e agir com rapidez. Ele
estava levantando uma nação (Babilônia) para conquistar e escravizar Judá ( 1:5-11 ). Habitantes de Judá
estava indo para ser julgado por sua rebelião contra Deus e por seus crimes contra o outro. No entanto, essa
resposta só levantou mais questões na mente do profeta ( 1:12-17 ). Como Deus poderia usar uma nação tão
bárbara e cruel para punir o seu povo? Qual o tempo que o Senhor tol-rado os ímpios e permitir que o
sofrimento de seu próprio povo? O Senhor respondeu Habacuque, dizendo-lhe para escrever a revelação que
ele estava prestes a receber. Ele disse ao profeta que ele deve aguardar o tempo determinado pela justiça. O
Senhor foi realmente vai agir, mas Ele iria fazê-lo em seu próprio tempo.

Estas são as questões atemporais e perguntas difíceis Habacuque lutou com. Ao estudar esta passagem
importante da Escritura, tenha em mente os número incontável de pessoas que sofrem em qualquer idade,
bem como aqueles que estão sendo esmagados pela opressão e da injustiça. Todo o tempo, os verdadeiros
crentes ainda estão clamando ao Senhor todos os dias, perguntando se e quando suas orações serão
ouvidas. Para estes crentes sinceros e fiéis de todos os tempos, o grande livro de Habacuque tem muito a
dizer.

Duas questões preocupantes esse enigma do coração humano, 01:01 - 02:20

A. Uma pergunta: Por que Deus parece Silent-Indiferente à oração, sofrimento e mal? 1:1-11

B. Pergunta dois: Por que Deus parecer inconsistente por operar o equipamento O ímpio? 01:12-02:20
A. Uma pergunta: Por que Deus parecem indiferentes à oração, sofrimento e mal 1:1-
11
( 1:1-11 ) Introdução : Por que o mal existe? Como pode um Deus amoroso, um Deus que é todo-poderoso e
onisciente, tolerar o mal e sofrimento? Perguntas sobre o sofrimento eo mal têm intrigado o coração humano
desde o início dos tempos. Estas questões não são abstratos. Eles lidam com a vida real, todos os dias. Elas
surgem porque o mundo não é como deveria ser. Pelo contrário, o mundo é pecaminoso e corrupto. Algo
deu terrivelmente errado. Precisamos apenas ler as notícias diárias ou para observar o mundo ao nosso redor
para saber que isso é verdade. O mal parece prosperar e virtude fica sem recompensa. O culpado muitas
vezes vão livre, enquanto os inocentes sofrem. Tais observações fizeram com que homens e mulheres de
todas as gerações, crentes e não crentes, para perguntar:

 Quando é que a justiça nunca ser alcançado?


 Por que Deus às vezes parece indiferente?
 Será que o SENHOR não ouve nossas orações?
 Por que Deus tolera injustiça e do mal?
 Por que Deus permite o sofrimento, principalmente dos justos e fiéis?
Centenas, se não milhares, de livros foram escritos e dedicados a esses ramos assuntos-inteiras de filosofia
e religião. No entanto, poucas pessoas se voltam para a Palavra de Deus por ajuda, o único lugar que oferece
respostas. Milhares de anos atrás, o profeta Habacuque enfrentou os mesmos problemas e foi
profundamente afetada por eles. Ao contrário de muitos, porém, Habacuque se voltou para o SENHOR por
respostas, não para o mundo. Isto é, duas questões preocupantes que confundem a Human Heart-Uma
pergunta: Por que Deus parecem indiferentes à oração, sofrimento e mal? 1:1-11 .

1. A questão levantada sobre a indiferença aparente de Deus ( vv. 1-4 ).

2 A resposta dada por Deus:. Olhar para eventos e ser totalmente espantado ( vv 5-11. ).

1. ( 1:1-4 ) Deus, as questões relativas, aparente indiferença- A indiferença, de Deus, questionou-Maldade,


as questões relativas, aparente indiferença-Oração de Deus, as questões relativas, Atrazo Response-
injustiça de Deus, as questões relativas, por que Deus permite -Justice, Perversão de, por Judá : Habacuque
abre seu livro, vindo direto ao ponto. Ele levanta uma questão sobre Deus aparente indiferença. Na verdade,
sua primeira série de perguntas mostra que ele era um observador atento da sociedade e que ele sabia que
os requisitos justos de Deus para o Seu povo. Ele sabia como o povo de Deus era para viver. Mas enquanto
inspecionava sua nação e da sociedade, Habacuque foi muito triste. Ele foi perturbado por toda a corrupção
ea injustiça que ele testemunhou. A nação estava cheio de conflitos e ilegalidade, a ganância ea
opressão. Cada vez mais os maus prosperaram, enquanto os justos sofreu nas suas mãos. Servo de Deus foi
realmente intrigado com o mal furiosos eo fato de que o SENHOR parecia não fazer nada sobre isso. Por que
Deus estava em silêncio diante de tal sofrimento e do mal?
a. Estas questões críticas em causa Habacuque ( vv. 1-3 ). Ele recebeu ou viu uma visão de Deus ( v. 1 ). A
palavra hebraica para serra (ḥāzâh) normalmente se refere a visões recebidas pelos profetas e os meios de
ver em uma visão (ver Is. 01:01 ; 02:01 ; 13:01 ;. Ez 12:27 ; . Am 01:01 ; . Mic 01:01 ). Assim, o livro de
Habacuque registra uma visão real do julgamento que Deus deu a Seu servo. Note-se que Habacuque
chamado a visão de um fardo ou dificuldades (Massa). Massa ' é às vezes traduzido como oráculo, ou seja,
uma mensagem profética do SENHOR , que é pesada e onerosa. Essas mesmas duas palavras, carga e serra ,
também são usados no livro de Isaías : "O ônus da Babilônia, que Isaías, filho de Amós fez ver" (Is. 13:01 ). Sem
dúvida, a mensagem de Deus para Habacuque estava pesado. O profeta estava sobrecarregado pela primeira
vez pelos pecados de seu povo, e então, por um tempo, a resposta de Deus às suas perguntas, uma resposta
que prometeu julgamento sobre toda a nação ( 1:5-11 ). A primeira resposta de Deus oneraria o profeta
muito, tanto que ele ficou desanimado e talvez até mesmo desiludido. No entanto, ele fez o que todos os
crentes devem fazer quando desanimado ou sobrecarregado: ele orou. Ele tomou o seu fardo para
o SENHOR e abriu seu coração a Deus.

1) Na oração, Habacuque fez várias perguntas ousadas. Sua primeira pergunta foi: Por que Deus não
responde a sua oração e ajudar o seu povo ( v. 2 )? Habacuque tinha sido aparentemente pedindo a ajuda de
Deus por algum tempo, mas até agora não tinha recebido nenhuma resposta. Por esta razão, ele gritou
pedindo a Deus por quanto tempo ele deve pedir ajuda, quanto tempo antes do SENHOR iria ouvir e
responder suas orações.Não sabemos quanto tempo o profeta estava orando e buscando a ajuda de Deus,
mas podemos imaginar que era algum tempo, talvez meses ou mesmo anos. Ele estava esperando por uma
resposta a suas orações pelo menos o tempo suficiente para chegar ao ponto de frustração.

Nós podemos ver o quão frustrado o profeta tornou-se por sua escolha de palavras. A primeira instância de
"gritar" é a palavra hebraica Shawa ' . Significa simplesmente a chorar por ajuda. Esta palavra é usada com
freqüência em Salmos e Job . No entanto, a segunda instância de "gritar" é uma palavra completamente
diferente. O hebraico é zā'aq e meios para gritar e gritar em grande angústia. É um grito urgente, devido à
angústia ou perigo ( Concordância de Strong ). Habacuque estava em angústia sobre a condição de sua nação,
ea nação estava em perigo por causa de sua rebelião contra Deus. Então Habacuque orou fervorosamente,
gritando e chorando de angústia, perguntando por que ele estava tomando o SENHOR tanto tempo para
responder.

2) Habacuque fez uma segunda pergunta: Por que Deus não salvará o seu povo de violência ( v. 2 )? A palavra
hebraica usada para a violência é o Hamas . Isso não significa que a violência física ou violência a partir de
desastres naturais. Refere-se à violência do pecado e da extrema maldade. Neste sentido, o Hamas foi a
causa do dilúvio ( Ge. 06:11 , 13 ). Ele também carrega o significado adicional de corrupção total e
transgressão da lei de Deus (Ez 22:26 ; . Sofonias 3:04 ). [1]. R. Laird Harris, Gleason L. Archer, Bruce K. Waltke,
ed " 678: o Hamas ", em Theological Wordbook do Antigo Testamento. (Chicago: Moody Press, 1980),
WORDbusca CROSS e-book, em: "678: o Hamas ". Portanto, Habacuque foi essencial, o SENHOR por que Ele
permitiu que tal maldade e corrupção extremas entre o Seu povo. Por que Deus estava permitindo que os
ímpios prosperem e os justos sofram? O escritor de Eclesiastes fez uma observação semelhante:

"Não há outra vaidade que se faz sobre a terra; que haja apenas os homens , a quem sucede
segundo as obras dos ímpios; novamente, não ser maus homens , a quem sucede segundo as obras
dos justos: Eu disse que também isso é vaidade "( Eclesiastes 8:14. ).
3) Habacuque perguntou a uma terceira questão que é tão relevante hoje como era nos dias do profeta: Por
que Deus parece tolerar o mal ( v. 3 )? Por que aparecem Ele estava fazendo nada sobre toda a maldade,
corrupção e injustiça no mundo? Por que Deus não acabar com ...

 mal e da maldade?
 a injustiça ea opressão?
 destruição e violência?
 luta e conflito?
 dor e sofrimento?
As perguntas do profeta revelar quão baixo Judá tinha afundado. Sociedade judaica havia se tornado
totalmente corrupta. (Outros profetas, como Jeremias, Miquéias, Joel, Amos e descrever com mais
profundidade o quão depravado Judá tinha se tornado.) A nação estava torto dos níveis superiores de
governo para os mais baixos degraus da escada social. Pessoas avidamente procurada para fraudar e enganar
um ao outro. Os líderes, governantes e as classes altas eram especialmente culpado, até mesmo padres e
ministros. Governantes foram explorar e oprimir os povos sob eles. Os líderes estavam com fome para o
dinheiro e abusaram de seu poder e posições. Os sacerdotes e ministros se preocupava mais com crescente
rico do que sobre o ensino da verdade da Palavra de Deus. O resultado foi a ganância desenfreada, injustiça,
luta, conflito e violência. Habacuque testemunhou crimes do povo e viu como perverso o povo tinha se
tornado. Ele não só se entristeceu com todo o sofrimento causado pela sua maldade, mas ele também estava
confuso e frustrado. Por que Deus permitiu que as coisas fiquem assim tão mau? Como Deus poderia deixar
o Seu povo afundar esta baixa?

b. As consequências de más ações foram de várias vezes. Portanto, Habacuque continuou suas queixas a
Deus ( v. 4 ).

1) A lei foi ineficaz ( v. 4 a ). Ele estava sendo ignorada; na verdade, tornou-se paralisada (afrouxa). Esta é uma
descrição apropriada, porque a lei de Deus já não tinha qualquer efeito sobre o comportamento das
pessoas.Sua força e influência tinha sido solapada. As pessoas continuaram no pecado, desde que a Palavra
de Deus tinha perdido o seu poder para eles.

O profeta também pode ter sido protestando que o silêncio ea omissão de Deus causou a lei para se tornar
débil e fraco. Na mente do profeta, Deus estava fazendo nada sobre o mal em Judá, e maldade estava ficando
mais forte do que a justiça. Em qualquer caso, é claro que o povo tinha estado tão longe da Palavra de Deus
que já não teve qualquer efeito sobre como eles viviam.

2) um servo de Deus reclamou, ainda, que a justiça tinha sido corrompido ( v. 4 b ). Aqui Habacuque foi
provavelmente referindo-se a ganância eo egoísmo das pessoas, a sua total falta de preocupação com o
outro. Os ricos e poderosos estavam explorando os pobres e impotentes. E o pobre e impotente havia se
tornado gananciosos sedentos por coisas que os outros possuíam. Pessoas de todas as classes sociais foram
pisoteando uns aos outros para conseguir o que queria. Governo em todos os níveis havia quebrado:

⇒ sistemas de apoio social tinha desmoronado.

⇒ Tribunais e do sistema judicial foram atormentado por corrupção.

⇒ juízes estavam tomando subornos.

⇒ Funcionários estavam exigindo retornos.

O resultado final foi que a justiça foi completamente pervertida. A corrupção ea desonestidade eram a regra
do dia e ninguém podia chegar a um acordo justo.
3) última queixa do profeta era que os justos estavam sendo cercados pelos ímpios; eles foram cercados e
sendo perseguido, injustiçado ( v. 4 c ). Claramente, os poucos crentes fiéis deixou em Judá, os que seguiram
a Deus e viveu por Sua Palavra, estavam sendo oprimidos pelos corruptos e maus ao seu redor. Desde a
justiça tinha sido pervertido, os justos não tinha para onde voltar; que não tinha ninguém para lutar por seus
direitos.Tenha em mente que os justos não iria usar meios corruptos para conseguir o que queria. Eles
temiam o SENHOR e procurou obedecer a Sua Santa Palavra; portanto, eles não iriam subornar juízes, pagar
funcionários, ou explorar o sistema para conseguir o que eles precisavam. Desta forma, eles eram indefesos
e facilmente aproveitada por aqueles que não têm consciência, aqueles que não tinham preocupação com a
obediência às leis de Deus. Habacuque, assim, se queixou de que os justos estavam encurralados, cercado e
preso pelos injustos.

Observe a força geral deste versículo ( v. 4 ). Ele captura em poucas palavras o estado trágico dos assuntos
em Judá. As leis de Deus estavam sendo ignoradas; justiça foi, portanto, pervertida, e os justos não tinha
para onde se dirigir para obter ajuda. Esta situação triste partiu o coração do profeta e mandou-o de joelhos
diante de Deus. Ele estava perturbado, confuso, frustrado. Suas perguntas surgiu a partir de sua tristeza e
frustração.Ainda assim, Habacuque sabia para onde se virar, e ele assim fez. Ele tomou o seu grande fardo,
sua dor, e todas as suas emoções para o SENHOR em oração.

Pensamento 1 . mal neste mundo é um fato , um fato chocante e inegável. Em cada guerra salário geração,
corrupção e injustiça contra Deus e Sua Palavra. Toda a criação geme em rebelião da raça humana contra
Deus ( Ro. 8:20-22 ). Os seres humanos podem ser particularmente mal. Somos nós que cometem as maiores
atrocidades contra Deus e Sua ordem criada. Nós é que cometem os crimes mais hediondos contra a natureza
e entre si. A frase "a desumanidade do homem para o homem" é um retrato triste da vida humana ( Ro. 8:20-
22 ). Nós fomos criados para ser humano colocado no topo da ordem criada por Deus, feito para governar e
governar e cuidar da terra, até mesmo para a comunhão com o SENHOR Si mesmo. Em vez disso, abusar um
do outro e da própria Terra. Agimos desumano e desumana-pior do que bestas e bestas. Considere alguns
dos atos violentos e depravados as pessoas cometem um contra o outro todos os dias ...
 assassinato
 estupro
 abuso físico, sexual, mental e
 criança, cônjuge, e maus-tratos
 prostituição
 pornografia
 incesto
 escravidão
 guerra
 genocídio
 descrimination
 opressão
 exploração
... E assim por diante. Cada um desses crimes está ocorrendo em algum lugar no mundo de hoje, neste exato
momento, e muito, não raro. Na verdade, esses atos ocorrem de forma contínua, todos os dias, em todo o
mundo. Eles estão acontecendo em todo país e cidade, nas nossas próprias cidades e bairros. Para qualquer
pessoa com os olhos semi-abertos e a coragem de olhar, o mal é uma verdade gritante. Ele não pode ser
negado. A questão não é se o mal existe, mas o que estamos fazendo sobre isso?

Todos nós precisamos nos perguntar sinceramente: Será que as coisas que quebram o coração de Deus
quebrar nossos próprios corações? Será que os atos perversos, a corrupção, a injustiça, e todos os atos
desumanos que testemunhamos e ouvir sobre cada perturbar dia e angústia nós? Ou, já que tornou
insensível, frio e insensível ao mal que nos rodeia? Será que estamos ignorando os gritos daqueles que sofrem
ou que estão em desespero? Ou vamos gritar em desespero como Habacuque fez e implorar para
o SENHOR da justiça e da misericórdia 'S?

Cada ministro e cada crente deve orar como Habacuque fez. Devemos observar, se manter informado, seja
no relógio, e orar para o SENHOR justiça 'S. Devemos estar dispostos a ser sobrecarregados e quebrado pelo
mal que nos rodeia. E, como Habacuque, devemos levar nossos fardos piedosos ao SENHOR . Não fazê-lo
seria um fardo ainda maior!

"Porque de dentro, do coração dos homens saem os maus pensamentos, os adultérios, as


prostituições, os homicídios" ( Mc. 07:21 ).
"Como está escrito: Não há justo, nem sequer um: Não há quem entenda, não há quem busque
a Deus. Eles se foram para fora do caminho, eles estão juntos tornam-se inúteis; não há ninguém
que faça o bem, não há sequer um. A sua garganta é um sepulcro aberto; com as suas línguas
tratam enganosamente; o veneno de víbora está nos seus lábios, cuja boca está cheia de maldição
e amargura: Os seus pés são ligeiros para derramar sangue: destruição e miséria estão em seus
caminhos: E o caminho da paz não conheceram: Não há temor de Deus diante de seus olhos "( Ro.
3:10-18 ).
"Pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus" ( Ro. 03:23 ).
"Mas todos nós somos como um imundo coisa , e todas as nossas justiças são como trapo da
imundícia; e todos nós murchamos como a folha, e as nossas iniqüidades, como o vento, nos
arrebatam "(Is 64:6 ).
(Ver também 2 Pe 2:12. ; . Le 18:25 ;. De 32:5 ; 2 Crônicas 7:14. ; . Ps 14:03 ; É. 58:9 ;. Jer 16:12 ).
Pensamento 2 . Habacuque estava muito sobrecarregado com a corrupção ea injustiça de sua época. Como
resultado, ele clamou ao SENHOR , pedindo ajuda e livramento de Deus. Comoventes apelos de Habacuque
deve levar-nos a examinar a nós mesmos:

 Estamos, como Habacuque, sobrecarregado pelo mal que vemos ao nosso redor?
 Estamos sobrecarregados pelos pecados da sociedade, nossa comunidade e nossa nação?
 Não à corrupção e injustiça nos trazem tristeza?
 Será que estamos rogando a Deus por Sua justiça, e justiça a prevalecer?
O ponto a entender é que é preciso ser sobrecarregados pelas mesmas coisas que sobrecarregam
o SENHOR . Precisamos ser entristecido e quebrada pelo pecado que nos rodeia. E, assim como Habacuque,
precisamos levar nossos fardos a ele. Se quisermos que Deus para ouvir e responder às nossas orações,
devemos se preocupam com as coisas pelas quais ele se importa, agindo sobre as coisas queridas para o
coração de Deus.Ouça o que a Palavra de Deus diz a respeito buscando o SENHOR e orando de acordo com
a Sua vontade:

"Mas, se de lá tu buscar o SENHOR teu Deus, tu acharás ele , se o buscares de todo o teu coração
e com toda a tua alma "(De. 04:29 ).
"Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se
converter dos seus maus caminhos; então, eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e
sararei a sua terra "( 2 Cr. 07:14 ).
"E vós me procurar, e encontrar -me , quando fordes procurar me com todo o teu coração
"(Jr 29:13 ).
"Clama a mim, e eu te responderei e te mostrarei coisas grandes e ocultas, que não sabes"
(Jeremias 33:3 ).
(Veja também Jo. 9:31 ; É. 58:8-11 ).

2. ( 1:5-11 ) Deus, Desafios Against, respondidas; Perguntas sobre, Respondidas-Nations, agentes de


Sentença-Babilônia de Deus, agente do Juízo-julgamento de Deus, de quem, de Judá; Causada por, Pecado
e Trusts corrupção de False, Exemplo de, Babylon-Self-Reliance, Pecado de, Babylon-Deus, Justiça, revelada
por Seu Julgamento : Deus respondeu desafio de Habacuque e disse-lhe para olhar para o nações -olhar para
o eventos que ocorrem ao seu redor, e ser totalmente espantado. O SENHOR já tinha começado a
trabalhar. Ele estava levantando uma nação forte, um povo cruel que iria executar justiça contra Judá. Toda
a nação de Judá seriam julgados por se recusar a voltar para o SENHOR e para os crimes as pessoas estavam
cometendo.
a. A revelação de Deus ( v. 5 ): Habacuque fervorosamente procurou o conselho de Deus e do SENHOR deu
ao profeta uma visão para o futuro. Tenha em mente, porém, que Deus não nos deve nenhuma explicação
de suas ações, mas Ele revelará a aqueles que realmente buscam. A lição para nós que vivemos hoje é que
Deus se revelou em Sua Palavra. E Ele vai continuar a fazê-lo para todos os que estudam a Sua Palavra e que
realmente procuram aprender Seus caminhos. Assim, Deus revelou Seus planos para sua fiel ministro.

1) O SENHOR já estava no trabalho no mundo.

2) O SENHOR iria executar o inacreditável: a verdadeira justiça e juízo sobre as nações. O que Habacuque
estava prestes a testemunhar seria tanto inimaginável e surpreendente. Causaria espanto e admiração entre
todos os que ouviram a mensagem. Ao olhar para as nações, Habacuque e as pessoas precisavam esperar e
observar, estar alerta e prestar atenção para o que o SENHOR estava prestes a fazer. Seria surpreender e
dumbfound eles. Eles não acreditam que seus próprios olhos.
b. A explicação de Deus: Ele estava levantando uma nação forte e implacável a servir como Seu agente do
juízo ( vv 6-10. ). Babilônia seria instrumento de punição e correção de Deus. Seu povo tinha se tornado tão
corrupto, tão pecaminoso e rebelde, que estavam além do ponto de arrependimento. Deus já havia enviado
as pessoas muitas advertências. Profeta após profeta advertiu as pessoas que se arrependam ou enfrentar
vem o juízo de Deus mais. Mas as pessoas tinham ridicularizado, perseguido, e até mesmo mortos profetas
de Deus. Eles escolheram em vez de ouvir os falsos profetas, homens corruptos que pregavam uma
mensagem enganosa de bênçãos em troca de um meio de vida e aceitação social. Consequentemente,
o SENHOR não tinha escolha, mas para julgar o Seu povo. Ele lhes tinha dado muitas oportunidades para se
arrependerem.

