Você está na página 1de 47

CINEMÁTICA – SISTEMAS DE UNIDADES, ORDEM DE GRANDEZA, ANÁLISE

DIMENSIONAL E ALGARISMOS SIGNIFICATIVOS.


1. Um objeto de 3,10 kg é liberado por um astronauta, a partir do repouso, e cai em direção à superfície do planeta Marte.
Calcule a força peso, em newtons, atuando sobre o objeto, expressando o resultado com o número de algarismos significativos
apropriado.

Considere a aceleração da gravidade gMarte = 3,69 m/s2


a) 31,0
b) 11,439
c) 11,44
d) 11,4
e) 6,79

2. A força de resistência do ar é um fator relevante no estudo das quedas dos corpos sob ação exclusiva da gravidade. Para
velocidades relativamente baixas, da ordem de metros por segundo, ela depende diretamente da velocidade (v) de queda do corpo
e da área efetiva (A) de contato entre o corpo e o ar. Sua expressão, então, é dada por F ar = K.A.v, na qual K é uma constante que
depende apenas da forma do corpo. Em função das grandezas primitivas da mecânica (massa, comprimento e tempo), a unidade de
K, no SI, é
a) Kg.m–1.s–1.
b) Kg.m–2.s–1.
c) Kg.m.s–1.
d) Kg.m.s–2.
e) Kg.m2.s–2.

3. A nanotecnologia é um dos ramos mais promissores para o progresso tecnológico humano. Essa área se baseia na manipulação
de estruturas em escala de comprimento, segundo o que é indicado no próprio nome, na ordem de grandeza de
a) 0,001 m.
b) 0,000.1 m.
c) 0,000.001 m.
d) 0,000.000.001 m.
e) 0,000.000.000.000.001 m.

4. Estima-se que o planeta Terra tenha se formado há cerca de 4,5 bilhões de anos. Qual é a ordem de grandeza da idade da Terra
em horas?
a) 1011
b) 1013
c) 1015
d) 1017
e) 1019

5. Entre as unidades derivadas do Sistema Internacional, assinale aquelas que se equivalem.


01) pascal: Pa = m-1 kg s–2
02) newton: N = m kg s–1
04) joule: J = m2 kg s
08) watt: W = m2 kg s–3

6. Sobre grandezas físicas, unidades de medida e suas conversões, considere as igualdades abaixo representadas:

1. 6 m2 = 60.000 cm2.
2. 216 km/h = 60 m/s.
3. 3000 m3 = 30 litros.
4. 7200 s = 2 h.
5. 2,5 x 105 g = 250 kg.

Assinale a alternativa correta.


a) Somente as igualdades representadas em 1, 2 e 4 são verdadeiras.
b) Somente as igualdades representadas em 1, 2, 4 e 5 são verdadeiras.
c) Somente as igualdades representadas em 1, 2, 3 e 5 são verdadeiras.
d) Somente as igualdades representadas em 4 e 5 são verdadeiras.
e) Somente as igualdades representadas em 3 e 4 são verdadeiras.

7. O Sistema Internacional de unidades (SI) adota sete unidades fundamentais para grandezas físicas. Por exemplo, a unidade da
intensidade de corrente elétrica é o ampère, cujo símbolo é A. Para o estudo da Mecânica usam-se três unidades fundamentais
associadas às grandezas físicas: comprimento, massa e tempo.
Nesse sistema, a unidade de potência mecânica é:
a) s3.(kg/m2)
b) kg. (m/s2)
c) kg. (m2/s3)
d) kg.(m2/s)
e) (m/s2)/kg

8. O diálogo a seguir, em sentido figurado, representa a personificação de duas grandezas físicas:

Grandeza A: – Eu sou melhor do que você!


Grandeza B: – Não concordo! Você diz isso apenas porque eu sou escalar e você vetorial.
Grandeza A: – OK! Não vamos discutir mais, até mesmo porque temos a mesma unidade de medida.

As grandezas físicas A e B são, respectivamente,


a) posição e deslocamento.
b) momento de uma força e trabalho.
c) impulso e quantidade de movimento.
d) potencial elétrico e força eletromotriz induzida.

9. Desde 1960, o Sistema Internacional de Unidades (SI) adota uma única unidade para quantidade de calor, trabalho e energia, e
recomenda o abandono da antiga unidade ainda em uso. Assinale a alternativa em que I indica a unidade adotada pelo SI e II, a
unidade a ser abandonada.
a) I – joule (J); II – caloria (cal)
b) I – caloria (cal); II – joule (J)
c) I – watt (W); II – quilocaloria (kcal)
d) I – quilocaloria (kcal); II – watt (W)
e) I – pascal (Pa); II – quilocaloria (kcal)

10. "Existe uma imensa variedade de coisas que podem ser medidas sob vários aspectos. Imagine uma lata, dessas que são usadas
para refrigerante. Você pode medir a sua altura, pode medir quanto ela "pesa" e pode medir quanto de líquido ela pode comportar.
Cada um desses aspectos (comprimento, massa, volume) implica uma grandeza física diferente. Medir é comparar uma grandeza
com uma outra, de mesma natureza, tomando-se uma como padrão. Medição é, portanto, o conjunto de operações que tem por
objetivo determinar o valor de uma grandeza."
Disponível em: http://www.ipem.sp.gov.br/5mt/medir.asp?vpro=abe. Acesso em: 25 jul. 2006. (adaptado)

Cada grandeza física, a seguir relacionada, está identificada por uma letra.

(a) distância
(b) velocidade linear
(c) aceleração tangencial
(d) força
(e) energia
(f) impulso de uma força
(g) temperatura
(h) resistência elétrica
(i) intensidade de corrente elétrica

Assinale a(s) proposição(ões) na(s) qual (quais) está(ão) relacionada(s) CORRETAMENTE a identificação da grandeza física com
a respectiva unidade de medida.

11. Um fumante compulsivo, aquele que consome em média cerca de 20 cigarros por dia, terá sérios problemas cardiovasculares.
A ordem de grandeza do número de cigarros consumidos por este fumante durante 20 anos é de:
a) 102
b) 103
c) 105
d) 107
e) 109
12. Uma caixa mede 1,5 cm x 40,00 m x 22 mm. O seu volume é:
a) 132,0 litros
b) 23,10 × 104 litros
c) 1320 × 10-2 litros
d) 2310 × 10-4 litros
e) 132,0 × 10-2 litros

13. Em um bairro com 2500 casas, o consumo médio diário de água por casa é de 1000 litros. Qual a ordem de grandeza do
volume que a caixa d'água do bairro deve ter, em m3, para abastecer todas as casas por um dia, sem faltar água?
a) 103
b) 104
c) 105
d) 106
e) 107

14. O sistema internacional de unidades e medidas utiliza vários prefixos associados à unidade-base. Esses prefixos indicam os
múltiplos decimais que são maiores ou menores do que a unidade-base.
Assinale a alternativa que contém a representação numérica dos prefixos: micro, nano, deci, centi e mili, nessa mesma ordem de
apresentação.
a) 10-9, 10-12, 10-1, 10-2, 10-3
b) 106, 10-9, 10, 102, 103
c) 10- -6, 10-12, 10-1, 10-2, 10-3
d) 10-3, 10-12, 10-1, 10-2, 10-6
e) 10-6, 10-9, 10-1, 10-2, 10-3

15. Segundo a lei da gravitação de Newton, o módulo F da força gravitacional exercida por uma partícula de massa m1 sobre
outra de massa m2, à distância d da primeira, é dada por F = G(m1m2)/d2, onde G é a constante da gravitação universal. Em termos
exclusivos das unidades de base do Sistema Internacional de Unidades (SI), G é expressa em
a) kg-1. m3. s-2.
b) kg2 . m-2 . s2.
c) kg2 . m-2 . s-1.
d) kg3 . m3 . s-2.
e) kg-1 . m2 . s-1.
Gabarito:

Resposta da questão 1: [D]

P  mg  3,10x3,69  11,4390N

O resultado deve ser expresso com o mesmo número de algarismos significativos da parcela mais pobre. As duas medidas têm três
algarismos significativos. O resultado também deve ser expresso com três significativos.
Resultado  11,4N

Resposta da questão 2: [B]

Tomemos as unidades primitivas no SI das demais grandezas presentes na expressão dada:


[força]  [massa]  [aceleração]  [F]  [kg]  [m s2 ];
[área]  [comprimento]2  [A]  [m2 ];
[velocidade]  [comprimento/ tempo]  [v]  [m s1].

Isolando K:
Far
Far  K  A  v  K   K  Far  A 1  v 1 
Av
1 1
K   kg  m  s2   m2  m  s1 
 
 K   kg  m  s2  m2  m 1  s1  

K   kg  m2  s1  .

Resposta da questão 3: [D]

O prefixo “nano” significa 10–9 = 0,000.000.001.

