Você está na página 1de 2

Avaliação final pedagogia e didática musical III

Lucas Rafael da Silva Giugni


RA – 182679
UNICAMP – Giugni.lucasrafael@gmail.com

Diante da tirinha e dos textos apresentados na disciplina, que dizem respeito


à importância do e do papel professor, é possível se fazer uma reflexão baseando nos
autores apresentados, sendo o protagonista no assunto em questão o Vigotsky. Assunto
esse que se faz de suma importância uma vez que cursando licenciatura em música, é
fundamental ponderar aspectos importantes da figura do professor no processo de
desenvolvimento humano.
Ao se colocar em análise a mensagem que a tirinha apresenta, e segundo os
conceitos vigotskianos o papel da mediação é uma peça fundamental de no processo do
desenvolvimento humano. Dentro desses processos as relações sociais assim como os
sistemas simbólicos são amparados por um papel mediador no curso do avanço do
indivíduo, conforme essa concepção as nossas funções psicológicas superiores, assim
como culturais de ordem humana, só se tornam de possível realização pelo fato do
indivíduo nascer, e se manter em grande contato com uma determinada cultura, que com
o decorrer do tempo de alguma maneira será absorvida e internalizada. Esse meio de
integração do Desenvolvimento é de natureza mediada e semiótica, pois não
internalizamos o mundo de forma intuitiva, mas sim à medida que as interpretações de
mundo que nos são passadas pelas outras pessoas viam sistemas simbólicos, além dos
diferentes modelos de linguagem, a cultura a religião etc. Ao mesmo tempo a alternativa
de criação de recursos simbólicos necessita da atividade perante sociedade, as práticas
culturais nas quais os sentidos serão construídos de forma coletiva. O que faz com que a
questão da mediação no desenvolvimento humano assim pode ser vista pelo menos
sobre dois fatores levantados por Schroeder, o primeiro seria as relações interpessoais
tendo como base signos e sistemas simbólicos. E o segundo seria a compreensão,
criação, internalização eu uso de sistemas simbólicos tendo como base as práticas
coletivas.
Sendo assim o papel do professor como mediador sugere que o aluno tenha
o contato necessário através das relações interpessoais criando essa capacidade de
interação com sistemas simbólicos e processos do desenvolvimento. Diante disso, trago
dois exemplos práticos para clarear essa importância na mediação professor aluno, o
primeiro exemplo seria um cenário em que o professor passa uma atividade de interação
como algo em roda ou em grupo que permite essa aproximação dos alunos isso pode
refletir e desencadear outras interações futuras entre os alunos, mesmo sem a presença
do professor, através da atividade que proporcionou essa possibilidade que poderia
simplesmente não acontecer caso não houve essa interação desencadeada pelo
professor. O segundo exemplo para entender o papel de um mediador é pensarmos, por
exemplo, em um debate político, ou nas mesas redondas em congressos a presença do
mediador garante o desenvolvimento da ação e ele se torna o responsável por dosar as
informações dos participantes a fim de construir, pela exata soma das partes, um todo
compreensível e imparcial é quem administra os assuntos e a forma de como são
dialogados.
Da mesma forma o professor e isso sem duvida faz toda a diferença no
aprendizado e desenvolvimento do aluno que recebe a atinge esse contato com o
conhecimento através dessa figura de mediação que é o Professor.