Você está na página 1de 8

Aulas: 13ª Técnicas de Pesquisas e 14ª Pesquisa quantitativa e pesquisa qualitativa

Métodos e técnicas de pesquisa

Método de Pesquisa

● Metodologia é o estudo dos métodos.

● O método consiste na seqüência de passos necessários para demonstrar que o


objetivoproposto foi atingido, ou seja, se os passos definidos no método forem executados, os
resultados obtidos deverão ser convincentes.

Metodologia

● “ (...) Tem como finalidade captar e analisar as características dos vários métodos disponíveis,
avaliar suas capacidades, potencialidades, limitações ou distorções e criticar os pressupostos ou
as implicações de sua utilização.”

Método

“O método científico é um conjunto de regras básicas para desenvolver uma experiência a fim
de produzir novo conhecimento, bem como corrigir e integrar conhecimentos pré-existentes. Na
maioria das disciplinas científicas consiste em juntar evidências observáveis, empíricas (ou
seja, baseadas apenas na experiência) e mensuráveis e as analisar com o uso da lógica.”

Método

● Deve indicar:

– se protótipos serão desenvolvidos;

– se modelos teóricos serão construídos;

– quais experimentos eventualmente serão realizados;

– como os dados serão organizados e comparados;

● e assim por diante, dependendo do tipo de trabalho.

Dados versus Conceitos

● O método de pesquisa não consiste apenas em coletar dados para suportar a hipótese de
trabalho.

● É necessário elaborar um discurso ponderado e esclarecedor a partir desses dados.

● O aspecto mais importante de um trabalho científico é o pensamento crítico e não apenas a


coleta de informações.

A tipologia (método) da Pesquisa

1
● Os tipos de pesquisa para elaboração de trabalhos acadêmicos, conforme a forma de
construção do objeto de pesquisa, podem ser classificados em:

– pesquisa experimental;

– não experimental.

● Para que um método de pesquisa tenha seu emprego adequado, é preciso sabermos se ele
responderá aos objetivos da investigação científica que queremos empreender. (TURATO,
2003:143)

● A opção pelo método e técnica de pesquisa depende da natureza do problema que preocupa o
investigador, ou do objeto que se deseja conhecer ou estudar. (SANTOS; CLOS, 1998:1)

● O melhor método é aquele que mais ajuda na compreensão do fenômeno a ser estudado.
(HAGUETTE, 1992)

A tipologia da Pesquisa – Pesquisa Experimental

– “[...] orientada pelo delineamento do experimento, isto é, o plano e a estrutura da investigação,


concebidos de forma que sejam obtidas respostas para as perguntas da pesquisa. Trata-se do
guia para a experimentação, coleta de dados e análise”. (MARTINS, 1990, p. 22)

● é mais frequente para a condução de pesquisas situadas nas áreas das Ciências Naturais e
temas relacionados à Tecnologia

● A pesquisa experimental implica em que o pesquisador sistematicamente provocará


alterações no ambiente a ser pesquisado de forma a observar se cada intervenção produz os
resultados esperados

A tipologia da Pesquisa – Pesquisa não Experimental

● “é aquela em que o pesquisador observa, registra, analisa e correlaciona fatos e variáveis sem
manipulá-los” (MARTINS, 1990, p. 22).

● é mais utilizada e indicada para a condução de pesquisas nas áreas de Humanas.

● A pesquisa não experimental consiste no estudo de fenômenos sem a intervenção sistemática


do pesquisador

A tipologia da Pesquisa

● De acordo com a forma de construção do objeto de pesquisa, as pesquisas não experimentais


podem ser classificadas (tipos de pesquisa) da seguinte forma:

 – pesquisa quantitativa;
 – pesquisa qualitativa;
 – pesquisa bibliográfica;
 – pesquisa descritiva;
 – pesquisa exploratória;
 – Pesquisa-ação;
 – Estudo de caso;

2
 – Pesquisa participante

Pesquisa Quantitativa

● Foco: busca explicação, o “por quê”

● Objetivos da pesquisa: Testagem de hipóteses; Descrição e estabelecimento de correlações


matemáticas (estatísticas) e causais entre fatos

● Amostra/grupo para estudo: Randômica: representativa estatisticamente de uma população

● Tratamento/análise dos dados: Técnicas estatísticas, habitualmente feitas por especialistas.

● Instrumentos de pesquisa: Experimentos e surveys; Observação dirigida, Questionários


fechados, Exames laboratoriais

Pesquisa Qualitativa

● Foco: Busca compreensão, o “como”

● Objeto de estudo: fenômenos humanos.

● Objetivos da pesquisa: Compreensão; explanação, apreensão e interpretação da relação de


significações de fenômenos para os indivíduos e a sociedade.

● Amostra/grupo para estudo: Proposital, Intencional: sujeitos individualmente eleitos; tamanho


pequeno.