Deus descreveu os babilônios, os seus agentes de julgamento, em termos terríveis. Ele não disfarçar ou
minimizar a sua mensagem a todos. Habacuque e as pessoas estavam sendo colocados em alerta
máximo. Eles precisavam se preparar para o juízo vindouro. Nota descrição dos babilônios, um retrato vívido
e terrível de Deus:

1) Eles seriam implacáveis e iria conquistar o mundo ( v. 6 ).

2) Eles seriam um povo temido e temidas ( v. 7 um ).

3) Eles seriam uma lei para si mesmos, fazendo o que eles queriam fazer ( v. 7 b ).

4) Eles iriam atacar com um exército que foi rápida, feroz, e devorando ( v. 8 ).

5) Eles iriam atacar com um exército empenhados na violência e em tomar prisioneiros ( v. 9 ).

6) Eles zombam reis e governantes e suas cidades fortificadas, de fácil capturá-los ( v. 10 ).

Em primeiro lugar, os babilônios seria cruel e iria conquistar o mundo ( v. 6 ). Nos dias de Habacuque, era a
Assíria, que havia conquistado Israel e também fez incursões em Judá. No entanto, dentro de poucos anos, a
Babilônia iria começar a emergir como uma potência mundial e iria conquistar grande parte do mundo
conhecido. Isso incluiria as nações da Assíria, Egito, Judá e Edom. Ao fazer isso, os babilônios se tornaria
conhecido por sua crueldade e brutalidade. Eles foram considerados um povo sanguinários e violentos.

Em segundo lugar, por causa de sua crueldade e brutalidade, eles seriam conhecidos como um povo temido
e temidas ( v. 7 a ). Eles eram impiedosos, determinado a destruir tudo em seu caminho.

Em terceiro lugar, os babilônios eram uma lei para si mesmos ( v. 7 b ). Eles temiam e ouviu ninguém, fazendo
exatamente o que quisessem. Eles respeitaram nenhum código moral, nenhum código de honra entre os
soldados ou nações inimigas. Eles eram um povo altivo e orgulhoso que viveram, lutaram e conquistaram
apenas para trazer glória para si mesmos.

Em quarto lugar, eles iriam atacar com um exército forte, rápido, e devorando ( v. 8 ). Os seus cavalos seria
mais rápido do que os leopardos e mais feroz do que lobos famintos à noite. Seus exércitos seria swoop para
baixo como abutres prontos para devorar.

Quinto, eles iriam atacar com um exército empenhados na violência, varrendo como um vento do deserto e
levando os presos como se estivessem pegando areia ( v. 9 ). Na verdade, os babilônios eram conhecidos por
levar cativos, em seguida, escravizando seus inimigos. Eles vieram com um método muito astuto para manter
seus inimigos subjugados. Inimigos que não escravizam foram reassentados em terras estrangeiras, às vezes,
em si, Babilônia e, por vezes, em outros territórios que havia conquistado. Sua intenção era a de absorver
completamente os seus inimigos na cultura babilônica e da sociedade e para cortá-los de todos os laços com
suas próprias culturas e passado. Portanto, eles se separaram e espalhou aqueles que conquistaram a fim de
enfraquecê-los e mantê-los sob controle.

Em sexto lugar, os babilônios seria zombar de reis, governantes e suas cidades Forte ( v. 10 ). Eles seriam
facilmente capturar até mesmo as mais fortes, as cidades mais protegidas. Os babilônios fez isso através do
desenvolvimento de um método de astúcia para romper as paredes de uma cidade. Eles construíram
enormes rampas de barro e empilharam-los contra as paredes, cada vez mais e mais, até que chegaram ao
topo. Uma vez que estas enormes montes eram altas o suficiente, eles simplesmente marchar até as rampas
e debandada na cidade. À luz disto, nenhuma cidade era seguro contra eles, não importa o quão alto ou a
espessura de suas paredes. Era apenas uma questão de tempo antes que as paredes de uma cidade poderia
ser violada. Esta foi a razão pela qual os babilônios zombou governantes e riu de cidades fortificadas. E por
causa de seus muitos sucessos militares, bem como a sua força e engenho, que cresceu orgulhoso. Na
verdade, a Escritura descreve os babilônios como um dos arrogantes, pessoas mais arrogantes do mundo.

Mas os babilônios eram mais do que arrogante; eles eram rancoroso, vicioso e cruel. Foi a sua prática ao
capturar o rei e os governantes da nação de gaiola e eles desfile pelas ruas da cidade, como os animais de
circo.Ainda pior, eles às vezes mutilado seus cativos, pois, mais tarde, fazer a Zedequias, rei de Judá, quando
eles furaram os seus olhos. Antes desta atrocidade, porém, o rei de Judá foi forçado a olhar enquanto seus
filhos foram condenados à morte (ver delinear e nota-2 K. 25:1-21 para uma discussão mais
aprofundada). Estes eventos que aconteceria em 586 aC, logo após a queda de Jerusalém.

c. O veredicto de Deus: os babilônios também se culpado diante de Deus para confiar em sua própria força,
em vez de em Deus ( v. 11 ). No verso final desta passagem, o SENHOR condena Babilônia e pronuncia a nação
orgulhosa culpado ( v. 11 b ). Embora Deus já havia planejado usar a Babilônia como Seu agente do julgamento
contra Judá, Ele ainda iria julgar os babilônios por todo o mal que tinha feito no passado e faria no
futuro. Como diz a Escritura, eles iriam passar por cima ou varrer passado como um vento forte e conquistar
outras nações com facilidade. Mas eles também varreria passado a fase da história e desaparecer do cenário
mundial uma vez que Deus os havia julgado. Suas ambições egoístas e sede de glória seria usado
pelo SENHOR , mas eles não obstante, ser responsabilizados por seus crimes. Por quê? Note-se a Escritura,
que diz que os babilônios confiável sua própria força: sua própria força era o seu deus. Em outras palavras,
eles se gloriava em seu próprio poder e promoveu a sua própria honra. Foi por causa desse orgulho que eles
seriam julgados, assim como Judá estava indo para ser julgado. No entanto, ao contrário de Judá, o povo de
Deus, os babilônios cruéis seriam varridos da face da terra. Como um vento que passa rapidamente, eles
iriam passar por cima e sair do cenário mundial.

Olhando para trás agora para as palavras desta secção (abertura v. 5 ), observe o elemento surpresa. A
resposta de Deus ao pedido de Habacuque por justiça era assistir e se surpreender . Essa Babilônia
conquistaria Judá eo resto do mundo conhecido era uma revelação surpreendente. Foi uma profecia
surpreendente, pelo menos, duas razões: primeiro, a Babilônia, embora crescendo em força, não era o poder
dominante daquele dia.Assíria era. Em segundo lugar, Habacuque perguntou como Deus poderia usar os
ímpios nação, idólatra da Babilônia para punir seu próprio povo. Judá e Israel não tinha dúvida pecou
muito. Ambas as nações haviam se rebelado contra o SENHOR há anos, então eles eram certamente
merecedor de castigo. No entanto, os babilônios cruéis eram muito, muito pior, pelo menos de acordo com
Habacuque. É esta mesma queixa que o profeta vai aumentar na próxima passagem.

Pensamento 1 . Dê uma segunda olhada na resposta de Deus a Habacuque. Qual é o SENHOR a resposta de
que o problema do mal e os fundamentos de seu povo para a justiça? A resposta de Deus é que Ele julgará
todas as pessoas e nações; nenhuma nação e nenhum mal ficará impune, não para sempre. Em outras
palavras, a justiça pode ser adiada, mas a justiça não será negado. Todo o mal será contabilizado.
Nota outro ponto crítico: a ascensão de Babilônia para o domínio do mundo era o plano ea vontade de Deus
e prova de que Deus opera em Seu mundo. Deus levanta as nações e rasga-los. Ele é soberano sobre toda a
terra. Como os babilônios altivos, as pessoas hoje podem rebeldia optar por fazer o que quiserem. Eles
podem procurar a sua própria honra e glória levar em sua própria força. Mas Deus pode usar todas as coisas
para o seu fim último, mau comporta-mento até mesmo das pessoas. Mais profundamente, é o SENHOR que
está tecendo e redimir toda a história, tudo bem e do mal-para o Seu propósito final. Perfeita justiça será
executada de acordo com seu tempo perfeito. A Escritura ensina que o SENHOR vai realizar todas as pessoas
responsáveis por suas vidas. Todos e cada um de nós será julgado por nossas obras feitas na terra. Ouça o
que diz a Palavra de Deus:

"Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então retribuirá a cada
um segundo as suas obras "(Mt 16:27 ).
"No dia em que Deus julgar os segredos dos homens, por Jesus Cristo, segundo o meu
evangelho" ( Ro. 02:16 ).
"Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo; que cada um receba o
que fez em seu corpo, de acordo com o que ele tem feito, quer seja bom ou mau "( 2 Co. 5:10 ).
"E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus; e os livros foram abertos, e
outro livro foi aberto, que é o livro da vida: e os mortos foram julgados pelas coisas que estavam
escritas nos livros, segundo as suas obras "(Re. 20:12 ).
"E eis que venho sem demora; eo meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua
obra "(Re. 22:12 ).
(Veja também Atos 17:31. ; He. 10:30 ; . 1 Pe 4:17 ).

Pensamento 2 . A mensagem de Habacuque , e na verdade toda a Escritura, é que o SENHOR vai cumprir
Seus propósitos. Podemos não entender completamente estes propósitos, mas seus planos de justiça será
cumprida. Cabe ao SENHOR a glória de que tudo está em movimento. É a Sua glória para o qual tudo se
esforça. E vai ser a glória de Deus que serão homenageados nos últimos dias por todas as nações e povos,
mesmo aqueles que blasfemou e amaldiçoou o Seu Santo Nome. Portanto, hoje é o dia da salvação. Agora é
o tempo que todas as pessoas devem curvar e submeter ao SENHOR . O dia está próximo para todas as nações
e povos para adorar a Deus e cantar louvores ao Seu Santo Nome, antes que seja tarde demais. Ouça o que
a Palavra de Deus diz sobre procurar sua salvação:
"(Porque diz: Eu te ouvi no tempo aceitável, e no dia da salvação te socorri-te: eis que agora é o
tempo aceitável, eis aqui agora é . o dia da salvação) "( 2 Co. 6 : 2 ).
"E levantaram suas vozes, e disse: Jesus, Mestre, tem misericórdia de nós "(Lc \ 1:17:13).
"Mas o publicano, estando de longe, nem ainda queria levantar tanto quanto seus olhos ao céu,
mas batia no peito, dizendo: Ó Deus, sê propício a mim, pecador "(Lc \ 1:18:13).
"Volta, ó SENHOR , livra a minha alma; salva-me por causa das tuas misericórdias "( Sl 06:04. ).
"Livra-me na tua justiça, e faze me escapar; inclina os teus ouvidos para mim, e salva-me" ( Sl
71:2. ).
(Veja também Lu \ 1:18:38;. . Ps 28:9 ; . Ps 85:7 ; . Ps 86:16 ; . Ps 106:47 ;. Jer 17:14 ; Da 9:19. ; Hab.
03:02 .)

B. Dois Pergunta: Por que Deus parece inconsistente ao tolerar o mau 01:12-02:20
( 1:12 - 2:20 ) Introdução : Por que Deus tolerar ou colocar-se com os ímpios e os maus deste mundo? Por
que Deus permite ...

 os ricos para oprimir os pobres?


 o poderoso para submeter e escravizar os fracos?
 o mal para ridicularizar e perseguir a Deus?
 os ímpios para seduzir e provocar a queda dos justos?
Se realmente há um Deus no céu, o Criador da raça humana-por que Ele permite esse tipo de comportamento
entre os Seus seres criados em um mundo feito por suas próprias mãos (poder)? Esta questão tem intrigado
as pessoas atenciosas desde os primeiros dias da história humana. O presente Escritura ajuda a responder à
pergunta.

Na passagem anterior, Habacuque se aproximou do SENHOR com perguntas que o atormentavam. Ele estava
preocupado com a injustiça e maldade que ele viu em sua nação. Os ricos e poderosos estavam crescendo
mais ricos e poderosos, enquanto os pobres e impotentes cresceu mais pobres e ainda mais
desamparada. Houve corrupção em todo o governo ea injustiça nos tribunais. Os líderes em todos os níveis
da sociedade estavam conspirando juntos para aumentar o seu poder e riqueza. Em suma, os israelitas
estavam abusando e explorando um ao outro. Eles rejeitaram o SENHOR e estavam perseguindo seus
próprios interesses e desejos insaciáveis. Além disso, eles perseguiram os seus desejos corruptos, por
qualquer meio, inclusive por violência e assassinato.

Portanto, Habacuque levou sua preocupação ao SENHOR ( 1:1-4 ). Ele perguntou ao SENHOR por que Ele não
estava punindo os maus ou respondendo as orações dos justos. O SENHOR respondeu Habacuque e lhe disse
que ele seria de fato punir os maus. Na verdade, o SENHOR estava enviando a nação cruel da Babilônia para
julgar os israelitas. Esta resposta surpreendeu o profeta, assim como Deus havia dito que faria ( 1:5-
6 ).Naturalmente, é também profundamente perturbado Habacuque. Ele não conseguia entender por que
Deus iria usar uma nação tão mau e perverso para punir os israelitas, a nação escolhida para ser o povo de
Deus.Como poderia haver justiça nisso? Carregado em espírito, Habacuque se aproximou
do SENHOR novamente em busca de respostas para estas perguntas. Isto é, duas questões preocupantes que
confundem a Human Heart-Pergunta dois: Por que Deus parecer inconsistente por tolerar os maus?
1. A questão levantada sobre a aparente incoerência de Deus (1:12-17).

2. A paciência necessária quando se busca respostas de Deus (2:1).

3 A resposta clara dada por Deus:. Viver pela fé (2:2-5)

. 4 A resposta dada por Deus continuou: alertar o povo de Deus está vindo de julgamento-Seus cinco
terríveis desgraças (2:6-17).

1. ( 1:12-17 ) Deus, Desafios Contra: Por que ele tolera mal a Deus, perguntas sobre, respondidas por Deus,
atributos de, é eterno; É santa-Aliança de Deus com Israel, promessa de preservar um Remnant-
Remanescente de Israel, promessas relativas, serão preservados-Babilônia, Agente de Sentença-Babilônia
de Deus, designado por Deus, disciplinar Israel-Israel, Remanescente, Prometida-Israel, Acórdão, por
Babylon-Israel, de Convênios, Remanescente a ser preservado-Maldade, Problema de, discutiu-Maldade,
as questões relativas, por que Deus tolera-Maldade, as questões relativas, por que Deus tolera-Pecado, as
questões relativas, Por que Deus Tolera : perguntas sobre aparente inconsistência de Deus surgem
freqüentemente. Se Deus é um Deus de amor e bondade, se Ele é todo-poderoso e onisciente, então por que
Ele permite o mal? Por que Ele tolera o ímpio? Estas perguntas são feitas por crentes e não crentes, tanto o
educado e sem instrução.
Por que surgem estas perguntas? Parte da resposta é que todos nós nascemos com uma consciência dada
por Deus instintivo que nos diz a justiça deve governar o mundo. Nós sabemos em nossos corações que as
coisas devem ser justo, que não deve ser suficiente para todos, e que as pessoas devem ser bom, não o
mal. Sentimos no nível mais profundo que o mal merece castigo e bondade merece recompensa. Mas isso
raramente é como as coisas funcionam no mundo real-o mundo em que vivemos no dia-a-dia. Algo deu
errado. O inocente eo justo, muitas vezes sofrem, enquanto os culpados e injustos vão livre. As pessoas que
são abusivas e egoísta parecem chegar à frente, enquanto a queda honesto e trabalhador para trás. Parece
que não há justiça neste mundo. Consequentemente, nos encontramos perguntando: "Quando a vontade
justiça prevalecer?" E: "Se Deus é bom, por que Ele não faz alguma coisa sobre o mal ea injustiça agora ? "

a. O SENHOR natureza 's é eterno e santo ( v. 12 ). O SENHOR acabara de responder primeiras perguntas de
Habacuque. Ele disse ao profeta que Ele iria fazer algo sobre a corrupção e os abusos de Judá. Ele estava
levantando a nação da Babilônia para punir os ímpios. Essa revelação surpreendeu Habacuque e levou
diretamente para sua próxima pergunta. Por que Deus usa uma nação tão idólatra, mau para castigar o Seu
povo? O profeta sabia que as pessoas de Deus eram merecedores de punição, mas os babilônios parecia
merecedor de muito maior punição . Afinal, eles não adoravam o SENHOR , o Deus vivo e verdadeiro. Eles se
inclinavam aos ídolos inúteis e vangloriou de sua própria força. Babilônia parecia ser mais pecaminosa,
corrupta e mal de Judá.

Esta foi uma preocupação honesta. E aqueles de nós que lemos a resposta de Deus para Habacuque
provavelmente compartilham sua preocupação. Podemos entender espanto do profeta, mesmo seu
sentimento de frustração. No entanto, apesar de choque de Habacuque, observe como ele se aproximou
do SENHOR . Em primeiro lugar, ele não se aproximar do SENHOR com dúvidas sobre o caráter de
Deus. Mesmo que o profeta estava confuso e frustrado pelo SENHOR resposta 's, ele não duvidar da bondade
de Deus. Em vez disso, Habacuque começou por reconhecer o SENHOR fidelidade 's, Sua santidade, e Sua
natureza eterna. Ele chamou o SENHOR , "meu Deus", e declarou que Ele é o eterno e Santo ( v. 12 ;
ver Pensamento 1 para mais discussão).

1) Deus havia prometido nunca para destruir Israel ( v. 12 b ). Depois de reconhecer o SENHOR fidelidade 's,
Habacuque lembrou Deus de Sua promessa, Sua aliança eterna com Israel. Com confiança e ousadia, ele
declarou que o povo de Deus não iria morrer, eles não seriam eliminados por completo. Ele sabia que as
promessas de Deus para a nação tinha certeza. Ele conhecia o caráter de Deus, que o SENHOR é fiel e que a
Sua Palavra permanece para sempre. Ele afirmou que o SENHOR é um Deus poderoso e que Suas promessas
são sólidos. Ele reconheceu que o SENHOR é firme e imutável, que Ele nunca volta atrás em Sua
Palavra. OSENHOR havia prometido para preservar um remanescente de Israel. Portanto, Deus iria manter e
proteger os fiéis, aqueles que realmente confiava e amava. Haveria sempre um remanescente fiel que
obedeceu, não importa quantos outros rejeitados e se rebelou contra ele. O SENHOR poderia ter certeza
disso. Apesar do juízo vindouro, esses verdadeiros crentes (e todos os fiéis que seguiram) herdaria as
promessas de Deus. O povo de Deus não seriam eliminados por completo.

2) Deus tinha, no entanto, nomeado Babilônia para punir Israel ( v. 12 c ). Habacuque havia recebido a
resposta de Deus. O SENHOR , que é soberano sobre todas as nações, já havia nomeado Babilônia para ser
seu agente de julgamento contra os ímpios. A nação inteira seria punido, por toda a nação tornou-se corrupta
e corrompida. Desde o menor até o maior, quase todos haviam se rebelado. Os poucos que não haviam se
rebelado seria tragicamente sofrer também, embora Deus ainda estaria com eles. Mas agora, não havia nada
para Deus fazer, mas destruir a nação e começar de novo. Ele iria começar no futuro, com os poucos fiéis que
ainda reverenciados e obedecidos Sua Santa Palavra. Ele levaria os fiéis e aqueles que se arrependeram
devido ao juízo vindouro e restaurar a nação através deles. Na verdade, essa foi a promessa que Deus tinha
dado a Jeremias: Ele iria transformar os corações de seu povo de volta para Ele-mesmo aqueles que haviam
rejeitado a Ele por um tempo e que felizmente restaurá-los (Jr 31:33 ). Portanto, as pessoas como um todo
não iria morrer. Eles não seriam destruídos completamente , nem seriam dispersos e perdidos para
sempre. Habacuque sabia disso, e proclamou-o para todo o mundo saber.

b. O profeta questionou o SENHOR tolerância 's do mal ( vv. 13-17 ). Depois de afirmar a fidelidade e santidade
de Deus, Habacuque continuou seu interrogatório. O problema do mal ainda assombrava. Ele estava
preocupado que Deus iria usar uma nação tão mau quanto Babilônia para punir seu próprio povo. Na
verdade, Habacuque tinha muitas perguntas:

1) Por que Deus-que é demasiado puro para ver o mal-tolerar os ímpios ( v. 13 a )? Anteriormente, Habacuque
tinha pedido ao SENHOR por que ele, Habacuque, devemos olhar para a injustiça ea vista mal. Agora, no
entanto, o profeta apelou ao SENHOR pureza e senso de justiça 's. Em essência, o profeta pediu
ao SENHOR como Ele, que é tão puro e santo, podia tolerar o mal por mais tempo. Como Ele poderia mesmo
estar a olhar para ela? Habacuque sabia que Deus estava muito perturbado pelos pecados de Seu povo, e
que as pessoas eram merecedores de castigo. O que ele não contava era que eles seriam punidos por tão
mau uma nação. A revelação de Deus que Babilônia seria agente da justiça de Deus chocou o profeta. Isso
levou à sua mais confusão e para a sua próxima pergunta.
2) Por que Deus permanecer em silêncio enquanto os ímpios babilônios destruíram as pessoas mais justo do
que eles ( v. 13 b )? Certamente o profeta não considerou o povo de Judá justo; no entanto, eles ainda eram
o povo de Deus e não tão mau quanto os babilônios, pelo menos em sua mente. Habacuque sabia a força ea
ganância consumir dos babilônios para dominar o mundo, que facilmente destruir a sua própria nação
pequena.Por esta razão, Habacuque foi genuinamente intrigado com o porquê de Deus permitir isso.

3) Por que Deus permite que a injustiça? Por que Ele faça o Seu povo, como peixes no mar, em seguida,
permitir que o ímpio, para pegá-los com ganchos e redes? Por que Deus permite que pessoas más se
alegrasse por sua cruel comportamento, mal ( vv. 14-15 )?

O profeta comparou o seu povo para peixes que são facilmente capturados em redes. Ele sabia que seria
impotente e indefeso contra os babilônios cruéis. Habacuque também sabia que os babilônios estavam
orgulhosos.Eles se vangloriar e se alegra com a sua Ele viu isso como uma injustiça "pegar".; não parecia justo
com ele. Como Deus poderia permitir que isso aconteça?

4) Por que Deus tolerar um povo de idolatria, permitir-lhes a rejeitá-Lo e adorá-coisas (redes) que os
trouxeram prosperidade ( v. 16 )? O profeta suplicou ainda, lembrando a Deus que os babilônios eram
idólatras. Eles adoravam a sua própria força e confiança em seus próprios planos malignos. Não só eles
adoram e buscar orientação de falsos deuses, eles procuraram a glória e honra para si mesmos. Confiaram
em sua própria força e os recursos, e não no Deus vivo.

