Você está na página 1de 21

SEMINÁRIOS SOBRE

CINEMÁTICA, DINÂMICA E ONDAS

AUTORAS: BEATRIS LISBÔA MELLO


JOSIANE LADELFO
OLGA DA ROSA PEREIRA

PROFESSOR: SERGIO MITTMANN DOS SANTOS

COMPONENTE CURRICULAR: ENERGIA E MOVIMENTO


CINEMÁTICA

Estuda a descrição Geralmente trabalha-se


dos movimentos dos aqui com partículas ou
corpos, sem se preocupar corpos desprezando suas M.R.U e M.R.U.V
com a análise de suas dimensões em relação ao
causas. problema.

- Tempo
Trabalha-se - Distância
principalmente
- Deslocamento
com as seguintes
grandezas: - Velocidade (média e instantânea)
- Aceleração
EXPERIMENTO DE CINEMÁTICA

 O experimento explora conceitos de velocidade e


aceleração.

Material:
- Rampa de madeira com fita métrica ou dois tubos
fluorescentes fixados lad0 a lado com fita adesiva;
- Apoio de aproximadamente 20 cm de altura;
- Bola de gude;
- Cronômetro;
- Objeto para apoio (livros).
EXPERIMENTO DE CINEMÁTICA

Procedimentos:
 Acomode a rampa de madeira de forma inclinada. Coloque a bolinha no
ponto mais alto da rampa e solte sem empurrar. O desenho a seguir
pode orientar na realização do experimento:

 Conforme a sua observação, a velocidade da bolinha quando passa pelo


ponto de 75 cm é igual à velocidade em que ela chega ao final do trajeto,
150 cm? Explique sua resposta elaborando uma hipótese.
EXPERIMENTO DE CINEMÁTICA

Testando a hipótese:
Procedimentos:
 Realize os mesmo procedimentos do experimento
anterior, mas dessa vez cronometrando o tempo que a
bolinha leva para completar todo o percurso partindo do
ponto zero até os 150 cm, conforme a fita métrica.
Complete os dados a seguir:
 ∆t:
 ∆x:
 V:
 A partir dos resultados, calcule a aceleração:
EXPERIMENTO DE CINEMÁTICA
EXPERIMENTO DE CINEMÁTICA

 A partir desse roteiro sugere-se algumas questões


como:
- A sua hipótese pode ser confirmada? Explique sua resposta com base nos dados obtidos.
- O fenômeno estudado nesses experimentos correspondem à M.R.U ou M.R.U.V? Explique sua
resposta baseando-se nas definições dos dois movimentos retilíneos.

 Também é possível trabalhar com gráficos e tabelas


para análise de dados.
EXPERIMENTO DE CINEMÁTICA
Tabela de
Distância (cm) Tempo (s)
dados da 0,0 0,0
distância 0,30 0,91
0,60 1,29
pelo tempo. 0,90 2,23

3,5
3,5
3
3
2,5
2,5
aceleração
2 2
tempo
tempo
1,5 distância 1,5
velocidade
1 1
0,5
0,5
0
1 2 3 4 0
1 2 3 4

Gráfico distância pelo tempo. Gráfico da Aceleração: Velocidade pelo Tempo.


Exemplos de gráficos e tabelas que podem ser feitos a partir do experimento.
DINÂMICA

A dinâmica é uma parte da mecânica que


tem como principal estudo a explicação de
como um corpo em repouso é capaz de
entrar em movimento e como é possível
alterar o estado de movimento de um corpo.

A dinâmica realiza análises das forças que


atuam sobre os corpos em repouso ou em
movimento.
EXPERIMENTO DE DINÂMICA

1ª Lei de Newton - Princípio da Inércia


Quando estamos dentro de um carro, e este contorna uma curva, nosso
corpo tende a permanecer com a mesma velocidade vetorial a que estava
submetido antes da curva, isto dá a impressão que estamos sendo "jogados"
para o lado contrário à curva. Quando estamos em um carro em movimento
e este freia repentinamente, nos sentimos como se fôssemos atirados para
frente, pois nosso corpo tende a continuar em movimento.
Estes e vários outros efeitos semelhantes são explicados pelo princípio da
inércia, cujo enunciado é: "Um corpo em repouso tende a
permanecer em repouso, e um corpo em movimento tende a
permanecer em movimento".
Um corpo só altera seu estado de inércia, se alguém, ou alguma coisa
aplicar nele uma força resultante diferente se zero.

