Você está na página 1de 6

17ª lista - Determinação de constante de equilíbrio iônico.

Força de ácido força de base com análise de


Ka e kb. Grau de equilíbrio e lei de diluição de Ostwald.

Questão 01 - (UESPI)

A força de ácidos e bases pode ser estimada pela análise das constantes de
ionização Ka e Kb, respectivamente. Observando a tabela a seguir (primeira
constante de ionização a 25°C), podemos afirmar que o ácido mais fraco e a base
mais forte, são respectivamente:

CONSTANTE DE
COMPOSTO
IONIZAÇAO
HCN K a  4,9 x 10-10
H 2CO3 K a  4,6 x 10- 7
H 3CNH 2 K b  3,9 x 10- 4
CH 3COOH K a  1,8 x 10-5
H 3PO 4 K a  7,5 x 10-3
NH 4OH K b  2,0 x 10-5

a) HCN e H3CNH2
b) H2CO3 e NH4OH
c) H2CO3 e H3CNH2
d) CH3COOH e NH4OH
e) H3PO4 e NH4OH

Questão 02 - (UFPE)

Analisando a tabela a seguir, com valores de constantes de basicidade, Kb, a 25 °C


para diversas bases, podemos afirmar que:

Base Kb
Dimetilamina, (CH3)2NH 5,4 . 10-4
Amônia, NH3 1,8 . 10-5
Hidróxido de zinco, Zn(OH)2 1,2.10-7
Piridina, C5H5N 1,8.10-9
Anilina, C6H5NH2 4,3.10-10

a) a amônia é uma base mais fraca que o hidróxido de zinco.


b) a anilina é a base mais forte.
c) a piridina e a amônia têm a mesma força básica.
d) a dimetilamina é a base mais forte.
e) a anilina é mais básica que a piridina.
Questão 03 - (UERJ)

A ionização do ácido cianídrico é representada pela equação química abaixo:,

HCN (aq) H+ (aq) + CN– (aq)

Um experimento sobre esse equilíbrio químico, realizado a temperatura constante,


analisou quatro parâmetros, apresentados na tabela:

Ao ser estabelecido o equilíbrio químico da ionização, foi adicionada certa


quantidade de NaCN(s).
Após a dissolução e dissociação completa desse composto, houve deslocamento do
equilíbrio de ionização.
O parâmetro que sofreu redução, após a adição do composto, é representado pelo
seguinte símbolo:

a) 
b) Ka
c) pH
d) [HCN]

Questão 04 - (ACAFE SC)

A amônia pode ser utilizada na síntese de fertilizantes, explosivos e produtos de


limpeza. Já o hidróxido de sódio pode ser utilizado para desentupir encanamentos,
na produção de sabões e detergentes e na extração de celulose nas indústrias de
papel. Em 1L de uma solução aquosa de hidróxido de sódio de concentração 0,15
mol/L foram adicionados 0,1 mol de amônia.
Dados: Considere que o volume da solução permaneça constante; constante Kb =
1,8  10–5.

Assinale a alternativa que contém concentração aproximada dos íons amônio.

a) 1,8  10–5 mol/L


b) 1,2  10–5 mol/L
c) 1,5  10–5 mol/L
d) 1,8  10–6 mol/L
Questão 05 - (UEFS BA)

Tabela: Constantes de ionização de alguns ácidos em soluções aquosas de mesma


concentração molar.

Os ácidos são substâncias químicas que se ionizam e liberam íons H + em solução


aquosa. A constante de ionização de um ácido, Ka, expressa a tendência do
equilíbrio químico para a reação reversível de ionização de ácidos em solução
aquosa.

Considerando-se as propriedades dos ácidos e a análise das informações da tabela, é


correto concluir:

a) a reação de ionização do ácido fluorídrico produz mais íons em solução do que


a do ácido nitroso.
b) a solução de HCN(aq) conduz corrente elétrica com mais eficiência do que a
solução de HF(aq) de mesma concentração.
c) a substância química com maior tendência de liberar íons H + em solução
aquosa, dentre as apresentadas na tabela, é o HNO2.
d) o ácido fluorídrico é classificado como um hidrácido forte porque, em solução
aquosa, a concentração de íons H3O+ é maior do que a de moléculas de HF.
e) o HNO2 é representado pela fórmula estrutural
H N O

O
e o HCN por H – C = N.

Questão 06 - (Fac. Santa Marcelina SP)

A 25 ºC, uma solução aquosa 0,1 mol/L de ácido propanoico apresentou pH = 3.


