Você está na página 1de 9

Conceitos Chaves

APRESENTAÇÃO

Sejam todos bem-vindos a I Semana do Tarot e Prosperidade, um evento 100% online


e gratuito que vai lhe auxiliar a despertar seu poder de realização para que possa se
alinhar ao fluxo da prosperidade!

Descubra o que é o Tarot de fato e como você pode usar essa ferramenta poderosa
para o seu processo de autoconhecimento e autotransformação para viver em
abundância e prosperidade.

Em cada conteúdo apresentaremos aspectos associados as informações presentes


no Tarot e que advém de uma sabedoria milenar que permeia a humanidade, mas
que poucos são capazes de reconhecer o seu grande valor.
Então, se o seu objetivo este ano é prosperar e finalmente conquistar a vida dos seus
sonhos, este evento é para você!

Será apresentada na I Semana do Tarot & Prosperidade uma série de 4 conteúdos.


No conteúdo 1 realizaremos a abertura, no conteúdo 2  falaremos sobre O Poder da
Energia Arquetípica e do Autoconhecimento, no conteúdo 3 conversaremos sobre a
Meditação e o Despertar do Poder Pessoal e para fechar com chave de ouro, no
conteúdo 4  encerraremos com o tema: Tarot, Prosperidade e o Poder da
Autotransformação.

Acompanhe-nos nessa jornada onde compartilharemos com você conhecimentos


valiosos e que certamente poderão lhe ajudar a ter consciência do seu potencial e
poder, pois acredite: Você tem mais poder do que imagina!
PRINCÍPIOS BÁSICOS DO TAROT

Bem, eu tenho que lhe dizer que o Tarot sobreviveu por pelo menos 600 anos a
preconceitos religiosos e sociais, a superstições e, até mesmo, a exploração
mercadológica nos meados do século XX e que, infelizmente, ainda hoje existem.

Porém, sua força arquetípica posta à prova demonstrou a seriedade e a confiança do


seu valor no engrandecimento humano, levando a uma proposta de liberdade e
libertação, de introdução da espiritualidade na vida cotidiana e da certeza de que
tudo contribui para o crescimento e o desenvolvimento do indivíduo.

Em si, carrega a mensagem e a ideia de um mundo melhor. Por isso, todo esse
estudo é destinado a enriquecer a mente e o coração, guiado para um único
caminho: VOLTAR PARA DENTRO DE SI.

Bem, muitos tarólogos tornaram-se sensíveis e aprofundaram seus conhecimentos


sobre a psicologia, a filosofia, a física quântica e a ecologia do planeta e da alma e
perceberam que a flexibilidade simbólica do Tarot comportava muito bem a
profundidade dos conhecimentos tanto quanto a dos questionamentos.

As cartas aparecem então como um mapa que detecta padrões de comportamentos


antigos projetados no momento de certo conjunto de vivências que revelam e
apontam o caminho para a transformação e/ou superação de tais programas
comportamentais.

O Tarot tampouco deve ser visto como um meio para se obter uma declaração de
um destino inevitável. Ele mostra como, em seu futuro, uma determinada situação
poderá se desenvolver se você continuar agindo da mesma forma.

No entanto, através de mudanças no seu comportamento, imprimindo sua força e


respeitando com seriedade as revelações apresentadas, naturalmente, se for de
interesse, a situação mostrada também poderá se modificar no transcorrer dos
acontecimentos.
É por essa razão que surgem declarações diferentes das cartas, se forem
consultadas sobre o mesmo tema, depois de determinados intervalos de tempo ou
situações. Lembre-se, que nada no universo é estático, tudo se movimenta e todos
nós temos o poder dentro de nós de escrever e reescrever nosso destino.
 
Agora com base em tudo isso que eu acabei de lhe apresentar, você pode ainda
estar se questionando:  "Tá Maria Elisabete, mas o que é o Tarot e como ele surgiu?
E é nesse ponto que eu queria chegar, continue me acompanhando!

