Você está na página 1de 50

www.betaconcursos.

com

www.betaconcursos.com

Beta Concursos
www.betaconcursos.com

EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO

01. Abelardo é titular do cargo de médico em hospital mantido por autarquia estadual, no qual trabalha de segunda a quarta-
feira, toda semana. Paralelamente, ocupa cargo semelhante em hospital mantido pela Administração direta municipal, no
qual trabalha às quintas e sextas-feiras. A acumulação de cargos, nessa hipótese, é:

(A)) permitida, por se tratar de dois cargos de profissional da área da saúde.

B) permitida, por se tratar de hospitais mantidos por diferentes entes federativos.

C) permitida, pois a proibição de acumulação não se estende a cargos da Administração indireta.

D) proibida, pois a acumulação somente é permitida para cargos de professor.

E) proibida, pois não se podem acumular cargos públicos.

02. A exoneração de servidor que ocupa cargo em comissão, por decisão da autoridade superior,

A) depende da oitiva prévia do servidor.

B) deve ser precedida de regular processo administrativo.

C) depende da verificação de hipótese prevista taxativamente na lei.

D) é sanção aplicável aos casos de falta grave no exercício da função.

E) é ato administrativo discricionário.

03. NÃO é proibição aplicável ao servidor público:

A) aceitar emprego ou comissão de Estado estrangeiro.

B) valer-se do cargo para obter proveito pessoal, em detrimento da dignidade da função pública.

C) delegar funções a pessoas estranhas à repartição, fora dos casos previstos em lei.

D) ser membro do Conselho de Administração de sociedade de economia mista federal.

E) retardar injustificadamente a tramitação de processo administrativo.

04. Determinado servidor ausenta-se do serviço, sem causa justificada, pelo período de 45 dias alternados, no prazo de 4
meses. Posteriormente, o servidor retoma normalmente suas atividades. Em razão desse fato, é instaurado processo
administrativo disciplinar, que poderá culminar com a aplicação da pena de:

A) demissão por inassiduidade habitual.

B) advertência ou suspensão, por inassiduidade habitual.

C) demissão por abandono de cargo.

D) advertência, sem prejuízo da posterior demissão caso o servidor falte mais 15 dias nos próximos 12 meses.

E) advertência, sem prejuízo da posterior demissão caso o servidor falte mais 15 dias nos próximos 8 meses.

05. A revisão de processo administrativo disciplinar pode ser realizada a qualquer tempo,

A) de ofício ou a requerimento do interessado, sem necessidade de alegação de novos elementos para o julgamento.

B) apenas a requerimento do interessado, sem necessidade de alegação de novos elementos para o julgamento.

C) de ofício ou a requerimento do interessado, havendo alegação de novos elementos para o julgamento.

D) apenas de ofício, havendo alegação de novos elementos para o julgamento.


www.betaconcursos.com
E) apenas a requerimento do interessado, havendo alegação de novos elementos para o julgamento.

06. Em matéria de acumulação de cargo, é certo que:

A) os princípios que regem essa acumulação não se aplicam aos empregos e funções nas empresas paraestatais.

B) vige a regra da permissividade da acumulação de cargos, empregos e funções públicas, sendo exceção a proibição.

C) vige a regra da não-acumulação de cargos, empregos e funções públicas, sendo exceção a acumulação.

D) não será necessário atender à compatibilidade de horários, quando a acumulação for de cargo em comissão ou de caráter
temporário.

E) o aposentado pode, sempre e livremente, acumular provento e remuneração decorrente do exercício de cargo titularizado
após a aposentadoria.

07. Dentre outras, constituem penas disciplinares aplicáveis aos servidores públicos, a

A) repreensão e férias obrigatórias sem abono.

B) cassação de aposentadoria e a exoneração.

C) advertência verbal e licença para fins militares.

D) destituição de cargo em comissão e o afastamento para outros órgãos.

E) destituição de função comissionada e a cassação de disponibilidade.

08 Os atos de improbidade administrativa acarretarão as sanções abaixo relacionadas, com exceção:


a) perda de função pública
b) ressarcimento ao erário
c) indisponibilidade de bens
d) suspensão de direitos políticos
e) penalidade de suspensão

09. Ao servidor Público em exercício de mandato eletivo:


a) investido no mandato de Vice-Presidente da República, ficará afastado de seu cargo, percebendo a maior remuneração
b) investido no mandato de Prefeito poderá, havendo compatibilidade de horário, acumular o cargo de caráter efetivo.
c) investido no mandato de Deputado Estadual, havendo compatibilidade de horário, optar pela maior remuneração
d) não havendo compatibilidade de horário, investido no mandato de Vereador, optará pela maior remuneração
e) investido no mandato de Governador, havendo compatibilidade de horário, acumulará o cargo efetivo.

10. Dentre os princípios constitucionais que devem ser observados pela Administração Pública, figura o da:
a) Delegabilidade
b) Uniformidade
c) Generalidade
d) Impessoalidade
e) Imperatividade

11. O Regime Jurídico da União, através da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990, além de alcançar os servidores públicos
da administração direta, atingirá também os funcionários da(s):
a) Autarquias Públicas
b) Sociedades de Economia Mista
c) Empresas Públicas
d) Fundações privadas
e) administração direta e indireta

12. Quanto à aposentadoria do servidor; é verdadeiro afirmar:


a) A aposentadoria por invalidez, detém proventos proporcionais.
b) A aposentadoria compulsória, aos 65 anos, detém proventos integrais.
c) A aposentadoria voluntária do servidor, detém proventos proporcionais, aos 35 anos de serviço, se homem.
d) A aposentadoria voluntária, detém proventos integrais aos 25 anos de serviço, se mulher.
e) Todas são incorretas.

13. De acordo com a Constituição Federal combinado com a Lei nº 8.112/90, o servidor será afastado do cargo nos seguintes
casos, exceto:
a) Em todos os casos, enquanto durar o mandato legislativo federal ou estadual
b) Em todos os casos enquanto durar o mandato de Vice-Prefeito
www.betaconcursos.com
c) Em todos os casos enquanto o mandato de Vereador
d) Em todos os casos enquanto durar o mandato executivo federal
e) Em todos os casos enquanto durar o mandato executivo estadual

14. São requisitos para investidura do cargo público, exceto:


a) O gozo dos direitos políticos
b) A nacionalidade brasileira
c) A idade mínima de dezoito anos
d) Aptidão física
e) O nível de escolaridade de 2º grau

15. A passagem do servidor estável de um cargo para outro de igual denominação, pertencente a quadro de pessoal diverso
denomina-se:
a) Aproveitamento
b) Redistribuição
c) Readaptação
d) Remoção
e) Transferência

16. O servidor civil da União, que cometer infração administrativa, que configure também
infração penal, não será punido, disciplinarmente, se:
a) ocorrer a prescrição penal
b) for absorvido do crime, por insuficiência de provas
c) cumprir a pena criminal
d) vier a ser aposentado
e) for primário

17. A prescrição ocorrerá, quanto às penalidades:


a) Em 02 anos, no caso de pena de advertência
b) Em 02 anos, no caso de pena de demissão
c) Em 05 anos, no caso de pena de suspensão
d) Em 05 anos, no caso de pena de destituição de cargo em comissão
e) Em 02 anos, no caso de pena de cassação de aposentadoria

18 - A modalidade de extinção do ato administrativo que incide sobre o ato considerado válido no momento em que foi
editado, mas ilegal na sua execução, é denominada:
a) revogação;
b) encampação;
c) caducidade;
d) cassação;
e) contraposição.

19 - Servidor Público, demitido mediante processo administrativo, consegue judicialmente anular o ato de demissão. Nessa
hipótese, o seu retorno ao serviço ativo decorre de:
a) reintegração;
b) reversão;
c) aproveitamento;
d) recondução;
e) provimento originário.

20 - Servidor Público, na fase de conclusão do período de estágio probatório, foi avaliado de forma negativa, mostrando que
não está apto ao exercício do cargo.
Nessa hipótese, a vacância do cargo ocupado pelo servidor que não foi aprovado no estágio probatório decorre do ato de:
a) demissão;
b) exoneração;
c) inabilitação;
d) desligamento;
e) afastamento compulsório.

21 - Em relação aos órgãos públicos, analise as afirmativas:


I. Os órgãos públicos têm personalidade jurídica própria, mas o ente estatal a que estão vinculados responde
subsidiariamente por danos resultantes de sua atuação.
II. Os órgãos independentes são aqueles que desempenham as funções típicas do Estado e não estão subordinados
hierarquicamente a nenhum outro órgão.
III. Os órgãos singulares são aqueles que se manifestam pela vontade de um único agente.
São verdadeiras somente as afirmativas:
a) I e II;
b) I e III;
www.betaconcursos.com
c) II e III;
d) I, II e III;
e) nenhuma.

22- Quanto à aposentadoria do servidor público é correto afirmar, exceto:

a) O tempo de contribuição federal, estadual ou municipal será contado para efeito de aposentadoria e o tempo de serviço
correspondente para efeito de disponibilidade.

b) Os proventos de aposentadoria, por ocasião da sua concessão, serão calculados com base na remuneração do servidor no
cargo efetivo em que se der a aposentadoria e, na forma da lei, corresponderão à totalidade da remuneração.

c) Aos servidores titulares de cargos efetivos da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, incluídas suas
autarquias e fundações, é assegurado regime de previdência de caráter contributivo, observados critérios que preservem o
equilíbrio financeiro e atuarial.
d) Ao servidor ocupante, exclusivamente, de cargo em comissão declarado em lei de livre nomeação e exoneração bem como
de outro cargo temporário ou de emprego público, aplica-se o regime geral de previdência dos servidores públicos efetivos.

e) A aposentadoria compulsória tanto do servidor público quanto da servidora pública ocorrerá aos setenta anos de idade.

23- Marque a alternativa correta, sobre servidor público:

a) A natureza jurídica da relação estatutária é bilateral e de direito público.

b) Por terem os mesmos fundamentos e as mesmas finalidades, não são cumuláveis as sanções decorrentes do poder punitivo
(de natureza penal, regido pelas leis criminais) e do poder disciplinar do Estado.

c) A falta administrativa também prevista em lei como crime prescreve no mesmo prazo correspondente à prescrição da
punibilidade deste.

d) A suspensão preventiva do funcionário estável ou efetivo por até 90 dias, prevista em lei, para apurar falta por ele
cometida, seguida da pena de demissão em procedimento regular, caracteriza dupla punição, violando o princípio do non bis
in idem..

e) O cancelamento da pena de advertência ocorrerá após cinco anos, desde que o servidor não tenha cometido nenhuma outra
falta.

24 - O ato administrativo final , para cuja prática é indispensável a licitação, quando exigida, e que antecede, após a
homologação do resultado do procedimento, a formalização de contrato administrativo, denomina-se:

a) Julgamento.
b) Adjudicação.
c) Liquidação.
d) Nota de empenho da despesa.
e) Habilitação.

25- Marque a alternativa que não apresenta uma característica do princípio da eficiência:

a) transparência.
b) participação e aproximação dos serviços públicos da população.
c) burocratização.
d) busca da qualidade.
e) neutralidade.

26 - A responsabilidade civil do servidor público

a) abrange a responsabilidade penal.


b) confunde-se com a responsabilidade administrativa.
c) não gera obrigação extensível aos herdeiros.
d) é distinta da responsabilidade civil do Estado.
e) independe da ocorrência de ato doloso ou culposo.

27 - Nos termos da Lei nº 8.112/90, assinale a assertiva correta a respeito da responsabilidade do servidor.

a) O servidor só responde civil e administrativamente pelo exercício irregular de suas atribuições.

b) Tratando-se de dano causado à Administração, responderá o servidor perante a Fazenda Pública em ação regressiva.
www.betaconcursos.com
c) A responsabilidade administrativa do servidor será afastada no caso de absolvição criminal por falta de provas.

d) As sanções civis, penais e administrativas não poderão cumular-se, sendo independentes entre si.

e) A obrigação de reparar o dano estende-se aos sucessores e contra eles será executada, até o limite do valor da herança
recebida.

28 - Por ineficiência nas suas funções, a pena de demissão só será aplicada ao servidor público:
a) não desempenhar com zelo as tarefas atribuídas
b) não cumprir, no prazo, as determinações judiciais
c) ocorrer a impossibilidade de readaptação
d) faltar por mais de 45 dias interpoladamente

29 - É dever do funcionário:
a) requerer ou promover a concessão de privilégios
b) residir no local onde exerce o cargo ou onde autorizado
c) promover manifestações e apreço dentro da repartição
d)constituir-se procurador das partes

30 - Será aplicada a pena de demissão a bem do serviço público ao funcionário que:


a) for ineficiente no serviço
b) aplicar indevidamente o dinheiro público
c) lesar o patrimônio ou os cofres públicos
d) proceder irregularmente, de forma grave

31 - É proibido ao funcionário:
a) deixar de comparecer ao serviço sem justa causa
b) representar, quando receber ordens superiores manifestamente ilegais
c) atender preferencialmente sobre qualquer outro serviço, às requisições feitas pelas autoridades administrativas, para
defesa do Estado
d) representar aos seus superiores sobre todas as irregularidades de que tiver conhecimento no exercício de suas funções

32. A punibilidade da falta sujeita à pena de repreensão prescreve em:


a) um ano
b) dois anos
c) seis meses
d) três anos
e) n.d.a.

33. A pena de suspensão não poderá exceder de:


a) dois anos
b) cento e vinte dias
c) noventa dias
d) cento e oitenta dias
e) n.d.a.

34. Ao Funcionário Público que praticar, em serviço, ofensas físicas contra funcionários ou particulares, salvo se em legítima
defesa, será aplicada a pena de:
a) suspensão
b) repreensão
c) demissão a bem do serviço público
d) n.d.a.

35. A pena de repreensão será aplicada aos casos de:


a} abandono de cargo
b} procedimento irregular de natureza grave
c} ineficiência no serviço
d} indisciplina ou falta de cumprimento de deveres
e} n.d.a.

36. A ineficiência no serviço é caso de aplicação de pena:


a} de repreensão
b} de suspensão
c) de demissão
d) de multa
e) n.d.a.

37. Será aplicada a pena de demissão nos casos de:


www.betaconcursos.com
a) abandono de cargo
b) procedimento irregular, de natureza grave
c) aplicação indevida de dinheiro público
d) ausência ao serviço, se causa justificável, por mais de quarenta e cinco dias, interpoladamente, durante um ano
e) todas as alternativas estão corretas

38. Deixando, sem justa causa, de atender à exigência, para cujo cumprimento haja prazo certo, o funcionário, até que a
atenda:
a) ficará suspenso
b) sujeitar-se-á ao pagamento de multa diária
c) será reputado ineficiente, sujeitando-se à pena de demissão
d) terá suspenso o pagamento de seu vencimento ou remuneração
e) a nenhuma pena estará sujeito

39. Não poderão trabalhar sob as ordens imediatas de parentes, funcionários com grau de parentesco.
a) até quarto grau
b) até terceiro grau
c) até segundo grau
d) poderão, pois não há qualquer restrição
e) n.d.a.

40. Não constitui dever do Funcionário Público:


a) guardar sigilo sobre assuntos da repartição
b) representar aos superiores sobre todas as irregularidades que tiver ciência
c) residir no local onde exerce o cargo, ou onde autorizado
d) n.d.a.

41. Constitui ainda, dever do Funcionário Público :


a) servir de intermediário perante repartição pública para tratar de interesses das partes
b) exercer emprego ou função em empresas, estabelecimentos e instituições que tenha relação com o Governo em matéria que
se relacione com a finalidade das repartições ou serviço em que esteja lotado
c) apresentar-se convenientemente trajado em serviço
d) n.d.a.

42. Poderá ser descontado dos vencimentos do funcionário, ou de sua remuneração:


a) qualquer erro de cálculo, por ele praticado
b)o custo com a aquisição de matérias em desacordo com disposições legais e regulamentares, por ele praticada
c) a averba de representação
d) n.d-a.

43. A pena de repreensão ao Funcionário Público será aplicada:


a) verbalmente
b) por edital
c) por escrito, no local em que houver imprensa
d) n.d.a.

44. Nos casos de indenização à Fazenda Estadual o funcionário será obrigado ao pagamento do prejuízo.
a) de uma só vez
b) parceladamente
c) descontado dos vencimentos
d) n.d.a.

45. A pena de demissão por ineficiência no serviço s6 será aplicada ao Funcionário Público quando:
a) houver excesso no quadro funcional
b) por moléstia contagiosa
c) todas as alternativas anteriores
d) n.d.a.

46. A pena de demissão a bem do serviço público é aplicada ao funcionário que:


a) praticar insubordinação grave
b) praticar crime contra a boa ordem da administração pública, à fé pública e a Fazenda Estadual, ou previsto nas leis
relativas à segurança e a defesa nacional
c) receber ou solicitar propinas, comissões, presentes ou vantagens de qualquer espécie, diretamente ou por intermédio de
outrem, ainda que fora de suas funções, mas em razão delas
d) todas as anteriores

47- A pena de repreensão será aplicada:


a) sempre diretamente ao funcionário
www.betaconcursos.com
b) através de seus superiores
c) somente no caso de indisciplina
d) n.d.a.

48. Assinale as proposições corretas:


a) Os funcionários públicos somente poderão fazer greve, quando houver atraso superior a 90 dias no pagamento de seus
vencimentos
b) Os funcionários públicos poderão filiar-se a partidos políticos
c) Os funcionários não poderão fazer parte de sindicatos, exceto os organizados pelos seus superiores hierárquicos
d) O Funcionário Público não poderá constituir-se procurador ou serviço de intermédio perante qualquer repartição pública,
nem mesmo quando se tratar de interesse de irmão

49. Assinale as proposições corretas:


a) O Funcionário Público só é obrigado a cumprir as ordens legais recebidas de seus superiores
b) O funcionário deve cumprir toda ordem superior, sem indagar de sua legalidade
c) O funcionário deve, quando suspeitar de legalidade da ordem, provocar novo pronunciamento da autoridade que a
expediu
d) Da falta sujeita à pena de repreensão, multa ou suspensão, prescreve em dois anos

50. Ao Funcionário Público é proibido.


a) residir no local onde exerce o cargo ou onde autorizado
b) tratar com urbanidade os companheiros de serviço e as partes
c) promover manifestações de apreço ou desapreço dentro da repartição, ou tornar-se solidário com elas
d) proceder na vida pública e privada na forma que dignifique a função

51. São penas disciplinares (ao Funcionário Público):


a) prisão simples
b) demissão
c) advertência por escrito
d) censura pública

52. Caracteriza-se a responsabilidade do Funcionário Público:


a) quando diminuir a arrecadação fazendária
b) pela elevação da tributação
c) por qualquer erro de cálculo ou redução contra a fazenda pública
d) n.d.a.

