Você está na página 1de 7

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMIÁRIDO - UFERSA

BACHARELADO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA


CAMPUS: MOSSORÓ
DISCIPLINA: METROLOGIA
DOCENTE: PROF. RAMSÉS OTTO CUNHA LIMA

Manoel Alcino de Lima Neto

Tolerâncias geométricas no projeto de um grampo C

Mossoró/RN, 2019
Introdução

Pela alta dificuldade de se obter perfeita exatidão nas medidas de


superfície tal qual é projetado nos sistemas mecânicos é de suma importância
especificar tolerância nas medidas com a finalidade de evitar problemas na hora
de sua fabricação e montagem.
Sendo assim a aplicação de tolerância a um projeto de grampo C é de
importância, visto que se as fabricações das partes forem feitas sem considerar
as possíveis imperfeições dimensionais nas demais, acarretará em contratempo
na sua montagem e operação.
O grampo C é uma ferramenta manuai que funciona como um dispositivo
de prensa com aspectos e formato específico para fixar peças de forma rígida e
segura. É usado principalmente em trabalhos mecânicos e de marcenaria na
colagem, montagem e marcação de peças. Os grampos restringem o movimento
ou a separação dos materiais fixados durante o trabalho. É indicado para peças
pequenas. Também é muito útil para fixar ferramentas temporárias, sendo de
fácil manuseio e trabalhando de forma muito fácil para fixar algumas ferramentas
de bancadas que necessitam de fixação temporária.
Análise das tolerâncias geométricas em um projeto
mecânico de um grampo C

Corpo – peça 1

Planeza
A base do corpo, onde o mordente escora quando esta totalmente fechado, deve
ter toda sua superfície plana para que possa distribuir os esforços por igual. Conferindo
uma melhor fixação e maior segurança.
Concentricidade
O centro do diâmetro interno do furo por onde passa o parafuso deve estar
alinhado com o do diâmetro externo, afim de que não gere fragilidade caso houvesse
um ponto de menor espessura.
Coaxialidade
O eixo do furo rosqueado deve estar alinhado com o eixo do parafuso.
Circularidade
É observado que furo rosqueado necessita atender as tolerâncias de
circularidade para que se tenha o adequado encaixe com o parafuso.
Cilindricidade
É visto também que para se ter o passe satisfatório entre o parafuso e o furo
deve-se haver máximo de cilindricidade, caso contrário haverá estrangulamento da
rosca ou deslizamento entre os filetes.
Posição
Em uma vista superior o furo deve estar em uma posição rente com a base.
Perpendicularidade
O furo por onde passa o parafuso faz-se necessário está perpendicular à base
do corpo onde a mordente encosta, de outra forma o parafuso entraria com inclinação
e a ferramenta não realizaria sua função de fixação de forma adequado.

Parafuso – peça 2

Retitude
Para o correto funcionamento da ferramenta é importante que em sua seção
longitudinal o parafuso apresente-se o mais reto possível.
Circularidade
Assim como no corpo, é observado que o parafuso necessita atender as
tolerâncias de circularidade para que se tenha o adequado encaixe com o furo
rosqueado localizado na parte superior do corpo.
Cilindricidade
Do mesmo modo deve haver cilindricidade entre o parafuso e o furo rosqueado
da parte superior do corpo, que como já foi citado nos tópicos referente ao corpo da
ferramenta, para se ter o passe satisfatório entre o parafuso e o furo deve-se haver
máximo de cilindricidade, coso contrário haverá estrangulamento da rosca ou
deslizamento entre os filetes.
Perpendicularidade
Há a necessidade que haja perpendicularidade em entre o manipulo e o parafuso
para se ter o torque máximo.
Também deve ser perpendicular à base do corpo e à base do mordente.
Coaxialidade
Como já foi dito, o eixo do furo rosqueado deve estar alinhado com o eixo do
parafuso.
Posição
É observado que para o melhor desempenho da ferramenta e recomendado que
o furo por onde passa o manipulo passe pelo diâmetro da parte superior do parafuso.

Mordente – peça 3

Planeza
A base do mordente deverá plana em todo seu perfil.
Circularidade
O furo do mordente por onde se acopla ao parafuso deve estar dentro das
tolerâncias para realizar encaixar com o mesmo.
Perpendicularidade
O mordente deverá estar perpendicular ao parafuso.
Posição
Em uma vista superior o mordente deve estar em uma posição rente com a base
do corpo.
Obs.: não ficou claro a forma de fixação do mordente no parafuso, atribuí a forma
de fixação sendo por porca, pino ou anel elástico, mas como nenhum destes está
especificado no projeto não relacionei as tolerâncias dos mesmos.

Manipulo – peça 4

Retitude
Para que o torque seja adequado é necessário que seção longitudinal do
manipulo apresente-se o mais reto possível.
Cilindricidade
O manipulo desliza livremente no furo passante localizado na parte superior do
parafuso e para que isso ocorra é necessário que ele mantenha sua cilindricidade.
Perpendicularidade
No tópico do parafuso já foi citado a necessidade que haja perpendicularidade
em entre o manipulo e o parafuso para se ter o torque máximo.
Circularidade
Para o correto encaixe no furo da parte superior do parafuso e fixação nos
encostos e ideal que o manipulo se mantenha circular em toda sua extremidade

Encosto – peça 5

Cilindricidade
O furo onde encaixa no manipulo deve manter sua cilindricidade para a
adequada acoplagem.
Circularidade
O furo onde encaixa no manipulo deve manter sua circularidade para a adequada
acoplagem.
Concentricidade
O furo deve ser concêntrico em relação ao diâmetro externo.
Conclusão

Com base neste trabalho observamos que até os projetos mais simples como é
o caso do grampo em C tem uma serie de tolerâncias geométricas a ser levado em
consideração dos quais se não forem respeitados acarretará em diversos problemas em
sua operação e alguns desses problemas impossibilita até a sua montagem.
Durante a execução do mesmo percebo o quão importante é a sua aplicação em
projetos mecânicos e o quanto pode ser perigoso a falta de atenção com relação à essas
tolerâncias, visto que maquinas utilizadas no cotidiano que não foram respeitadas tais
tolerâncias podem ser uma ameaça à integridade física e financeira de um indivíduo ou
empresa.
Referências

• Importância da Tolerância: Uma Contribuição da Engenharia Dimensional

no Processo de Desenvolvimento do Produto


http://www.revista.unisal.br/sj/index.php/123/article/view/104

• Leroy Merlin - grampos


https://www.leroymerlin.com.br/grampo-fixacao-modelo-c-3-ferrari_85597050

• Aula 06 – Tolerâncias: dimensional, forma e posição


https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/3277254/mod_resource/content/0/DTMI_a
ula06_tolerancia.pdf

• Senai
https://www.ebah.com.br/content/ABAAAAljMAF/tolerancia-geometrica-
rugusidade