O QUE É O TAROT

Bem, o Tarot é de origem desconhecida, não havendo nenhuma certeza de como


surgiu ou como nasceu, há sim um grande número de hipóteses sobre a sua criação.

Muitos estudiosos afirmam que ele se difundiu na Europa, onde há registros do ano
de 1397, porém não se sabe se é originário do Egito, da Índia ou de outra localidade
totalmente diferente.

Na realidade, o que se sabe é que isso ainda não ficou comprovado. Os primeiros
vestígios são de pelo menos 6 séculos de existência e que é o antepassado direto
das nossas modernas cartas de jogar.

Foi na Europa, mais especificamente na Itália, onde se identificou os registros das


primeiras manifestações de um jogo de 78 cartas. Cartas que hoje são conhecidas
pelo nome de Tarot.

Inclusive, há escolas iniciáticas e de estudos das ciências herméticas que acreditam


que o Tarot advém de civilizações antiquíssimas que buscaram através de
simbolismos e imagens compilar o maior número de conhecimentos e saberes de
sua cultura nesse formato afim de resguardá-los.

Logo, eu posso lhe dizer que o Tarot, é um dos grandes espelhos do pensamento
inconsciente e importante imagem arquetípica cujo significado nem sempre é claro
para o ser humano moderno.
Representa a jornada do indivíduo rumo à transformação e a integração de si mesmo,
onde a imagem, a psique e a alma descobrem sua origem e sua finalidade, revelando
a imensidão e complexidade da mente universal e a parte secreta de nós mesmos,
ultrapassando a capacidade do entendimento humano, criando assim elos simples e
acessíveis ao nosso espírito.

Mantido por tradição oral, o Tarot constitui uma representação figurada da história do
mundo, e suas combinações exprimem o jogo ondulante e variado das forças
universais. Sustenta que o secreto não é absolutamente um acaso, é um caminho
que revela ao ser humano o conhecimento das leis naturais da vida.

Ele veio para demonstrar o valor e as propriedades divinatórias do inconsciente


coletivo, revelados nos estudos de Jung, que dá valor a todos os caminhos não
racionais de comunicação com o inconsciente, onde, no passado, o ser humano
tentara explorar o mistério da vida e estimular o seu conhecimento consciente do
universo que se expandia à sua volta em novas áreas de ser e conhecer.

O Tarot é uma profunda investigação e ampliação das possibilidades das percepções


humanas, revelando uma sabedoria antiga e, ao mesmo tempo, a mais atual de todas
as sabedorias, onde através dela o ser humano torna-se capaz de conhecer o
universo em sua essencialidade, em sua origem e em sua destinação.

Essa sabedoria vista por muitos como nova, porém que nos remete a tempos
antiquíssimos, é a grande necessidade de nosso tempo, o que nos levará a encontrar
respostas criativas às perguntas universais que todos nós nos confrontamos em
algum momento de nossas vidas.

Sua energia levará o ser a um nível superior de conhecimentos que lhe


proporcionarão valores substanciosos para uma identificação com o Todo.

Ao fornecer as chaves simbólicas das leis universais que presidem os destinos do ser
humano, o Tarot permite que se faça a associação desses símbolos e,
consequentemente, possibilita a previsão de certos acontecimentos por analogia e
afinidade.
Percebe agora como essa de "adivinhar o futuro" e "fazer amarração" com o Tarot não
existe! Até porque o futuro são probabilidades possíveis que se alteram a todo
instante com cada nova decisão e ação executada no momento presente.

Como diria Piter Ducker, "A melhor maneira de prever o futuro, é criá-lo."

Agora um conceito importantíssimo que você deve conhecer para compreender e


perceber o quão valioso é o Tarot é o conceito de arquétipo
 
O QUE É ARQUÉTIPO

O conceito de arquétipos, do jeito que conhecemos hoje, surgiu em 1919 com Carl
Gustav Jung. Segundo ele, os arquétipos são conjuntos de “imagens primordiais”
originadas de uma repetição progressiva de uma mesma experiência durante muitas
gerações, armazenadas no inconsciente coletivo.

