Você está na página 1de 21

16 DICAS PARA

LUCRAR COM
SERRALHERIA DE
ALUMÍNIO

MARCELO DE SOUZA PEREIRA


AUTOR
MARCELO DE SOUZA PEREIRA

Especialista em esquadrias de
Alumínio, atuando hà mais de 26
anos com Esquadrias de alumínio
vidro e aço, já passou por todos os
departamentos de uma Serralheria,
desde fábrica, departamento
técnico, Gerente, Consultor,
Professor de Serralheria e Fachadas
Glazing, hoje é Proprietário de uma
serralheria de médio porte e
acredita que compartilhar
conhecimento é um dos caminhos
para o desenvolvimento das pessoas
e do País.
Planejamento
SUMÁRIO 04
05 Nicho ou público alvo
06 Formalização da Empresa
07 Fornecedores
08 Definir produto
09 Máquinas necessárias
10 Metas
11 Como vender
12 Orçamento
14 Compras
15 Financeiro
16 Contratação
17 Tipologias
18 Lista de corte
19 Produção
20 Instalação
01-Planejamento

Planejar a empresa logo no início te


ajuda a gastar dinheiro com ações
que estão alinhadas com o
propósito da empresa, evitando
assim, gastos desnecessários.

Por exemplo, se você vai trabalhar


com loja própria, não precisa gastar
com vendedor externo e veículo.

Após definir qual linha de esquadrias


vai trabalhar, terá que pesquisar
sobre qual melhor estampo e qual
melhor custo benefício e por fim qual
melhor forma de pagamento.

4
04
02-Nicho ou público alvo.

Definir o nicho é um dos pontos mais


importantes, qual cliente sua
empresa vai atender?

Se deseja atender classe A, precisa


escolher uma linha de esquadrias
que atenda esse público que está
disposto a pagar por um produto
melhor, uma linha de esquadrias que
Suporte grandes vãos com vidros
maiores, pé direito duplo, janelas e
portas integradas, vendedor bem
vestido, comunicativo, veículos
novos e com logo da empresa, ter
um showroom para que o cliente
possa tocar as peças.

Dica, veja o que seus concorrentes


já estão fazendo e melhore, lembre-
se, não precisa reinventar a roda.
5 05
03-Formalização da empresa.

Trabalhar de maneira correta é o


melhor caminho.

Pode se começar como MEI-Micro


Empreendedor Individual, assim sua
empresa não vai ter o custo de um
contador, porém só pode ter um
funcionário.

Com o tempo pode migrar de MEI


para ME-Micro Empresa,

Assim pode entrar em qualquer obra


e emitir nota fiscal.

Pagar os impostos faz parte do jogo.

6 06
04-Fornecedores.

Pesquisar os fornecedores de Perfis,


componentes, vidros é fundamental.

Primeiro ver os valores de cada


fornecedor para poder definir valor
de venda.

Prazo de entrega de cada


fornecedor afeta diretamente o fluxo
de caixa da empresa e também
estoque necessário de cada item.

Buscar fornecedores que entreguem


o material na sua empresa é muito
importante, pois se evita muitos
gastos com transporte e funcionários.

7 07
05. Definir produto.

Visite empresas na região, procure


saber que produtos já são vendidos
e os valores cobrados.

Uma linha muito conhecida no


mercado, chama-se Linha suprema,
mas hoje como nenhuma empresa
tem sua patente, qualquer extrusora
pode fazer esse perfil e fica difícil
saber que ela segue os padrões
Exigidos pela NBR-10821

Estude os vários catálogos


disponíveis nos sites de algumas
empresas que tem linhas próprias.

www.alcoa.com
www.hydro.com
www.asaalumínio.com.br

8 08
06. Máquinas necessárias.

1-Maquina de corte descendente


com disco para cortar alumínio.

2-Estampo manual ou pneumático,


para usinagens precisas e mais
rápidas. (Atenção, cada linha tem
seu estampo, ex: estampo da
suprema, não usina linha Gold).

3-Furadeira de Bancada.

4- Parafusadeira à bateria, é possível


usar como furadeira manual.

5-Caixa de Ferramentas com kit


básico, alicate, Marcelo etc...

9 09
07. Metas.

Tem uma frase que diz “Flexas


atiradas ao vento não chegam à
lugar algum”,

Ter meta é fundamental, estipule sua


meta de faturamento, por exemplo,
digamos que você vai trabalhar
apenas com ajudante, seu
faturamento deve ser suficiente para
pagar os gastos fixos, gastos
variáveis, salário do ajudante o seu e
por fim sobrar o lucro da empresa.