53. São deveres do Funcionário Público


a) praticar usura
b) fazer contratos de natureza comercial e industrial com o Governo, por si, com o representante de outrem
c) não comparecer ao serviço em caso de moléstia familiar
d) providenciar para que esteja sempre em ordem, no assentamento individual, a sua declaração de família

54. A pena de multa ao Funcionário Público será aplicada:


a) ao livre critério do superior hierárquico
b) na forma e nos casos expressamente previstos em lei ou regulamento
c) pela prática de insubordinação grave
d) quando lesar o patrimônio ou os cofres públicos

55. A pena de suspensão ao Funcionário Público tem o limite de:


a) 90 dias b) 60 dias
c) 30 dias d) 6 meses

56. O Funcionário Público que vier a ser suspenso :


a) poderá trabalhar em outra repartição durante a suspensão
b) perderá todas as vantagens e direitos decorrentes do exercício do cargo
c) não mais poderá retornar ao serviço público
d) terá que fazer novo concurso público para retornar à atividade anterior

57. É proibido ao Funcionário Público:


a) trabalhar além do expediente normal
b) ser assíduo e pontual
c) tratar de interesses particulares na repartição
d) n.d.a.

58- Ao funcionário que lesou o patrimônio ou os cofres públicos será aplicada na órbita administrativa e pena de:
a) demissão a bem do serviço público
b) demissão
www.betaconcursos.com
c) repreensão
d) suspensão

59. Do que depende a aplicação da pena de demissão por ineficiência no serviço?


a) da incontinência pública
b) da apuração da responsabilidade civil do servidor
c) da gravidade dos prejuízos causados pelo servidor ao serviço público
d) da verificação da impossibilidade da readaptação
e) n.d.a.

60. .São penas disciplinares, impostas a funcionários públicos:


a) advertência, suspensão, multa
b) repreensão, multa, demissão
c) proibição de comparecer ao serviço, demissão, multa
d) demissão, demissão a bem do serviço, exoneração

61. O Funcionário Público estável somente pode ser admitido se:


a) abandonar o cargo
b) se for ineficiente no serviço
c) se tiver procedimento irregular, de natureza grave
d) se aplicar indevidamente dinheiro público
e) todas as alternativas estão corretas

62. O funcionário que, no exercício de suas funções, agredir um colega de serviço, está sujeito à pena de:
a) repreensão
b) advertência severa
c) demissão
d)demissão a bem do serviço público
e) exoneração ,

63. A pena de suspensão prescreverá em:


a) trinta dias b) sessenta dias
c) noventa dias d) cento e vinte dias

64. A pena de suspensão prescreverá em:


a) dois anos, a contar da prática da falta
b) três anos, a contar da abertura da sindicância
c) cinco anos, a contar do dia da falta
d) dois anos, a contar da data em que a autoridade tomar conhecimento da falta
e) cinco anos, a contar da data em que a autoridade tomar conhecimento da falta.

65. Quais os pressupostos exigidos para aplicação da pena de suspensão?


a) no caso de indisciplina grave e não superior a 90 dias
b) no caso de falta grave e não superior a 60 dias
c) no caso de procedimento irregular de natureza grave e não superior a 60 dias
d) no caso de falta de cumprimento dos deveres, de natureza grave, e não superior a 90 dias
e) n-d.a.

66. Ao Funcionário Público responsável por erro (redução) no cálculo de importância contra a Fazenda Estadual, não tendo
havido má-fé, será aplicada a pena de:
a) demissão
b) multa
c) suspensão
d) advertência
e) n.d-a.

67. A falta sujeita à pena de demissão a bem do serviço público e de cassação da aposentadoria e disponibilidade prescreverá
com:
a) 2 anos
b) 3 anos
c) 4 anos
d) 5 anos

68. É permitido ao Funcionário Público:


a) retirar, sem previa permissão da autoridade competente, qualquer documento ou objeto existente na repartição
b) tratar de interesses particulares na repartição
c) empregar material do serviço público em serviço particular
d) tratar de interesses públicos referentes ao serviço na repartição
www.betaconcursos.com

69. A pena de suspensão nunca excederá o prazo de:


a) 30 dias b) 45 dias
c) 90 dias d) 120dias

70. Considera-se abandono de cargo o não comparecimento do funcionário por mais de:
a) 15dias consecutivos
b) 45 dias consecutivos
c) 30dias consecutivos
d) 30 dias interpolados

71. A ineficiência no serviço é o caso de aplicação de pena:


a) de suspensão
b) de repreensão
c) de demissão
d) nenhuma das alternativas está correta

72. Assinale a afirmativa correta:


a pena de demissão a bem do serviço público será aplicada ao funcionário que não fo convencido da incontinência pública e
escandalosa e de vício de jogos proibidos
b) a pena de demissão a bem do serviço público será aplicada ao funcionário que praticar insubordinação grave
c) a pena de demissão a bem do serviço público será aplicada ao funcionário que apresentar declaração em matéria de salário
família
d) a pena de demissão a bem do serviço público será aplicada ao funcionário que aceitou ilegalmente cargo ou função pública

73. Quando inicia o prazo prescricional da pena administrativa:


a) no dia em que a autoridade proferir despacho recebendo a denúncia
b) na data em que proferir decisão terminativa no processo
c) no dia em que a autoridade tomar conhecimento da existência da falta
d) no dia em que a autoridade der por aberta a sindicância

74. Do assentamento individual do funcionário deverão constar além de outras:


a) as duas últimas penas que lhe foram impostas
b) a última pena que lhe foi imposta
c) as cinco últimas penas que lhe foram impostas
d) nenhuma das alternativas está correta

75 . Assinale a alternativa correta: "São penas disciplinares"


a) repreensão, suspensão, multa, demissão
b) repreensão, suspensão, demissão, prisão simples
c) suspensão, multa, cassação, exoneração
d) d) n.d.a.

76. Assinale a alternativa correta:


"O funcionário que receber propinas, comissões, presentes ou vantagens de qualquer espécie, diretamente ou por intermédio
de outrem, ainda que fora de suas funções, mas em razão delas"
a) será suspenso por 120 dias, sem remuneração
b) será advertido e terá que pagar multa
c) será demitido a bem do serviço público
d) n.d.a.

77. Assinale a alternativa correta: "As penas disciplinares podem ser aplicadas"
a) pelo Promotor de Justiça
b) pela comissão processante permanente
c) pelos diretores gerais, até a suspensão limitada a 30 dias
d) n.d.a.

78. Assinale a alternativa correta: "A punibilidade de falta também prevista em lei, como infração penal"
a) é imprescritível
b) prescreve em 2 anos
c) prescreve em 5 anos
d) n.d.a.

79. Assinale a alternativa correta: "é permitido ao funcionário"


a) exercer comércio, nas horas vagas ou quando em licença ou em férias
b) constituir-se procurador das partes ou servir de intermediário perante qualquer repartição pública
c) exercer comércio somente entre os companheiros de serviço, promover rifas ou subscrever listas de donativos dentro da
repartição
www.betaconcursos.com
d) n.d.a.

80. Assinale a alternativa correta: "O funcionário é responsável por todos os prejuízos que, nessa qualidade, causar à
Fazenda, por dolo ou culpa, devidamente apurado"
a) essa alternativa está incorreta
b) esta alternativa está correta, excetuando-se as prejuízos decorrentes de erro ou redução de cálculo contra a Fazenda
Estadual, involuntariamente praticados
c) essa afirmativa está correta, caracterizando-se especialmente a responsabilidade por qualquer erro de cálculo ou redução
contra a fazenda
d) n.d.a.

81. É dever do Funcionário Público:


a) fundar sindicato de funcionários
b) tratar com urbanidade os companheiros de serviço e as partes
c) aderir às greves
d) n-d.a.

82. É dever do Funcionário Público.


a) promover listas de donativos para companheiros de serviço necessitados
b) descumprir ordens de serviço que considera ineficientes
c) guardar sigilo sobre os assuntos da repartição
d) n.d.a.

83. É proibido ao Funcionário Público:


a) exercer comércio entre os companheiros de serviço
b) exercer a direção de cooperativas e associações de classe
c) empregar material particular em serviço público
d) n.d-a.

84- É proibido ao Funcionário Público


a) ser sócio de empresas que tenha relação com o governo
b) residir, ainda que autorizado pelo superior hierárquico, em local diverso onde exerce o cargo
c) jogar costumeiramente na loteria esportiva
d) n.d-a.

85. É proibido ao Funcionário Público:


a) participar de sociedades em que o Estado seja acionista
b) .descumprir ordens superiores manifestamente ilegais
c) exercer a advocacia administrativa
d) n.d.a.

86- É proibido ao Funcionário Público.


a) pedir empréstimo em dinheiro a pessoas que tenham interesse na repartição
b) praticar na repartição, em legítima defesa, ofensas físicas contra companheiros de serviço
c) deixar de comparecer ao serviço por causa justificada
d) n.d.a.

87. Está sujeito à pena de demissão o Funcionário Público que:


a) deixa de desempenhar com presteza os trabalhos de que for incumbido
b) faltar ao serviço, injustificadamente, por mais de 30 dias consecutivos
c)apresentar-se trajado em serviço de forma inconveniente
d) n.d.a.

88. Está sujeito à pena de demissão a bem do serviço público o funcionário que:
a) for ineficiente no serviço
b) descumprir seus deveres
c) solicitar, em razão de suas funções, quaisquer vantagens de pessoas que tenham interesse na repartição
d) n.d.a.

89. Está sujeito à pena de demissão a bem do serviço público o funcionário que:
a) deixar de cooperar com os companheiros de trabalho
b) se apresentar embriagado ou causar escândalo em local público
c) tratar de interesses particulares na repartição
d) n.d.a.

90. Será suspenso o pagamento do vencimento do Funcionário Público que:


a) praticar usura
b) deixar de indenizar os prejuízos causados à administração
www.betaconcursos.com
c) deixar:, de cumprir no prazo marcado, sem justa causa, qualquer exigência que lhe for requisitada por superior
hierárquico
d) n.d.a.

91. Deverão constar do assentamento individual do funcionário todas as penas que lhe forem impostas:
a) a afirmativa é falsa, porque o funcionário seria duplamente punido
b) a afirmativa é verdadeira em parte, já que s6 as penas impostas com relação a fatos graves vão para o prontuário do
servidor
c) a afirmativa é falsa, porque as penas aplicadas ficam registradas em livros pr6prios
d) a afirmativa é inteiramente verdadeira, estando prevista no Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado de São
Paulo

92. O funcionário já aposentado:


a) não tem nenhuma obrigação de atender a exigência com prazos para seu cumprimento, pois já não mais trabalha
b) é obrigado a atender a todas as ordens e exigências que lhe forem feitas, pois continua recebendo do Estado
c) pode receber ordens, mas não as cumprirá se não desejar, o que vem previsto no Estatuto dos Funcionários Públicos Civis
do Estado de São Paulo
d) que sem justa causa, deixar de atender a qualquer exigência para cujo cumprimento seja marcado prazo certo, terá
suspenso o pagamento de seu vencimento ou remuneração até que satisfaça essa exigência

93. São penas disciplinares:


a) repreensão, suspensão, multa e demissão
b) repreensão, multa, demissão a bem do serviço público e prisão
c) repreensão, multa, exclusão e demissão
d) repreensão, suspensão e admoestação, e à prisão em alguns casos mais graves

94. A aposentadoria de Funcionário Público será cassada se ficar provado que o inativo.
a) quando em atividade, praticou falta punível com demissão a bem do serviço público
b) quando em atividade praticou falta grave punível com demissão a bem do serviço público
c) nunca poderá ser cassado, em face de direito adquirido
d) nenhuma das alternativas é verdadeira, porque se provado algo conta o aposentado será ele colocado em disponibilidade

95. A prática da ação por parte do funcionário, de que resulte prejuízo para os cofres públicos ou dano para o patrimônio do
Estado, sujeita-o a qual das seguintes penas disciplinares:
a) cassação de aposentadoria ou disponibilidade
b) muItas graves vão para o prontuário do servidor
c) demissão
d) suspensão
e) demissão a bem do serviço público

96. Deixando, sem juta causa, de atender a exigência, para cujo cumprimento haja prazo certo, até que a atenda:
a) ficará suspenso
b) sujeitar-se-á ao pagamento de multa diária
c) será reputado ineficiente, sujeitando-se à pena de demissão
d) terá suspenso o pagamento de seu vencimento ou remuneração
e) a nenhuma pena estará sujeito

97. Incorrendo em responsabilidade para com a Fazenda do Estado, por ter-lhe causado, na sua qualidade de funcionário e
em virtude de alcance ou desfalque, prejuízos, deverá ele indenizá-la? Em caso afirmativo, repondo de uma s6 vez o valor
do dano causado?
a) Sim. Não.
b) Não.
c) Sim. Sim.
d) Sim. Dependerá do cargo que exerça.
e) Sim. Dependerá do nível de seu vencimento ou remuneração.

Gabarito

Questão 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15
Gabarito A E D E C C E E D D A E C E E
Questão 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
Gabarito B D D A B C D C B C D E C B C
Questão 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45
www.betaconcursos.com
Gabarito A B C C D C E D C D C B D A D
Questão 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60
Gabarito D D D D C B C D B A B C A D B
Questão 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75
Gabarito E D C A E E D D C C C B C C A
Questão 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90
Gabarito C C D D C B C A A C A B C B C
Questão 91 92 93 94 95 96 97 ** ** ** *** *** *** *** ***
* * *
Gabarito D D A B E D C ** ** ** ** ** ** ** **
* * * * * * * *

Olha aqui! Mais uma bateria de exercícios pra você.

01 - Os cargos, empregos e funções públicas são acessíveis:


a) a todos os brasileiros.
c) somente a brasileiros que preencham os requisitos estabelecidos em lei.
c) a todos os brasileiros e estrangeiros com residência permanente no País.
d) somente aos brasileiros que preencham os requisitos estabelecidos em lei, assim como aos estrangeiros, na forma da lei.
e) a todos os brasileiros, e também aos estrangeiros que preencham os requisitos estabelecidos em lei.

02 - Julgue os itens abaixo e assinale a alternativa correta:


I - São estáveis após três anos da data da posse os servidores nomeados para cargo de provimento efetivo em virtude de
concurso público.
II - O servidor público estável só perderá o cargo mediante processo administrativo em que lhe seja assegurada ampla defesa.
III - Como condição para a aquisição da estabilidade, é obrigatória a avaliação especial de desempenho por comissão
instituída para essa finalidade.
a ) Todos os itens estão corretos.
b ) Todos os itens estão incorretos.
c ) Somente estão corretos os itens II e III.
d ) Somente está correto o item I.
e ) Somente está correto o item III.

03 - O servidor público da administração direta, autárquica ou fundacional, investido no mandato de Vereador:


a) ficará afastado de seu cargo, emprego ou função.
b) será sempre afastado do cargo, emprego ou função, sendo-lhe facultado optar pela sua remuneração.
c) havendo compatibilidade de horário, perceberá as vantagens de seu cargo, emprego ou função, sem prejuízo da
remuneração do cargo eletivo.
d) não será afastado do cargo, emprego ou função, e perceberá sempre a remuneração do cargo eletivo.
e) havendo ou não compatibilidade de horário, perceberá as vantagens de seu cargo, emprego ou função, sem prejuízo da
remuneração do cargo eletivo.

04 - Os servidores titulares de cargos efetivos da União, dos Estados e dos Municípios serão aposentados:
a) compulsoriamente, aos setenta anos de idade, com proventos proporcionais ao tempo de contribuição.
b) voluntariamente, aos sessenta e cinco anos de idade, se homem, e aos sessenta, se mulher, com proventos proporcionais ao
tempo de serviço.
c) compulsoriamente, aos setenta anos de idade, com proventos proporcionais ao tempo de serviço.
d) voluntariamente, aos cinqüenta e cinco anos de idade e trinta de contribuição, se homem, e cinqüenta anos de idade e vinte
e cinco de contribuição, se mulher.
e) compulsoriamente, aos setenta e cinco anos de idade, com proventos proporcionais ao tempo de serviço.

05 - Assinale a alternativa correta:


a) A responsabilidade administrativa não exime o funcionário da responsabilidade civil ou criminal que no caso couber, mas
o pagamento da indenização a que ficar obrigado exime o exame da pena disciplinar.
b) O pagamento da indenização a que ficar obrigado o funcionário responsabilizado administrativamente não exime o exame
da pena disciplinar em que incorrer.
c) Conquanto a responsabilidade criminal e a civil sejam independentes, ficarão afastadas se a responsabilidade
administrativa for convertida em pena administrativa e pagamento de indenização, pois os objetivos de uma, a punição, e de
outra, a indenização, já terão sido alcançados.
d) A responsabilidade criminal exime o funcionário da responsabilidade administrativa, mas o pagamento da indenização a
que ficar obrigado o funcionário responsabilizado civilmente não exime o exame da pena disciplinar em que incorrer.
e) O exame da pena disciplinar em que incorrer o funcionário responsabilizado administrativamente exime o pagamento da
indenização a que ficar obrigado.
www.betaconcursos.com

06 - Julgue as assertivas abaixo e assinale a alternativa correta:


I - É dever do funcionário atender prontamente, com preferência sobre qualquer outro serviço, às requisições de papéis,
documentos, informações ou providências que lhe forem feitas pelas autoridades judiciárias ou administrativas, para defesa
do Estado, em Juízo.

II - O funcionário que, sem justa causa, deixar de atender a qualquer exigência para cujo cumprimento seja marcado prazo
certo, terá suspenso o pagamento de seu vencimento ou remuneração até que satisfaça essa exigência.
III - O aposentado que, sem justa causa, deixar de atender a qualquer exigência para cujo cumprimento seja marcado prazo
certo, terá suspenso o pagamento de seu vencimento ou remuneração até que satisfaça essa exigência.
a) Todas as alternativas estão corretas.
b) Apenas a alternativa II está correta.
c) Apenas a alternativa III está correta.
d) Apenas as alternativas I e II estão corretas.
e) Todas as alternativas estão incorretas.

07 - São requisitos a serem observados quando da fixação dos padrões de vencimento e dos demais componentes do sistema
remuneratório, exceto:
a) as peculiaridades dos cargos.
b) as qualificações técnicas dos servidores.
c) a natureza e a complexidade dos cargos componentes da carreira.
d) os requisitos para a investidura.
e) o grau de responsabilidade dos cargos.