5) Por que Deus permite que os ímpios para continuar destruindo sem piedade ( v. 17 )? O profeta resumiu
seu argumento com uma pergunta final: Considerando a maldade do babilônios-sua brutalidade, sua
arrogância, sua idolatria, tudo o que era pior do que Judah's-como poderia Deus permitir que um povo para
conquistar o seu próprio? Ele não sabia como Deus podia permitir que essas pessoas perversas para continuar
a conquistar outros povos sem piedade, próprios especialmente o povo de Deus-Seus filhos da promessa.

Pensamento 1 . Como muitos hoje, Habacuque tinha perguntas sinceras. Ele tinha crescido frustrado com as
circunstâncias de sua vida e da nação e com aparente silêncio de Deus. No entanto, Habacuque ainda se
aproximou do SENHOR com reverência e temor. Ele se aproximou de Deus com humildade, reconheceu a
fidelidade de Deus, e aceitou a soberania de Deus. Nota várias verdades importantes revelado aqui:
⇒ Em primeiro lugar, Habacuque foi humilde . Apesar de suas perguntas sinceras e reclamações, apesar do
fato de que ele estava perturbado e confuso, ele se aproximou do SENHOR com humildade. Ele teve o
cuidado de não mostrar arrogância. Esta é uma lição vital para todos os crentes e para todos que buscam a
Deus. Não importa o quão sincero podemos estar em nossas orações, não importa o quão confuso ou
frustrado que pode tornar-se, devemos nos aproximar do Senhor em humildade. Devemos nos lembrar de
quem é Deus e quem somos em comparação. Ele é o Criador de tudo o céu ea terra, e nós estamos a criar.

"Quando contemplo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que tu preparaste; Que
é o homem, para que te lembres dele? eo filho do homem, para que o visites? "( Sl. 8:3-4 ).
"Muitos, ó SENHOR meu Deus, são as tuas obras maravilhosas que tens operado e os teus
pensamentos que são para convosco: eles não podem ser contados em ordem a ti: se eu declarar
e falar deles , eles são mais do que podem ser contados "( Sl. 40:5 ).
"Entre os deuses não há semelhante a ti, ó Senhor; nem há obras como as tuas obras "( Sl. 86:8 ).
"Ó SENHOR , quão variadas são as tuas obras! em sabedoria fizeste todas elas: a terra está cheia
das tuas riquezas "( Sl 104:24. ).
"Todas as nações antes dele são como nada; e são por ele reputadas menos do que nada, e
vaidade "(Is. 40:17 ).
" É o que está assentado sobre o círculo da terra, cujos moradores são como gafanhotos; que
estende os céus como uma cortina, e os desenrola como tenda para habitar em: "(Is. 40:22 ).
"Ai daquele que contende com o seu Criador! Deixe o caco se esforçar com os cacos da
terra. Porventura dirá o barro ao que forja, Que fazes tu? ou a tua obra, Ele não tem mãos?
"(Is. 45:9 ).

Em segundo lugar, Habacuque não duvidava da LORD 's caráter ou fidelidade . Na verdade, suas palavras
eram uma expressão de grande fé. O profeta pode ter tido dúvidas sobre o SENHOR planos 's, mas não duvido
que o SENHOR Si mesmo. Mesmo que os planos de Deus parecia injusto com ele, ele sabia que
o SENHOR seria fiel. Ele sabia que, de alguma forma, no devido tempo, o SENHOR iria cumprir Suas promessas
a Israel. Com fé e humildade, o profeta declarou a fidelidade de Deus e lembrou-se da natureza eterna e
imutável do Deus que servia.

"Deus é fiel, pelo qual fostes chamados para a comunhão de seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor
"( 1 Co. 01:09 ).
"E eis que Eu estou contigo, e te guardarei em todos os lugares para onde fores, e te farei tornar
a esta terra; porque não te deixarei, até que haja cumprido que o que eu falei para ti de "( Ge.
28:15 ).
"Saiba, pois, que o SENHOR teu Deus, ele é Deus, o Deus fiel, que guarda a aliança ea
misericórdia para com os que o amam e guardam os seus mandamentos para mil gerações;
"(De.07:09 ).
"Porque o SENHOR não abandonará seu povo por causa do seu grande nome, porque aprouve
ao SENHOR fazer de vós o seu povo "(1 S. 12:22 ).
"E ele disse: SENHOR, Deus de Israel, não há nenhum Deus como tu, em cima nos céus, nem
embaixo na terra, que guardas a aliança ea misericórdia para com os teus servos que andam diante
de ti com todo o seu coração: "(1 K. 8: 23 ).
"Ele tem se lembrou da sua aliança para sempre, da palavra que ordenou para mil gerações "( Sl.
105:8 ).
"Contudo eu me lembrarei do meu pacto contigo nos dias da tua mocidade, e eu estabelecerei
contigo uma aliança eterna" ( Ez. 16:60 ).
"Tu executar a verdade a Jacob, e Abraão a benignidade, que juraste a nossos pais desde os dias
antigos "( Mic. 07:20 ).

Em terceiro lugar, Habacuque não duvidar ou questionar de Deus soberania , Seu direito de governar e agir
como lhe aprouver (isso se torna ainda mais evidente no capítulo 3). Esta é uma outra lição importante para
nós.Mesmo quando não obtemos as respostas que procuram sinceramente, ou não pode entender o
raciocínio de Deus, devemos reconhecer o SENHOR certa 's para fazer o que lhe agrada. Somente Ele é
soberano sobre a terra e todos os assuntos da humanidade. Somente Ele pode trabalhar os planos eternos
que Ele tem para nós e para toda a criação.
"O Deus que fez o mundo e tudo o que nele, vendo que ele é o Senhor do céu e da terra, não
habita em templos feitos por mãos;" (At 17:24 ).
"Em quem também fomos feitos herança, havendo sido predestinados, conforme o propósito
daquele que faz todas as coisas segundo o conselho da sua própria vontade:" ( Ef 1:11. ).
"Ao único Deus, nosso Salvador, seja glória e majestade, domínio e poder, agora e
sempre. Amém "( Judas 1:25 ).
"Sabe, pois, hoje, e considerar que no teu coração, que o SENHOR , ele é Deus em cima no céu e
embaixo na terra: não há nenhuma outra "(De. 04:39 ).
"Eis que ele derriba, e não se pode reedificar; ele encerra na prisão, e não pode haver nenhuma
abertura" ( Jb 0:14. ).
"O SENHOR é no seu santo templo, o SENHOR trono de está nos céus, seus olhos contemplam,
as suas pálpebras provam os filhos dos homens "( Sl 11:04. ).
"Porque o reino é do SENHOR 's, e ele é o governador entre as nações "( Sl 22:28. ).
"O teu trono, ó Deus, é para todo o sempre: o cetro do teu reino é um cetro direito "( Sl 45:6. ).
"Isso os homens saibam que só tu, cujo nome é Jeová, és o Altíssimo sobre toda a terra "( Sl.
83:18 ).
"O SENHOR reina, ele está vestido de majestade; o SENHOR está vestido com força, com o
qual ele tem se cingido: o mundo também está firmado, que não pode ser abalado "( Sl 93:1. ).
"Tudo o que o SENHOR quisesse, que ele fez no céu e na terra, nos mares e em todos os abismos
"( Sl. 135:6 ).
"Ó SENHOR dos exércitos, Deus de Israel, que habitas entre os querubins, tu és o Deus, mesmo tu
sozinho, de todos os reinos da terra: tu fizeste o céu ea terra "(Is. 37:16 ).
"Assim diz o SENHOR , o céu é o meu trono, ea terra é o meu escabelo: onde está a casa que vós
construir a mim? e onde é o lugar do meu repouso? "(Is. 66:1 ).
"Tu, ó SENHOR , permanecerás para sempre; teu trono de geração em geração "( Lam. 05:19 ).
"E todos os moradores da terra são reputados em nada, e ele o faz de acordo com sua vontade
no exército do céu e entre os moradores da terra: não possa deter a mão, nem lhe dizer: Que fazes?
"( Da. 04:35 ).
"E ele [Nabucodonosor] foi expulso do meio dos filhos dos homens; e seu coração foi feito
semelhante aos dos animais, ea sua morada foi com os jumentos selvagens: eles se alimentavam
ele com erva como os bois, eo seu corpo foi molhado do orvalho do céu; até que ele sabia que o
Deus Altíssimo governou no reino dos homens, e que ele constitui sobre ele quem quer "( Da.
05:21 ).

. 2 ( 2:01 ) Paciência, Dever de, na oração-Crentes, Deveres, ser paciente na oração a Deus, Apelações, a
paciência necessária por Deus, as questões relativas, paciência necessária : o povo de Deus precisa de
paciência na busca de respostas o SENHOR . Devemos ser diligentes mas paciente em oração. Podemos ter
certeza de que nossas orações são ouvidas. Palavra de-clares de Deus para. Mas nem sempre recebem as
respostas que queremos, nem sempre receber respostas imediatamente. O SENHOR responde em seu tempo
perfeito e de acordo com Sua vontade. Portanto, cada filho de Deus precisa esperar pacientemente quando
procuram respostas do SENHOR . No entanto, à medida que aprendemos ao lado do exemplo de Habacuque,
esta não é uma espera passiva ou inativo.

a. Habacuque se assistir como um guarda e esperou a resposta de Deus ( v. 1 ). O profeta tinha apresentado
suas queixas. Ele implorou a Deus para obter respostas para as questões candentes do seu coração. Agora,
ele sabia que ele deve esperar. Mas ele não iria esperar de braços cruzados, nem ele estaria impaciente. Ele
colocou seu coração e mente para ficar relógio. Ele determinou que ser diligente e proposital, para se
concentrar toda a sua existência em ouvir a voz do SENHOR . Como um guarda ou sentinela, ele iria prestar
atenção para a resposta de Deus e não abandonar o seu posto até que veio. Esta é a essência de um
verdadeiro profeta de Deus, um verdadeiro ministro do SENHOR . O verdadeiro profeta ou ministro espera
que as palavras de Deus-a mensagem que Deus tem para o Seu povo. Somente Deus tem a Palavra da
Verdade e da Vida. Se nossas palavras são apenas a nossa, se eles não vêm do SENHOR , são vãs e
vazias. Habacuque sabia que ele deve esperar por novas revelações de Deus antes que ele pudesse falar
qualquer coisa de valor para o seu povo.Assim, ele decidiu montar guarda.

b. Habacuque esperou ansiosamente ( v. 1 ). Ele sabia que Deus iria responder-lhe. Ele não sabia quando,
mas sabia que a resposta viria. Ele determinou a esperar o tempo que for necessário, para estar pronto e
alerta quando a resposta veio. Como um guarda fiel, ele estaria pronto para agir a qualquer momento.

Pensamento 1 . Nota fé e confiança de Habacuque. Mais uma vez, temos muito a aprender com o exemplo
do profeta. Sua fé foi comprovada por sua vontade de esperar. Sua confiança no SENHOR era real,
evidenciado por sua vontade de ficar relógio. Esta é a confiança genuína. Pessoas com pouca ou nenhuma fé
são impacientes. Eles não estão dispostos a esperar. Como uma criança impulsiva, eles exigem uma resposta
imediata, e se não fizer isso, eles ficam impacientes e passar para a próxima coisa. Mas a verdadeira fé requer
paciência e paciência traz maturidade em Cristo. Portanto, todos os crentes são chamados a ser paciente na
oração. Temos de esperar ansiosamente por respostas e estar disposto a vigiar. Isto significa simplesmente
que devemos concentrar nossas mentes em ouvir a voz de Deus, que está sendo preparado e pronto para
receber a Sua Palavra. Isso pode exigir-nos a mudar nossas prioridades. Podemos ter de reorganizar os nossos
horários de passar mais tempo na Palavra de Deus e na meditação. Podemos até precisar de procurar novos
amigos ou conselhos divinos. O ponto é que, se realmente quiser receber respostas de Deus, devemos fazer
o que for preciso para nos prepararmos. Devemos não apenas esperar por respostas, mas também esperar
com expectativa, na fé. Como Habacuque, é preciso estar atento e pronto para agir quando a resposta
vem. Ouça o que a Palavra de Deus diz a respeito de buscá-Lo com humildade, diligência e obediência:
"E ele [Jesus] foi um pouco mais longe, e caiu sobre o seu rosto, orando e dizendo: Meu Pai, se
é possível, deixe este cálice de mim: não seja como eu quero, mas como tu queres "( Mt. 26:39).
"Aproximemo-nos, com sincero coração, em plena certeza de fé, tendo os corações purificados
da má consciência, eo corpo lavado com água pura" (Hb 10:22 ).
"Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós. Limpe suas mãos, ó pecadores; e
purificar seus corações, vós duplo minded "(Js. 04:08 ).
"E tudo o que pedimos, dele recebemos, porque guardamos os seus mandamentos e fazemos o
que é agradável à sua vista" (1 Jo. 3:22 ).
"Mas, se de lá tu buscar o SENHOR teu Deus, tu acharás ele , se o buscares de todo o teu coração
e com toda a tua alma "(De. 04:29 ).
"Então Josué se prostrou com o rosto em terra, e adorou, e disse-lhe: Que diz meu Senhor ao
seu servo?" ( Jos 05:14 ).
"Espera no SENHOR : tende bom ânimo, e ele fortalecerá o teu coração; espera, pois,
pelo SENHOR "( Sl 27:14. ).
"A minha alma, espera somente em Deus; a minha esperança é dele "( Sl. 62:5 ).
"Mas os que esperam no SENHOR renovarão as suas forças; subirão com asas como
águias; correrão, e não se cansarão; e andarão, e não desfalecer "(Is. 40:31 ).
"Então clamarás, eo SENHOR te responderá; tu chorar, e ele dirá: Aqui eu sou . Se tirares do
meio de ti o jugo, o estender do dedo, eo falar vaidade "(Is. 58:9 ).
"E vós me procurar, e encontrar -me , quando fordes procurar me com todo o teu coração
"(Jr 29:13 ).

3. ( 2:2-5 ) Crentes, o dever de, a viver pela fé-Apocalipse, Dever, para compartilhar Mensagem de Deus
(de Deus), dever, a receber e compartilhar-Palavra de Deus, Dever, para receber e Share-End Times,
profecias referentes, Volta de Cristo-Oração, respostas, recebidas por Habacuque-Auto-suficiência, Pecado
do, Exame : quando a resposta de Deus vem, vem sempre de forma clara. OSENHOR inequivocamente revela
Sua vontade para aqueles que esperam nEle e que estão dispostos a obedecer. Suas respostas às nossas
orações podem não ser o que nós esperamos, mas Deus sabe responder e Ele responde de forma decisiva,
nos dizendo o que fazer. Ele não pode explicar por que, e podemos não entender as razões para sua resposta
ou para o seu no-ções. Mas, confiando no SENHOR e obedecer a Sua Palavra, as razões geralmente tornam-
se claras. A chave é a obediência. Devemos obedecer a Palavra do SENHOR , agindo sobre ele.
a. Anote resposta e revelação de Deus: os outros estão a ler e espalhar a mensagem de Deus ( vv 2-
3. ). "O SENHOR me respondeu. "O que belas palavras! O SENHOR respondeu as orações e súplicas de Seu
amado servo. Imaginem as emoções do profeta neste momento em sua longa conversa com Deus. Ele tinha
ficado relógio e esperou com expectativa, provavelmente por um tempo muito longo. Agora, a mensagem
de Deus tinha finalmente chegado e Habacuque estava pronto para recebê-lo.

O que o SENHOR disse? Primeira instrução de Deus para o profeta era para escrever a visão. Habacuque era
gravar a Palavra de Deus. Esta foi uma mensagem crítica; por isso, ele teve que ser gravada para todas as
pessoas a ler. Tinha que ser preservada para aqueles que vivem tanto então como agora, para toda a raça
humana. As pessoas em idades futuras teriam de ler e ouvir sobre a mensagem de Deus a toda a humanidade.

1) A revelação de Deus (Sua visão e plano) será cumprido em um tempo determinado: o fim dos tempos, no
retorno de Cristo, Ele. 10:37-38 ; 2 Pe. 3:3-13 ( v. 3 a ). Estas são palavras bonitas, mas as palavras que são
difíceis para algumas pessoas a aceitar: . um tempo determinado Deus disse a Habacuque que o Seu plano
para lidar com o mal-para estabelecer a justiça na terra, seria revelado de acordo com cronograma de Deus,
não prazo de Habacuque nem que de outro ser humano. Isso significava que, mais uma vez, o profeta teve
que esperar. Plano de visão de Deus seria plenamente revelada e totalmente realizado no tempo perfeito de
Deus.

2) O plano de Deus é uma certeza ( v. 3 b ). O SENHOR mensagem 'S para Habacuque falou da . final Isso se
refere ao fim do domínio da Babilônia e para o fim dos tempos, quando Cristo voltar para estabelecer o reino
de Deus na terra (Hb 10:37-38 ; . 2 Pe 3:03 -13 ). As palavras hebraicas neste versículo sugere que a revelação-
Seus planos finais de Deus para a Babilônia e os últimos dias, se apressa ou calças em direção ao seu fim. Isso
não significa que a revelação de Deus seria cumprida rapidamente ou de acordo com prazo desejado de
Habacuque. Isso significava que o cumprimento dos planos de Deus não seria adiado para além do tempo
que Ele tinha nomeado, nem mesmo por um momento. Na verdade, embora o final pode
parecer demorar, ou de ser adiada, certamente virá. O julgamento de Deus do mal e Seu estabelecimento da
justiça na terra são certezas. Elas serão realizadas a seu tempo. Toda a história está se movendo em direção
a este acabamento clímax.

Note-se que o SENHOR advertiu o profeta que ser paciente. Ele ordenou Habacuque e as pessoas que
esperar . O comando foi feito para nós também-todos os que lêem e ouvem a Palavra de Deus hoje. Mais
uma vez, é preciso paciência. Isto é porque nós vivemos entre o momento da revelação de Deus eo pleno
cumprimento de Sua revelação. Deus prometeu executar a perfeita justiça na terra, para trazer todas as
coisas a um final perfeito. Ele revelou seus planos para nós através de Sua Santa Palavra. Como crentes e
ministros de Sua Palavra, nós não podemos esperar passivamente ; devemos vigiar, estar alerta, estar pronto
para agir. Até o dia glorioso de satisfação chega, devemos fazer todo o possível para compartilhar revelação-
Sua Palavra de Deus, com o mundo todo.

"Por isso, ficai também vós apercebidos, porque, à hora em que não cuidais, o Filho do Homem
virá" (Mt 24:44 ).
"Vigiai, pois, porque não sabeis quando o dono da casa vem, à tarde, ou à meia-noite, ou ao
cantar do galo, se pela manhã" ( Mc 13:35. ).
"Sede vós também pacientes; fortalecei os vossos corações, porque a vinda do Senhor está
próxima "(Js. 05:08 ).
"Eis que venho sem demora: guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa"
(Re. 03:11 ).
"Eis que venho sem demora; bem-aventurado é aquele que guarda as palavras da profecia deste
livro .... Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amen. Mesmo assim, vem,
Senhor Jesus "(Re. 22:07 , 20 ).

Pensamento 1 . revelação de Deus será cumprida em seu tempo determinado . Este fato revela duas verdades
essenciais sobre o SENHOR eo mundo em que vivemos:
⇒ Em primeiro lugar, o Senhor está no controle deste mundo e da história humana. Ele governa
a terra, apesar das aparências em contrário, apesar da existência do mal. Ele não tolera, endossar,
ou fazer com que tudo neste mundo o que acontece, e não o pecado eo mal que abunda em torno
de nós. Mas Ele vai resgatar, restaurar e usar tudo o que acontece para o Seu propósito final. Ainda
pode haver mal e corrupção no mundo, mas toda a força da história, toda a corrente do tempo, e
toda a criação está se movendo em direção a seu clímax final. Este clímax será a culminação, a
conclusão de todas as coisas. Nos últimos dias, todo o mundo será trazido sob o domínio de Cristo,
eo seu reino será estabelecido para sempre. A Palavra de Deus deixa claro que Cristo é soberano
sobre toda a terra e que Ele está se movendo em direção a história deste final incrível. Todas as
coisas foram criadas por meio de e para Cristo e para a Sua glória final. Todas as coisas a serem
colocados sob o Seu governo justo. Ouça o que diz a Palavra de Deus:

"E ele [Cristo] reinará sobre a casa de Jacob para sempre; eo seu reino não terá fim "(Lc \
1:01:33).
"[Deus] Tendo-nos conhecer o mistério da sua vontade, segundo o seu beneplácito, que ele tem
proposto em si mesmo: para a dispensação da plenitude dos tempos, de reunir em um todas as
coisas em Cristo, tanto as que estão no céu, e que estão na terra; mesmo nele: Em quem também
fomos feitos herança, havendo sido predestinados, conforme o propósito daquele que faz todas
as coisas segundo o conselho da sua própria vontade: que devemos ser para o louvor da sua glória,
os que primeiro esperamos em Cristo "( Ef. 1:9-12 ).
"Para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, de coisas nos céus e as coisas na terra, e as
coisas debaixo da terra "(Ph. 02:10 ).
"Porque nele foram criadas todas as coisas que estão no céu, e que estão na terra, as visíveis e
as invisíveis, sejam eles sejam tronos, sejam soberanias, quer principados, quer potestades: tudo
foi criado por ele e para ele "( Colossenses 1:16 ).
"Deus, que em diversas ocasiões e de diversas maneiras falou em outro tempo aos pais, pelos
profetas, nestes últimos dias, nos falou pelo seu Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as
coisas, pelo qual também fez o universo "(Hb 1:1-2 ).
"Mas, do Filho diz: O teu trono, ó Deus, é para todo o sempre: um cetro de justiça é o cetro do
teu reino "(Hb 1:08 ).
"E o sétimo anjo tocou a trombeta; e houve no céu grandes vozes, dizendo: Os reinos deste
mundo são tornados os reinos de nosso Senhor e do seu Cristo; e ele reinará pelos séculos dos
séculos "(Re. 11:15 ).

⇒ Em segundo lugar, há também um tempo determinado para tudo em nossas vidas. Isto
significa que podemos relaxar e ter absoluta confiança e paz, sabendo que o SENHOR está
trabalhando todas as coisas para o bem de todos os que o amam. Não precisa se apressar, ou
empurrar ou forçar nada em nossas vidas. Tudo vai acontecer de acordo com o tempo de Deus. O
livro de Eclesiastes diz que há um tempo para tudo e um tempo para todo propósito debaixo do
céu:

"Para cada coisa há uma estação, e há tempo para todo propósito debaixo do céu: Um tempo
para nascer e tempo de morrer; um tempo para plantar e um tempo para arrancar o que
seplantou; Um tempo para matar e tempo de curar; um tempo para quebrar, e um tempo para
construir; Um tempo para chorar e tempo para rir; tempo de prantear, e tempo de dançar; Um
tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de abster-se de
abraçar; Um tempo para chegar, e um tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de deitar
fora; Um tempo para rasgar, e tempo para costurar; tempo de guardar silêncio, e um tempo para
falar; Um tempo para amar e tempo para odiar; um tempo de guerra e tempo de paz ( Eclesiastes.
3:1-8 ).

