Você está na página 1de 5

Imutável E eu não sou de levar desaforo

Rayanne Vanessa pra casa!


Eu venço a luta, venço a guerra.
Eu ganho a batalha!
Estou presente como forte, como
O meu poder é tão imenso, é
fogo no recinto
incalculável!
Para quem não me conhece sou
Eu não mudei, nem mudarei!
eu, o Deus que falo agora contigo
Eu sou imutável
Sou ilimitado, meu poder é
Tenho todo o controle em minha
grande
mão
O universo inteiro é um ponto
Tudo estar sobre a minha
distante
submissão
Perto da minha glória, tudo que é
Tudo o que acontece ou o que
grande fica pequenino
acontecer
Sou eu que faço a chuva descer
Só acontecer quando eu assim
sobre a terra
disser!
Sou eu que faço as flores
Eu seguro os planetas na palavra
florescerem no seu jardim
Eu não preciso de uma espada ou
Sou eu quem ponho o doce do
de uma arma
mel
Para proteger meu povo quando
Sou eu quem pinto o azul do céu
pede!
Sou eu quem tinjo de branco e
Se eu soprar tudo que eu fiz
amarelo
desaparece
Os mais lindos jasmins
Eu sou eterno, infalível, imortal
Sou eu quem faço o gelo da
Sou reto, soberano, general
Antártida
Um problema impossível nunca
Quando eu piso até a terra abala
vi!
Estou presente hoje como grande,
Desci do céu, e como grande
estou aqui
estou aqui!
Aqui para dizer
Que sou grande, sou eterno, sou
inabalável!
E ninguém sabe quanto pesa a
força do meu braço
Eu entro dentro da fornalha e faço
camarim

E se zombou da minha igreja, está


zombando de mim!
Isso é Coisa Pra Deus Não importa quantos dias faz que
Eliane Silva ele morreu,
Eu já disse que isto é coisa pra
Adore, mesmo em meio à luta Deus Diz: "meus sonhos estão
Além de contemplar você, o perdidos O que passou não volta
Senhor te escuta mais"
Louve, mesmo que o vento Está no leito de um hospital
assopre seu rosto Ou no chão de uma prisão
Causando sofrimento Há tempo de chorar
Há tempo de sorrir
Glorifique, exalte o Deus que não Deus é o senhor do tempo
te esquece E ele ainda realiza sonhos
Com providência desce, agora,
para te ajudar Volte a sonhar, volte a sonhar
Ele tem chave de madeira que Deus ainda realiza sonhos
abre porta de águas
A vitória deságua hoje, irmão, no
seu lar

Olha, Deus resolvendo o


impossível
Multidões estão gritando: "Isto é
Incrível"
Isto não é coisa pra nenhum
mortal
É só Deus que faz o sobrenatural
Quando entra na batalha, é só pra
ganhar
Se Ele ordena o morto tem que se
levantar
No Tempo Dele
Eu vou chegar no tempo Não é como
Eliã Oliveira você pensou é no meu tempo
Mas, quando eu chegar, eu vou
Marta e Maria mandaram um recado
soprar o vento
dizendo à Jesus: Lázaro adoeceu
Eu vou fazer o impossível acontecer
O teu amigo, a quem tanto amas,
e a minha glória tu vais ver
precisa urgentemente de um socorro
Eu vou fazer milagres
teu!
Eu vou chegar e acalmar a
Porém, Jesus disse pro mensageiro:
tempestade
Vai você primeiro, depois chego lá
Vou restaurar, ressuscitar então
Enquanto isso, Marta e Maria
aguarde
esperando e nada de Jesus chegar
Fica tranquilo, filho, ninguém vai
E de repente, houve um alvoroço, as
morrer, pois eu sou vida pra você
duas chorando a se lamentarem
Pois o infortúnio aconteceu.
Porém, meu filho tem um segredo
Lázaro morreu e nada de Jesus
para você ter a vitória
chegar
Remove a pedra da incredulidade
agora
Todos chorando e Jesus não chega
Pois o milagre entre os teus vou
Embalsamando e Jesus não chega
operar
Pôs ataduras e Jesus não chega
Pôs no esquife e Jesus não chega
Remove a pedra que eu curo, eu saro
Vai o cortejo e Jesus não chega
Liberto, trabalho, dou vida, restauro
Põe no sepulcro e Jesus não chega
Controlo, acalmo, eu entro na guerra,
A despedida e Jesus não chega
eu sou livramento
Puseram a pedra e Jesus não chega
Eu tiro o embaraço, eu quebro a
lança e corto o arco
Só após quatro dias de dor e agonia
É que Jesus resolve chegar no lugar
Pra o teu problema, meu filho, eu
Porém, Marta e Maria, sem entender,
sou a saída
diziam
E como resposta te digo: Eu sou
Se tu tivesse aqui ele não morreria!
vida!
Mas, Jesus disse: Marta! - Com sua
Creia tão somente eu sou o que sou!
voz tão calma
Sou o que sou!
O teu o irmão hoje farei ressuscitar
É assim quando Deus promete
Pois, o milagre eu opero é quando eu
quero
O tempo pode passar, mas de
Remove a pedra, pois hoje vou você não se esquece
operar!
Tempestade Ele é Deus sobre todos tudo o que
Deise do Vale há
Ele domina sobre terra, céu e mar
Ele entrou no barco e deitou no Porque tende tanto medo homens
fundo pra você não vê de tão pouca fé
Naquele dia algo novo ele quis Quem está no barco é Jesus de
fazer Nazaré
Testar a fé que está dentro de A tempestade sua vida pode
você balançar
E no mar se levantou, tempestade Mas Jesus está no barco e ele
tão grande assim não...
O barco ia naufragando era o seu Vai afundar
fim
Mas Deus não deixaria acabar
assim