08 - Ao funcionário que pedir, por empréstimo, dinheiro ou quaisquer valores a pessoas que tratem de interesses ou o
tenham na repartição, ou estejam sujeitos à sua fiscalização, será aplicada a pena de:
a) suspensão.
b) demissão a bem do serviço público.
c) demissão.
d) multa.
e) repreensão.

09 - A autoridade competente para aplicar a pena de multa ao funcionário público é:


a) o Diretor Geral.
b) o Chefe de Diretoria ou Divisão.
c) o Secretário de Estado.
d) o Governador.
e) o Chefe de Serviço ou de Seção.

10 - A investidura de servidor em cargo de atribuições e responsabilidades compatíveis com a limitação que tenha sofrido em
sua capacidade física ou mental, verificada em inspeção médica, tem o nome de
a) readaptação.
b) transferência.
c) recondução.
d) reversão.

11 - A função correcional dos serviços extrajudiciais é exercida


a) pela Corregedoria Geral do Estado-Membro.
b) pelo Ministério Público Federal.
c) pela Corregedoria da Justiça Federal.
d) pelas Corregedoria Geral e Permanente do Judiciário do Estado-Membro.

12 - O ato de improbidade administrativa importará:


a) ressarcimento ao erário.
b) perda dos direitos políticos.
c) suspensão da função pública.
d) disponibilidade dos bens.
e) prisão civil por dívida.

13 - Analise os itens a seguir e assinale a alternativa correta:


I - A estabilidade após três anos de efetivo exercício no serviço público é garantida aos servidores ocupantes de cargo de
provimento efetivo.
II - A única condição imposta pela Constituição Federal para a aquisição da estabilidade pelo servidor é a de natureza
temporal, ou seja, é necessário que ele tenha três anos de efetivo exercício.
III - Para que o servidor público estável perca o cargo em virtude de decisão judicial é necessário que esta tenha transitado
em julgado.
a) Apenas o item I está correto.
b) Apenas o item II está correto.
www.betaconcursos.com
c) Apenas o item III está correto.
d) Apenas os itens I e II estão corretos.
e) Apenas os itens I e III estão corretos.

14 - Assinale a alternativa correta:


a) O servidor não pode, em nenhuma hipótese, residir em local diverso de onde exerce o cargo.
b) Tudo, exceto os bens inconsumíveis, que for confiado à guarda ou utilização do servidor deve ser por ele conservado com
zelo.
c) Assiduidade e pontualidade não são deveres do servidor.
d) O servidor não pode representar aos superiores sobre irregularidades de que tiver conhecimento no exercício de suas
funções.
e) O servidor deve guardar sigilo não só sobre os assuntos, decisões e providências, mas ainda dos despachos de sua
repartição.

15 - Prescreve a punibilidade da falta sujeita à pena de repreensão em:


a) um ano. d) cinco anos.
b) dois anos. e) dez anos.
c) três anos.

16 - É proibido ao funcionário:
a) Entreter-se em palestras, leituras ou outras atividades estranhas ao serviço.
b) Valer-se de sua qualidade de funcionário para desempenhar atividade estranha às suas funções.
c) Constituir-se procurador de partes ou servir de intermediário perante qualquer repartição pública, em qualquer
circunstância.
d) Participar da gerência ou administração de empresas bancárias ou industriais, em qualquer circunstância.
e) Fazer contratos de qualquer natureza com o Governo, por si, ou como representante de outrem.

17 - Considere que Mévio, funcionário civil do Estado de São Paulo, praticou ato, no exercício de suas funções, que configura
ilícito administrativo, penal e civil, conforme o aspecto analisado. Assinale a alternativa correta:
a) Mévio será responsabilizado apenas criminalmente, porque aí já se pune o dano à própria sociedade, em toda a sua
gravidade.
b) Mévio será responsabilizado apenas administrativa e civilmente, porque o ato foi praticado no exercício de suas funções e o
patrimônio lesado deve ser ressarcido.
c) Mévio será responsabilizado apenas criminal e civilmente, porque naquele se punirá a falta em seu aspecto mais profundo
_ excluindo, portanto, a punição administrativa _ e neste se recomporá o patrimônio.
d) Mévio será responsabilizado apenas administrativamente, embora com a severidade que o caso requer, pois o ato foi
praticado no exercício de suas funções.
e) Mévio será responsabilizado administrativa, civil e criminalmente.

18 - Será aplicada a pena de demissão a bem do serviço público ao funcionário que:


a) Não puder conter-se, levando vida manifestamente desregrada, sexualmente.
b) Exercer advocacia.
c) Praticar, em serviço, ofensas contra funcionários ou particulares, em qualquer circunstância.
d) Revelar dolosamente segredos de que tenha conhecimento em razão do cargo, ainda que sem prejuízo para o Estado ou
particulares.
e) Jogar eventualmente jogos proibidos.

19 - Assinale a alternativa correta:


I - O chefe de divisão aplicou ao funcionário reincidente pena disciplinar de suspensão de 14 dias, um ano e meio após ter
tomado conhecimento do fato.
II - O Governador aplicou ao aposentado a pena disciplinar de cassação de aposentadoria, quatro anos após a prática do fato
que ensejou a punição.
III - O Governador aplicou ao funcionário a pena disciplinar de demissão a bem do serviço público, doze anos após ter tido
conhecimento do fato, porque este era o prazo prescricional para o ilícito penal, em que também consistia o fato que ensejou
a punição.
a) Somente III é verdadeira.
b) Todas são verdadeiras.
c) Somente I e II são verdadeiras.
d) Todas são falsas.
e) Somente II e III são verdadeiras.

20 - Assinale a alternativa correta:


a) A pena de suspensão será aplicada por escrito, nos casos de indisciplina ou falta de cumprimento dos deveres.
b) O funcionário suspenso perderá todas as vantagens decorrentes do exercício do cargo, mas conservará os direitos.
c) A pena de multa será aplicada na forma determinada pelo Governador, no ato de punição.
d) O funcionário punido com suspensão poderá optar pela conversão dessa penalidade em multa, na base de 50% por dia de
vencimento ou remuneração.
e) A pena de demissão por ineficiência no serviço somente será aplicada quando verificada a impossibilidade de readaptação.
www.betaconcursos.com

21 - Será aplicada a pena de demissão nos casos de o funcionário:


a) Praticar crime contra a boa ordem da administração pública.
b) Lesar o patrimônio público.
c) Aplicar indevidamente dinheiros públicos.
d) Pedir, por empréstimo, dinheiro a pessoas que tratem de interesses ou o tenham na repartição, ou estejam sujeitos a sua
fiscalização.
e) Lesar os cofres públicos.

22 - Não caracteriza forma especial a responsabilidade do funcionário:


a) A sonegação de valores e objetos confiados a sua guarda.
b) O erro de cálculo a favor da fazenda.
c) As avarias que sofrerem os bens e os materiais sob sua guarda.
d) A desídia em tomar contas, na forma e no prazo estabelecido nas leis.
e) A falta das necessárias averbações nas notas de documentos da receita.

23 - Assinale a alternativa correta:


a) O funcionário que adquirir materiais em desacordo com disposições legais e regulamentares será responsabilizado pelo
dano que causar à Fazenda, sem prejuízo das penalidades disciplinares cabíveis, vedado o desconto no seu vencimento ou
remuneração.
b) O funcionário que adquirir materiais em desacordo com disposições legais e regulamentares, será responsabilizado pelo
respectivo custo, sem prejuízo das penalidades disciplinares cabíveis, vedado o desconto no seu vencimento ou remuneração.
c) O funcionário que adquirir materiais em desacordo com disposições legais e regulamentares, será responsabilizado
somente pelo dano que causar à Fazenda, sem prejuízo das penalidades disciplinares cabíveis, podendo-se proceder ao
desconto no seu vencimento ou remuneração.
d) O funcionário que adquirir materiais em desacordo com disposições legais e regulamentares, será responsabilizado pelo
respectivo custo, sem prejuízo das penalidades disciplinares cabíveis, podendo-se proceder ao desconto no seu vencimento ou
remuneração.
e) O funcionário que adquirir materiais em desacordo com disposições legais e regulamentares, será responsabilizado pelo
dano que causar à Fazenda, vedada a cumulação com outra penalidade disciplinar, podendo-se proceder ao desconto no seu
vencimento ou remuneração.

24 - A remuneração e o subsídio dos ocupantes de cargos, funções e empregos públicos da administração direta, autárquica e
fundacional, dos membros de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, dos
detentores de mandato eletivo e dos demais agentes políticos e os proventos, pensões ou outra espécie remuneratória,
percebidos cumulativamente ou não, incluídas as vantagens pessoais ou de qualquer outra natureza, não poderão exceder:
a) o subsídio mensal, em espécie, do Presidente da República.
b) o subsídio mensal, em espécie, dos Ministros
do Supremo Tribunal Federal.
c) o subsídio mensal, em espécie, do Presidente do Congresso Nacional.
d) o subsídio mensal, em espécie, dos Ministros do Tribunal de Contas da União.
e) o subsídio mensal, em espécie, dos membros do Congresso Nacional.

25 - O servidor público da administração direta, autárquica ou fundacional, investido no mandato de Prefeito:


a) ficará afastado de seu cargo, emprego ou função.
b) será afastado do cargo, emprego ou função, sendo-lhe facultado optar pela sua remuneração.
c) havendo compatibilidade de horário, perceberá as vantagens de seu cargo, emprego ou função, sem prejuízo da
remuneração do cargo eletivo.
D) não havendo compatibilidade de horário, será afastado do cargo, emprego ou função, sendo-lhe facultado optar pela sua
remuneração.
havendo ou não compatibilidade de horário, perceberá as vantagens de seu cargo, emprego ou função, sem prejuízo da
remuneração do cargo eletivo.

26 - Não é dever do funcionário:


a) ser assíduo e pontual.
b) residir no local onde exerce o cargo, ou onde autorizado.
c) tratar com urbanidade os companheiros de serviço e as partes.
d) proceder na vida pública e privada na forma que dignifique a função pública.
e) cooperar e manter espírito de solidariedade com os companheiros de trabalho e as partes.

27 - É sempre proibido ao funcionário:


a) deixar de comparecer ao serviço sem autorização.
b) fazer contratos de natureza comercial e industrial.
c) participar da gerência de empresas industriais subvencionadas pelo Governo do Estado de São Paulo.
d) constituir-se procurador de partes ou servir de intermediário perante qualquer repartição pública.
e) participar da gerência e direção de cooperativas e associações de classe.

28 - A responsabilidade do funcionário não fica especialmente caracterizada:


www.betaconcursos.com
a) pela não prestação de contas no prazo e forma estabelecidos em regulamento.
b) por qualquer erro de cálculo ou redução contra a fazenda.
c) pelas faltas que sofrerem os bens sob sua guarda.
d) pela inexatidão das necessárias averbações nas notas de despacho e outros documentos da receita.
e) pela diligência em tomar contas, na forma e no prazo estabelecido nas leis.

29 - Assinale a alternativa incorreta:


a) O funcionário que adquirir materiais em desacordo com disposições legais e regulamentares será responsabilizado pelo
respectivo custo.
b) A pena de repreensão será sempre aplicada verbalmente.
c) É condição para aplicação da pena de demissão por ineficiência no serviço a prévia verificação da impossibilidade de
readaptação.
d) O ato que demitir o funcionário mencionará sempre a disposição legal em que se fundamenta.
e) Os chefes de seção podem aplicar a pena de suspensão

30 - No Capítulo referente à Administração Pública, preceitua a Constituição Federal que:


a) o direito de greve será exercido nos termos e nos limites definidos em lei complementar.
b) os cargos em comissão, exercidos exclusivamente por servidores ocupantes de cargo efetivo, e as funções de confiança, a
serem preenchidas por servidores de carreira nos casos, condições e percentuais mínimos previstos em lei, destinam-se às
atribuições de direção, chefia e assessoramento.
c) a remuneração dos servidores públicos somente poderá ser fixada ou alterada por lei específica, observada a iniciativa
privativa em cada caso, assegurada a revisão geral anual, sempre na mesma data e sem distinção de índices.
d) somente por lei específica poderá ser criada autarquia e autorizada a instituição de empresa pública e de sociedade de
economia mista, cabendo à lei complementar definir as áreas de suas atuações.
e) os cargos, empregos e funções públicas são acessíveis somente aos brasileiros, natos ou naturalizados, que preencham os
requisitos estabelecidos em lei.

31 - Assinale a alternativa correta:


a) São estáveis, após três anos de suas posses, os servidores públicos nomeados para cargo de provimento efetivo em virtude
de concurso público.
b) Se adquirida a estabilidade pelo servidor público, somente poderá ele perder o cargo em virtude de sentença judicial
transitada em julgado.
c) Como condição para a aquisição de estabilidade, é obrigatória a avaliação especial de conhecimento e eficiência a ser
realizada por comissão instituída para essa finalidade por meio de lei.
d) Extinto o cargo ou declarada a sua desnecessidade, o servidor estável ficará em disponibilidade, com remuneração
proporcional ao tempo de serviço, até seu adequado aproveitamento em outro cargo.
e) Invalidada por sentença judicial a demissão do servidor estável, será ele reintegrado, e o eventual ocupante da vaga, se
estável, reconduzido ao cargo de origem, com direito à indenização, se o ato de demissão ilegal praticado pela administração
pública causou-lhe prejuízo.

32 - Assinale a alternativa incorreta:


a) Cargos públicos podem ser ocupados por estrangeiros.
b) Decretos podem declarar de livre nomeação e exoneração cargos em comissão.
c) Só os servidores ocupantes de cargo efetivo podem exercer função de confiança.
d) Os cargos em comissão destinam-se apenas às atribuições de direção, chefia e assessoramento.
e) As funções de confiança destinam-se apenas às atribuições de direção, chefia e assessoramento.

33 - Pedro, oficial de justiça, encontra-se no exercício de mandato eletivo. Assinale a alternativa incorreta:
a) Se o mandato for estadual, ficará afastado do seu cargo.
b) Se o mandato for de Vereador, havendo compatibilidade de horários, perceberá as vantagens de seu cargo, emprego ou
função, sem prejuízo da remuneração do cargo eletivo, e, não havendo compatibilidade, poderá optar pela sua remuneração.
c) Seu tempo de serviço será contado para todos os efeitos legais, exceto para promoção por merecimento.
d) Se o mandato for de Prefeito, havendo compatibilidade de horários, perceberá as vantagens de seu cargo, emprego ou
função, sem prejuízo da remuneração do cargo eletivo, e, não havendo compatibilidade, poderá optar pela sua remuneração.
e) Para efeito de benefício previdenciário, no caso de afastamento, os valores serão determinados como se no exercício
estivesse.

34 - Adquire-se a estabilidade no serviço público:


a) após 4 anos de efetivo exercício.
b) após 5 anos de efetivo exercício.
c) após 10 anos de efetivo exercício.
d) após 3 anos de efetivo exercício.
e) Após 3 anos da posse.

35 - Os princípios previstos no "caput" do art. 37 da Constituição Federal:


a) serão obedecidos apenas pela administração pública direta e indireta do Poder Executivo da União, dos Estados e dos
Municípios.
b) não serão obedecidos pela administração pública direta dos Estados e Municípios.
www.betaconcursos.com
c) serão obedecidos apenas pela administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União.
d) não serão obedecidos pela administração pública indireta dos Estados e Municípios.
e) serão obedecidos pela administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes dos Municípios.

36 - O funcionário público será obrigado a indenizar a Fazenda Estadual, de uma só vez, a importância do prejuízo causado
em virtude de:
a) omissão em efetuar recolhimento ou entrada nos prazos legais.
b) sonegação de valores e objetos confiados à sua guarda ou responsabilidade.
c) qualquer erro de cálculo ou redução contra a Fazenda.
d) aquisição de materiais em desacordo com disposições legais e regulamentares.
e) quaisquer danos ou avarias sofridos pelos bens e materiais sob sua guarda.

37 - Assinale a alternativa correta:


a) Ao funcionário que praticar insubordinação grave será aplicada a pena de demissão a bem do serviço público.
b) Ao funcionário que abandonar o cargo será aplicada a pena de suspensão, por até 90 (noventa) dias.
c) Ao funcionário que aplicar indevidamente dinheiro público será aplicada a pena de demissão a bem do serviço público.
d) Ao funcionário que adotar procedimento irregular, de natureza grave, será aplicada a pena de multa, que poderá ser
descontada do seu vencimento ou remuneração.
e) Ao funcionário que revelar dolosamente segredos de que tenha conhecimento em razão do cargo, com prejuízo para o
Estado, será aplicada a pena de demissão.

38 - Será aplicada a pena de cassação de aposentadoria ou de disponibilidade, se ficar provado que o inativo, quando em
atividade:
a) praticou falta grave para a qual é cominada a pena de repreensão.
b) deixou de zelar pela economia do material do Estado e pela conservação do que foi confiado à sua guarda ou utilização.
c) praticou falta grave para a qual é cominada a pena de suspensão.
d) ausentou-se do serviço, sem causa justificável, por mais de 45 (quarenta e cinco) dias, interpoladamente, durante um ano.
e) não desempenhou com zelo e presteza os trabalhos de que era incumbido.

39 - Assinale a alternativa incorreta:


a) A pena de repreensão será aplicada por escrito, nos casos de indisciplina ou falta de cumprimento dos deveres.
b) Todas as penas impostas ao funcionário devem constar do seu assentamento individual, exceto a repreensão, quando
verbal.
c) o funcionário que, sem justa causa, deixar de atender a qualquer exigência para cujo cumprimento seja marcado prazo
certo, terá suspenso o pagamento de seu vencimento ou remuneração até que satisfaça essa exigência.
d) o aposentado que, sem justa causa, deixar de atender a qualquer exigência para cujo cumprimento seja marcado prazo
certo, terá suspenso o pagamento de seu vencimento ou remuneração até que satisfaça essa exigência.
e) o funcionário em disponibilidade que, sem justa causa, deixar de atender a qualquer exigência para cujo cumprimento
seja marcado prazo certo, terá suspenso o pagamento de seu vencimento ou remuneração até que satisfaça essa exigência.

GABARITO
01- D 11-D 21-C 31-D
02-E 12-A 22-B 32-B
03-C 13-E 23-D 33-D
04-A 14-E 24-B 34-D
05-B 15-B 25-B 35-E
06-A 16-B 26-E 36-A
07-B 17-E 27-C 37-A
08-B 18-A 28-E 38-D
09-D 19-C 29-B 39-B
10-A 20-E 30-C xxxxx

Olha aqui! Mais uma bateria de exercícios pra você.