A Palavra de Deus também nos diz para não se preocupar ou ficar ansiosos por coisa alguma, mas para orar
sobre tudo:

"Não estejais inquietos por coisa alguma; mas em tudo, pela oração e súplica com ações de
graças sejam as vossas petições conhecidas diante de Deus "( Ph. 04:06 ).
"Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que ele vos exalte no tempo devido:
Fundição todo seu cuidado sobre ele; porque ele tem cuidado de vós "( 1 Pe. 5:6-7 ).

b. Olhe para o auto-suficiente: os seus desejos são tortos ou corrompido ( v. 4 a ). Deus tinha acabado de
dizer Habacuque registrar a revelação e de esperar-lo, certamente acontecerá. Agora, o SENHOR veio para o
núcleo da sua mensagem. Ele disse a Seu profeta considerar os babilônios orgulhosos e auto-
suficientes. Então Deus começou com um grande contraste entre os injustos e os justos. Os injustos são
arrogantes e inchado.Suas almas são levantadas e inchado dentro deles; eles são orgulhosos e
arrogantes. Eles são auto-suficientes, dependendo de sua própria força e poder. Suas almas também são
corruptos ou torto, não em linha reta e honesta. Eles estão inchados com maus desejos e projetos iníquos
[1] John Walvoord e Roy Zuck, ed,.. Comentário do Conhecimento Bíblico: Uma Exposição das Escrituras por
Dallas Seminary Faculdade , (Colorado Springs, CO: Cozinhe Communications, 1985), WORD Pesquisa CROSS
e-book, em: "3. Revelação de Deus condenatória ( 2:4-5 ) ". Como os babilônios, eles vivem pelas
concupiscências de sua carne.Todos os seus desejos, ambições e planos são corrompida e perversa. Eles são
infiel e indigno de confiança.

c. Olhe para o justo ou reto: eles vivem pela fé ( v. 4 b ). Em contraste direto com os orgulhosos e infiéis são
os justos que vivem pela fé. Isso significa mais do que apenas a fé ou confiança em Deus. O hebraico (emunah)
implica fidelidade e firmeza. Assim, o justo viver com fidelidade e firmeza. Eles vivem em confiar comunhão
com o SENHOR , dependendo Dele para a sua força e necessidades diárias. Isto inclui viver de acordo com e
em obediência à Sua Palavra. Fidelidade não é apenas um comportamento exterior, mas uma atitude interior
e estabilidade. [2] Kenneth L. Barker e Waylon Bailey, New Commentary americano, 324. É esta confiança
interior e confiança no SENHOR que faz a pessoa justa fiel, estável e forte. Em contraste com os ímpios, os
justos são completamente confiáveis. Eles são leais, firme e confiável.

Que o justo ou reto que viver pela fé é uma revelação tão breve que poderia ser facilmente esquecido
breve. Mas era cheio de sabedoria para a vida tanto naquela época quanto agora. A mensagem foi
fundamental para o povo de Deus naquele tempo, essencial para a sua sobrevivência. Eles precisariam de fé
para suportar o julgamento que estava por vir. Eles teriam de confiar em Deus, a fim de perseverar através
do sofrimento e provações pela frente. Babilônia era uma nação cruel e implacável, eo povo de Deus iria
sofrer muito em suas mãos. Dado que seria crucial para Habacuque e as pessoas a viver pela fé, eles teriam
que se agarram às promessas de Deus, durante os mais difíceis vezes dias cheios de dúvida, incerteza,
desespero, mesmo terror. Não só eles teriam que depender de Deus de coragem, força e vontade de
pressionar, mas também teria que ser fiéis e leais um ao outro, a fim de sobreviver.
Esta mensagem não é menos crítica é hoje. É tão importante que ele apareça em outra Escritura além
de Habacuque . Estas palavras, "o justo viverá pela fé", estão diretamente citado em três ocasiões no Novo
Testamento ( Romanos 1:17. ; Gal 3:11. ; He. 10:38 ). Além disso, existem dezenas de outras referências a
justiça ea justificação pela fé. O SENHOR sabe o quão importante esta mensagem é mesmo a nossa própria
sobrevivência, e Ele nos lembra continuamente ao longo de Sua Palavra. Consequentemente, devemos
sinceramente determinar a viver pela fé, não importa as circunstâncias. Devemos confiar no SENHOR para
levar-nos através de cada julgamento, cada experiência de sofrimento, assim como fez o resto de Israel.

Pensamento 1 . Os justos vivem pela fé e sua fidelidade. É a nossa fé em Jesus Cristo que nos salva. Somos
justificados ou contado como justo, mesmo que nós não somos. É a justiça de Cristo que nos é dado quando
acreditamos e confiamos nEle para a nossa salvação. Ele também é a nossa fé na bondade de Deus e no amor
de Cristo por nós, que nos leva através das muitas provações da vida. Como crentes, todos nós sofremos
dificuldades, até mesmo perseguição. Mas é a nossa fé e confiança em Deus que nos torna fiéis e firmes,
apesar de todas as dificuldades. Nossa fé não está em nós mesmos, mas no SENHOR que é
fiel. Verdadeiramente, somos justificados pela fé em Cristo e também deve viver pela fé diária. Ouça o que a
Palavra de Deus diz sobre a justificação pela contados como justos pela fé em Cristo sendo-fé e de viver pela
fé:

"Porque nele se descobre a justiça de Deus de fé em fé, como está escrito: O justo viverá pela
fé" ( Romanos 1:17. ).
"Para declarar, eu digo , neste momento sua justiça: que ele seja justo e justificador daquele
que tem fé em Jesus "( 3:26 Ro. ).
"Pois, que diz a Escritura? Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado para justiça "( Ro.
04:03 ).
"Sendo, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo" ( Ro.
05:01 ).
"Sabendo que o homem não é justificado por obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo, temos
também crido em Jesus Cristo, para que fôssemos justificados pela fé em Cristo, e não pelas obras
da lei : pois por obras da lei nenhuma carne será justificada "( Gl 2:16. ).
"Mas que ninguém é justificado pela lei aos olhos de Deus, é evidente: O justo viverá pela fé
"( Gl 3:11. ).
"E assim a lei nos serviu de aio para nos conduzir a Cristo, para que fôssemos justificados pela
fé "( Gal. 3:24 ).
"E seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo,
a justiça que vem de Deus pela fé" (Ph. 03:09 ).
"Mas o justo viverá da fé; mas, se qualquer homem recuar, a minha alma não tem prazer nele
"(Hb 10:38 ).
"Pela fé Noé, sendo por divina revelação avisados das coisas ainda não se viam, temeu e,
preparou uma arca para o salvamento da sua família; pela qual condenou o mundo, e tornou-se
herdeiro da justiça que é pela fé "(Hb 11:7 ).
d. Conheça os pecados do auto-suficiente: eles são enganados ou traídos ( v. 5 ). Depois de ter declarado
como os justos devem viver, o SENHOR descreveu ainda os pecados e estilo de vida dos injustos, o auto-
suficiente. Esta lista de pecados, como a própria mensagem de Deus, foi breve mas notavelmente
completa. Esses pecados descritos pela primeira vez os babilônios, mas era verdade para a maioria de Judá
e Israel também. Além disso, os pecados expostos a corrupção dos corações e estilos de vida das
pessoas. Observe os pecados do auto-suficiente: eles estão enganados e traídos pelo ...

 vinho
 arrogância
 inquietação
 ganância e insatisfação
 guerra e da escravidão
Primeiro, o vinho é dito para trair o auto-suficiente. No entanto, o vinho é apenas um exemplo. O abuso de
qualquer substância tem o mesmo efeito. A auto-suficiente procurar satisfazer os desejos de sua carne, de
qualquer maneira que puderem. Eles vivem só para si mesmos. Eles se preocupam mais com o seu próprio
prazer e satisfação do que sobre as necessidades dos outros.

O uso da palavra vinho também implícita intoxicação e embriaguez, não apenas egoísmo. Os babilônios eram
conhecidos por suas celebrações bêbados e deboche (ver Da. 5 ). Em outras partes do Antigo Testamento, o
abuso do vinho foi associado com o descuido, a arrogância, a injustiça, e injustiça (na verdade, a perda ou
confisco de justiça-ver Pr 31:4-7. ; É. 5:11-12 , 22 - 23 ; . Am 6:06 .) [3], Kenneth L. Barker e Waylon Bailey,Nova
Comentário americana, 326. As razões para este aviso são claras. O abuso do vinho leva rapidamente a todos
os tipos de pecados adicionais e comportamento injusto. A embriaguez eo abuso de qualquer substância são
expressamente proibidos pela Palavra de Deus. A maioria de nós vive hoje sabem as armadilhas muito bem,
e nós vemos os trágicos efeitos do álcool e abuso de drogas de nossas comunidades e cidades, talvez até
mesmo em nossas próprias famílias. As pessoas sob a influência de vinho ou bebida forte são muito mais
propensos a tornar-se negligente, imprudente, turbulento ou violenta, triste ou deprimido, negligente dos
deveres, intolerante, abusiva, e uma série de outras coisas. Na verdade, a ser entregue ao vinho ou bebida
forte está intimamente ligada e leva para-muitos, muitos outros pecados que são muitas vezes muito pior.

"É próprio dos reis, ó Lemuel, que é próprio dos reis beber vinho; nem dos príncipes desejar
bebida forte: Para que não bebam, e se esqueçam da lei, e pervertam o direito de todos os aflitos
"( Pr 31:4-5. ).
"Ai dos que se levantam de manhã cedo, que eles podem seguir bebida forte; e continuam até
a noite, até que o vinho os esquente! E harpas e alaúdes, o adufe, e cachimbo, e vinho há nos seus
banquetes; porém não olham para a obra do SENHOR , nem consideram as obras das suas mãos
"(Is. 5:11-12 ).
"Ai dos que são poderosos para beber vinho, e homens de poder para misturar bebida forte:!
que justificam ao ímpio por suborno, e tirar a justiça do justo com ele "(Is. 5:22-23 ).

Em segundo lugar, a auto-suficiência são arrogantes. Seu orgulho é evidenciado pelo fato de que eles
dependem de si mesmos e não em Deus. Eles tolamente acreditam que podem atender a todas as suas
próprias necessidades. Eles não consideram o fato de que eles não nasceram por seu próprio poder ou
vontade. Seu nascimento foi pelo poder criador de Deus, através das leis da natureza e direito de
primogenitura que Ele estabeleceu. Eles não reconhecem ou considerar que era o desejo de Deus para eles
para nascer e viver. Eles teimosamente rejeitar a idéia de que eles foram criados para um propósito um
propósito maior do que simplesmente viver para si mesmos nesta terra. Eles negam a verdade de que eles
precisam de Deus e que cada respiração que respiram é um dom de Deus. De fato, a Sagrada Escritura diz
que cada cabelo em suas cabeças foi contada. Para rejeitar a Deus não é só loucura, mas também é o epítome
da arrogância. É o orgulho final.

"Não sabeis que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? "( 1 Co. 03:16 ).
"Fazes com que ele [o homem] um pouco menor que os anjos; tu coroaste de glória e de honra,
e te constituí-lo sobre as obras das tuas mãos "(Hb 2:07 ).
"E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança: e domine
sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos, e sobre toda a terra,
e sobre todos os répteis que rastejam sobre a terra "( Gên. 1:26 ).
"É assim que recompensas ao SENHOR , povo louco e insensato? é não ele teu pai, que te
adquiriu? tem ele não te fez e te estabeleceu? "(De. 32:6 ).

Terceiro e quarto, a auto-suficiência estão inquietos, ganancioso, insatisfeito e ingrato. Os babilônios foram
um bom exemplo. Eles estavam inquietos por mais e mais território, mais e mais poder, mais e mais riqueza,
mais e mais glória, mais de quase tudo o que não podem satisfazer a alma humana. Eles estavam inquietos
porque eram gananciosos. Eles nunca tiveram o suficiente e nunca estavam satisfeitos. Como muitos hoje,
não eram gratos pelo que eles já tinham; portanto, eles sempre queriam mais.

O exemplo da Babilônia mostra o quão intimamente ligada ingratidão e insatisfação são. Pessoas que não
são gratos pelo que eles têm, inevitavelmente, tornar-se insatisfeito. Em seguida, eles querem mais e
mais. Eles se tornam gananciosos. Esta é a própria definição de ganância: querer mais do que precisamos,
mais do que podemos usar, mais do que podemos ainda desfrutar. Como os babilônios, freqüentemente
buscam mais de tudo o que podemos chegar em nossas mãos, mesmo em detrimento de outros. Mas note-
se um fato significativo: se queremos mais e mais alguma coisa, só prova que a coisa-se riqueza, posição,
poder, ou qualquer outro objeto de desejo-não nos satisfaz-que ele nunca pode nos satisfazer. Insatisfação
na vida é uma prova de que estamos buscando as coisas erradas, uma prova de que estamos perdendo o
propósito da nossa existência. As pessoas não podem ser satisfeitos se eles estão perdendo todo o sentido
de suas vidas. Cada pessoa viva é criado para a comunhão com Deus e para honrá-Lo e de Seu Filho. Portanto,
nós nunca estaremos satisfeitos se ignorar e rejeitar nosso Criador. A insatisfação é uma prova de que somos
ingratos e que não conseguiram encontrar o verdadeiro sentido da vida. Na verdade, a insatisfação só pode
ser curada por um coração agradecido.

"Porque, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram -lo não como Deus, nem lhe deram
graças; mas tornaram-se vãos em suas imaginações, eo seu coração insensato se obscureceu "( Ro.
01:21 ).
"Tenha cuidado [ansioso, preocupado] para nada; mas em tudo, pela oração e súplica com ações
de graças sejam as vossas petições conhecidas diante de Deus "(Ph. 04:06 ).
"E a paz de Deus domine em vossos corações ... e sede agradecidos" ( Colossenses 3:15 ).
"Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco" ( 1 Ts
5:18. ).
"Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos,
desobedientes aos pais, ingratos, profanos" (2 Ti. 03:02 ).

Em quinto lugar, os babilônios escolheram a guerra ea escravidão como os meios para cumprir seus
desejos. Eles colocam o coração em conquistar e escravizar nações para conseguir as muitas coisas que eles
queriam-mundanas coisas, como poder, vingança, riqueza, terra, fama e dominar o mundo. Eles procuraram
tudo isso e foi para a guerra, porque eles estavam insatisfeitos. Nada que possuíam ou realizado satisfez as
profundezas de suas almas. Eles sempre se sentiu a necessidade de mais. Foi essa busca vã de satisfazer os
seus desejos que continuamente levaram a liderança para a guerra, mas foi uma busca vazia e fútil. Toda a
riqueza do mundo, suas riquezas, conhecimento, sabedoria, recursos, poder, glória, fama e honra-nunca
poderia satisfazê-los. Somente o SENHOR pode realmente satisfazer. E apenas a busca de Deus ea sua justiça
pode satisfazer eternamente. Cristo proclamou que somente Ele pode satisfazer as necessidades mais
profundas da humanidade.

"Bem-aventurados são os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos "(Mt. 05:06 ).
"Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede; porque a água que eu lhe der
se fará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna "(Jo 4:14 ).
"E Jesus disse-lhes: Eu sou o pão da vida: aquele que vem a mim jamais terá fome; e quem crê
em mim jamais terá sede "(Jo 06:35 ).

Finalmente, considere a ironia das pessoas-e babilônicos todas as pessoas que escravizam os outros: eles se
tornaram escravizados. As pessoas sempre se tornam escravos de sua própria ganância e apetites. Eles se
tornam escravos de sua própria arrogância e brutalidade. E eles se tornam escravos de seu
própriofutilidade . Nada do que nunca fazer nem ganho trará satisfação duradoura. Na verdade, a Palavra de
Deus promete julgamento contra aqueles que escravizar e maltratar os outros.

"E os patriarcas, movidos de inveja, venderam José para o Egito, mas Deus estava com ele" ( Atos
07:09. ).
"E por avareza, com palavras fingidas eles farão comércio de vós: cujo julgamento já de largo
tempo não, e sua condenação não dormita" ( 2 Pe 2:03. ).
"Assim diz o SENHOR ; Por três transgressões de Israel, e por quatro, não desviará a punição dos
mesmos; porque vendem o justo por dinheiro, eo necessitado por um par de sapatos "( Am. 02:06 ).
4. ( 2:6-17 ) Atenção, Dever, advertir do juízo vindouro-Ministro, Deveres, advertir do juízo vindouro-
Julgamento, Dever, para avisar do Juízo Vindouro-Deus, instruções de, advertir do juízo vindouro :
oSENHOR continuou a responder a Habacuque, mas indiretamente. Deus não explicar suas ações-as razões
pelas quais Ele estava usando os ímpios babilônios para julgar o povo de Israel, mas Ele o fez dizer ao profeta
o que fazer e dizer. Ele disse ao profeta para avisar o povo de Seu julgamento vem, e Ele pronunciou cinco
terríveis males.
A palavra ai (HOY) realiza várias nuances de significado no Antigo Testamento. Ai é por vezes utilizado em
cantos fúnebres (lamentação), para expressar grande tristeza e pesar sobre a morte. Mas é mais
frequentemente usado para expressar a desgraça vinda e julgamento. É um grito de alarme e desespero por
causa da destruição de vir. Seu significado inclui a ameaça de punição. No entanto, uma declaração
de aflição é muito mais do que a mera ameaça ou desejar que alguém seja punido. É um grito de tristeza
"para um julgamento que é certo para vir". [4] Kenneth L. Barker e Waylon Bailey, New Commentary
americano, 331. Nesta passagem, a palavra ai nos adverte para sentar e prestar atenção, para o juízo de Deus
está próximo.

a. O SENHOR primeiro 's ai ou aviso foi dirigido aos ladrões e roubadores. Extorsão é crime de obtenção de
dinheiro ou qualquer outra coisa de valor por abusar de um escritório ou de autoridade. Ele inclui o ato de
opressão e muitas vezes ilegal de cobrar preços injustos e juros excessivos. Em substância, é o mesmo crime
como roubo. Mas os pecados explícitos de roubo e extorsão pode ser aplicado a todos os atos de ganho
injusto. Pessoas que trapaceiam nos negócios são tão culpados de roubo como o ladrão que invade uma casa
para roubá-lo. Todos os esquemas e as práticas que se aproveitam dos outros e privam ou defraudar-los do
que é deles por direito são formas de roubo. E todos os ladrões serão julgados por Deus. Esta passagem e
muitos outros na Palavra de Deus fazer esta cristalina.

1) Deus pronunciou dois acórdãos, em particular, contra os ladrões e roubadores babilônicos ( vv 6-7. ):

⇒ Eles seriam desprezados. As pessoas que tomam o que não é deles por direito são
desprezados por aqueles que roubar e pela sociedade em geral. Esta é uma verdade
universal. Portanto, essa ai foi cumprida na vida cotidiana dos babilônios. Eles foram desprezados
e odiados por aqueles que eles oprimidos. Babilônia havia extorquido a riqueza das nações que
conquistaram, obrigando-os a pagar tributo excessivo ou impostos. Uma vez poderosa Babilônia
havia caído, as nações que haviam conquistado e explorado iria insultar e ridicularizá-los. Esta é
uma forte advertência a todos os que oprimem, abuso e defraudar os outros. Eles serão odiados
por aqueles que oprimem e abuso. É o princípio da colheita e semeadura.
⇒ Eles seriam de repente contrário: as suas vítimas se levantariam contra eles. Este é
exatamente o que aconteceu com a Babilônia. As nações que ela tinha uma vez refém se
levantaram contra Babilônia, e contra-atacou. Eles recuperado o que havia sido roubado
deles. Esta foi a justiça. A punição adequada ao crime. Justiça pode, por vezes, ser adiado, mas
sempre virá. Se não hoje, então amanhã. Mesmo aqueles que aparentemente fugir com seus
crimes hoje e que não são capturados nesta vida serão julgados no juízo de Deus (Re. 20:11-15 ).
2) Deus especificamente condenou os babilônios por dois pecados horríveis ( v. 8 ):

⇒ Eles saquearam e roubaram a partir de muitas nações.


⇒ Eram cruel e implacável, matando pessoas e destruindo suas propriedades, terras e cidades.
Babilônia fez mais do que extorquir algum dinheiro aqui e ali. Eles saquearam e saqueou nações inteiras,
roubando-lhes os seus bens. Eles destruíram e queimaram cidades inteiras e as áreas em torno deles,
incluindo todas as culturas e animais. Desta forma, eles privou os cidadãos de seu meio de vida, deixando-os
sem meios para sobreviver. Eles trouxeram um imenso sofrimento para centenas de milhares de pessoas,
incluindo o povo de Deus. Portanto, os babilônios seriam punidos em conformidade. Eles seriam realizadas
completamente responsável pelo SENHOR a quem haviam desafiado.

Pensamento 1 . Todas as nações e pessoas que roubam, pilhagem, destroem, abuso e outros homicídios
serão julgados pelo Deus vivo, o SENHOR de toda a terra. Deus adverte todos os ladrões e roubadores: eles
terão de enfrentar um julgamento terrível por suas más ações.

"Mas, aquele servo saiu, encontrou um dos seus conservos, que lhe devia cem dinheiros, e ele
colocou as mãos sobre ele, e tomou -o pelo pescoço, dizendo: Paga o que me deves. E seu
companheiro, caindo-lhe aos pés, rogava-lhe, dizendo: Tem paciência comigo, e eu te pagarei
tudo. E ele não quis, antes foi encerrá-lo na prisão, até que pagasse a dívida. Assim, quando viu os
seus conservos o que foi feito, eles foram muito muito, e foram declarar ao seu senhor tudo o que
foi feito. Então o seu senhor, depois que ele havia lhe chamado, disse-lhe: Servo malvado, perdoei-
te toda aquela dívida, porque me suplicaste não devias tu também ter compaixão do teu
companheiro, como eu tive compaixão de ti ? E o senhor, indignado, e entregou-o aos verdugos,
até que pagasse tudo o que lhe devia. Assim também fará meu Pai celestial fazer também vós, se
sois de vosso coração não perdoardes cada um a seu irmão, as suas ofensas "(Mt 18:28-35 ).
"Para que sobre vós caia todo o sangue justo derramado sobre a terra, desde o sangue do justo
Abel até ao sangue de Zacarias, filho de Baraquias, que matastes entre o templo eo altar"
(Mt23:35 ).
"E ele lhes disse: Não peçais mais do que o que vos está ordenado" (Lc \ 1:03:13).
"Aquele que furtava, não furte mais, mas sim deixá-lo trabalhe, fazendo com as suas mãos o
que é bom, que ele pode ter que dar a ele que needeth "( Ef 4:28. ).
"Não furtarás" ( Ex. 20:15 ).
"Ai dos que decretam leis injustas, e que grievousness gravação que tenham prescrito; Para
desviarem os pobres do seu direito, e para arrebatarem o direito dos aflitos do meu povo, que as
viúvas pode ser a sua presa, e que roubarem os órfãos! E o que fareis vós no dia da visitação, e na
desolação, que há de vir de longe? a quem haveis de fugir para pedir ajuda? e onde deixareis a
vossa glória? "(Is. 10:1-3 ).
"Em ti que eles tomado presentes para se derramar sangue; tomaste usura e aumentar, e tu
tens de avareza com o teu próximo, oprimindo, e tens esquecido de mim, diz o Senhor DEUS. Eis
que, portanto, bato as mãos contra o lucro desonesto que ganhaste, e por causa do sangue que
houve no meio de ti. Pode suportar o teu coração, ou podem tuas mãos ser forte, nos dias em que
eu tratarei contigo? Eu, o SENHOR, tenho falado isso , e vai fazê- lo "( Eze. 22:12-14 ).
"Sabendo, portanto, como o seu pisa é em cima dos pobres, e dele exigis tributo de trigo, tendes
edificado casas de pedras lavradas, mas vós não habitarão nelas; tenhais plantado vinhas
desejáveis, mas não bebereis do seu vinho "( Am. 05:11 ).
b. O SENHOR segundo 's ai ou aviso foi direcionado para o avarento ( vv. 9-11 ). Para cobiçar meio a desejar
injustamente, desejar excessivamente e de forma incontrolável. Isso significa desejar algo que pertence a
outros.

