Você está na página 1de 74

Livro Eletrônico

Aula 07

Conhecimentos Específicos p/ SEE-MG (Professor de História)


Professor: Sergio Henrique

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

SUMÁRIO
00. Bate papo inicial. Pág. 02
1. Movimentos sociais no Brasil. Pág. 03
2. Movimentos sociais tradicionais e novos Pág. 07
movimentos sociais.
3. Movimentos sociais na Amazônia. Pág. 29
4. Exercícios Resolvidos. Pág. 32
5. Exercícios Propostos. Pág. 42
6. Considerações finais. Pág. 73

Página 1 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

00. BATE PAPO INICIAL.


Olá amigo estudante. É com muita alegria que o recebo
novamente. Estudar as aulas anteriores é fundamental para que você
possa compreender muitas das coisas que vamos tratar aqui. Leia com
atenção seu texto de apoio releia e pratique exercícios. Aos poucos o
conteúdo básico vai ficar retido na sua memória. Claro que para isso é
muito importante você fazer suas próprias anotações, ou em forma de
resumo ou anotações nos exercícios, não importa, você escolhe. O
importante é estudarmos bastante e nos concentrarmos nos estudos.
Estimule sua disciplina e procure motivação pensando em seus sonhos.
Bons estudos.

Página 2 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

1. MOVIMENTOS SOCIAIS NO BRASIL.


Revoltas de escravos na Roma e Grécia antiga, servos se
rebelando contra seus senhores no decorrer da Idade Média, operários
organizados por melhorias no trabalho, ou então movimentações
coletivas lutando por reconhecimento social, nos remetem a reflexão
sobre as diferentes formas de reivindicações da garantia de direitos,
em relação ao tempo e espaço ao longo da história social. Dentro desse
tema ocorre a necessidade de compreensão da existência das relações
de poder, que envolvem os diferentes grupos sociais que compõem
uma sociedade. Sendo assim podemos considerar que movimentos
sociais são ações coletivas que tem por objetivo mudar ou manter uma
situação na qual sempre irá envolver relações de poder e de interesses.
Como podemos então explicar essas movimentações?
Para responder a essa questão iremos nos ater às
movimentações sociais a partir do século XVIII na Europa, continente
esse, pioneiro na organização do Estado Moderno e das relações de
produção capitalista que assim possibilitou a existência da luta por
garantias de direitos e do exercício da cidadania.

Características dos movimentos sociais:


Os movimentos sociais podem ser caracterizados de diferentes
formas, sendo que todas elas perpassam por valores, identidade e
ideologia.
Relação de parceria ou confronto:
As relações de confronto sempre estão relacionadas à presença
de um Estado centralizador ou autoritário, na qual a estrutura social
sempre beneficia uma elite social. Dentro dessa situação membros da
sociedade civil se reúnem por meio da organização de grupos sociais,
objetivando assim garantir constitucionalmente seus direitos civis,
políticos, sociais e humanos. Podemos dar exemplos desses tipos de
movimentos, as guerrilhas urbanas e camponesas no Brasil durante o

Página 3 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

governo civil - militar (1964-1985) onde o governo havia tirado


diversos direitos da população, e a nível internacional o fenômeno
nomeado de Primavera Árabe sendo essa uma onda de protestos e
revoluções civis ocorridas em países do Oriente Médio e norte da África
(Egito, Tunísia, Líbia, Síria, Iêmem e Barein) em que a população de
forma organizada foi às ruas para reivindicar melhores condições
sociais e garantias democráticas derrubando governos ditatoriais.

Nos anos 80, jovens vestiam camisetas. Países que tiveram


impactos políticos durante a Primavera com as inscrições “Diretas Já”
Árabe, ou “Quero votar para presidente”.
Já os movimentos de Parceria são movimentos sociais presentes
em Estados que estabelecem relações mais abertas com a sociedade
civil. Nesse caso os movimentos
sociais buscam formas em que o
Estado considere suas reivindicações,
ou então o próprio Estado pode buscar
os movimentos sociais tendo por
objetivo atender melhor as demandas
da população, e assim garantir uma melhor governabilidade.
A imagem ao lado demonstra o ex-presidente Lula utilizando um boné
do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra). Durante seu
mandato ocorreu forte aproximação entre esse movimento social e seu
governo.

Página 4 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

Transformação x Conservação:
Os movimentos sociais se mobilizam através de diversas formas,
suas ações possibilitam a transformação ou conservação das leis, da
economia, política e cultura (por exemplo, um país) afetando direta ou
indiretamente a vida de muitas pessoas, caracterizando uma
universalização de suas conquistas.
Podemos citar como exemplo de uma mobilização social de
conservação a Marcha da Família com Deus pela Liberdade, essa
mobilização foi composta por grupos sociais conservadores
pertencentes à classe média nacional na qual aceitavam e apoiavam a
imposição de um governo militar, pois defendiam a ideia de que era
melhor ter seus bens garantidos à custa da ausência da democracia do
que perder tudo diante da “ameaça vermelha”, que era o comunismo.

A Marcha da Família com Deus pela Liberdade é um nome


comum a uma série de eventos ocorridos em março de 1964 em
resposta à considerada “ameaça comunista” do comício do
presidente João Goulart no dia 13 de março de 1964.

Página 5 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

Manifestações de grupos civis pedindo intervenção militar no


Brasil no ano de 2016.
Por outro lado, existem movimentos sociais caracterizados pela
busca em transformar a estrutura e os elementos culturais dentro de
uma sociedade. Essas mobilizações buscam em suas lutas a
redistribuição e o reconhecimento social.
Tomemos como exemplo o MTST (Movimento dos Trabalhadores
Sem Teto), esse movimento busca a efetivação de uma reforma urbana
que garanta moradia e melhores condições de vida aos trabalhadores
brasileiros. Segundo o próprio movimento:
“O MTST tem como seu maior objetivo a luta contra o capital e o
Estado que representa os interesses capitalistas. Sabemos que na atual
forma de organização social, não há espaço para a realização dos
interesses da maioria, os trabalhadores. Tudo é transformado em
mercadoria, inclusive os nossos direitos. Apenas uma minoria tem
acesso a condições dignas de vida. E o Estado atende exatamente a
esta minoria. Por isso nossa luta é muito mais ampla do que a
conquista de um pedaço de terra. Mas é preciso um intenso e longo
acúmulo de forças para atingirmos nossos objetivos principais. Todas
nossas ações devem estar voltadas para fortalecer nosso caminho
rumo a estes objetivos. Isso significa ampliar nossa referência nas
periferias urbanas, nosso número de militantes, nossas conquistas,
nossa capacidade de mobilização, dentre muitos outros fatores.
Podemos resumir esta meta na seguinte ideia: construção de poder
popular. Ou seja, a realização efetiva do princípio de que só os
trabalhadores podem resolver os problemas dos trabalhadores. Na
prática, isso significa estimular e valorizar as iniciativas autônomas,
construir formas de organização e de decisão coletivas, lutar por
nossas reivindicações e direitos; enfim, não esperar nada de ninguém
a não ser de nós mesmos. Assim, podemos dizer que nosso objetivo

Página 6 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

maior é a construção do poder popular, contra o capital e seu Estado.”


In http://www.mtst.org/quem-somos/as-linhas-politicas-do-mtst/
Contudo existem outros movimentos que visam não só a
redistribuição social, mas também o reconhecimento da igualdade
jurídica, como o Movimento Negro, o Feminista, LGBT entre outros.
Veremos mais adiante as características desses movimentos.

2. MOVIMENTOS SOCIAIS TRADICIONAIS E NOVOS


MOVIMENTOS SOCIAIS.
As interpretações sociológicas abarcam diversas formas de
compreensão em relação aos movimentos sociais, uma delas é
relacionar as características dessas mobilizações como formas de
organização, tipos de relações estabelecidas pelos integrantes,
orientações desenvolvidas com as instituições sociais e as estruturas a
serem transformadas com os diferentes contextos históricos.

Movimentos Tradicionais:
Movimento dos trabalhadores: Surgido logo após a
substituição do modo de produção feudal pelo modo de produção
capitalista estimulando o crescimento comercial e das cidades. O
sistema capitalista tem por característica o acúmulo de capital e a
presença da propriedade privada, onde, segundo Karl Marx, os
trabalhadores não são os donos dos meios de produção e assim
necessitam vender sua força de trabalho em troca de um salário para
garantir a subsistência, estabelecendo assim relações sociais
antagônicas entre burgueses (donos dos meios de produção) e
operários (trabalhadores assalariados).
Dentro dessa organização social o Estado tem por finalidade
estabelecer a garantia de relações na sociedade civil assegurando a
existência de uma sociedade dividida em classes. A organização dos
trabalhadores se deu devido às experiências compartilhadas no

Página 7 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

cotidiano das fábricas e dos bairros estabelecendo uma leitura de


mundo (consciência) pautada na luta de classes, essa que gerou forte
embate político com o Estado, pois buscam tomar o controle desse,
objetivando transformar sua estrutura econômica e social para pôr fim
às condições de exploração e opressão imposta a classe trabalhadora
urbana e rural.
Uma das formas de sua organização se dá através de sindicatos,
na qual apresentam uma organização vertical e rígida estrutura
hierárquica, em que seus integrantes seguem orientações de um grupo
dirigente. Dentro dessa organização temos a presença de uma
democracia representativa já que o grupo dirigente eleito pelos
membros de uma categoria de trabalhadores, representa por tempo
determinado os interesses dessa nos embates com os Estado. Outra
forma de organização se dá por meio de associações nacionais e
internacionais, de trabalhadores e de partidos trabalhistas.
Suas formas de manifestações se dão por meio de greves,
panfletagens e debates abertos a população.
Esse movimento foi responsável por várias conquistas de direitos
trabalhistas e ainda desempenha um papel importante nas lutas por
direitos e melhorias sociais a nível nacional e internacional.
Demandas:
- Melhores salários.
- Melhores condições de trabalho.
- Redução da jornada de trabalho.
- Estabilidade de emprego.
- Luta por moradia, infraestrutura de saneamento básico, transporte
público, educação.
- Também contra governos autoritários.
Devido a essas demandas podemos caracterizar esse movimento
como de redistribuição.

