Você está na página 1de 14

DISCIPLINA: LIDERANÇA CRISTÃ PROF: PR.

ELIEL LEAL LIMA

LIDERANÇA CRISTÃ

EMENTA:
• Estudar as principais noções e conceitos de liderança, introduzindo o aluno no pensamento crítico e
reflexivo sobre a liderança cristã e a liderança organizacional.
• Discutir e conceituar estilos de liderança e suas principais características e questões ligadas a
solução de conflitos, planejamento, comunicação e formação de desafios do trabalho em equipe.
• Identificar as próprias potencialidades e desenvolver a aptidão para o trabalho em equipe.
Compreender e respeitar os liderados, tomando a fé cristã como paradigma para o trabalho em
equipe.

LIDERANÇA – UMA NECESSIDADE


• A necessidade de uma liderança é intrínseca ao ser humano, desde os primórdios na
HUMANIDADE;
• A família é o pequeno grupo que mais necessita de liderança;
• As causas necessitam de líderes que se tornem apaixonados por sua concretização;
• Nações e povos necessitam de quem os governem;
• Grupos e organizações precisam de quem as leve ao sucesso;
• A obra do senhor necessita de líderes, deus sempre contou com pessoas;

LIDERANÇA EM CRISE

• Na europa do sec. Xvi a igreja estava mergulhada na idade das trevas, era necessário surgir alguém
como lutero;
• O nosso mundo em transformações e explosão populacional também necessita de líderes;
• Em tempos de falência de credibilidade na politica, na religião, na sociedade em geral, o mundo
clama por líderes;
• Por meio do profeta ezequiel, deus descreveu a crise de liderança em seus dias:
• Liderança em crise
• “e busquei dentre eles um homem que estivesse tapando o muro e estivesse na brecha perante mim
por esta terra, para que eu não a destruísse; mas a ninguém achei.” Ez 22.30
• Em todas as épocas deus sempre levantou uma liderança para tocar sua geração;
• Todos que foram alcançados pela graça de deus, receberam a missão e a capacidade para
exercerem liderança em sua geração;
• Não viver todo seu potencial para liderar é viver em desobediência a deus;

O QUE É LIDERANÇA?

1
DISCIPLINA: LIDERANÇA CRISTÃ PROF: PR. ELIEL LEAL LIMA

• Exercer conscientemente influencia especial no sentido de levar ao alcance de metas de


permanente benefício e suprimento de necessidades reais.
• Consciência – o líder não nasce líder, mas torna-se líder;
• Liderar requer uma escolha/decisão e dedicação total ao processo de liderar;
• Não é uma influencia forçada, mas consentida;
• Liderar é conhecer com precisão os propósitos e objetivos individuais ou do grupo;
• Liderar é compreender as reais necessidades dos liderados;
• Liderar implica em senso de visão.

LIDERANÇA - FRASES

✓ “o líder que exercita o poder com honra trabalhará de dentro para fora,
começando por si próprio.” Blaine lee
✓ “nos termos mais simples, um líder é aquele que sabe onde ele quer ir, e
levanta, e vai.” John erksine
✓ “a genuína essência da liderança é que você tem que ter uma visão.”
Theodore hesburgh
✓ “a liderança efetiva é colocar em primeiro o que é mais importante. O
gerenciamento efetivo é disciplina, realizando isso.” Stephen covey
✓ “a liderança é a arte de conseguir que um outro faça alguma coisa que
você quer feita porque ele quer fazê-la.” Dwight d. Eisenhower
✓ “a liderança é uma poderosa combinação de estratégia e caráter. Mas se
tiver de passar sem um, que seja estratégia.” Gen. Norman schwarzkopf
✓ “para ser um líder, você tem que fazer as pessoas quererem te seguir, e
ninguém quer seguir alguém que não sabe onde está indo.” Joe namath
✓ “o grande líder é aquele que está disposto a desenvolver as pessoas até o
ponto em que elas eventualmente o ultrapassem em seu conhecimento e
habilidade.” Fred a. Manske

