Você está na página 1de 5

Isolada de Português

Com Emanuelle Ferreira de Alcântara


1 – Definição ou indefinição de termo.

Morfologia - Classes de palavras Ex.: Ontem, eu vi o aluno da Sandra.

Iniciemos o nosso estudo pela Morfologia. Ex.: Ontem, eu vi um aluno da Sandra.


Assim, é mais simples para construir uma 2 – Substantivação de termo:
base sólida para a reflexão sobre a Língua
Portuguesa. Ex.: O dançar de Paula é algo que me
fascina .
1. Artigo: termo que particulariza um
substantivo. 3 – Generalização de termo (ausência do
artigo)
2. Adjetivo: termo que qualifica, caracteriza
ou indica a origem de outro. Ex.: O aluno gosta de estudar.

3. Advérbio: termo que imprime uma Ex.: Aluno gosta de estudar.


circunstância sobre verbo, adjetivo ou
advérbio. 4 – Emprego com “todo”:

4. Conjunção: termo de função conectiva Ex.: O evento ocorreu em toda cidade.


que pode criar relações de sentido. Ex.: O evento ocorreu em toda a cidade.
5. Interjeição: termo que indica um estado 5 – Como termo de realce:
emotivo momentâneo.
Ex.: Aquela menina é “a” Médica.
6. Numeral: termo que indica quantidade,
posição, multiplicação ou fração. Observação: mudança de sentido pela
flexão:
7. Preposição: termo de natureza conectiva
que imprime uma relação de regência. Ex.: O caixa / A caixa.

8. Pronome: termo que retoma ou substitui Ex.: O cobra / A cobra.


outra no texto.
Particularidades do artigo
9. Substantivo: termo que nomeia seres, a) Substantivar qualquer palavra:
ações ou conceitos da língua. O “não” é uma palavra que expressa
negação. — “não” vira substantivo.
10.Verbo: termo que indica ação, estado, Quem ama o feio, bonito lhe parece. — “feio”
mudança de estado ou fenômeno natural e vira substantivo.
pode ser conjugado. b) Evidenciar o gênero e o número dos
substantivos:
Grupos de palavras O dó (masculino)
A coleta (feminino)
1. Nominal: substantivo, artigo, adjetivo, O lápis (singular)
pronome, numeral. Os lápis (plural)
c) Revelar quantidade aproximada
2. Verbal: verbo e advérbio.
quando usado o indefinido diante de
3. Relacional: conjunção e preposição. numerais:
Uns dez quilos
Vejamos esses elementos pontualmente. Umas trezentas pessoas
d) Combinar -se com preposições:
1.Artigo: No = em + o
Das = de + as
Termo que define ou indefine um À=a+a
substantivo, particularizando-o. Numa = em + uma
Classificação:
EMPREGO DO ARTIGO
a) Definidos: o, a, os, as. 1ª) Ambas as mãos.
Usa-se o artigo entre o numeral ambas e o
b) Indefinidos: um, uma, uns, umas.
substantivo.
Emprego do artigo:  Ambas as mãos são perfeitas.
Isolada de Português
Com Emanuelle Ferreira de Alcântara