Página 8 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

No Brasil a organização sindical é garantida pela constituição


federal através da lei Lei Nº 11.648, de 31 março de 2008.
Art. 1o A central sindical, entidade de representação geral dos
trabalhadores, constituída em âmbito nacional, terá as seguintes
atribuições e prerrogativas:
I - Coordenar a representação dos trabalhadores por meio das
organizações sindicais a ela filiadas;
II - Participar de negociações em fóruns, colegiados de órgãos públicos
e demais espaços de diálogo social que possuam composição tripartite,
nos quais estejam em discussão assuntos de interesse geral dos
trabalhadores.
Parágrafo único. Considera-se central sindical, para os efeitos do
disposto nesta Lei, a entidade associativa de direito privado composta
por organizações sindicais de trabalhadores.
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-
2010/2008/Lei/L11648.htm

Movimento Estudantil:
Diferentemente do movimento dos trabalhadores, o movimento
estudantil é policlassista, pois seus membros são oriundos de
diferentes classes sociais. A mobilização estudantil é relatada desde o
século XVIII, contudo ganhou grande destaque com suas
manifestações durante a década de 60 do século passado, onde se
envolveu em lutas em diferentes partes do mundo.
Essa época foi marcada pelas utopias revolucionárias, pela busca
da liberdade sexual, pelas músicas contestadoras, protestos contra a
guerra do Vietnã, a Primavera de Praga, pela luta dos direitos civis nos
E.U.A., o debate sobre legalização da maconha, os levantes estudantis
em maio de 68 na França, entre outros. No Brasil a União Nacional dos
Estudantes (UNE) ganha destaque em relação às instituições que
representam os interesses estudantis. Essa organização participou das

Página 9 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

lutas na Campanha pela Legalidade e pelas reformas de base no


governo de João Goulart, sendo que na mesma década entrou para a
ilegalidade e se posicionou contra o governo ditatorial militar. Além
disso, esteve presente na luta pela anistia dos presos políticos, nas
Diretas Já, no Fora Collor e manifestações contra as políticas de
privatizações. Esses fatos demonstram que esse movimento hora está
em parceria, hora está em confronto com o Estado.
Abaixo algumas frases escritas nos muros de Paris em maio de
1968, epicentro das manifestações estudantis:
“A Revolução deve ser feita nos homens, antes de ser feita nas coisas”
“Revolução, eu te amo”
“Quanto mais amor faço, mais vontade tenho de fazer a Revolução.
Quanto mais Revolução faço, maior vontade tenho de fazer
amor”
“O movimento popular não possui templo”
“Abaixo a sociedade espetacular mercantil”
“Os limites impostos ao prazer excitam o prazer de viver sem limites”
“O sagrado, eis o inimigo”
“Abaixo o Estado”
“Abram o vosso cérebro tantas vezes como a braguilha”
“É proibido proibir”

Página 10 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

Policiais prendem os estudantes que participavam do 30º


Congresso da União Nacional dos Estudantes (UNE) em Ibiúna
(SP), em 1968, durante a ditadura militar.

Manifestação de estudantes e trabalhadores pelo impeachment


do presidente Fernando Collor de Mello em 1992.

Novos Movimentos Sociais (Contemporâneos):


As intensas transformações sociais ocorridas a partir de meados
do século XX proporcionaram à sociologia a necessidade de elaboração
de novos mecanismos para a compreensão e explicação das ações
sociais coletivas. A questão da Identidade entre indivíduos embora
possa ser resultado das relações de produção, em outras podem não
ser. Devido às conquistas dos movimentos tradicionais muitas outras
questões e demandas surgiram dentro da sociedade civil, entre elas os
direitos das “minorias” como negros, mulheres, homossexuais.
Esses novos movimentos sociais passam a estabelecer uma nova
forma de organização baseada em relações horizontais na qual seus
membros têm maior autonomia, não se prendem somente as
transformações nas relações de produção e no Estado, mas também
redirecionam algumas demandas sociais da esfera econômica para a
esfera cultural (comportamentos e valores) reivindicando não só
redistribuição, mas o reconhecimento social.
Os novos movimentos sociais reconhecem a existência de uma
escala microssocial da política, na qual buscam a garantia da
consolidação dos direitos das minorias sociais, não envolvendo políticas
de cooperação com agencias estatais ou com sindicatos.

Página 11 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

Buscam agir por meio de ações diretas, como por exemplo, o uso
dos diferentes tipos de mídias para levantar questões sobre práticas e
padrões culturais que reafirmam práticas discriminatórias como
racismo, homofobia, machismo entre outras, negando direitos básicos
a uma grande parte da população.
Como exemplos desses movimentos podemos citar:

Movimento LGBT:
Em 28 de Julho de 1969 na cidade de Nova York um grupo de
lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais resolveram se
rebelar contra as violentas repressões e perseguições promovidas
pelos policiais, essa mobilização ficou conhecida como Revolta de
Stone Wall. A revolta iniciada no bar que deu o nome a revolta foi um
marco para os movimentos LGBT, pois a partir daí foi desenvolvido a
elaboração de uma contracultura que questionava os padrões de
gênero heteronormativos que passou a combater a tradição machista
e patriarcal. A resistência gay contra a repressão politizou e mobilizou
o movimento, que marcou a data como o “dia do orgulho gay”. A partir
de então desenrolaram diversas lutas pelo reconhecimento das
identidades dos gays pelo mundo todo, visando assim garantir os
mesmos direitos civis, políticos e sociais.
No Brasil, esse movimento conseguiu algumas conquistas
sociais, como o direito a construção familiar homoafetiva com todos os
direitos e deveres de uma união estável, direito antes garantido
somente a compostos por homens e mulheres, direito ao seguro do
INSS (Instituto Nacional do seguro Social) por morte ou auxilio-
reclusão ao(à) companheiro(a), direito de adotarem filhos
(homoparentabilidade), direito de declarar parceiro(a) como
dependente no imposto de renda, uso do nome social.

Página 12 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

Demandas:
- Garantir o casamento de pessoas do mesmo sexo e a adoção de
crianças por casais homoafetivos.
- Criminalização da homofobia.
- Fim da intolerância de gênero.
- Livre expressão sexual.

Imagem representando as
movimentações de StoneWall
nos Estados Unidos na década
de 60.
A Charge
demonstra a luta
do movimento
LGBT pela
garantia de um
Estado laico
onde seus
direitos possam
vir a ser garantidos sem a interferência de fundamentações religiosas.

Deputado Federal Jean Wyllys se


posiciona a favor das pautas de
reivindicações do movimento LGBT.

Movimento Negro:
Esse movimento trafega pelas questões de redistribuição e de
reconhecimento em muitas de suas lutas. Nas questões de
redistribuição devemos considerar o debate institucional travado em
relação às ações afirmativas objetivando a diminuição das

Página 13 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

desigualdades sociais nas áreas de educação, saúde, no emprego, nas


questões materiais, proteção social e reconhecimento cultural. Quando
falamos em reconhecimento, abordamos assuntos que visam garantir
o fortalecimento da identidade e a transformação das relações sociais
eliminando padrões culturais que estabeleçam todo e qualquer tipo de
discriminação.
Ao envolver redistribuição e reconhecimento, esse movimento
social cria relações entre a esfera microssocial e a macrossocial. Essa
última abrange camadas mais heterogêneas, na qual não se tem
relações sociais tão sólidas, porém fazem críticas a nova configuração
econômica, política e social capitalistas.
Macrossocial – que abrange grande parte da sociedade.

O que são ações afirmativas?


Entende-se por ações afirmativas, o conjunto de medidas
especiais voltadas a grupos discriminados e vitimados pela exclusão
social ocorridos no passado ou no presente.
Qual o objetivo das ações afirmativas?
O objetivo das ações afirmativas é eliminar as desigualdades e
segregações, de forma que não se mantenham grupos elitizados e
grupos marginalizados na sociedade, ou seja, busca-se uma
composição diversificada onde não haja o predomínio de raças, etnias,
religiões, gênero, etc.
Como são feitas as ações afirmativas?
Por meio de políticas que propiciem uma maior participação
destes grupos discriminados na educação, na saúde, no emprego, na
aquisição de bens materiais, em redes de proteção social e de
reconhecimento cultural.
Quais as ações afirmativas existentes no Brasil?
Muitas ações afirmativas já foram e são feitas no Brasil, podemos
citar: aumento da participação dos grupos discriminados em

Página 14 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

determinadas áreas de emprego ou no acesso à educação por meio de


cotas; concessão de bolsas de estudo; prioridade em empréstimos e
contratos públicos; distribuição de terras e moradias; medidas de
proteção diferenciada para grupos ameaçados, etc.
Ações afirmativas são políticas anti-discriminatórias?
Não. As ações afirmativas são preventivas e reparadoras no
sentido de favorecer indivíduos que historicamente são discriminados.
As políticas anti-discriminatórias são apenas formas de reprimir os
discriminadores ou de conscientizar aqueles que possam vir a
discriminar.
Texto retirado do site: http://etnicoracial.mec.gov.br/acoes-
afirmativas-cotas-prouni

Podemos perceber que nos dois gráficos houve um crescimento no


número de negros e pardos presentes nas universidades públicas e

Página 15 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

também com diploma de graduação. Fato decorrido pela implantação


da Lei n° 12.711 que visa:
Art. 1o As instituições federais de educação superior vinculadas ao
Ministério da Educação reservarão, em cada concurso seletivo para
ingresso nos cursos de graduação, por curso e turno, no mínimo 50%
(cinquenta por cento) de suas vagas para estudantes que tenham
cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas.
Parágrafo único. No preenchimento das vagas de que trata
o caput deste artigo, 50% (cinquenta por cento) deverão ser
reservados aos estudantes oriundos de famílias com renda igual ou
inferior a 1,5 salário-mínimo (um salário-mínimo e meio) per capita.

Movimento Feminista:
“Não se nasce mulher, torna-se”
Partindo da afirmação de Simone de Beauvoir que podemos
pensar na mulher como um sujeito histórico, que constrói a si e a
própria história. Ainda no século XVIII após a Revolução Francesa é
publicado um documento intitulado "Declaração dos Direitos da
Mulher", documento esse elaborado para se criticar e questionar à
Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, que anunciou direitos
de igualdade e liberdade que se aplicavam apenas aos homens.
Contudo essa declaração foi rejeitada e esquecida.
O fato citado só pode aqui ser relatado devido ao surgimento de
estudos que tiveram e ainda tem por objetivo estudar as relações que
envolvem movimentos e ações coletivas ou individuais de mulheres.
No Brasil, esses estudos no mostram que os movimentos feministas
passaram pelas chamadas três ondas do feminismo, a primeira surgida
no século XIX e teve em suas reivindicações questões atreladas ao
direito ao voto (sufrágio universal) e à vida pública (como poder
trabalhar sem dar satisfação ao marido). Já a segunda onda ocorreu
em um momento de crise democrática durante os anos 70, sua pauta

Página 16 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

foi a valorização do trabalho da mulher, o direito ao prazer, pelo fim


da violência sexual e contra a Ditadura Militar. A terceira e última onda
teve início da década de 90, começou a discutir questões que
envolviam as duas ondas anteriores, colocando em discussão a
micropolítica, mesmo dentro do movimento feminista as mulheres
negras passavam por uma grande invisibilidade, a elaboração a essa
crítica surgiu a partir da década de 70, e tem Beverly Fisher como uma
de suas referências. No Brasil, o feminismo negro começou a ganhar
força no fim dessa década, começo da de 80, lutando para que as
mulheres negras fossem sujeitos políticos.
Logo o feminismo é um movimento que luta por uma sociedade
sem hierarquia de gênero, esse que não deve conceder privilégios para
legitimar as opressões. Esse movimento luta por questões de
redistribuição como salários iguais e o exercício de papeis sociais, mas
também por reconhecimento, para que as mulheres não sejam
julgadas pela beleza físicas, não sejam estereotipadas como frágeis ou
fúteis, para que se reconheça o trabalho não remunerado como o
doméstico.

Gráfico demonstra que mundialmente as mulheres que exercem


os mesmos trabalhos recebem remunerações desiguais.

Página 17 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

O Gráfico expõe as médias salariais por regiões brasileiras. Deve-


se perceber que em nenhuma delas o gênero feminino ganha mais do
que o masculino, fato que demonstra as desigualdades salariais em
nosso país.

“Meu corpo minhas regras” – a frase contida no cartaz faz referência


ao direito da mulher de escolher o que fazer com seu corpo, ideia que
envolve questões como o direito de abortar e de se relacionar com
quem quiser, somente no momento em que tiver vontade.