▪ As abordagens mais significativas assumidas pelas diferentes escolas de pensamento em liderança,


destacam-se: (chiavenato, 2005; cavalcanti, 2006);
▪ A teoria dos traços - enfatiza especialmente a figura do líder e suas qualidades pessoais. Nesse
sentido, só exerceria liderança quem tivesse os traços físicos, intelectuais, sociais e direcionados para a
tarefa.
▪ As teorias comportamentais - os estudos e pesquisas de escorsin e walger (2017) e lotz e gramms
(2014), apontaram modelos e estilos existentes: o autocrático, o democrático, o laissez-faire, liderança
transformacional-carismática e liderança coach.
1) autocrático - o líder centralizador, o qual toma decisões unilaterais e que determina as tarefas e os
métodos de trabalho, não deixando muita participação para os liderados.
2) democrático – participação em processos decisórios, incentivo a participação de todos, delega
autoridade e usa o feedback como uma forma de treinamento de seus subordinados.
3) laissez-faire (do francês “deixa fazer” (tradução livre))- deixa o grupo completamente à vontade
para deliberar sobre os trabalhos a serem realizados e a forma de executá-los.
4) liderança transformacional-carismática – Essa figura de líder usa de sua pessoalidade e vitalidade
para dar confiança aos seus seguidores e apresenta bastante tato dentro do grupo em diversas

2
DISCIPLINA: LIDERANÇA CRISTÃ PROF: PR. ELIEL LEAL LIMA
situações tais como sensibilidade com os anseios dos liderados, demonstrações de
insegurança/incapacidade e possíveis comportamentos hostis.
5) liderança coach (do inglês “treinador” (tradução livre)) – atenção nas pessoas além de buscar o
estímulo nos coordenados para que desenvolvam a capacidade deles próprios serem os líderes. O líder
coach lidera por meio de perguntas, e não de respostas, com o intuito de incitar o ouvinte a olhar seu
contexto sob um a nova ótica, e coloca-se em condição de igualdade com seus liderados;

• o modelo contingencial
- Enfatiza os aspectos que cercam o processo da liderança, sem deixar de enfocar os diferentes tipos de
comportamento do líder (o líder procura ao máximo fazer com que conflitos não brotem). Nesses estudos,
a atenção sobre a figura do líder é deslocada para o fenômeno da liderança, no qual três aspectos são
importantes: o líder, os liderados e o contexto da liderança. A liderança bem-sucedida só será alcançada
por meio da seleção de um estilo de liderança adequado que depende do nível de preparo ou de
maturidade dos envolvidos.

MITOS SOBRE LIDERANÇA

O que são mitos?


▪ São crenças imaginárias e fantasiosas que não podem ser tomadas como verdade;
▪ Existem muitos equívocos acerca de liderança;
▪ Os equívocos geram comportamentos equivocados nas pessoas;
▪ Os equívocos impedem as pessoas de se desenvolverem;

MITOS DA LIDERANÇA

O MITO DA POSIÇÃO – só é possível


liderar se tiver posição de chefia;
▪ A busca a qualquer preço por
posição;
▪ É possível influenciar a quem
estiver acima de nós, no nosso
nível e abaixo de nosso nível;
▪ Portanto, se você não está no
poder, você pode liderar!
Liderança é influência;
▪ Qualquer pessoa pode liderar,
onde quer que esteja;

3
DISCIPLINA: LIDERANÇA CRISTÃ PROF: PR. ELIEL LEAL LIMA

“Liderança é uma decisão que você


toma, não um lugar que ocupa”

O MITO DO DESTINO – ideia de que um dia chegará lá


“em cima” e então poderá liderar;
▪ Nunca chegará em cima se não começarmos a
liderar onde estamos;
▪ “quando chegar a oportunidade já é muito tarde
para preparar-se”
▪ Quantos que se pudessem voltar a traz se
preparariam melhor para o casamento?
▪ Preparação é a chave!
▪ Lei de processo: “a liderança se desenvolve
diariamente, não em um dia”;
▪ Dedicar tempo em sua agenda diária para algum
tipo de crescimento pessoal;
▪ Está lendo todos os dias? Investimento nos
relacionamentos todos os dias?
▪ O que fazemos esporadicamente pouco nos
acrescenta, mas o que fazemos todos os dias irá
transformar nossa vida;

4
DISCIPLINA: LIDERANÇA CRISTÃ PROF: PR. ELIEL LEAL LIMA

O MITO DA LIBERDADE – ideia de que quando se


tornar um líder poderá fazer o que quiser;
▪ Estarei livre de minhas responsabilidades e
terei todos os direitos do mundo;
▪ Pelo contrário, quanto mais você for
crescendo em sua liderança irá descobrir que
menos direitos terá;
▪ Quanto mais cresce a minha liderança, mais
necessito dedicar-me a pessoas;
▪ Será necessário outorgar autoridade a outras
pessoas;

O MITO DO CARISMA: a ideia de que para liderar é


preciso ser extrovertido e carismático;
▪ Walt disney era conhecido por sua inabilidade
no relacionamento humano;
▪ Sabe-se que as habilidades pessoais são mais
importantes em uma liderança do que as
habilidades técnicas.
▪ Além disso, a capacidade de relacionar-se não
está apenas em ser gentil.

