Você está na página 1de 2

Inovação a serviço da saúde

Tecnologia de ponta
aliada à consiência ambiental TEST ECO
PARATEST®ECO
PARATEST
PARA
e inovação constante.
constante
O primeiro e único
““O
Conheça a linha de produtos da DK Diagnostics®!
sistema parasitológico
SISTEMA PARASITOLÓGICO biodegradável
do mercado.
mercado.”
PARATEST®®
CONSIDERADO PELA OMS
COMO UMA DAS 8 TECNOLOGIAS Ecologicamente correto,
+INOVADORAS DO MUNDO possui exclusiva solução
1º Fórum Global de Dispositivos Médicos conservante biodegradável,
(Bangkok, Thailandia/2010) não tóxica e não agressiva
ao meio ambiente,
patenteada pela DK,
DIFERENCIAIS DA FAMILIA PARATEST® o Greenfix®.

SUBSTITUI
MENOS ESPAÇO FÍSICO REQUERIDO soluções fixativas perigosas
+otimização da mão de obra
+SEGURANÇA
para seu colaborador/técnico durante análise
LIMPEZA E HIGIENE
local limpo e sem necessidade de
lavar vidraria e outros acessórios.

BAIXO CUSTO
$ quando comparado aos métodos tradicionais. Test®
Green PapTest®
(HOFFMAN, FAUST E RITCHIE)
Destinado à preservação celular em meio líquido,
TEST® é utilizado no
testado e aprovado, o Green PapTEST®
SINTETIZA ETAPAS DA ANÁLISE diagnóstico citológico de amostras ginecológicas
coleta, armazenamento/conservação, diluição, (exame de Papanicolaou).
filtragem e concentração em um único sistema. As amostras obtidas por raspado e escovado cervicovaginais
são acondicionadas em exclusiva solução conservante
biodegradável e não tóxica, patenteada pela DK,
+VANTAGENS o Greenfix®,que
,que atua como veículo de transporte
de amostras celulares. Além disso, fixa e preserva o
material até o momento da análise garantindo a
qualidade da coloração em condições adequadas.

NÃO NECESSITA ELIMINA BIOSSEGURO


REFRIGERAÇÃO ODORES sem manuseio
da amostra

TEMPO DE CONSERVAÇÃO DA AMOSTRA


PARATEST®FORMALINA 5
PARA
GREENFIX®: até 15 dias
FORMALINA e SAF: até 30 dias
A solução neutra de formoldeído é eficaz na
manutenção das características morfológicas de
protozoários, ovos e larvas de helmintos.
O conservante é constituído por formalina
DEFINE A QUANTIDADE DE AMOSTRA (2g)
AMOSTRAS FIRMES: 2 porções / lado cone 5% neutra e tamponada.
AMOSTRA DIARREICA: 6 porções / lado colher Indicado para coloração pelo Lugol.

PRAZOS DE VALIDADE
PARA
PARATEST®SAF
ECO: 24 meses A combinação de formoldeído com acetato de sódio e ácido
FORMALINA 5: 36 meses
SAF: 36 meses acético age como tampão, promovento excelente fixação dos
organismos com manutenção das características morfológicas
ASSESSORIA CIENTÍFICA e facilitando a análise microscópica. O conservante SAF (acetato
A DK oferece diferenciado e completo suporte aos de sódio, ácido acético e formol) foi desenvolvido para ser
técnicos e usuários acerca de quaisquer dúvidas
ou detalhes técnico-científicos que possam surgir. utilizado também na coloração permanente de tricrômio.

CERTIFICAÇÃO
SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE
CERTIFICADO ISO 13485

www.dkdiagnostics.com Inovação a serviço da saúde

Curta nossa página e acompanhe as novidades! Mais informações, ligue: (11) 4023-3888
Email: contato@dkdiagnostics.com
Análises mais +seguras com simplicidade e eficiência da coleta à metodologia.