● Tratamento/análise dos dados: Análise de conteúdo: categorias por relevância teórica de


repetição

Diferença entre pesquisa qualitativa e quantitativa.

 A pesquisa científica quanto à abordagem é classificada em qualitativa e quantitativa.

 Neste item procuraremos fazer a distinção desses dois tipos de pesquisa. De acordo com
a literatura, a pesquisa qualitativa é multimetodológica e está sempre se preocupando
com a qualidade, ou seja, com os significados e valores.
 A imprevisibilidade caracteriza o desenvolvimento da pesquisa qualitativa, já que seus
aspectos não podem ser quantificados. Neste tipo de pesquisa, as informações obtidas
não são comprovadas e os pesquisadores envolvidos apresentam conhecimentos parciais
e limitados. A pesquisa qualitativa é, então, criticada pelo empirismo, subjetividade e
intuição do pesquisador. É considerado um método indutivo de pesquisa.
 Já considerando a pesquisa quantitativa, podemos dizer que ela leva em
consideração a objetividade, ou seja, seus resultados podem ser quantificados por meio
da análise dos dados e a utilização de ferramentas estatísticas.
 Uma vez definido o tema da pesquisa, deve-se escolher entre realizar uma pesquisa
qualitativa ou uma quantitativa. Uma não substitui a outra: elas se complementam.
 As pesquisas qualitativas têm caráter exploratório: estimulam os entrevistados a
pensar e falar livremente sobre algum tema,objeto ou conceito. Elas fazem emergir

3
aspectos subjetivos, atingem motivações não explícitas, ou mesmo não conscientes,de
forma espontânea.
 As pesquisas quantitativas são mais adequadas para apurar opiniões e atitudes
explícitas e conscientes dos entrevistados, pois utilizam instrumentos padronizados
(questionários). São utilizados quando se sabe exatamente o que deve ser perguntado
para atingir os objetivos da pesquisa. Permitem que se realizem projções para a
população representada. Elas testam, de forma precisa, as hipóteses levantadas para a
pesquisa e fornecem índices que podem ser comparados com outros.

Pesquisa Bibliográfica

● Todas as modalidades de pesquisa exigem uma revisão bibliográfica; uma busca de

conhecimentos sobre os fenômenos investigados na bibliografia especializada.

● A pesquisa bibliográfica não está presente emtodas as modalidades de pesquisa;

● Tem como principal característica o fato de que o campo onde será feita a coleta dos dados é a
própria bibliografia sobre o tema ou o objeto que se pretende investigar.

Pesquisa Bibliográfica

● Deve-se buscar, nos autores e obras selecionados, os dados para a produção do conhecimento
pretendido.

● Conversa e debate com os autores através de seus escritos.

Pesquisa de Campo

● Essa modalidade de pesquisa, como o próprio nome indica, tem a fonte de dados no próprio
campo em que ocorrem os fenômenos.

Pesquisa Documental

● Tem como principal característica o fato de que a fonte dos dados, o campo onde se procederá
a coleta dos dados, é um documento (histórico, institucional, associativo, oficial etc.).

● A busca de informações (dados) sobre os fenômenos investigados é realizado nos


documentos, que exigem, para a produção de conhecimentos, uma análise.

Pesquisa Documental

● São considerados documentos:regulamentos, normas, pareceres, cartas, memorandos, diários


pessoais, autobiografias, jornais, revistas, discursos, roteiros de programas de rádio e televisão,
estatísticas, arquivos escolares

● Exemplos: Parâmetros Curriculares Nacionais; Carta de Salamanca

Pesquisa-ação

4
● Modalidade da pesquisa qualitativa, também conhecida como pesquisa participante, pesquisa
participativa ou pesquisa-ação-participativa.

● Tem o propósito de compartilhar saberes produzidos pelos diferentes sujeitos envolvidos no


processo de pesquisa. Aqui os participantes deixam de ser “objetos” de estudo para serem
pesquisadores, produtores de conhecimentos sobre sua própria realidade.

Tipos de instrumentos ou Técnicas de coleta de dados

● É preciso que o pesquisador conheça e escolha instrumentos adequados, pensando no que


pretende coletar e verificar.

● Os autores de livros de metodologia de pesquisa, por vezes, classificam de forma diferenciada


as técnicas à disposição do investigador.

● Cabe ao pesquisador certificar-se de que os termos técnicos utilizados pelos diferentes autores
podem, ou não, ter o mesmo significado na prática da pesquisa.

Tipos de instrumentos ou Técnicas de pesquisa

● Os mais conhecidos tipos de instrumentos de coletas de dados são os seguintes:

 – Observação;
 – Questionário;
 – Entrevista;
 – Grupo focal.

OBSERVAÇÃO

● É uma técnica de coleta de dados para conseguir informações e utiliza os sentidos na obtenção
de determinados aspectos da realidade.

