Você está na página 1de 40

Borboletas – Victor e leo

Bm D
Percebo que o tempo já não passa
A Bm
Você diz que não tem graça amar assim
Bm D
Foi tudo tão bonito, mas voou pro infinito
A Bm
Parecido com borboletas de um jardim

Em G
Agora você volta
D A
E balança o que eu sentia por outro alguém
Em G
Dividido entre dois mundos
A Bm
Sei que estou amando mas ainda não sei quem...

(refrão)
G D
Não sei dizer o que mudou
A Bm
Mas nada está igual
G D A Bm
Numa noite estranha a gente se estranha e fica mal
G D A Bm
Você tenta provar que tudo em nós morreu
G D
Borboletas sempre voltam
A Bm
E o seu jardim sou eu.

(solo) Bm D A F# G A Bm
Fada – Victor e Leo

A F#m A F#m
Fada, fada querida, dona da minha vida
E F#m E
Você se foi, levou meu calor, você se foi, mas não me
F#m E
levooooou

A F#m A F#m
Lua, lua de encanto, ouça pra quem eu canto
E F#m E F#m (riff)
Ela levou minha magia, mas ela é minha alegria
D E A
Vejo uma luz, uma estrela brilhar, sinto um cheiro de
F#m
perfume no ar
D E D
Vejo minha fada e sua vara de condão, tocando meu
E A
coração

(solo 1)
E|--9--9--9---7-7-7---5-5-5---------
B|--10-10-10--9-9-9---7-7-7---------

A F#m
Madrugada de amor que não vai acabar
A F#m
Se estou sonhando, não quero mais acordar
D E A
Minha história linda, meu conto de amor
( E )
A F#m
Algo aqui me diz que essa paixão não é em vão
A F#m
O meu sentimento é bem mais que uma emoção
D E D E A
Eu espero o tempo que for, minha fada do amor
Fotos – Victor e Leo

(intro 2x) C G Am F

(primeira parte)

C G
Joguei fora fotos de nós dois
Am
Reviver você não me faz bem
F
Nem vai me trazer o que já foi
C
Você mudou muito e eu também

G
Finjo que o tempo não passou
Am
Busco em outros olhos ver você
F
Fotos do que foi o nosso amor
C
Não revelam outra pessoa pra ser

(refrão)

G
Uma vida pra tirar você da minha
Am F C
Só seus flashes disparam o meu coração
G
Já rasguei as fotos mas em pensamento
Dm F C
Guardo cópias do seu beijo e solidão
60 Dias Apaixomado

C G F C
Viajando pra Mato Grosso, Aparecida do Taboado
G F C
conheci uma morena, que me deixou amarrado
G F C
deixei a linda pequena por Deus confesso, desconsolado
C7 F G C
Mudei o jeito de ser, bebendo pra esquecer, 60 dias apaixonado

( C G F C ) (2x)

C G F C
Dois meses juntinho dela eternamente serão lembrados
G F C
pedaços da minha vida, lembranças do meu passado jamais será
G F C C7
esquecida a imagem dela de um anjo amado , dois meses

F G F C
passaram logo é no copo que eu afogo 60 dias apaixonado

( C G F C ) (2x)

C G F C
Se alguém fala em Mato Grosso eu sinto o peito despedaçado
G F C
O pranto rola depressa no meu rosto já cansado jamais eu
G F C C7 F
esquecerei a Aparecida do Taboado, deixei a minha querida
C G C
Deixei minha própria vida 60 dias apaixonado

( C G F C ) (2x)
Bao Também!
Introdução: F#7 B F#7 B F#7 B F#7
B
Se Chover E O Rio Encher
C#m
O Que E Que Tem
F#7
Se O Nosso Time Perder
B
Tudo Bem
B7
Se Voce Esta Sozinha
E
Sem Ninguem
B
Se Quiser Ser Sempre Minha
F#7 B
Bão Tamem

Se A Paixão Virar Loucura


C#m
O Que E Que Tem
F#7
Se O Amor Uma Aventura
B
Tudo Bem
B7
Se Voce Quiser Carinho
E
Vem Que Tem
B
Se Minha Musica Estourar
F#7 B
Bão Tamem
F#
Pra Que Sofrer Pra Que Chorar
B
Se Ta Tudo Bem
C#m
No Frio Ou No Calor
F#
Na Tristeza Ou Na Dor
B
Bão Tamem
F#
Pra Que Sofrer Pra Que Chorar
B
Se Ta Tudo Bem
C#m
Sozinho Ou Com Alguem
F# B
Do Jeito Que Vem Bão Tamem
Fio De Cabelo

