Você está na página 1de 5

Missões

1 – Descreva o que é missões?

Missões são o trabalho de proclamar o evangelho a quem ainda não conhece. Todo o
crente deve ter espírito missionário e todo cristão deve cumprir a ordem que Jesus deu
“IDE”. Ele mandou, não pediu.
A palavra “MISSÃO” vem do verbo latim Mito, que significa ENVIAR. No Novo
Testamento, esta palavra vem do grego APOSTELLO, que tem o mesmo significado em
sua essência.
Resumindo: “Nosso Deus é um Deus missionário, e sua missão é implantar o seu Reino
na terra.” O objetivo do discipulado é capacitar e equipar aqueles que entenderam o
objetivo da missão e desejam participar dela.
A evangelização é só uma parte da missão.

2 – Você tem desejo de fazer missões? Porque?

Sim porque entendo que é um plano de Deus, e existe varias formas para fazer missão.
Hoje entendo isso, missão não é desenvolvida só em campo missionário.
“Poderia falar que é porque Deus ordenou ou porque precisamos cumprir o ‘Ide’, mas
creio que a minha razão para ser missionário é fazer o mínimo — o mínimo! — que
Cristo fez por nós na cruz. É o mínimo que podemos fazer, independente da missão
integral, sabendo que todos somos missionários e devemos levar a Palavra. Por isso, é
o mínimo. Além disso, é um propósito de vida estar aqui, do qual não consigo olhar e
não fazer isso. Não tenho como viver o Evangelho sem estar integralmente na missão,
sem estar integralmente realizando a obra do Senhor aqui. Isso me deu um propósito
de vida.”

3 – Qual seria teu primeiro passo em campo missionário?

Orar a Deus buscando no Senhor uma direção.


Eu e o meu esposo já fazemos missões faz tempo do nosso jeito e muitas vezes com
nossos recursos, é um chamado de Deus. Logico que queremos agora aprender a fazer
um trabalho mais direcionado com a igreja. Nos somos capelães fizemos o curso de
capelania buscando uma direção exatamente para poder desenvolver missões com um
respaldo.
4 – Em suas palavras especifique o “IDE”.

Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto, fazei discípulos de
todas as nações,” Mateus 28.18
Após Sua ressurreição, o Senhor Jesus aparece aos discípulos dando a eles suas últimas
instruções. Eles deveriam levar ao mundo a mensagem de salvação. Fazendo isso
estariam contribuindo para o crescimento da igreja de Cristo. Eles tinham uma missão:
fazer discípulos!

E a igreja hoje tem esta missão: “Ide e fazei discípulos de todas as nações”. Não é uma
sugestão, é uma ordem do Senhor Jesus. Mas o que significa esse “ide” de Jesus? A
Bíblia nos ensina que:
Obedecer ao ide é pagar um preço. Jesus, o exemplo – Olhemos sempre para Jesus.
O ide não é fácil, mas é uma ordem. Paulo cumpriu a ordem de obedecer ao ide. Ele
disse: “Porque vos foi concedida a graça de padecerdes por Cristo e não somente de
crerdes nele,” (Fp 1.29). Paulo teve diversas dificuldades para pregar o Evangelho.
Trabalhemos com Deus e para Deus. Pois Ele já trabalha por nós. Porque “desde a
antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu
Deus além de ti, que trabalha para aquele que nele espera” (Is. 64.4).

5 - Missão se faz só?

Não é possível fazer missão só sem se envolver plenamente na missão. Moisés teve de
voltar para o Egito. Ele não podia fazer missão em Midiã. Nós nos enganamos quando
pensamos que é possível fazer missão sozinhos ou sem sair da Igreja. A missão, é
associada a ela, a evangelização deve acontecer onde o povo oprimido está. A missão
não acontece dentro da Igreja, mas no mundo. No lugar onde o povo oprimido levanta
o seu clamor.
Tal como com João Batista, a missão de um discípulo é preparar o caminho para Jesus.
Essa tarefa não se faz sozinho. Os discípulos são enviados em duplas, para cuidarem
um do outro, protegerem-se e serem testemunhas da obra de Deus.

6 – Há necessidade de um grupo de missões? Explique.


Sim, há necessidade de pelo menos um grupo pequeno, que dê suporte a liderança por
exemplo quando um não pode ir em uma visita de urgência tem outro que pode ir com
o irmão ou irmã.
Outro motivo existindo um grupo, um fortalece o outro e juntos, unidos pode se
realizar grandes projetos de missões. E esse grupo pode também pensar em ações
missionarias.

7 – Porque missões é algo sério?

Continuar a missão de Cristo aqui na terra é algo muito sério. Embora, muitos não
sejam conscientes disso, todos são chamados.
Os leigos estão na linha mais avançada da vida da Igreja, no mundo secular e precisam
ter uma consciência clara, não somente de pertencerem à Igreja, mas de “serem”
Igreja.

Segundo o Plano e a vontade de Deus. Cristo os chama a ser “sal da terra e luz do
mundo”. O missionário chega aonde o sacerdote não chega. Ele deve levar a luz de
Cristo aos ambientes de trevas, de pecado, de injustiça, de violência, etc.

8 – Oração e jejum é essencial, porque?

Porque o jejum e oração é uma ordem divina.