Página 18 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

Movimentos Sociais no Brasil:


Vimos acima que o processo de surgimento e exercício dos direitos
civis, políticos, sociais e humanos se deu através de uma cronologia
histórica e social. E no Brasil, podemos afirmar que esse processo
ocorreu da mesma forma? Para respondermos a essa questão vamos
partir da análise feita pelo cientista político e historiador brasileiro José
Murilo de Carvalho, demonstrando as particularidades surgidas no
Brasil em relação ao exercício da cidadania e consequentemente o
surgimento de organizações e ações de grupos sociais que se
desdobraram na presença dos Movimentos
d Sociais.
No Brasil a formalidade constitucional garante a existência de uma
poliarquia, sistema que consiste no exercício da democracia na qual o
poder é distribuído tendo como base o processo eleitoral que garante
a livre participação política na disputa entre oposições pelo poder e a
concorrência pelos cargos eletivos. Contudo a formalidade não garante
a real distribuição de bens materiais, de direitos e de serviços básicos
de responsabilidade do Estado.
Segundo o sociólogo José Murilo de Carvalho o decorrer da história da
cidadania brasileira sempre esteve vinculado aos interesses da elite
nacional, na qual a garantia de muitos de nossos direitos foi adquirida
por uma “concessão” feita de cima para baixo a uma população que
nem sempre se interessou pelas questões públicas e políticas. Esse
fato provocou no Brasil, principalmente a partir do século XX, uma
inversão do sistema proposto por Thomas Humphrey Marshall, pois
durante o período ditatorial do Estado Novo, primeiramente, foi
estabelecida, e os direitos sociais e ampliados os direitos políticos, para
depois serem implantados os direitos civis.
Direitos sociais -------- Direitos Políticos --------- Direitos Civis
Em seu livro A Cidadania no Brasil: o longo caminho, para José
Murilo de Carvalho ocorre uma lógica inversa:

Página 19 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

“Aqui primeiro vieram os direitos sociais, implantados em período de


supressão dos direitos políticos e de redução dos direitos civis por um
ditador que se tornou popular. Depois vieram os direitos políticos, de
maneira também bizarra. A maior expansão do direito do voto deu-se
em outro período ditatorial, em que os órgãos de representação política
foram transformados em peça decorativa do regime.”
Contudo podemos perceber no Brasil a presença de algumas
mobilizações sociais que ganharam destaque na luta pela garantia de
direitos. Para refletirmos sobre atuações civis que lutaram pela
garantia de direitos, vamos nos ater
a a movimentos sociais a partir de
meados do século XX.

Movimentos Sociais rurais:


As ligas camponesas:
As Ligas Camponesas foram associações de trabalhadores rurais
criadas inicialmente no Estado de Pernambuco, posteriormente na
Paraíba, no estado do Rio de Janeiro, Goiás e em outras regiões do
Brasil, que exerceram intensa atividade no período que se estendeu de
1955, até a queda de João Goulart, em 1964. Sobre a criação dessa
liga, há indícios de que a fizeram para arrecadar recursos para enterrar
seus mortos, buscar meios comuns para a assistência voltada para a
educação e saúde, e adquirir adubos para investir na produção. Devido
ao contexto da Guerra Fria, muitos acusavam essa organização de
terem objetivos políticos socialistas, o que provocou perseguições a
seus membros. Assim a Liga buscou pressionar o Estado e por meio da
garantia de leis, institucionalizar a associação, se colocando então na
legalidade a partir de 1955. Essa institucionalização teve como objetivo
garantir medidas assistencialistas jurídicas e médicas que garantissem
a diminuição das desigualdades sociais brasileiras.
“Criadas em uma conjuntura favorável de liberalização política, que
coincidiu com o governo Kubitschek, as Ligas seriam marcadas pelo

Página 20 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

período de ascensão do populismo. De fato, a existência mesma do


movimento parece estar ligada às ideologias desenvolvimentistas, de
integração nacional e de expansão da cidadania. Nesse sentido, as
reivindicações camponesas ecoavam como parte de um único e amplo
projeto.
A desagregação do movimento, em 1964, eliminou as
organizações, mas não desarticulou suas reivindicações básicas, que
seriam incorporadas pelos sindicatos rurais no período seguinte (1965-
1983). Convém notar que esses sindicatos rurais têm sido
particularmente ativos nas antigas
9 zonas de influência das Ligas”
.in http://www.ligascamponesas.org.br/?page_id=99

MST (Movimentos dos Trabalhadores Rurais sem Terra):


A questão da terra sempre foi um tema de muitos debates e
conflitos em nosso país, e um dos movimentos sociais que abarcam
essa questão é o MST. Esse movimento surgiu na década de 80 após
a reunião de trabalhadores rurais no 1° encontro nacional em Cascavel,
no Paraná. Devido ao histórico de grande concentração fundiária em
nosso território esse movimento tem como principal objetivo a busca
pela reforma agrária, essa que segundo o movimento consiste na
distribuição massiva de terras a camponeses, democratizando a
propriedade da terra na sociedade e garantindo o seu acesso,
distribuindo-a a todos que a quiserem fazer produzir e dela usufruir, já
que a Constituição brasileira estabelece uma função social a terra.
Acreditam que a reestruturação da estrutura fundiária acarreta uma
transformação social, o que soluciona os problemas que envolvem as
desigualdades sociais.
Art. 186 - A função social é cumprida quando a propriedade rural
atende, simultaneamente, segundo critérios e graus de exigência
estabelecidos em lei, aos seguintes requisitos:
I - Aproveitamento racional e adequado;

Página 21 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

II - Utilização adequada dos recursos naturais disponíveis e


preservação do meio ambiente;
III - Observância das disposições que regulam as relações de
trabalho;
IV - exploração que favoreça o bem-estar dos proprietários e dos
trabalhadores;
As formas de lutas são:
 Ocupação de terras e prédios públicos.
 Acampamentos e assentamentos.
 Marchas. 2
 Jejuns e greves de fome.
 Manifestações e Vigílias urbanas.
Objetivos:
 Implantar a Reforma Agrária a nível nacional.
 Agricultura familiar.
 Colocar fim aos latifúndios e as desigualdades sociais.

Página 22 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

Página 23 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

Movimentos Sociais urbanos:


MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto):
Movimento social popular que surgiu na década de 90, e visa uma
organização a nível nacional de trabalhadores urbanos a partir das
localidades em que vivem. Segundo esse movimento a estrutura do
sistema urbano capitalista leva as pessoas com menos condições
financeiras às regiões periféricas da cidade, estabelecendo uma
desigualdade e precariedade na organização social. Devido a isso
atuam através de práticas que envolvem questões em menor escala
como as institucionais, essas que envolvem negociações de projetos
com o Estado, participação em Conselhos e parcerias com os governos,
até as mais radicais que se caracterizam por ações diretas tendo por
objetivo pressionar o Estado, entre essas podemos citar ocupação de
espaços urbanos como prédios públicos, rodovias, imóveis
desocupados.

Objetivos:
 Luta contra o sistema capitalista.
 Luta contra leis que proporcionam desigualdades sociais.
 Reforma Urbana, visando o fim da especulação imobiliária
 Garantir moradia, saúde, educação e transporte de qualidade a
todos.
 Construção de um poder popular e de uma sociedade mais justa.

Página 24 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

http://oglobo.globo.com/brasil/mtst-leva-3-mil-pessoas-as-ruas-
para-pedir-aprovacao-de-lei-que-beneficia-copa-do-povo-12915967
Manifestação do MTST bloqueando uma via da cidade de São
Paulo com o objetivo de pressionar políticos da cidade a aprovar
mudanças na lei de zoneamento da cidade.

Movimento Ambientalista:
O movimento ambientalista brasileiro surgiu no final da década
de 60 e início de 70 como uma derivação de mobilizações e demandas
a nível mundial, que buscavam e ainda buscam a conservação
ambiental. Nesse período os parques industriais de países
desenvolvidos estimulavam sua produção, aumentando o consumo de
matéria prima e a emissão de poluentes no meio ambiente. Esse fato
fez surgir o ativismo ambiental e, junto a isso, estudos científicos que
se propuseram a pesquisar os efeitos da sociedade industrial em
relação ao ambiente. Nesse mesmo contexto o Brasil passava por um
período de crescimento de seu parque industrial, instalando centros
químicos e petroquímicos em zonas litorâneas, ao mesmo tempo em
que o setor da agroindústria aumentava de forma significativa o uso
de agrotóxicos nas lavouras brasileiras.

Página 25 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

A ideia de que quanto mais se produzisse e consumisse, maior


seria o bem-estar humano, levou a elaboração de questionamentos
referentes à questão ambiental. Sendo assim em 1972 ocorre a
Conferência de Estocolmo que, procurou abordar debates para
estabelecer princípios e critérios para preservar os recursos ambientais
a nível planetário. Após a Conferência, o Brasil passa a presenciar o
surgimento de movimentos voltados à preservação do meio ambiente
como, por exemplo, a mobilização de grupos civis contra a construção
de um programa nuclear e de construção de usinas elétricas, ações que
causam grandes impactos ambientais.
Já na década de 80, após a abertura política no Brasil, os grupos
ambientalistas ganharam crescimento expressivo, na qual seus
membros faziam parte de pessoas ligadas a pesquisas
(intelectualizadas), ganhando espaços ao eleger políticos que
defendiam a causa e expansão das ideias voltadas para o meio
ambiente. Fato que direcionou a luta para diversas instâncias, como a
extinção de espécies, desmatamento, questão urbana, poluição das
águas e do ar, construção de hidroelétricas, uso de agrotóxicos,
concentração de poder entre outras.
No decorrer da década de 90, após o fim da Guerra Fria, o mundo
passa por um grande processo de transformação política, a expansão
das ideias liberais provocou o surgimento do chamado terceiro setor
que irá fazer com que as ONG´s ganhem espaços a nível global. No
Brasil, a partir da Constituição de 1988 deu aos cidadãos uma
possibilidade maior de participação nas decisões sociopolíticas, o que
levou os movimentos ambientalistas a se interessarem pela
participação na defesa dos interesses da coletividade, através da
mediação nos processos de gestão ambiental perseguidos pelas
políticas públicas.
Objetivos:
- Proteger o meio ambiente.

Página 26 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

- Evitar a extinção de espécies da fauna e flora.


– Propagar para as pessoas e governos a necessidade de preservação
do meio ambiente.
- Combater ações de desmatamento e poluição ambiental.
– Criar formas de produção (alternativas) de desenvolvimento
sustentável.
– Denunciar e combater ações negativas ao meio ambiente.
– Criar projetos voltados para debates e programas de formação cidadã
voltadas à conservação ambiental.
Formas de ação:
- Atuar em partidos políticos visando a aprovação de leis que
beneficiem a questão ambiental.
- Protestos, manifestações e panfletagens.
- Ocupar espaços em meios de comunicações para propagar as ideias
ambientalistas (TV, rádio, jornais, internet).
- Ações diretas (como ocupações a prédios, embarcações) que
impeçam o desmatamento ou algum tipo de poluição.
- Desenvolvimento de pesquisas que possam servir para detectar
problemas ambientais, auxiliando em intervenções mais eficientes.
- Incentivar a reciclagem, o uso racional da água e energia e o consumo
consciente.
No Brasil podemos destacar:
- S.O.S Mata Atlântica.
- Fundação Gaia.
- Instituto Sócio Ambiental.
- Instituto Akatu.
- Amigos da Terra.
- Greenpeace Brasil.

Página 27 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

Imagem: http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/greenpeace-
protesta-contra-aprovacao-de-novo-codigo-
florestal/n1597398536628.html
Ativista do Greenpeace no Brasil faz ato em Brasília contra o
projeto que visa mudanças no código florestal brasileiro no ano de
2011.