Resposta da questão 4: [B]

Resposta da questão 5: 01 + 08 = 09

Analisando cada uma das unidades:


força m  a m 1
(01) Correta: pascal  pressão =   kg  2  2  m1  kg  s2 .
area A s m
m
(02) Errada: newton  força = massa  aceleração = kg   m  kg  s2 .
s2
(04) Errada: joule  energia (trabalho) = força  deslocamento = m  kg  s2  m  m2  kg  s2 .
energia 1
(08) Correta: watt  potência =  m2  kg  s2   m2  kg  s3 .
tempo s

Resposta da questão 6: [B]

1. Correta. 6 m2 = 6 (100 cm)2 = 6  104 cm2 = 60.000 cm2.


216
2. Correta. 216 km/h = m/s = 60 m/s.
3,6
3. Errada. 3.000 m3 = 3.000 (1.000 L) = 3.000.000 L.
7.200
4. Correta. 7.200 s = h = 2 h.
3.600
2,5  105
5. Correta. 2,5 105 g = kg = 2,5  102 kg = 250 g
103

Resposta da questão 7: [C]


Resolução
Potência é a razão entre o trabalho realizado por uma força e o intervalo de tempo de realização
Em termos matemáticos: P = Tr/t
O trabalho por sua vez é o produto entre a força e o deslocamento: Tr = F.d
A força é o produto entre massa e aceleração: F = m.a
A aceleração é a razão entre velocidade e intervalo de tempo: a = v/t
A velocidade é a razão entre deslocamento e tempo: v = d/t
Então
P = Tr/t = (F.d)/t = (m.a.d)/t = [m.( v/t).d]/t = (m.v.d)/(t)2 = [m.( d/t).d]/(t)2
P = m.d2/t3
Nas unidades SI: P  kg.m2/s3

Resposta da questão 8: [B]

Há que se tomar cuidado, pois a opção (a) apresenta duas grandezas: posição, que é uma grandeza escalar e deslocamento, que
pode ser escalar ou vetorial. No entanto, há o respectivamente, esclarecendo que a grandeza A é vetorial e a grandeza B é escalar.
As opções (c) e (d) são prontamente descartadas, pois apresentam grandezas que são ambas vetoriais e ambas escalares,
respectivamente.
Momento de uma força é uma grandeza vetorial e trabalho e uma grandeza escalar, tendo ambos a mesma unidade, resultando do
produto de uma força por um comprimento (N.m), embora os significados físicos sejam totalmente diferentes.

Resposta da questão 9: [A]

O Sistema Internacional de Unidades (SI) adota o joule (J) para unidade de energia, em substituição à antiga unidade a caloria,
que se referia mais especificamente ao calor, pois antigamente pensavam que o calor era um fluido que passava de um corpo para
outro e não uma forma de energia (teoria do Calórico).

Resposta da questão 10: 01 + 08 = 09

Resposta da questão 11: [C]

Resposta da questão 12: [C]

V = 0,15 dm x 400 dm x 0,22 dm = 13,2 L

Resposta da questão 13: [A]

Resposta da questão 14: [E]


micro 10-6,
nano  10-9
deci 10-1
centi10-2
mili  10-3

Resposta da questão 15: [A]

CINEMÁTICA – VETORES

1. Um avião, após deslocar-se 120 km para nordeste (NE), desloca-se 160 km para sudeste (SE). Sendo um quarto de hora, o
tempo total dessa viagem, o módulo da velocidade vetorial média do avião, nesse tempo, foi de
a) 320 km/h
b) 480 km/h
c) 540 km/h
d) 640 km/h
e) 800 km/h
      
2. Qual o cosseno do ângulo formado pelos vetores A  4. i  3. j e B  1.i  1. j , em que i e j são vetores unitários?

 2
a)
10
 10
b)
2
2
c)
10
10
d)
2
e) 0

3. Considere um móvel que percorre a metade de uma pista circular de raio igual a 10,0m em 10,0s. Adotando-se 2 como
sendo 1,4 e π igual a 3, é correto afirmar:
a) O espaço percorrido pelo móvel é igual a 60,0m.
b) O deslocamento vetorial do móvel tem módulo igual a 10,0m.
c) A velocidade vetorial média do móvel tem módulo igual a 2,0m/s.
d) O módulo da velocidade escalar média do móvel é igual a 1,5m/s.
e) A velocidade vetorial média e a velocidade escalar média do móvel têm a mesma intensidade.

4. Uma partícula puntiforme tem, em certo instante t, a velocidade, em m/s, dada por v 0 = 1,0 i - 2,0 j + 5,0 k. Dois segundos
depois, sua velocidade, em m/s, é dada por v2 = 4,0 i - 2,0 j + 1,0 k. No intervalo de tempo considerado, o módulo da aceleração
média, em m/s2, é:
a) 25,0
b) 5,0
c) 1,0
d) 2,5

5. Considere os vetores A, B e F, nos diagramas numerados de I a IV.

Os diagramas que, corretamente, representam a relação vetorial F = A - B são apenas:


a) I e III
b) II e IV
c) II e III
d) III e IV
e) I e IV
6. Dados os vetores "a", "b", "c", "d" e "e" a seguir representados, obtenha o módulo do vetor soma: R = a + b + c + d + e

a) zero
b) 20
c) 1
d) 2
e) 52

7. Analisando a disposição dos vetores BA, EA, CB, CD e DE, conforme figura a seguir, assinale a alternativa que contém a
relação vetorial correta.

a) CB + CD + DE = BA + EA
b) BA + EA + CB = DE + CD
c) EA - DE + CB = BA + CD
d) EA - CB + DE = BA - CD
e) BA - DE - CB = EA + CD

8. Dados os vetores A, B e C, representados na figura em que cada quadrícula apresenta lado correspondente a uma unidade de
medida, é correto afirmar que a resultante dos vetores tem módulo:

a) 1
b) 2
c) 3
d) 4
e) 6
Gabarito:

Resposta da questão 1: [E]

Dados: d1 = 120 km; d2 = 160 km; t =1/4 h.


A figura ilustra os dois deslocamentos e o deslocamento resultante.

Aplicando Pitágoras:

d2  d12  d22  d2  1202  1602  14.400  25.600  40.000  d  40.000 


d  200 km.

O módulo da velocidade vetorial média é:

d 200
vm    200  4  
t 1
4
vm  800 km / h.

Resposta da questão 2: [A]

1ª Solução:

Na figura acima:

 Ax = 4; Ay = 3; Bx = -1; By = 1.

 A  A x  A y   1  1
2 2 2 2
 A  2.
 
B  B2  B2  42  32  B  25  B  5.
 x y

 Ay 1 2
senα  cos α    senα  cos α  .
 A 2 2
 
 B 4 By 3
 senβ  x  ; cos β   .
 B 5 B 5

O ângulo entre os vetores A e B é θ. Mas:


θ  α β 
3  2  4  2  3 2 4 2
cosθ  cos  α  β   cosα  cosβ  senα  senβ            
 5   2   5   2  10 10
 2
cos θ  .
10

2ª Solução:
Aplicando a regra do Paralelogramo:

Na figura acima:

 Ax = 4; Ay = 3; Bx = -1; By = 1; Rx = 3; Ry = 4.

 A  A x  A y   1  1  A  2.
2 2 2 2


 B  B2x  B2y  42  32  B  25  B  5.

R  R2  R2  32  42  B  25  R  5.
 x y

Da lei dos cossenos:


2
R2  A 2  B2  2 A Bcos θ  5 2  2  5 2  2  2  5  cos θ 

2 2 2
0  2  10 2 cos θ  cos θ     
10 2 10  2 
 2
cos θ  .
10

Resposta da questão 3: [C]

A figura mostra os deslocamentos escalar e vetorial em meia volta.

S 30
S  R  30m  Vm    3,0m / s
t 10

   r 20
r  2R  20m  Vm    2,0m / s
t 10

Resposta da questão 4: [D]


Resposta da questão 5: [B]

I - B  A F  0 F  A B

II - F  B  A  0  F  A  B

III – igual ao I

IV - A  F  B  0  F  A  B

Resposta da questão 6: [E]

Resposta da questão 7: [D]

Resposta da questão 8: [A]

CINEMÁTICA – MOVIMENTOS UNIFORME E UNIFORMEMENTE VARIADO


Questão 01)

O gráfico da figura mostra a posição em função do tempo de uma pessoa que passeia em um parque.
Calcule a velocidade média em m/s desta pessoa durante todo o passeio, expressando o resultado com o
número de algarismos significativos apropriados.

a) 0,50
b) 1,25
c) 1,50
d) 1,70
e) 4,00
Questão 02)

Na Astronomia, o Ano-luz é definido como a distância percorrida pela luz no vácuo em um ano. Já o
nanômetro, igual a 1,010–9 m, é utilizado para medir distâncias entre objetos na Nanotecnologia.
Considerando que a velocidade da luz no vácuo é igual a 3,0108 m/s e que um ano possui 365 dias ou
3,2107 s, podemos dizer que um Ano-luz em nanômetros é igual a:

a) 9,61024
b) 9,61015
c) 9,61012
d) 9,6106
e) 9,610–9

Questão 03)

Um automóvel vai de P até Q, com velocidade escalar média de 20 m/s e, em seguida, de Q até R, com
velocidade escalar média de 10 m/s. A distância entre P e Q vale 1 km, e a distância entre Q e R, 2 km.
Qual é a velocidade escalar média em todo o percurso em m/s?

a) 15
b) 12
c) 9
d) 10
e) 20

Questão 04)

No gráfico abaixo cada ponto indica o módulo da velocidade instantânea de um atleta medida ao final
de cada quilômetro percorrido em uma maratona de 10 km. Com base nas informações contidas nesse
gráfico e considerando que o atleta partiu do repouso, analise as seguintes afirmativas:

1. O movimento do atleta é uniformemente acelerado nos primeiros 3 km.


2. Entre os quilômetros 4 e 5, o atleta pode ter se deslocado com velocidade constante.
3. As informações são insuficientes para calcular o tempo que o atleta levou para percorrer os 10 km.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente a afirmativa 1 é verdadeira.


b) Somente a afirmativa 2 é verdadeira.
c) Somente a afirmativa 3 é verdadeira.
d) Somente as afirmativas 1 e 2 são verdadeiras.
e) Somente as afirmativas 2 e 3 são verdadeiras.