01) Sobre o tema "responsabilidades do servidor", é correto afirmar:


a) a punição do servidor na esfera administrativa pressupõe prévia responsabilização nas esferas cível e penal;
b) a responsabilidade civil-administrativa resulta de ato omissivo ou comissivo praticado no
desempenho do cargo ou função;
c) tratando-se de dano causado ao erário, responderá o servidor perante a Fazenda Pública, em ação regressiva;
d) a obrigação de reparar o dano não se estende aos sucessores do servidor falecido;
e) a responsabilidade criminal do servidor será afastada no caso de absolvição na esfera
administrativa que negue a existência do fato ou a sua autoria.
www.betaconcursos.com

02) Assinale a alternativa correta:


a) Ao funcionário que praticar insubordinação grave será aplicada a pena de demissão a bem do serviço público.
b) Ao funcionário que abandonar o cargo será aplicada a pena de suspensão, por até 90 (noventa) dias.
c) Ao funcionário que aplicar indevidamente dinheiro público será aplicada a pena de demissão a bem do serviço público.
d) Ao funcionário que adotar procedimento irregular, de natureza grave, será aplicada a pena de multa, que poderá ser
descontada do seu vencimento ou remuneração.
e) Ao funcionário que revelar dolosamente segredos de que tenha conhecimento em razão do cargo, com prejuízo para o
Estado, será aplicada a pena de demissão.

03) Será aplicada a pena de cassação de aposentadoria ou de disponibilidade, se ficar provado que o inativo, quando em
atividade:
a) praticou falta grave para a qual é cominada a pena de repreensão.
b) deixou de zelar pela economia do material do Estado e pela conservação do que foi confiado à sua guarda ou utilização.
c) praticou falta grave para a qual é cominada a pena de suspensão.
d) ausentou-se do serviço, sem causa justificável, por mais de 45 (quarenta e cinco) dias, interpoladamente, durante um ano.
e) não desempenhou com zelo e presteza os trabalhos de que era incumbido.

04) Joaquim da Silva, agente penitenciário, conduzia veículo oficial quando provocou acidente do qual resultaram, além de
danos materiais, lesões corporais graves para as vítimas. O processo penal instaurado resultou na condenação de Joaquim da
Silva pelo crime de lesões corporais graves. Em face da situação descrita, assinale a opção correta acerca da responsabilidade
civil da Administração Pública, de acordo com as regras constantes na Constituição Federal e na Lei nº 8.112/90.
a) A condenação penal do agente implicará o dever de a administração indenizar o prejuízo sofrido
pela vítima. Em seguida, a administração deverá intentar ação regressiva contra o agente.
b) Em face da condenação penal do agente, a vítima não mais poderá demandar civilmente a Administração Pública,
cabendo eventualmente ação cível contra Joaquim da Silva.
c) A Condenação criminal em nenhum aspecto vinculará a decisão judicial quanto ao dever de a administração indenizar a
vítima.
d) Tanto a responsabilidade da administração para com a vítima quanto a responsabilidade do agente em face da
administração seguem a teoria da responsabilidade objetiva.
e) Apenas a administração terá o dever de indenizar a vítima, não cabendo nenhum tipo de ação regressiva contra o agente
em face de encontrar-se no exercício de suas funções.

05) Assinale a alternativa em que os períodos completam corretamente a seguinte afirmação: O prazo da prescrição inicia-se
no dia em que ________________ e interrompe-se pelo(a) ___________________.

a) for praticada a infração disciplinar / notificação do funcionário faltoso para defender-se.


b) o funcionário for notificado para defender-se / encerramento do respectivo processo administrativo ou da sindicância,
quando for o caso.
c) a autoridade tomar conhecimento da falta / abertura de sindicância ou instauração do processo administrativo, quando for
o caso.
d) for aberta a sindicância preliminar / instauração do processo administrativo.
e) for encerrado o processo administrativo / julgamento por parte da autoridade competente para aplicação da pena
disciplinar.

06) Assinale a alternativa incorreta:


a) A pena de repreensão será aplicada por escrito, nos casos de indisciplina ou falta de cumprimento dos deveres.
b) Todas as penas impostas ao funcionário devem constar do seu assentamento individual, exceto a repreensão, quando
verbal.
c) o funcionário que, sem justa causa, deixar de atender a qualquer exigência para cujo cumprimento seja marcado prazo
certo, terá suspenso o pagamento de seu vencimento ou remuneração até que satisfaça essa exigência.
d) o aposentado que, sem justa causa, deixar de atender a qualquer exigência para cujo cumprimento seja marcado prazo
certo, terá suspenso o pagamento de seu vencimento ou remuneração até que satisfaça essa exigência.
e) o funcionário em disponibilidade que, sem justa causa, deixar de atender a qualquer exigência para cujo cumprimento seja
marcado prazo certo, terá suspenso o pagamento de seu vencimento ou remuneração até que satisfaça essa exigência.

07) O prazo para a decisão final dos recursos é de:


a) 90 (noventa) dias, contados da data da publicação da decisão recorrida.
b) 30 (trinta) dias, contados da data do recebimento na repartição.
c) 90 (noventa) dias, contados da data do recebimento na repartição.
d) 30 (trinta) dias, contados da data da publicação da decisão recorrida.
e) 45 (quarenta e cinco) dias, contados da data da publicação da decisão recorrida.

08) Não é dever do funcionário:


a) dignificar a função pública.
b) residir no local onde exerce o cargo público.
c) cooperar com os companheiros de trabalho.
d) ser diligente no cumprimento dos trabalhos de que for incumbido.
www.betaconcursos.com
e) providenciar para que esteja sempre em ordem, no assentamento individual, a sua declaração de bens.

09) Assinale a alternativa correta:


a) O pagamento da indenização a que ficar obrigado o funcionário não exime o exame da pena disciplinar em que incorrer.
b) A responsabilidade administrativa exime o funcionário da responsabilidade civil.
c) A responsabilidade administrativa exime o funcionário da responsabilidade penal.
d) O pagamento da indenização a que ficar obrigado o funcionário exime o exame da pena disciplinar em que incorrer.
e) O pagamento da indenização a que ficar obrigado o funcionário exime-o da responsabilidade penal.

10) O funcionário que, sem justa causa, deixar de atender a qualquer exigência para cujo cumprimento seja marcado prazo
certo será aplicada a pena de:
a) repreensão.
b) suspensão.
c) multa.
d) demissão.
e) demissão a bem do serviço público.

11) Não é dever do funcionário:


a) Cumprir as ordens superiores, representando quando lhe parecerem imorais.
b) Ser assíduo e pontual.
c) Proceder na vida pública e privada na forma que dignifique a função pública.
d) Zelar pela economia do material do Estado.
e) Atender prontamente, com preferência sobre qualquer outro serviço, às requisições de papéis que lhe forem feitas pelas
autoridades administrativas, para defesa do Estado, em juízo.

12) Não é sempre proibido ao funcionário:


a) Manifestar-se depreciativamente, em despacho, sobre autoridades constituídas.
b) Sem motivo justificado, retirar, sem prévia permissão da autoridade competente, qualquer documento ou objeto existente
na repartição.
c) Sem causa justificada, não comparecer ao serviço.
d) Durante as horas de trabalho, assistir a palestras.
e) Empregar material do serviço público em serviço particular.

13) Assinale a alternativa correta:


a) O funcionário que adquirir materiais em desacordo com disposições legais e regulamentares, será responsabilizado
somente pelo prejuízo e será punido com as penalidades disciplinares cabíveis, podendo-se proceder ao desconto no seu
vencimento ou remuneração, não excedendo o desconto à 10ª (décima) parte do valor destes.
b) O funcionário que adquirir materiais em desacordo com disposições legais e regulamentares, será responsabilizado pelo
respectivo custo, sem prejuízo das penalidades disciplinares cabíveis, podendo-se proceder ao desconto no seu vencimento ou
remuneração.
c) O funcionário que adquirir materiais em desacordo com disposições legais e regulamentares, será responsabilizado
somente pelo prejuízo e será punido com as penalidades disciplinares cabíveis, vedado o desconto no seu vencimento ou
remuneração.
d) O funcionário que adquirir materiais em desacordo com disposições legais e regulamentares, será responsabilizado pelo
respectivo custo, sem prejuízo das penalidades disciplinares cabíveis, vedado o desconto no seu vencimento ou remuneração.
e) O funcionário que adquirir materiais em desacordo com disposições legais e regulamentares, será responsabilizado
somente pelo respectivo prejuízo, podendo-se proceder ao desconto no seu vencimento ou remuneração, caso em que será
vedada a punição administrativa.

14) São penas disciplinares, exceto:


a) Repreensão.
b) Suspensão.
c) Multa.
d) Prisão administrativa.
e) Demissão a bem do serviço público.

15) Mévio, funcionário público civil, cometeu, em julho de 1989, em serviço, falta também prevista em lei como infração
penal. No mês de julho de 1990, a autoridade tomou conhecimento da existência da falta e, em decorrência, foi instaurado
processo administrativo, precisamente no mês de julho de 1995. O processo administrativo concluiu, em julho de 1996, pela
punição de Mévio. Considerando que o prazo prescricional para a infração penal correspondente à falta é de 4 (quatro) anos,
assinale a alternativa correta:
a) A punibilidade prescreveu em julho de 1993.
b) A punibilidade prescreveu em julho de 1994.
c) A punibilidade prescreverá em julho de 1999.
d) A punibilidade prescreverá em julho de 2000.
e) A punibilidade prescreveu em julho de 1997.

16) Assinale a alternativa correta sobre o pedido de reconsideração na esfera administrativa:


www.betaconcursos.com
a) O pedido de reconsideração só será cabível quando contiver novos argumentos e será sempre dirigido à autoridade a que
estiver imediatamente subordinado a que tenha expedido o ato ou proferido a decisão.
b) Nenhum pedido de reconsideração poderá ser renovado.
c) O pedido de reconsideração deverá ser decidido no prazo máximo de 15 (quinze) dias.
d) Do ato que apreciar o pedido de reconsideração não caberá nenhum recurso.
e) O interessado pode formular pedido de reconsideração e interpor recurso simultaneamente.

17) Os pedidos de reconsideração e os recursos, quando cabíveis, e apresentados dentro do prazo previsto em lei,
interrompem a prescrição:
a) até 2 (duas) vezes no máximo, determinando a contagem de novos prazos, a partir da publicação oficial do despacho
denegatório ou restritivo do pedido.
b) uma única vez, determinando a suspensão da contagem do prazo, a partir da interposição do recurso ou do pedido de
reconsideração.
c) até 2 (duas) vezes no máximo, determinando a contagem de novos prazos, a partir da publicação oficial do despacho que
recebeu o recurso ou o pedido de reconsideração.
d) uma única vez, determinando a contagem de novo prazo, a partir da publicação oficial do despacho denegatório ou
restritivo do pedido.
e) até 3 (três) vezes no máximo, determinando a suspensão da contagem dos prazos, a partir da interposição do recurso ou do
pedido de reconsideração.

18) Ao funcionário que pedir, por empréstimo, dinheiro ou quaisquer valores a pessoas que tratem de interesses ou o tenham
na repartição, ou estejam sujeitos à sua fiscalização, será aplicada a pena de:
a) suspensão.
b) demissão a bem do serviço público.
c) demissão.
d) multa.
e) repreensão.

19) Nenhuma solicitação, qualquer que seja a sua forma, poderá ser:
a) dirigida à autoridade que tiver proferido a decisão, cuja reforma pretender.
b) dirigida mais de uma vez à mesma autoridade, se se tratar de recurso.
c) encaminhada por intermédio da autoridade a que estiver imediatamente subordinado o funcionário.
d) dirigida à autoridade competente para decidi-la.
e) realizada se contiver argumentos novos relativamente a anterior solicitação sobre o mesmo assunto.

20) O pedido de reconsideração deverá ser decidido em até:


a) 30 (trinta) dias.
b) 45 (quarenta e cinco) dias.
c) 60 (sessenta) dias.
d) 90 (noventa) dias.
e) 120 (cento e vinte) dias.

21) Assinale a alternativa correta:


a) A responsabilidade administrativa não exime o funcionário da responsabilidade civil ou criminal que no caso couber, mas
o pagamento da indenização a que ficar obrigado exime o exame da pena disciplinar.
b) O pagamento da indenização a que ficar obrigado o funcionário responsabilizado administrativamente não exime o exame
da pena disciplinar em que incorrer.
c) Conquanto a responsabilidade criminal e a civil sejam independentes, ficarão afastadas se a responsabilidade
administrativa for convertida em pena administrativa e pagamento de indenização, pois os objetivos de uma, a punição, e de
outra, a indenização, já terão sido alcançados.
d) A responsabilidade criminal exime o funcionário da responsabilidade administrativa, mas o pagamento da indenização a
que ficar obrigado o funcionário responsabilizado civilmente não exime o exame da pena disciplinar em que incorrer.
e ) O exame da pena disciplinar em que incorrer o funcionário responsabilizado administrativamente exime o pagamento da
indenização a que ficar obrigado.

22) Julgue as assertivas abaixo e assinale a alternativa correta:


I - É dever do funcionário atender prontamente, com preferência sobre qualquer outro serviço, às requisições de papéis,
documentos, informações ou providências que lhe forem feitas pelas autoridades judiciárias ou administrativas, para defesa
do Estado, em Juízo.
II - O funcionário que, sem justa causa, deixar de atender a qualquer exigência para cujo cumprimento seja marcado prazo
certo, terá suspenso o pagamento de seu vencimento ou remuneração até que satisfaça essa exigência.
III - O aposentado que, sem justa causa, deixar de atender a qualquer exigência para cujo cumprimento seja marcado prazo
certo, terá suspenso o pagamento de seu vencimento ou remuneração até que satisfaça essa exigência.
a) Todas as alternativas estão corretas.
b) Apenas a alternativa II está correta.
c) Apenas a alternativa III está correta.
d) Apenas as alternativas I e II estão corretas.
e) Todas as alternativas estão incorretas.
www.betaconcursos.com

23) Julgue os itens abaixo e assinale a alternativa correta:


I - É proibido ao funcionário público promover manifestações de apreço dentro da repartição, ou tornar-se solidário com
elas.
II - É proibido ao funcionário público promover ou subscrever listas de donativos dentro da repartição.
III - Não é proibido ao funcionário público constituir-se procurador ou servir de intermediário de parentes até o segundo
grau perante qualquer repartição pública.
a) todos os itens estão corretos.
b) todos os itens estão incorretos.
c) somente estão corretos os itens I e II.
d) somente está correto o item I.
e) somente está correto o item II.

24) Será aplicada a pena de demissão a bem do serviço público ao funcionário que:
a) aplicar indevidamente as verbas públicas.
b) cometer falta grave.
c) abandonar o cargo.
d) adotar procedimento irregular, de natureza grave.
e) revelar dolosamente segredos de que tenha conhecimento em razão do cargo, com prejuízo para o Estado.

25) O funcionário, até que repare a falta, terá suspenso o pagamento de seu vencimento ou remuneração:
a) sempre que deixar de atender a qualquer exigência do seu superior hierárquico.
b) sempre que deixar de atender a qualquer exigência para cujo cumprimento seja marcado prazo certo.
c) quando, sem justa causa, deixar de atender a qualquer exigência para cujo cumprimento seja marcado prazo certo.
d) quando, sem justa causa, deixar de atender a qualquer exigência do seu superior hierárquico.
e) quando, embora justificadamente, deixar de atender a qualquer exigência para cujo cumprimento seja marcado prazo
certo.

26) Julgue os itens abaixo e assinale a alternativa correta:


I - É dever do funcionário público promover manifestações de apreço dentro da repartição, ou tornar-se solidário com elas.
II - É proibido ao funcionário público promover ou subscrever listas de donativos dentro da repartição.
III - É proibido ao funcionário público constituir-se procurador ou servir de intermediário de parentes até o segundo grau
perante qualquer repartição pública.
a) Todos os itens estão corretos.
b) Somente estão corretos os itens II e III.
c) Somente está correto o item I.
d) Somente está correto o item II.
e) Somente está correto o item III.

27) Ao funcionário público não é proibido:


a) freqüentar toda e qualquer espécie de palestra durante as horas de trabalho.
b) participar da gerência ou administração de sociedades que mantenham relações comerciais com o Estado.
c) participar, como acionista ou quotista, de sociedades que mantenham relações comerciais com o Estado.
d) participar da gerência ou administração de sociedades subvencionadas pelo Estado.
e) fazer contratos de natureza comercial ou industrial com o Estado, como representantes de terceiro.

28) Assinale a alternativa correta:


a) O funcionário não poderá, em hipótese alguma, cometer a pessoas estranhas às repartições o desempenho de encargos que
lhe competirem ou a seus subordinados.
b) O funcionário que adquirir materiais em desacordo com disposições legais e regulamentares, deverá repor, de uma só vez,
a importância correspondente ao respectivo custo, sem prejuízo das penalidades disciplinares cabíveis.
c) A pena de repreensão será aplicada verbalmente, nos casos de indisciplina ou falta de cumprimento dos deveres.
d) Os chefes de diretorias ou divisões têm competência para aplicar a pena disciplinar de suspensão, limitada a 15 (quinze)
dias.
e) O ato que demitir o funcionário público mencionará, sempre que possível, a disposição legal em que se fundamenta.

29) Julgue os itens abaixo e assinale a alternativa correta:


I - O Governador tem competência para aplicar a pena disciplinar de suspensão, até o limite de 90 (noventa) dias.
II - Será aplicada a pena de demissão a bem do serviço público ao funcionário que aplicar indevidamente o dinheiro público.
III - Somente a juízo do Governador do Estado a pena de suspensão poderá ser convertida em pena de multa, na base de 50%
(cinqüenta por cento) por dia de vencimento ou remuneração, sendo o funcionário, nesse caso, obrigado a permanecer em
serviço.
a) Todos os itens estão corretos.
b) Somente estão corretos os itens II e III.
c) Somente está correto o item I.
d) Somente está correto o item II.
e) Somente está correto o item III.
www.betaconcursos.com
30) Prescreverá a punibilidade:
a) da falta sujeita à pena de cassação de aposentadoria, em 5 (cinco) anos.
b) da falta sujeita à pena de multa, em 3 (três) anos.
c) da falta sujeita à pena de suspensão, em 5 (cinco) anos.
d) da falta sujeita à pena de demissão, em 8 (oito) anos.
e) da falta sujeita à pena de demissão a bem do serviço público, em 10 (dez) anos.