Foto: https://pt.wikipedia.org/wiki/Problemas_ambientais_do_Brasil

Página 28 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

A imagem mostra a presença de espuma tóxica em parte do Rio


Tietê na cidade de Pirapora do Bom Jesus na grande São Paulo, fato
ocorrido devido a presença de esgoto não tratado jogado nas águas do
rio. Nesse caso uma das críticas dos movimentos ambientalistas é a
falta de políticas públicas.

3. MOVIMENTOS SOCIAIS NA AMAZÔNIA.


As quebradeiras de coco:
São mulheres nordestinas da mata dos cocais, transição para a
floresta amazônica em que temos os babaçuais. São mulheres que
realizam as atividades extrativas, quebrando o coco do babaçu e vivem
de sua pequena produção, que sustenta as comunidades locais. Muita
violência ocorreu entre as quebradeiras e os grandes fazendeiros,
envolvendo inclusive com assassinatos.

As mulheres se organizaram com apoio da Igreja Católica, nas


comunidades eclesiais de base, e passaram a organizar o movimento
das mulheres. Conseguiram importantes vitórias como a lei do
Babaçu Livre em 17 municípios, em que o acesso é livre aos coletores
e coletoras sem-terra às florestas de babaçu. A lei também protege a
floresta com um todo. São aproximadamente 400 mil quebradeiras de
coco que atuam em 18 milhões de km2. Um outro exemplo muito
interessante é a Associação dos Produtores Rurais de Carauari –

Página 29 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

ASPROC foi criada, oficialmente, em 1994 pelos trabalhadores


ribeirinhos, que, após resistirem a um longo período de exploração, se
uniram com o objetivo de organizar e comercializar a produção da
região, de modo a garantir renda familiar e conservar os recursos
naturais.
Chico Mendes e o movimento seringalista:
Foi o maior líder do movimento seringalista. Nasceu em uma
comunidade de seringueiros. Ainda jovem entrou em contato com a
política e discussões filosóficas, influenciado por ideias socialistas que
conheceu através de um militante do partido comunista. Passou a
defender a floresta e as populações que nela habitam, que passam a
ser chamados de “os povos da floresta, numa referência aos
ribeirinhos, seringalistas e indígenas”.

A defesa da floresta vinha acompanhada de propostas que na


década de 80 causavam muita estranheza, mas que hoje já se
incorporaram ao pensamento político social como uma ideia poderosa
de que devemos preservar a Amazônia e promover sua exploração
através do manejo e práticas sustentáveis. Quando Chico Mendes
levantou esta bandeira despertou a oposição de grandes proprietários,
muitos deles desmatando ilegalmente. O governo, ainda no período

Página 30 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

militar não se preocupava com a preservação da floresta, mas pelo


contrário, viam a manutenção da floresta como o contrário do
desenvolvimento. Chico Mendes passou a defender as reservas
extrativistas que foram criadas para a manutenção dos povos da
floresta. São áreas de preservação em que só podem ser realizadas
atividades extrativas e sustentáveis. Ajudou a criar núcleos de
alfabetização na Amazônia. Fundou o sindicato dos seringueiros e fez
carreira política. Esteve na fundação do Partido Verde e do Partido dos
Trabalhadores no Acre. Enfrentou várias vezes o governo de forma a
despertar muitos inimigos, como quando foi em viagem a Washington
e conseguiu convencer investidores a financiar a construção de uma
rodovia entre Porto Velho e Rio Branco. Sua atuação política lhe custou
a vida e a de muitos sindicalistas. Os conflitos entre o avanço do
agronegócio, das políticas de povoamento criadas pelo governo, e o
interesse dos povos da floresta foram muitas vezes resolvidos com
violência. Vários enfrentamentos ocorriam com grupos de pistoleiros
contratados para dar cabo da vida de Chico Mendes e outros
sindicalistas. Uma das formas dos seringueiros lutarem eram os
empates. Negociavam na conversa com grupos enviados por
poderosos para desocupá-los. Negociavam as “tréguas”. Com uma
longa atuação política, sempre ciente dos riscos que corria, foi
assassinado ao visitar a família no natal de 1988.

Página 31 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

4. EXERCÍCIOS RESOLVIDOS.
1. (Uerj 2013) O assassinato do líder seringueiro Chico Mendes, em
1988, deu expressão internacional à pequena cidade de Xapuri, no
Acre, e voltou o olhar do mundo para milhares de cidadãos que fazem
da extração do látex seu sustento e do Vale Amazônico sua morada. O
que poucos sabem é que esse foi apenas mais um capítulo da saga da
borracha. Durante a Segunda Guerra Mundial, um exército de
retirantes foi mobilizado com pulso firme, propaganda forte e
promessas delirantes para deslocar-se rumo à Amazônia e cumprir
uma agenda do Estado Novo. Ao fim do conflito, em 1945, os migrantes
que sobreviveram às durezas da selva foram esquecidos no Eldorado.
Passadas décadas, os soldados da borracha hoje lutam para receber
pensão equivalente à dos ex-pracinhas.

Adaptado de revistaepoca.globo.com, 18/04/2011.

A extração de recursos naturais da Floresta Amazônica, como o látex,


ainda hoje se insere em um contexto de problemas sociais,
relacionados principalmente ao seguinte fator:
a) escassez de mão de obra qualificada
b) precariedade das condições de trabalho
c) insuficiência dos sistemas de transporte
d) insalubridade da infraestrutura habitacional

Resposta:
[B]

Como mencionado corretamente na alternativa [B], a


precariedade das relações trabalhistas resultantes dentre
outras, de rendimentos insuficientes que garantam a ascensão
econômica e social, é o principal problema desse sistema

Página 32 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

produtivo que, embora antigo e tradicional, não apresentou


alterações.
Estão incorretas as alternativas:
[A], porque a extração não demanda a qualificação da
mão de obra;
[C], porque embora a deficiência nas vias de circulação
seja uma característica da área, não se constitui como cerne
dos problemas sociais;
[D], porque apesar das condições insalubres, inclusive
habitacionais, o problema gerado pela extração do látex é a
manutenção da pobreza.

2. (Ufpb 2012) Leia:

“Perto da ponte, José reduziu ao mínimo a velocidade e conduziu a


motocicleta com os pés. Assim que cruzaram o igarapé, foram
surpreendidos. O primeiro tiro de escopeta atravessou a mão direita
de Maria e atingiu o lado esquerdo do abdome de José. Na sequência,
mais tiros de escopeta e de um revólver 38, que levariam o casal à
morte. Um dos assassinos retirou o capacete e a touca que escondia
seu rosto. Suado, livrou-se da touca no local do crime. O outro puxou
a faca, andou até José Cláudio, que dava os últimos suspiros, e cortou
um pedaço de sua orelha direita para levar como prova do serviço
realizado”.

(Revista Carta Capital. Disponível em:


<http://www.cartacapital.com.br/destaques_carta_capital/os-
ultimos-momentos>. Acesso em: 10 jun. 2011)

O texto narra o assassinato do reconhecido ambientalista José Cláudio*


Ribeiro e de sua esposa Maria do Espírito Santo, mortos justamente

Página 33 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

por participarem de movimentos sociais que lutam a favor da


preservação das florestas. Considerando o tema “violência e
preservação ambiental”, é correto afirmar:
a) O assassinato de José Cláudio é mais um entre outros na história da
luta em defesa da natureza no Brasil, podendo ser comparado ao
assassinato de Chico Mendes e de Irmã Dorothy Stang.
b) A aprovação de mudanças no Código Florestal pela Câmara dos
Deputados Federais, ocorrida em 24 de maio de 2011, mesmo dia do
assassinato de José Cláudio, foi uma resposta imediata contra esse
tipo de violência.
c) As reservas extrativistas, efetivadas pelo governo depois do
assassinato de Chico Mendes em 1988, no município de Xapuri (AC),
representam uma importante política pública de preservação da
floresta contra qualquer tipo de atividade econômica.
d) O assassinato do Padre Josimo Tavares em 1986, na cidade de
Imperatriz (MA), resultou na prisão dos mandantes do crime, na
instituição de leis severas contra o desmatamento e na realização de
uma ampla reforma agrária nesse estado.
e) O assassinato de Irmã Dorothy Stang em 2005, na cidade de Anapu
(PA), ocorreu devido ao apoio dessa religiosa às tribos indígenas que
visavam vender as madeiras de suas terras, contrariando os grandes
madeireiros que objetivavam reflorestar a área.

Resposta:
[A]

CORRETA – A alternativa faz referência a líderes de movimentos


assassinados, que buscavam o desenvolvimento sustentável e
a preservação da floresta Amazônica.

Página 34 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

INCORRETA – Embora tenha ocorrido a aprovação das


mudanças no Código Florestal, a região amazônica ainda é alvo
de ilegalidade na exploração de seus recursos.
INCORRETA – As reservas extrativistas objetivam a exploração
baseada no desenvolvimento sustentável.
INCORRETA – Embora haja leis que regulem o desmatamento,
este tem sido feito de forma exacerbada e ilegal, e a reforma
agrária não ocorreu.
INCORRETA – O assassinato ocorreu em razão da liderança da
Irmã Dorothy Stang em um movimento para a preservação da
floresta Amazônica frente aos grandes produtores
agropecuários e madeireiros da região.

3. (Fuvest 2013) Grandes lagos artificiais de barragens, como o


Nasser, no Rio Nilo, o Three Gorges, na China, e o de Itaipu, no Brasil,
resultantes do represamento de rios, estão entre as obras de
engenharia espalhadas pelo mundo, com importantes efeitos
socioambientais.

Acerca dos efeitos socioambientais de grandes lagos de barragens,


considere as afirmações abaixo.

I. Enquanto no passado, grandes lagos de barragem restringiam-se a


áreas de planície, atualmente, graças a progressos tecnológicos,
situam-se, invariavelmente, em regiões planálticas, com
significativos desníveis topográficos.
II. A abertura das comportas que represam as águas dos lagos de
barragens impede a ocorrência de processos de sedimentação, assim
como provoca grandes enchentes a montante.

Página 35 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

III. Frequentes desalojamentos de pessoas para a implantação de


lagos de barragens levaram ao surgimento, no Brasil, do Movimento
dos Atingidos por Barragens – MAB.
IV. Por se constituírem como extensos e, muitas vezes, profundos
reservatórios de água, grandes lagos de barragens provocam
alterações microclimáticas nas suas proximidades.

Está correto o que se afirma em


a) I e II, apenas.
b) I, II e III, apenas.
c) II, III e IV, apenas.
d) III e IV, apenas.
e) I, II, III e IV.

Resposta:
[D]

A implantação de barragens de hidrelétricas causa


impactos ambientais e sociais, como alterações no ecossistema
e clima locais (IV) e protestos de populações prejudicadas pelo
reservatório e que se organizam em movimentos sociais como
o MAB – Movimento dos Atingidos por Barragens (III).
Os itens incorretos são:

I. Tradicionalmente, os grandes lagos para o aproveitamento


hidrelétrico se localizam em áreas com relevo planáltico, uma
vez que o desnível topográfico propicia maior geração de
energia. Recentemente, foram implantadas novas tecnologias
que permitem o aproveitamento hidrelétrico em áreas cujo
relevo apresenta menor desnível, como é o caso das
hidrelétricas de Jirau e Santo Antônio no rio Madeira (RO).

Página 36 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

II. A implantação de uma barragem faz com que aumento o


acúmulo de sedimentos retidos no reservatório. O
procedimento de abertura das comportas que represam as
águas até propicia alguma sedimentação à jusante. A barragem
pode funcionar também para atenuar as inundações à jusante
devido à retenção de água. Algumas vezes, quando o
reservatório está com excesso de água, a maior vazão pelas
comportas pode causar enchentes à jusante.