Questão 05)
Um gráfico da velocidade versus tempo foi construído para o movimento retilíneo de um carro numa
pista reta. Desse gráfico, quatro estudantes deram opiniões sobre como retirar informações sobre o
movimento do carro:

Clara: A inclinação da tangente à curva no ponto observado nos dá a aceleração instantânea do carro.
Daniel: A área sob a curva entre dois instantes nos dá o deslocamento do carro.
Efigênia: Se, entre dois instantes, encontramos uma reta inclinada significa que o carro está em
movimento uniforme.
Fábio: O carro possui movimento uniformemente variado entre dois instantes em que aparece uma
curva parabólica.

Fizeram afirmações fisicamente corretas os estudantes:

a) Clara e Efigênia.
b) Efigênia e Fábio.
c) Daniel e Fábio.
d) Clara e Daniel.

Questão 06)

Um estudante analisa o movimento de uma particula uniformemente acelerada. Ao iniciar seu


cronômetro, a particula está na posicao x =1,0 m e tem velocidade nula. Ele comeca a fazer uma tabela
dos valores medidos, como mostrado abaixo. Qual e o valor, em metros, para a posicao da particula em t
= 2,0 s?

t (s) x (m)
1,0 2,0
2,0 ?

a) 8,0
b) 5,0
c) 4,0
d) 6,0
e) 3,0

Questão 07)

Em um dado instante t, dois móveis, A e B, estão separados por uma distância de 10 m (veja a figura).
Os móveis estão viajando na mesma direção e sentido (para a direita), com velocidades constantes, de
módulos VA = 7 m/s e VB = 2 m/s, respectivamente. Considerando apenas essas informações, é
CORRETO afirmar:

a) Após 2 segundos A encontra B.


b) A irá ficar 3 m atrás de B em 1 segundo.
c) A ultrapassa B somente após percorrer 20 m.
d) Após 4 segundos, a distância entre A e B será de 8 m.

Questão 08)

Sobre os conceitos de cinemática, assinale o que for correto.


01. Diz-se que um corpo está em movimento, em relação àquele que o vê, quando a posição desse
corpo está mudando com o decorrer do tempo.
02. Um corpo não pode estar em movimento em relação a um observador e estar em repouso em
relação aoutro observador.
04. A distância percorrida por um corpo é obtida multiplicando-se a velocidade do corpo pelo intervalo
de tempo gasto no percurso, para um corpo em movimento uniforme.
08. A aceleração média de um corpo é dada pela razão entre a variação da velocidade do corpo e o
intervalo de tempo decorrido.
16. O gráfico da velocidade em função do tempo é uma reta paralela ao eixo dos tempos, para um corpo
descrevendo um movimento uniforme.

Questão 09)

De duas cidades A e B, separadas por 300 km, partem dois carros no mesmo instante e na mesma
direção, porém em sentidos opostos, conforme a figura a seguir. Os dois carros estão em movimento
retilíneo uniforme. O carro da cidade A parte com velocidade inicial de 20 m/s; o carro da cidade B, 30
m/s. A distância da cidade A, quando os dois carros se cruzam, é?

a) 100 km
b) 120 km
c) 150 km
d) 180 km
e) 200 km

Questão 10)

O gráfico abaixo representa a variação de velocidade de um objeto em função do tempo.

Com base nas informações do gráfico afirma-se:

I. Durante o intervalo de 40 s a 60 s o objeto descreve um movimento retilíneo uniforme.


II. No intervalo de 30 s a 40 s são percorridos 250 m.
III. A aceleração no intervalo de 10 s a 30 s e de 1m/s2.

Assinale as afirmativas CORRETAS:

a) I.
b) II.
c) III.
d) I e III.
e) I e II.

Questão 11)

Um carro desce uma ladeira retilínea com aceleração constante. Sabe-se que devido a um problema
mecânico, pinga óleo do motor deste carro em intervalos de tempo iguais. Que alternativa melhor
representa as quatro primeiras marcas de óleo deixadas pelo carro?

a)

b)

c)

d)

e)

Questão 12)

Carlos pratica caminhada. Segundo ele, sua velocidade é de 3500 m/h, velocidade aferida com um
relógio que adianta exatos um minuto e 40 segundos por hora. Julieta, amiga de Carlos, também pratica
a caminhada e diz que sua velocidade é de 3330 m/h, velocidade medida com um relógio que atrasa
exatos um minuto e 40 segundos por hora. Os dois amigos resolveram caminhar partindo juntos do
mesmo local, na mesma direção e sentido. Cada um manteve a sua velocidade costumeira. Após uma
hora, marcada em um relógio preciso, Julieta estará

a) atrás de Carlos em 360 metros.


b) atrás de Carlos em 240 metros.
c) junto com Carlos.
d) adiante de Carlos em 240 metros.
e) adiante de Carlos em 360 metros.

Questão 13)

O crescimento em altura de uma determinada espécie de árvore, a partir do plantio, pode ser modelado
pela equação

h = at2 ,

em que h é a altura expressa em metros, a = 0,2 m/ano2 é uma constante e t é o tempo em anos.

Passados 5 anos do plantio de uma dessas árvores, um fruto se desprende do ponto mais alto de sua
copa. Neste caso, o intervalo de tempo que o fruto levará para atingir o solo, em segundos, é igual a:

Dado: aceleração da gravidade g = 10 m/s2

a) 1
b) 2
c) 3
d) 4
e) 5
Questão 14)

Um turista está sendo perseguido por um lobo furioso. O turista então corre até seu carro, buscando
entrar no veículo e se proteger do animal. A velocidade média do turista pode ser considerada 4,0m/s,
enquanto o lobo se movimenta com velocidade 6,0m/s. Num determinado instante, o turista está a uma
distância D do seu carro, e o lobo se encontra 26m atrás do turista. Sabendo que o turista alcança o carro
com segurança, o máximo valor da distância D é, aproximadamente, igual a:

a) 60m
b) 38m
c) 50m
d) 42m
e) 55m

Questão 15)

Ano-luz é uma unidade de distância que mede a distância percorrida pela luz em um ano. Uma nave que
viaja com 2/5 da velocidade da luz levará então o seguinte tempo para percorrer uma distância de 4
anos-luz:

a) 2 anos;
b) 4 anos;
c) 5 anos;
d) 10 anos;
e) 20 anos.

Questão 16)

Leia o texto a seguir.

"A observação foi feita por físicos do Opera, um dos experimentos em andamento no Centro
Europeu de Pesquisas Nucleares (Cern), localizado entre a Suíça e França. Eles lançaram os neutrinos
do Cern em direção ao Laboratório Nacional Gran Sasso, na Itália.
Ao percorrer a distância de 730 km por baixo da terra, essas partículas chegaram ao seu destino
60 nanossegundos (ou 60 bilionésimos de segundo) antes do que deveriam ter chegado caso tivessem
respeitado o limite da velocidade da luz.
Os resultados foram recebidos com bastante ceticismo pela comunidade científica internacional.
Afinal, está em jogo uma teoria que vem sendo confirmada por evidências há mais de cem anos. E,
menos de um dia depois do anúncio, já se pode ver na internet uma ‗chuva‘ de críticas aos
pesquisadores e à forma como os resultados foram divulgados. As reações têm sido, em muitos casos,
bastante acaloradas".
(Adaptado de: <http://cienciahoje.uol.com.br/blogues/bussola/2011/09/
sobre-neutrinos-ciencia-e-sua-divulgacao>. Acesso em: 7 out. 2011)

Suponha que um feixe de luz e um feixe desses neutrinos partam do Cern em um mesmo instante. Com
auxílio das informações desse texto, calcule a que distância do Laboratório Nacional de Gran Sasso
estará o feixe de luz no momento em que o feixe de neutrinos for detectado, considere a velocidade da
luz nessa trajetória como sendo 300.000 km/s.

a) 4,5 m
b) 18 m
c) 1,2 km
d) 1,8 km
e) 18 km
Questão 17)

Um carro deslocou-se por uma trajetória retilínea e o gráfico qualitativo de sua velocidade (v), em
função do tempo (t), está representado na figura.

Analisando o gráfico, conclui-se corretamente que

a) o carro deslocou-se em movimento uniforme nos trechos I e III, permanecendo em repouso no


trecho II.
b) o carro deslocou-se em movimento uniformemente variado nos trechos I e III, e em movimento
uniforme no trecho II.
c) o deslocamento do carro ocorreu com aceleração variável nos trechos I e III, permanecendo
constante no trecho II.
d) a aceleração do carro aumentou no trecho I, permaneceu constante no trecho II e diminuiu no trecho
III.
e) o movimento do carro foi progressivo e acelerado no trecho I, progressivo e uniforme no trecho II,
mas foi retrógrado e retardado no trecho III.

Questão 18)

O jamaicano Usain Bolt, durante as Olimpíadas de 2012 em Londres, bateu o recorde olímpico da prova
dos 100 metros rasos atingindo a marca dos 9,63 segundos. Durante a fase de aceleração, ele conseguiu
atingir, aproximadamente, a máxima velocidade de 44,28 km/h (12,3 m/s) durante os 6 primeiros
segundos. A seguir, o gráfico da velocidade pelo tempo registra esse feito.

De acordo com o gráfico, pode-se afirmar que a aceleração média de Usain Bolt, durante os primeiros 6
segundos, foi, em m/s2, de

a) 2,05.
b) 2,50.
c) 3,05.
d) 4,50.
e) 5,10.

Questão 19)

Analise as alternativas abaixo e assinale o que for correto.