Ele estende a mão


E acalma hoje dentro da sua casa
toda essa tribulação
Ele cura arranca hoje a ferida que
esta dentro do seu coração
Nenhuma onda pode se mover
diante do poder de suas mãos
Ele estende a mão...
Diz ao mar: Aquieta te, eu
domino a situação
Para mim não tem onda maior do
que
O poder que está nas minhas
mãos
Eu não vacilo não, mudo a
situação

Quem esse que até o vento e o


mar lhe obedece?
Quando ele estende a mão mal
desaparece
O Gadareno Aquele homem cuja tempestade
Deise do Vale tinha acabado de apaziguar
Clamando pelos montes e É Jesus cristo que vai operar, todo o
sepulcros aquele homem ia mal ele vai expulsar
Perdeu a sua vida a sua história e a E assim como ele operou lá no
sua família passado, a sua vida ele vai mudar
Não sabia mais o que fazer
O único desejo no seu coração era o Qual o seu problema irmão?
de morrer O que é que escraviza o seu coração?
Por todos, aquele ser humano foi Será morte o medo ou a depressão?
abandonado Ou como aquele gadareno, uma
Com cadeias, cordas e correntes ele legião?
já foi amarrado Pra Deus não tem impossível, não
Mas força humana não pode conter Macumba e magia negra, derrotadas
Pois certas coisas nessa vida é só são
Deus que pode resolver Se o muro é de bronze vai cair no
chão
Mas ali estava pra chegar, E se a luta está grande
atravessando do lado de lá Maior é a vitória que ele entrega em
Aquele homem cuja tempestade sua mão
tinha acabado de apaziguar
É Jesus cristo que vai operar, todo o Qual o seu problema irmão?
mal ele vai expulsar O que é que escraviza o seu coração?
E assim como ele operou lá no Será morte o medo ou a depressão?
passado, a sua vida ele vai mudar Ou como aquele gadareno, uma
legião?
Qual o seu problema irmão? Pra Deus não tem impossível, não
O que é que escraviza o seu coração? Macumba e magia branca,
Será morte o medo ou a depressão? derrotadas são
Ou como aquele gadareno, uma E se o muro é de bronze vai cair no
legião? chão
Pra Deus não tem impossível, não E se essa luta está grande
Macumba e magia negra, derrotadas Maior é a vitória que
são Ele entrega, ele entrega, ele entrega
Se o muro é de bronze vai cair no Ele entrega, ele entrega
chão Maior é a vitória que
E se a luta está grande Ele entrega em nossa mão
Maior é a vitória que ele entrega em
sua mão

Mas ali estava pra chegar,


atravessando do lado de lá

Interesses relacionados