G
Quando a gente ama
D G
Qualquer coisa serve para relembrar
G7
Um vestido velho da mulher amada
C
Tem muito valor
D G
Aquele restinho do perfume dela que ficou no frasco
Em
Sobre a penteadeira
Am
Lembrando que o quarto
D G
Já foi o cenário de um grande amor
D G
E hoje o que encontrei me deixou mais triste
D
Um pedacinho dela que existe
C G
Um fio de cabelo no meu paletó
D
Lembrei de tudo entre nós
G
Do amor vivido
D
Aquele fio de cabelo comprido
C D G
Já esteve grudado em nosso suor
Quando a gente ama
D G
E não vive junto da mulher amada
Qualquer coisa à toa
G7 C
É um bom motivo pra gente chorar
D
Apagam-se as luzes ao chegar a hora
G
De ir para a cama
Em Am
A gente começa a esperar por quem ama
D G
Na impressão de que ela venha se deitar
Pode Chorar – Jorge e Mateus
(intro) C G Am F Dm Am G 2x

C G
Quase que acabo com a minha vida
Am F
Você me pôs num beco sem saída
C G
Por que fez isso comigo??
C G
Me dediquei somente a você
Am F
Tudo que eu podia eu tentei fazer
C G
Mas não, não adiantou.
F
Você não sabe o que é Amarrr
Am
Você não sabe o que é Amorrr
F
Acha que é só mesmo ficar, ficar, ficar
Dm G
E se rolar rolou.
F
Não se maltrata o coração
Am
De quem não merece sofrer.
F
Não vou ficar na solidão de mão em mão
Dm G7
Assim como você.
C
Pode chorar,
G
Mas eu não volto pra você.
Am
Pode chorar, (2x)
F
Você não vai me convencer.
Dm
Pode chorar,
Am G
Você se lembra o quanto eu chorei por você.
C G
Quase que acabo com a minha vida...
C G Am F Dm Am G C
Chora me Liga - jorge e Mateus
(intro) A E/Ab F#m D
A
Não era pra você se apaixonar
E
Era só pra gente ficar
F#m D
Eu te avisei meu bem eu te avisei
A
Você sabia que eu era assim
E/Ab
Paixão de uma noite que logo tem fim
F#m D
Eu te falei meu bem eu te falei
D Bm
Não vai ser tão fácil assim
D
Você me ter nas mãos
A E/Ab
Logo você que era acostumada
F#m
A brincar com outro coração
Bm
Não venha me perguntar
D
Qual a melhor saída
Bm
Eu sofri muito por amor
D E
Agora eu vou curtir a vida
A
Chora, me liga, implora
E
Meu beijo de novo
F#m
Me pede socorro
D
Quem sabe eu vou te salvar
A
Chora, me liga, implora
E
Pelo meu amor
F#m
Pede por favor
D E A
Quem sabe um dia eu volto a te procurar
De tanto te Querer – Jorge e Mateus
D A/C#
Larga tudo e vem correndo,
Bm E7
vem matar minha vontade,
G Bm A
já faz tempo que eu tô sofrendo,
E7 A4 A
mereço um pouco de felicidade..
D A/C#
Larga tudo e vem correndo,
Bm E7
pra eu mergulhar no teu sorriso,
G Bm7 A E7 A4 A
me arranca desse inferno me leva pro seu paraíso..

G Bm7 E7 G A
Eu não desisto do que eu quero mais não me desespero, te espero...
D E7 G A
Na tarde quente ou madrugada fria, na tristeza ou na alegria...