2ª) Estou em Paris / Estou na famosa Paris.  Tomou as decisões mais


Não se usa artigo antes dos nomes de oportunas.
cidades, a menos que venham É errado: Tomou as decisões as mais
determinados por adjetivos ou locuções oportunas.
adjetivas.
 Vim de Paris 6ª) Faz uns dez anos.
 Vim da luminosa Paris. O artigo indefinido, posto antes de um
Mas com alguns nomes de cidades numeral, designa quantidade aproximada.
conservamos o artigo.
Ex: Faz uns dez anos que saí de lá.
 O Rio de
Janeiro, O Cairo, O Porto.
7ª) Em um / num.
Obs.: Pode ou não ocorrer crase antes dos Os artigos definidos e indefinidos contraem-
nomes de cidade, conforme venham ou não se com preposições:
precedidos de artigo. de + o= do, de + a= da, etc.
 Vou a Paris. As formas de + um e em + um podem-se
 Vou à Paris dos museus. usar contraídas (dum e num) ou separadas
3ª) Toda cidade / toda a cidade. (de um, em um).
Todo, toda designam qualquer, cada.
Ex: Estava em uma cidade grande. Estava
 Toda cidade pode concorrer numa cidade grande.
(qualquer cidade).
Todo o, toda a designam totalidade,
Valor Discursivo
Provas bem elaboradas vêm trabalhando
inteireza. muito o valor discursivo dos artigos. Por
 Conheci toda a cidade (a isso, vamos entender melhor qual é o papel
cidade inteira). do artigo dentro do texto. Leia este diálogo
entre dois interioranos:
Obs .: No plural, usa-se todos os, todas as,
exceto antes de numeral não seguido de Fofoqueiro 1: – Aí, o João foi ao cinema do
substantivo. bairro com a namorada, de novo!
Exemplos: Fofoqueiro 2: – Ih! Isso não vai dar certo.
Da última vez que um cara daqui da cidade
Todas as cidades vieram.Todos os cinco se atreveu a levar uma menina para o
clubes disputarão o título.Todos cinema, os pais da garota ameaçaram o
cinco são concorrentes. cara de morte.
4ª) Tua decisão / a tua decisão. Fofoqueiro 3: – Foi o que eu disse para
ele... mas o homem não escuta ninguém
De maneira geral, é facultativo o uso do
artigo antes dos possessivos. Antes de qualquer coisa, é preciso que você
 Aplaudimos tua decisão. entenda que o artigo definido exerce duas
funções discursivas:
 Aplaudimos a tua decisão. 1) indica que o ser do qual o falante está
Se o possessivo não vier seguido de falando é também conhecido do ouvinte,
substantivo explícito é obrigatória a logo ambos compartilham de um
conhecimento prévio sobre o objeto da
ocorrência do artigo. conversa ou da exposição e;
 Aplaudiram a tua decisão e 2) serve para retomar ou relembrar
não a minha. termos anteriores, por inferência.
Igualmente, é preciso que você entenda
5ª) Decisões as mais oportunas / as mais
que o artigo indefinido exerce uma função
oportunas decisões. discursiva, basicamente: sempre que uma
No superlativo relativo, não se usa o artigo nova informação é apresentada, o artigo
antes e depois do substantivo. indefinido ajuda o interlocutor (ouvinte/leitor)
a ficar atento no ser introduzido na cena,
 Tomou decisões as mais
pois o prepara a fim de mais à frente ser
oportunas.
Isolada de Português
Com Emanuelle Ferreira de Alcântara
tornado conhecido pelo artigo definido. Nas também. Pense na sua vaga! Faça a sua
palavras de Celso Cunha, “O artigo parte!
indefinido serve para a apresentação de um
ser ainda não conhecido do interlocutor. Colocando em Prática!!!
Uma vez apresentado o ser, não há mais 6. (Cespe/UnB – Instituto Rio Branco –
razão para o emprego do artigo indefinido, e Diplomata – 2004) Os vocábulos “dos” e “da”
o locutor (escritor/falante/emissor) deverá (... valores que diferem nitidamente dos da