31) Assinale a alternativa correta:


a) O direito de pleitear na esfera administrativa prescreve a partir da data em que for praticado o ato impugnado.
b) O direito de pleitear na esfera administrativa prescreve, quando o ato for de natureza reservada, a partir da data em que
dele tiver conhecimento o funcionário, no prazo de 5 (cinco) anos, quanto aos atos de que decorrer a suspensão.
c) O direito de pleitear na esfera administrativa prescreve, quando o ato for de natureza reservada, a partir da data em que
dele tiver conhecimento o funcionário, no prazo de 10 (dez) anos, quanto aos atos de que decorrer a demissão.
d) O direito de pleitear na esfera administrativa prescreve, quando o ato for de natureza reservada, a partir da data em que
dele tiver conhecimento o funcionário, no prazo de 120 (cento e vinte) dias, quanto aos atos de que decorrer multa.
e) O direito de pleitear na esfera administrativa prescreve, quando o ato for de natureza reservada, a partir da data em que
dele tiver conhecimento o funcionário, no prazo de 120 (cento e vinte) dias, quanto aos atos de que decorrer a aposentadoria.

32) Quanto à prescrição na esfera administrativa, assinale a alternativa correta:


a) Os recursos podem interromper a prescrição somente por uma vez.
b) O prazo de prescrição da punibilidade administrativa inicia-se no dia em que for aberta a sindicância.
c) Os pedidos de reconsideração podem interromper a prescrição até 2 (duas) vezes no máximo.
d) O prazo de prescrição da punibilidade administrativa suspende-se pela instauração do processo administrativo.
e) A prescrição só será suspensa pela interposição de recurso, se este, sendo cabível, for interposto dentro do prazo legal.

33) Não é dever do funcionário:


a) ser assíduo e pontual.
b) residir no local onde exerce o cargo, ou onde autorizado.
c) tratar com urbanidade os companheiros de serviço e as partes.
d)) proceder na vida pública e privada na forma que dignifique a função pública.
e) ) cooperar e manter espírito de solidariedade com os companheiros de trabalho e as partes.

34) Assinale a alternativa incorreta:


a) O funcionário que adquirir materiais em desacordo com disposições legais e regulamentares será responsabilizado pelo
respectivo custo.
b) A pena de repreensão será sempre aplicada verbalmente.
c) É condição para aplicação da pena de demissão por ineficiência no serviço a prévia verificação da impossibilidade de
readaptação.
d) O ato que demitir o funcionário mencionará sempre a disposição legal em que se fundamenta.
e)Os chefes de seção podem aplicar a pena de suspensão

35) O regime jurídico dos contratos administrativos confere à Administração a prerrogativa de, por razões de interesse
público de alta relevância:
a) rescindir o ajuste;
b) revogar o ajuste;
c) nulificar o ajuste;
d) reformar o ajuste;
e) vincular o ajuste.

36) Assinale a alternativa incorreta.


Relativamente à rescisão do contrato administrativo:
a) uma vez que a Administração tem o dever de cumprir os deveres impostos pela lei e pelo contrato, e ainda o que não
prevalece o princípio da "autonomia da vontade", não há possibilidade legal de rescisão consensual por acordo entre as
partes do contrato administrativo;
b) a rescisão por ato unilateral produz seus efeitos jurídicos desde logo (ex nunc). Logo, o particular ficará sujeito, de
imediato, às conseqüências da extinção do contrato;
c) no caso de rescisão judicial, a sentença que compõe o litígio, pode ter natureza declaratória, produzindo efeito ex nunc;
d) a lei confere à Administração a prerrogativa de rescisão unilateral do contrato, o que não a dispensa, todavia de
observância de devido processo administrativo, assegurado o respeito ao contraditório.

37) As Emendas Constitucionais nos 19 e 20 alteraram alguns dispositivos da Constituição brasileira relativos aos servidores
públicos. Com relação a esse tema, assinale a opção correta.
a) Os magistrados e membros do Ministério Público serão remunerados de acordo com os mesmos critérios de remuneração
aplicáveis aos demais servidores públicos.
b) Foi extinta a estabilidade dos servidores públicos.
c) A aposentadoria compulsória se dará aos setenta e cinco anos de idade.
d) Foi mantida a aposentadoria voluntária proporcional por tempo de serviço.
www.betaconcursos.com
e) A aposentadoria voluntária pressupõe, tanto para homens quanto para mulheres, tempo mínimo de dez anos de efetivo
exercício no serviço público e cinco anos no cargo eletivo em que se dará a aposentadoria.

38) Marina, empregada do Banco do Brasil, sociedade economia mista, prestou concurso para cargo técnico do MPU e,
aprovada, tomou posse e entrou em exercício na mesma data da posse. Entendendo que haveria compatibilidade de horários,
manteve a servidora o seu emprego no Banco do Brasil. Verificando a acumulação, sua chefe no MPU notificou-a da
necessidade de que fizesse opção pelo emprego ou pelo cargo público. Em face dessa situação, assinale a opção correta.
a) Marina não estará obrigada a fazer opção, haja vista a compatibilidade de horários tornar a acumulação permitida.
b) Marina não estará obrigada a fazer opção, haja vista a Emenda Constitucional nº 19/98 não mais caracterizar como
indevida a acumulação de cargo público com emprego em sociedade de economia mista.
c) A servidora, caso não faça opção, deverá ser imediatamente demitida do cargo que ocupa no MPU.
d) A chefia deverá, em face da omissão da servidora em manifestar-se acerca da opção, adotar procedimento sumário para a
apuração e regularização imediata da situação.
e) Caso a servidora faça opção pelo cargo ou emprego, no prazo legal, ainda assim sua conduta caracterizará má-fé e exigirá
a aplicação de punição.

39) A aprovação do texto da reforma administrativa, pela Emenda Constitucional nº 19/98, alterou diversos dispositivos
disciplinadores da Administração Pública brasileira. Em particular, foi extinto(a) o(a):
I - estabilidade dos servidores públicos;
II - regime jurídico único dos servidores públicos;
III - paridade (isonomia de vencimentos) entre os servidores dos diversos Poderes;
IV - vedação de vinculações ou equiparações de vencimentos.
Estão certos apenas os itens:
a) I e II;
b) I e III;
c) I e IV;
d) II e III;
e) II e IV.

40) Emanuela adquiriu a estabilidade no serviço público federal em decorrência de ter ocupado cargo na Administração
Pública direta. Após aprovação em novo concurso público para o cargo de Assistente da Carreira de Apoio Técnico-
Administrativo do Ministério Público da União (MPU), foi a mencionada servidora investida no novo cargo. Em face da
situação apresentada, Emanuela:
a) não mais se submeterá a novo estágio probatório, por já o haver cumprido na Administração Pública federal direta;
b) será submetida a novo estágio probatório e, caso não o cumpra, será exonerada do serviço público;
c) será submetida a novo estágio probatório e, caso não o cumpra, será reconduzida ao antigo cargo;
d) será submetida a novo estágio probatório e, caso não o cumpra, será posta em disponibilidade;
e) será submetida a novo estágio probatório e, caso não o cumpra, será reintegrada no antigo cargo. A reintegração de
Emanuela independe de ter sido o seu antigo cargo provido.

41) A nova redação do art. 39 da Constituição Federal, definida pela Emenda Constitucional nº 19, extinguiu o regime
jurídico único dos servidores públicos. Assinale a opção correta acerca das conseqüência decorrentes dessa extinção.
a) Os estados e municípios poderão, a partir de então, adotar para seus servidores regime jurídico distinto do adotado pela
União.
b) Poderão ser admitidos empregados pelo regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) para entidades autárquicas,
fundacionais ou mesmo para a própria Administração Pública direta.
c) Empresas públicas e sociedades de economia mista não mais estarão obrigadas a seguir regime estatutário.
d) Empresas públicas e sociedades de economia mista não mais estão obrigadas a contratar seus empregados mediante
concurso público.
e) As autarquias deverão manter o mesmo regime aplicável aos servidores da administração direta a que estejam vinculadas;
as fundações poderão adotar o regime da CLT.

42) O servidor homem que venha a ocupar cargo técnico efetivo da União aos 46 anos de idade e que já conte 25 anos de
contribuição à previdência terá direito à aposentadoria voluntária.
a) com proventos integrais correspondentes à remuneração do cargo ocupado, ao completar 35 anos
de contribuição;
b) com proventos integrais correspondentes à remuneração recebida na ativa, se permanecer 14 anos no cargo para o qual
prestou o concurso público;
c) com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ao atingir a idade de 55 anos;
d) desde que complete 10 anos de efetivo serviço público, sendo 5 anos no cargo em que se dará a aposentadoria;
e) desde que atenda, simultaneamente, aos requisitos de 35 anos de contribuição e 10 anos no cargo em que se dará a
aposentadoria.

43) As recentes reformas constitucionais impuseram significativas mudanças para os servidores públicos. Em relação a esse
assunto, julgue os itens a seguir.
I - O novo teto de remuneração dos ocupantes de cargos, funções ou empregos da administração direta corresponde ao
subsídio dos ministros do STF, mas as vantagens pessoais não podem ser computadas para esse fim, como, por exemplo, os
anuênios.
www.betaconcursos.com
II - Reconheceu-se que a greve é um instrumento de pressão do trabalhador por aumento de salários, não fazendo sentido que
os servidores públicos, que só podem ter sua remuneração revista por lei, mantivessem esse direito; assim, suprimiu-se o
direito de greve dos servidores públicos.
III - Todos os servidores públicos que ingressarem em cargos ou empregos da administração direta ou indireta no ano de
1999 serão aposentados com proventos integrais, se preencherem as múltiplas condições estabelecidas pela Emenda
Constitucional nº 20, entre elas, a de contar cinco anos no cargo ou emprego em que se dará a aposentadoria.
IV - Em caso de acumulação de um cargo técnico com um cargo de professor, poderá o servidor ser beneficiado com duas
aposentadorias à conta do regime especial de previdência.
V - As normas relativas à reforma previdenciária dependem de regulamentação do Congresso Nacional. Por isso, os antigos
servidores que venham a adquirir direito à aposentadoria com base nas regras antes vigentes poderão delas se beneficiar, até
que sobrevenha a legislação infraconstitucional que permita a aplicação do novo sistema.
A quantidade de itens certos é igual a:
a) 1
b) 2
c) 3
d) 4
e) 5

44) Nos termos da Constituição em vigor, o agente público ordenador de despesa que se apropriar de valores ou bens sob
sua administração estará cometendo ato de improbidade administrativa. As possíveis cominações aplicáveis a esse infrator
incluem a(s):
I - suspensão dos direitos políticos;
II - perda da função pública e o ressarcimento do dano ao erário;
III - indisponibilidade do patrimônio pessoal;
IV - multa proporcional ao dano;
V - sanções do Código Penal.
A quantidade de itens certos é igual a:
a) 1
b) 2
c) 3
d) 4
e) 5

45) A respeito da responsabilidade civil do Estado, assinale a alternativa correta.


a) A responsabilidade civil objetiva das entidades de direito público exonera o eventual atingido da prova do nexo de
causalidade.
b) Não influi no juízo sobre a responsabilidade civil da administração a eventual contribuição ou concorrência da vítima para
o evento danoso.
c) Nos termos da Constituição, o ato lícito da administração não poderá dar ensejo à responsabilidade civil.
d) A responsabilidade civil do Estado adotada pela Constituição é ampliada pela idéia de que se aplica entre nós a teoria da
equivalência das condições.
e) A doutrina e a jurisprudência brasileiras admitem que a responsabilidade civil do Estado submete-se entre nós à teoria do
dano direto e imediato ou da interrupção do nexo causal.

46) Considere que, após aprovação em concurso público de provas e títulos para cargo de professor da Fundação
Universidade de Brasília, universidade pública federal, João Carlos, que não possuía qualquer vínculo com o serviço público,
entrou em exercício e, conseqüentemente, submeteu-se ao estágio probatório. A avaliação do desempenho do professor, após
ser-lhe assegurada ampla defesa, nos termos da lei, constatou a sua inassiduidade, indisciplina e improdutividade. Decidiu-se,
então, pela não-aprovação no estágio probatório. Nesses termos, João Carlos deverá ser:
a) demitido;
b) exonerado;
c) destituído;
d) dispensado;
e) posto em disponibilidade.

47) Nos termos em que atualmente a Constituição disciplina a matéria, a estabilidade no serviço público:
a) é adquirida após 3 anos de efetivo exercício, pelos servidores concursados nomeados para cargos de provimento efetivo ou
em comissão;
b) não poderá ser adquirida pelos estrangeiros que, na forma da lei, possam ter acesso aos cargos públicos;
c) somente poderá ser adquirida pelos integrantes das carreiras consideradas essenciais à administração da Justiça;
d) não impede a perda do cargo do servidor estável, na hipótese de verificar-se excesso de despesa com pessoal ativo em
relação aos limites estabelecidos em lei complementar;
e) gera para o servidor estável o direito a permanecer em disponibilidade, com remuneração integral, no caso de extinção do
seu cargo, até seu aproveitamento em outro.

48) Francisco Xavier adquiriu estabilidade no serviço público por ter ocupado cargo de nível médio na administração
pública direta do Município de Goiânia. Após aprovado em novo concurso para cargo público de nível superior na mesma
www.betaconcursos.com
administração pública municipal, foi o mencionado funcionário investido no novo cargo. Acerca da estabilidade e do estágio
probatório, considerando a situação descrita e as regras contidas na Lei nº 8.112/90, é correto afirmar que Francisco:
a) não mais se submeterá a novo estágio probatório, haja vista já o ter cumprido no primeiro cargo;
b) será submetido a novo estágio probatório e, caso não o cumpra, será exonerado do serviço público;
c) será submetido a novo estágio probatório e, caso não o cumpra, será reconduzido, a pedido, ao antigo cargo, dependendo
da existência de vaga;
d) será submetido a novo estágio probatório e, caso não o cumpra, será demitido;
e) será submetido a novo estágio probatório e, caso não o cumpra, será reintegrado no antigo cargo, independentemente de o
seu antigo cargo já ter sido provido.

49) Considerando as regras contidas na Lei nº 8.112/90, assinale a opção correta.


a) Exoneração é modalidade de sanção disciplinar a ser aplicada em caso de transgressão funcional grave;
b) A destituição de cargo em comissão se dará a juízo da autoridade competente ou a pedido do próprio servidor.
c) O funcionário ocupante de cargo efetivo que não satisfizer às condições do estágio probatório será demitido.
d) A aplicação de sanção disciplinar exime o funcionário do dever de indenizar o dano, a fim de não caracterizar dupla
punição.
e) No seu âmbito de atuação, a autoridade administrativa pública que tiver ciência de irregularidade no serviço público será
obrigada a promover-lhe a imediata apuração, em processo disciplinar.

50) Segundo a Lei nº 8.112/90, que dispõe sobre o regime jurídico dos servidores ocupantes de cargos públicos civis na esfera
federal, no seu âmbito de atuação, a autoridade administrativa que tiver ciência de irregularidade no serviço público é
obrigada a promover a sua apuração imediata, por meio de sindicância ou processo administrativo disciplinar, assegurada ao
acusado ampla defesa. Acerca desse assunto, julgue os itens a seguir.
I - A comissão condutora de processo disciplinar será composta por, no mínimo, dois e, no máximo, quatro integrantes,
vedada a indicação de servidores sem nível superior.
II - Até o julgamento final administrativo, não poderá o servidor acusado ser privado de trabalhar e de perceber sua
remuneração.
III - O processo disciplinar distingue-se da sindicância, sendo esta utilizada apenas para infrações
apenadas com advertência.
IV - O servidor indiciado pode promover sua própria defesa, mas, em caso de revelia, terá,
necessariamente, um defensor dativo
V - A comissão processante procederá ao julgamento, tomada a decisão pelo voto da maioria dos seus
integrantes.
A quantidade de itens certos é igual a:
a) 1
b) 2
c) 3
d) 4
e) 5

51) Ana, Estêvão e Teresa começaram a trabalhar em 31 de março de 1993, sempre na carreira de apoio técnico-
administrativo do MPU. No ano de 1994, no entanto, Ana gozou licença gestante de quatro meses.
Durante todo o ano de 1997, Estêvão ficou afastado do serviço, em estudos no exterior, devidamente autorizado. Já Teresa,
durante o mês de novembro de 1998, esteve em gozo de licença remunerada para tratamento de saúde de seu marido. À vista
desses dados apenas, é correto afirmar que:
a) todas as três personagens dessa situação têm o mesmo tempo de serviço público efetivo;
b) Teresa tem maior tempo de serviço público efetivo que Ana, a qual, por sua vez, tem mais tempo de serviço público efetivo
que Estêvão;
c)Estêvão e Ana têm o mesmo tempo de serviço público efetivo, o qual é superior ao de Teresa;
d) Estêvão tem mais tempo de serviço público efetivo que Ana, a qual tem mais tempo de serviço público efetivo que Teresa;
e) Ana é quem tem mais tempo de serviço público efetivo, seguida de Teresa, que, por sua vez, tem mais tempo de serviço
público efetivo que Estêvão.

52) De acordo com o regime jurídico aplicável aos servidores públicos:


a) é vedada a atividade sindical a esses servidores;
b) durante o estágio probatório, o servidor não pode desempenhar nenhum cargo em comissão ou função de confiança;
c) a cada cinco anos de efetivo serviço, todo servidor faz jus a seis meses de licença-prêmio;
d) a licença para tratar de interesses particulares não é remunerada e pode ser interrompida no interesse do serviço;
e) o servidor que recebe diárias com freqüência as incorpora, em definitivo, aos seus vencimentos.

53) De acordo com a Lei nº 8.112/90 - e suas alterações posteriores -, que rege os servidores públicos da União, de suas
autarquias e de suas fundações, julgue os itens que se seguem.
I - Não se pode estabelecer limite máximo de idade para a investidura em cargo público.
II - A posse deve ocorrer em trinta dias, contados da data da publicação da nomeação, mas o servidor empossado tem até
quinze dias para entrar em exercício, contados da data da posse.
III - O servidor estável que for demitido e tiver sua demissão invalidada por decisão judicial ou administrativa fará jus à
reintegração no cargo anteriormente ocupado, ainda que este esteja provido.
IV - A ascensão e a transferência são causas de vacância de cargo público.
www.betaconcursos.com
V - O servidor exonerado de cargo efetivo não poderá perceber indenização relativa ao período de férias ainda não
integralmente adquirido, ou seja, não se fará pagamento proporcional aos trinta dias.
A quantidade de itens certos é igual a:
a) 1
b) 2
c) 3
d) 4
e) 5

54) Quanto ao instituto da disponibilidade não é correto afirmar:


a) só se aplica ao servidor estável;
b) o aproveitamento do servidor em disponibilidade pode-se dar em qualquer outro cargo público;
c) a remuneração do servidor em disponibilidade é proporcional ao tempo de serviço;
d) o tempo de disponibilidade não é computado para fins de aposentadoria;
e) a desnecessidade do cargo pode ser revertida, com a volta à atividade do servidor em disponibilidade.

