Você está na página 1de 33

EDIFICAÇÕES

FUNDAÇÕES
PROF. MARCUS VINICIUS CAMPITELI
FUNDAÇÕES

• Transmitem as cargas das estruturas ao solo

• Superficiais: sapatas, blocos, radier

• Profundas: estacas e tubulões


ESTACAS

• Moldadas in loco: broca, Strauss, Franki, raiz, hélice contínua

• Pré-moldadas: concreto, metálicas e de madeira


TUBULÕES

• Céu aberto

• Ar comprimido


CONCEITOS

• Recalque: movimento vertical descendente

• Cota de arrasamento: nível do topo da estaca

• Nega: penetração da estaca pela aplicação de um golpe do pilão

• Repique: parcela elástica do deslocamento da estaca decorrente da aplicação


de um golpe do pilão
FUNDAÇÕES SUPERFICIAIS

• Transmissão da carga predominantemente pelas pressões distribuídas sob


a base da fundação

• Profundidade de assentamento: < 2 X menor dimensão

• Nas divisas com terrenos vizinhos, salvo quando a fundação for assente
sobre rocha, tal profundidade não deve ser < 1,5 m

• Em planta, as sapatas ou os blocos não devem ter dimensão < 60 cm


SAPATA

• Concreto Armado

• Trabalham à flexão: tensões de tração são resistidas pela armadura

• Solos com alta capacidade de suporte


SAPATA

tensão de tração resistida



pela armadura
BLOCOS

• Elementos de grande rigidez executados com concreto simples ou ciclópico

• Tensões de tração são resistidas pelo concreto

• Não há necessidade de armadura


RADIER

• Elemento de fundação superficial que abrange todos os pilares


FUNDAÇÕES SUPERFICIAIS
(Outros tipos)

• Sapata associada ou Radier parcial – sapata comum a vários pilares com


centros não alinhados

• Viga de fundação: elemento de fundação comum a vários pilares com centros


alinhados

• Sapata corrida: sapata com carga distribuída linearmente


construida em baixo de um muro (carga), por exemplo


FUNDAÇÕES PROFUNDAS

• Transmite a carga pela base (resistência de ponta) e pela sua superfície


(resistência de fuste)

• Profundidade > 2 x menor dimensão em planta e ≥3 m


ESTACA RAIZ

• Perfuração rotativa ou roto-percussiva (auxiliada por circulação de água),


com revestimento, no trecho em solo, por tubos metálicos

• Armada em todo o comprimento

• Argamassa de cimento (consumo de 600 kg/m3) e areia

• Golpes de ar comprimido e retirada do revestimento


ESTACA RAIZ


ESTACA ESCAVADA COM INJEÇÃO OU MICROESTACA

• Perfuração rotativa com circulação de água

• Armada e injetada com calda de cimento ou argamassa através de tubo


manchete, que visa aumentar a resistência do atrito lateral

• Pode adotar tubo metálico estrutural com manchetes para a injeção da


argamassa ou ser armada com barras e a injeção feita por tubo de PVC com
manchetes

• Injeções são feitas de baixo para cima


ESTACA BROCA

• Perfuração com trado manual e posterior concretagem

• Sempre acima no NA

• Pequenas cargas

• Em geral, não são armadas

• Pequenas profundidades e não garantia de verticalidade


ESTACA STRAUSS

• Escavação com sonda (piteira) e introdução de revestimento metálico

• Lançamento de concreto e simultâneo apiloamento (bulbo)

• Não indicada para areias submersas e argilas moles – não indicada na


presença de lençol freático

• Indicada para locais confinados e provoca pouca vibração


ESTACA STRAUSS
Fonte: < www.fxsondagens.com.br>


ESTACA FRANKI

• Cravação de um tubo de ponta fechada por uma bucha seca de pedra e areia

• Expulsão da bucha, execução da base alargada, instalação da armadura e


execução do fuste de concreto apiloado com retirada simultânea do
revestimento

• Causa muita vibração


ESTACA FRANKI


ESTACA HÉLICE CONTÍNUA

• Escavação por trado heicoidal contínuo e concretagem pela haste central da


haste simultaneamente à sua retirada

• Colocação da armadura após a concretagem

• Execução não ocasiona vibração e ruído excessivos


ESTACA HÉLICE CONTÍNUA
Fonte:<www.solossantini.com.br>


ESTACA HÉLICE CONTÍNUA

• Escavação por trado heicoidal e concretagem pela haste central da haste


simultaneamente à sua retirada

• Colocação da armadura após a concretagem

• Causa muita vibração


ESTACAS PRÉ-MOLDADAS

• Cravação por percussão, prensagem ou vibração

• Fazem parte do grupo das Estacas de Deslocamento

• Madeira, aço, concreto armado ou protendido


CRAVAÇÃO POR PERCUSSÃO
Fonte:<www.meksol.com.br>


ESTACAS DE REAÇÃO OU TIPO MEGA

• Também conhecidas como Estacas Prensadas

• São cravadas com auxílio de macaco hidráulico

• Reforços de fundações
ESTACAS DE REAÇÃO OU TIPO MEGA
reforço de fundação


TUBULÃO

• Escavação manual ou mecânica com descida de pessoal para alargamento


da base ou limpeza do funda, quando não há base, pelo menos na sua etapa
final.

• As cargas são transmitidas essencialmente pela base

• Pode ser a céu aberto ou sob ar comprimido (pneumático), ter ou não a


base alargada, ser executado com ou sem revestimento.


TUBULÃO


OBRIGADO
PROF. MARCUS VINICIUS CAMPITELI