 Considerando as informações do texto acima, realise o experimento a


seguir:
EXPERIMENTO DE DINÂMICA

Material:
- Carrinho de aço;
- Bolinha de vidro (popularmente conhecida como
“bola de gude” e “bolita”);
- Rampa de madeira ou papelão;
- Lápis;
- Massa de modelar (um pedaço pequeno);
- Fita adesiva;
- Livros.
EXPERIMENTO DE DINÂMICA

Procedimentos:
 Empilhe os livros sobre uma mesa reta e lisa. A
seguir, apoie a rampa no topo da pilha de livros,
formando assim uma ladeira no qual irá descer o
carrinho. No “pé” da rampa, fixe um lápis com fita
adesiva, a mais ou menos 20 cm da base da rampa.
EXPERIMENTO DE DINÂMICA

Montagem do carro

 Coloque um pedaço de
massa de modelar no
capô do carrinho, de
forma a fixa-la, e sobre
a massa de modelar,
levemente presa, a
bolinha de vidro.
EXPERIMENTO DE DINÂMICA

Posicione o conjunto carro + massa + bolinha no alto da rampa


conforme figura a seguir.

 Deixe o carrinho, com a


bolinha presa a ele,
rolar a rampa em
direção ao lápis
(obstáculo).
 Descreva o que
aconteceu com o
carrinho e a bolinha.
EXPERIMENTO DE DINÂMICA

 Para esse experimento sugere-se algumas questões:

- Com base na 1ª Lei de Newton, explique o comportamento do


carrinho e da bolinha após bater no lápis

- As leis de segurança no transito condicionam os motoristas e


passageiros de veículos automotores ao uso de alguns equipamentos de
segurança, como o cinto de segurança e a cadeirinha. Explique como
esses equipamentos funcionam, conforme os conhecimentos
trabalhados no experimento, e a importância desses dispositivos.
DINÂMICA X CINEMÁTICA

Na cinemática, estuda-
Na dinâmica, estuda-
se o movimento sem
se a relação entre a
compreender sua
força e movimento.
causa.
ONDAS

 Uma onda é um movimento causado por uma


perturbação, e esta se propaga através de um meio.
• Ondas Mecânicas: são ondas que precisam de um meio material
para propagar, pois envolve o transporte de energia cinética e
potencial e depende da elasticidade do meio. Por isto não é capaz de
propagar-se no vácuo. Ex.: molas e cordas, sons e superfícies de
líquidos.
• Ondas Eletromagnéticas: são ondas geradas por cargas elétricas
oscilantes. Sua propagação não depende do meio em que se
encontram, podendo propagar-se no vácuo e em alguns meios
materiais. Ex.: ondas de rádio, de radar, os raios x e micro-ondas.
Crista da onda
ƛ

Vale da onda
EXPERIMENTO DE ONDAS

Objetivo: Visualizar através da vibração e da luz as ondas


sonoras.

Material:
- Lata de Nescau (metálica) sem o fundo;
- Balão;
- Tesoura;
- Cola ou dubla-face;
- Fita adesiva (larga);
- Pedaço de espelho de aproximadamente 1 cm x 2 cm;
- Lanterna.
EXPERIMENTO
DE ONDAS

- Retire a ponta
do balão com a
tesoura.
- Encaixe o balão
numa das
extremidades da
lata.
- Cole o espelho
na superfície do
balão.
EXPERIMENTO DE ONDAS

 Apague as luzes da sala, deixando-a o mais escuro que


puder. Acenda a Luz da lanterna e direcione para o
espelho fazendo a luz refletir em uma parede. Vocalize
algo com bastante intensidade na extremidade da lata
que está sem a cobertura do balão. Observe o reflexo da
luz no momento em que vocaliza na lata.

Algumas questões que pode ser feitas a partir do


experimento:
O que você observou? Descreva:
Nesse experimento qual foi o meio por onde propagou as ondas?
Com base no meio de propagação da onde, podemos dizer que ela é de
qual tipo:
Represente através de um desenho o que aconteceu no experimento.
REFERÊNCIAS

 HALLIDAY, D.; RESNICK, R.; WALKER, J. Fundamentos de


Física. V. 1 – Mecânica. 8ª. Ed. Rio de Janeiro: LTC, 2009.

 HALLIDAY, D.; RESNICK, R.; WALKER, J. Fundamentos de


Física. V. 2 – Gravitação, Ondas e Termodinâmica. 8ª. Ed.
Rio de Janeiro: LTC, 2009.

 http://www2.fc.unesp.br/experimentosdefisica/

 http://www.feiradeciencias.com.br/sala04/index4.asp

 http://www.youtube.com/watch?v=TJgj7p-Usg0