O MITO DO TALENTO RARO: A ideia de que para


liderar é preciso ser excepcional;
▪ Não é necessário ser especial para liderar;
▪ Não precisa ter uma história fantástica;
▪ Pessoas comuns se tornam grandes líderes.
▪ Não precisa ser de linhagem especial;

5
DISCIPLINA: LIDERANÇA CRISTÃ PROF: PR. ELIEL LEAL LIMA

LIDER NASCE LIDER: A ideia de que para liderar é


preciso ser excepcional;
▪ “fulano é um líder nato!!!”;
▪ Segundo o especialista em gestão de pessoas
e professor do insper, josé valério macucci,
ninguém nasce predisposto a influenciar
pessoas.
▪ Características básicas da liderança podem
ser aprimoradas ou até mesmo aprendidas
com o tempo;
▪ “a organização e a disciplina, por exemplo,
são pontos que podem ser trabalhados”.
▪ Todos podem ser líderes, mas alguns não
querem, porque não é fácil.

O LÍDER TEM QUE SABER “FALAR BEM”:

▪ Mais do que saber falar, alguém só é mesmo


líder quando sabe ouvir;
▪ O líder precisa conhecer as necessidades das
pessoas com quem ele interage

CARACTERÍSTICAS DA LIDERANÇA CRISTÃ

▪ Sociedade atual
▪ Globalização
▪ Economia
▪ Vida complexa
▪ Tecnologias
▪ Desafios da atualidade

6
DISCIPLINA: LIDERANÇA CRISTÃ PROF: PR. ELIEL LEAL LIMA

➢ HONESTIDADE E INTEGRIDADE

“beijados são os lábios de quem responde com palavras retas”


Pv 24.26
“julga-me, senhor, conforme a minha integridade” sl 7.8

▪ Nosso tempo assiste uma derrocada da autoridade moral: empresas, produtos, marcas,
instituições, estados, celebridades, personalidades, lideres, e até mesmo a igreja;
▪ Revolta individual e coletiva, cinismo e ironia, criticismo;
▪ Todas as figuras de autoridade passam a ser completamente desrespeitadas e questionadas:
professores, políticos, pastores, lideres, etc;
▪ Ações que respaldam as palavras e palavras congruentes com ações;
▪ Líderes devem inspirar confiança;
▪ É o que mais se busca nos líderes;
▪ Não importa quanto uma causa é nobre ou digna; se os líderes não forem íntegros, não terão êxito.
▪ Entre os 10 mandamentos 4 tem a ver com integridade: “não matarás”, “não roubarás”, “não
cobiçarás”, “não dirás falso testemunho”;

“Caráter é a chave para a liderança. Uma pesquisa na


universidade harvard indica que 85% da atuação de um líder
depende do caráter pessoal”. Warren bennis

▪ Você pode esperar liderados honestos se você for exemplo de honestidade;


▪ Quanto mais você sobe, mais visível sua honestidade ou a falta dela se torna;
▪ Em tempos de crise, a integridade de um líder se torna mais evidente;
▪ Integridade é exibida em ações, não em declarações;
▪ Honestidade e integridade compensam a longo prazo, ainda que possam produzir perdas no curto
prazo;

➢ SERVIÇO

Jo 13.4-15
4 levantou-se da ceia, tirou o manto e, tomando uma toalha, cingiu-se.
5 depois deitou água na bacia e começou a lavar os pés aos discípulos, e a
enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido.
6 chegou, pois, a simão pedro, que lhe disse: senhor, lavas-me os pés a mim?
7 respondeu-lhe jesus: o que eu faço, tu não o sabes agora; mas depois o
entenderás.
8 tornou-lhe pedro: nunca me lavarás os pés. Replicou-lhe jesus: se eu não te
lavar, não tens parte comigo.
9 disse-lhe simão pedro: senhor, não somente os meus pés, mas também as
mãos e a cabeça.
10 respondeu-lhe jesus: aquele que se banhou não necessita de lavar senão os
pés, pois no mais está todo limpo; e vós estais limpos, mas não todos.
11 pois ele sabia quem o estava traindo; por isso disse: nem todos estais
limpos.