1) Os babilônios eram culpados de avareza ( vv. 9-10 um ). Primeiro, eles buscaram a segurança através de
ganho injusto, conquistando nações vizinhas, saqueando-os e deixando-os fracos e indefesos. Eles
estupidamente acreditavam que poderiam proteger-se contra a agressão de outros por sua própria força e
poder. Talvez pensando que era mais seguro do que jogar na defesa, eles partiram para a ofensiva. Eles eram
culpados de confiar em sua própria força, não confiando na força do SENHOR para guardar e protegê-los. Judá
também foi culpado por este pecado. O povo de Deus confiado um aliado pouco confiável (Egipto) para salvá-
los de seus inimigos, em vez de confiar no SENHOR . Tais estratégias nunca funcionam. Eles são atividades
vãs e não trazem nada mas, falsa segurança temporária. A verdadeira segurança e proteção absoluta só se
encontram em Deus.

Em segundo lugar, os babilônios plotados a ruína de muitos, porque eles cobiçado sua riqueza. Eles tentaram
entrar sua ganância, explorando e saqueando outras nações para si mesmos. Eles ainda tentaram construir
um império e dominar o mundo ao seu redor, tudo para trazer honra e glória e louvor para si.

Judá também foi culpado de cobiça. A nação estava cheio de pessoas avarentos que buscavam satisfazer sua
sede de bens materiais e as coisas boas da vida, usando e aproveitando seus vizinhos.

2) Como os roubadores condenados acima, o avarento também seriam julgados. Duas decisões em especial
caísse sobre eles ( vv 10. b -11):

⇒ A vergonha ea morte: todos os que cobiçava a riqueza dos seus vizinhos através de qualquer meio seria
levado à vergonha e ruína. Todos os bens e posses materiais que tão desesperadamente desejava-ambos os
babilônios e os de Judá-se, no final, levar a sua desgraça e destruição total. O mesmo era verdade para
aqueles que cobiçado honra e fama, os louvores e reconhecimento dos outros.

⇒ Um grito por justiça: as próprias estruturas construídas com dinheiro roubado clamarão. Escritura faz
muitas referências a objetos sem vida (inanimados) gritar. Na entrada triunfal, Jesus mesmo disse que as
pedras clamarão se Seus discípulos foram silenciados em suas virtudes daquele (Lc \ 1:19:40). Os babilônios
tinham abusado outros, infligindo graves injustiças sobre eles. Eles haviam construído sua nação e riqueza
através de tirania. Com as riquezas que eles roubaram os outros, eles construíram grandes palácios, templos
e jardins elaborados, mas as próprias paredes destas estruturas, que clamam por justiça. Eles iriam assumir
a causa dos oprimidos e exigir a ruína de seus opressores.

"Se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; exceto o SENHOR não
guardar a cidade, o vigia a sentinela , mas em vão "( . Ps 127:1 ).

Pensamento 1 . Pense como cobiça inútil e prejudicial realmente é. As coisas materiais que muitos de nós
nunca pode cobiçar totalmente satisfazer. Nenhuma das nossas posses vai cumprir nos completamente ou
nos trazer alegria duradoura. Ao contrário, a cobiça e para cada vez mais trazer-somente a morte, desejando
ganância. Mesmo nesta vida o avarento não verdadeiramente viver, porque eles nunca estão satisfeitos. Eles
estão espiritualmente mortos mesmo quando vivem fisicamente. Além disso, quando eles realmente morrer,
morrem de vergonha. Isto porque as coisas que eles confiaram em, as coisas materiais que eles tolamente
acreditava que iria trazer-lhes felicidade e segurança, irá revelar-se falsa, nada mais do que uma farsa ou uma
farsa. Ao invés de confiar e viver para o SENHOR , a construção avarento suas vidas em coisas que não
duram. Esta é a sua desgraça final.

"(Porque todas estas coisas os gentios procuram :) pois vosso Pai celeste sabe que tendes
necessidade de todas essas coisas. Mas, buscai primeiro o reino de Deus, ea sua justiça; e todas
estas coisas vos serão acrescentadas você "(Mt. 6:32-33 ).
"Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo,
nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem qualquer coisa que é do teu próximo (Ex.
20:17 ).

c. O SENHOR terceiro 's ai foi um aviso para o cruel e opressivo, aqueles que exploraram os outros e praticado
violência ( vv. 12-14 ). Como observado anteriormente, os babilônios eram um povo especialmente cruéis e
brutais. Eles assassinaram para conseguir o que queria; eles escravizaram os povos que conquistaram. Suas
cidades e nações foram construídas por trabalho escravo. Todos os seus muros altos, belos jardins, palácios
e templos extravagantes, cheias de jóias foram erguidas com o sangue eo suor dos outros. Note-se a Escritura
e contorno:

1) Deus pronunciou o juízo vindouro sobre os babilônios: as coisas que eles garantidos, aproveitando as
pessoas só seria combustível para o fogo. Essas coisas seriam queimadas ( v. 13 ). Embora a história não
registra como Babilônia foi destruída, sabemos que as suas cidades e edifícios em ruínas proferem. Muito
provavelmente grande parte da nação ficou em chamas, assim como esta profecia previstos.

O exemplo de Babilônia comprova que a riqueza adquirida por meios injustos nunca é apreciado por muito
tempo. Ele quer não traz nenhum prazer duradouro, ou é rapidamente perdido ou roubado por outros. Além
disso, as posses adquiridas através de meios ilegais e Ille-gitimate será queimada no fogo do julgamento. Eles
não são de uso; eles são inúteis. Sua única pena é como combustível para o fogo do juízo vindouro.

2) O SENHOR de repente dá um contraste deslumbrante para o julgamento vindouro: Deus diz que Ele está
trabalhando para encher a terra com o seu conhecimento e glória ( v. 14 ). Este versículo, quase fora do lugar
no meio de tantas desgraças, é um exemplo surpreendente da misericórdia de Deus. O que é um abençoado
alívio deve ter vindo a Habacuque (e para nós) em um presente declaração poderosa! Sinta toda a força e
energia do que Deus diz:

"Porque a terra se encherá do conhecimento da glória do SENHOR , como as águas cobrem o


mar "(ha. 02:14 ).

Esta é uma promessa maravilhosa para todos os que amam o SENHOR . Apesar da maldade e brutalidade dos
babilônios, bem como o pecado e rebelião de todas as pessoas ao longo dos séculos, o mundo um dia vai ser
preenchido com o conhecimento da glória de Deus. Conhecimento (yada ') implica mais do que apenas saber
sobre Deus; isso implica estar em relação com Ele, conhecê-Lo pessoalmente. Ele sugere uma intimidade que
é a mesma que se encontra em casamento. Assim, todos os que foram redimidos e herdarão a terra vai viver
em perfeita comunhão e intimidade com o SENHOR , seu Criador e Redentor, para sempre.

Observe também a referência para a glória de Deus (kabod). Quando usado no Antigo Testamento, a glória
de Deus, muitas vezes carrega o significado adicional de Sua revelou presença. Por exemplo, a glória de Deus
ou a Sua presença foi removida do templo, como descrito no livro de Ezequiel ( Eze. 10:18 ). Coloque junto
com um completo entendimento da palavra de conhecimento , vemos que todo o mundo um dia vai ter uma
experiência profunda e pessoal com o SENHOR a presença de. Todas as pessoas vão ter um relacionamento
íntimo com o seu amoroso Criador, o único Deus vivo e verdadeiro, SENHOR de toda a terra. Dado o estado
trágico do mundo de hoje, isso é realmente uma revelação surpreendente. Não só isso, mas a glória ea
presença de Deus vai cobrir toda a terra como a água cobre o mar. Os mares são compostos de água; na
verdade, eles são a água. Da mesma forma, a presença de Deus vai cobrir tudo. O SENHOR presença de será
onipresente, que tudo consome, e todo-envolvente. A Terra será saturado com a glória do SENHOR .

Tudo isso começa com o reinado milenar de Cristo, quando Cristo voltar para estabelecer o Reino de Deus
na terra. Que promessa gloriosa para o mundo e para cada crente! Temos tanta coisa para olhar para frente,
muito a agradecer. Como crentes e servos de Deus, este é o nosso bem-aventurada esperança a grande
esperança para a qual todos nós ansiamos e se esforçam.

"Damos graças a Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, orando sempre por vós, desde que
ouvimos falar da vossa fé em Cristo Jesus, e do amor que tendes a todos os santos, por causa da
esperança que é depositada para você no céu, da qual antes ouvistes pela palavra da verdade do
evangelho "( Colossenses 1:3-5 ).
"Ensinando-nos que, renunciando à impiedade e às paixões mundanas, vivamos sóbria, justa e
piedosamente, no presente mundo; Olhando para a bendita esperança ea manifestação da glória
do nosso grande Deus e Salvador Jesus Cristo "( Tit. 2:12-13 ).
"Que, querendo Deus mais abundantemente para mostrar aos herdeiros da promessa a
imutabilidade do seu conselho, se ela por um juramento: que por duas coisas imutáveis, nas
quais eraimpossível que Deus minta, podemos ter a firme consolação, que nos refugiamos em
lançar mão da esperança proposta: Que esperança temos como âncora da alma, segura e firme, e
que penetra até o interior do véu "(Hb 6:17-19 ).
"Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo que, segundo a sua grande misericórdia,
nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos,
para uma herança incorruptível, sem mácula, imarcescível , reservada nos céus para vós "( 1 Pe.
1:3-4 ).

d. O SENHOR quarto 's ai foi um forte aviso para o bêbado, o imoral, e os violentos ( vv. 15-17 ). Explorando
as fraquezas dos outros, dando-lhes bebida forte para atrair ou envergonhá-los é uma ofensa grave aos olhos
de Deus. Note-se a Escritura e contorno:

1) A advertência forte foi emitido para o bêbado e para todos aqueles que exploram os outros ( vv. 15-
16 ). Como os bêbados, os babilônios tinham se embriagar com o seu próprio poder e riqueza. Além disso,
eles intoxicado outras nações com o seu poder, a fim de manipular e envergonhá-los. Eles misturaram a
bebida forte, com ira e brutalidade e revelou as fraquezas das pessoas indefesas que eles conquistaram. No
entanto, o julgamento estava por vir. Os babilônios seriam julgados por toda a sua violência e imoralidade. E
a punição caberia o crime. Porque eles tinham exposto (feito nu) e envergonhados os seus vizinhos, eles
também seriam expostos e envergonhados. Porque eles tinham procurado a sua própria glória, a sua glória
seria arrancada bem, deixando-os cobertos apenas com vergonha e desgraça. Eles, de fato, vomitar e vomitar
de volta a sua bebida forte, sua ira e brutalidade. Eles amordaçar em seus próprios crimes e tratamento cruel
dos outros:

⇒ Eles seriam preenchidos com vergonha, não glória.


⇒ Eles teriam seu pecado exposto.
⇒ Eles sofreriam mão do julgamento de Deus.
⇒ Eles seriam desgraça.
A linguagem simbólica e imagética desta aflição era perfeitamente adequado dos babilônios. Eles eram
conhecidos por sua embriaguez e devassidão excessiva. Um exemplo encontrado no livro de Daniel descreve
uma festa bebendo selvagem patrocinado pelo rei Belsazar ( Da. 5 ). A embriaguez é proibido pela Palavra de
Deus por uma razão muito boa. A intoxicação pode levar a todos os tipos de pecado e imoralidade. Apenas
alguns exemplos incluem a falta de auto-controle, a sensualidade, a impureza sexual, raiva e até mesmo
violência. Portanto, a Palavra de Deus adverte contra a intoxicação e embriaguez ao longo de suas páginas.

"Andemos honestamente, como de dia; não em glutonarias e bebedeiras, não em impudicícias


e dissoluções, não em contendas e inveja "( Ro. 13:13 ).
"Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos
digo, antes, como eu também disse a você no tempo passado, que os que cometem tais coisas não
herdarão o reino de Deus "( Gl 5.: 21 ).
"Porque os que dormem, dormem de noite; e os que se embriagam, embriagam-se de noite "( 1
Ts. 5:07 ).
"O vinho é escarnecedor, ea bebida forte é feroz: e quem é enganado, assim, não é sábio "( Pr
20:1. ).
"Aquele que ama o prazer deve ser um homem pobre: quem ama o vinho eo azeite nunca será
rico "( Pr.21: 17 ).
"Não entre bebedores de vinho; entre os comilões de carne: Porque o beberrão eo comilão caem
em pobreza; ea sonolência os faz vestir um homem com trapos "( Pr.23 :20-21 ).
"Quem são os ais? Para quem os pesares? quem as pelejas? Para quem as queixas? Para quem
as feridas sem causa? quem os olhos vermelhos? Os que se demoram perto do vinho, para os que
andam buscando bebida misturada. Não olhes para o vinho quando se mostra vermelho, quando
se dá a sua cor no copo, quando ele se escoa suavemente. No seu fim morde como uma serpente,
e stingeth como uma víbora. Os teus olhos olharão para as mulheres estranhas, eo teu coração
falará perversidades. Sim, tu serás como o que se deita no meio do mar, e como o que jaz no topo
do mastro. Eles me aflito, dirás, e eu não estava doente; bateram-me, e eu senti que não: quando
virei a despertar? Vou procurá-la mais uma vez "( Pr. 23:29-35 ).
2) Deus também emitiu uma forte advertência à violenta. Aqueles que são violentos, que causam morte e
terror, enfrentará o justo juízo de Deus. O que eles semeiam, eles vão colher. Eles também serão as vítimas
de violência; eles também serão aterrorizados. Note-se a Escritura e contorno:
Os babilônios seriam julgados por duas razões muito específicas: em primeiro lugar, os babilônios estavam a
ser punidos por causa de sua destruição do Líbano, junto com seus animais e recursos naturais. Localizado
ao norte de Israel, o Líbano era conhecido por sua abundância de vida animal e madeira de cedro. Salomão
usou esses cedros no templo que ele construiu para o SENHOR . No entanto, a Babilônia foi a extremos
selvagens, decapagem e estuprar a terra de seus recursos valiosos. Esses recursos roubados foram usadas
abertamente pelos babilônios para construir suas próprias casas e cidades, mas as pessoas não seriam
autorizados a apreciá-los por muito tempo. Julgamento em breve iria destruir as pessoas e os seus bens
roubados.

Em segundo lugar, os babilônios estavam a ser punido por causa de suas formas assassinos e destruição de
propriedade. A maior acusação contra os babilônios era o abate de pessoas inocentes. Eles não só destruiu
as casas e propriedades em seu caminho, mas também derramar sangue inocente. Eles mataram de forma
imprudente, sem nenhuma consideração ou respeito por qualquer pessoa ou posição. Por um tempo, parecia
haver ninguém que pudesse parar os babilônios, nenhuma nação que poderia estar contra eles. Mas
o SENHOR prometeu que julgá-los por suas atrocidades de assassinato e destruição. Ele iria julgá-los por
todos os seus crimes contra a humanidade e da Terra. Comentário do Conhecimento Bíblico conclui este
pensamento também. Ele afirma: " As indignidades sobre a criação de Deus e Suas criaturas traria Babilônia
de glória mundo aparente para vergonha eterna. Grande julgamento de Deus iria sobrecarregar ela ". [5]
John Walvoord e Roy Zuck, ed., Comentário do Conhecimento Bíblico, 1417.

"Ora, as obras da carne são manifestas, as quais são estes ; O adultério, a fornicação, impureza,
lascívia, idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,
invejas, homicídios, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos digo
que antes, como eu também tenho disse -lhe , em tempo passado, que os que cometem tais coisas
não herdarão o reino de Deus "( Gal. 5:19-21 ).
"Todo aquele que odeia a seu irmão é homicida, e vós sabeis que nenhum homicida tem a vida
eterna permanecendo nele" (1 Jo. 3:15 ).
"Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, os impuros, os
feiticeiros, e aos idólatras ea todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e
enxofre, que é a segunda morte" (Re . 21:08 ).
"Quem derramar o sangue do homem, pelo homem terá seu sangue derramado; porque à
imagem de Deus fez o homem" ( Gênesis 9:06. ).
"Quem ferir a um homem, de modo que este morra, certamente será morto" ( Ex. 21:12 ).
"E aquele que matar a alguém, certamente será morto" ( Le. 24:17 ).

e. Quinto de Deus ai foi um aviso para o idólatra eo falso adorador ( vv. 18-20 ). Neste último ai, Deus
condenou a adoração de qualquer coisa que não seja o SENHOR , o único Deus vivo e verdadeiro. Note-se a
Escritura e contorno:

1) Os babilônios eram certamente culpado de idolatria e adoração falsa, mas assim o povo de Judá e
Israel. Observe seus pecados trágicos ( vv 18-20. ):

⇒ Eles criaram mentiras.


⇒ Eles confiaram em suas próprias criações sem vida.

⇒ Eles clamaram a objetos inanimados para orientação.

⇒ Os babilônios esculpidas imagens para representar os deuses de sua própria imaginação. Eles se curvou
aos objetos sem vida em adoração e rezou com eles para orientação. Eles procuraram suas bênçãos e
proteção, mesmo para os crimes hediondos que cometeram. Os babilônios deve ter se perguntado que tipo
de deus iria perdoar e abençoar tal comportamento perverso. Tal licença imoral deveria ter sido prova
suficiente de que eles estavam acreditando e confiando em uma mentira. Mas em suas próprias mentes e
raciocínio, seus chamados deuses tolerada suas concupiscências. Assim, o povo prostrou-se diante
degradado e os ídolos deste mundo, ídolos tanto imaginado e criado pela mente humana.

Pensamento 1 . Tragicamente, as pessoas não são diferentes hoje do que eram na época de
Habacuque. Apesar Palavra e advertências de Deus, a ignorância da idolatria é tão prevalente hoje como era
então. Pessoas de todas as gerações, raça, credo e nação ainda adoram o trabalho de suas próprias mãos. Eles
colocam sua confiança nas criações de sua própria imaginação. Pense em todas as coisas incertas e em
constante mudança em que as pessoas colocam sua confiança hoje ...
 a medicina moderna
 fitness e saúde
 ciência e tecnologia
 política e governo
 líderes fortes e aliados
 corporações fortes e empresas
 economias fortes
 mercados de ações
 engenho humano e inovação
 produtos anti-envelhecimento
 materialismo
Pense em todas as coisas a que damos o nosso tempo e dinheiro, as coisas que louvar, adorar, idolatrar,
reverenciar e adorar. Cada um deles é um ídolo do mundo moderno ...

 esportes e atletas
 filmes e estrelas de cinema
 música e os músicos
 concertos e as artes
 os ricos e os famosos
 empresas de sucesso e empreendedores
 as melhores escolas e educação
 orgulho nacional
 orgulho da escola
... A lista poderia continuar e continuar. Nenhuma dessas coisas é necessariamente ruim em si. Mas quando
damos a nossa primeira lealdade a nada que não seja Deus, que coisa se torna um ídolo. Ele substitui a
importância de Deus em nossas vidas, capturando o tempo, atenção e devoção que por direito pertencem
ao SENHOR . Pense no que um insulto é para Deus quando substituí-lo por tais paixões triviais. Nenhuma
dessas coisas pode trazer significado duradouro, propósito, realização, ou a salvação de nossas
vidas. Infelizmente, enquanto as almas das pessoas estão em jogo, perdemos tempo precioso e dinheiro
buscando uma infinidade de coisas que simplesmente não importa, eles simplesmente não contam na
perspectiva eterna das coisas. Eles são de fato insignificante à luz da graça de Deus. Ouça o que a Santa
Palavra de Deus diz sobre a idolatria:

"Pelo que também Deus os entregou a imundícia, pelas concupiscências de seus corações, à dis-
honrar seus corpos entre si: Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram
mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém "( Ro. 1:24-25 ).
"O quê? Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo que está em vós, o qual
tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom preço:
glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus "(1 Co. 6:19-
21).
"E andai em amor, como também Cristo nos amou e entregou a si mesmo por nós, como oferta
e sacrifício a Deus, em cheiro suave. Mas a prostituição, e toda sorte de impureza ou avareza, nem
ainda se nomeie entre vós, como convém a santos; Nem baixeza, nem conversa tola, nem piadas,
que não são convenientes, mas antes ações de graças. Porque bem sabeis isto: que nenhum
devasso, ou impuro, ou avarento, o qual é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de
Deus. Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas coisas vem a ira de Deus sobre os
filhos da desobediência "( Ef 5:2-6. ).
"Filhinhos, guardai-vos dos ídolos. Amém "(1 Jo. 5:21 ).
"Não terás outros deuses diante de mim. Tu não te fazer qualquer imagem de escultura, nem
alguma semelhança de qualquer coisa que está em cima nos céus, ou que está em baixo na terra,
ou que está na água debaixo da terra: Tu não te encurvarás a elas nem as atendê-los porque eu,
o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos até a terceira e
quarta geração daqueles que me odeiam "( Ex 20:3-5. ).
"Acautelai-vos, que o seu coração não se engane, e vos desvieis, e servir a outros deuses, e
adorá-los" (De. 11:16 ).
"Haverá deus estranho não haver em ti; nem te adorar um deus estranho "( Sl. 81:9 ).
"Eu sou o SENHOR : que é o meu nome ea minha glória não darei a outro, nem o meu louvor às
imagens de escultura "(Is. 42:8 ).