55) A respeito da posse em cargo público, assinale a opção correta.


a) A administração é livre para exigir, ou não, que, antes da posse, o empossado submeta-se à inspeção médica oficial.
b) O nomeado que não toma posse no prazo estabelecido em lei é tido como demitido.
c) Não se toma posse em cargo em comissão.
d) É possível tomar posse por meio de procuração específica.
e) Tendo tomado posse no cargo, o servidor deve, necessariamente, entrar, de imediato, em exercício no cargo.

56) O servidor público federal, subordinado ao Regime Jurídico Único da Lei nº 8.112/90, que ainda esteja em estágio
probatório, não poderá:
a) afastar-se para fazer curso de formação necessário a assumir outro cargo;
b) afastar-se para missão oficial no exterior;
c) exercer cargo comissionado;
d) ter licença para atividade política;
e) ter licença para mandato classista.

57) A, funcionário público, para satisfazer interesse pessoal, deixa de cumprir mandado judicial. A pratica o crime de:
a) prevaricação;
b) corrupção passiva;
c) violência arbitrária;
d) concussão;
e) desobediência a decisão judicial.

58) Em face da atuação de determinado agente público, agindo nessa qualidade, foram verificados prejuízos patrimoniais e
lesões corporais em particular. Em face dessa situação, julgue os seguintes itens, assinalando a incorreta.
a) A responsabilidade civil da administração perante o particular será apurada de acordo com a teoria do risco
administrativo.
b) Se, após a instauração de processo penal, ficar demonstrado que não foi aquele agente o responsável pela conduta que
resultou no prejuízo para o particular, a responsabilidade administrativa restará automaticamente afastada.
c) A condenação do agente no processo penal legitima a administração a demandar regressivamente contra esse agente para
ressarcir-se do prejuízo sofrido.
d) Se restar comprovada a culpa exclusiva do particular, a administração não responderá civilmente pelo prejuízo.
e) A responsabilidade civil do agente, regressivamente perante a administração, será objetiva.

59) A responsabilidade civil do Estado, pelos danos causados por seus agentes a terceiros, é hoje tida por ser:
a) subjetiva passível de regresso;
b) objetiva insusceptível de regresso;
c) objetiva passível de regresso;
d) subjetiva insusceptível de regresso;
e) dependente de culpa do agente.

60) Considere que, após aprovação em concurso público de provas e títulos para cargo de professor da Fundação
Universidade de Brasília, universidade pública federal, Frederico, que não possuía qualquer vínculo com o serviço público,
entrou em exercício e, conseqüentemente, submeteu-se ao estágio probatório, durante o qual cometeu crime contra a
administração pública. Nesses termos, o servidor deverá ser:
a) demitido;
b) exonerado;
c) destituído;
d) dispensado;
e) posto em disponibilidade.

61) No âmbito do MPU, o responsável por determinada unidade administrativa tomou conhecimento de ato de improbidade
administrativa praticado por seu subordinado. Nesses termos, o responsável pela unidade deverá:
www.betaconcursos.com
a) determinar a instauração de processo administrativo disciplinar;
b) determinar a instauração de sindicância;
c) encaminhar os autos ao Ministério Público Federal, competente para propor a demissão do servidor;
d) aplicar, de ofício, pelo sistema da verdade sabida, a sanção administrativa cabível;
e) propor ação judicial específica, visando à aplicação da sanção disciplinar cabível.

62) A Lei nº 8.112/90, em seu art. 8º, indica várias formas de provimento de cargo público. O STF, em ação direta de
inconstitucionalidade, julgou inconstitucionais as seguintes formas de provimento:
a) ascensão e transferência;
b) reintegração e reversão;
c) aproveitamento e recondução;
d) readaptação e promoção;
e) nomeação e reversão.

63) Maria Cristina, servidora do MPU, delegou o desempenho de atribuição de sua responsabilidade a pessoa estranha à
repartição, fora dos casos previstos em lei. Esse fato deu ensejo à abertura de processo criminal, além de ter causado
prejuízos à administração pública. Diante do exposto, assinale a opção correta.
a) Caso seja a servidora condenada no processo penal, sua responsabilidade administrativa restará afastada, a fim de não
caracterizar dupla punição.
b) Se, no processo penal, a servidora for absolvida por negativa de autoria, ficará ela isenta de qualquer responsabilidade
civil e administrativa.
c) Prescrito o crime, não mais poderá a servidora ser demandada civilmente a fim de ressarcir possíveis prejuízos causados à
Administração.
d) As instâncias civil e penal serão sempre vinculadas.
e) As instâncias administrativa e penal serão sempre independentes.

64) Não constitui forma de provimento de cargo público a:


a) nomeação;
b) promoção;
c) ascensão;
d) reintegração;
e) reversão.

65) Em relação à disciplina dos atos administrativos, assinale a opção incorreta.


a) Os regimentos dos tribunais são atos normativos e equiparam-se às leis para efeito de controle judicial.
b) A presunção de legitimidade é um atributo que gera a transferência do ônus da prova para quem argüir a respectiva
nulidade.
c) A licença distingue-se da autorização, pois aquela é ato vinculado e esta é ato discricionário.
d) O ato discricionário está imune à revisão do Poder Judiciário, porque nele se aloja o mérito administrativo, que se traduz
em razões de conveniência e oportunidade só valoradas pelo administrador.
e) A auto-executoriedade é um atributo que permite à administração utilizar o seu poder de polícia para executar medidas
tipicamente administrativas, sem mandado judicial, como, por exemplo, a demolição de uma obra sem licença.

66) Decompondo-se o ato administrativo, pode-se localizar a discricionariedade em seus elementos. Com referência a esse
assunto, assinale a opção incorreta.
a) Quanto ao sujeito - aquele a quem a lei atribui competência para a prática do ato -, não existe discricionariedade, pois ele
só pode exercer as atribuições que lhe forem conferidas por lei.
b) O objeto do ato administrativo está relacionado aos seus efeitos jurídicos possíveis; nesse âmbito, é incoerente falar-se em
discricionariedade, pois a administração sempre está condicionada a um poder-dever de agir, nunca a uma faculdade.
c) A não ser que a lei imponha à administração a obrigatoriedade de obediência a determinada forma, há liberdade para o
administrador escolher aquela que julgue mais adequada à realização dos efeitos jurídicos do ato.
d) O motivo do ato pode ensejar discricionariedade, sobretudo quando o legislador não o define ou o faz por meio de
conceitos vagos.
e) O administrador está limitado à finalidade prevista em lei para cada ato administrativo; nesse sentido, a doutrina
majoritária não aceita discricionariedade em relação ao fim.

67) A prática de atos administrativos cabe:


a) exclusivamente aos órgãos executivos;
b) somente aos órgãos do Poder Executivo e do Legislativo;
c) somente aos órgãos do Poder Executivo e do Judiciário;
d) aos órgãos executivos, em princípio e normalmente, mas as autoridades judiciárias e as mesas legislativas podem também
praticá-los restritamente;
e) somente às autoridades integrantes de qualquer dos Poderes da República.

68) Assinale a opção correta com relação aos atos administrativos.


a) Ato administrativo eficaz é aquele apto à produção dos efeitos que lhe são próprios, por haver-se produzido em
conformidade com a ordem jurídica.
www.betaconcursos.com
b) Todos os atos administrativos só são válidos quando a vontade do agente, isto é, o móvel do ato, for jurídica e moralmente
legítima.
c) Em certos casos, um ato administrativo pode ser declarado juridicamente inválido mesmo que atenda ao interesse público.
d) A presunção de legitimidade dos atos administrativos em geral cria em favor deles presunção absoluta de validade
jurídica, a qual somente pode ser afastada mediante prova robusta e desde que na via judicial.
e) A revogação dos atos administrativos deve ser explícita, por significar contraposição à decisão de agente público tomada no
exercício de competência legalmente estabelecida.

69) A Súmula nº 473 do STF consigna o entendimento pacífico na doutrina e jurisprudência de que a administração "pode
anular seus próprios atos, quando eivados de vícios que os tornem ilegais, porque deles não se originam direitos; ou revogá-
los, por motivo de conveniência e oportunidade, respeitados os direitos adquiridos, e ressalvada, em todos os casos, a
apreciação judicial". Nesse caso, há de se considerar que o(a):
a) faculdade de revisão ou invalidação dos atos administrativos pelo Judiciário é bem mais ampla que aquela concedida à
administração, tendo em vista o cânone constitucional dispondo que a lei não excluirá da apreciação do Poder Judiciário
lesão ou ameaça a direito;
b) mudança de interpretação da norma traz como conseqüência a anulação dos atos anteriormente produzidos sob orientação
diversa, em atenção ao princípio da igualdade, que reclama idêntico tratamento aos administrados;
c) revogação dos atos administrativos opera efeitos ex tunc.
d) ato nulo não vincula as partes e tampouco produz efeitos em relação a terceiros;
e) dever de anulação dos atos ilegais tem como limite a ocorrência da prescrição.

70) Assinale a letra que contenha a ordem que expresse a correlação correta.
1. ato vinculado
2. ato discricionário
( ) aposentadoria compulsória por implemento de idade
( ) gradação de penalidade em processo administrativo
( ) revogação de processo licitatório
( ) exoneração de servidor em estágio probatório
( ) concessão de alvará para atividade comercial
a) 2, 1, 1, 2, 2
b) 1, 2, 2, 1, 1
c) 2, 2, 2, 1, 1
d) 1, 2, 1, 2, 1
e) 1, 1, 2, 2, 2

71) Em determinadas situações, a lei conferiu ao administrador público certa margem de liberdade de atuação. Assim,
poderá o administrador adotar, conforme a diversidade de situações a serem enfrentadas, a providência mais adequada,
valendo-se de seu juízo de oportunidade e conveniência. Com a outorga da discricionariedade administrativa, visa-se à
obtenção da medida mais apropriada para cada caso. Acerca dessa importante classificação dos atos administrativos, que os
divide em discricionários e vinculados, assinale a opção correta.
a) O ato discricionário caracteriza-se por permitir que o administrador possa escolher-lhe a forma.
b) A discricionariedade administrativa decorre da ausência de lei.
c) Ainda que esteja o administrador, em tese, diante de atuação discricionária, se sua atuação, no caso concreto, for
considerada desarrazoada, o ato respectivo será passível de anulação.
d) Diante do ato vinculado, o administrador ficará livre na escolha do motivo e do objeto do ato.
e) O ato discricionário não é passível de controle judicial.

72) Quanto à extinção do ato administrativo, é correto afirmar:


a) é factível a convalidação de todo ato administrativo;
b) os efeitos da revogação retroagem à data inicial de validade do ato revogado;
c) a caducidade do ato ocorre por razões de ilegalidade;
d) a anulação pode-se dar por ato administrativo ou judicial;
e) oportunidade e conveniência justificam a cassação do ato administrativo.

73) Marque a alternativa incorreta:


a) As atribuições de um cargo público não podem justificar a exigência de outros requisitos básicos para investidura em
cargo público fora dos já estabelecidos na Lei 8112/90.
b) A Lei 8112/90 institui o regime jurídico dos servidores públicos civis da União, das autarquias, inclusive as em regime
especial, e das fundações públicas federais.
c) Para os efeitos da Lei 8112/90, servidor é a pessoa legalmente investida em cargo público.
d) Cargo público é o conjunto de atribuições e responsabilidades previstas na estrutura organizacional que devem ser
cometidas a um servidor.

74) Marque a alternativa incorreta:


a) Os cargos públicos, acessíveis a todos os brasileiros, são criados por lei, com denominação própria e vencimento pago pelos
cofres públicos, para provimento em caráter efetivo ou em comissão.
b) É proibida a prestação de serviços gratuitos, salvo os casos previstos em lei
www.betaconcursos.com
c) São os únicos requisitos exigidos para investidura em cargo público, a nacionalidade brasileira, o gozo doa direitos
políticos e a quitação com as obrigações militares e eleitorais.
d) Promoção, reversão, aproveitamento são algumas das formas de provimento em cargo público.

75) Marque a alternativa incorreta:


a) As atribuições exigidas para investidura em cargo público não podem justificar a exigência de outros requisitos básicos
estabelecidos em lei.
b) São requisitos básicos para investidura em cargo público dentre outros, o nível de escolaridade exigido para o exercício do
cargo, a idade mínima de dezoito anos e aptidão física e mental
c) O provimento dos cargos públicos far-se-á mediante ato da autoridade competente de cada poder.
d) A investidura em cargo público ocorrerá com a posse.

76) Marque a alternativa incorreta:


a) Só haverá posse nos casos de provimento de cargo por nomeação.
b) No ato da posse, o servidor apresentará declaração de bens e valores que constituem seu patrimônio e declaração quanto
ao exercício ou não de outro cargo, emprego ou função pública.
c) Será tomado sem efeito o ato de provimento se a posse não ocorrer no prazo previsto no § 1° do art. 13 da Lei 8112/90.
d) A posse em cargo público não dependerá de prévia inspeção médica oficial, que poderá ser efetuada, posteriormente a
critério da autoridade competente.

77) São formas de provimento de cargo público, dentre outras:


a) nomeação, reversão e posse
b) promoção, aproveitamento e investidura
c) reintegração, reversão e readaptação
d) readaptação, recondução e exercício

78) Marque a alternativa mais completa de acordo com o texto da Lei 8112/90:
"A nomeação para cargo de carreira ou cargo isolado de provimento efetivo depende de prévia habilitação em concurso
público ........................... obedecidos a ordem de classificação e o prazo de sua validade".
a) de provas
b) de provas e títulos
c) de provas ou de provas e títulos
d) de títulos

79) Sobre a readaptação", marque a alternativa incorreta:


a) Readaptação é a investidura do servidor em cargo e atribuições e responsabilidades compatíveis com a limitação que tenha
sofrido em sua capacidade física ou mental verificada em inspeção médica.
b) Se julgado capaz para o serviço público o readaptando será aposentado.
c) A readaptação será efetivada em cargo de atribuições afins, respeitadas as exigências legais.
d) A readaptação é uma das formas de provimento de cargo público.

80) Marque a alternativa incorreta:


a) O retorno à atividade de servidor em disponibilidade far-se-á mediante aproveitamento obrigatório em cargo de
atribuições e vencimentos compatíveis com o anteriormente ocupado.
b) O órgão central do Sistema de Pessoal Civil determinará o imediato aproveitamento de servidor em disponibilidade em
vaga que vier a ocorrer nos órgãos ou entidades da administração pública federal.
c) Será tornado sem efeito o aproveitamento e cassada a disponibilidade se o servidor não entrar em exercício no prazo legal,
salvo doença comprovada por junta médica oficial.
d) Reversão é o retomo do servidor estável ao cargo anteriormente ocupado.

81) Marque a alternativa incorreta:


a) A recondução decorrerá de inabilitação em estágio probatório relativo a outro cargo ou de reintegração do anterior
ocupante.
b) Encontrando-se provido o cargo de origem, o servidor reconduzido será aproveitado em outro, observado o disposto no
art. 30 do R.J.U.
c) A vacância do cargo público decorrerá sempre da primeira nomeação do servidor.
d) A recondução é considerada uma das formas de provimento de cargo público.

82) Marque a alternativa incorreta:


a) O provimento dos cargos públicos far-se-á mediante ato da autoridade competente de cada Poder.
b) A investidura em cargo público ocorrerá com a posse.
c) Exercício é o efetivo desempenho das atribuições do cargo.
d) É de 30 dias o prazo para o servidor entrar em exercício, contados da data do ato de
provimento.

83) Marque a alternativa incorreta:


a) Será exonerado o servidor empossado que não entrar em exercício no prazo de 60 dias, contados da data da posse.
www.betaconcursos.com
b) À autoridade competente do órgão ou entidade para onde for nomeado ou designado o servidor, compete dar-Ihe
exercício.
c) O início, a suspensão, a interrupção e o reinicio do exercício serão registrados no assentamento individual do servidor.
d) Ao entrar em exercício, o servidor apresentará ao órgão competente os elementos necessários ao seu assentamento
individual.

84) Marque a alternativa incorreta:


a) O ocupante de cargo em comissão ou função de confiança é submetido ao regime de integral dedicação ao serviço, podendo
ser convocado sempre que houver interesse da Administração.
b) O disposto na alternativa (a) desta questão, se aplica à duração de trabalho estabelecida em leis especiais.
c) Ao entrar em exercício, o servidor nomeado para cargo de provimento efetivo ficará sujeito a estágio probatório por
período de 24 (vinte e quatro) meses, durante o qual a sua aptidão e capacidade serão objeto de avaliação para o desempenho
do cargo.
d) O servidor não aprovado no estágio probatório será exonerado ou, se estável, reconduzido ao cargo anteriormente
ocupado observado o art.29, parágrafo único da Lei 8112/90.

85) Marque a alternativa incorreta:


a) Quatro meses antes de findo o período do estágio probatório, será submetida à homologação da autoridade competente a
avaliação do desempenho do servidor, realizada de acordo com o que dispuser a lei ou regulamento do sistema de carreira,
sem prejuízo da continuidade de apuração dos fatores enumerados nos incisos I a V do art. 20 da Lei
8112/90;
b) O servidor não aprovado no estágio probatório será exonerado ou, se estável. Reconduzido ao cargo anteriormente
ocupado, observado o disposto no parágrafo único do art. 29 da Lei 8112/90.
c) O servidor habilitado em concurso público e empossado em cargo de provimento efetivo adquirirá estabilidade no serviço
público ao completar 5 (cinco) anos de efetivo exercício.
d) O servidor estável poderá perder o cargo em virtude de sentença judicial transitada em julgado ou de processo
administrativo disciplinar no qual Ihe seja assegurada ampla defesa.

86) Quanto à reversão, marque a alternativa incorreta:


a) Reversão é o retomo à atividade de servidor aposentado por invalidez. quando, por junta médica oficial, forem declarados
insubsistentes os motivos da aposentadoria.
b) A reversão far-se-á no mesmo cargo ou no cargo resultante de sua transformação.
c) Encontrando-se provido o cargo, o servidor revertido exercerá suas atribuições como excedente, até a ocorrência da vaga.
d) Poderá reverter o aposentado que já tiver completado 70 (setenta) anos de idade, desde que sua aposentadoria não se dê
por invalidez.

