Você está na página 1de 4

ESCOLA SESI- JOSÉ ALENCAR GOMES DA SILVA

ATIVIDADE: Roteiro de Recuperação DISCIPLINA: Biologia PROFESSOR:


Mônica Carvalho
ALUNO:

2º Ano do Ens.Médio Turma: Única Data:___/____/2018 Valor: pontos Nota:

Orientações gerais para realização da avaliação


 Preencha o cabeçalho. Escreva seu nome completo.
 Leia a prova com bastante atenção antes de começar a sua resolução. Ao terminá-la, confira
todas as questões.
 Responda às questões usando caneta azul ou preta. Se fizer a lápis, não terá direito à revisão.
 Faça a letra legível e tenha atenção à sua grafia. Sua prova é um documento.
 Você será avaliado pelo que escreveu e não pelo que pensou em escrever.
 Não serão aceitas rasuras.
 Todas as questões devem conter justificativas
 Alunos utilizando aparelhos eletrônicos e/ou qualquer outro material que não pertença à
atividade terão sua avaliação anulada, sem direito à 2ª chamada.
 A cada conjunto de 3 erros ortográficos (desconsiderando erros repetidos) será descontado
0,1 (um décimo) no valor total da prova e não da questão, até o limite máximo de 1 ponto.
 Os erros ortográficos serão circulados para orientação do aluno.

1. Veja a seguir os nomes comuns e científicos de alguns anfíbios (sapos, rãs e pererecas) brasileiros:
 Sapinho-de-barriga-vermelha: Melanophryniscus dorsalis
 Sapinho-narigudo-de-barriga-vermelha: Melanophryniscus macrogranulosus
 Perereca: Hyla cymbalum, Hyla izecksohni
 Perereca-verde: Hylomantis granulosa
 Rãzinha: Adelophryne baturitensis, Adelophryne maranguapensi, Thoropa lutzi, Thoropa petropolitana
A) Quantos gêneros e espécies diferentes aparecem nessa lista?
B) Qual a vantagem da utilização, pelos cientistas, dos nomes científicos, em vez dos nomes comuns,
para identificar as espécies?
2. Relacione cada conceito com sua respectiva definição:
( ) Categorias taxonômicas.
( ) Reinos
( ) Filo
( ) Família
( ) Espécie
( ) Taxonomia
( ) Nomenclatura binomial
A) Subdivisão de um reino
B) Grupos de classificação sistemática dos seres vivos.
C) Grafia do nome científico de uma espécie empregando dois termo, escritos em latim e grafados com
destaque.
D) Ramo da biologia que estuda a classificação dos seres vivos
E) Categoria taxonômica cujo nome se identifica pelo sufixo –idae
F) Amplas categorias com grande diversidade de organismos que apresentam algumas características
em comum
G) Grupo de populações cujos indivíduos, em condições naturais, são capazes de se cruzar e de produzir
descendentes férteis, estando reprodutivamente isolados de indivíduos de outras espécies.
3. Utilizando seus conhecimentos de sistemática, analise o cladograma hipotético abaixo e responda:

A) Os elementos inseridos nos níveis 1,2,3 e pertencem, respectivamente, a que categorias taxonômicas?
B) Todos os indivíduos classificados no nível 4 pertencem à mesma classe? Explique, denominando essa
classe.
4. Considere os quatro táxons a seguir relacionados:
1. Bufo dorbignyi
2. Lystrophis dorbignyi
3. Didelphis albiventris
4. Didelphis marsupialis

Em relação a eles, é correto afirmar que:

A) Todos pertencem a mesma espécie.


B) Há, entre os quatro táxons, apenas duas espécies diferentes.
C) Os táxons 1 e 2 são de gêneros diferentes, mas da mesma espécie.
D) Os táxons 3 e 4 são de espécie diferentes, mas de mesmo gênero.
E) Os táxons 1 e 2 são da mesma espécie.
5. Observe a árvore filogenética simplificada que relaciona os principais grupos de plantas terrestres e
responda:

A) As angiospermas são mais próximas das gimnospermas ou das pteridófitas? Explique.


B) Qual é a característica que reúne pteridófitas, gimnospermas e angiospermas em um grupo?
C) Qual é a principal característica que reúne plantas angiospermas em um único grupo?
6. Em uma cultura de células foram observados dois tipos celulares (I e II) que apresentavam as seguintes
características estruturas:
I. Células com parede, ausência de organoides membranosos e DNA circular;
II. Células com parede, presença de organoides membranosos e de carioteca.
Os dois tipos celulares observados são:
Tipos celulares
I. II.
a) Bactérias Cianobactérias
b) Protozoários Fungos
c) Fungos Cianobactérias
d) Bactérias Fungos
e) Bactérias Protozoários
7. Alguns livros do ensino médio definem uma espécie biológica como um grupo de populações naturais
cujos membros podem cruzar naturalmente uns com os outros e produzir descendentes férteis, mas não
podem cruzar com membros de outros grupos semelhantes. Considere as seguintes espécies:
 'Siphonops paulensis': cobra-cega, anfíbio que vive em galerias cavadas na terra;
 'Mycobacterium tuberculosis': bacilo de Koch, causador da tuberculose;
 'Schistosoma mansoni': verme causador da esquistossomose, ou barriga d'água;
 'Canoparmelia texana': líquen comumente encontrado sobre o tronco de algumas árvores em zonas
urbanas.
A) Dentre as espécies listadas, em duas delas teríamos dificuldades em aplicar a definição de espécie.
Quais são elas?
B) Para cada uma das espécies que você indicou, apresente as razões que dificultam a aplicação da
definição biológica de espécie.
8. A figura representa uma hipótese das relações evolutivas entre alguns grupos animais. De acordo com
essa hipótese, a classificação dos animais em Vertebrados e Invertebrados:

A) está justificada, pois há um ancestral comum para todos os vertebrados e outro diferente para todos os
invertebrados.
B) não está justificada, pois separa um grupo que reúne vários filos de outro que é apenas parte de um
filo.
C) está justificada, pois a denominação de Vertebrado pode ser considerada como sinônima de Cordado.
D) não está justificada, pois, evolutivamente, os vertebrados estão igualmente distantes de todos os
invertebrados.
E) está justificada, pois separa um grupo que possui muitos filos com poucos representantes de outro com
poucos filos e muitos representantes.
9. A figura abaixo mostra uma das possíveis filogenias de um dos grandes grupos de primatas, os
Ceropithecidae.

Com base na figura e no conhecimento acerca da filogenia do grupo, assinale (V) para as afirmativas
verdadeiras e (F) para as falsas:
( ) O gorila, filogeneticamente, é mais próximo do chimpanzé e do homem que do orangotango.
( ) O homem, o chimpanzé e o gorila formam um grupo monofilético.
( ) O gibão é o único representante do grupo que não possui o dedo oponível.
( ) O orangotango, o gorila e o chimpanzé formam um grupo parafilético.
( ) O chimpanzé e o gibão apresentam glândulas mamárias.
10. “Fico pensando na grandeza do silêncio das plantas, por séculos e séculos compreendo a agitação
daquele bicho bípede à sua volta, o ser humano, bicho falante, bicho brigador, ansioso e rápido, capaz de
amá-las tanto quanto de as destruir, igualzinho e como faz consigo mesmo”
Numa linguagem poética, o autor mencionou diferenças entre vegetais e animais que à luz das ciências
biológicas são tratados de outra forma. Animais e vegetais são classificados em reinos diferentes. Indique
uma diferença que justifique essa classificação em relação à:
A) Forma de nutrição.
B) Morfologia celular.