4. (Ufpa 2011) Na região Amazônia travam-se conflitos pela


apropriação e uso dos recursos naturais. Eles se tornam intensos a
partir da década de 1970 e 1980, quando os grandes projetos de
exploração e beneficiamento mineral, metalúrgico, energético e
agropecuário se estabelecem nesta parte do território nacional. Desde
então, o capital nacional e internacional, o Estado, grupos e
movimentos sociais organizados disputam a apropriação e o uso do
subsolo, do solo, da água, dos bens da floresta, entre outros recursos.

Sobre a atuação das organizações e dos movimentos sociais nessa


região é correto afirmar:
a) Desde a década de 1970, a Comissão Pastoral da Terra (CPT)
representa os interesses de trabalhadores rurais, posseiros e peões,
visto que, naquele período, as lideranças populares no campo e na
cidade eram alvo da repressão política. A regularização fundiária é a
sua principal reivindicação e foi somente conquistada a partir do
programa Amazônia Terra Legal do Governo Federal.
b) O Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) é um dos
movimentos sociais críticos à matriz energética implantada na
Amazônia, que constrói complexos hidrelétricos para atender as
demandas dos grandes projetos de exploração e beneficiamento

Página 37 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

mineral, tais como Albrás/Alunorte. Sua principal reivindicação é a


utilização de recursos renováveis como a biomassa da floresta.
c) O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) desde
1990 atua no Sudeste do Para, quando dirige as primeiras ocupações.
Dentre suas reivindicações está a reforma agrária de mercado, pela
qual o Movimento pressiona o Estado para que haja desapropriação
e indenização das terras improdutivas e para que sejam vendidas a
preços de mercado para os trabalhadores rurais.
d) A Aliança dos Povos da Floresta é um movimento social que
congrega povos indígenas, seringueiros, ribeirinhos, camponeses,
em suma, todos os que têm nos recursos da floresta seu principal
sustento. Esse movimento nasce como resposta à implantação de
grandes projetos de exploração mineral e madereira, e de
beneficiamento energético, agropecuário e rodoviário, que ameaçam
a reprodução da floresta, de seus recursos e povos.
e) As organizações e os movimentos sociais que atuam na Amazônia
agrupam-se em torno de duas grandes matrizes: a
desenvolvimentista e a ambientalista. A primeira propõe o nacional
desenvolvimentismo, impulsionado por grandes obras de
infraestrutura que está representado no Programa de Aceleração do
Crescimento (PAC). A segunda defende o desenvolvimento
economicamente viável, ambientalmente sustentável e socialmente
justo.

Resposta:
[D]

A Amazônia possui uma riqueza natural de grande


importância e é cobiçada pelo capital internacional. O tipo de
exploração de vocação racional é um enorme potencial para
ações sustentáveis. Nesse sentido, os chamados povos da

Página 38 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

floresta, a partir de ações próprias e de convênios com


empresas e instituições que acreditam no desenvolvimento
com baixo impacto sobre o meio ambiente credenciam-se como
as formas mais equilibradas de exploração alinhadas à
sustentabilidade, porém contrariando interesses de grupos
transnacionais.
A alternativa [A] é falsa, a regularização fundiária na
região ainda é indefinida.
A alternativa [B] é falsa, não há reivindicação por uso de
biomassa da floresta devido aos impactos sobre a vegetação e
a economia da silvicultura.
A alternativa [C] é falsa, a pressão é por terras doadas por
desapropriação para fins sociais.
A alternativa [E] é falsa, o PAC, que não é um programa
apenas desenvolvimentista, não se destina apenas à região e
suas propostas para a Amazônia contemplam níveis de
sustentabilidade.

5. (G1 - ifpe 2014) Analise os textos a seguir.

“A estrutura fundiária do Brasil continua a mesma do período colonial”.

Página 39 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

A afirmação de Gilmar Mauro, dirigente nacional do Movimento dos


Trabalhadores Rurais Sem Terra, o MST, não é mera retórica. Está
calcada em estudos que comprovam que pouco se avançou em termos
de distribuição da terra desde os tempos da Coroa Portuguesa. O
coeficiente de Gini, índice utilizado em pesquisas científicas para medir
o grau de desigualdade social, revela que a concentração de terra no
país até aumentou, se os dados analisados forem os do Instituto
Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Disponível em:<http://guebala.blogspot.com.br/2011/11/estrutura-
fundiaria-do-brasil-continua.html>
Acesso em: 04set.2013.

Com base nas informações acima e nos seus conhecimentos sobre a


estrutura fundiária brasileira, assinale a alternativa correta.
a) Constitui uma questão primordial para a sociedade brasileira que,
no entanto, não avança no que diz respeito à aplicação efetiva de
uma ampla reforma agrária.
b) Tal como vem ocorrendo nas últimas décadas, tem promovido a
inclusão social dos trabalhadores rurais e sua absorção pelo mercado
de trabalho.
c) Tem contribuído para aumentar a capacidade produtiva das
pequenas propriedades rurais, garantindo, assim, as condições de
subsistência para a agricultura familiar.
d) Contribui para acentuar a degradação ambiental, provocada pelas
monoculturas de exportação, realizadas, em geral, nas pequenas e
médias propriedades.
e) A legislação agrária proibiu a compra de terras por empresas
estrangeiras, de modo que as áreas agrícolas ociosas passaram a ser

Página 40 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

ocupadas pelos trabalhadores rurais, democratizando o acesso à


terra.

Resposta:
[A]

Como mencionado corretamente na alternativa [A], a


questão fundiária envolve aspectos sociais e produtivos,
entretanto, ao longo da história tem permanecido inalterada
em sua tendência de concentração.
Estão incorretas as alternativas:
[B], [C] e [D], porque em razão da concentração fundiária,
ou seja, do predomínio das grandes propriedades comerciais,
posterga-se a exclusão social do trabalhador rural, reduz-se
investimento e capacidade da agricultura familiar, e
potencializa-se a degradação ambiental;
[E], porque a terra é uma mercadoria e tal qual, tem valor
de mercado, o que impossibilita o acesso democrático a ela.

Página 41 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

5. EXERCÍCIOS PROPOSTOS.
1. (G1 - cp2 2013)

==da923==

A carência de mão de obra na Europa para sua reconstrução após a 2ª


Guerra Mundial e, posteriormente, para ocupar os empregos menos
qualificados, fez com que a entrada de imigrantes fosse muito bem
vinda. No entanto, nos últimos anos, essa situação se reverte fazendo
com que esses imigrantes sofram diferentes formas de discriminação.
Dentre as opções abaixo, a que explica essa mudança é:
a) o crescente desemprego que ocorre em boa parte dos países
europeus;
b) o processo acelerado de envelhecimento da população dos países
que atraem imigrantes;
c) a elevação dos salários pagos à mão de obra imigrante em relação
aos trabalhadores europeus;
d) a redução do Índice de Desenvolvimento Humano decorrente do
aumento do número de imigrantes.

2. (Udesc 2015) Visualize com atenção a imagem do chargista Latuff,


e analise as proposições.

Página 42 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

I. A igualdade de forças entre os dois personagens da imagem está


bem demarcada pela enxada na mão da mulher e a arma de fogo
apontada pelo jagunço.
II. A presença da balança na mão do atirador representa de que lado
a justiça pende diante dos confrontos entre latifundiários e
movimentos sociais de luta pela terra.
III. A presença feminina, na charge, faz jus à histórica participação das
mulheres nos movimentos sociais de ocupação pela terra.
IV. A justiça está representada com uma venda no olho, indicando sua
imparcialidade diante dos problemas de disputas de terra no Brasil;
ela atua sempre do lado da legalidade, nesse caso, a favor da
concentração de riqueza e de propriedade nas mãos de uns poucos.
V. O chapéu representando o latifúndio simboliza os movimentos
sociais que incluíram a questão da terra como pauta de luta.

Assinale a alternativa correta.


a) Somente as afirmativas II e III são verdadeiras.
b) Todas as afirmativas são verdadeiras.
c) Somente as afirmativas I e IV são verdadeiras.
d) Somente as afirmativas II, III e V são verdadeiras.

Página 43 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

e) Somente as afirmativas I, II e V são verdadeiras.

3. (Vunesp 2012) Cada cultura tem suas virtudes, seus vícios, seus
conhecimentos, seus modos de vida, seus erros, suas ilusões. Na nossa
atual era planetária, o mais importante é cada nação aspirar a integrar
aquilo que as outras têm de melhor, e a buscar a simbiose do melhor
de todas as culturas. A França deve ser considerada em sua história
não somente segundo os ideais de Liberdade-Igualdade-Fraternidade
promulgados por sua Revolução, mas também segundo o
comportamento de uma potência que, como seus vizinhos europeus,
praticou durante séculos a escravidão em massa, e em sua colonização
oprimiu povos e negou suas aspirações à emancipação. Há uma
barbárie europeia cuja cultura produziu o colonialismo e os
totalitarismos fascistas, nazistas, comunistas. Devemos considerar
uma cultura não somente segundo seus nobres ideais, mas também
segundo sua maneira de camuflar sua barbárie sob esses ideais.

(Edgard Morin. Le Monde, 08.02.2012. Adaptado.)

No texto citado, o pensador contemporâneo Edgard Morin desenvolve


a) reflexões elogiosas acerca das consequências do etnocentrismo
ocidental sobre outras culturas.
b) um ponto de vista idealista sobre a expansão dos ideais da
Revolução Francesa na história.
c) argumentos que defendem o isolamento como forma de proteção
dos valores culturais.
d) uma reflexão crítica acerca do contato entre a cultura ocidental e
outras culturas na história.
e) uma defesa do caráter absoluto dos valores culturais da Revolução
Francesa.

Página 44 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

4. (Unioeste 2016) Max Weber (1864-1920) afirma que “devemos


conceber o Estado contemporâneo como uma comunidade humana
que, dentro dos limites de determinado território […], reivindica o
monopólio do uso legítimo da violência física” (Weber, Ciência e
Política: duas vocações. São Paulo: Cultrix, 2006, p. 56). Assinale a
alternativa CORRETA, a respeito do significado da afirmação de Weber.
a) Para Weber, no caso do Estado contemporâneo, apenas seus
agentes podem utilizar a violência de modo legítimo dentro dos
limites do seu território.
b) O Estado foi sempre o único agente que pode utilizar legalmente a
violência com o consentimento dos cidadãos – a violência dos pais
contra os filhos, por exemplo, sempre foi ilegal.
c) Atualmente, o Estado é o único agente que utiliza a violência
(ameaças, armas de fogo, coação física) como meio de atingir seus
fins – assim a segurança de todos os cidadãos está garantida.
d) Outros grupos também podem utilizar a violência como recurso –
por exemplo, as empresas privadas de vigilância – independente da
autorização legal do Estado.
e) Todos os cidadãos reconhecem como legítima qualquer violência
praticada pelos agentes do Estado contemporâneo – por exemplo,
quando a polícia usa balas de borracha contra grevistas.