01. O gráfico da velocidade em função do tempo, para um móvel descrevendo um Movimento


Retilíneo e Uniforme, é uma reta paralela ao eixo dos tempos.
02. O gráfico da posição em função do tempo, para um móvel descrevendo um movimento Retilíneo e
Uniforme, é uma reta, e o coeficiente angular dessa reta fornece a velocidade do móvel.
04. O gráfico do espaço percorrido em função do tempo é uma reta para um móvel que realiza um
Movimento Uniforme qualquer.
08. O espaço percorrido por um móvel, em um dado intervalo de tempo, pode ser obtido calculando-se
a “área sob a curva” do gráfico da velocidade em função do tempo, para aquele dado intervalo de
tempo.
16. O gráfico da velocidade em função do tempo, para um móvel descrevendo um Movimento
Retilíneo Uniformemente Variado, é uma parábola.

Questão 20)

A posição de um móvel, deslocando-se em linha reta, varia com o tempo na forma x(t) = 5 + 10t – 2t2 ,
com x dado em metros e t em segundos. Com base nessas informações, analise as alternativas abaixo e
assinale o que for correto.

01. A aceleração do móvel é negativa.


02. No instante t = 2,5 s, a velocidade do móvel é nula.
04. Entre os instantes t = 0 s e t = 5 s, o deslocamento é nulo.
08. Após t = 2,5 s, o móvel desloca-se em sentido oposto ao inicial.
16. O gráfico da velocidade do móvel em função do tempo é uma parábola com concavidade para
baixo.

Questão 21)

O gráfico mostra, aproximadamente, as velocidades do centro de massa de um paraquedista que salta,


caindo inicialmente em queda livre e, em seguida, aciona o paraquedas até pousar no solo.

A velocidade média do centro de massa do paraquedista, em m/s, é aproximadamente, igual a

a) 29
b) 27
c) 25
d) 22
e) 20

Questão 22)

O gráfico a seguir representa o movimento retilíneo de um automóvel que se move com aceleração
constante durante todo o intervalo de tempo.
A distância de maior aproximação do automóvel com a origem do sistema de coordenadas, sua
velocidade inicial e sua aceleração são, respectivamente,

a) 3,75 m, -2,5 m/s e 1,25 m/s2.


b) 3,75 m, -2,5 m/s e 2,50 m/s2.
c) 3,75 m, -10 m/s e -1,25 m/s2.
d) 5,00 m, 10 m/s e 1,25 m/s2.
e) 5,00 m, 2,5 m/s e 2,50 m/s2.

Questão 23)

O gráfico a seguir apresenta as posições de um móvel em função do tempo. Suponha uma trajetória
retilínea e que qualquer variação de velocidade ocorra de maneira constante.

Com base no enunciado e nos três gráficos abaixo, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).

01. Entre os instantes 2,0 s e 3,0 s o móvel possui um movimento retardado, e entre os instantes 5,0 s e 6,0 s possui movimento
acelerado.
02. Entre os instantes 3,0 s e 5,0 s o móvel está com velocidade constante e não nula.
04. O gráfico 1 corresponde corretamente ao comportamento das acelerações em função do tempo para o móvel em questão.
08. O gráfico 2 corresponde corretamente ao comportamento das acelerações em função do tempo para o móvel em questão.
16. A distância percorrida pelo móvel entre os instantes 3,0 s e 5,0 s é de 5,0 m, e entre os instantes 6,0 s e 7,0 s é de 3,0 m.
32. A velocidade média entre os instantes 0,0 s e 7,0 s é de 1,5 m/s.
64. O gráfico 3 corresponde corretamente ao comportamento das velocidades em função do tempo para o móvel em questão.

Questão 24)

A figura ilustra o gráfico da velocidade em função do tempo para um carro em movimento.


Qual a distância total percorrida, em quilômetros, pelo carro, após 45 minutos?

a) 10
b) 40
c) 50
d) 60
e) 70

Questão 25)

O gráfico da velocidade em função do tempo (em unidades arbitrárias), associado ao movimento de um


ponto material ao longo do eixo x, é mostrado na figura abaixo.

Assinale a alternativa que contém o gráfico que representa a aceleração em função do tempo
correspondente ao movimento do ponto material.

a)

b)

c)
d)

e)

Questão 26)

Leia a notícia a seguir:

“O austríaco Felix Baumgartner se tornou ontem o primeiro humano a quebrar a barreira do som em
queda livre, em um salto realizado a partir da estratosfera.
No que se tornou o mais veloz evento desse tipo, o paraquedista atingiu o máximo de 1 342 km/h nos 4
minutos e 20 segundos antes da abertura do paraquedas”.

(Folha de S.Paulo, 15.10.2012)

Admitindo-se que o paraquedista caiu em movimento retilíneo uniformemente variado, e que estava em
repouso no instante da queda, a aceleração a que estava submetido até a abertura do paraquedas tinha o
valor aproximado, em m/s2, de

a) 1,4.
b) 2,8.
c) 3,6.
d) 5,2.
e) 9,8.

Questão 27)

Uma partícula desloca-se ao longo de uma linha reta horizontal (ver figura abaixo), cuja posição
instantânea é dada pela função horária: x(t) = 1,0 + 4,0t + 3,0t2, onde a posição x está em metro e o
tempo t em segundo. A velocidade instantânea e a aceleração da partícula no instante de tempo t = 2,0
segundos serão, respectivamente:

a) 1,0 m/s e 10,0 m/s2


b) 3,0 m/s e 9,0 m/s2
c) 6,0 m/s e 12,0 m/s2
d) 16,0 m/s e 6,0 m/s2
e) 4,0 m/s e 10,0 m/s2

Questão 28)
As fábricas que produzem gasolina, óleo diesel e combustível para jatos são enormes aglomerados de
dutos de aço e tanques que consomem quantidades prodigiosas de energia, liberam vapores tóxicos e
funcionam com base em um recurso finito: petróleo. Mas elas poderão ser microscópicas e talvez
alimentadas pelo lixo que nos cerca por toda a parte — o papel, madeiras descartáveis de um projeto de
construção, ou as folhas e o que rastelou do gramado dos jardins. Quando plantas captam energia do Sol
transformam essa energia em energia química, que fica armazenada nos açúcares das partes lenhosas.
Pesquisadores estão descobrindo meios de extrair os açúcares dessas “fontes celulósicas” e os
transformar em etanol.
Cientistas e engenheiros esperam produzir substâncias químicas mais úteis diretamente desses açúcares.
Em julho de 2011, cientistas de uma empresa, na Califórnia, informaram ter modificado a bactéria
Escherichia coli para permitir que os organismos transformassem açúcares em alcanos. Com mais
algumas modificações no genoma, o combustível no tanque de seu carro poderá até provir de açúcares
extraídos de um monte de sucata. (WALD, 2011, p. 86).
WALD, Mathew. Combustível de lixo. Scientific American Brasil.
São Paulo: Duetto, ano 8, n. 4, jan. 2011.

Uma equipe de engenheiros britânicos criou o Bio-Bug, um carro ecológico que usa gás metano extraído
de lixo orgânico e de dejetos humanos, como combustível. O “Bio-Bug” é um New Beetle adaptado e
pode alcançar uma velocidade máxima de 183km/h.
UMA EQUIPE de engenheiros britânicos Disponível em:
<http://www.batelli.com.br/news/carro-que-usa-lixo-como-combus tivel-chega-a-183-km-h-259>.
Acesso em: 04 nov. 2012.

Considerando-se o módulo da aceleração igual a 2,0m/s2, a velocidade média do carro, ao longo do


percurso, até atingir a velocidade máxima é, aproximadamente, em m/s, igual a

01. 5,0
02. 10,0
03. 12,0
04. 20,0
05. 25,0

Questão 29)

Para garantir a segurança no trânsito, deve-se reduzir a velocidade de um veículo em dias de chuva,
senão vejamos: um veículo em uma pista reta, asfaltada e seca, movendo-se com velocidade de módulo
36 km/h (10 m/s) é freado e desloca-se 5,0 m até parar. Nas mesmas circunstâncias, só que com a pista
molhada sob chuva, necessita de 1,0 m a mais para parar.
Considerando a mesma situação (pista seca e molhada) e agora a velocidade do veículo de módulo 108
km/h (30 m/s), a alternativa correta que indica a distância a mais para parar, em metros, com a pista
molhada em relação a pista seca é:

a) 6
b) 2
c) 1,5
d) 9

Questão 30)

Uma das causas de acidentes de trânsito é a imprudência de certos motoristas, que realizam manobras
arriscadas ou inapropriadas. Por exemplo, em uma manobra realizada em um trecho retilíneo de uma
rodovia, o motorista de um automóvel de passeio de comprimento igual a 3 m resolveu ultrapassar, de
uma só vez, uma fileira de veículos medindo 17 m de comprimento. Para realizar a manobra, o
automóvel, que se deslocava inicialmente a 90 km/h, acelerou uniformemente, ultrapassando a fileira de
veículos em um intervalo de tempo de 4 s. Supondo que a fileira tenha se mantido em movimento
retilíneo uniforme, a uma velocidade de 90 km/h, afirma-se que a velocidade do automóvel, no instante
em que a sua traseira ultrapassou completamente a fileira de veículos, era, em m/s, igual a:

a) 25
b) 30
c) 35
d) 40
e) 45

GABARITO:

1) Gab: B

2) Gab: A

3) Gab: B

4) Gab: E

5) Gab: D

6) Gab: B

7) Gab: A

8) Gab: 29

9) Gab: B

10) Gab: B

11) Gab: C

12) Gab: A

13) Gab: A

14) Gab: C

15) Gab: D
16) Gab: B

17) Gab: B

18) Gab: A

19) Gab: 15

20) Gab: 15

21) Gab: D

22) Gab: B

23) Gab: 69

24) Gab: C

25) Gab: A

26) Gab: A

27) Gab: D

28) Gab: 05

29) Gab: D

30) Gab: C

CINEMÁTICA – LANÇAMENTO VERTICAL, QUEDA LIVRE E COMPOSIÇÃO DE


MOVIMENTOS

Questão 01)

Uma partícula material é disparada verticalmente para cima, em um ambiente onde a resistência do ar
pode ser desprezada, retornando ao ponto de disparo após um certo intervalo de tempo. Considerando a
aceleração da gravidade constante, o gráfico que corresponde à velocidade v dessa partícula, em função
do tempo, está corretamente representado por
a)

b)

c)

d)

e)

Questão 02)

Considere um corpo de massa m caindo na direção vertical nas proximidades da Terra. Sabemos que
esse corpo está sujeito à ação gravitacional terrestre e que esta lhe imprime uma aceleração de

aproximadamente | g | 10m / s2 . Desprezando a resistência do ar e considerando que esse corpo caia a
partir do repouso em relação a um determinado referencial, é CORRETO afirmar que, após iniciar-se a
queda:

a) o corpo cai tanto mais rapidamente quanto maior for a sua massa.
b) o corpo percorre 10 m a cada segundo de queda.
c) a aceleração do corpo varia em 10 m/s2.
d) o corpo mantém velocidade constante de 10 m/s.
e) a velocidade do corpo varia em 10 m/s a cada segundo de queda.

Questão 03)

Um mágico lança um aro de metal para cima e, 1s após, assim que o aro começa a cair, ele lança outro
aro. Ao fazer o segundo lançamento, qual é a altura aproximada, em metros, do primeiro aro em relação
à mão do mágico?
Dado: g = 9,8 m/s2

a) 1,0
b) 2,4
c) 4,9
d) 9,8

Questão 04)

Uma torneira defeituosa, após ser fechada, fica “pingando” água com intervalos de tempo iguais entre
cada pingo d’água. A “boca” da torneira está a uma altura de h m do solo. No instante em que um pingo
d’água toca o solo, o quinto pingo d’água subsequente a esse é abandonado da torneira. Considerando
que cada pingo d’água é abandonado da torneira com velocidade inicial nula e desprezando o atrito com
o ar, assinale o que for correto.

01. A trajetória dos pingos d’água é retilínea.


02. O intervalo de tempo que cada pingo d’água leva para chegar ao solo (desde o instante em que ele
2h
deixa a torneira até o instante em que ele atinge o solo) é de s, em que g é a aceleração da
g
gravidade.
04. Em um dado instante de tempo, a distância entre dois pingos d’água sucessivos é a mesma.
08. A velocidade com que os pingos d’água atingem o solo é de 2gh m / s .
16. A função horária da velocidade de cada pingo d’água é uma equação de primeiro grau.

Questão 05)

A posição em função do tempo de um corpo lançado verticalmente para cima é descrita pela equação
1
h  h o  v o t  gt 2 , onde ho é a altura inicial, vo é a velocidade inicial e g é o valor da aceleração da
2
gravidade. De certo ponto, se lançam simultaneamente dois corpos com o mesmo valor de velocidade
inicial, vo = 10m/s, um verticalmente acima e outro verticalmente abaixo.
Desprezando a resistência do ar e considerando g = 10m/s2, a distância, em metros, que separa esses
dois corpos, um segundo após serem lançados é:

a) 10
b) 5
c) 20
d) 15

Questão 06)

Um paraquedista salta de uma altura de 325 m. Durante os primeiros 5,0 s, ele cai em queda livre,
praticamente sem interferência do ar; em seguida, ele abre o paraquedas e seu movimento passa a ser
uniforme, após brusca diminuição de velocidade, como indica o gráfico da velocidade, em função do
tempo.

Considere o movimento de queda vertical e retilíneo e a aceleração da gravidade de 10 m ∕s2. O tempo


total de movimento, até a chegada do paraquedista ao solo, será de

a) 20,0 s.
b) 25,0 s.
c) 28,0 s.
d) 30,0 s.
e) 35,0 s.

Questão 07)

Num acidente, o velocímetro de uma motocicleta registrava a velocidade de 72 km/h no instante


anterior à colisão. Supondo que o piloto estava à mesma velocidade que a moto no instante do acidente,
isso seria equivalente à queda livre em um prédio.

Se a distância entre um piso e outro é 2,5m, de qual andar o piloto teria de cair para alcançar tal
velocidade?

(Adote a aceleração da gravidade como 10m/s2)

a) 20º andar
b) 18º andar
c) 16º andar
d) 10º andar
e) 08º andar

Questão 08)

O gráfico abaixo representa a posição de uma pedra, lançada verticalmente para cima, em função do
tempo. Considerando a aceleração da gravidade no local do lançamento igual a 10 m/s2 e desprezando o
atrito da pedra com o ar, assinale o que for correto.

01. No instante 4 s, a pedra atinge a altura máxima e a sua aceleração é nula.


02. A altura máxima atingida pela pedra é 80m.
04. O movimento da pedra pode ser descrito pela função y = 40t – 5t2.
08. A aceleração sobre a pedra tem intensidade constante, porém o seu sentido é invertido quando a
pedra inverte o sentido do seu movimento.
16. A velocidade de lançamento da pedra é 40 m/s.

Questão 09)

Um balão está subindo a uma velocidade constante de 20 m/ s e, quando atinge 80 m de altura, deixa
cair um saco de areia. Uma pessoa que está parada no solo observa todo o movimento do saco de areia.
Qual é o gráfico que melhor representa o movimento do saco de areia, a partir do momento em que é
solto para a pessoa que está no solo? Nos gráficos abaixo, a coordenada y representa a altura do saco de
areia e t, o tempo do percurso.
Questão 10)

Um menino, na Terra, arremessa para cima uma bolinha de tênis com uma determinada velocidade
inicial e consegue um alcance vertical de 6 metros de altura. Se essa experiência fosse feita na Lua,
onde a gravidade é 6 vezes menor que a gravidade na Terra, a altura alcançada pela bolinha arremessada
com a mesma velocidade inicial seria, em metros, de

a) 1.
b) 6.
c) 36.
d) 108.
e) 216.

Questão 11)

Em 1971, no final da última caminhada na superfície da Lua, o comandante da Apollo 15, astronauta
David Scott, realizou uma demonstração ao vivo para as câmeras de televisão, deixando cair uma pena
de falcão de 0,03 kg e um martelo de alumínio de 1,32 kg. Assim ele descreveu o experimento:

Bem, na minha mão esquerda eu tenho uma pena, na minha mão direita, um martelo. Há muito tempo
atrás Galileu fez uma descoberta muito significativa sobre objetos em queda em campos gravitacionais,
e nós pensamos: que lugar seria melhor para confirmar suas descobertas do que na Lua? Eu deixarei
cair a pena e o martelo (...)

Depois de abandonados simultaneamente e da mesma altura a pena e o martelo, Scott comentou:

O que acham disso? Isso mostra que o Sr. Galileu estava correto em sua descoberta.

A descoberta de Galileu, comprovada pelo astronauta David Scott na superfície da Lua, foi de que:

a) na Lua não há gravidade e, portanto, a pena e o martelo flutuaram.


b) em queda livre, um corpo mais pesado, como o martelo, chega ao solo em menos tempo do que um
mais leve, como a pena.
c) ambos os objetos chegam juntos ao solo, pois como a gravidade lunar é desprezível, não importa
qual objeto tem maior massa.
d) na ausência de resistência do ar, o corpo mais pesado (martelo) chega primeiro ao solo, pois a
gravidade de um planeta é diretamente proporcional à massa do corpo que cai.
e) na ausência de resistência do ar, mesmo com massas diferentes, eles levam o mesmo intervalo de
tempo para chegar ao solo, pois caem com a mesma aceleração.

Questão 12)
Uma pedra é lançada verticalmente de baixo para cima no vácuo com velocidade escalar v0. Após
determinado intervalo de tempo t, a pedra retorna ao ponto de lançamento. Sobre esse evento físico,
assinale o que for correto.

01. Ao retornar ao ponto de lançamento, a velocidade vetorial da pedra será igual a v0.
02. No instante t = v0 /g, o vetor velocidade inverterá o seu sentido.
04. Ao passar por um ponto qualquer da sua trajetória, as velocidades da pedra, na subida e na descida,
têm o mesmo módulo.
08. Durante o segundo intervalo de tempo, t/2, a pedra executa um movimento progressivo acelerado.
16. No ponto h  1 gt 2 , a velocidade da pedra será nula.
8

Questão 13)

Em um local em que as forças de resistência do ar podem ser desprezadas e a aceleração da gravidade


tem intensidade g  10 m/s 2 , uma pequena esfera foi abandonada a partir do repouso, de uma altura h em
relação ao solo.
Sabendo-se que durante o último segundo de seu movimento de queda a esfera percorreu uma distância
de 35m, é possível afirmar que a velocidade, em m/s, com que ela chegou ao solo foi de

a) 10.
b) 20.
c) 25.
d) 35.
e) 40.

Questão 14)

Não há como ir ao parque temático Hopi Hari sem perceber a réplica da Torre Eiffel. Um elevador de
69,5 m de altura que transporta, em seus 20 assentos, visitantes que se dispõem a encarar a aventura de
uma queda livre. Os assentos, que sobem com velocidade constante de 5 m/s, caem em queda livre por
35 m quando a velocidade é, gradativamente, reduzida por meio de um sistema eletromagnético, até
atingir o solo. Desprezando-se as forças resistivas e considerando g = 10 m/s2, no final do trecho
percorrido em queda livre os corajosos visitantes atingem, em km/h, velocidade aproximada de

a) 95.
b) 73.
c) 37.
d) 25.
e) 18.