7
DISCIPLINA: LIDERANÇA CRISTÃ PROF: PR. ELIEL LEAL LIMA
12 ora, depois de lhes ter lavado os pés, tomou o manto, tornou a reclinar-se à
mesa e perguntou-lhes: entendeis o que vos tenho feito?
13 vós me chamais mestre e senhor; e dizeis bem, porque eu o sou.
14 ora, se eu, o senhor e mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os
pés uns aos outros.
15 porque eu vos dei exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também.
16 em verdade, em verdade vos digo: não é o servo maior do que o seu senhor,
nem o enviado maior do que aquele que o enviou.

ANTES DE TUDO...
O líder cristão é um “cristão”, é alguém que
segue a cristo e o seu reino!
▪ Pessoas bem-sucedidas em todas as áreas da vida compartilham de um mesmo alvo: servir;
▪ Enxerga as pessoas com seus valores intrínsecos, e o valor de seus trabalhos;
▪ Faz o que pode para viabilizar o trabalho delas;
▪ Compromisso com o sucesso das pessoas;
▪ Trabalha com o princípio da interdepencia;
▪ O tamanho de um líder está diretamente associado ao tamanho de seu serviço;
▪ Moisés e jesus perceberam como o serviço era fundamental para liderar pessoas;
▪ Jesus determinou-se a esvaziar-se para melhor servir: “ se eu te não lavar, não tens parte
comigo...”;
▪ No reino de deus só lidera quem serve;

➢ Mordomia

▪ A verdadeira mordomia reconhece o potencial humano como o bem mais importante – primeiro
pessoas, depois as coisas;
▪ Investe tempo, recursos e atenção, no desenvolvimento e proteção do seu maior patrimônio –
pessoas;
▪ A mordomia do potencial humano é uma parte inerente do trabalho de líderes eficientes;
▪ Cria um ambiente de aceitação incondicional – (aceitação=eficiência);

PERIGOS DA LIDERANÇA
CUIDADO COM A MANIPULAÇÃO

8
DISCIPLINA: LIDERANÇA CRISTÃ PROF: PR. ELIEL LEAL LIMA
▪ Manipular é o mesmo que manejar. Objetos são manipuláveis, podemos fazer o que queremos com
os objetos;
▪ A manipulação trata uma pessoa ou grupo de pessoas como se fossem objetos, a fim de dominá-los
facilmente.
▪ A manipulação não fala à nossa inteligência, não respeita nossa liberdade; atua astutamente sobre
nossos centros de decisão a fim de arrastar-nos para o benefício de outro;
▪ É fazer com que o outro faça o que eu quero!
▪ Diante dos conflitos alguém terá que sair desconfortável.
▪ É nosso direito escolher que os outros saiam no desconforto e não nós.
▪ Os animais inferiores, diante dos conflitos, ou foge ou brigam (to fly or to fight)
▪ O animal superior, o homem, pode usar a habilidade verbal – conversar/dialogar;

Sentimentos que identificam a manipulação:

CULPA
“viu!!!!! ... Eu avisei!!!”

IGNORÂNCIA
“como você não sabia???”

9
DISCIPLINA: LIDERANÇA CRISTÃ PROF: PR. ELIEL LEAL LIMA

ANSIEDADE
medo do futuro – “se prepare, isso vai
dar problema!!!”

Todos os esses sentimentos são possivelmente


sintoma de manipulação. São ataques ao
emocional!

