Você está na página 1de 1

Marcos Hyan da Silva Silveira

Carreira, liderança e trabalho em equipe

Embora se defina trabalho como aquilo que se realiza em troca de um salário, talvez
seja possível ir mais afundo nisso. Além de ser essa troca de força por um salário, o
trabalho pode ser também definido como aquilo que se faz objetivando admiração,
prestigio e reconhecimento, ou seja, pensando no crescimento profissional; ou até mesmo
pode ser definido por algo que lhe traz prazer, satisfação, levando em conta que essas
pessoas realizam algo de acordo com seu propósito de vida/carreira.
O trabalho é algo onde ponho bastante expectativa, espero que seja algo que ajude
com que eu consiga realizar todos ou pelo menos a maioria de meus objetivos pessoais.
Já em relação à medos, penso que se relaciona com o fato de trabalho em algo que possa
até mesmo existir possibilidade de crescimento profissional, mas que seja algo que não
necessariamente venha a me trazer satisfação e sim estagnação, o que parece um tanto
horrível.
A relação empresa/empregador e trabalhador é algo que se tem diversas
responsabilidades para ambos os lados. Eles precisam viver em harmonia dentro de
normas que existem para tentar fazer que haja um bom ambiente. Para o empregador a
principal norma que ele deve seguir é o pagamento “justo” de um salario de acordo com o
serviço prestado pelo trabalhador, isso fora os diversos direitos que o mesmo merece. Já
focando no trabalhador ele não apenas precisa fazer tais atividades ordenadas, ele precisa
faze-las da maneira que o empregador necessita, considerando que já há um padrão,
levando sempre em conta a visão e missão da empresa e pensando no crescimento da
mesma; além disso ele precisa seguir regras, como por exemplo fardamento, horário, entre
outros. A empresa deve avaliar o desempenho de seus funcionários levando baseada em
parâmetros históricos da instituição, de acordo com a produção/serviços que os mesmos
realizam e também em paralelo com o comprimento de normas básicas.
A principal motivação que tenho é pensar em todos os objetivos traçados sendo
concluídos, ver que o esforço e as energias gastas valeram a pena no final, percebendo
que grande parte do que se foi aprendido no final tinha um significado e terá relevância e
aplicação. Também chega a ser interessante além de pensar nos objetivos de hoje,
imaginar a criação de novos objetivos ao longo do tempo; mas isso em paralelo com o
crescimento profissional que sempre será algo essencial, procurando não deixar se
acomodar.