D Em G
ficar sozinho não rola mais amor não se implora,
A D
nem se joga fora...
Em G
R O amor a gente conquista e não há quem desista,
e A D
f se e o coração chora.
r
ã D A/C# Em
o Chora com vontade de te ver,
G A D
chora com saudade de você,
A/C# Em
chora as vezes eu nem sei porque,
G A D A/C# E7
deve ser te tanto te querer.. ieeeeeeee ieeeee
G A D
de tanto amar você.
Evidencias – Maria Cecília e Rodolfo
(intro) E E5+ A G#m F#m B7 E B7

E B9
Quando eu digo que deixei de te amar
C#m Bm E7
É porque eu te amo
A
Quando eu digo que não quero
C#7
Mais você
F#m
É porque eu te quero
F#m G#m A B
eu te|--nho medo de te dar meu
G#7
Coração
C#m
E confessar que eu estou
E
Em Suas mãos
F#7
Mas não posso imaginar
O que vai ser de mim
B9 A B
Se eu te perder um dia

E
Eu me afasto e me defendo
B
De você
C#m Bm E7
Mas depois me entrego

A
Faço tipo, falo coisas que
C#7
Eu não sou
F#m
Mas depois eu nego
F#m G#m A B
Mas a verdade é que sou
G#7
Louco por você
C#m
E tenho medo de pensar
Am
Em te perder
E
Eu preciso aceitar que não dá
B E A B7
Mais pra Separar as nossas vidas

E
E nessa loucura de dizer
Que não te quero
G#7
Vou negando as aparências,
Disfarçando as evidências
A
Mas pra que viver fingindo
F#m
Se eu não posso enganar
B9
Meu coração
F#m B9 B7
Eu sei que te amo,

E
Chega de mentiras
De negar o meu desejo
G#7
Eu te quero mais que tudo
eu preciso do seu beijo
A
Eu entrego a minha vida
F#m
Pra você fazer o que quiser
B9
De mim
F#m B9
Só quero ouvir você dizer
E
Que sim
E5+
Diz que é verdade que tem
A G#m
Saudade
F#m B9
Que ainda você quer viver
E
Pra mim
Praieiro - jammil

A B C#m
Chá lá lá lá lá lá lá
A B C#m
Chá lá lá lá lá êêô
A B C#m
Chá lá lá lá lá lá lá
A B C#m
Chá lá lá lá lá lá lá lá lá

C#m
Sou praieiro
G#m
Sou guerreiro
A
Tô solteiro
E
Quero mais o que?

C#m
Sou praieiro
G#m
Sou guerreiro
A
Tô solteiro
B
Quero mais o que?

F#m
Quero mais verão
G#m
Quero mais tesão
C#m
Quero mais fevereiro
F#m G#m
Quero mais amor dentro do coração
C#m
Quero mais dinheiro
F#m
Quero praia e sol
B7
Quero namorar
E
Quero mais alegria
F#m
Quero o Rio de Janeiro em tempos de paz
G#m
Quero as meninas de Minas Gerais
C#m
Eu quero a Bahia
B
Eu sou da Bahia

A B G#m C#m
Porque eu sou brasilei-rôoo
A B E Eb C#m B
Eu sou do litoral
A B G#m C#m
Eu sou do mundo inteiro, inteiro
A B Esus E7
Eu sou do carnaval

A B G#m C#m
Porque eu sou brasilei-rôoo
A B E Eb C#m B
Eu sou do litoral
A B G#m C#m
Eu sou do mundo inteiro, inteiro
A B E
Eu sou do carnaval

C#m
Sou praieiro
G#m
Sou guerreiro
A
Tô solteiro
E
Quero mais o que?

C#m
Sou praieiro
G#m
Sou guerreiro
A
Tô solteiro
B
Quero mais o que?

F#m
Quero mais verão
G#m
Quero mais tesão
C#m
Quero mais fevereiro
F#m G#m
Quero mais amor dentro do coração
C#m
Quero mais dinheiro
F#m
Quero praia e sol
B7
Quero namorar
E
Quero mais alegria

F#m
Quero Floripa e as ondas de lá
G#m
Quero Noronha e as conchas do mar
C#m
Eu quero a Bahia
B
Eu sou da Bahia

A B G#m C#m
Porque eu sou brasilei-rôoo
A B E Eb C#m B
Eu sou do litoral
A B G#m C#m
Eu sou do mundo inteiro, inteiro
A B Esus E7
Eu sou do carnaval (2x)

C#m
Sou praieiro
G#m
Sou guerreiro
A
Tô solteiro
E
Quero mais o que?