10 DIREITOS DA DIGNIDADE HUMANA


1. Você tem o direito de julgar os seus próprios pensamentos, emoções e comportamentos, e assumir
total responsabilidade sobre eles;
2. Você tem o direito de não dar nenhuma explicação ou razão pelo seu comportamento, assumindo a
responsabilidade por isso;
3. Você tem o direito de julgar se é ou não responsável por encontrar solução aos problemas dos
outros;
4. Você tem o direito de mudar de ideia.
5. Você tem o direito de errar.
6. Você tem o direito de dizer “eu não sei!”
7. Você tem o direito de ser independente da boa vontade dos outros para relacionar-se com eles.
8. Você tem o direito de tomar decisões intuitivas e pouco “lógicas” assumindo responsabilidade
sobre elas.
9. Você tem o direito de dizer “eu não entendi!”
10. Você tem o direito de ser “você” – desde que assuma totalmente

10
DISCIPLINA: LIDERANÇA CRISTÃ PROF: PR. ELIEL LEAL LIMA
CINCO TÉCNICAS PARA SE LIVRAR DOS MANIPULADORES
1. Neblina - não negue a crítica. Apenas repita o que o outro diz deixando-o na “neblina”. (repita o
que o outro falou, sem raiva)
2. Disco aranhado – seja persistente. Repita insistentemente o que você deseja.
3. Auto-crítica – certifique-se a você mesmo – antes que o outro o faça.
4. Pergunta negativa – pergunte a ele como ele faria no seu lugar...
5. Acordo final – proponha um “acordo” que você ache razoável para você e para a outra parte.

Você não deve usar essas técnicas para manipular


os outros. O uso delas é para você se livrar dos
manipuladores!

CUIDADO COM “EMPEDERNIMENTO” MENTAL E EMOCIONAL

▪ Líderes que têm um “coração de pedra”, arrogantes;


▪ Por causa da burocracia da função, perde-se a sensibilidade humana, a capacidade de chorar com
os que choram;
▪ Ser um líder humano significa possuir os sentimentos de humildade e altruísmo, desprendimento e
generosidade.

CUIDADO COM ATIVISMO

• O ativismo rouba o sentido da necessidade inclusive do descanso e a necessidade de recarregar as


baterias.
• A mente ativista não considera a importância de dedicação de tempo para os cuidados com saúde
mental: tempo com amigos e família;
• Coisas e programas assumem o controle da agenda do líder a ponto de “não ter tempo” para as
prioridades;
• O ativismo alimenta a falsa ideia de importância pessoal pela produtividade;
• O ativismo impõe aos liderados, cansaço, a médio prazo;

CUIDADO COM A PRESUNÇÃO

• O poder enreda para a presunção: pensar de si além do que convém (infalibilidade, importância
exagerada, autossuficiência);
• Gera personalismo e estrelismo, posturas inadmissíveis na liderança eficaz – extravagâncias e
exibicionismo;
• A autocritica e a crítica dos pares é fundamental para a saúde e equilíbrio da liderança;
• O remédio é a humildade que pergunta, que presta contas, que admite erros e os corrige;
11
DISCIPLINA: LIDERANÇA CRISTÃ PROF: PR. ELIEL LEAL LIMA

CUIDADO COM A FOFOCA E A MALEDICÊNCIA

• Conversas semeadoras de ervas daninhas;


• Hábito de falar mal de pessoas;
• Habito de falar dos outros na ausência;
• Pessoas estão viciadas em falar mal e reclamar de tudo e de todos;
• É preciso um compromisso que comece com a liderança de erradicar (confrontar e repreender)
esses hábitos e implantar (ensinando) o modo bíblico para o tratamento desses males;
• Implantar o estilo bíblico de ANDAR NA VERDADE!

CUIDADO COM A NEGLIGÊNCIA

• Negligência é a falta do devido cuidado e atenção com pessoas ou alguma responsabilidade


pessoal;
• O negligente quando deixa de considerar os riscos envolvidos em suas ações e age de maneira
descuidada e relapsa.
• A negligência pode trazer danos irreparáveis;
“Também o negligente na sua obra é irmão do
desperdiçador/destruidor” (Provérbios 18.9).
• Tanto o negligente como o desperdiçador são irresponsáveis.
• Negligência é a falta do devido cuidado e atenção com pessoas ou alguma responsabilidade
pessoal;
• O negligente quando deixa de considerar os riscos envolvidos em suas ações e age de maneira
descuidada e relapsa.
• A negligência pode trazer danos irreparáveis;
“Também o negligente na sua obra é irmão do
desperdiçador/destruidor” (Provérbios 18.9).
• Tanto o negligente como o desperdiçador são irresponsáveis.