5. (Uerj 2016)

Página 45 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

No último mês de janeiro, nas comemorações do Dia de Martin Luther


King, propagou-se, mais uma vez, a frase Black lives matter “Vidas
negras importam”, que surgiu nos protestos gerados pela morte de
jovem negro, em agosto de 2014, na cidade norte-americana de
Ferguson.
A utilização dessa frase nas comemorações de 2015 aponta para uma
contradição existente entre uma característica da ordem política norte-
americana e um impedimento ao pleno exercício dos direitos civis.
Essa característica e esse impedimento, respectivamente, são:
a) prevalência do republicanismo e existência de grupos paramilitares
b) legitimidade do associativismo e regulação dos movimentos
populares
c) vigência do ideal democrático e permanência de desigualdades
étnicas
d) garantia da liberdade de manifestação e monitoramento das redes
sociais

6. (Upe-ssa 2 2016) Observe a imagem a seguir:

Página 46 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

O fenômeno nela apresentado é definido como uma


a) ação de partidos políticos que possuem o objetivo de mudar uma
determinada situação em um país ou região.
b) determinação social de grupos minoritários que reivindicam
melhores situações para determinados indivíduos desprotegidos
culturalmente.
c) solução definitiva e tranquila de conflitos e desigualdades sociais
impostas pelos grupos menos favorecidos aos grupos sociais
considerados elitizados.
d) ação coletiva com base em uma determinada visão de mundo,
objetivando a mudança ou a manutenção das relações sociais numa
dada sociedade.
e) norma de comportamento determinada pela sociedade para
controlar manifestações individuais ou grupais que contrariem os
interesses do poder político do país.

7. (Interbits 2016) A respeito das diferenças entre esquerda e direita


na política.

I. Ainda que tenham interesses políticos divergentes, muitas vezes


alguns partidos de direita e de esquerda se tornam aliados políticos.

Página 47 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

II. O PT se constitui atualmente como um partido de extrema esquerda,


devido à sua prática político-econômica claramente marxista.
III. Essa diferença é, em parte, abstrata, mas revela importantes
diferenças ideológicas.
IV. A direita tende a valorizar mais os direitos civis dos cidadãos,
enquanto a esquerda os direitos sociais.

Estão corretas as afirmativas:


a) Somente I e II.
b) Somente I e III.
c) Somente I, III e IV.
d) Somente II, III e IV.
e) Todas as afirmativas estão corretas.

8. (Unisc 2016) Anarquismo é uma corrente de pensamento com


variadas expressões no pensamento filosófico e político. Os
anarquistas têm em comum a defesa da liberdade pessoal, da
participação direta dos cidadãos em todos os assuntos políticos e a
recusa às diferentes formas de autoridade e de governo. São contrários
à representação política e à delegação de poder. Entendem que a
ordem social não requer a existência de governo. Há um segundo
sentido do termo, comum na linguagem popular, em que anarquista
significa ser apoiador da desordem e do caos.

Dicionário de Filosofia Política, Edunisinos, 2010.

Considerando o primeiro sentido, próprio do pensamento filosófico e


político, assinale a alternativa condizente com a visão anarquista.
a) Voto universal e eleições diretas para todos os cargos
governamentais.

Página 48 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

b) Cooperativas e sindicatos de trabalhadores.


c) Organização terrorista anticapitalista, militarizada e hierarquizada,
tipo Al-Qaeda.
d) Parlamentos livres (de deputados, senadores ou vereadores).
e) Democracia representativa.

9. (Unicamp 2015) A igualdade, a universalidade e o caráter natural


dos direitos humanos ganharam uma expressão política direta pela
primeira vez na Declaração da Independência americana de 1776 e na
Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão de 1789. Embora se
referisse aos “antigos direitos e liberdades” estabelecidos pela lei
inglesa e derivados da história inglesa, a Bill of Rights inglesa de 1689
não declarava a igualdade, a universalidade ou o caráter natural dos
direitos. Os direitos são humanos não apenas por se oporem a direitos
divinos ou de animais, mas por serem os direitos de humanos em
relação uns aos outros.

HUNT, Lynn. A invenção dos direitos humanos: uma história. São


Paulo: Companhia das Letras, 2009, p. 19. (Adaptado)

Assinale a alternativa correta.


a) A prática jurídica da igualdade foi expressa na Declaração de
Independência dos EUA e assegurada nos países independentes do
continente americano após 1776.
b) A lei inglesa, ao referir-se aos antigos direitos, preservava a
hierarquia, os privilégios exclusivos da nobreza sobre a propriedade
e os castigos corporais como procedimento jurídico.
c) No contexto da Revolução Francesa, a Declaração dos Direitos do
Homem e do Cidadão significou o fim do Antigo Regime, ainda que
tenham sido mantidos os direitos tradicionais da nobreza.

Página 49 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

d) Os direitos do homem, por serem direitos dos humanos em relação


uns aos outros, significam que não pode haver privilégios, nem
direitos divinos, mas devem prevalecer os princípios da igualdade e
universalidade dos direitos entre os humanos.

10. (Fgv 2015)

As imagens apresentam, de diversos ângulos, a escultura de Marco


Cianfanelli em homenagem ao 50º aniversário da captura e prisão de
Nelson Mandela, em 1962. A obra é composta por hastes de aço de
altura variável, cortadas a laser e Inseridas na Paisagem, na província
de KwaZulu-Natal, onde Mandela foi detido pelo regime do apartheid.
Ao comentar a sua obra, o artista afirmou: "As 50 colunas representam
os 50 anos que se passaram desde a sua captura, mas também
sugerem a ideia de que muitos compõem um conjunto; referem-se à
solidariedade. Indicam a ironia de que o encarceramento de Mandela
o transformou em um ícone de luta, alimentando a resistência que
levou o país à democracia".

As afirmações abaixo constituem aspectos da proposta política e


estética do artista, EXCETO:
a) De perto, a escultura parece um punhado de barras de aço negro
de formato irregular, apontando para o céu e reproduzindo a
sensação de estar entre grades.

Página 50 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

b) À medida que o observador se afasta da floresta de colunas pelo


caminho, elas gradualmente se alinham, formando a imagem focada
e tornando reconhecivel o líder político da luta contra o apartheid.
c) A cor preta das hastes permite destacá-las da paisagem, mas
também se refere à atuação do Presidente Mandela, que construiu
uma África do Sul para os negros sul-africanos, perseguindo a
minoria branca.
d) De lado, visualiza-se um agrupamento disperso de hastes, que,
frontalmente, transforma-se em uma imagem coerente e solidária,
evocando a ação coletiva que levou à derrubada do apartheid.
e) A escultura impacta a paisagem por sua monumentalidade e a
ressignifica, transformando o lugar da detenção de Mandela em
memorial do combate à segregação racial e da conquista dos direitos
civis na África do Sul.

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:


Leia o texto a seguir e responda à(s) próxima(s) questão(ões).

O desenvolvimento da civilização e de seus modos de produção fez


aumentar o poder bélico entre os homens, generalizando no planeta a
atitude de permanente violência. No mundo contemporâneo, a
formação dos Estados nacionais fez dos exércitos instituições de defesa
de fronteiras e fator estratégico de permanente disputa entre nações.
Nos armamentos militares se concentra o grande potencial de
destruição da humanidade. Cada Estado, em nome da autodefesa e
dos interesses do cidadão comum, desenvolve mecanismos de controle
cada vez mais potentes e ostensivos. O uso da força pelo Estado
transforma-se em recurso cotidianamente utilizado no combate à
violência e à criminalidade.

Página 51 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

Adaptado de: COSTA, C. Sociologia: introdução à ciência da sociedade.


São Paulo: Moderna, 1997. p.283-285.

11. (Uel 2015) Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, a


concepção sociológica weberiana sobre o uso da força pelo Estado
contemporâneo.
a) A força militar contemporânea, por seu poder de persuasão e
atributos personalísticos, é um agente exemplar do tipo de
dominação carismática.
b) Na sociedade contemporânea, o poder compartilhado entre cidadãos
e Estado, para o uso da força, define a dominação legítima do tipo
racional-legal.
c) O Estado contemporâneo caracteriza-se pela fragmentação do poder
de força, conforme o tipo ideal de dominação carismática, a exemplo
do patriarca.
d) O Estado contemporâneo define-se pelo direito de monopólio do uso
da força, baseado na dominação legítima do tipo racional-legal.
e) O tipo ideal de dominação tradicional é exercido com base na
legitimidade e na legalidade do poder de uso democrático da força
pelo Estado contemporâneo.

12. (Fgv 2014) O projeto de lei 21626/11 – conhecido como Marco


Civil da Internet – é um projeto de lei que estabelece princípios e
garantias do uso da rede no Brasil. Segundo o deputado Alessandro
Molon (PTRJ), autor da proposta, a ideia é que o marco civil funcione
como uma espécie de "Constituição" da internet, definindo direitos e
deveres de usuários e provedores da web no Brasil.

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2014/03/140219_marco_c
ivil_internet_mm.shtml, acesso em 26/03/2014.

Página 52 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

Sobre esse projeto, aprovado pela Câmara dos Deputados em


25/03/2014, é correto afirmar:
a) Apesar de buscar proteger a privacidade dos usuários, o projeto
aprovado na Câmara permite o acesso de terceiros aos dados,
correspondências ou comunicação que estiverem na rede.
b) O projeto aprovado na Câmara proíbe os provedores de internet de
vender planos que façam diferenciações no tráfego de dados ou que
selecionem o conteúdo a ser acessado.
c) O projeto aprovado na Câmara determina que os provedores de
acesso devam ser responsabilizados civilmente por danos
decorrentes de conteúdo de terceiros, independentemente de ordem
judicial.
d) O projeto aprovado na Câmara determina que proíbam que
provedores de acesso vendam diferentes velocidades de acesso,
garantindo a democratização do uso da internet.
e) O projeto aprovado na Câmara desobriga os sites e aplicativos de
internet de manter registro dos dados de seus usuários, de maneira
a garantir a sua privacidade e a inviolabilidade.

13. (Unimontes 2014) O termo “cidadania” foi consagrado pelo


sociólogo inglês Thomas Humphrey Marshall (1893-1981), o qual,
segundo esse autor, implica um sentimento de pertencimento e
lealdade a uma civilização. Sobre esse assunto, analise as proposições
abaixo.

I. A noção de cidadania se estabelece a partir dos deveres de cada


indivíduo para com o Estado, mas também pelos direitos que esse
Estado lhe garante.
II. Cidadania é exercer a liberdade individual em todas as

Página 53 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

circunstâncias da vida social, sem nenhum empecilho jurídico.


III. Cidadania é também acesso a uma renda adequada, que permita
ao cidadão desfrutar de um padrão de vida comum a seus
concidadãos.
IV. Cidadania implica reconhecer as particularidades de gênero,
cultura, raça e sexualidade.

Estão CORRETAS as afirmativas


a) IV, II e I, apenas.
b) I, III e IV, apenas.
c) II, III e IV, apenas.
d) I, II e III, apenas.

14. (Unioeste 2014) De acordo com o sociólogo inglês T. S. Marshall,


a cidadania moderna se define em um longo processo histórico que
envolve o reconhecimento do cidadão como portador de Direitos Civis,
Direitos Políticos e Direitos Sociais. Com base nas reflexões propostas
por Marshall, é CORRETO afirmar que
a) no Brasil, não existe cidadania porque o voto é obrigatório.
b) cidadania é algo que só existe na Europa e nos Estados Unidos da
América.
c) a liberdade e a participação política dos cidadãos são fundamentais
para a contínua geração de novos direitos.
d) a conquista de direitos de cidadania no Brasil foi um processo que
se encerrou com a promulgação da Constituição em 1988.
e) a cidadania no Brasil foi imposta por Getúlio Vargas durante a
vigência do Estado Novo.

