Você está na página 1de 1

SIM

Sistemas de Informação Médica


Aula Prática 6 – Classificadores de Vizinhança e Árvores de Decisão
Ano lectivo 2018-2019

Objectivo:
Com esta aula prática pretende-se que o aluno se familiarize com os conceitos de classificadores de
vizinhança e de árvores de decisão construindo diversos classificadores tanto manualmente, como utilizando
o software fornecido pelo docente.

Avaliação: Deverão realizar um pequeno relatório deste trabalho sumarizando os resultados obtidos e
submeter no moodle o mesmo (em formato PDF) juntamente com os ficheiros excel de suporte aos
resultados, até dia 10 de Dezembro de 2018.

Procedimento:
1 – Tenha em conta a técnica de construção de classificadores 1R.

a) Projecte um classificador 1R que classifique o conjunto de dados Q1.


b) Apresente a matriz de confusão do classificador.
c) Calcule o erro estimado por resubstituição.
d) Apresente o classificador 1R baseado no atributo X do conjunto de treino Q2.

2 – Tendo em conta os dados Q2, qual a classificação do exemplo (X,Y,Z) = (2.3, 4.5, 7.8) utilizando:

a) Classificador nearest-neigbour utilizando distância Euclidiana


b) Classificador nearest-neigbour utilizando distância city-block
c) Classificador K-nearest-neigbour com K=3 utilizando a distância Euclidiana

3 – Tendo em conta os dados fornecidos pelo docente (dadosQ1), apresente a árvore de decisão que
determine o diagnóstico do paciente. Considere que para a construção da árvore é usado um ramo por cada
valor do atributo e o critério de maximização do ganho de informação calculando a “impuridade” dos nós
com base no critério da entropia. Justifique a sua resposta apresentando todos os cálculos efectuados.

4 – Resolva a alínea anterior utilizando o software fornecido. Apresente a árvore resultante.


Q2
X Y Z Classe
Q1 0,31 0,87 8,58 A
4,11 0,30 5,97 A
Tem peratura Pulsacao SpO2 Diagnostico
8,13 5,27 2,54 A
Febre Alta Fraco Doente 9,66 2,49 7,14 A
Febre Alta Fraco Doente 5,41 8,16 8,71 A
Febre Baixa Forte Duvidoso 4,94 9,09 2,21 A
Febre Baixa Fraco Duvidoso 1,87 1,57 3,66 A
Quente Alta Fraco Doente 0,60 5,90 0,21 A
7,27 6,52 3,53 B
Quente Baixa Forte Duvidoso
6,67 1,70 6,53 B
Quente Baixa Fraco Doente
0,78 0,84 4,50 B
Frio Alta Forte Duvidoso 1,98 2,03 3,78 B
Frio Baixa Forte Saudável 9,55 1,99 3,50 B
Frio Baixa Forte Saudável 1,31 2,54 6,08 B
9,62 8,67 3,52 B
7,77 2,70 7,57 B
7,33 8,20 7,52 C
0,82 0,48 9,94 C
7,47 1,25 9,25 C
3,02 4,85 3,94 C
8,55 5,44 0,01 C
2,85 2,76 5,44 C
8,39 3,20 0,70 C
7,33 4,99 8,39 C
Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa
Departamento de Engenharia Electrotécnica José Manuel Fonseca