Questão 15)
Um foguete sobe verticalmente com aceleração constante. Logo no início de sua subida, em uma altura
em que ainda se possa considerar a aceleração da gravidade constante, uma peça se desprende e vem ao
solo em uma trajetória vertical. Considere os quatro gráficos (I, II, III e IV) na figura a seguir:

Qual dos gráficos melhor representa a componente vertical da velocidade vy(t) da peça após se
desprender do foguete e antes de tocar no solo?

Observação: Considere o uso de um sistema de referência com o eixo-y apontado verticalmente para
cima.

a) III
b) I
c) II
d) IV

Questão 16)

A imagem abaixo ilustra uma bola de ferro após ser disparada por um canhão antigo.

Desprezando-se a resistência do ar, o esquema que melhor representa as forças que atuam sobre a bola
de ferro é:

a)

b)

c)

d)

Questão 17)
Uma bola de futebol, ao ser chutada por um garoto, sai do solo com velocidade de 30,0 m/s, formando
um ângulo de 60º acima da horizontal. Desprezando a resistência do ar, a velocidade da bola no ponto
mais alto da trajetória será de

Dados:
Aceleração da gravidade no local  10m / s2 , cos60  0,5 e sen60  0,87

a) 11,1 m/s
b) 15,0 m/s
c) 18,0 m/s
d) 26,1 m/s
e) 30,2 m/s

Questão 18)

Um projétil é lançado com uma velocidade escalar inicial de 20 m/s com uma inclinação de 30º com a
horizontal, estando inicialmente a uma altura de 5,0 m em relação ao solo.

A altura máxima que o projétil atinge, em relação ao solo, medida em metros, é:


Considere a aceleração da gravidade g = 10 m/s2

a) 5,0
b) 10
c) 15
d) 20
e) 25

Questão 19)

Da murada de um castelo, a 45 m de altura do solo plano, uma flecha é lançada horizontalmente com
velocidade de 40 m/s. Despreze a resistência do ar e adote g = 10 m/s2.
O módulo da velocidade da flecha ao chegar ao solo, em m/s, e a distância horizontal percorrida pela
flecha, em m, são, respectivamente,

a) 30 e 60.
b) 30 e 80.
c) 40 e 80.
d) 50 e 90.
e) 50 e 120.

Questão 20)

A figura mostra uma série de fotografias estroboscópicas de duas esferas, A e B, de massas diferentes.
A esfera A foi abandonada em queda livre e, no mesmo instante, B foi lançada horizontalmente, com
velocidade inicial V0.
(www.fsc.ufsc.br. Adaptado.)

Considere as medidas indicadas na figura, a resistência do ar desprezível e g = 10 m/s 2. Nessas


condições, o módulo de V0, em m/s, é

a) 2,4.
b) 1,8.
c) 1,6.
d) 2,0.
e) 2,2.

Questão 21)

Em uma construção, os tijolos são arremessados do solo plano por um servente de pedreiro, para outro
que se encontra no alto e na borda do prédio, com uma velocidade inicial V0 de 10,0 m/s, formando um
ângulo  de 60º com a horizontal, conforme figura abaixo. Cada tijolo é pego pelo servente de pedreiro
no alto do prédio, 1,0 s após ser arremessado. Despreze as dimensões dos tijolos, dos serventes de
pedreiro e a resistência do ar. Adote g = 10,0 m/s2, sen60º = 0,8 e cos60º = 0,5.

A partir dessas informações, analise as proposições a seguir:

I. Os tijolos são pegos pelo servente na trajetória descendente do arremesso.


II. A distância X do arremessador ao prédio é menor do que 6,0 metros.
III. Os tijolos são pegos pelo servente ainda na trajetória ascendente.
IV. A altura do prédio, o valor de Y, é maior do que 5,0 metros.

Assinale a alternativa CORRETA:

a) São verdadeiros os itens I, II e III.


b) São verdadeiros os itens II, III e IV.
c) São verdadeiros os itens I e II.
d) São verdadeiros os itens II e III.
e) São verdadeiros os itens III e IV.

Questão 22)

Uma ousada nadadora salta, correndo e horizontalmente, do topo de um rochedo para dar um mergulho
na água. Conforme ilustra a figura abaixo, em seu salto, a nadadora deverá ultrapassar a saliência no
“pé” do rochedo, com largura de 1,6 m e localizada 9,0 m abaixo do topo, para então cair na água. As
forças de resistência do ar que atuam sobre a nadadora durante sua queda podem ser desprezadas, e o
valor da aceleração gravitacional atuante no movimento pode ser adotado igual a 10 m/s2.

Fonte: adaptado de Física para Cientistas e Engenheiros, 5 ed. LTC: 2006.

Dentre as alternativas abaixo, aquela que indica o menor valor da velocidade v0, para que a nadadora
consiga ultrapassar a saliência e atingir a água, é:

a) 0,8 m/s
b) 1,3 m/s
c) 1,9 m/s
d) 1,0 m/s
e) 2,1 m/s

TEXTO: 1 - Comum à questão: 23

Informações:
g = 10 m/s2
Densidade da água: 1,0  103 kg/m3
Calor latente de fusão do gelo: 105 cal/kg.
=3

Questão 23)

A invasão francesa do Rio de Janeiro em 1711 demonstrou a precariedade da defesa da Baía da


Guanabara baseada em uso de canhões. A eficiência dessas armas era muito limitada e questionada:

Um experimento sobre a eficiência das bocas de fogo, em tiros de longo alcance, feito em 1729 pelo
engenheiro militar português Manoel de Azevedo Fortes (1660 – 1749), levou-o a concluir: “Com armas
de fogo se atira longe, e sem pontaria certa; e assim a maior parte das balas não faz efeito algum.” Outro
engenheiro militar do mesmo período, José Fernandes Pinto Alpoim (1700 – 1765), confirmava a
opinião de Fortes, afirmando que a imprevisibilidade tornava sem utilidade as tabelas de alcance usadas
então pelos artilheiros.
MARTINS, Ricardo Vieira. A invasão francesa em 1711 e o despreparo da artilharia portuguesa.
Ciência Hoje, v.43, n.257, mar.2009, p.35.

As dificuldades apontadas pelos engenheiros militares do século XVIII podem estar relacionadas,
EXCETO, com

a) a atuação da resistência do ar sobre o alcance do projétil.


b) a relação entre o alcance e o peso do projétil.
c) o fato de que apenas mantida a inclinação do canhão e o poder de fogo, não se pode garantir a
precisão das tabelas de alcance em quaisquer condições de tiro.
d) as variações da aceleração do projétil.
e) o fato de o alcance, independentemente da presença do ar, ser sempre o máximo possível para a
inclinação do canhão igual a 45°.

TEXTO: 2 - Comum à questão: 24

OBSERVAÇÃO: Nas questões em que for necessário, adote para g, aceleração da gravidade na
superfície da Terra, o valor de 10 m/s2; para c, velocidade da luz no vácuo, o valor de 3 × 108 m/s.

Questão 24)

Numa filmagem, no exato instante em que um caminhão passa por uma marca no chão, um dublê se
larga de um viaduto para cair dentro de sua caçamba. A velocidade v do caminhão é constante e o dublê
inicia sua queda a partir do repouso, de uma altura de 5 m da caçamba, que tem 6 m de comprimento. A
velocidade ideal do caminhão é aquela em que o dublê cai bem no centro da caçamba, mas a velocidade
real v do caminhão poderá ser diferente e ele cairá mais à frente ou mais atrás do centro da caçamba.
Para que o dublê caia dentro da caçamba, v pode diferir da velocidade ideal, em módulo, no máximo:

a) 1 m/s.
b) 3 m/s.
c) 5 m/s.
d) 7 m/s.
e) 9 m/s.

Questão 25)
  
Os vetores a , b e c representam, em instantes diferentes, grandezas cinemáticas características do
 
movimento de um projétil. Sabendo-se que os vetores a e b permanecem constantes durante a trajetória

e que o vetor c é nulo no ponto mais alto da trajetória, e considerando-se desprezível o efeito da
resistência do ar durante toda a trajetória, pode-se afirmar que o par de vetores que está corretamente
identificado é:


a) a

– componente horizontal da velocidade,
b – componente vertical da velocidade.

b) b – aceleração,

c

– componente vertical da velocidade.
c) b – componente normal da aceleração,

c – componente vertical da velocidade.

d) a

– componente tangencial da aceleração,
b – aceleração.

e) a – componente horizontal da velocidade,

c – componente normal da aceleração.

Questão 26)
Para conseguir uma melhor marca numa competição de lançamento de peso, o atleta deve efetuar o
arremesso de tal forma que o peso saia de suas mãos com a maior ___________, formando um ângulo de
_______ com a horizontal, para cima.
A alternativa que completa o enunciado acima, em seqüência, é:
a) velocidade e 45
b) aceleração e 30
c) força e 45
d) velocidade e 30
e) aceleração e 45

Questão 27)

Um estudante resolveu saltar de um ônibus em movimento (não faça isso!) em uma estrada retilínea
quando esse estava com velocidade de módulo 3,0 m/s (10,8 km/h). Sua intenção era tocar o solo na
base de uma árvore que estava a 1,6 m de distância do ônibus em uma direção perpendicular a estrada.
Para conseguir seu objetivo, saltou horizontalmente na direção da árvore com velocidade de módulo 4
m/s, quando observou que ela estava na frente da porta do ônibus (ele estava parado na porta). Após o
início do salto demorou 0,4s para tocar o solo.
Desprezando a resistência do ar e considerando a porta do ônibus em uma altura de 0,8 m do solo,
marque com V as afirmações verdadeiras e com F as falsas.