2) Só havia uma esperança para os babilônios, a mesma esperança de que está diante de toda a raça humana:
o SENHOR ( v. 20 ). Em contraste absoluto a ídolos inúteis e mentiras, está o único Deus vivo e verdadeiro,
oSENHOR Si mesmo. Ele é o Deus eterno, o Criador de tudo o que é ou já foi. Nota tanto a simplicidade ea
força deste breve verso:
"Mas o SENHOR está no seu santo templo: deixar toda a terra manter silêncio diante dele "( v.
20 ).

Em comparação com a existência eterna e da realidade de Deus, tudo o resto é pequeno e insignificante. Este
é o sentido maravilhoso que sentimos quando lemos este versículo.

⇒ O SENHOR está no seu santo templo. A presença de Deus habita no céu, acima e além da
terra. Além disso, e apesar de toda a maldade e perversidade na presença de Deus neste mundo
ainda está aqui entre nós na terra. Esta é a verdade mais fundamental e significativa do universo
que Deus existe. Ele não só existe, mas Ele é a verdade suprema e realidade, o governante de
todas as coisas. Ele se senta em seu trono, vendo, conhecendo, e se preocupar com tudo que é
feito na terra, porque Ele o criou. Por Sua mão soberana, Ele governa e vigia o mundo e tudo que
nele há. Ainda mais, o SENHOR convida-nos a vira Ele, para adoração e comunhão com Deus.
⇒ Todos os povos da terra deve vir a Deus e ficar em silêncio diante dEle. Esta declaração ecoa
as palavras do salmista: "Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus" ( Sl 46:10. ). Não há maior
sabedoria para nossas vidas. A única esperança dos caldeus, que eles certamente não agiu diante,
foi a recorrer ao SENHOR em arrependimento. Esta é a nossa única esperança, também. Devemos
chegar diante de Deus e ficar quieto. Para ser ainda diante de Deus significa para vir a Ele em
reverência e humildade. É a vir a Ele em adoração, preparado para ouvir e ser
transformado. Somos transformados como se aquecer no brilho da presença de Deus, como
deliciar-se com o brilho de sua luz. Além disso, nós cumprimos o nosso maior propósito quando
nos sentamos em silêncio e adoram o SENHOR Deus do universo. Portanto, vamos todos resolvem
ficar quieto e vir a conhecer o SENHOR . "Que toda a terra manter silêncio diante dEle."

Pensamento 1 . O SENHOR se deleita em ter comunhão com a Sua criação. Ele convida todas as pessoas a vir
a Ele pelo dom gratuito da salvação e da vida eterna. Ele convida a todos para vir para a misericórdia eo
perdão dos pecados. Ouça os convites da Palavra de Deus:

"Vinde a mim, todos vós que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei "(Mt. 11:28 ).
"Mais uma vez, ele enviou outros servos, dizendo: Dizei aos convidados: Eis que tenho o meu
jantar preparado meus bois e meus animais cevados estão mortos, e todas as coisas estãoprontos:
venham ao casamento "(Mt. 22:04 ).
"No último dia, o grande dia da festa, Jesus levantou-se e clamou, dizendo: Se alguém tem sede,
venha a mim e beba "(Jo 7:37 ).
"E o Espírito ea noiva dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede venha. E quem
quiser, tome a água da vida "(Re. 22:17 ).
"Vinde então, e argüi-me, diz o SENHOR : ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata,
eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão
como a lã "(Is 01:18 ).
"Ho, todos os que tendes sede, vinde às águas, e os que não tendes dinheiro; vinde, comprai, e
comei; sim, vinde, comprai vinho e leite sem dinheiro e sem preço "(Is. 55:1 ).

Divisão II - A melhor maneira de obter respostas a todas as perguntas:


oração, louvor e confiança no SENHOR , 3:1-19
1. Ore ao Senhor
a. Reconheça-o e Suas poderosas obras: temem-se no temor de Lo
b. Solicite duas coisas
1) Que Deus reavivar Sua Obra
2) Que Deus tenha piedade
2. Louvado seja o Senhor para a Sua vinda e para os Seus milagres
a. Deus, o Santo-veio ao Monte. Sinai (Teman)
1) Veio em glória e louvor
2) Veio como o esplendor de um nascer do sol: Os raios de luz brilhou de Sua presença e
escondeu o seu poder
b. Deus veio para julgar
1) enviou pragas sobre o Egito
2) sacudiu a terra: Um retrato de terremotos
3) Struck nações com medo
4) quebrados montanhas e colinas: erupções vulcânicas
5) Provada Seus caminhos são eternos
6) aflição para as nações descrentes: por Cusã e Madiã izado-Símbolo
c. Deus veio para demonstrar Seu poder para salvar o seu povo
1) Ele não veio para mostrar a sua ira contra a natureza: Quando Ele rolou para trás do rio
Jordão (Jos.3 :14-17) e do Mar Vermelho (Ex.14 :26-31)
2) Ele veio para revelar e lançar o seu incrível poder
O mesmo poder que dividir a terra com rios
O mesmo poder que fez com que as montanhas para
d. Deus veio para cinco propósitos principais
1) Para fazer juízo (ira) na Terra
2) para libertar seu povo
3) Para salvar o seu ungido, o Messias: Ao preservar a linha de Israel
4) Para esmagar o líder da maldade
Para retirar ou expô-lo
Para furar sua cabeça: Quando seus guerreiros correram contra o povo de Deus
5) Para abrir o Mar Vermelho para salvar o seu povo dos bond-idade: uma imagem da
salvação
3. Confie no Senhor, Ele que é o Deus da salvação
a. Habacuque confiável quando ouviu aviso do julgamento de Deus, apesar do medo em seu
coração
b. Habacuque confiável e esperou pacientemente que o juízo de Deus cair sobre os invasores
c. Habacuque declarou que confia no Senhor, mesmo em meio à devastação: A perda de todas
as culturas e pecuária, fome e ruína
d. Habacuque disse que iria confiar e nos gloriamos em Deus que ele, não importa o que salva
e. Habacuque disse que confiou no Senhor Deus como sua força
1) O Senhor fez como surefooted como um cervo
2) O Senhor deu-lhe o poder de subir para as alturas: Seja vitorioso

DIVISÃO II

A melhor maneira de obter respostas a todas as perguntas: oração, louvor e confiança no SENHOR , 3:1-19
» Frente Matéria » Livro Intro » Esboço Detalhado
» Recursos Especiais
( 3:1-19 ) Introdução : ". nosso Deus é muito pequeno", uma expressão comum na igreja de hoje é que a
implicação é que não conseguimos perceber o quão grande Deus é realmente-how majestoso, como
poderoso, e como os envolvidos em nosso mundo que Ele realmente é. Esta passagem da Sagrada Escritura,
tão bem inspirado, é um lembrete de que o SENHOR não só criou a terra, mas também o governa. Ele está
ativamente envolvido nos assuntos das nações, bem como em nossas vidas pessoais. Ele é o Deus da nossa
salvação, e Ele está guiando a história para o seu fim último e culminante. No entanto, até Cristo voltar para
estabelecer o reino de Deus na terra, podemos continuar a ter dúvidas. Como Habacuque, podemos
perguntar como o SENHOR está trabalhando as coisas para o nosso bem e de acordo com Seus propósitos.

O capítulo final de Habacuque nos garante que Deus vai realmente trabalhar todas as coisas para o bem
daqueles que realmente o amam. Igualmente importante, a exemplo do profeta nos ensina que devemos
buscar respostas para as perguntas que incomodam e nos sobrecarregar diretamente do SENHOR . Devemos
buscá-Lo em oração e em Sua Palavra escrita. Independentemente das respostas que recebemos, se nós
entendê-los completamente ou não, temos de responder ao SENHOR com ações de graças e louvor. E
devemos confiar nele para completar sua obra a seu tempo determinado. Na oração e em cânticos de louvor,
precisamos reconhecer o trabalho glorioso do SENHOR , mesmo quando estamos com medo e temor de
Deus. O SENHOR e Suas obras são realmente impressionantes, majestoso, e santo além da medida. Portanto,
Ele é digno de nosso louvor e digno de nossa confiança. Isto é, a melhor forma de obter respostas a todas as
perguntas: oração, louvor e confiança no SENHOR , 3:1-19 .
1. Ore ao SENHOR (vv. 1-2).

2. Louvado seja o SENHOR por Sua vinda e para os Seus milagres (vv. 3-15).

3. Confie no SENHOR , Ele que é o Deus da salvação (vv. 16-19).

1. ( 3:1-2 ) A oração, de quem, Habacuque-Oração, Lições de, O que Perguntar-Oração, Pedidos de, por
Revival; Pedidos de, por Mercy-Misericórdia de Deus, os pedidos de, por Habacuque-Habacuque, Orações
de, por misericórdia a Deus de Deus, Misericórdia de, pediu na oração a Deus, Obra de, pediu na oração :
a oração é a melhor forma de obter respostas a perguntas sobre Deus e Sua obra no mundo. Como foi
referido anteriormente, devemos buscar nossas respostas diretamente do SENHOR e de Sua Santa
Palavra. Livros, teologia, filosofia, ciência, educação avançada, seminários, escolas bíblicas, os pensamentos
e sabedoria dos outros, nenhum deles é um substituto para buscar a face de Deus. Esta é a lição de
Habacuque. Temos de ir ao próprio Deus e à Sua Palavra para obter respostas às nossas perguntas.Mas como
devemos orar? Como devemos responder ao SENHOR quando Ele se revela e Seus planos para nós? A
Escritura nos diz:
a. Devemos responder a Deus, reconhecendo Ele e Seus milagres e por que o temem. Devemos permanecer
no temor do Deus vivo ( vv. 1-2 ). Esta é a maior resposta a cada revelação que Deus dá. Habacuque terminou
pedindo suas perguntas eo SENHOR lhe respondera. As respostas de Deus foram surpreendentes, tanto que
Habacuque dificilmente poderia acreditar neles. No entanto, isso não importa. Agora era hora de adorar
oSENHOR . Era hora de orar para que a vontade de Deus seja feita. Era hora de louvar o SENHOR por Seus
milagres. Este é exatamente o que o profeta fez, e esta deve ser a resposta de cada pessoa à revelação do
Deus vivo.

Este capítulo final de Habacuque é um hino de oração, uma oração que louva o SENHOR ( vv. 3-15 ). O profeta
provavelmente composto com a intenção de que ela ser cantada nos cultos do dia. Assim, foi para todo o
corpo de crentes. Ele fala a partir da perspectiva do " eu " , mas ele tem em mente e fala para o povo de Deus
como um todo. Esta oração de louvor se concentra no esplendor e poder de Deus, a Sua obra majestade e
poderosa no mundo e, particularmente, seus atos de poupança na história de Israel. A palavra
desconhecida Sigionote ( v. 1 ), foi provavelmente uma notação musical que deu instruções a respeito de
como a música deve ser cantada, possivelmente, a sua melodia ou melodia. A palavra Selah, uma pausa ou
uma nota musical, é outro exemplo ( vv. 3 , 9 , 13 ), e é comumente encontrada no Salmos .

Habacuque tinha acabado de aprender do plano de Deus para julgar Judá, e ele declarou que ele estava
literalmente com medo (Yare '). O profeta estava com medo e temor do SENHOR e Seus planos. Obviamente,
ele também temia por seu povo e do grande sofrimento que eles sofrem sob os babilônios. Havia apenas
uma coisa Habacuque podia fazer: orar.

b. Habacuque pediu duas coisas do SENHOR ( v. 2 b ). Estes são os únicos pedidos em longa oração de louvor
de Habacuque, mas eles foram significativos, sendo as necessidades mais urgentes que ele e seu povo
tinham.

1) Habacuque primeiro pediu que Deus reavivar Sua obra no meio do Seu povo. O profeta ansiava por um
novo derramar da presença de Deus e para o SENHOR para salvar seu povo. Séculos antes, o SENHOR havia
entregado Israel de sua escravidão no Egito. Deus havia de fato preservado e redimiu o seu povo através
desse terrível julgamento. O profeta desejado a mesma preservação e redenção através do julgamento que
estava por vir. Habacuque não sabia como Deus iria trabalhar todas as coisas em detalhes, mas ele sabia que
o SENHOR poderia preservá-los e vê-los através do julgamento-julgamento, mesmo nas mãos dos babilônios
cruéis.Portanto, o profeta orou a Deus para reavivar Sua gloriosa obra da salvação e preservar o Seu povo
através do terrível julgamento que estava por vir.

2) Igualmente importante foi o segundo pedido de Habacuque. Ele pediu ao SENHOR para lembrar a
misericórdia no meio de Seu julgamento. Ele sabia que Deus tinha para punir e corrigir os caminhos de seu
povo rebelde. Assim, o profeta não pedir a Deus para não julgar, mas sim para ser misericordioso durante o
julgamento. Sem dúvida, ele pediu que as pessoas nem ser completamente destruído, nem sofrem muito
muito. Ele olhou para a frente para o grande dia em que ele e todo o povo de Deus seria entregue a partir de
seus inimigos; o dia em que ela própria Babilônia seria julgado por seus crimes.

Pensamento 1 . Ao confrontar as provações da vida, seja grande ou pequeno, devemos sempre levar o
assunto ao Senhor em oração. Devemos reconhecer o SENHOR e Seu poder para salvar e libertar-nos. Ouça
o que diz a Santa Palavra de Deus.
(1) Deus tem o poder de salvar e libertar-nos.

"Quem nos separará do amor de Cristo? deve tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome,
ou nudez, ou perigo, ou espada? Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte o dia
todo; fomos considerados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais
do que vencedores, por meio daquele que nos amou. Porque eu estou bem certo de que nem a
morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o
porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura será capaz de nos separar
do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor "( Rm. 8:35-39 ).
"Não vos sobreveio nenhuma tentação, mas você, como é comum ao homem, mas Deus é fiel,
que não vos deixará tentar acima do que podeis; antes com a tentação dará também o escape,
para que a possais suportar isso "( 1 Co. 10:13 ).
"Para nós não, irmãos, que ignoreis a tribulação que nos sobreveio na Ásia, que foram
pressionados para fora de medida, acima de força, de modo que até da vida desesperamos: Mas
nós tivemos a sentença de morte em nós mesmos, que não devemos confiar em nós mesmos, mas
em Deus, que ressuscita os mortos: quem nos livrou de tão horrível morte, e livrará: em quem nós
confio que ele ainda vai entregar -nos "( 2 Co. 1:8-10 ) .
"E, visto como os filhos participam da carne e do sangue, também ele participou das mesmas
coisas, para que pela morte aniquilasse o que tinha o império da morte, isto é, o diabo; E livrasse
todos os que, com medo da morte, estavam toda a vida sujeitos à servidão "(Hb 2:14-15 ).
" Deixe sua conversa ser sem avareza; e estar contente com as coisas tais como tendes, porque
ele tem dito, eu nunca te deixarei, nem te desampararei. De modo que com plena confiança
digamos: O Senhor é o meu ajudador, e não temerei o que o homem deve fazer a mim "(Hb 13:5-
6 ).
"O Senhor sabe livrar os piedosos da tentação, e reservar os injustos para o dia do juízo, para
serem castigados" ( 2 Pe. 02:09 ).
"Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo: e esta é a vitória que vence o mundo, até
mesmo nossa fé. Quem é o que vence o mundo, senão aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus?
"(1 Jo. 5:4-5 ).
"Ele te livrará em seis problemas: sim, em sete deve nenhum toque mal de ti" ( Jb 5:19. ).
"O SENHOR é a minha força eo meu escudo; meu coração confiava nele, e fui socorrido por isso
o meu coração alegra-se muito; e com o meu cântico o louvarei "( Sl. 28:7 ).
"Por ti derrubamos os nossos adversários; pelo teu nome pisamos os que se levantam contra
nós" ( Sl 44:5. ).
"Certamente, ele te livrará do laço do passarinheiro, e da peste perniciosa "( Sl. 91:3 ).
"Tu não temas; porque eu sou contigo: não te espantes; porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço
ti; sim, eu te ajudo; sim, eu vou te sustento com a destra da minha justiça "(Is. 41:10 ).
"Não temas, porque eu te remi, chamei- te pelo teu nome; tu és o meu. Quando passares pelas
águas, eu estará contigo; quando pelos rios, eles não te submergirão: quando tu andas pelo fogo,
não serás queimado; nem a chama arderá em ti "(Is. 43:1-2 ).

(2) Deus ouve os nossos gritos e responde nossas orações.

"Pedi, e vos será dado; buscai, e achareis; batam, ea porta será aberta para vós: Porque todo
aquele que pede, recebe; e aquele que busca achará e àquele que bate, se abrirá "(Mt 7:7-8 ).
"E tudo quanto pedirdes em meu nome, eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se
me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu farei isto "(Jo 14:13-14 ).
"Se vós permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que
quiserdes, e vos será feito a ti" (Jo 15:07 ).
"Até agora nada pedistes em meu nome; pedi, e recebereis, para que a vossa alegria seja
completa" (João 16:24 ).
"Não estejais inquietos por coisa alguma; mas em tudo, pela oração e súplica com ações de
graças sejam as vossas petições conhecidas diante de Deus. E a paz de Deus, que excede todo o
entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus "(Ph. 4:6-7 ).
"Perseverai na oração, e vê na mesma com ações de graças; Orando também juntamente por
nós, para que Deus abrisse para nós a porta da palavra, para falar do mistério de Cristo, pelo qual
também estou preso "( Colossenses 4:2-3 ).
"E tudo o que pedimos, dele recebemos, porque guardamos os seus mandamentos e fazemos o
que é agradável à sua vista. E este é o seu mandamento: que creiamos no nome de seu Filho Jesus
Cristo, e nos amemos uns aos outros, como ele nos deu mandamento "(1 Jo. 3:22-23 ).
"Mas, se de lá tu buscar o SENHOR teu Deus, tu acharás ele , se o buscares de todo o teu coração
e com toda a tua alma "(De. 04:29 ).
"Ele me invocará, e eu lhe responderei: Eu estarão com ele na angústia; Eu o livrarei, e honrá-lo
"( Sl. 91:15 ).
"E ela deve vir a passar, que, antes de clamarem eles, eu responderei; e estando eles ainda
falando, eu os ouvirei "(Is 65:24 ).
Pensamento 2 . Quando tiver dúvidas, podemos ir diretamente para o SENHOR em oração para buscar
respostas de Deus. Também pode ir à Sua Palavra. A Palavra de Deus nos ensina que o SENHOR deseja que
as orações de Seu povo. Ele deseja que vêm a Ele, não só com pedidos especiais ou com orações de
agradecimento e louvor, mas também com as nossas perguntas. Como Habacuque, que pode ter dúvidas
sobre a obra de Deus no mundo ou em nossas vidas. Mas como nós em oração, estudar a Sua Palavra e
compartilhar com Ele as nossas preocupações mais profundas e encargos, Ele se revela a nós. Ouça o que a
Santa Palavra de Deus diz a respeito buscando o SENHOR em oração e em Sua Palavra:

"Examinai as Escrituras; porque nelas vós cuidais ter a vida eterna, e são elas que de mim
testificam "(Jo 5:39 ).
"Estes eram mais nobres que os de Tessalônica, porque receberam a palavra com toda a avidez,
examinando as Escrituras todos os dias, se estas coisas eram assim" ( Ac. 17:11 ).
"Para as coisas que foram escritas outrora foram escritas para nossa aprendizagem, para que
pela paciência e consolação das Escrituras, tenhamos esperança" ( Ro. 15:04 ).
"Orar sempre com toda oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança
e súplica por todos os santos" ( Ef. 6:18 ).
"Não estejais inquietos por coisa alguma; mas em tudo, pela oração e súplica com ações de
graças sejam as vossas petições conhecidas diante de Deus "(Ph. 04:06 ).
"Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia
e achar graça para socorro em ocasião oportuna" (Hb 4:16 ).
"Mas o seu prazer está na lei (Word) do SENHOR ; e na sua lei medita de dia e de noite "( Sl.
01:02 ).
"E vós me procurar, e encontrar -me , quando fordes procurar me com todo o teu coração
"(Jr 29:13 ).
(Veja também Mt. 04:04 ; . 1 Ts 5:17 ; Jos 01:08 ; . 1 Chr. 16:11 ; . Ps 73:28 ; . Ps 119:16 ;.
Jer 15:16 ; La 2 : 19 .; Ho 10:12 ).

Pensamento 3 . Somos chamados a reconhecer a obra de Deus e permanecer no temor de Deus. Isso é
verdade mesmo quando não entendemos os caminhos de Deus ou Seus planos. Habacuque não entendia por
que Deus iria usar uma nação tão mau como Babilônia para punir seu próprio povo. Na verdade, ele tinha
muitas perguntas que não foram respondidas completamente. No entanto, o profeta compôs um hino
sublime de louvor ao SENHOR . Ele reconheceu o SENHOR majestade 'se situava no temor de seus atos,
mesmo apesar de não entendê-los. Ele temia e reverenciava o SENHOR , apesar de sua própria
confusão. Como crentes, todos nós somos chamados a fazer exatamente o mesmo. A Palavra de Deus é muito
clara sobre a necessidade de uma pessoa a temer e reverenciar o SENHOR :

"E a sua misericórdia é sobre os que o temem, de geração em geração "(Lc \ 1:01:50).
"Mas, em qualquer nação, aquele que o teme e pratica a justiça, é aceite com ele" ( Ac. 10:35 ).
"Por isso, recebendo nós um reino que não pode ser abalado, retenhamos a graça, pela qual
sirvamos a Deus agradavelmente, com reverência e temor" (Hb 0:28 ).
"Oh quão grande é a tua bondade, que tens reservada para os que te temem, para o qual já
fizeste para os que confiam em ti antes de os filhos dos homens "( Sl 31:19. ).
"O SENHOR se agrada do prazer dos que o temem, nos que esperam na sua misericórdia "( Sl.
147:11 ).
(Veja também Pr 01:07. ; É. 50:10 ; . Mal 3:16 ).

2. ( 3:3-15 ) Deus, Obras - Atos de, são poderosos em Deus, Poder de, Exibido no Monte. Sinai por Deus,
Acórdão, por pragas e Desastres Naturais em Deus, Power of-para salvar e libertar seu povo a Deus, Fins
de, Cinco Exame por Deus, Poder de, para salvar o seu Ungido (Messias); para preservar a linhagem real
de Israel : os crentes devem louvar o SENHOR por Sua vinda à terra e para a Sua obra poderosa neste
mundo. Devemos louvar a Ele por tudo que Ele tem feito no passado e tudo o que Ele prometeu fazer no
futuro. Deus agiu poderosamente ao longo da história, e ele vai continuar a agir até que sejam cumpridos
todos os Seus planos para este mundo. Habacuque lembrou atos sobrenaturais de Deus de libertação para o
seu povo e com razão ficou com medo e temor do SENHOR . Nós, também, deve permanecer no temor de
Deus de obras, tanto maravilhosas neste mundo e na nossa vida pessoal também. Devemos lembrar Seu
grande poder para salvar e libertar-nos de todo o mal. Nossa maior resposta, a expressão máxima da nossa
gratidão e respeito, é para louvar a Deus, para refletir sobre a sua grandeza.
a. Deus, o Santo, veio para o Monte. Sinai (Teman) ( vv. 3-4 ). O SENHOR revelou em glória e esplendor a
Moisés e ao povo quando Ele veio para estabelecer a Sua aliança eterna com eles ( Ex 19. ;.
De 33:2 ).Habacuque descreveu este evento incrível.