C#m
Sou praieiro
G#m
Sou guerreiro
A
Tô solteiro
B
Quero mais o que?

(solo)
A B C#m
Chá lá lá lá lá lá lá
A B C#m
Chá lá lá lá lá êêô
A B C#m
Chá lá lá lá lá lá lá
A B C#m
Chá lá lá lá lá lá lá lá lá
Chuva bate na Janela – Jammil

G D/G F/G G
Chuva bate na janela
G D/G F/G G
E eu me lembro de nós dois aqui
G D/G F/G G
Ouço agora aquela música velha
G D/G F/G G
Que você cantou um dia pra mim

(acordes normais)

Em Bm
Você foi para um país distante
C G
Li agora o seu cartão postal
Em Bm
Sua foto na estante
C
Te vejo no ano que vem
D
No carnaval
C
Chove chuva, chuva chove
D
Cai do céu pro chão
Bm Em
E corre vem lavar o meu rosto
C D
Eu sei de tudo o que acontece entre a gente
Bm Em
Nem imagino tentar te esquecer
C D
Não vejo a hora de te ver novamente
G Dm G
E ficar com você
Ê Saudade - Jammil

A F#m Bm
Qual a melhor forma de sentir calor
E
Sem seu corpo quente
A F#m Bm
Qual é o melhor jeito de falar de amor
E
Sem falar da gente
A F#m Bm
Você foi embora e nem telefonou
E
Tão indiferente
A F#m Bm
Se foi pra terminar por que que começou
E
Tinha de ser pra sempre
D E5
Eu Sei Tanta coisa mudou

(coro)
D E
Ê saudade
A E F#m
Que bate no meu coração
D E
Sei que é tarde
A E F#m
Mas não desligue não
D E
Ê saudade
A E F#m
Que bate no meu coração
D Dm A ( C A F#m E )
Preciso dizer que eu te amo pra você lembrar

(repete parte 1)

(parte 2)
A
Olha nos meu olhos
F#m
Vem me dar um beijo
Bm E
Ver como eu te vejo eu te quero demais
A
Vem e deita no meu colo
F#m
Me faz de travesseiro
Bm E
Tudo é tão perfeito do modo que agente faz
A
Todo azul do mar
F#m
Na luz do luar
Bm E
Tem o infinito que tem o seu olhar. (2x)
Minha Estrela – Jammil
A
Eu sei
A7+
Amor de praia não sobe serra
A
Que o verão passou, já era!
Bm
Mas ainda sou louco por você
Dm A E
Só penso em você

A
Eu sei
A7+
Que o amor é flor e a gente rega
A
Que o coração da gente reza
Bm
Pra bater mais forte por alguém
Dm
Pra um dia encontrar alguém
A A7+
E eu te encontrei

D
Eu tenho sorte
Bm
Você é linda
E
De qualquer maneira.

A A7+ A
Vou te ninar, te abraçar,
A7 D
Te beijar a vida inteira.
F E
Serei seu fã, você pra sempre,
A E
A minha estrela.
A A7+ A
Vou te ninar, te abraçar,
A7 D
Te beijar a vida inteira.
F E A A7+ A7 A
Serei seu fã e você será ...
Uma Arlinda Mulher
(C9 Em7 F9 G)
Te encontrei toda remelenta e estronchada num bar entregue às bebidas
Em7
Te cortei os cabelos do sovaco e as unhas do pé e te chamei de querida
F9
Te ensinei todos os auto-reverse da vida e o movimento de translação que faz a
terra girar
G
E falei que era importante competir, mas te mato de pancada se você não ganhar

F9
Você foi agora a coisa mais importante que já me aconteceu neste momento em toda
minha vida
Em7
Um paradoxo de pretérito do imperfeito, complexo com a teoria da relatividade
F9
Num momento crucial um sábio soube saber que o sabiá sabia assobiar
G
E quem amafagafar os mafagafinhos, bom amafagafigador será

(C9 Em7 F9 G)

C9
Te falei que o pediatra é o doutor responsável pela saúde dos pés
Em7
O zoísta cuida dos zóio e os oculista, deus me livre, nunca vão mexer no meu
F9
Pois pra mim você é uma besta mitológica com o cabelo pixaim parecida com a
medusa
G
Eu disse isso pra rimar com a soma dos quadrados dos catetos é igual à porra da
hipotenusa