COLETA
SISTEMA PARATEST® COMO FUNCIONA?
O sistema PARATEST® oferece conforto e praticidade ao paciente no momento da coleta de amostra. Além de
não necessitar refrigeração, devido à solução conversante, a amostra é preservada por até 15 dias no Greenfix®
COMPONENTES
PARATEST®

EMBALAGEM: (PARATEST®ECO) e por até 30 dias em solução Formalina 5% ou SAF. Veja abaixo como funciona:
embalagem
plástica com COMO COLETAR AS FEZES?
fita adesiva
1. Retire o PARATEST® da embalagem plástica e abra o frasco 3. Dilua a amostra com auxilio do pino extrator.
com cuidado para não derramar o líquido. 4. Feche o frasco. Agite para homogeneizar a amostra
2. Colete duas porções da amostra utilizando o lado do cone com o líquido conservante.
CAP: cap de vedação da pá coletora. Em caso de diarréia, colete seis porções do 5. Volte o PARATEST® para a embalagem plástica e encaminhe
lado da colher. ao laboratório.
TAMPA de rosquear
FRASCO: contém
líquido conservante
PINO extrator

PÁ COLETORA
define a quantidade de amostra
COLHER
para amostras diarreicas METODOLOGIA / SISTEMA PARATEST®. COMO FUNCIONA?
coletar seis (6) porções O Sistema PARATEST® possui uma metodologia simplificada cujo princípio do método é a sedimentação
CONE espontânea. Não necessita uso de acessórios, água reagente ou qualquer outro equipamento. A quantidade
para amostras sólidas de detritos na lâmina é reduzida devido ao exclusivo filtro de 266 MICRA (que reduz detritos ao mesmo tempo
coletar duas (2) porções
que permite vizualização de todos os parasitos). O tempo entre a preparação e a sedimentação completa
CUIDADOS DURANTE A COLETA é de apenas 15 minutos.
1. Não ingerir o líquido e evitar contato
com os olhos, nariz e pele. Em caso de
ingestão acidental, procurar o médico.
2. Mantenha longe do alcance de
crianças/animais domésticos.
3. Coletar apenas fezes na quantidade
indicada na bula; nenhum outro tipo de
amostra.
4. Não coletar as fezes direto do vaso
sanitário.
5. Não desprezar o líquido conservante.
Não reaproveitar o frasco.
6. Armazenar o produto entre 15°C e
30°C e não expor ao sol ou calor. O 1. Retirar o cap de vedação e 2. Agitar o PARATEST® para 3. Colocar o PARATEST® na 4. Pingar a primeira gota da
PARATEST® não necessita de refrigeração. pressionar levemente o homogeneizar a amostra. Após posição invertida na bandeja amostra na lâmina, pressionan-
8. Uso em diagnóstico in vitro. frasco para liberar os gases. a homogeneização, com o de concentração, sem o cap, do levemente o copo coletor
Recolocar o cap de vedação frasco em pé, retirar novamente e deixar sedimentar de 15 a na região próxima da tampa
mantendo o copo coletor o cap de vedação com cuidado, 30 minutos. rosqueada. Adicionar uma gota
DESCARTE pressionado. pois poderão haver algumas de Lugol*, cobrir com uma
gotas no bico do cap. lamínula e proceder a análise.
*Para o produto PARATEST®SAF é possível realizar a coloração de tricrômio.
CUIDADOS DURANTE A METODOLOGIA
1. Seguir as instruções de utilização e verificar a validade do produto. 3. Não reutilizar o produto.
2. O PARATEST® não pode ser utilizado para: coprocultura, pesqui- 4. Para a realização da análise é necessário conhecimento em
sa de sangue oculto, urocultura ou urina tipo I. parasitologia.