usar daí por diante o artigo definido.”. Idade Média...) provêm ambos da contração
Se você não entendeu muito bem o que eu da preposição de com outro vocábulo: em
quis dizer, relaxe, você vai entender melhor “dos”, com um pronome demonstrativo e,
agora. Vejamos como analisar os artigos da em “da”, com um artigo definido.
cena (reprise comentada): ( ) CERTO ( ) ERRADO
Fofoqueiro 1 – Aí, o João foi ao cinema
do bairro com a namorada, de novo! O Ministério Público é fruto do
Quando F1 diz “o João”, é porque ele sabe desenvolvimento do Estado brasileiro e
que F2 o conhece. Ambos conhecem o tal da democracia. A Sua História é marcada
João. Quando F1 diz a F2 “ao cinema do por processos que culminaram
bairro”, é porque só há um cinema no bairro consolidando-o como instituição e
onde eles moram e conhecem. Quando F1 ampliando sua área de atuação.
diz a F2 “com a namorada”, ambos sabem (CESPE) Com relação às ideias e às
quem é a dita cuja... e que só é uma. estruturas linguísticas do texto I, julgue os
Percebe que há conhecimento itens que se seguem.Na linha 2, a
compartilhado e prévio nesta parte do expressão ‘’A sua história’’ refere-se ao
diálogo entre os interlocutores? antecedente ‘’democracia’’.
Fofoqueiro 2 – Ih! Isso não vai dar certo.
Da última vez que um cara daqui da ( ) Certo ( ) Errado
cidade se atreveu a levar uma menina
(CESPE ) Em relação ao texto acima, julgue
para o cinema, os pais da garota
os itens a seguir. Estaria mantida a correção
ameaçaram o cara de morte.
gramatical do trecho “a Internet tem
Olha aí o que disse o Celso! Usam-se
potencial cuja dimensão não deve ser
inicialmente indefinidos para depois os
superdimensionada” (l. 33 e 34) caso se
definidos retomarem, por inferência, os
empregasse o artigo a antes do substantivo
termos anteriores (um cara – o cara; uma
“dimensão”.
menina – (d)a garota). Os indefinidos são
ótimos para apresentar seres e os definidos ( ) Certo ( )Errado
são ótimos para retomá-los visando à
clareza. No que diz respeito às estruturas linguísticas
Fofoqueiro 3 – Foi o que eu disse para do texto, julgue os itens subsecutivos.
ele... mas o homem não escuta ninguém.
Este artigo definido (o homem) faz O emprego do artigo indefinido no trecho
referência ao João, lá do início. “Em uma visão contemporânea, a educação
Mais interessante que tudo isso é perceber tem como objetivo a formação cidadã, que
que, se fossem usados artigos indefinidos abrange um conhecimento fomentador da
no lugar de alguns definidos da primeira construção da moral ...” (l.4-5) indica a
frase, haveria sensível mudança de sentido, possibilidade de existirem outras
não é? Veja só: abordagens educacionais.
Fofoqueiro 1 – Aí, o João foi a um cinema
( ) Certo ( ).Errado
dum bairro com uma namorada, de novo!
Agora nem F1 nem F2 sabem qual é o A partir das idéias do texto II, julgue os itens
cinema, qual é o bairro, qual é a namorada subseqüentes.
(João tem mais de uma; isso a gente sabe).
Ok? Do 1.º verso ao 17.º verso, com o emprego
do artigo definido, o autor refere-se a um
O Que Cai Mais na Prova?
determinado pai, distintamente da segunda
Recomendo que você estude a parte do texto, em que o autor alude aos
identificação do artigo, uma vez que ele
pais em geral.
pode ser confundido com vocábulos de
outras classes gramaticais, e também que
( ) Certo ( ) Errado
estude seu valor discursivo. Não
ignoremos os empregos mais importantes
Isolada de Português
Com Emanuelle Ferreira de Alcântara
b) O juiz solicitou a presença de ambos os
cônjuges.
376/1611
c) Esta é a mulher cujo o amigo
desapareceu.
d) Faltaram uns dez alunos.
e) O menino fugiu.