F5
Você foi agora a coisa mais importante que aconteceu neste momento até hoje em
toda minha vida
E5
Um paradoxo de pretérito do imperfeito, complexo com a teoria da relatividade
F5
Num momento crucial um sábio soube saber que o sabiá sabia assobiar
G5
E quem amafagafar os mafagafinhos, bom amafagafigador será

F5
Eu fundei a associação internacional de proteção às borboletas do Afeganistão
E5
Te provei por bê mais cê que as meninas dos teus olhos não tem menstruação
F5
Dar um prato de trigo pra dois tigres e ver os bichos brigando é legal que só
G5
Pois no tira e põe, deixa ficar da vida serei sempre seu escravo de jó
Eduardo e Monica
(intro) E A D E

E A D E
Quem um dia irá dizer que existe razão nas coisas feitas
pelo coração
A D
E quem irá dizer que não existe razão
B7 E
Eduardo abriu os olhos mas não quis se levantar
A E
Ficou deitado e viu que horas eram
B7 E A
Enquanto Mônica tomava um conhaque noutro canto da cidade
B7
como eles disseram
E A
Eduardo e Mônica um dia se encontraram sem querer
D E
E conversaram muito mesmo para tentar se conhecer
A
Foi um carinha do cursinho do Eduardo que disse
D E
- Tem uma festa legal, a gente quer se divertir
A
Festa estranha com gente esquisita
D E
- Eu não tô legal, não aguento mais birita
B7 E
E a Mônica riu e quis saber um pouco mais
A E
Sobre o boyzinho que tentava impressionar
B7 E
E o Eduardo meio tonto só pensava em ir para casa
A B7
- É quase duas, eu vou me ferrar
E A D
Eduardo e Mônica trocaram telefone, depois telefonaram
E
E decidiram se encontrar
A
O Eduardo sugeriu uma lanchonete
D E
Mas a Mônica queria ver o filme do Godard
B7 E
Se encontraram, então, no parque da cidade
A E
A Mônica de moto e o Eduardo de camelo
B7 E
O Eduardo achou estranho e melhor não comentar
A B7
Mas a menina tinha tinta no cabelo
E A
Eduardo e Mônica eram nada parecidos
D E
Ela era de leão e ele tinha dezesseis
E A
Ela fazia medicina e falava alemão
D E
E ele ainda nas aulinhas de inglês
A
Ela gostava do Bandeira e do Bauhaus
D E
De Van Gogh e dos Mutantes, de Caetano e de Rimbaud
A D
E o Eduardo gostava de novela e jogava futebol de botão
E
com seu avô
A
Ela falava coisas sobre o planalto central, também
D E
magia e meditação
A
E o Eduardo ainda estava no esquema
D E
escola-cinema-clube-televisão
B7 E A E
E mesmo com tudo diferente veio mesmo de repente uma vontade de se ver
B7 E A B7
E os dois se encontravam todo dia e a vontade crescia como tinha que ser
E A
Eduardo e Mônica fizeram natação,
D E
fotografia, teatro e artesanato e foram viajar
A D E
A Mônica explicava pro Eduardo coisas sobre o céu, a terra, a água e o ar
A D E
Ele aprendeu a beber, deixou o cabelo crescer e decidiu trabalhar
A D E
E ela se formou no mesmo mês que ele passou no vestibular
A D E
E os dois comemoraram juntos e também brigaram juntos muitas vezes depois
A
E todo mundo diz que ele completa ela
D E
E vice-versa, que nem feijão com arroz
B7 E
Construíram uma casa uns 2 anos atrás
A E
Mais ou menos quando os gêmeos vieram
B7 E A B7
Batalharam grana, seguraram legal a barra mais pesada que tiveram
E A
Eduardo e Mônica voltaram para Brasília
D E
E a nossa amizade dá saudade no verão
A
Só que nessas férias não vão viajar
D E (E A D E) (2x)
Porque o filhinho do Eduardo tá de recuperação
E A D E
E quem um dia irá dizer que existe razão nas coisas feitas pelo coração
A D E
E quem irá dizer que não existe razão