( ) O estudante não vai conseguir saltar na base da árvore.


( ) O módulo da velocidade inicial do estudante imediatamente após o salto foi de 5 m/s.
( ) O estudante consegue saltar na base da árvore.
( ) O módulo da velocidade inicial do estudante imediatamente após o salto foi de 4 m/s.
( ) Como o ônibus está em um movimento retilíneo, o estudante não está sujeito ao princípio da
inércia.

A sequência correta, de cima para baixo, é:

a) V-V-F-F-F
b) F-F-V-V-V
c) F-V-V-V-F
d) V-V-F-F-V

Questão 28)

Considere um rio de margens paralelas, cuja distância entre as margens é de 140 m. A velocidade da
água em relação às margens é de 20 m/s. Um bote cuja velocidade em relação à água é 10 m/s atravessa
o rio de uma margem à outra no menor tempo possível. Assinale a alternativa que corresponde a este
tempo em segundos.
a) 6,36
b) 12,36
c) 13
d) 14
e) 14,36

Questão 29)

Considere um grande navio, tipo transatlântico, movendo-se em linha reta e com velocidade constante
(velocidade de cruzeiro). Em seu interior, existe um salão de jogos climatizado e nele uma mesa de
pingue-pongue orientada paralelamente ao comprimento do navio. Dois jovens resolvem jogar pingue-
pongue, mas discordam sobre quem deve ficar de frente ou de costas para o sentido do deslocamento do
navio. Segundo um deles, tal escolha influenciaria no resultado do jogo, pois o movimento do navio
afetaria o movimento relativo da bolinha de pingue-pongue.
Nesse contexto, de acordo com as Leis da Física, pode-se afirmar que

a) a discussão não é pertinente, pois, no caso, o navio se comporta como um referencial não inercial,
não afetando o movimento da bola.
b) a discussão é pertinente, pois, no caso, o navio se comporta como um referencial não inercial, não
afetando o movimento da bola.
c) a discussão é pertinente, pois, no caso, o navio se comporta como um referencial inercial, afetando
o movimento da bola.
d) a discussão não é pertinente, pois, no caso, o navio se comporta como um referencial inercial, não
afetando o movimento da bola.

Questão 30)

Dentro do vagão de uma locomotiva, está um garoto que joga verticalmente para cima uma bola de tênis.
Após atingir a altura máxima, a bola retorna à sua mão. A locomotiva se move com velocidade constante
V, em relação a uma plataforma fixa. Na plataforma, estão dois observadores, A e B. O observador A
está parado sobre a plataforma, enquanto que o observador B se move com a mesma velocidade
constante V da locomotiva. Despreze a resistência do ar e assinale o que for correto.

01. O garoto e o observador A veem a bola descrever a mesma trajetória.


02. O garoto e o observador B veem a bola descrever a mesma trajetória.
04. Os observadores A e B veem a bola descrever a mesma trajetória.
08. O observador A vê a bola descrever uma trajetória parabólica.
16. O observador B vê a bola descrever uma trajetória parabólica.

Questão 31)

Um barco leva 10 horas para subir e 4 horas para descer um mesmo trecho do rio Amazonas, mantendo
constante o módulo de sua velocidade em relação à água. Quanto tempo o barco leva para descer esse
trecho com os motores desligados?

a) 14 horas e 30 minutos
b) 13 horas e 20 minutos
c) 7 horas e 20 minutos
d) 10 horas
e) Não é possível resolver porque não foi dada a distância percorrida pelo barco.

Questão 32)
Um barco atravessa o Rio Negro de 5.000 m de largura, movendo-se perpendicularmente à margem, com
uma velocidade de aproximadamente 20 m/s. A correnteza arrasta o barco de 1.500 m rio abaixo. Qual a
velocidade média da correnteza?

a) 6,0 m/s
b) 60 m/s
c) 20 m/s
d) 8 m/s
e) 7,5 m/s

Questão 33)

Sabendo que e as velocidades V a , V b e V c das respectivas canoas a, b e c em relação à água têm o


mesmo módulo e que a velocidade da água em relação à margem é V , assinale o que for correto.

01. Se partiram juntas, a canoa a atinge o lado oposto do rio antes da canoa b.
02. Para atravessar o rio, a canoa a percorre um espaço menor que a canoa b.
04. O módulo da velocidade resultante da canoa a é maior que o módulo da velocidade resultante da
canoa b.
08. O módulo da velocidade resultante da canoa b é maior que o módulo da velocidade resultante da
canoa c.
16. Para atravessar o rio, a canoa b percorre um espaço menor que a canoa c.

Questão 34)

Um carro move-se com velocidade constante de 60 km/h. Começa a chover e o motorista observa que as
gotas de água da chuva caem formando um ângulo de 30º com a vertical. Considerando que, em relação
à Terra, as gotas caem verticalmente, qual a velocidade em que as gotas de água caem em relação ao
carro?
a) 30 3 km/h
b) 60 km/h.
c) 120 km/h.
d) 30 km/h.
e) nenhuma das respostas anteriores.
Questão 35)

A figura representa uma roda que rola sem deslizar sobre o solo plano horizontal.
C

Se o eixo da roda se transitada com velocidade constante de intensidade 50m/s, que alternativa
apresenta os valores mais próximos das intensidades das velocidades dos pontos A, B e C em relação ao
solo, no instante considerado?
Ponto A Ponto B Ponto C
a) 50m/s 50m/s 50m/s
b) zero 70m/s 100m/s
c) zero 50m/s 100m/s
d) 25m/s 30m/s 50m/s
e) 100m/s 100m/s 100m/s

GABARITO:

1) Gab: C

2) Gab: E

3) Gab: C

4) Gab: 27

5) Gab: C

6) Gab: B

7) Gab: E

8) Gab: 22

9) Gab: B

10) Gab: C

11) Gab: E
12) Gab: 22

13) Gab: E

14) Gab: A

15) Gab: D

16) Gab: A

17) Gab: B

18) Gab: B

19) Gab: E

20) Gab: D

21) Gab: C

22) Gab: B

23) Gab: E

24) Gab: B

25) Gab: B

26) Gab: A

27) Gab: A

28) Gab: D

29) Gab: D
30) Gab: 10

31) Gab: B

32) Gab: A

33) Gab: 18

34) Gab: C

35) Gab: B

CINEMÁTICA – MOVIMENTO CIRCULAR E UNIFORME

Questão 01)

O dispositivo abaixo foi utilizado por uma pessoa para retirar a água de um poço. Consiste de um
sistema que apresenta acoplamento de polias. Considere que o motor está ligado a uma polia (A) de raio
5 cm e frequência de 10 hertz. A polia (A) está ligada, por meio de uma correia a um eixo (B), de raio
10 cm que pertence a um cilindro (C), de raio 30 cm.

Desprezando os atritos e considerando os dados acima, assinale a alternativa correta que representa a
distância, em metros, percorrida pelo balde, em 3 s de movimento do motor, que possui velocidade
linear de módulo constante.
Dado: ( = 3)

a) 27
b) 15
c) 17
d) 32

Questão 02)

A roda dentada acoplada aos pedais de uma bicicleta possui 49 dentes. Essa roda está ligada, por meio
de uma corrente, a uma outra roda dentada, acoplada à roda traseira da bicicleta, e que possui 21 dentes.
Desconsiderando qualquer tipo de deslizamento do pneu da bicicleta no chão e considerando apenas o
movimento da bicicleta gerado pelas pedaladas, uma pessoa que pedalar o suficiente para que a roda
dentada acoplada aos pedais gire 6 voltas completas, fará com que a bicicleta, cujas rodas têm
comprimento aproximado de 1,8 m, percorra a distância, em metros, de, aproximadamente,
a) 6.
b) 15.
c) 20.
d) 25.
e) 32.

Questão 03)

Na história bíblica de Davi e Golias, o pastor Davi, de porte físico pequeno, diante do gigante guerreiro
Golias, derrotouo usando uma funda, instrumento caracterizado por um arranjo adequado de cordas ou
tiras, no qual gira-se uma pedra até que ela adquira velocidade tangencial suficiente para atingir o alvo,
provocando forte impacto. Supondo que Davi tenha usado uma funda que girava uma pedra num raio de
0,5 m e a pedra, depois de solta, tenha atingido a face de Golias com velocidade de 5 m/s, qual era a
aceleração centrípeta da pedra?

a) 0,25 m/s2
b) 2,50 m/s2
c) 25,0 m/s2
d) 50,0 m/s2
e) 500,0 m/s2

Questão 04)

O Blu-Ray Disc, que é uma evolução do DVD, representa considerável evolução no armazenamento de
dados, principalmente para filmes em alta definição. A principal diferença entre os formatos está no
laser usado para gravar e ler os dados armazenados. Enquanto o DVD usa um laser de comprimento de
onda de 650nm o Blu-Ray usa um laser de comprimento de onda de 405 nm. O disco ou a midia de
armazenamento de dados do Blu-Ray tem um diâmetro de 12 cm. A taxa de transferência de dados do
disco para o leitor é função da rotação do disco, que deve ser variável para garantir que esta taxa de
transferência seja constante. Admitindo que os dados são armazenados do centro para a borda do disco,
qual deve ser a relação entre as velocidades lineares e angulares do centro para a borda do disco?