1) O profeta lembrou que o SENHOR veio em glória e louvor ( v. 3 ). Habacuque descreve a glória de Deus
como cobrindo-se, similar à cena nos céus Êxodo .

"E sucedeu que, no terceiro dia, pela manhã, houve trovões e relâmpagos, e uma espessa nuvem
sobre o monte, ea voz de buzina mui forte; para que todas as pessoas que estava no acampamento
tremeu " ( Ex. 19:16 ).
"E o monte Sinai foi completamente em uma fumaça, porque o SENHOR descera sobre ele em
fogo; ea fumaça subiu como a fumaça de uma fornalha, e todo o monte tremia grandemente. E
quando a voz da trombeta soou muito tempo, e se fortaleceu cada vez mais alto, Moisés falava, e
Deus lhe respondia por uma voz "( Ex. 19:18-19 ).
A glória de Deus brilhou tão brilhantemente que ofuscou a luz do sol da Terra. Imagine uma luz tão brilhante
e penetrante que bloqueia e supera a luz do sol. Esta era a luz abrangente de glória e santidade de Deus.

Como resultado da glória de Deus, a Sua presença radiante, toda a terra estava cheia de elogios para ele. Mais
do que apenas os louvores do povo de Deus, todos criação, incluindo a terra muitas vezes é dito, mesmo
ordenado, para cantar louvores ao SENHOR ( 1 Chr. 16:23. ; . Ps 98:8 ; É. 44:23 ).

2) O profeta também disse que o SENHOR está vindo para a Terra era como o esplendor de um nascer do sol
( v. 4 ). Raios de luz brilhou de Sua presença e escondeu o Seu poder. Quando Moisés desceu do Monte.Sinai,
depois de ter visto a glória do SENHOR passar por ele, seu rosto resplandecia brilhantemente com a
experiência.
"E aconteceu que, quando Moisés desceu do monte Sinai com as duas tábuas do testemunho na
mão de Moisés, quando desceu do monte, Moisés não sabia que a pele do seu rosto resplandecia,
depois que falara com ele. Quando Arão e todos os filhos de Israel para Moisés, eis que a pele do
seu rosto resplandecia; e eles tinham medo de aproximar-se dele "( Ex. 34:29-30).
"E os filhos de Israel viram o rosto de Moisés, que a pele do rosto de Moisés brilhou, e Moisés a
pôr o véu sobre o seu rosto, até entrar para falar com ele" ( Ex 34:35. ).

Se Moisés rosto estava brilhando tão brilhantemente a partir de apenas o seu breve encontro com a glória
de Deus, imagine como brilhante dos raios deve ser esse brilho diretamente do SENHOR 'em si a glória
s.Habacuque comparou o brilho da glória de Deus para a luz do dia, ou seja, o sol. Horns (qeren) pintar a
imagem do sol raios tiro diante da mão de Deus. . À medida que os raios do sol estendendo as todos os dias
para inundar a terra com luz, para a glória de Deus inundou e encheu a terra, quando ele desceu sobre Moisés
eo povo Comentário do Conhecimento Bíblico tem um pensamento digno de nota sobre esse versículo:

Esplendor de Deus é tanto que emana e esconder. Ele revela a Sua glória, mas encobre o Seu poder. É fácil
esquecer que a luz eo calor que derrama a terra com a bênção vem de uma bola de fogo que poderia
consumir o mundo em um momento. Assim, o poder de Deus está escondido em Sua glória. Sua revelação é
contido para que não consomem seus espectadores. [1] John Walvoord e Roy Zuck, ed., Comentário do
Conhecimento Bíblico , 1519.

b. Deus veio para julgar ( vv. 5-7 ). Foi Habacuque ter uma visão do passado ou do futuro? Estudiosos estão
divididos, mas a verdade é que Habacuque sabia da obra salvadora de Deus no passado, e ele confiou
noSENHOR para salvar o seu povo no futuro . Deus tinha miraculosamente entregou o seu povo da escravidão
no Egito. Portanto, o profeta sabia que o SENHOR iria salvar o seu povo da escravidão e do exílio na
Babilônia. Ele tinha a confiança não só na capacidade do SENHOR para salvar, mas também em
Sua vontade para salvar. Habacuque sabia que Deus desejava salvar o seu povo.

Quando Deus libertou o seu povo do Egito, Ele demonstrou Seu poder incrível sobre ambas as nações e da
própria natureza. Considere o poder de Deus descrito nestes versos.

1) O SENHOR enviou pragas sobre o Egito.

2) O SENHOR sacudiu a terra: a imagem de terremotos.

3) O SENHOR atingiu nações com medo.

4) O SENHOR quebrou montanhas e colinas: erupções vulcânicas.

5) O SENHOR revelou os Seus caminhos são eternos.

6) O SENHOR causou sofrimento para nações descrentes: simbolizada por Cusã e Madiã.
O poder de Deus sobre o mundo natural foi demonstrado nos dez pragas infligidas Egito ( Ex. 7:14-11:10 ). Seu
poder era visto, e ainda é visto hoje em desastres naturais, como terremotos e erupções vulcânicas. Sua
natureza eterna é contrastada com a fragilidade das antigas montanhas, que nos parecem as coisas mais
estáveis e duradouras na terra. Mas o poder de Deus pode se quebrar e desmoronar montanhas da terra em
pó.Escritura diz que os montes tremiam à Sua aparição a Moisés e ao povo no Monte. Sinai ( Ex. 19:16-
19 ). Esse poder sobre a natureza e sua demonstração de que o poder quando Ele resgatou o seu povo do
Egito fez as nações vizinhas tremer de medo . Cusã e Madiã foram exemplos de nações ou tribos de pessoas
que vivem na área que tinha observado ou ouvido falar de poderosos juízos de Deus contra o Egito. Se o Deus
de Israel poderia esmagar a poderosa nação do Egito, a nação mais forte, naquele dia, o que ele poderia fazer
com elas? Deus havia dado certeza a Moisés: quando as nações ouviram falar de Seu poder, iriam tremer de
medo (ver também De. 02:25 ; Jos 02:09 ; 05:01 ):

"Os povos ouviram e estremeceram; dores apoderaram-se os habitantes da Palestina. Então os


príncipes de Edom se pasmaram; os valentes de Moabe, tremores tomará posse sobre eles;todos
os habitantes de Canaã deve derreter. Medo e pavor cairá sobre eles; pela grandeza do teu braço
ser tão imóvel como uma pedra; até que o teu povo passasse, ó SENHOR , até que passe o
povo, que tu compra "( Ex. 15:14-16 ).

Estes versos demonstram claramente o poder incompreensível de Deus sobre a natureza. A maioria de nós
tem medo de sequer pensar que Deus iria usar os mesmos desastres naturais e peste hoje. Muito menos de
nós são ousados o suficiente para declarar a verdade do juízo vindouro de Deus ea fearsomeness de Seu
poder a outros. Esse aviso pode fazer-nos parecer fanático. No entanto, uma coisa é definitivamente verdade:
se Deus escolhe, Ele pode demonstrar o mesmo poder ou qualquer outro ato sobrenatural hoje, seja para
chamar nossa atenção ou para corrigir os caminhos do Seu povo. A Palavra de Deus deixa claro que Ele tem
feito isso ao longo da história do mundo. A Palavra de Deus também declara que, como a história do mundo
se aproxima do fim, desastres naturais e peste vai aumentar e ser mais devastador. E Deus estará por trás de
tudo, usando-a para todos os Seus propósitos.

"Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e
terremotos, em vários lugares" (Mt 24:7 ).
"Vi quando o Cordeiro abriu um dos sete selos, e ouvi, como se fosse o barulho do trovão, um
dos quatro seres viventes dizendo: Vem e vê. E olhei, e eis um cavalo branco, eo que estava
assentado sobre ele tinha um arco; e uma coroa foi dada a ele, e ele saiu vencendo, e para
vencer. E, havendo aberto o segundo selo, ouvi o segundo animal, dizendo: Vem e vê. E saiu outro
cavalo , que era vermelho, e poder foi dado a ele que sentou-se nela para tirar a paz da terra, e que
se matassem uns aos outros; e foi-lhe dada uma grande espada. E, havendo aberto o terceiro selo,
ouvi o terceiro ser vivente dizer: Vem e vê. E olhei, e eis um cavalo preto; eo que estava assentado
sobre ele tinha um par de saldos em sua mão. E ouvi uma voz no meio dos quatro seres viventes
dizer, Uma medida de trigo por um dinheiro, e três medidas de cevada por um denário; e ver tu
não ferir o azeite eo vinho "(Re. 6:1-6 ).
"E naquela mesma hora houve um grande terremoto, ea décima parte da cidade caiu, e no
terremoto foram mortos sete mil homens; e os demais ficaram atemorizados, e deram glória ao
Deus do céu .... E o templo de Deus foi aberto no céu, e foi vista no seu templo a arca de seu
testamento: e houve relâmpagos, e vozes, e trovões, e um terremoto e grande saraivada
"(Re. 11:13 , 19 ) .
"E o sétimo anjo derramou a sua taça no ar; e saiu uma grande voz do templo do céu, do trono,
dizendo: Está feito. E houve vozes, e trovões, e relâmpagos; e houve um grande terremoto, como
nunca houve desde que há homens sobre a terra, tão poderoso um terremoto, e tão grande. E a
grande cidade foi dividida em três partes, e as cidades das nações caíram; e da grande Babilônia se
lembrou Deus, para lhe dar o cálice do vinho do furor da sua ira "(Re. 16:17 - 19 ).

c. Deus veio para demonstrar Seu poder para salvar seu povo ( vv. 8-11 ). Habacuque posou algumas
perguntas para o efeito em seus elogios, perguntas que exigem nenhuma resposta, mas, ao contrário, levar-
nos a pensar e refletir.

1) Deus está irado com os rios? Se Ele bateu para fora para eles com raiva? Não, Deus não veio para mostrar
a sua ira contra a natureza ( v. 8 ). O SENHOR propósito de nada tinha a ver com a terra ea própria
natureza. Ele estava usando o seu poder sobre a natureza para salvar o Seu povo.

Deus revertida Rio Jordão ( Jos 3:14-17 ) eo Mar Vermelho ( Ex 14:26-31. ) para um propósito e um único
propósito: para salvar o seu povo do deserto e seus ensaios (um símbolo de do mundo) e levá-los para a terra
prometida (um símbolo do céu). Ambos os eventos recordar livramento sobrenatural de Deus de Seu povo. O
Rio Jordon, apesar de estar em fase de inundação, foi adiado pela poderosa mão de Deus para que seu povo
pudesse atravessar para a terra prometida. Na verdade, o rio parou de correr e as pessoas atravessaram em
solo completamente seco. O rio parou de correr assim que os pés dos sacerdotes tocou a água. Os sacerdotes
estavam carregando a Arca da Aliança, e puseram-se a montante, no meio do rio até que todas as pessoas
tinham cruzado. O que uma imagem poderosa! A presença de Deus repousava sobre a Arca da Aliança, e foi
o poder de Sua presença majestosa que conteve as águas correndo!

Um evento semelhante se desenrolou no Mar Vermelho. Quando o povo de Deus pareceu encurralado pelo
exército egípcio perseguindo, o SENHOR abriu o Mar Vermelho para que seu povo pudesse escapar. Apesar
de todas as pragas que levaram Faraó a admitir a derrota e deixar o povo de Israel ir, ele mudou de idéia,
uma vez que eles deixaram. Ele, então, enviou seus exércitos para recapturar os israelitas, a fim de escravizá-
los mais uma vez. Mas Deus tinha um plano diferente para o Seu povo. Em uma torrente furiosa de justiça,
Ele dividiu o Mar Vermelho e empilharam a água alta em ambos os lados, permitindo que o Seu povo a
atravessar o fundo do mar em terra seca. Uma vez que o povo de Deus tinha passado através,
o SENHOR enviou as águas poderosas correndo de volta no lugar, imediatamente se afogando todo o exército
egípcio, juntamente com todos os seus carros e cavalos. Ambos os eventos ressaltou o poder de Deus para
salvar o seu povo. A lição para as gerações seguintes é impressionante: o SENHOR controla as forças da
natureza, e às vezes Ele usa essas forças para salvar e libertar seu povo.

2) Deus veio a descobrir e lançar o seu incrível poder ( vv. 9-11 ). Habacuque davam testemunho poder mirac-
ulous de Deus sobre a natureza para salvar o seu povo:

⇒ o mesmo poder que dividir a terra com rios ( Jz 05:21. ; . Ps 77:16-20 )

⇒ o mesmo poder que fez com que as montanhas ao terremoto ( Ex 19:18. ; . Ps 114:4-7 ) eo mar se abrir
⇒ o mesmo poder que fez com que o sol ea lua para ficar parado (Js. 10:12-13)

Estes versos referem-se a pelo menos três atos adicionais de libertação pelo SENHOR em favor de Israel. Deus
tinha usado freqüentemente rios e corpos de água para entregar sobrenaturalmente Seu povo. Os eventos
no Mar Vermelho e Jordon Rivers já foram mencionados (ver também Juízes 05:21. ; . Ps 77:16-20 ). A glória
de Deus também sacudiu a terra e as montanhas no Monte Sinai. Por seu poder, ele realmente fez o sol ea
lua se o tempo parar, literalmente feito ainda assim seu povo pudesse derrotar os amorreus (ver Js. 10:12-
13).

Não era apenas por uma questão de poesia ou para compor um belo hino que Habacuque lembrou esses
atos poderosos do SENHOR . Povo de Deus estava prestes a enfrentar o terrível nação da Babilônia. Eles
seriam conquistados, escravizados e exilados, sofrendo por muitos anos vindouros. Eles tornar-se desiludido,
desanimado e, às vezes cheios de desespero. Por isso, os israelitas teriam este hino de louvor e libertação
para lembrar atos anteriores de Deus da salvação. Eles teriam de recordar e recontar as histórias deste
cântico de louvor, cheio de fatos históricos, a lembrar que o SENHOR lhes tinha salvado no passado e iria
fazê-lo no futuro. Na verdade, o SENHOR fielmente entregues e redimiu o povo de Israel por muitas
provações longos. Ele também vai fazer o mesmo para todos os Seus filhos amados, incluindo os crentes de
hoje.

d. Deus veio para cinco propósitos principais ( vv. 12-15 ). Uso das forças da natureza e Sua intervenção nos
assuntos deste mundo de Deus tem propósitos muito distintos. Escritura revela cinco propósitos aqui. Estes
abrangem as razões para as ações de Deus no passado, mas a maioria também são verdadeiras de Sua obra
presente e futuro neste mundo.

1) O SENHOR veio para julgar sobre a terra ( v. 12 ). Ele julga os pecadores e corruptos e os responsabiliza
por suas ações. Por essa razão, Ele trouxe justiça merecida punição para os inimigos de Israel. Da mesma
forma, Ele trará uma punição justa para aqueles que abusam de seu povo hoje. Crimes contra o povo de Deus
(tanto Israel como o verdadeiro corpo de crentes em sua igreja) não ficará impune. Crimes contra a
humanidade e da própria Terra não ficará impune. A Palavra de Deus declara que o dia do juízo está
chegando, o dia em que todo mundo vai estar diante de Deus para prestar contas de seu
comportamento. Esse dia é uma certeza; ele certamente virá.

"E diante dele serão reunidas todas as nações, e ele separará uns dos outros, como o pastor
separa seu ovelhas dos cabritos "(Mt. 25:32 ).
"Porque ele tem determinado um dia, no qual julgará o mundo com justiça, por que o homem a
quem ele ordenou; do qual ele tem dado certeza a todos os homens , em que o ressuscitou dentre
os mortos "( At 17.: 31 ).
"Porque nós conhecemos aquele que disse: A vingança pertence a mim, eu retribuirei, diz o
Senhor. E outra vez: O Senhor julgará o seu povo "(Hb 10:30 ).
"E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus; e os livros foram abertos, e
outro livro foi aberto, que é o livro da vida: e os mortos foram julgados pelas coisas que estavam
escritas nos livros, segundo as suas obras "(Re. 20:12 ).
2) O SENHOR veio para libertar o seu povo ( v. 13 a ). O SENHOR sempre age para salvar, fornecer e preservar
o Seu povo. Os verdadeiros crentes de todas as gerações e nações podem ter certeza de que oSENHOR irá
proteger e entregá-los. Podemos sofrer muitas provações nesta vida; que podem ser perseguidos ou mesmo
mortos para a nossa fé (Mt. 05:11 ; . Ac 09:16 ; Ph. 01:29 ). No entanto, o SENHOR prometeu entregar-
nos através de cada provação, até a própria morte. Nossas almas será levado à presença de Deus em um
piscar de olhos ( 1 Coríntios. 15:52 ). Em Sua presença, estaremos seguros e desfrutar de comunhão com
o SENHOR para sempre.

"Porque o que causa sofro também estas coisas, mas não me envergonho, porque sei em quem
tenho crido, e estou certo de que ele é poderoso para guardar o que eu cometi até àquele dia." (2
Ti 1 : 12 ).
"E eis que Eu estou contigo, e te guardarei em todos os lugares para onde fores, e te farei tornar
a esta terra; porque não te deixarei, até que haja cumprido que o que eu falei para ti de "( Ge.
28:15 ).
"Porque os olhos do SENHOR correr para lá e para cá por toda a terra, para mostrar-se forte a
favor de lhes cujo coração é perfeito para com ele. Aqui tu loucamente por isso, desde agora terás
guerras "( 2 Crônicas 16:09. ).
"Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas te confiança: a sua verdade será o
teu escudo e broquel "( Sl 91:4. ).
"À medida que as montanhas estão ao redor de Jerusalém, assim o SENHOR está ao redor do
seu povo, desde agora e para sempre "( Sl. 125:2 ).
"Tu não temas; porque eu sou contigo: não te espantes; porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço
ti; sim, eu te ajudo; sim, eu vou te sustento com a destra da minha justiça "(Is. 41:10 ).
3) O SENHOR veio para salvar o seu ungido, o Messias, preservando a linha de Israel ( v. 13 b ). Deus prometeu
preservar a linhagem real, uma linhagem real de Israel. Através desta linhagem real, o Messias, Jesus Cristo,
nasceria. Jesus Cristo é o Ungido (ver Sl 02:02. ; . Da 9:26 ). Ele seria o último Libertador, o máximo Salvador
e Redentor. Ele iria entregar o seu povo dos seus pecados e salvá-los da morte eterna e separação de Deus
que seus pecados mereciam. Através de Cristo, o Messias prometido, toda a raça humana deveria ser
oferecido o dom gratuito da salvação eterna. Portanto, Deus tinha que preservar uma linhagem real de
verdadeiros crentes dentro de Israel. Esta é a razão pela mão protetora de Deus repousou sobre os
verdadeiros crentes em Israel através dos séculos.

"Saiba, pois, que o SENHOR teu Deus, ele é Deus, o Deus fiel, que guarda a aliança ea
misericórdia para com os que o amam e guardam os seus mandamentos, até mil gerações
"(De. 07:09).
"E quando o teu dia [de Davi] ser cumprida, e vieres a dormir com teus pais, então farei levantar
depois de ti a tua semente, que deve sair das tuas entranhas, e estabelecerei o seu reino. Este
edificará uma casa ao meu nome, e eu estabelecerei o trono do seu [o Messias, Jesus Cristo] reino
para sempre. Eu serei seu pai, e ele será meu filho (2 S. 7:12-14 a ).
"Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo e sobre a tua santa cidade, para cessar
a transgressão, e para dar fim aos pecados, e para expiar a iniqüidade, e trazer a justiça eterna, e
selar a visão ea profecia, e para ungir o santíssimo. Sabe e entende, que desde a saída da ordem
para restaurar e para edificar Jerusalém, até ao Messias, o Príncipe será sete semanas, e sessenta
e duas semanas: a rua deve ser construído de novo, e na parede, mas em tempos angustiosos . E
depois de sessenta e duas semanas será Messias ser cortado, mas não para si mesmo; eo povo do
príncipe que há de vir destruirá a cidade eo santuário; eo seu fim será com uma inundação, e até
o fim das desolações são determinadas de guerra. E ele fará um pacto firme com muitos por uma
semana, e no meio da semana fará o sacrifício ea oferta de cessar, e sobre a asa das abominações
virá -la desolada, até à consumação, e que determinou será derramado sobre o assolador "( Da.
9:24-27 ).
4) O SENHOR veio para esmagar o líder da maldade ( v. 13 c ). Provavelmente, isso se refere a todos os líderes
ímpios, incluindo aqueles que virão contra o povo de Deus no fim dos tempos, os últimos dias ( Re. 16 ).Em
outras palavras, o SENHOR veio e virá novamente para libertar seu povo, destruindo o líder da maldade:

⇒ descascando ou expondo-o

⇒ perfurando sua cabeça: quando seus guerreiros sair correndo contra o povo de Deus

Habacuque sabia que Deus iria destruir todos os inimigos que se opuseram a Ele e Seu povo. Ele iria esmagar
e tira-los do poder. Os inimigos do povo de Deus eram como animais de sair correndo para atacar suas presas
e, em seguida, arrastá-los para outro lugar para devorá-los. Mas o quadro é que dos inimigos de Deus tornar-
se tão confuso e desorientado que feriram e mataram-se em seu lugar. O SENHOR viu e soube que todos os
inimigos de Israel tinha feito, e ele iria executar a perfeita justiça contra eles.

Pensamento 1 . Esta é também uma imagem clara do Senhor Jesus Cristo, o Messias e Salvador do à Terra
para destruir a obra de Satanás, o arqui-inimigo de Deus e Seu povo-vindo mundo.
"Jesus respondeu, e disse: Esta voz não veio por causa de mim, mas por amor de vós. Agora é o
juízo deste mundo: agora o príncipe deste mundo será lançado fora "(Jo 12:30-31 ).
"E, visto como os filhos participam da carne e do sangue, também ele participou das mesmas
coisas, para que pela morte aniquilasse o que tinha o império da morte, isto é, o diabo; E livrasse
todos os que, com medo da morte, estavam toda a vida sujeitos à servidão "(Hb 2:14-15 ).
"Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de
Deus se manifestou, para que pudesse destruir as obras do diabo "(1 Jo. 3:8 ).
5) O SENHOR veio para abrir o Mar Vermelho para salvar o seu povo da escravidão. Este cântico de louvor,
dedicado a maravilhas de Deus em favor do Seu povo, termina como começou. Conclui-se com uma
referência a um dos LORD 's atos mais espetaculares da libertação: a salvação de Seu povo no Mar
Vermelho. Destruição dos egípcios no Mar Vermelho de Deus não foi apenas um evento real na história, mas
também uma imagem da poderosa salvação de Deus para todo o Seu povo. Os crentes de todas as nações e
gerações que invocam o SENHOR por libertação e salvação será realizada através das provações da vida e
salvos por toda a eternidade.