● Não consiste apenas em ver e ouvir, mas também em examinar fatos ou ferramentas que se
deseja estudar.

● A observação ajuda o pesquisador a identificar e a obter provas a respeito de objetivos sobre


os quais os indivíduos não tem consciência, mas que orientam seu comportamento.

● Está mais diretamente ligada à pesquisa de campo.

Tipos de Observação

● Na investigação científica são empregadas várias modalidades de observação, que variam de


acordo com as circunstâncias.

Segundo os meios utilizados:

 – Observação não estrutura: é a que se realiza sem planejamento e sem controle


anteriormente elaborados, como decorrência de fenômenos que surgem de imprevisto.
 – Observação estruturada: é a que se realiza em condições controladas para se responder
a propósitos, que foram anteriormente definidos. Requer planejamento e necessita de
operações específicas para o seu desenvolvimento.

5
Tipos de Observação

Segundo a participação do observador:

● Participante: consiste na participação real do pesquisador com a comunidade ou grupo.

Em geral são apontados duas formas:

● Natural - o observador pertence à mesma comunidade ou grupo que investiga.

● Artificial - o observador integra-se ao grupo com a finalidade de obter informações.

● Não participante: o observador toma contato com a comunidade, grupo ou realidade estudada,
mas sem integrar-se a ela - permanece de fora.

Tipos de Observação

Segundo o número de observadores:

● Individual: é a técnica de observação realizada por um pesquisador. Nesse caso, a


personalidade dele se projeta sobre o observado, fazendo algumas inferências ou distorções,
pela limitada possibilidade de controles.

● Em equipe: é a mais aconselhável, pois o grupo pode observar a ocorrência por vários
ângulos.

PONTOS À SEREM CONSIDERADOS NA OBSERVAÇÃO ESTRUTURADA

 Por que observar


 Para que observar
 Como observar
 Quem observar
 O que observar

– A presença do pesquisador pode provocar alterações no comportamento dos observados,


destruindo a espontaneidade dos mesmos e produzindo resultados pouco confiáveis

Entrevista

● Tipos:

– Estruturada: é aquela em que o entrevistador segue um roteiro previamente estabelecido.

– Não estruturada: o entrevistado tem liberdade para desenvolver cada situação em qualquer
direção queconsidere adequada.

– Painel: consiste na repetição de perguntas, de tempo em tempo, às mesmas pessoas, a fim de


estudar a evolução das opiniões em períodos curtos.

Entrevista

MEDIDAS EXIGIDAS PARA A PREPARAÇÃO DA ENTREVISTA

6
 ● Planejamento da entrevista
 ● Conhecimento prévio do entrevistado
 ● Oportunidade da entrevista
 ● Condições favoráveis
 ● Contato com líderes
 ● Conhecimento prévio do campo
 ● Preparação específica

Entrevista

PRINCIPAIS PROBLEMAS COM A TÉCNICA DA ENTREVISTA

● Falta de motivação do entrevistado.

● Inadequada compreensão do significado das perguntas.

● Fornecimento de respostas falsas.

● Inabilidade do entrevistado para responder.

● Influência exercida pelo aspecto pessoal do entrevistados com o entrevistado.

Questionário

É um instrumento de coleta de dados constituído por uma série ordenada de perguntas, que
devem ser respondidas por escrito e sem a presença do entrevistador

Questionário

CUIDADOS NO PROCESSO DE ELABORAÇÃO

 ● Conhecer o assunto
 ● Cuidado na seleção das questões
 ● Limitado em extensão e em finalidade
 ● Codificadas para facilitar a tabulação
 ● Indicação da entidade organizadora
 ● Acompanhado por instruções
 ● Boa apresentação estética

Questionário

TIPOS DE QUESTÕES

• Aberta: são as que permitem ao informante responder livremente, usando linguagem própria e
emitir opiniões.

Alguns inconvenientes:

 – Dificulta a resposta ao próprio informante, que deverá redigi-la.


 – O processo de tabulação.
 – O tratamento estatístico e a interpretação.
 – A análise é difícil, complexa, cansativa e demorada

7
Questionário

TIPOS DE QUESTÕES

● Fechada: são aquelas em que o informante escolhe sua resposta entre duas opções. Este tipo
de pergunta, embora restrinja a liberdade das respostas, facilita o trabalho do pesquisador e
também a tabulação, pois as respostas são mais objetivas.

Questionário

TIPOS DE QUESTÕES

● Múltipla escolha: são perguntas fechadas mas que apresentam uma série de possíveis
respostas, abrangendo várias facetas do mesmo assunto.

● É facilmente tabulável e proporciona uma exploração em profundidade quase tão boa quanto a
de perguntas abertas.

Planejamento Participativo

● uma estratégia de trabalho coletivo que parte da necessidade da participação dos envolvidos
na tomada de decisões conjuntas para a solução de problemas comuns