( D E )
(B A G#m F#m E)
Djavan – Meu Bem Querer
CM7 Fsus
Meu bem querer
CM7
É segredo, é sagrado
Fsus CM7 Bm7/5- E7
Está sacramentado em meu coração
CM7 Fsus
Meu bem querer
CM7
Tem um quê de pecado
Fsus CM7 Bm7/5- E7
Acariciado pela emoção

Am7
Meu bem querer
Em7
Meu encanto
FM7 Bb7
Tô sofrendo tanto
Em7 Bº Bbº
Amor, e o que é o sofrer
Cm7/5- CM7 Am
Para mim que estou
Dm7 Fsus G7 CM7
Jurado pra morrer de amor
Pétala – Djavan

A E/A D7M E7(4/9) A E/A D7M E7(4/9)

A C#m7 D7M E7(4/9) A C#m7


O seu amor re-luz
D7M G7(9/#11)
Que nem riqueza asa do meu desti--no
A C#m7 D7M E7(4/9)
Clareza do ti----no pé---tala
A C#m7 D#m7(b5) Dm6
De estrela cain---do bem devagar

A C#m7 D7M E7(4/9) A C#m7


Oh, meu amor vi--ver
D7M G7(9/#11)
É todo sacrifício feito em seu nome
A C#m7 D7M E7(4/9)
Quanto mais dese--jo um beijo um beijo seu
A C#m7 D#m7(b5) Dm6
Muito mais eu ve---jo gosto em viver, viver...

(refrão)
A E/A D7M Dm6
Por ser exa--to o amor não cabe em si
A E/A D7M Dm6
Por ser encanta--do o amor revela-se
C#m7/G# Dm6* C#/D A / E/A / D7M / E7(4/9) /
Por ser amor invade e fim

A E/A D7M E7(4/9)


Se - Djavan
(A D F#m7(11) E (4x)
A D F#m7
Você disse que não sabe se não
A D C#m7 D7M(9)
Mas também não tem certeza que sim
G#m7 F#m7 B7
Quer saber? Quando é assim
D C#m7 Bm7 E4/7(9) G7M(6/9)
Deixa vir do coração

A D F#m7
Você sabe que eu só penso em você
A D C#m7 D7M(9)
Você diz que vive pensando em mim
G#m7 F#m7 B7
Pode ser... Se é assim
D C#m7
Você tem que largar a mão do não

D C#m7
Soltar essa louca, arder de paixão
D C#m7
Não há como doer pra decidir
Bm7
Só dizer sim ou não
D C#m7 Bm7 E4/7(9) A D F#m7(11) E
Mas você a... do... ra um Se...

(refrão)
A D F#m7(11) E
Eu levo a sério mas você disfarça
A D F#m7(11) E
Você me diz à beça e eu nessa de horror
A D F#m7(11) E
E me remete ao frio que vem lá do Sul
A D F#m7(11) E
Insiste em zero a zero e eu quero um a um
A D F#m7(11) E
Sei lá o que te dá, não quer meu calor
A D F#m7(11) E
São Jorge, por favor, me empresta o dragão
A D F#m7(11) E
Mais fácil aprender japonês em Braille
A D F#m7(11) E
Do que você decidir se dá ou não
Sina - Djavan
A D/A
Pai e mãe, ouro de mina
A E7/G#
Coração, desejo e sina
F#m7 C#m7 D7M
Tudo mais, pura rotina, jazz
D#° A
Tocarei seu nome prá poder falar de amor
D/A A
Minha princesa, art-nouveau
E7/G# F#m
Da natureza, tudo o mais
C#m7 D7M D#°
Pura beleza, jazz

(ponte)
E7(4/9) D7(4/9) D7(9) C#7(#9) F#m7
A luz de um grande prazer é irre----medi--ável neon
E7(4/9) D7(4/9) E7(4/9) E7(9)
Quando o grito do prazer açoitar o ar, reveillon

(refrão 2x)
A D/A
O luar, estrela do mar
A E7/G#
O sol e o dom, quiçá, um dia a fúria
F#m7 C#m7
Desse front virá lapidar
D7M
O sonho até gerar o som
E7(4/9)
Como querer caetanear o que há de bom