15. (Unimontes 2014) Em termos legais, a ideia de cidadania diz


respeito às regras segundo as quais é conferida a pertença nacional.
Essas regras podem ser baseadas na linguagem, no território, ou na

Página 54 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

combinação de ambos. O sociólogo inglês Thomas Humphrey Marshall


problematiza o conceito de cidadania, colocando-o em oposição ao
fenômeno da exclusão. Portanto, é INCORRETO afirmar:
a) Cidadania se estabelece não só a partir dos deveres de cada
indivíduo para com o Estado, mas também pelos direitos que esse
Estado lhe garante.
b) Um indivíduo que desfruta da condição de cidadão é aquele
autorizado a exercer sua liberdade sem restrições sociais e muito
menos sem ser constrangido com as normas e regulação do Poder
Público.
c) Historicamente, o usufruto dos direitos civis permitiu a demanda e
obtenção dos direitos políticos, e estes teriam aberto o caminho para
a conquista, pela via democrática, dos direitos sociais.
d) A evolução do conceito de cidadania possibilitou a afirmação das
particularidades de gênero, cultura, raça e sexualidade e,
notadamente, de classe social no Brasil contemporâneo.

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:


Leia a música abaixo:

Eu moro numa comunidade carente


Lá ninguém liga pra gente
Nós vivemos muito mal
Mas esse ano nós estamos reunidos
Se algum candidato atrevido
For fazer promessas, vai levar um pau
Vai levar um pau pra deixar de caô*
E ser mais solidário
Nós somos carentes, não somos otários
Pra ouvir blá-blá-blá em cada eleição
Nós já preparamos vara de marmelo e arame farpado,

Página 55 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

cipó-camarão para dar no safado que for pedir voto na jurisdição


É que a galera já não tem mais saco pra aturar pilantra
Estamos com eles até a garganta
Aguarde pra ver a nossa reação.

Comunidade Carente – Zeca Pagodinho

* Deixar de caô – expressão que significa deixar de conversa mole, de


falar mentiras.

16. (Interbits 2014) Tendo como inspiração a música acima, responda:

Qual é o tipo de regime político em que vivemos atualmente no Brasil?


a) Monarquia representativa.
b) Democracia direta.
c) Parlamentarismo democrático.
d) Democracia representativa.
e) Poliarquia direta.

17. (Ufu 2013) Os crescentes casos de violência que, recorrentemente,


têm ocorrido em nível nacional e internacional, diuturna e diariamente
noticiados pela imprensa, convidam a pensar em uma situação de
patologia social. No entanto, para Durkheim, o crime, ainda que fato
lastimável, é normal, desde que não atinja taxas exageradas. É
normal, porque existe em todas as sociedades; para o sociólogo, o
crime seria, inclusive, necessário, útil. Sem pretender fazer apologia

Página 56 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

do crime, compara-o à dor, que não é desejável, mas pertence à


fisiologia natural e pode sinalizar a presença de moléstias a serem
tratadas.

O crime seria, pois, para Durkheim, socialmente funcional, porque


a) exerce um papel regulador, contribuindo para a evolução do
ordenamento jurídico e possível advento de uma nova moral.
b) é fator de edificação e fortalecimento da solidariedade orgânica, que
se estabelece nas sociedades complexas.
c) legitima a ampliação do aparelho repressivo e classista do Estado
burocrático nas sociedades baseadas no sistema capitalista.
d) contribui para o crescimento de seitas e de religiões, nas quais as
pessoas em situação de risco buscam proteção.
18. (Interbits 2013) Leia o trecho da música Rap da Felicidade, de MC
Cidinho e MC Doca, descrita abaixo:

Eu só quero é ser feliz,


Andar tranquilamente na favela onde eu nasci.
E poder me orgulhar,
E ter a consciência que o pobre tem seu lugar.

Minha cara autoridade, eu já não sei o que fazer,


Com tanta violência eu sinto medo de viver.
Pois moro na favela e sou muito desrespeitado,
A tristeza e a alegria aqui caminham lado a lado.
Eu faço uma oração para uma santa protetora,
Mas sou interrompido a tiros de metralhadora.
Enquanto os ricos moram numa casa grande e bela,
O pobre é humilhado, esculachado na favela.
Já não aguento mais essa onda de violência,
Só peço à autoridade um pouco mais de competência.

Página 57 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

A letra termina com a frase “só peço à autoridade um pouco mais de


competência”. Sabe-se que muitas vezes as forças policiais agem de
forma violenta em locais de periferia, como as favelas. Tendo em vista
a noção weberiana de Estado, assinale a alternativa que expressa o
aspecto que o Estado não está assumindo nesse tipo de atuação.
a) A de superestrutura da sociedade.
b) A de monopólio do uso legítimo da força.
c) A de garantia da liberdade e bem-estar da população.
d) A de responsável pelos direitos da burguesia.
e) A de responsável pela coesão moral da sociedade.

19. (Uel 2013) O vídeo Kony 2012 tornou-se o maior sucesso da


história virtual, independente da polêmica causada por ele. Em seis
dias, atingiu a espantosa soma de 100 milhões de espectadores,
aproximadamente. No primeiro dia na Internet, o vídeo foi visto por
aproximadamente 100.000 visitantes.

(Adaptado de: PETRY, A. O Mocinho vai prender o bandido... e 100


milhões de jovens querem ver. Veja, ano 45, n.12, 2261.ed., 21 mar.
2012.)

A Internet revelou-se um poderoso instrumento para a ação política de


ONGs e de movimentos sociais.
A respeito das formas de expressão de necessidades coletivas no
mundo globalizado, assinale a alternativa correta.
a) As ONGs e os novos movimentos sociais têm como característica
comum a construção de estruturas hierarquizadas e rígidas para a
realização das lutas coletivas.

Página 58 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

b) Como toda luta política, a conquista do poder de Estado é o


referencial a partir do qual se constroem as ações das novas
reivindicações coletivas de ONGs e movimentos sociais.
c) Demandas ligadas ao trabalho perderam sua importância para as
novas lutas coletivas expressas pelas ONGs e pelos recentes
movimentos sociais.
d) Nas novas lutas coletivas há o predomínio dos novos sujeitos sociais,
os grupos sociologicamente minoritários, com um projeto definido e
uniforme de construção da sociedade.
e) O ativismo de ONGs e de movimentos sociais nas redes virtuais
diversifica as agendas políticas e as práticas que buscam inovar o
modo de fazer política.

20. (Interbits 2013) Entre 1948 e 1994 vigorou, na África do Sul, o


regime de Apartheid. Segundo a sociologia, o Apartheid pode ser
considerado como:
a) Um preconceito brando.
b) Um racismo de Estado.
c) Uma teoria científica.
d) Um modelo de desenvolvimento econômico.
e) Uma análise equivocada da teoria malthusiana de evolução das
espécies.

21. (Fgvrj 2013) A fria letra da lei tem sentido para o mundo racional
das instituições do Estado, mas não necessariamente para o cidadão
que seria por ela beneficiado. A começar pelo fato de que o Estado
brasileiro, por várias razões, não é um Estado onipresente. O fiscal
ocasional das relações de trabalho será substituído na sequência da
fiscalização pelo arbítrio do fazendeiro e até pela força de seus
pistoleiros e jagunços. Na crua realidade cotidiana de trabalhadores
que vivem no limiar da civilização, a vida é organizada segundo os

Página 59 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

preceitos do poder pessoal e da violência costumeira. Há alguns anos,


houve o caso de um desses trabalhadores, no Mato Grosso, que,
fugindo da fazenda de seu cativeiro, teve que caminhar 400 km por
dentro da mata até achar uma pequena cidade onde, no fim das
contas, não havia nenhum representante da Justiça do Trabalho.
Acabou empurrado de um lado para outro na busca do abrigo da lei
que, afinal, não encontrou.

José de Sousa Martins, O direito ao não direito. Disponível em:


http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,direito-ao-nao-
direito,911448,0.htm

Assinale a alternativa que interpreta corretamente os argumentos do


texto.
a) As iniciativas governamentais de combate ao trabalho em condições
degradantes são destinadas ao fracasso, já que o Estado não é capaz
de fiscalizar as relações de trabalho.
b) Não basta apenas promulgar leis que ampliem os direitos dos
trabalhadores; é preciso que o Estado garanta as condições para que
essas leis sejam cumpridas.
c) A recusa dos direitos sociais inscritos na lei é comum em sociedades
arcaicas, nas quais o povo não é afetado pelas condições degradantes
de trabalho.
d) No Brasil contemporâneo, as instituições do Estado se impõem sobre
as relações tradicionais baseadas no poder pessoal.
e) Em sociedades modernas, tais como a brasileira, o Estado não deve
intervir para assegurar o cumprimento dos direitos sociais da
população.

22. (Interbits 2013) Pesquisa associa renda à percepção de


cumprimento da lei

Página 60 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

Pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) mostrou que


quanto maior a renda e a escolaridade dos brasileiros, menor é o Índice
de Percepção do Cumprimento da Lei (IPCLBrasil). O indicador foi
lançado pelo Centro de Pesquisa Jurídica Aplicada da Escola de Direito
de São Paulo para avaliar o grau de percepção do brasileiro sobre o
respeito às leis e às ordens de autoridades.
Aqueles que recebem até dois salários mínimos apresentaram índice
de percepção do cumprimento da lei mais elevado, de 7,6, em uma
escala de zero a dez, do que os que recebem mais de 12 salários
mínimos (7,2). Os que recebem de dois a quatro salários mínimos
apresentaram índice de 7,4 e os que estão na faixa de quatro a 12
salários mínimos, de 7,3.

Fonte: Estadão Online. 23 abr. 2013. Disponível em:


<http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,pesquisa-associa-
renda-a-percepcao-de-cumprimento-da-lei,1024554,0.htm> Acesso
em 23 abr. 2013.

A partir dos dados apresentados acima, o que podemos inferir?


a) Que os pobres não são quem mais desrespeitam as leis.
b) Que pessoas com renda mais alta tendem a respeitar mais as leis.
c) Que não há nenhuma relação entre respeito às leis e renda.
d) Nada se pode inferir.
e) Que, da mesma forma que diz o senso comum, o salário é o principal
fator para tornar um cidadão honesto.

23. (Interbits 2013) Art. 76. Salário mínimo é a contraprestação


mínima devida e paga diretamente pelo empregador a todo
trabalhador, inclusive ao trabalhador rural, sem distinção de sexo, por

Página 61 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

dia normal de serviço, e capaz de satisfazer, em determinada época e


região do País, as suas necessidades normais de alimentação,
habitação, vestuário, higiene e transporte.
BRASIL. Decreto Lei nº 5.452 de 01 de Maio de 1943. Aprova a
Consolidação das Leis do Trabalho. Disponível em:
<http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-
lei/del5452compilado.htm> Acesso em 15 mar. 2013.

O salário mínimo é o mínimo valor mensal que deveria ser pago a um


trabalhador. Do ponto de vista histórico-social, a criação do salário
mínimo está relacionada à instituição de qual desses modelos de
Estado?
a) Estado liberal.
b) Estado autoritário.
c) Estado de exceção.
d) Estado de Bem-Estar Social.
e) Estado de desenvolvimento humano.

24. (Interbits 2013) Art. 5º Nenhuma criança ou adolescente será


objeto de qualquer forma de negligência, discriminação, exploração,
violência, crueldade e opressão, punido na forma da lei qualquer
atentado, por ação ou omissão, aos seus direitos fundamentais.

LEI Nº 8.069, DE 13 DE JULHO DE 1990. Dispõe sobre o Estatuto


da Criança e do Adolescente e dá outras providências. Disponível em:
<http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8069.htm> Acesso em 22
abr. 2013.