Porque o jejum e oração é um meio de nos humilharmos diante de Deus.
Porque é um meio para receber capacitação de Deus na realização de Sua Obra.
Porque o jejum e a oração são um meio para obtermos vitória sobre ataques e
tentações malignas. O Senhor Jesus é nosso modelo perfeito e Ele nos deixou o
exemplo em relação ao jejum e a oração. Ele se levantava de madrugada para orar.
Porque é um meio para receber capacitação de Deus na realização de Sua Obra.
Porque o jejum e a oração são um meio para buscarmos direção e proteção de Deus.
Porque o jejum e oração é um meio para buscarmos restauração espiritual.
A Igreja buscou a capacitação de Deus, em jejum e oração, quando enviou os
primeiros missionários. É o que lemos em At.13.2,3:

9 – Você tem experiência em missões? Pode compartilhar?


Sim temos várias experiências em missões, já viemos em missão ate aqui em
Morungaba quando ainda não morávamos aqui, más vou compartilhar uma que para
nos foi algo tremendo, em 2017 fizemos uma viagem a Israel e fomos para a Jordânia
em missão, fomos recebidos na igreja missionaria e podemos ter o privilegio de ver o
trabalho missionário daquela igreja que recebe os refugiados que chegam a qualquer
hora da noite e também fomos em um campo de refugiados em missão levando
alimento, gás, colchões , travesseiros e ventiladores, artigos para confecção de
artesanatos, brinquedos para as crianças e como esquecer a alegria das crianças
quando viam os brinquedos?
Tínhamos que ter cuidado para falar de Jesus, mas foi muito gratificante, porque eles
queriam saber porque fomos do Brasil para lá para levar um socorro para eles em
tamanha dificuldade. Aí nós dizíamos porque Jesus te ama e nos também. Nunca vou
me esquecer do sorriso daquelas crianças. Também fomos em uma igreja perseguida
na Palestina que já foi bombardeada 44 vezes e eles continuam lá sem nenhuma
janela, mas continuam falando de Jesus e recebendo os cristãos perseguidos.

10 – Você está disposto a sofrer pelo Evangelho?

Você está disposto a sofrer pelo Evangelho? Você está disposto a viver ou, se
necessário for morrer pelo Evangelho? Então me pergunto morrer? Mas Jesus já
morreu por todos nós! Eu não preciso morrer pelo Evangelho!
Considerando a morte do “eu”; morte para os nossos planos? O Apóstolo Paulo na
Primeira Carta aos Coríntios apresenta uma morte diária: “Dia após dia, morro!” – I
Coríntios 15.31
“Eu lhe mostrarei quanto importa sofrer pelo meu nome”! Faz referência às palavras
do Senhor no momento em que instruiu Ananias acerca de Paulo (Atos 9.16).
Deus não mencionou que Paulo escreveria a maior parte do Novo Testamento, não fez
menção das muitas revelações que teria, e, tão pouco, das curas que ocorreriam
durante o seu ministério, entretanto, o Senhor anunciou que Paulo Iria sofrer pelo Seu
nome.
Será que o Senhor pode falar tais palavras para esta geração: “Eu lhe mostrarei quanto
importa sofrer pelo meu nome”?
Profecias dizem que o Brasil será o lugar onde iniciará um grande avivamento que
atingirá todo o mundo. Daqui sairão pessoas para toda parte do planeta. Muitos
sofrerão perseguições.
Me achava incapaz, mas vejo Deus me preparando em Nome de Jesus!!!
Jesus não chamou ninguém para ser “sucesso” na terra, mas para ser “testemunha” do
Evangelho: homens e mulheres dos quais o mundo não é digno.
11 – A manifestação do Espirito Santo é dada a cada um para o que foi útil.

I coríntios cap. 12 v. 7. Mediante essa palavra especifique seus dons e seu desejo em
adquiri-lo.
31, portanto, procurai com zelo os melhores dons; e eu vos mostrarei um caminho
ainda mais excelente.
Os dons são como sementes, precisam ser regadas, adubadas e tratadas para que se
desenvolva. Isso depende de cada um.
Romanos 11:29 “pois os dons e o chamado de Deus são irrevogáveis.”
2 Timóteo 1:6 “Por essa razão, torno a lembrar-lhe que mantenha viva a chama do
dom de Deus que está em você mediante a imposição das minhas mãos.”
Posso pedir a Deus um dom que não tenha? Sim.
Romanos 1:11 “Anseio vê-los, a fim de compartilhar com vocês algum dom espiritual,
para fortalecê-los, isto é, para que eu e vocês sejamos mutuamente encorajados pela
fé.”
Tenho o dom de intercessão e de missão, Deus tem me chamado para ser um soldado
de Jesus Cristo e orar para a libertação do povo, em nossa casa, família, bairro, cidade,
Estado, País e as Nações. Creio em um chamado de pessoas que Deus está levantando
para orarem para as trevas que paira sobre a atmosfera seja dissipada, recuada e as
pessoas possam ser livres e possam ver e sentir a gloria de Deus, onde elas possam vir
para Jesus e terem suas vidas transformadas. Eu sou tocada profundamente quando
vejo as pessoas na miséria, presas nas ciladas de satanás e creio em Deus que vou
escrever sobre isso em Nome de Jesus. Tenho pedido a Deus quero ser escritora.

12 – Você já trouxe alguma alma ao Senhor?


Sim meu pai, graças a Deus, não nascemos em um lar evangélico, mas Deus tem
operado grandemente e meu pai aceitou Jesus como único e suficiente Salvador antes
de morrer. Graças a deus.