Assinale a alternativa CORRETA.

a) vcentro > vborda; centro > borda.


b) vcentro < vborda; centro > borda.
c) vcentro = vborda; centro > borda.
d) vcentro = vborda; centro < borda.
e) vcentro = vborda; centro = borda.

Questão 05)

A figura representa um tipo específico de engrenagens, denominado trem de engrenagens planetárias,


utilizado quando se necessita que a rotação de entrada gire no mesmo sentido da rotação de saída.

Disponível em: <http://carros.hsw.uol.com.br/relacao-de-marchas4.htm>


Acesso em: 25 jun. 2013.
Sabendo-se que o diâmetro da engrenagem maior é seis vezes o diâmetro da engrenagem menor, é
correto afirmar que, quando o eixo de um motor, que gira com frequência f, for introduzido no centro da
engrenagem maior, a frequência de rotação da engrenagem menor será igual a

a) f
b) 3f
c) 6f
d) 12f
e) 24f

Questão 06)

O escalpelamento é um grave acidente que ocorre nas pequenas embarcações que fazem transporte de
ribeirinhos nos rios da Amazônia. O acidente ocorre quando fios de cabelos longos são presos ao eixo
desprotegido do motor. As vitimas são mulheres e crianças que acabam tendo o couro cabeludo
arrancado. Um barco típico que trafega nos rios da Amazônia, conhecido como “rabeta”, possui um
motor com um eixo de 80mm de diâmetro, e este motor, quando em operação, executa 3000rpm.

Considerando que, nesta situação de escalpeamento, há um fio ideal que não estica e não desliza preso
ao eixo do motor e que o tempo médio da reação humana seja de 0,8s (necessário para um condutor
desligar o motor), é correto afirmar que o comprimento deste fio que se enrola sobre o eixo do motor,
neste intervalo de tempo, é de:

a) 602,8 m
b) 96,0 m
c) 30,0 m
d) 20,0 m
e) 10,0 m

Questão 07)

Um ciclista movimenta-se com sua bicicleta em linha reta a uma velocidade constante de 18 km/h. O
pneu, devidamente montado na roda, possui diâmetro igual a 70 cm. No centro da roda traseira, presa ao
eixo, há uma roda dentada de diâmetro 7,0 cm. Junto ao pedal e preso ao seu eixo há outra roda dentada
de diâmetro 20 cm. As duas rodas dentadas estão unidas por uma corrente, conforme mostra a figura.
Não há deslizamento entre a corrente e as rodas dentadas. Supondo que o ciclista imprima aos pedais
um movimento circular uniforme, assinale a alternativa correta para o número de voltas por minuto que
ele impõe aos pedais durante esse movimento. Nesta questão, considere  = 3.

a) 0,25 rpm.
b) 2,50 rpm.
c) 5,00 rpm.
d) 25,0 rpm.
e) 50,0 rpm.

Questão 08)

Lucas foi presenteado com um ventilador que, 20s após ser ligado, atinge uma frequência de 300rpm em
um movimento uniformemente acelerado. O espírito científico de Lucas o fez se perguntar qual seria o
número de voltas efetuadas pelas pás do ventilador durante esse intervalo de tempo. Usando seus
conhecimentos de Física, ele encontrou

a) 300 voltas
b) 900 voltas
c) 18000 voltas
d) 50 voltas
e) 6000 voltas

Questão 09)

A figura representa uma parte de um toca-discos que opera nas frequências de 33rpm, 45rpm e 78rpm.
Uma peça metálica, cilíndrica C, apresentando três regiões I, II e III de raios, respectivamente, iguais a
R1, R2 e R3, que gira no sentido indicado, acoplada ao eixo de um motor. Um disco rígido de borracha
D, de raio RD, entra em contato com uma das regiões da peça C, adquirindo, assim, um movimento de
rotação. Esse disco também está em contato com o prato P, sobre o qual é colocado o disco fonográfico.
Quando se aciona o comando para passar de uma frequência para outra, o disco D desloca-se para cima
ou para baixo, entrando em contato com outra região da peça C.

DOCA, Ricardo Helou. Tópicos de Física, São Paulo: Saraiva, 2007. v. 1, Mecânica, p 86.

A análise da figura, com base nos conhecimentos sobre movimento circular uniforme, permite afirmar:

01. A velocidade linear de um ponto periférico da região I, do cilindro C, é igual a 2,6R1 cm/s, com
raio medido em cm.
02. A peça C e o disco D realizam movimentos de rotação com a mesma velocidade angular.
03. O disco D e o prato P executam movimentos de rotação com a mesma frequência.
04. Todos os pontos periféricos da peça C têm a mesma velocidade linear.
05. A frequência do disco D é igual a 0,75R2/RD.

Questão 10)

As bicicletas do fim do século XIX alcançavam uma velocidade escalar média de 20 km/h. Sua grande
roda dianteira, de 60 polegadas ou aproximadamente 150 cm, fazia dela a máquina de propulsão
humana mais rápida até então fabricada. Como os pedais são fixos ao eixo da roda, quanto maior o
diâmetro da roda, maior é a distância percorrida em cada giro, portanto, maior a velocidade alcançada
em cada pedalada.
Considerando que o diâmetro da roda maior é 150 cm e o da roda menor 30 cm, assinale a alternativa
correta que apresenta a razão entre as velocidades angulares da roda menor em relação à roda maior.

a) 2
b) 1/2
c) 1/5
d) 5

Questão 11)

A figura abaixo ilustra três polias A, B e C executando um movimento circular uniforme. A polia B está
fixada à polia C e estas ligadas à polia A por meio de uma correia que faz o sistema girar sem deslizar.
Sobre o assunto, assinale o que for correto.

01. A velocidade escalar do ponto 1 é maior que a do ponto 2.


02. A velocidade angular da polia B é igual a da polia C.
04. A velocidade escalar do ponto 3 é maior que a velocidade escalar do ponto 1.
08. A velocidade angular da polia C é maior do que a velocidade angular da polia A.

TEXTO: 1 - Comum à questão: 12

Esta prova tem por finalidade verificar seus conhecimentos sobre as leis que regem a natureza. Interprete
as questões do modo mais simples e usual. Não considere complicações adicionais por fatores não
enunciados. Em caso de respostas numéricas, admita exatidão com um desvio inferior a 5 %. A
aceleração da gravidade será considerada como g = 10 m/s².

Questão 12)

Um problema para a vida humana em uma estação no espaço exterior é o peso aparente igual a zero.
Com a intenção de contornar este problema, faz-se a estação girar em torno do seu centro com uma taxa
constante para criar uma “gravidade artificial” na sua borda externa. Considerando o diâmetro da estação
igual a 125m e   3 , o número de revoluções por minuto necessárias a fim de que a gravidade artificial
seja igual a 10 m/s2 vale

a) 4
b) 2
c) 6
d) 8
e) 10

Questão 13)

Recentemente, pesquisadores utilizaram a bactéria Mycoplasma Móbile para girar micro-rodas (rodas de
tamanho micrométrico). Uma parte de uma micro-roda foi escurecida com a intenção de marcá-la,
possibilitando observar o movimento de rotação. A figura abaixo é uma versão de uma seqüência de
fotos dessa micro-roda tiradas em intervalos de 5s entre cada uma.

Y.Hiratsuka, M. Miyata, T. Tada_, T.Q.P.


Uyeda. PNAS, 37, 103 (2006) 13621.

Com base nessa figura, pode-se afirmar que a menor velocidade angular é
a) 2 rotações por minuto (rpm).
b) 6 rotações por minuto (rpm).
c) 4 rotações por minuto (rpm).
d) 3 rotações por minuto (rpm).

Questão 14)

A bicicleta move-se a partir do movimento dos pedais, os quais fazem girar uma roda dentada chamada
coroa, por meio de uma corrente. Esta coroa está acoplada a outra roda dentada, chamada de catraca, a
qual movimenta a roda traseira da bicicleta.
Um ciclista, preparando sua bicicleta para um torneio, percebeu que a coroa tem um raio 5 vezes maior
que o da catraca. Por ser aluno de física, ele raciocinou: “para que eu vença o torneio, se faz necessário
que eu pedale na minha bicicleta à razão de 40 voltas por minuto, no mínimo”. A partir destas
informações, pode-se afirmar que a freqüência de rotação da roda da bicicleta, em rotação por minuto
(rpm), vale:

a) 160
b) 180
c) 200
d) 220
e) 170

Questão 15)

Em algumas furadeiras de bancada, a correia que transmite o movimento constante do motor pode ser
montada em três configurações distintas, de acordo com o trabalho a ser realizado. Isso é possível, uma
vez que, em cada eixo, o que liga o mandril – peça que segura a broca – e o que liga o motor, estão
conectados solidariamente dois conjuntos idênticos de três polias, um em ordem crescente e o outro em
ordem decrescente de diâmetro.

configuração 1
configuração 2

configuração 3

Considere as afirmações:
I. na configuração 1, qualquer ponto da correia apresenta o mesmo módulo para a velocidade linear;
II. a configuração 2 possibilita que a broca tenha a mesma velocidade angular que o motor;
III. na configuração 3, se o motor tiver freqüência de 12 Hz, a broca terá freqüência inferior a 12 Hz.
Está correto o contido em
a) I, apenas.
b) III, apenas.
c) I e II, apenas.
d) II e III, apenas.
e) I, II e III.

GABARITO:

1) Gab: A

2) Gab: D

3) Gab: D

4) Gab: C

5) Gab: C

6) Gab: E
7) Gab: E

8) Gab: D

9) Gab: 05

10) Gab: D

11) Gab: 14

12) Gab: A

13) Gab: A

14) Gab: C

15) Gab: E