USO PRETENDIDO SUGESTÃO DE METODOLOGIA DE COLHEITA E PROCESSAMENTO DE AMOSTRAS DE ORIGEM CERVICOVAGINAL

Green PapTest® 1. O processo inicia-se com a colheita da amostra, por


profissional qualificado, através do método convencional, ou
4. Centrifugar a nova suspensão celular em GreenFix® por 10
minutos a 3.000 rpm, em temperatura ambiente. Desprezar
O meio líquido conservante GreenFix® seja, raspado e escovado da parede vaginal, colo uterino e canal o sobrenadante, mantendo 1mL de solução GreenFix® no
atua como veículo de transporte de endocervical. Essa colheita é realizada com o auxílio de uma frasco e ressuspender o sedimento por inversão,
amostras celulares e como fixativo escova ou espátula cervical, de forma que o material colhido dissociando totalmente as células.
seja depositado no frasco Green PapTEST® mediante lavagem 5. Pipetar 100mL da suspensão e dispensar sobre lâmina de
para a realização de análise vigorosa da escova/espátula no líquido conservante. vidro para microscopia (opcional: usar um delimitador
citomorfológica. 2. Os frascos devem ser fechados e identificados para envio à plástico ou marcação com caneta especial para delimitação
análise. No laboratório, o frasco contendo a suspensão celular da área em que o volume da suspensão celular será dispensado).
em Greenfix® deverá ser homogeneizado por vórtex e o 6. Aplicar imediatamente sobre o volume da suspensão
TAMPA reta de processo será continuado pela técnica manual, descrita a celular em lâmina, um fixador celular comercial para adesão
COMPONENTES
Green PapTest®

rosquear
seguir, ou pela técnica automatizada, seguindo-se, neste caso, a das células (fixador comercial: álcool absoluto ou álcool
FRASCO: contém instrução do fabricante do aparelho de automação disponível isopropílico). Aguardar até 2h para fixação total do material
líquido conservante
no laboratório. sobre a lâmina.
3. Para a técnica manual, pipetar 5mL de suspensão celular em 7. Mergulhar a lâmina contendo o material celular à
SOLUÇÃO Greenfix® e transferir para tubo cônico. Centrifugar essa coloração de Papanicolau covencional, conforme protocolo
FIXATIVA Greenfix® suspensão celular por 10 minutos a 3.000 rpm, em temperatura padrão do laboratório.
ambiente. Desprezar o sobrenadante e ressuspender o 8. Cobrir o material já corado em lâmina com verniz comer-
sedimento celular em 3mL de solução Greenfix®, homogenei- cial e montar com uma lamínula sobreposta. Executar
CUIDADOS zando o material levemente, por inversão. análise citológica em microscopia óptica, no aumento de
1. Não ingerir o líquido. Não descartar o 400X e, quando possível, realizar registros fotográficos.
líquido conservante. CONSERVAÇÃO/ARMAZENAMENTO
LIMITAÇÕES DO PROCEDIMENTO
2. Seguir as instruções de utilização e 1. O Green PapTEST®, sem adição de amostras, deve ser armazena-
verificar a validade do produto. do à temperatura ambiente (15ºC a 30ºC) e ao abrigo da luz e do 1. As amostras cervicovaginais devem ser colhidas utilizando
3. Não reutilizar o frasco. calor. boas técnicas de amostragem para produzir uma suspensão
4. Armazenar o produto entre 15°C e 30°C 2. O GreenFix®, meio líquido fixativo do Green PapTEST®, celular adequada.
e não expor ao sol ou calor. conserva células em, no máximo, até 6 meses, quando acondicio-
5. Green PapTest® não necessita refrigeração. nado sob refrigeração (2ºC a 8ºC), ou até 15 dias, em temperatura
ambiente e ao abrigo da luz e do calor.
www.dkdiagnostics.com Inovação a serviço da saúde

Curta nossa página e acompanhe as novidades! Mais informações, ligue: (11) 4023-3888
Email: contato@dkdiagnostics.com