87) Todos os itens abaixo são requisitos básicos para investidura em cargo público, excetuando-se:
a) a nacionalidade brasileira
b) o gozo de direitos políticos
c) a idade mínima de dezesseis anos
d) aptidão física e mental

88) O texto de Lei 8112/90 dispõe que o concurso público terá validade de:
a) 2 anos, podendo ser prorrogada uma única vez, por igual período.
b) 2 anos, não cabendo prorrogação para tal prazo
c) até 2 anos, prorrogável a critério da autoridade competente
d) até 2 anos podendo ser prorrogada uma única vez, por igual período

89) A nomeação far-se-á:


I - em caráter efetivo quando se tratar de cargo isolado de provimento efetivo.
II - em comissão inclusive na condição de interino, para cargos de confiança vagos.
III - em caráter efetivo quando se tratar de cargo de carreira.
a) apenas a I e a II estão corretas
b) apenas a I e a III estão corretas
c) apenas a II e a Ill estão corretas
d) todas as alternativas estão corretas

90) A Lei 8112/90 textualmente dispõe que:


I - A investidura em carga pública ocorrerá com a nomeação.
II - O servidor ocupante de cargo em comissão ou de natureza especial poderá ser nomeado para ter exercício, interinamente,
em outro cargo de confiança, sem prejuízo das atribuições do que atualmente ocupa, hipótese em que deverá optar pela
remuneração de um deles durante o período da interinidade.
III - A nomeação para cargo de carreira ou cargo isolado de provimento efetive depende de habilitação em concurso público
do tipo "provas" obedecidos a ordem de classificação e o prazo de sua validade.
a) a I e II estão incorretas
b) a II e III estão incorretas
c) a I e III estão incorretas
d) todas estão incorretas
www.betaconcursos.com

91) Sobre concurso público pode-se dizer:


I - O concurso público terá validade de 2 (dois) anos, podendo ser prorrogada uma única vez, por igual período.
II - O prazo de validade do concurso e as condições de sua realização serão fixados em edital, que será publicado no Diário
Oficial da União e em jornal diário de grande circulação.
III - Não se abrirá novo concurso enquanto houver candidato aprovado em concurso anterior com prazo de validada não
expirado.
a) a I e II estão incorretas
b) a II e III estão corretas
c) a I e III estão incorretas
d) todas estão incorretas

92) Marque a alternativa incorreta:


a) A exoneração de cargo efetivo dar-se-á a pedido do servidor, ou de ofício.
b) A exoneração de ofício dar-se-á quando não satisfeitas as condições do estágio probatório, ou quando, tendo tomado posse,
o servidor não entrar em exercício no prazo estabelecido.
c) A exoneração de cargo em comissão dar-se-á a juízo da autoridade competente, ou a pedido do próprio servidor.
d) O afastamento do servidor de função de direção dar-se-á exclusivamente a pedido.

93) São formas de provimento de cargo público:


I - exoneração, promoção e reversão
II - demissão, nomeação e readaptação
III - falecimento, reintegração e recondução
a) a I e II estão corretas
b) a II e III estão corretas
c) a I e III estão corretas
d) todas estão incorretas

94) Marque a alternativa que responde a questão:


I - Será tornado sem efeito o ato de provimento se a posse não ocorrer no prazo de 30 dias contados da sua publicação.
II - Às pessoas portadoras de deficiência é assegurado o direito de se inscrever em concurso público para provimento de
cargo cujas atribuições sejam compatíveis com a deficiência de que são portadoras; para tais pessoas serão reservadas até
10% (dez por cento) das vagas oferecidas no concurso.
III - Em se tratando de servidor em licença, ou afastado por qualquer outro motivo legal, o prazo será contado do término do
impedimento.
a) a I e II estão incorretas
b) a II e IIl estão incorretas
c) a I e III estão corretas
d) todas estão incorretas

95) Quanto ao "exercício do cargo público" pode-se dizer:


I - É o efetivo desempenho das atribuições do cargo.
II - É de 60 (sessenta) dias o prazo para o servidor entrar em exercício, contados da data da posse.
III - Será exonerado o servidor e do que não entrar em exercício no prazo de sessenta dias contados da data da posse.
a) a I e II estão incorretas
b) a II e III estão incorretas
c) a I e III estão incorretas
d) todas estão incorretas

96) O R.J.U. dispõe que:


I - A autoridade competente do órgão ou entidade para onde for designado o servidor, compete dar-lhe exercício.
II - O início, a suspensão, a interrupção e o reinício do exercício serão registrados no assentamento individual do servidor.
III - Ao entrar em exercício, o servidor apresentará ao órgão competente os elementos necessários ao seu assentamento
individual.
a) a I e II estão incorretas
b) a II e III estão incorretas
c) a I e III estão incorretas
d) todas estão corretas

97) O R.J.U. dispõe textualmente que:


I - O ocupante de cargo em comissão ou função de confiança é submetido ao regime de integral dedicação ao serviço, podendo
ser convocado sempre que houver interesse da Administração.
II - Ao entrar em exercício, o servidor nomeado para cargo de provimento efetivo ficará sujeito a estágio probatório por
período de 24 (vinte quatro) meses.
III. A exoneração de cargo efetivo dar-se-á exclusivamente de ofício, sempre por meio de decisão transitada em julgado.
a) a I e II estão corretas
b) a II e III estão corretas
c) a I e III estão corretas
www.betaconcursos.com
d) todas estão corretas

98) A Lei 8112/90 dispõe que:


I - A reversão será efetivada em cargo de atribuições afins, respeitada a habilitação exigida.
II - A readaptação far-se-á no mesmo cargo ou no cargo resuttante de sua transformação.
III- Não poderá reverter o aposentado que já tiver completado 70 anos de idade.
a) a I e II estão incorretas
b) a II e III estão incorretas
c) a I e III estão incorretas
d) todas estão incorretas

99) O R.J.U. em seu texto dispõe que:


I - O órgão central do Sistema de Pessoal Civil determinará o imediato aproveitamento de servidor em disponibilidade em
vaga que vier a ocorrer nos órgãos ou entidades da administração pública federal.
II - Será tornado sem efeito o aproveitamento e cassada a reversão se o servidor não entrar em exercício no prazo legal, salvo
doença comprovada por junta médica oficial.
III - O retorno à atividade de servidor aposentado farse-á mediante aproveitamento obrigatório em cargo de atribuições e
vencimentos compativeis com o anteriormente ocupado.
a) a I e II estão incorretas
b) a II e III estão incorretas
c) a I e III estão incorretas
d) todas estão incorretas

100) Quanto ao direito de petição, marque a alternativa incorreta:


a) A prescrição é de ordem pública, não podendo ser relevada pela administração.
b) Para o exercício do direito de petição, é assegurada vista do processo ou documento, na repartição, ao servidor ou a
procurador por ele constituído.
c) A administração deverá rever seus atos, a qualquer tempo, quando eivados de ilegalidade.
d) São fatais e prorrogáveis os prazos estabelecidos no capítulo referente ao Direito de Petição, não se admitindo nenhum tipo
de ressalva.

101) Quanto ao direito de petição do servidor, marque a alternativa incorreta:


a) É assegurado ao servidor o direito de requerer aos Poderes Públicos, em defesa de direito ou interesse legítimo.
b) O requerimento será dirigido a autoridade competente para decidi-lo e encaminhado por intermédio daquela a que estiver
imediatamente subordinado o requerente.
c) Cabe pedido de reconsideração à autoridade que houver expedido o ato ou proferido a primeira decisão podendo ser
renovado uma única vez.
d) O requerimento e o pedido de reconsideração deverão ser despachados no prazo de 5 (cinco) dias e decididos dentro de 30
(trinta) dias.

102) Quanto ao "recurso" a ser impetrado por servidor, marque a alternativa incorreta:
a) Caberá recurso do indeferimento do pedido de reconsideração.
b) Não caberá recurso das decisões sobre os recursos sucessivamente interpostos.
c) O recurso será dirigido à autoridade imediatamente superior à que tiver expedido o ato ou proferido a decisão, e,
sucessivamente, em escala ascendente, às demais autoridades.
d) O recurso será encaminhado por intermédio da autoridade a que estiver imediatamente subordinado o requerente.
103) Quanto ao "pedido de reconsideração" e o recurso a ser impetrado por servidor, marque a alternativa incorreta:
a) O prazo para interposição de pedido de reconsideração ou de recurso é de 60 (sessenta) dias, a contar da publicação ou da
ciência, pelo interessado, da decisão recorrida.
b) O recurso poderá ser recebido com efeito suspensivo a juízo da autoridade competente.
c) Em caso de provimento do pedido de reconsideração ou do recurso, os efeitos da decisão retroagirão à data do ato
impugnado.
d) A administração deverá rever seus atos. a qualquer tempo, quando eivados de ilegalidade.

104) Marque a alternativa incorreta:


a) O tempo em que o servidor esteve aposentado será contado apenas para nova aposentadoria
b) Será contado em dobro o tempo de serviço prestado às Forças Armadas em operações de guerra.
c) Contar-se-á apenas para efeito de aposentadoria e disponibilidade: o tempo de serviço público prestado aos Estados,
Municípios e Distrito Federal.
d) Contar-se-á apenas para efeito de disponibilidade a licença para tratamento de saúde de pessoa da família do servidor,
com remuneração.

105) Contar-se-á apenaspara efeito de aposentadoria e disponibilidade:


a) o tempo de serviço relativo a tiro de guerra
b) a licença para atividade política (no caso do art. 86. § 2°)
c) o tempo correspondente ao desempenho de mandato eletivo federal, estadual, municipal ou distrital, posterior ao ingresso
no serviço público federal
d) o tempo de serviço em atividade privada, vinculada à Previdência Social
www.betaconcursos.com

106) São considerados de efetivo exercício os afastamentos em virtude:


a) da licença prêmio por assiduidade.
b) da licença de desempenho de mandato eletivo federal, estadual, municipal ou do Distrito Federal, exceto para promoção
por merecimento.
c) de participação em júri e outros serviços obrigatórios por lei.
d) de missão ou estudo no exterior quando autorizado, conforme dispuser o regulamento.

107) Marque a alternativa incorreta:


a) Será concedido horário especial ao servidor estudante, quando comprovada a incompatibilidade entre o horário escolar e o
da repartição, sem prejuízo do exercício do cargo.
b) Não será exigida do servidor estudante a compensação de horário na repartição, não necessitando respeitar a duração
semanal do trabalho.
c) Ao servidor estudante que mudar de sede no interesse da administração é segurada, na localidade da nova residência ou na
mais próxima, matrícula em instituição de ensino congênere, em qualquer época, independentemente de vaga.
d) Estende-se ao cônjuge ou companheiro, aos filhos, ou enteados do servidor que vivam na sua companhia, bem como aos
menores sob sua guarda, com autorização judicial, o disposto na alternativa (c) desta questão.

108) Todos os afastamentos abaixo são considerados como de efetivo exercício, exceto:
a) férias
b) exercício de cargo em comissão ou equivalente apenas em órgão ou entidade dos Poderes da União.
c) Exercício de cargo ou função de governo ou administração, em qualquer parte do território nacional, por nomeação do
Presidente da República.
d) Participação em programa de treinamento regularmente instituído, conforme dispuser o regulamento.

109) O R.J.U. dispõe que:


I - Nenhum servidor receberá, a título de vencimento, importância inferior ao salário mínimo.
II - O vencimento do cargo efetivo, acrescido das vantagens de caráter permanente, é irredutível.
III - A remuneração do servidor investido em função ou cargo em comissão será paga na forma prevista no art. 62, ou seja
por meio de uma gratificação.
a) a I e II estão corretas
b) a II e III estão corretas
c) a I e III estão corretas
d) todas estão corretas

110) Marque a alternativa incorreta:


a) A ausência do servidor para estudo ou missão no exterior não excederá a 4 (quatro) anos, e finda a missão ou estudo,
somente decorrido igual período, será permitida nova ausência.
b) Ao servidor beneficiado pelo afastamento para estudo ou missão no exterior não será concedida exoneração ou licença
para tratar de interesse particular antes de decorrido o período igual ao do afastamento, ressalvada a hipótese de
ressarcimento da despesa havida com seu afastamento.
c) O disposto na alternativa "b" se aplica aos servidores de carreira diplomática.
d) O afastamento de servidor para servir em organismo internacional de que o Brasil participe ou com a qual coopere dar-se-
á com perda total da remuneração.

111) Sobre o afastamento para exercício de mandato eletivo é incorreto afirmar:


a) No caso de afastamento do cargo, o servidor contribuirá para a seguridade social como se em exercício estivesse.
b) O servidor investido em mandato, eletivo ou classista poderá ser removido ou redistribuído de ofício para localidade
diversa daquela onde exerce o mandato.
c) Tratando-se de mandato federal, estadual ou distrital, o servidor ficará afastado do cargo.
d) Investido no mandato de Prefeito, o servidor será afastado do cargo, sendo-lhe facultado optar pela sua remuneração.

112) O R.J.U. dispõe em seu texto legal que:


I - A ajuda de custo destina-se a compensar as despesas de instalação do servidor que, no interesse do serviço, passar a ter
exercício em nova sede, com mudança do domicílio em caráter provisório.
II - Correm por conta da administração as despesas de transporte do servidor e de sua família,
compreendendo passagem, bagagem e bens pessoais.
III - À família do servidor que falecer na nova sede serão assegurados ajuda de custo e transporte para a localidade de
origem, dentro do prazo de 30 dias contados do óbito. . . I
a) a I e II estão corretas
b) a II e III estão corretas
c) a I e III estão incorretas
d) todas estão corretas

113) A Lei 8112/90 dispõe que:


I - Haverá permanente controle da atividade de servidores em operações ou locais considerados penosos, insalubres ou
perigosos.
www.betaconcursos.com
II - A servidora gestante ou lactante será afastada, enquanto durar a gestação e a lactação das operações e locais previstos no
item I da questão, exercendo suas atividades em local salubre e em serviço não penoso e não perigoso.
III - Na concessão dos adicionais de atividades penosas, de insalubridade e periculosidade, não serão observadas as situações
estabelecidas em legislação específica.
a) a I e II estão corretas
b) a I e III estão incorretas
c) a l e III estão incorretas
d) todas estão corretas

114) Sobre "Férias" o R.J.U. dispõe que:


I - O servidor fará jus a 30 (trinta) dias consecutivos de férias, que podem ser acumuladas, até o máximo de 3 (três) períodos,
no caso de necessidade do serviço, ressalvadas as hipóteses em que haja legislação específica.
II - Para o primeiro período aquisitivo de férias serão exigidos 12 (doze) meses de exercício.
III - É vedado levar à conta de férias qualquer falta ao serviço.
a) a I e II estão corretas
b) a II e III estão corretas
c) a l e III estão incorretas
d) todas estão incorretas

115) O prazo inicial da licença concedida por motivo de doença em família que pode ser prorrogável com remuneração é de:
a) 180 dias c) 3D dias
b) 90 dias d) 60 dias

116) O R.J.U. dispõe que:


I - O recurso do servidor será dirigido à autoridade imediatamente superior à que tiver expedido o ato ou proferido a
decisão, e, sucessivamente, em escala ascendente, às demais autoridades.
II - O recurso será encaminhado por intermédio da autoridade a que estiver imediatamente subordinado o requerente.
III - O prazo para interposição de recurso é de 10 (dez) dias, a contar da publicação ou da ciência pelo interessado, da decisão
recorrida.
a) a I e II estão corretas
b) a II e III estão incorretas
c) a I e III estão incorretas
d) todas estão corretas

117) Sobre o princípio da legalidade administrativa, é correto afirmar que a Administração Pública é permitido fazer
a) tudo o que a lei não proíbe.
b) somente o que a lei ordena.
c) somente o que a lei autoriza.
d) somente o que chefe do Poder Executivo mandar.

118) Assinale a assertiva correta sobre autarquias.


a) Autarquia é um serviço autônomo, criado por lei específica, com personalidade jurídica, patrimônio e receitas próprias,
para executar atividades típicas da Administração Pública que requeiram, para seu melhor funcionamento, gestão
administrativa e financeira descentralizada.
b) A criação de autarquia independe de lei específica, podendo ser instituída por decreto expedido pelo chefe do Poder
Executivo no uso de seu poder regulamentar.
c) Considerando que as autarquias são pessoas jurídicas de direito público integrantes da Administração Indireta, não se
aplicam a elas as regras e preceitos de direito administrativo, devendo ser consideradas para todos os efeitos como se
entidades privadas fossem.
d) Autarquias são entidades da Administração Pública que envolvem a associação do capital público e privado, destando-se
que a participação pública deverá ser sempre majoritária, sob pena de desconfigurar a natireza da instituição.

119) No âmbito da União, é correto afirmar:


a) Somente será concedida licença a servidor eleito para desempenho de mandato em cargo de direção ou representação em
sindicato representativo da categoria, assegurada a remuneração do cargo efetivo.
b) Somente será concedida licença a servidor eleito para desempenho de mandato em cargo de direção ou representação em
sindicato representativo da categoria, assegurada a remuneração do cargo efetivo.
c) Poderá ser concedida licença a servidor eleito para desempenho de mandato em cargo de direção ou representação em
entidades fiscalizadoras da profissão,
desde que sem remuneração do cargo efetivo, sendo-lhe assegurada a contagem do tempo de serviço como se em efetivo
exercício estivesse, exceto para promoção por merecimento.
d) Ao servidor eleito para cumprimento de mandato em cargo de direção ou representação em confederação, federação,
associação de classe de âmbito nacional, sindicato representativo da categoria, poderá ser concedida licença com
remuneração do cargo efetivo, não tendo direito, entretanto, a contagem do tempo de serviço como se em efetivo exercício
estivesse, inclusive, para promoção por merecimento.

120) Acerca do processo administrativo, no âmbito da Administração Pública Federal, não é correto afirmar:
www.betaconcursos.com
a) Os preceitos aplicados para os órgãos do Poder Executivo da União, também se aplicam aos Órgãos dos Poderes
Legislativo e Judiciário da União, quando no desempenho de função administrativa.
b) O processo administrativo somente poderá iniciar-se de ofício.
c) É vedada à Administração a recusa imotivada e recebimento de documentos, devendo o servidor orientar o interessado
quanto ao suprimento de eventuais falhas.
d) Inexistindo competência legal específica, o processo administrativo deverá ser iniciado perante a autoridade de menor
grau hierárquico para decidir.

121) Ainda com relação ao Processo Administrativo no âmbito da Administração Pública Federal, não é correto afirmar:
a) Os prazos expressos em dias não podem ser contados de modo contínuo.
b) Os prazos fixados em meses ou anos contam-se de data a data. Se no mês do vencimento não houver o dia equivalente
àquele do início do prazo, tem-se como termo o último dia do mês.
c) Os prazos começam a correr a partir da data da cientificação oficial, excluindo-se da contagem o dia do começo e
incluindo-se o do vencimento.
d) Considera-se prorrogado o prazo até o primeiro dia útil seguinte se o vencimento cair em dia em que não houver
expediente ou este for encerrado antes da hora normal.