"Não vos sobreveio nenhuma tentação, mas você, como é comum ao homem, mas Deus é fiel,
que não vos deixará tentar acima do que podeis; antes com a tentação dará também o escape,
para que a possais suportar isso "( 1 Co. 10:13 ).
"Para nós não, irmãos, que ignoreis a tribulação que nos sobreveio na Ásia, que foram
pressionados para fora de medida, acima de força, de modo que até da vida desesperamos: Mas
nós tivemos a sentença de morte em nós mesmos, que não devemos confiar em nós mesmos, mas
em Deus, que ressuscita os mortos: quem nos livrou de tão horrível morte, e livrará: em quem nós
confio que ele ainda vai entregar -nos "( 2 Co. 1:8-10 ) .
"E o Senhor me livrará de toda má obra, e irá preservar -me para o seu reino celestial: a
quem seja a glória para todo o sempre. Amém "(2 Ti. 04:18 ).
"O Senhor sabe livrar os piedosos da tentação, e reservar os injustos para o dia do juízo, para
serem castigados" ( 2 Pe. 02:09 ).
"Eles bobina para lá e para cá, e cambalear como um homem embriagado, e estão no final de
suas inteligências. Então clamaram ao SENHOR na sua angústia, e ele os livrou das suas
angústias. Faz cessar a tormenta, e acalmam-se as suas ondas são ainda. Então se alegram, porque
se aquietaram; assim ele os leva ao porto desejado. Oh que os homens se louvar o SENHORpor sua
bondade, e por suas maravilhas para com os filhos dos homens "( Sl. 107:27-31 ).
Pensamento 2 . Hoje, nós, como crentes podem ter confiança na obra de Deus, independentemente das
nossas circunstâncias. Podemos confiar no SENHOR para salvar e nos libertar. Como Habacuque, não precisa
conhecer os detalhes ou o raciocínio por trás de todas as ações de Deus. Na verdade, podemos ter muitas
perguntas sobre o seu trabalho no mundo ou em nossas vidas, questões que ainda ficam sem resposta. Mas
ainda podemos ter confiança de que Deus está trabalhando todas as coisas para o bem daqueles que o
amam. Uma das grandes lições de Habacuque é que devemos nos lembrar de grandes obras de Deus, e
devemos louvá-Lo para eles. Isto é especialmente importante quando nós carregamos fardos pesados ou
estão preocupados de forma alguma. Ao lembrar que o nosso amoroso Salvador fez por nós, são agitados a
confiar nEle para o nosso futuro também. Escritura diz muito sobre lembrando maravilhas de Deus:
"Por ele [Cristo], portanto, vamos oferecer o sacrifício de louvor a Deus continuamente, isto é,
o fruto dos nossos lábios que confessam o seu nome "(Hb 13:15 ).
"Tu não tenham medo deles: mas te lembrar o que o SENHOR teu Deus fez a Faraó ea todos os
egípcios "(De. 07:18 ).
"E a aliança que fiz convosco não deve esquecer; Não temereis outros deuses "(2 K. 17:38 ).
"Alguns confiança em carros e outros em cavalos, mas nós faremos menção do nome
do SENHOR nosso Deus "( Sl 20:7. ).
"E se lembravam de que Deus era a sua rocha, eo Deus Altíssimo o seu Redentor "( Sl. 78:35 ).
"Quando desfalecia a minha alma dentro de mim eu me lembrei do SENHOR , ea minha oração
chegou a ti, no teu santo templo "( Jona 2:07. ).
(Veja também 1 Pe 2:09. ; . Ps 09:11 ; . Ps 42:6 ; . Ps 107:8 ; . Ps 139:14 ; É. 43:21 .)

. 3 ( 3:16-19 ) Deus, Confiança em Exemplo de, Habacuque-Habacuque, Caráter de, confiou em Deus; Força
Procurada no SENHOR -Crentes, Dever, a confiar em Deus; para Buscai forças na LORD -julgamento, Avisos
de; Resposta do Crente a-Avisos, do Juízo, a resposta do crente para : os crentes devem confiar no Senhor,
Ele que é o Deus da salvação. Devemos confiar em Seu cuidado e proteção.Mesmo no meio do julgamento,
mesmo em meio a provações e sofrimentos, podemos ter a certeza de que Deus nos livrará. Ele prometeu
trazer-nos através de todas as provações e usar toda provação para fortalecer e nos purificar. Ele prometeu
que não vai sofrer mais do que podemos suportar. Além disso, Ele prometeu que receberá a coroa da vida
eterna se perseverarmos até o fim.
"Bem-aventurado é o homem que suporta a tentação; porque, quando for provado, receberá a
coroa da vida, a qual o SENHOR prometeu aos que o amam "(Js. 01:12 ).
Portanto, a nossa resposta definitiva para todas as provações e tribulações deve ser a confiar nEle, pois Ele é
o nosso Salvador.
a. Quando Habacuque ouviu advertência do juízo vindouro de Deus, medo intenso atingiu o seu coração ( v.
16 a ). No entanto, ele colocou sua confiança no SENHOR mais do que nunca. Ele estava determinado a confiar
no SENHOR , não importa o que aconteceu.

Lembre-se, o capítulo três é uma música que foi concebido para ser cantada por todo o corpo de
crentes. O SENHOR deu esta canção para Habacuque, porque dias amargos pela frente, dias de grande
angústia, ansiedade e incerteza. O SENHOR fortaleceu o profeta a confiar nele, apesar do juízo vindouro. Por
sua vez, toda a comunidade seria fortalecido em sua fé através de cantar esta canção inspiradora.

Habacuque divulgadas seus sentimentos honestos, suas emoções. Como foi dito, a primeira resposta do
profeta era temor e tremor. Ele sabia que o julgamento estava chegando, mas ele não podia saber a extensão
da destruição nem como a devastação afetaria ele e sua família pessoalmente. Ao descrever a experiência,
ele diz que seu coração batia forte, seus lábios tremeram, as pernas e interior sendo tremeu. Ele mesmo
sentiu a morte (decadência), em seus ossos. Aparentemente, esta foi uma experiência comum para os
verdadeiros profetas de Deus e tudo o que tinha encontros pessoais com Deus (cf. Is. 6:5-7 ). Eles apertaram
com medo, alguns até mesmo cair de cara no chão antes da santidade de Deus. Habacuque também estava
com medo e temor de Deus Todo-Poderoso, e ele ficou tremendo de seu encontro com ele. Ele também
sentiu profunda preocupação com as pessoas, devido ao grande sofrimento que iria suportar. Ele era um
representante de Deus e um vigia para o povo; por isso, ele se importava profundamente com sua nação. O
conhecimento terrível desastre e sofrimento que estavam vindo o deixou tremendo de medo por eles.

b. Habacuque confiável e esperou pacientemente que o juízo de Deus cair sobre os invasores ( v. 16 b ). A
ansiedade do profeta, dúvidas e incertezas não durou muito tempo. Seus sentimentos resultou de olhar
apenas para o julgamento por vir e os babilônios temíveis. Assim como Habacuque voltou seus olhos para
o SENHOR , todo o medo se foi. Paz e tranqüilidade seguido. Quando ele voltou os olhos para Deus Todo-
Poderoso, o Deus da sua salvação, ele encontrou esperança e fé. Ele sabia que ele e as pessoas podiam confiar
no SENHOR para livrá-los através até mesmo o maior de perseguições. Habacuque, portanto, encontrou
coragem para esperar pacientemente para o julgamento de Deus por vir. No entanto, Habacuque não
simplesmente aceitar ou resignar-se com a situação. Sua decisão de esperar pacientemente para o
julgamento foi uma determinação calma mas obstinada de suportar tudo o que viria.

c. Habacuque declarou que confia no SENHOR , mesmo em meio à devastação, a total perda de todas as
culturas e gado, a fome ea ruína ( v. 17 ). O profeta tinha ganhado sua voz. Ele havia encontrado incrível
coragem e determinação, olhando para o SENHOR Si mesmo. Estes poucos versos restantes subiu em um
crescendo, um clímax, que expressou maior e maior confiança no SENHOR . Habacuque declarou que não
importa o que aconteceu, ele ainda iria confiar no SENHOR . Mesmo se todas as culturas e animais foram
destruídos, mesmo que tudo o sustento foram tiradas das pessoas, mesmo que completa devastação e ruínas
estavam por vir para a nação, o profeta que ainda confiam em Deus.

d. Habacuque disse que iria confiar e nos gloriamos em Deus que o salvou, não importa o que ( v. 18 ). Ele
ficaria alegre, mesmo no meio de grande sofrimento. Esta é a verdadeira força. É a fé real e
esperança. Somente a confiança genuína e fé pode produzir o fruto da alegria no meio do sofrimento. No
entanto, isso é o que todos os crentes são chamados a fazer. Isto é o que a Palavra de Deus ensina:

"Alegra-te, e seja muito se alegrou porque grande é a vossa recompensa nos céus, pois assim
perseguiram os profetas que foram antes de vós "(Mt. 05:12 ).
"E não só por isso , mas também nos gloriamos nas tribulações, sabendo que a tribulação produz
perseverança "( Romanos 5:03. ).
"Grande é a minha franqueza para você, grande é a minha jactância de vocês: Estou cheio de
consolação, transbordo de gozo eu estou em toda a nossa tribulação "( 2 Co. 7:4 ).
"Pelo que sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas
angústias por amor de Cristo: Porque quando estou fraco, então é que sou forte" ( 2 Co. 0:10 ).
"Eis que temos por bem-aventurados os que sofreram. Ouvistes da paciência de Jó, e vistes o
fim do SENHOR ; que o Senhor é muito misericordioso e piedoso "(Js. 05:11 ).
"Nisso exultais, ainda que agora por um tempo, se for necessário, estejais contristados por
várias provações" ( 1 Pe. 1:6 ).
"Mas e se não sofrer por causa da justiça, felizes sois vós : e não temais as suas ameaças, nem
vos turbeis "( 1 Pe 3:14. ).
"Amados, não estranheis a ardente prova que vem para vos tentar, como se coisa estranha vos
acontecesse; mas regozijai-vos por serdes participantes das aflições de Cristo; que, quando a sua
glória será revelada, possais ser feliz também, com alegria. Se sois vituperados pelo nome de
Cristo, felizes sois vós ; porque o espírito da glória e de Deus descansa em cima de você: da sua
parte, ele é mal falado, mas de sua parte, ele é glorificado "( 1 Pe 4:12-14. ).
"Eis que feliz é o homem a quem Deus corrige, portanto, não desprezes a correção do Todo-
Poderoso "( Jb 5:17. ).

e. Habacuque disse que confiou no SENHOR Deus como a sua força ( v. 19 ). O SENHOR reforçou o Profeta
em, pelo menos, duas maneiras.

1) O SENHOR fez Habacuque como surefooted como um veado. Veados são conhecidos por sua
surefootedness, seu equilíbrio incrível e estabilidade, mesmo em terrenos mais difíceis. Eles podem manter-
se firme e navegar com segurança as maiores alturas e os penhascos íngremes. O profeta declarou sua
confiança no SENHOR para fazê-lo de pé firme, mesmo durante grande sofrimento. O SENHOR iria fortalecer
o profeta e seu povo para navegar nos dias mais difíceis e os momentos mais adversos.

2) O SENHOR deu a Habacuque o poder de subir para as alturas, para ser vitorioso. Ele seria capacitar o
profeta e seu povo a fazer mais do que apenas suportar. Eles não apenas perseverar e sobreviver a tudo que
estava por vir, mas também ser reforçado através dele. Eles seriam limpos e purificados através do
julgamento de julgamento. Eles iriam voltar para o SENHOR , o seu Deus de amor que eles tinham
estabelecido como Seus. No meio de seu sofrimento, o povo gritava ao SENHOR para salvar e ajudá-los. Este
foi o SENHOR plano de certeza e promessa. Habacuque sabia promessas de Deus e confiava neles. Portanto,
ele não se afundar em desespero ou desespero. Ao contrário, ele estava cheio de expectativa e alegria. Ele
iria se alegrar e louvar ao SENHOR , não importa o que veio, tudo porque confiava em Deus, seu Salvador.

No meio de sua derrota, o povo de Deus se tornaria novamente vitorioso. Depois de vergonha e de confusão,
as pessoas achariam honra mais uma vez. O seu Deus não iria permitir que eles sejam envergonhados para
sempre. Ele não iria permitir que eles sejam dispersos, exilados, ou perdido permanentemente. Ele ouviria a
sua oração de arrependimento e seu clamor por libertação. Ele regather e restaurá-los na Sua hora marcada.

Pensamento 1 . Muitas vezes, não entendemos o julgamento de Deus ou por que Ele traz aflição em nossas
vidas. Nós não podemos compreender por que Ele permite que coisas ruins aconteçam a nós ou para aqueles
que amamos. A Palavra de Deus nos ensina que Ele usa provações e aflições por vários motivos: para nos
fortalecer, para nos corrigir, para nos disciplinar, para nos forçar a abandonar o pecado. Simplificando, Deus
usa provações e tribulações, a fim de nos proteger e sociedade para nos impedir de prejudicar a nós mesmos
e aos outros. Além de tal julgamento, muito mais pessoas continuarão em pecado, fazendo com que mais e
mais lesões, corrupção e sofrimento no mundo. Mais pessoas estariam condenados a separação eterna de
Deus. Visto por este prisma, o julgamento de Deus é um incrível ato de misericórdia. Na verdade, muitas das
provações e aflições que sofremos na vida são verdadeiramente bênçãos disfarçadas. É por isso que
Habacuque era capaz de se alegrar e louvar ao SENHOR , mesmo que o julgamento estava por vir. A Palavra
de Deus fala claramente sobre este assunto:

"E desceu a chuva, vieram as enchentes, sopraram os ventos, e bateram com ímpeto contra
aquela casa; e ela não caiu, porque estava fundada sobre a rocha [Cristo] "(Mt. 07:25 ).
"Porque a nossa leve tribulação, que é apenas por um momento, trabalha para nós cada vez
mais abundantemente e eterno peso de glória "( 2 Co. 4:17 ).
"Agora, nenhuma correção parece no momento ser motivo de alegria, mas de tristeza; mas
depois produz um fruto pacífico de justiça nos que por ele têm sido exercitados" (Hb 0:11 ).
"Bem-aventurado é o homem que suporta a tentação; porque, quando for provado, receberá a
coroa da vida, a qual o SENHOR prometeu aos que o amam "(Js. 01:12 ).
"Para que a prova da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro que perece e é provado pelo
fogo, se ache em louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo" ( 1 Pe. 01:07 ).
"Nada temas das coisas que hás de padecer: eis que o diabo lançará alguns de vós na prisão,
para que sejais provados; e tereis uma tribulação de dez dias: Sê fiel até a morte, e eu te darei a
coroa da vida "(Re. 02:10 ).
"Mas ele sabe o caminho por que eu ando: quando ele me procurou, sairei como o ouro "( Jb
23:10. ).
"Quando ele matou [julgado] eles, então o procuravam; e voltavam, e de madrugada buscavam
a Deus" ( Sl 78:34. ).
"Antes de ser afligido andava errado, mas agora guardo a tua palavra" ( Salmo 119:67. ).
"E farei passar esta terceira parte pelo fogo, ea purificarei, como a prata é refinada, ea provarei,
como o ouro é provado: pois, invocarão o meu nome, e eu vou ouvi-los: eu vou dizer: Ele é o meu
povo, e ela dirá: O SENHOR é meu Deus "( Zc 13.9. ).
"E ele se sente como um fundidor e purificador de prata; e purificará os filhos de Levi, e os
refinará como ouro e prata, que eles podem oferecer ao SENHOR uma oferta em justiça "( Mal
3:03. ).
Pensamento 2 . Porque é que Deus usa os ímpios babilônios para castigar o Seu povo? Esta foi uma das
muitas perguntas e um de Habacuque que o SENHOR escolheu não responder plenamente, pelo menos não
diretamente. Embora Deus não deu a resposta Habacuque talvez tivesse sido procurando, nós podemos
aprender muito com a resposta do profeta e também de outras partes da Palavra de Deus. Duas respostas
possíveis para a pergunta do profeta são:
⇒ Em primeiro lugar, com mais conhecimento vem mais responsabilidade. O povo de Israel tinha sido dado
a Palavra de Deus, Sua lei e os mandamentos sagrados. Eles sabiam como eles deveriam viver. Ao contrário
dos babilônios, eles sabiam que o SENHOR e Seus requisitos para suas vidas. Eles ainda tinha sido advertido
das conseqüências se eles quebraram as leis de Deus ( 30 De. ) No entanto, eles se rebelaram contra
o SENHORde qualquer maneira. Devido a isso, eles provavelmente eram mais culpados aos olhos de Deus do
que até mesmo os babilônios cruéis e perversas. A Palavra de Deus adverte contra ter o conheci-mento de
Deus e afastando-se dele. Todo o povo de Deus hoje deve aprender com o exemplo de Israel e atender às
advertências da Palavra de Deus. Escute o que as Escrituras dizem sobre o nosso afastamento do SENHOR .

"E será que, se de qualquer maneira te esquecer o SENHOR teu Deus, e se seguires após outros
deuses, e os servires, e adorá-los, eu testemunhar contra você neste dia que certamente perecerás
"(De. 08:19 ) .
"Mas, quando o justo se desvia da sua justiça, e cometendo iniqüidade, e faz conforme todas as
abominações que faz o ímpio o homem faz, porventura viverá? Todas as suas justiças que tiver
feito não se fará na sua transgressão com que transgrediu, e no seu pecado com que pecou, neles
morrerá "( Ez 18:24. ).
"Vós sois o sal da terra: mas se o sal for insípido, com que se há de salgar? é desde então serve
para nada, senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens "(Mt 5:13 ).
"E Jesus disse-lhe: Ninguém, que lança mão do arado e olha para trás é apto para o reino de
Deus" (Lc \ 1:9:62).
"Porque, se pecarmos voluntariamente, depois de termos recebido o conhecimento da verdade,
já não resta mais sacrifício pelos pecados (Hb 10:26 ).
"Porque, se depois de terem escapado das corrupções do mundo pelo pleno conhecimento do
Senhor e Salvador Jesus Cristo, ficam de novo envolvidos nelas e vencidos, o último estado pior
que o princípio" ( 2 Pe. 02:20 ).
"Por que tinha sido melhor para eles não terem conhecido o caminho da justiça, do que, depois
de terem conhecido que , desviarem-se do santo mandamento que lhes fora dado "( 2 Pe. 02:21).
"Vós, portanto, amados, sabeis estas coisas antes, Guardai-vos também, sendo levado com o
erro dos ímpios, cair de sua própria firmeza "( 2 Pe. 03:17 ).

⇒ Em segundo lugar, o SENHOR é soberano. Ele é o Supremo Governante deste universo e tudo o que
existe. Portanto, Ele pode fazer o que Ele quer. Ele criou o mundo para um propósito e Ele ainda está
envolvida nesse propósito. Ele não abandonou. Como Supreme Ruler, Deus vai realizar todos os seus
propósitos de acordo com a Sua perfeita vontade e no Seu tempo perfeito. Escritura declara que os caminhos
de Deus estão acima de nossos caminhos, além de nossa compreensão. Devemos sempre lembrar que somos
um povo pecador diante de um Santo e Deus todo-sábio. Portanto, assim como Habacuque, devemos aceitar
a soberania de Deus e louvar o Seu nome não importa o que as nossas circunstâncias pode ser.
"Ó profundidade da riqueza, tanto da sabedoria como do conhecimento de Deus! Quão
insondáveis são os seus juízos, e os seus caminhos últimos descobrir! Porque, quem conheceu a
mente do Senhor? Ou quem foi seu conselheiro? Ou quem lhe deu primeiro a ele, e ele deve ser
recompensado-lhe de novo? Porque dele, e por meio dele e para ele, são todas as coisas: a
quem seja a glória para sempre. Amém "( Ro. 11:33-36 ).
"E ele disse: Eu farei passar toda a minha bondade diante de ti, e te proclamarei o nome
do SENHOR diante de ti; e se compadecerá de quem eu tiver misericórdia, e vai mostrar
misericórdia de quem eu vou mostrar misericórdia "( Ex. 33:19 ).
"Porque assim diz o SENHOR que criou os céus; O Deus que formou a terra, ea fez; ele
estabeleceu, ele não a criou vazia, mas a formou para que fosse habitada: Eu sou o SENHOR ; e não
há nenhum outro. Não falei em segredo, nalgum lugar tenebroso da terra: Eu não disse à
descendência de Jacó: Buscai-me em vão; eu, o SENHOR , falo a justiça, eu proclamo o que é direito
.... Quem anunciou isso desde a antiguidade tempo? quem vos disse que a partir desse
momento? ter não eu, o SENHOR ? e não há nenhum outro Deus senão eu; um Deus justo e
Salvador; não há ninguém ao meu lado. Olhai para mim, e sereis salvos, todos os confins da terra,
porque eu sou Deus, e não há nenhum outro. Jurei por mim, a palavra saiu da minha
boca em justiça, e não voltarei, isso para mim se dobrará todo joelho, toda língua jurará "(Is. 45:18-
19 , 21-23 ).
"Porque os meus pensamentos são não vossos pensamentos, nem são os vossos caminhos os
meus caminhos, diz o SENHOR . Para como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus
caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos do que os vossos
pensamentos "(Isaías 55:8-9 ).

Pensamento 3 . Os seguintes comentaristas fechar os livros sobre Habacuque com observações que vale a
pena citar.
(1) Kenneth L. Barker e Waylon Bailey dizer isso no The New Commentary americano :

Em um mundo inseguro, Habacuque experimentou a alegria ea paz de servir ao Senhor soberano da


criação. Habacuque questionou Deus a respeito de seu trabalho e aprendi que Deus é realmente no
trabalho. O Senhor Deus está trabalhando realizar seu propósito sobre a terra. Como Habacuque, os crentes
que vivem em tempos incertos pode encontrar força no Deus que opera na história para cumprir o seu
propósito.

(2) Warren W. Wiersbe conclui seu comentário com uma excelente citação e sua própria observação aguçada
sobre a verdadeira fé:

O grande expositor britânico G. Campbell Morgan disse: "Nossa alegria é proporcional à nossa
confiança. Nossa confiança está em proporção com o nosso conhecimento de Deus. "Habacuque nos ensina
a enfrentar as nossas dúvidas e perguntas honestamente, levá-los com humildade ao Senhor, espere por Sua
Palavra para nos ensinar, e, em seguida, adorá-Lo, não importa como nos sentimos ou o que ver. Deus nem
sempre mudar as circunstâncias, mas Ele pode nos mudar para atender às circunstâncias. Isso é o que
significa viver pela fé.

Você também pode gostar