Assim, estima-se que, nessa temperatura, o valor da constante de ionização K a do
ácido propanoico seja da ordem de:

a) 1  10–2.
b) 1  10–3.
c) 1  10–1.
d) 1  10–4.
e) 1  10–5.
Questão 07 - (UFT TO)

Dentre os conservantes antimicrobianos mais utilizados pela indústria alimentícia


figura o benzoato de sódio, obtido pela reação do ácido benzóico (HC7H5O2) com o
hidróxido de sódio.
Se em uma solução aquosa 0,072 mol/L de ácido benzóico, no equilíbrio apresenta
uma concentração de íons hidrônio [H3O+] de 2,1 x 10–3 mol/L, qual é o valor de Ka
(constante de ionização ácida) deste ácido?

a) 6,3  10–5
b) 2,9  10–2
c) 5,8  10–2
d) 6,1  10–5
e) 2,1  10–3

Questão 08 - (PUC RJ)

Sobre os ácidos fracos em solução aquosa, avalie as duas situações abaixo e faça o
que se pede.

a) Uma quantidade igual a 0,10 mol de um ácido monoprótico fraco de fórmula


geral HX é dissolvida em água formando 100,0 mL de solução. O valor de pH
da solução é igual a 5,0 medido a 25 ºC. Calcule o valor da constante de
ionização do ácido, Ka, em água com dois algarismos significativos.
b) O ácido sulfídrico, H2S, é um gás que pode ser solubilizado em água. Escreva
as equações de dissociação desse ácido em água e as expressões para as duas
constantes de ionização desse ácido.

Questão 09 - (UERN)

Considere a concentração de uma solução de ácido acético (CH 3COOH) igual a 0,6
mol/L e o seu grau de ionização igual a 3 % em temperatura ambiente. É correto
afirmar que:

a) A [H+] é igual 0,18.


b) A [H+] é proveniente de duas etapas.
c) O valor da [CH3COO–] é três vezes maior que a [H+].
d) A constante de ionização é de, aproximadamente, 5,5 x 10–4.

Questão 10 - (Unimontes MG)

Foram preparadas 100 mL de cada solução I, II, III e IV, identificadas como cloreto
de sódio, sulfato de sódio, ácido clorídrico e ácido acético, respectivamente. Para
preparar as soluções, dissolveram-se 1mol de NaCl, 1 mol de Na2SO4, 2 mols
HCl( grau de ionização 90%) e 6 mols de CH 3COOH (grau de ionização 4%). A
solução de maior caráter eletrolítico é a:

a) II.
b) III.
c) I.
d) IV.

Questão 11 - (UFMS)

O ácido fórmico é um eletrólito moderadamente fraco, cujo processo de ionização


ocorre de acordo com a equação:

HCO2H (aq) + H2O (l) 



HCO2– (aq) + H3O+(aq)
Ka = 1,6  10–4

Considere uma solução aquosa 0,100 mol/L de ácido fórmico, analise as afirmações
abaixo e assinale a(s) correta(s).
(Use: log 2 = 0,3).

01. adicionando-se água a essa solução, diminui-se o grau de ionização do ácido.


02. a concentração de íons formiato, no equilíbrio, é igual a 4,0  10–3 mol/L.
04. a concentração de reagentes é maior que a de produtos no equilíbrio.
08. a concentração de HCO2H, no equilíbrio, é igual a 9,6  10–2 mol/L.
16. o pH dessa solução é igual a 5,4.

Questão 12 - (UEFS BA)

CH3COOH(l) + H2O(l) CH3COO–(aq) + H3O+(aq)

A Lei de Diluição de Ostwald relaciona o grau de ionização com o volume da


solução e pode ser enunciada da seguinte forma: O grau de ionização de um
eletrólito aumenta, tendendo a 100%, à medida que a solução é diluída. A aplicação
dessa Lei permite calcular não somente a constante de ionização, Ka, como também
as concentrações e o pH do sistema em equilíbrio químico representado pela
equação química, quando o grau de ionização do ácido acético, em uma solução
0,02molL–1, desse ácido, é 3% a 25°C.
Considerando-se essas informações e a equação química de ionização do ácido
acético, é correto afirmar:

a) a concentração hidrogeniônica na ionização do ácido acético é 2,010–2molL–1.


b) o valor numérico da constante de ionização do ácido acético é 1,7510–5molL–1.
c) o pH da solução de ácido acético 3% ionizado é menor do que 4.
d) a concentração de ácido acético no equilíbrio químico é 1,9410–3molL–1.
e) o valor da constante de ionização, Ka, quando o grau de onização, , for muito
pequeno, é calculado pela expressão matemática Ka = [CH3COOH].
Gabarito

Questão 01 - Gab: A
Questão 02 - Gab: D
Questão 03 - Gab: A
Questão 04 - Gab: B
Questão 05 - Gab: C
Questão 06 - Gab: E
Questão 07 - Gab: A

Questão 08 -
Gab:
a) Ka = 1,0 x 10–9
b) H2S   H+ + HS– Ka1 = [H+][HS–] / [H2S]
HS–   H+ + S2– Ka2 = [H+][S2–] / [HS–]

Questão 09 - Gab: D
Questão 10 - Gab: B
Questão 11 - Gab: 14
Questão 12 - Gab: C