(repete)
Meu erro - Paralamas
Introdução: (A E D)3x(A E D Dm)1x

A
Eu quis dizer
C#m
Você não quis escutar
D
Agora não peça
Dm
Não me faça promessas
A
Eu não quero te ver
C#m
Nem quero acreditar
D
Que vai ser diferente
Dm
Que tudo mudou
C#m
Você diz não saber
F#m
O que houve de errado
D
E o meu erro foi crer
Dm
Que estar
ao seu lado
A E
bastaria
D
Ah Meu Deus , era tudo
A E
que eu queria
D Dm
Eu dizia o seu nome, não

Me abandone

(Parte 2):
A
Mesmo querendo eu
C#m
não vou me enganar
D
Eu conheço os seus passos
Dm
Eu vejo os seus erros
A
Não há nada de novo
C#m
Ainda somos iguais
D
Então não me chame
Dm
Não olhe pra trás
C#m
Você diz não saber
F#m
O que houve de errado
D
E o meu erro foi crer
Dm
que estar ao seu lado
A E
bastaria
D
Ah!meu Deus era tudo que eu
A E
queria
D
Eu dizia o seu nome
Dm
Não me abandone
A E D A E D
Jamais
Uma Brasileira - Paralamas

(intro) A E/G# F#m C#m F#m C#m D A/C# Bm E/G#

A E/G#
Rodas em sol, trovas em dó
F#m C#m
Uma brasileira, uuu
F#m C#m
Uma forma inteira, uuu
D C#m Bm E
You, you, you

A E
Nada de mais, nada através
F#m C#m
Uma légua e meia, uuu
F#m C#m
Uma brasa incendeia, uuu
D C#m Bm E7
You, you, you

(pré-refrão)
D E Fº
Deixa o Sal do mar
F#m F#m/E F#m/Eb
Deixe tocar aquela canção

(refrão 2x)
D E7
One more time, ai ai...
D E7
One more time, ai ai...
D C#m F#m
One more time, ai ai...

A E/G#
Tatibitate, trate-me, trate
F#m C#m
Como um candeeiro, uuu
F#m C#m D C#m Bm E7
Somos do interior, do milho

(pré-refrão)
D E Fº
E esse ão de são
F#m F#m/E F#m/Eb
Hei de cantar naquela canção

(refrão 2x)
D E7
One more time, ai ai...
D E7
One more time, ai ai...
D C#m F#m
One more time, ai ai...

( F#m B7 F#m6- F#m ) (2x)

A E
Nada de mais, nada através
F#m C#m
Uma légua e meia, uuu
F#m C#m
Uma brasa incendeia, uuu
D C#m Bm E7
You, you, you

(pré-refrão)
D E Fº
E esse ão de são
F#m F#m/E F#m/Eb
Hei de cantar naquela canção

(refrão 2x)
D E7
One more time, ai ai...
D E7
One more time, ai ai...
D C#m F#m
One more time, ai ai...

( F#m B7 F#m6- F#m ) (4x)


Acima Do Sol - Skank
Am G

Am
Assim ela já vai

Achar o cara que lhe queira


G
Como você não quis fazer

Am
Sim, eu sei que ela só vai

Achar alguém pra vida inteira


G
Como você não quis

Am
Tão fácil perceber

Que a sorte escolheu você


G
E você cego nem nota

Am
Quando tudo ainda é nada

Quando o dia é madrugada


G
Você gastou sua cota

Am
Eu não posso te ajudar

Esse caminho não há outro


G
Que por você faça

Am
Eu queria insistir

Mas o caminho só existe


G
Quando você passa

(intro 2x) Am G
Am
Quando muito ainda pouco

Você quer infantil e louco


G
Um sol acima do sol

Am
Mas quando sempre é sempre nunca

Quando ao lado ainda é muito mais longe


G
Que qualquer lugar

Am
ô... Um dia ela já vai

Achar o cara que lhe queira


G
Como você não quis fazer

Am
Sim, eu sei que ela só vai

Achar alguém pra vida inteira


G
Como você não quis

(intro 2x) Am G

Am
Se a sorte lhe sorriu

Porque não sorrir de volta


G
Você nunca olha a sua volta

Am
Não quero estar sendo mal

Moralista ou banal
G
Aqui está o que me afligia

Am
ô... Um dia ela já vai

Achar o cara que lhe queira


G
Como você não quis fazer

Am
Sim, eu sei que ela só vai

Achar alguém pra vida inteira


G
Como você não quis

(intro 2x) Am G
Jack Tequila – Skank

C F

(primeira parte)