Página 62 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

Sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente, assinale a alternativa


correta.
a) Corresponde a uma lei que garante direitos especiais às crianças e
aos adolescentes no Brasil.
b) Corresponde a um instrumento jurídico que tem como principal
função ditar os tipos de sanções que as crianças e adolescentes
devem sofrer quando cometem algum crime.
c) É uma teoria sociológica que define o que é a criança e o
adolescente.
d) É a maneira encontrada pelo Brasil para proteger os idosos que
sofrem maus tratos.
e) O ECA não possui qualquer relação com os direitos humanos.

25. (Interbits 2013) Carta de um policial nos protestos de São


Paulo

Ser policial e andar com uma lupa de análise política no bolso quase
sempre é trágico. Leva-nos a conflitos internos, terremotos morais,
furacões éticos. Sim: estou falando da atuação da Polícia Militar do
Estado de São Paulo, digo, estou falando da minha atuação nos
protestos em favor da redução das tarifas de transporte público em
São Paulo [em junho de 2013].
No front, companheiros, sabemos todos nós policiais (caso este texto
seja publicado), no front não há raciocínio. “A determinação é
desocupar a Avenida”. Um sentimento de dever nos une, e a
determinação será cumprida. Deve ser cumprida.
Cumprimos ordens, é verdade, mas elas pelo menos devem ser
investigadas quanto às suas naturezas, quanto ao que representam
politicamente, quanto a seus desdobramentos sociais. Ouço colegas
dizerem que, “se os baderneiros são violentos, não podemos nos
omitir, a repressão deve ocorrer, a violência tem que ser devolvida”.

Página 63 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

Obviamente, permitir-se apanhar é absurdo: tão absurdo que não sei


se alguém acha mesmo que pedir respeito à manifestação popular
significa pedir para apanhar. Mas a violência institucional policial, que,
repito, é organizada e obedece a um comando central, é uma
contradição do ponto de vista dos fins da própria instituição, que está
sustentada (a princípio) na produção da paz.

A carta acima foi recebida pelo Abordagem Policial de um leitor


anônimo, de modo que não podemos afirmar a veracidade de qualquer
ponto explicitado no texto. Pela temática e peculiar posição defendida
pelo autor, resolvemos publicá-la.

Fonte: Abordagem Policial. 14 jun. 2013. Adaptado. Disponível em:


<http://abordagempolicial.com/2013/06/carta-de-um-policial-nos-
protestos-de-sao-paulo/> Acesso em 20 jun. 2013.

O texto acima, provavelmente escrito por um policial, foi publicado


após as denúncias de violência policial durante as manifestações
populares em defesa da redução da tarifa do transporte público na
cidade de São Paulo, em junho de 2013.

Pode-se dizer que a ação policial, do ponto de vista sociológico, tem


como função tentar conter:
a) A anomia social.
b) A revolução linear.
c) A morte coletiva.
d) A anarquia partidária.
e) O crime juvenil.

Página 64 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

Gabarito:

Resposta da questão 1:
[A]

A aversão ao diferente e ao estrangeiro tende a acontecer de


forma mais intensa em períodos de crise. A crise financeira de 2007 e
2008 intensificou o desemprego na Europa, fazendo com que muitos
europeus culpassem os imigrantes por seus problemas. É nesse
contexto que a xenofobia europeia tem aumentado, juntamente com
outras formas de extremismo.

Resposta da questão 2:
[A]

As únicas alternativas corretas são a II e a III. A charge faz uma


crítica à forma como a justiça é utilizada no Brasil para defender os
interesses dos grandes latifundiários em detrimento dos movimentos
sociais rurais, em especial o MST.

Resposta da questão 3:
[D]

A alternativa [D] é a única correta. Morin propõe uma análise


crítica das culturas contemporâneas. Segundo ele, elas não devem ser
analisadas somente por seus valores, mas também por aquilo que
produziram e pelas barbáries que permitiram. É a partir dessa análise
que cada nação deve buscar integrar aquilo que as outras possuem de
melhor.

Resposta da questão 4:

Página 65 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

[A]

Ainda que não somente os agentes do Estado pratiquem


violência, para Weber, somente eles é que devem deter o monopólio
da violência legítima. Ou seja, somente a violência em nome do Estado
seria considerada legítima pelos cidadãos.

Resposta da questão 5:
[C]

Ao mesmo tempo em que os Estados Unidos têm como símbolo


a democracia, eles também possuem fortes contradições sociais, em
especial uma grande desigualdade étnica. É por isso que, ainda na
atualidade, esses grupos se manifestam em busca de igualdade e de
acesso pleno aos seus direitos civis e sociais.

Resposta da questão 6:
[D]

A figura faz referência a uma manifestação de um movimento


social. Movimentos sociais buscam uma transformação objetiva da
condição de vida de parte da população, que, de forma organizada,
reivindica seus direitos.

Resposta da questão 7:
[C]

Somente a afirmativa [II] está incorreta. A divisão entre direita


e esquerda é abstrata, ainda que seja amplamente utilizada. Ela serve
para diferenciar linhas mais liberais ou “conservadoras” (que valorizam

Página 66 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

direitos civis) de outras mais sociais ou “progressistas” (que valorizam


mais os direitos sociais) nos aspectos econômicos e morais. No
entanto, na política brasileira atual, é comum partidos de direita e de
esquerda construírem alianças políticas (apesar de suas diferenças),
seja para garantir governabilidade ou por interesses alheios ao
interesse do país.

Resposta da questão 8:
[B]

A visão anarquista pressupõe a participação política direta e


autônoma, sem a necessidade de existência do Estado. É por esse
motivo que o gabarito oficial selecionou a alternativa [B] como correta,
pois em cooperativas e sindicatos os trabalhadores podem se organizar
de forma livre.

Resposta da questão 9:
[D]

O surgimento da noção de direitos humanos corresponde a um


marco no desenvolvimento da cidadania no mundo ocidental. Por não
utilizar critérios de classe, nobreza ou divinos, os direitos humanos
estabelecem a isonomia de todos os cidadãos. Ainda que não
necessariamente todas as pessoas tenham acesso a eles, pela primeira
vez na história ocidental as pessoas poderiam ser, legalmente,
consideradas de forma igual.

Resposta da questão 10:


[C]

Página 67 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

A alternativa [C] é a única e claramente incorreta. De nenhuma


forma, Nelson Mandela perseguiu a minoria branca. Mas sim, lutou
veementemente contra o apartheid.

Resposta da questão 11:


[D]

No caso específico do Estado, Weber considera que este exerce


seu domínio através do monopólio do uso legítimo da força em
determinado território. Essa é uma dominação do tipo racional-legal,
por não ser baseada nem no carisma de um líder, nem na tradição, e
sim em um regimento jurídico e racionalmente reconhecido por todos.

Resposta da questão 12:


[B]

O ponto apresentado pela alternativa [B] foi justamente aquele


que ficou mais conhecido a respeito das discussões sobre o Marco Civil
da Internet. A intenção de fazer esse tipo de proibição era justamente
garantir a isonomia e a neutralidade da rede, evitando que certos sites
fossem privilegiados em detrimento de outros. Assim, a internet
estaria mais democrática, e o usuário poderia acessar, com igual
qualidade, o site e o conteúdo que bem quisesse.

Resposta da questão 13:


[B]

Somente a afirmativa [II] está incorreta. Ter a cidadania


reconhecida não significa não sofrer nenhum empecilho, mas sim poder
participar das esferas, civil, política e social, da comunidade política.

Página 68 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

Resposta da questão 14:


[C]

A alternativa [C] é a única correta. No Brasil os direitos de


cidadania ainda não são plenamente garantidos, apesar dos esforços
de alguns governos e de movimentos sociais para universalizá-los. Não
por acaso, um dos livros mais famosos sobre a cidadania no Brasil
chama-se Cidadania no Brasil: Um Longo Caminho, de José Murilo de
Carvalho.

Resposta da questão 15:


[B]

A alternativa [B] é claramente incorreta. A cidadania não garante


uma liberdade irrestrita aos indivíduos. Pelo contrário, ela pressupõe o
respeito às instituições públicas para que todos os cidadãos tenham
seus direitos garantidos.

Resposta da questão 16:


[D]

Atualmente, vivemos em uma democracia representativa. Ou


seja, o povo, por meio dos seus representantes, decide quais são as
políticas públicas a serem criadas e quais são os princípios que devem
reger o Estado Nacional. Esse regime se sustenta através de eleições.
Assim, caso os cidadãos não se sintam devidamente representados ou
atendidos, podem modificar periodicamente seus representantes.

Resposta da questão 17:


[A]

Página 69 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

A alternativa [A] é a única correta. Para Durkheim, o crime pode


ser compreendido de forma sociológica como um fato social. Além de
trazer mudanças sociais, a sua existência ajuda a remodelar o
ordenamento jurídico da sociedade, bem como esclarecer normas
sociais.

Resposta da questão 18:


[B]

Quando a polícia invade a favela, deixa de garantir a segurança


da população e surgem outras formas de controle violento da região.
Desta maneira, o Estado deixa de exercer o monopólio legítimo da
força naquele território, tal como está expresso na alternativa [B].

Resposta da questão 19:


[E]

O ativismo por internet modifica as agendas políticas e a forma


de ação política contemporânea. Vale ressaltar, no entanto, que os
grupos envolvidos nessas lutas não são uniformes, tal como está
descrito na alternativa [D].

Resposta da questão 20:


[B]

Ao estabelecer leis de segregação racial, podemos dizer que o


Apartheid foi um racismo de Estado. Desta maneira, somente a
alternativa [B] está correta.

Página 70 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

Resposta da questão 21:


[B]

Para que a lei faça sentido para o cidadão, é necessário que o


Estado garanta a todos os direitos de cidadania. No caso brasileiro, é
perceptível que isso muitas vezes não acontece.

Resposta da questão 22:


[A]

A alternativa [A] é a única correta. Segundo a pesquisa, são os


mais pobres os que melhor respeitam as leis. Isso contradiz muitas
noções de senso comum, que consideram que a pobreza tende
necessariamente à criminalidade.

Resposta da questão 23:


[D]

O salário mínimo está relacionado à instituição do Estado de


Bem-Estar Social. Este corresponde a um modelo político que vê no
Estado a garantia dos direitos mínimos de cidadania e segurança de
toda a população.

Resposta da questão 24:


[A]

A alternativa [A] é a única correta. O ECA (Estatuto da Criança e


do Adolescente) tem como principal função garantir a proteção das
crianças e dos adolescentes.

Página 71 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

Resposta da questão 25:


[A]

A ação policial tem como principal intenção manter a ordem


social e evitar a anomia. No entanto, as ações violentas cometidas
pelos policiais acabam não criando essa ordem, mas contribuindo para
um mal-estar e indignação coletiva com relação à instituição.

Página 72 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real


Democracia, cidadania, direitos humanos e movimentos
sociais no Brasil.
Prof. Sérgio Henrique.

6. CONSIDERAÇÕES FINAIS.
Muito bem, querido estudante. Se chegou até aqui é um bom
sinal: o de que tentou praticar todos os exercícios. Não se esqueça da
importância de ler a teoria completa e sempre consultá-la. Não esqueça
dos seus objetivos e dedique-se com toda a força para alcança-los.
Sonhe alto, pois “quem sente o impulso de voar, nunca mais se
contentará em rastejar”. Te encontro na nossa próxima aula.
Bons estudos, um grande abraço e foco no sucesso.

Até logo...

Prof. Sérgio Henrique Lima Reis.

Página 73 de 73
WWW.ESTRATEGIACONCURSOS.COM.BR | Prof. Sérgio Henrique.

08273473678 - Anna Villa Real