Dica, trabalhe com uma margem de


lucro entre 20 e 30%, com o tempo
vai ajustando.

10 10
08. Como vender.

O oxigênio de TODA EMPRESA é a


venda, sendo assim você deve
definir os canais de vendas que vai
usar.

-Vendedor externo.
-Loja física com showroom.
-Ecommerce.
-Facebook.
-Parceria com arquitetos.
-Vender para outras lojas.

Dica, Leia Livros sobre vendas, veja


vídeos, faça cursos e se torne um
ótimo vendedor ou contrate um.

11 11
09. Orçamento.

Ter todos os valores dos itens gastos


no processo como alumínio,
acessórios, vidro, mão de obra,
custos fixos, variáveis é fundamental.

Existem softwares no mercado que


facilitam muito essa operação,
porém com custo alto para quem
está começando, assim a dica caso
você não queira investir ainda nisso
é montar uma planilha por produto,
que mostre o seu custo total, assim
fica mais fácil, na pagina seguinte
tem um exemplo de planilha que
ajuda muito.

12 12
13
13
10. Compras.

Alguns comerciantes de sucesso


dizem que se ganha é na compra e
não na venda, ou seja saber
comprar é passo importante para o
sucesso da empresa,

Comprar de ultima hora é péssimo


para a empresa, você paga mais
caro e ainda gera stress no
fornecedor.

Assim procure pesquisar preços com


antecedência e faça pedidos
adiantados.

Tenha todos os custos atualizados.

14 14
11. Financeiro.

Organização é a palavra chave,


para não pagar juros ou pior ser
protestado porque se esqueceu de
pagar um boleto.

Tenha uma pasta com os dias do


mês e coloque cada boleto ou
conta nas datas correspondentes.

Se possível pague tudo à vista, além


de ganhar desconto ainda ganha
tempo por não ter que guardar
boletos.

Tenha uma planilha com todas as


contas à pagar e receber, anote
tudo, até o cafezinho da padaria,
isso facilita o controle geral.

15 15
12. Contratação.

Primeiro definir o tipo de profissional


para cada área e buscar pessoas
que estejam alinhadas com o
propósito da empresa.

A técnica do CHA é muito boa,

Conhecimento- o que a pessoa já


sabe.

Habilidades- o que a pessoa já sabe


fazer.

Atitude- como a pessoa reage a


cada situação, em minha opinião é
o fator mais importante, imagine um
bombeiro vendo sua casa pegando
fogo e sai do carro tranquilo, bem
devagar, puxa a mangueira bem
lentamente, será essa atitude
16 condizente com o cargo?
16
13. Tipologias.

Tipologia no caso das esquadrias é


um desenho que representa um
determinado tipo de esquadria.

Veja alguns exemplos.

17 17
14. Lista de Corte.

Mesma lista que usamos como


modelo no orçamento deve ser
usada para corte, como ela é feita
em excel, através de fórmulas, é só
mudar as medidas de largura e
altura que o restante se ajusta.

Assim não é preciso ficar calculando


as folgas dos perfis na hora que vai
cortar, isso já foi feito ou através de
um sistema ou através de planilhas
feitas por um técnico em esquadrias
ou um serralheiro.

Dica á treinar uma pessoa para o


corte e manter ela só nessa função,
afinal se cortar errado o prejuízo é
grande;

18 18
15. Produção.

A mesma lista usada para cortar será


usada em todas as etapas, após o
corte o material deve ser levado
para usinagem onde serão feitos
todos os encaixes e furos.

Em seguida o material vai para


preparação, onde se coloca todos
acessórios necessários.

Em seguida vai para colocação dos


vidros e montagem final.

Em seguida regulagem e
embalagem.

Só enviar para a obra, instalar e


arrematar.

Dica- Planejar o layout do chão de


19 fábrica. 19
16. Instalação.

Funcionário uniformizado, produtos


bem embalados, cuidados dentro
da casa do cliente são
fundamentais.

Evitar ao máximo usar banheiro de


cliente, caso precise deixe
exatamente como chegou.

Instalar, regular e já arrematar.

Após trabalhar, recolher toda sujeira


do ambiente.

Dica- Usar equipamento de


segurança para trabalhos em altura
de acordo com NR35.

20 20
GOSTOU DESTE E-BOOK?.

Se você deseja receber mais


conteúdos de qualidade que vão
ajudar a começar sua serralheria do
zero ou aumentar seu faturamento.

Assine nosso canal no Youtube


e curta nossa página no facebook.

www.ctvidroealuminio.com.br

contato@ctvidroealuminio.com.br

Mãos à obra

Sucesso!

Você também pode gostar