C F
Funk lá no morro da mangueira
C F
Essa menina tá dizendo, sim eu sei
C F
Noite bamba, tudo à beça
C F
Baião na rampa do cruzeiro
C F
Essa menina tá dizendo don't worry
C F
Cause everything is gonna be all right
C
Everything, every tune
F
Will be played by night
C F
oh yeh eh oh oh

(refrão)

C F
Seu nome é Jackie, Jackie oh oh,
C F
tequila
C F
Oh Jaqueline Misty yeh oh
C F
tequila

(repete intro)

(segunda parte)

C F
Reggae lá na rádio do café
C F
Rapaziada que estiver afim vai lá
C F
Eu vou ficar com Jackie oh
C F
Se é que Jackie vai pra lá
C F
E se não for, já foi
C F
O bonde do desejo segue rumo
C F
Caixa, bumbo e sexo
C F
Saudade na rampa do mundo oh oh

(refrão)

C F
Seu nome é Jackie, Jackie oh oh,
C F
tequila
C F
Seu nome é Jaqueline Misty yeh oh
C F
tequila

(repete intro)

(terceira parte)

C F
Jackie foi nascer numa cabana em noa noa
C F
Sol do taiti na pele, now boa
C F
Seu pai cruzou o mar, duas filhas na canoa
C F
Côco pra beber e leite de leoa
C F
Jackie é uma menina tão bonita que enjoa

C F
Enjôo de vertigem, viagem de avião
C F
Hálito de virgem, dois olhos de amêndoa
C F
Vaca, cadela, macaca, gazela
C F
Linda toda, toda linda ela
C F
Toda beleza se reconhece nela
C F
Jackie tequila coca-cola e água
C F
Égua, língua, mingua minha mágoa
C F
Oh oh yeh
Resposta – Skank

(capo 1ª casa)

E E5+
Bem mais que o tempo que nós perdemos
A9 C
ficou pra trás também o que nos juntou
E E5+
Ainda lembro, que eu estava lendo
A9 C
Só pra saber o que você achou
C#m C#m7M
dos versos que eu fiz
A6 E (E E4 E E9 A9)
ainda espero resposta

E E5+
desfaz o vento, o que há por dentro
A9 C
neste lugar que ninguém mais pisou
E E5+
você está vendo o que está acontecendo
A9 C
neste caderno sei que ainda estão
C#m C#m7M A6
os versos seus tão meus que peço
C#m C#m7M A6 E
dos versos meus tão seus que esperem que os aceite
F#m A9 E
em paz eu digo o que eu sou o antigo do que vai adiante
F#m A9 E (E E4 E E9 A9)
sem mais, eu fico onde estou, prefiro continuar distante

E E5+
Bem mais que o tempo que nós perdemos
A9 C
ficou pra trás também o que nos juntou
E E5+
Ainda lembro, que eu estava lendo
A9 C
Só pra saber o que você achou

C#m C#m7M A6
os versos seus tão meus que peço
C#m C#m7M A6 E
dos versos meus tão seus que esperem que os aceite
F#m A9 E
em paz eu digo o que eu sou o antigo do que vai adiante
F#m A9 E (E E4 E E9 A9)
sem mais, eu fico onde estou, prefiro continuar distante
Vamos Fugir – Skank

A
Vamos fugir
E
Deste lugar, baby,
F#m (link)
Vamos fugir
D
Tô cansado de esperar
E F#m
Que você me carregue
A
Vamos fugir
E
Pra outro lugar, baby,
F#m (link)
Vamos fugir
D
Pra onde quer que você vá,
E F#m
Que você me carregue
A
Pois diga que irá,
E D
Irajá, Irajá,
Prá onde eu só veja você,
A
Você veja mim só,
E D
Marajó, Marajó
Qualquer outro lugar comum,
A
Outro lugar qualquer,
E D
Guaporé, Guaporé
Qualquer outro lugar ao sol,
A
Outro lugar ao sul
E D
Céu azul, céu azul
Onde haja só o meu corpo nu
F#m E F#m E (Solo)
Junto ao seu corpo nu

Interesses relacionados