INTELIGENCIA EMOCIONAL

▪ De acordo Goleman, “Inteligência emocional refere-se à capacidade de identificar nossos próprios


sentimentos e os dos outros, de motivar a nós mesmos e de gerenciar bem as emoções dentro de
nós e em nossos relacionamentos”;
▪ O termo descreve capacidades distintas e complementares da inteligência acadêmica, que se
compõe das capacidades puramente cognitivas, medidas pelo QI.
▪ Esses dois tipos diferentes de inteligência – a intelectual e a emocional – expressam a atividade de
partes diferentes do cérebro.
▪ O intelecto - funciona no neocórtex, localizadas na parte superior do cérebro.
▪ Os centros emocionais - encontram-se mais abaixo, no cérebro, no subcórtex.
▪ Golemam explica o poder da inteligência emocional: “Os grandes líderes nos mobilizam. Inflamam
nossa paixão e inspiram dentro de nós.” A explicação é que eles atual em um nível fundamental: o
das emoções;
12
DISCIPLINA: LIDERANÇA CRISTÃ PROF: PR. ELIEL LEAL LIMA
• Nosso sistema límbico (centro emocional) funciona em loop aberto, pode ser alterado por
interferências externas - nossa própria estabilidade emocional depende de nossas ligações com os
demais.
• Os cientistas afirmam que uma pessoa emite sinais que podem alterar os níveis hormonais, a
função cardiovascular, o ritmo do sono e até a função imunológica do corpo de outra.
• Pessoas comuns podem chegar a Liderança, buscando em seu interior a capacidade de utilização de
princípios espirituais para a motivação da vida. É a alma falando. Chamado de “A alma da
liderança”;

O PODER DE UMA VISÃO


"O sonho é a ideia criativa de Deus revelada à mente do homem para que este a execute” C.C.D

• Toda liderança eficaz está associada a uma visão. Esta determina todo o processo para o sucesso.
• Tudo quanto existe teve sua origem na visão de Deus para a criação. A visão é a ideia criativa de
Deus revelada à mente do homem para que este a execute.
• Uma visão é uma imagem clara de algo que o líder quer que seu grupo seja ou faça;
• A liderança começa quando surge uma visão.
• Quando um grupo está sob a direção de uma pessoa que não tem visão, o resultado é confusão,
desordem, revolta, abuso e anarquia;
• É a visão que dá base e sustentação a todo ato de liderança;
• Henry Ford sonhou com cada família americana possuindo seu próprio automóvel.
• A visão do líder é diferente da visão do cientista que trabalha sozinho, o líder trabalha por meio de
outras pessoas;
• Problemas na liderança por falta de visão:
• o Não desenvolver outros lideres - “A maior habilidade de um líder é desenvolver habilidades
extraordinárias em pessoas comuns”. (Abraham Lincoln);
• o Não possuir metas claras - prioridades;
• o Não ouvir feedbacks;
• o Crise de identidade;

------------------------------------------------------------------------------------------------------

13
DISCIPLINA: LIDERANÇA CRISTÃ PROF: PR. ELIEL LEAL LIMA

BIBLIOGRAFIA:

- Drucker, Peter F. Administrando em Tempos de Grandes Mudanças. São Paulo: Pioneira.


- Maxwell, John C. As 21 Leis Irrefutáveis da Liderança. Rio de Janeiro:
- Thomas Nelson, 2007. Salm, José F. Paradigma na Formação de Administradores: frustrações e
possibilidades. Vol. 1 e 2. Florianópolis: Universidade e Desenvolvimento.
- Shedd, Russel. Integridade e Liderança. São Paulo: Vida Nova.
- O Líder que Deus Usa. São Paulo: Vida Nova. Bibliografia Complementar:
- Warren, Rick. Liderança com Propósitos. Flórida: Editora Vida,
- Cordeiro, Wayne. Faça de sua Igreja uma Equipe – Danprewan
- Meyer, Joyce. A formação de um Líder – Min. Joyce Meyer
- Maxwell, John C. Desemvolvendo Líders – Mundo Cristão;
- Finzel, Hans. 10 Erros que um Líder não pode cometer – Vida Nova
- Meyer, Paul J. e Slechta, Randy. Os 5 Pilares da Liderança – Vida
- Haggai, John. Seja um Líder de Verdade – Ed Betania
- Setton, Alain – As 7 funções Psico-Espirituais da Liderança – Vozes
- Galloway, Dale. e Bird, Warren - Liderança com Propósito – CNP

14