28. (Consulplan – Auxiliar Administrativo –


2010) Assinale a alternativa que apresenta
ERRO quanto ao uso do artigo:
a) Avisei a ela que não haveria a reunião.
b) Feliz o pai cujos filhos são ajuizados.
c) Li a notícia no “Estado de Sergipe”.
d) Ambos os casos merecem consideração.
e) Discutia os assuntos mais profundos.

27. (Consulplan – Técnico Administrativo –


2010) (Adaptada) Quanto à classe de
palavras, a classificação abaixo está correta
ou incorreta?
33. (FDC ) “Um homem entrou num bar e – “As economias sustentáveis, com
pediu três doses de uísque. Bebeu tecnologias limpas, sepultarão antigas
depressa, uma depois da outra. Quando estruturas...” (artigo definido)
terminou a última, pediu mais três. O
funcionário do bar disse: 25. (MOVENS – MDIC – Grupo I – 2010)
– Isso não lhe faz bem, sabe? Quanto ao emprego dos artigos no texto,
– Eu sei – respondeu o homem – julgue os itens abaixo como Verdadeiros (V)
especialmente com o que eu tenho. ou Falsos (F) e, em seguida, assinale a
– O que é que o senhor tem? – perguntou o opção correta.
garçom. I. No trecho “Estamos a um passo dessa
– Só um real. convergência”, há dois artigos.
(Andy Rooney, “Tribune Media Services”) II. Em “O sol brilha em todo o mundo”, a
A afirmativa correta sobre o emprego dos retirada do artigo que antecede a palavra
artigos negritados no texto acima é: “mundo” não acarretaria erro gramatical,
a) Nos termos “o funcionário” e “o homem”, mas mudaria o sentido do texto.
o emprego do artigo definido é justificado III. Na linha 11, em “O vento sopra pela
pela Mesma razão. Terra todo dia”, há contração da preposição
b) Nos termos “o funcionário” e “o bar”, os por com o artigo a.
artigos definidos mostram que os termos A sequência correta é:
determinados por eles já foram enunciados a) V, F, F;
antes. b) V, F, V;
c) Termos como “um homem” e “um bar” c) F, V, F;
nunca podem aparecer textualmente como d) F, V, V.
termos que se referem a outros termos
anteriores. 23. (Cespe/UnB – PM – SOLDADO – 2009)
d) No termo “o funcionário”, o emprego do Em “acesso a” (O acesso a revólver,
artigo definido se justifica pelo fato de o pistola...), “a” funciona como artigo feminino
termo determinado ter sido enunciado pela singular.
primeira vez. ( ) CERTO ( ) ERRADO
e) Nos termos “um homem” e “um bar”, o
emprego do artigo indefinido indica, além do 20. (Cespe/UnB – TJ – Analista Judiciário –
conhecimento dos seres determinados, a 2008) Assinale a opção em que a partícula
sua quantidade. “o” sublinhada aparece com o mesmo
emprego que se apresenta no seguinte
Aprofundando trecho do texto: “A primeira é o que
29. (Consulplan – Educador de nível médio queremos dizer”.
– 2010) Há ERRO quanto ao emprego do a) Eles devem realizar logo o projeto do
artigo na seguinte afirmativa: grupo.
a) O Brasil é um país maravilhoso. b) Responda-me: o que você tem com isso?
Isolada de Português
Com Emanuelle Ferreira de Alcântara
c) Seu sucesso depende de o livro ser (Cespe/UnB – Instituto Rio Branco –
aceito. Diplomata – 2004) Os vocábulos “dos” e “da”
d) É preciso conhecer a rotina do (... valores que diferem nitidamente dos da
laboratório. Idade Média...) provêm ambos da contração
e) Este livro foi o que você indicou. da preposição de com outro vocábulo: em
“dos”, com um pronome demonstrativo e,
19. (Cespe/UnB – Pref. São Luís/TO – em “da”, com um artigo definido.
Técnico Municipal – 2008) Mantém-se o ( ) CERTO ( ) ERRADO
sentido original do texto se o trecho “aos
medicamentos” (... ampliar o acesso da Simulado 04
população aos medicamentos considerados 1) Em que alternativa o termo grifado indica
essenciais...) for substituído por a aproximação:
medicamentos. a) Ao visitar uma cidade desconhecida, vibrava.
( ) CERTO ( ) ERRADO b) Tinha, na época, uns dezoito anos.
c) Ao aproximar de uma garota bonita, seus
olhos brilhavam.
18. (Cespe/UnB – Pref. São Luís/TO – d) Não havia um só homem corajoso naquela
Técnico Municipal – 2008) Na expressão “A guerra.
expectativa de vida vem crescendo em todo e) Uns diziam que ela sabia tudo, outros que
o mundo”, mantêm-se a coerência e a não.
correção gramatical, bem como o sentido do
texto, se for retirado o artigo “o”. 2) (ITA) Determine o caso em que o artigo tem
( ) CERTO ( ) ERRADO valor qualificativo:
a) Estes são os candidatos que lhe falei.
b) Procure-o, ele é o médico! Ninguém o supera.
17. (FGV – FNDE – Técnico – 2007) “A c) Certeza e exatidão, estas qualidades não as
primeira é tecnológica: a internet começou, tenho.
há vários anos, a erodir a receita da indústria d) Os problemas que o afligem não me deixam
cultural.” descuidado.
No trecho acima, é correto afirmar que estão e) Muito é a procura; pouca é a oferta.
presentes:
a) três artigos definidos e duas preposições; 3) Classifique as orações de acordo com o
b) três artigos definidos e três preposições; código representado:
c) cinco artigos definidos e uma preposição; A – artigo definido
B – artigo indefinido
374/1611
d) três artigos definidos e uma preposição; a) Uns alunos chegaram mais cedo à escola
e) quatro artigos definidos e duas ( ).
preposições. b) O bem sempre vencerá o mal ( ).
c) Preciso de uma explicação para o fato ( ).
10. (Esaf – SRF – Auditor-Fiscal do Trabalho d) Chegaram as encomendas ( ).
– 2006) (Adaptada) Julgue como verdadeiro e) Nesta loja vendem-se uns artigos importados(
(V) ou falso
(F) o item a respeito do texto abaixo. 4) (FMU) Procure e assinale a única alternativa
em que há erro quanto ao problema do emprego
“(...) Antes de Luca Paccioli, um
do artigo:
comerciante ou produtor que não pagasse a) Nem todas as opiniões são valiosas.
suas dívidas poderia ter todos os bens b) Disse-me que conhece todo o Brasil.
pessoais, como casa, móveis e poupança, c) Leu todos os dez romances do escritor.
arrestados por um juiz ou credor.(...)” ( ) d)Andou por todo Portugal.
Apesar de se classificar como artigo e) Todas cinco, menos uma, estão corretas.
indefinido, o artigo “um” tem a função de
determinar ou identificar, no texto, 5) Das orações ora retratadas, explique a
“comerciante” e “produtor”. diferença de sentido existente entre elas, no que
se refere ao artigo que acompanha o
substantivo:
9. (Cespe – MPE – Analista Ministerial –
2006) Preservando-se o sentido do texto III, Eu acompanhei a garota até sua casa.
uma opção gramaticalmentecorreta para a
frase “poderá importar em um perigoso Encontrei uma garota por onde eu passava.
recuo do Estado” é: poderá importar num
perigoso recuo do Estado. Gabarito:
( ) CERTO ( ) ERRADO 1) B 2) B 3) B; A; B; A; B. 4) C 5) A
primeira revela um sentido específico – a garota
Na segunda, um sentido genérico, indefinido –
uma garota.