Você está na página 1de 1

POESIA DA MÃE NATUREZA

Por Goretti Ramos.

Mãe natureza está cansada de chorar,

Mãe natureza já não pode nem sorrir,

Mãe natureza degradada em seu valor,

naquilo que o ser humano teima tanto em destruir.

Mãe natureza pede a chuva para avisar,

chega de lixo, garrafa, alumínio, plástico pet,

inunda o caminho, arrasta casa, carro e joão,

vai ao jornal e anuncia destruição!

Mãe natureza pariu árvores de montão,

mas a motoserra calou toda a vegetação,

fez jorrar na relva sangue de índio tupã-tupi,

Amazônia desprotegida, um deserto irá construir!

Mãe natureza, Oh mãe boa Deus nos deu,

cuida dos filhos, mesmo de quem não reconheceu,

que para viver o amanhã deve preservar o que é seu!

Mãe natureza está pedindo sua atenção,

junte-se à ela, corpo, alma e coração,

freio no pé, consumismo, exacerbação,

para protegê-la, só com muita EDUCAÇÃO!