Os arquétipos da Morte, do Herói e do Fora de Lei são exemplos de algumas figuras


que todos nós temos no imaginário desde criança. Independentemente de onde
fomos criados, do país que vivemos e das nossas religiões e crenças, essas imagens
são muito parecidas para todos.

É por isso que os arquétipos estão presentes nos mitos, lendas e contos de fadas.
São eles que dão o verdadeiro significado para as estórias que passamos de geração
em geração. Afinal de contas, as pessoas criam estas estórias para externar o que
existe no inconsciente. Hoje os arquétipos podem ser encontrados nos filmes, na
publicidade e em quase tudo que está ao nosso redor.

Os arquétipos nos ajudam a satisfazer algumas de nossas principais necessidades,


como a necessidade de realização, pertença, independência e estabilidade.
Até mesmo quando consumimos produtos e serviços, somos influenciados pelos
arquétipos.
Uma cerveja, por exemplo, além de “matar a sede”, também pode satisfazer a
necessidade de pertencer a um grupo, já que, para muitas das pessoas, o simples
fato de sair para beber cerveja significa estar com os amigos, familiares ou colegas
de trabalho. Portanto, nesse caso, a marca de cerveja que souber usar o arquétipo
certo, vai conseguir transmitir essa mensagem muito melhor.

Agora imagina ter em suas mãos e a sua disposição uma ferramenta com 22
arquétipos! Podendo ser combinados de infinitas formas...
Esses arquétipos estão presentes no que denominamos como Arcanos do Tarot!
 
O QUE SÃO ARCANOS

Arcano é um termo com origem no latim "arcanus" que significa misterioso,


enigmático, designa segredo ou mistério.

Por sua natureza arquetípica e fundamentado nas escolas de mistérios, devido a sua
força milenar e tomando como base essa energia de poder e transformação, desde
tempo imemoráveis, surgiu o Tarot que é composto por 22 Arcanos Maiores e os 56
Arcanos Menores.

Os Arcanos Menores compõem-se de: quatro séries de 14 cartas cada uma, que se
dividem em 10 cartas com número (Às -10) e 4 cartas com figuras (rei, rainha,
cavaleiro e pajem). Já os Arcanos Maiores formam um grupo de 22 cartas do 0 ao 21,
ou seja, do Louco ao Mundo, cheios de efeitos e de profundos significados. Neles
encontramos os mais enigmáticos segredos da natureza humana.
 
Agora pare um pouco e pense junto comigo: Se eu com o auxílio do Tarot conseguir
compreender os segredos da natureza humana, certamente eu conseguirei
identificar quais são as potencialidades e bloqueios que possuo com relação a
prosperidade!

Essa é uma informação que definitivamente pode mudar vidas. Inclusive a sua!
Mas o que vem a ser prosperidade para você?
O QUE É PROSPERIDADE

Vamos nos ater ao conceito geral de prosperidade:


Prosperidade é o estado ou qualidade do que é próspero, ou seja, bem-sucedido,
feliz e afortunado. Etimologicamente, a palavra prosperidade se originou a partir do
latim prosperitate / prosperare, que significa “obter aquilo que deseja”. Por sua vez, o
termo latino é formado pela junção dos elementos pro, que quer dizer “a favor”, e
spes, que significa “esperança”.

Bem, sendo assim, se você é a favor da esperança e acredita ser capaz de obter
aquilo que deseja, e de fato é, você já está se alinhando ao fluxo da prosperidade.
Porém, existe um fator de extrema importância e que pode ser decisivo para você
manifestar a prosperidade em sua vida! Que saber que fator é esse?

Continue nos acompanhando e aguarde os próximos os conteúdos da I Semana do


Tarot & Prosperidade, pois agora que estabelecemos essa conexão, tenho certeza
de que você está se comprometendo a prosperar neste ano de 2019.
 
E lembre-se sempre: Juntos Multiplicamos Prosperidade!