122) De acordo com a lei 8.112/90, podemos afirmar:


a) São estendidas aos inativos quaisquer benefícios ou vantagens posteriormente concedidas aos servidores em atividade,
inclusive quando decorrentes de transformação ou reclassificação do cargo ou função em que se deu a aposentadoria.
b) O servidor aposentado não terá direito a gratificação natalina.
c) O auxílio natalidade é devido à servidora por motivo de nascimento de filho, em quantia equivalente ao seu último
vencimento.
d) O salário-família somente é devido ao servidor ativo.

123) De acordo com a Lei 8.112/90, quanto ao dependente, os benefícios do Plano de Seguridade Social do Servidor
compreendem, exceto:
a) Pensão vitalícia e temporária.
b) Auxílio funeral e auxílio reclusão.
c) Assistência à saúde.
d) Salário-família.

124) Com relação a Lei 8.666/93, que estabelece normas gerais sobre licitações e contratos administrativos, é correto
afirmar:
a) Subordinam-se ao regime da citada lei, além dos órgãos da administração direta, os fundos especiais, as autarquias e as
fundações estando dela excetuadas as empresas públicas, as sociedades de economia mista e as agências executivas.
b) Com exceção do conteúdo das propostas, a licitação será sigilosa, não sendo públicos e acessíveis ao público os atos de seu
procedimento, até a respectiva
abertura.
c) É lícito incluir no objeto da licitação a obtenção de recursos financeiros para sua execução, qualquer que seja a sua
origem, exceto aos casos de empreendimentos executados e explorados sob regime de concessão.
d) Qualquer cidadão poderá requerer à Administração Pública os quantitativos das obras e preços unitários de determinada
obra executada.

125) No que concerne a concessão e a permissão de serviços públicos, é correto afirmar:


a) A tarifa não será subordinada à legislação específica anterior, e somente nos casos expressamente previstos em lei, sua
cobrança poderá ser condicionada à existência de serviço públicos alternativo e gratuito para o usuário.
b) Os contratos não poderão prever mecanismos de revisão das tarifas, a fim de manter o equilíbrio econômico financeiro.
c) A concessão de serviço público, precedida ou não de execução de obra pública, será formalizada mediante lei, que deverá
observar as normas pertinentes ao edital de licitação.
d) Caracteriza-se como descontinuidade do serviço a sua interrupção em situação de emergência, mesmo que motivada por
razões de ordem técnica ou de segurança das instalações.

126) Com relação à prestação de garantia, podemos afirmar que o contratado poderá optar por uma das seguintes
modalidades de garantia, exceto:
a) Caução em dinheiro ou títulos da dívida pública.
b) Seguro-garantia.
c) Fiança bancária.
d) Hipoteca.

127) A lei enumera, entre os casos de extinção da concessão de serviços público, os seguintes, exceto:
a) Advento do termo contratual.
b) Encampação.
c) Concordata da empresa concessionária.
d ) Caducidade.

128) Com relação aos bens públicos, podemos afirmar:


www.betaconcursos.com
a) Os bens de uso comum do povo, os bens de uso especial e os bens dominicais somente poderão ser alienados após a sua
desafetação.
b) Apenas os bens de uso comum do povo necessitam ser desafetados para ser alienados.
c) Apenas os bens de uso especial não necessitam ser desafetados para ser alienados.
d) Apenas os bens de uso dominical não necessitam ser desafetados para ser alienados.

129) Os requisitos necessários à formação do ato administrativo são:


a) Forma, vinculação, imperatividade, legitimidade e objeto.
b) Forma, vinculação, exeqüibilidade, finalidade e objeto.
c) Forma, competência, finalidade, motivo e objeto.
d) Forma, vinculação, finalidade, motivo e objeto.

130) A desapropriação por direito de extensão:


a) É a desapropriação de bem imóvel declarado de utilidade pública.
b) É a desapropriação do remanescente de um bem que, em razão da desapropriação deste, tornou-se inútil.
c) É a desapropriação de um imóvel urbano.
d) Nenhuma das alternativas está correta.

131) A Administração pode anular o ato administrativo ilegal que praticou:


a) Desde que sejam respeitados os direitos adquiridos.
b) Sem que esteja sujeita a qualquer condição de conveniência administrativa.
c) Desde que esteja autorizada pelo Presidente da República, Governador ou Prefeito.
d) Nenhuma das alternativas está correta.

132) São características do contrato administrativo, exceto:


a) Restrição na aplicação do princípio da exceção do contrato não cumprido.
b) Presença de cláusulas exorbitantes do direito comum.
c) Faculdade da modificação unilateral do contrato pelo Poder Público.
d) Faculdade de aplicação de penalidades, por ambas as partes contratantes, sem prévia intervenção do Poder Judiciário.

133) Assinale a alternativa correta:


a) Concluída a licitação, a Administração fica obrigada a celebrar o contrato com o vencedor.
b) O leilão não pode ser usado pela Administração como modalidade de licitação.
c) A exigência de garantia, a fim de assegurar a execução do contrato administrativo, deve ser pedida ao licitante vencedor e
não a todos os participantes da licitação.
d) As licitações e o contrato administrativo regem-se, atualmente, pelo decreto-lei n° 2.300/86.

134) O ingresso no serviço público depende:


a) Do preenchimento da condição de brasileiro nato.
b) Da prestação de concurso público de provas, ou de provas e títulos, para quaisquer cargos.
c) Da prestação de concurso público de provas, ou de provas e títulos, salvo para os cargos ou empregos regidos pela C.L.T.
d) Da prestação de concurso público de provas, ou de provas e títulos, salvo para os cargos cujos titulares sejam demissíveis
ad nutum e outros indicados em lei.

135) Assinale a proposição correta:


a) Não pode haver delegação de poderes no âmbito da Administração Pública.
b) Não pode o superior hierárquico avocar a prática de atos de competência de inferior hierárquico.
c) O poder disciplinar é discricionário.
d) A punição administrativa afasta a criminal, pois não pode haver dupla punição pela mesma falta.

136) A titulação genérica de Administração Pública, usada pelo legislador constituinte de 1988, ao tratar da Organização do
Estado, para efeito de sujeição dos seus atos à obediência de determinados princípios fundamentais e à observância de outras
exigências, restrições ou limitações ali declinadas, abrange e alcança
a) os órgãos públicos, exceto os dos Poderes Legislativo e Judiciário
b) os órgãos públicos federais, estaduais e municipais, exceto dos Poderes Legislativo e Judiciário
c) os órgãos dos Três Poderes, quer os da União, dos Estados, do Distrito Federal como os dos Municípios
d) os órgãos dos Três Poderes e as entidades descentralizadas, exceto dos Estados e Municípios
e) as autarquias, excetuando as empresas públicas e sociedades de economia mista

137) O regime jurídico administrativo, posto em relação com o direito privado, acarreta a assertiva de que
a) os poderes administrativos são insusceptíveis de controle judicial
b) o interesse particular sobrepõe-se ao da Administração pública
c) o poder de polícia não interfere nos direitos e nas liberdades individuais
d) só Lei pode desconstituir o ato jurídico perfeito e acabado
e) o interesse público sobrepõe-se ao dos particulares

138) A natureza do regime jurídico único dos servidores públicos federais é de ordem predominantemente
a) privatista
www.betaconcursos.com
b) contratual
c) celetista
d) eletiva
e) legal

139) Na Administração Pública Federal, em termos de regime jurídico dos seus servidores,
a) todos são sujeitos ao celetista
b) todos são sujeitos ao estatutário
c) é optativo o celetista ou estatutário
d) o estatutário da Lei 8.112/90 está presente nas autarquias da União
e) o estatutário da Lei 8.112/90 é exclusivo das entidades integrantes da Administração Federal

140) Os serviços notariais e de registro cartorário são exercidos em caráter


a) público, por órgão da Administração
b) público, por entidade da Administração
c) privado, por delegação do poder público
d) privado, pelo regime de empresa concessionária
e) privado, de livre iniciativa e competitividade particular

141) As contratações de compras e obras no serviço público dependem de prévia licitação, exceto no caso de
a) publicidade
b) inexigibilidade
c) informática
d) alimentos
e) importações

142) A declaração de nulidade do contrato administrativo opera ex tunc, retroativamente, impedindo os seus efeitos
jurídicos, mas quanto ao dever de indenizar o contratado, pelo que ele houver até então realizado, a(o)
a) Administração não fica exonerada de pagar-lhe
b) Administração fica exonerada de pagar-lhe
c) questão deve ser resolvida mediante acordo entre as partes
d) questão tem que ser resolvida em sede judicial
e) pagamento depende da causa motivadora da anulação

143) O ato jurídico perfeito e acabado, para o qual concorreram os elementos essenciais de validade,
a) pode ser anulado por interesse público
b) pode ser revogado por conveniência administrativa
c) pode ser anulado por conveniência administrativa
d) não pode ser revogado por conveniência admi-nistrativa
e) não pode ser revogado por interesse público

144) Entre os elementos sempre essenciais à validade dos atos administrativos não se inclui o da
a) Forma própria
b) motivação

c) condição resolutiva
d) finalidade
e) autoridade competente

145) O controle afeto ao Tribunal de Contas da União compreende, entre outros, o dos (das)
a) gastos municipais em geral
b) admissões de pessoal na Administração Pública Federal
c) partidos políticos
d) admissões de pessoal no Serviço Público em geral
e) obras públicas em geral

146) Quais as entidades da administração indireta que são sempre constituídas sem a obrigatoriedade de fins lucrativos?
a) Empresas concessionárias
b) Empresas públicas
c) Sociedades de economia mista
d) Empresas permissionárias
e) Fundações autárquicas

147) Um exemplo de ato de descentralização administrativa é


a) a delegação de tarefa do Controlador- -Geral para seu substituto
b) a delegação do serviço de cadastro por Secretário para Departamento da Secretaria
c) a delegação legal do serviço de fiscalização do trânsito para a Empresa de Vigilância da Guarda Municipal
d) a delegação de tarefa do Prefeito para seus Secretários
www.betaconcursos.com
e) o convênio para execução conjunta de serviço público de interesse do Estado e do Município.

148) Em qual dessas modalidades de licitação é dispensada a publicidade:


a) tomada de preços.
b) convite.
c) concorrência.
d) em nenhuma das alternativas anteriores.
e) n . d . a

149) Pedido de anulação ou modificação do ato administrativo, dirigido à autoridade superior dentro do mesmo órgão em
que foi praticado o ato, constitui
a)) pedido de reconsideração.
b) representação.
c) recurso hierárquico impróprio.
d) recurso hierárquico próprio.
e) n . d . a

150) A exigência, imposta por lei municipal, de recuo de determinado número de metros na construção a ser levantada em
terreno urbano, constitui
a) servidão predial.
b) servidão administrativa.
c) limitação administrativa.
d) desapropriação parcial do terreno.
e) n . d . a

151) O direito de retomada coativa do serviço pelo poder concedente, durante o prazo da concessão, por motivo de interesse
público, é o direito de:

a) reversão. c) encampação.
b) retrocessão. d) tredestinação.

152) A permissão de serviços públicas, tal como prevista na Lei nº 8.987/95, é formalizada por meio de:
a) lei especifica, do mesmo moda que a concessão de serviços públicos.
b) decreto, diferentemente da concessão de serviços públicos, que deve ser estabelecida por lei especifica.
c) contrato administrativa, da mesmo modo que a concessão de serviços públicos.
d) contrato de direito privado, diferentemente da concessão de serviços públicos, que deve ser estabelecida por contrato
administrativo
e) ato administrativo unilateral, diferentemente da concessão de serviços públicos, que de ser estabelecida por contrato
administrativo.

153) Na concessão de serviço público, o Poder Concedente pode extinguir a concessão a qualquer momento, por motivo de
conveniência e oportunidade, mediante lei autorizadora específica e prévio pagamento da indenização. Esta forma de
extinção é denominada
a) encampação.
b) caducidade.
c) rescisão contratual.
d) desapropriação indireta.

Gabarito
01) B 02) A 03) D 04) A 05) C
06) B 07) C 08) E 09) A 10) A
11) A 12) D 13) B 14) D 15) B
16) B 17) A 18) B 19) B 20) A
21) B 22) A 23) A 24) E 25) C
26) D 27) C 28) D 29) C 30) A
31) E 32) C 33) E 34) B 35) A
36) A 37) E 38) D 39) E 40) C
41) B 42) B 43) A 44) E 45) E
46) B 47) D 48) C 49) E 50) A
51) C 52) D 53) B 54) D 55) D
56) E 57) A 58) E 59) C 60) A
61) A 62) A 63) B 64) C 65) D
66) B 67) D 68) C 69) E 70) B
71) C 72) D 73) A 74) C 75) A
76) D 77) C 78) C 79) B 80) C
www.betaconcursos.com
81) C 82) D 83) A 84) B 85) C
86) D 87) C 88) D 89) D 90) C
91) B 92) D 93) D 94) C 95) B
96) D 97) A 98) A 99) B 100) D
101) C 102) B 103) A 104) D 105) C
106) D 107) B 108) B 109) D 110) C
111) B 112) B 113) A 114) B 115) C
116) A 117) C 118) A 119) C 120) B
121) A 122) A 123) D 124) D 125) A
126) D 127) C 128) D 129) C 130) B
131) B 132) D 133) C 134) D 135) C
136) C 137) E 138) E 139) D 140) C
141) B 142) A 143) B 144) C 145) B
146) C 147) C 148) B 149) D 150) C
151) C 152) C 153) A ******* *******
**

Olha aqui! Mais uma bateria de exercícios pra você.

01. Uma das formas pelas quais se expressa a função normativa do Poder Executivo é o poder:
a) Regulamentar b) Jurisdicional
c) De polícia d) N.R.A

02. O Poder ___________, pode ser definido como o que cabe ao Chefe do Poder Executivo da União, dos Estados e dos
Municípios, de editar normas complementares à lei, para sua fiel execução.
a) De polícia b) Regulamentar
c) Hierárquico d) Disciplinar

03. "Expedir decretos autônomos sobre matéria de sua Competência ainda não disciplinada por lei é facultado ao Poder:
a) Policia b) Disciplinar
c) Regulamentar d) Hierárquico

04. No atual diploma legal, não há mais espaço para:


a) Resoluções do Senado Federal
b) Decretos do Executivo
c) Decretos do Legislativo
d) Decretos-lei

05. O Poder Regulamentar é privativo do:


a) Chefe do Executivo b) Presidente do Senado Federal
c) Poder Judiciário d) Poder Legislativo

06. O Poder Regulamentar se exterioriza por meio de:


a) Resolução b) Regulamentos
c) Decreto d) Portarias

07. Além do decreto regulamentar, o poder normativo da Administração ainda se expressa por meio de:
a) Resoluções e instruções b) Portarias
c) Deliberações d) Todas as alternativas estão corretas

08. O Congresso Nacional atualmente dispõe de poder de controle sobre os atos normativos do
Poder Executivo, podendo sustar os que exorbitem do poder:
a) Regulamentar b) Hierárquico
c) De Polícia d) Disciplinar

09. Marque a alternativa incorreta


a) O poder disciplinar é discricionário.
b) A organização administrativa é baseada em dois pressupostos fundamentais: a distribuição de
competências e a hierarquia.
c) A relação hierárquica caracteriza-se por ser uma relação estabelecida entre órgãos, de forma
necessária e permanente.
d) Nos Poderes Judiciário e Legislativo existe hierarquia no sentido de relação de coordenação e
www.betaconcursos.com
subordinação, no que diz respeito às suas funções institucionais.

10. Marque a alternativa incorreta


a) O poder de polícia reparte-se entre Legislativo e Executivo.
b) O Poder Legislativo, no exercício do poder de polícia que incumbe ao Estado, cria por lei, as chamadas limitações
administrativas ao exercício das liberdades públicas.
c) O poder de polícia que o Estado exerce incide apenas em uma área de atuação estatal: na administrativa.
d) Um dos atributos do poder de polícia é a discricionariedade.

11. Os atos pelos quais a Administração exerce o seu poder normativo têm em comum com a lei o fato de:
a) Não emanarem normas gerais
b) Emanarem exclusivamente normas com efeitos gerais
c) Emanarem exclusivamente normas com efeitos abstratos
d) Emanarem normas, com efeitos gerais e abstratos

12. Os atos normativos podem ser:


a) Primários e secundários b) Simples e especiais
c) Originários e derivados d) Singulares e coletivos

13. Atos ___________ se dizem os emanados de um órgão estatal em virtude de competência própria outorgada imediata e
diretamente pela Constituição, para edição de regras instituidoras de direito novo".
a) Derivados b) Originários
c) Simples d) Complexos

14. Os atos emanados do Legislativo são classificados como:


a) Originários b) Simples
c) Derivados d) Especiais

15. Os atos normativos __________ objetivam a "explicitação ou especificação de um conteúdo normativo preexistente,
visando à sua execução no plano da praxis".
a) Originários b) Simples
c) Comuns d) Derivados

16. O regulamento, por excelência, é classificado como ato normativo:


a) Originário b) Derivado
c) Complexo d) Especial

17. Quanto aos atos normativos, pode-se dizer:


I - Não podem contrariar a lei
II - Criam direitos irrestritamente
III - Criam sempre proibições
a) A II e a III estão corretas
b) A I e a II estão corretas
c) A III é a única incorreta
d) A I e a III estão incorretas

18. Quando, além da competência, a lei estabelece a finalidade, a forma, o conteúdo e a


oportunidade, pode-se afirmar que se trata de ato administrativo:
a) discricionário b) vinculado
c) solene d) arbitrário

19. "O Ato Administrativo unilateral e discricionário, pelo qual a Administração consente, a titulo precário, que o particular
se utilize de bem público com exclusividade, denomina-se:
a) permissão b) concessão
c) autorização d) licença

20. Como toda autorização administrativa, a de uso privativo é ato:


a) bilateral b) informal
c) ilegal d) unilateral

21. A autorização administrativa é ______________, uma vez que o consentimento pode ser dado ou negado, segundo
considerações de oportunidade e conveniência, a cargo da Administração:
a) discricionária b) vinculada
c) ilegítima d) de caráter obrigatório

22. A autorização administrativa, pode ser revogada a qualquer momento, quando o uso retornar contrário ao interesse
público logo:
a) é pouco utilizada b) é de caráter absoluto
www.betaconcursos.com
c) é de caráter precário d) não é de caráter precário

23. A autorização pode ser:


I - simples (sem prazo)
II - qualificada (com prazo)
III - especial.
a) A I é a única correta
b) A II é a única correta
c) A I e a III estão correta
d) A III está incorreta

24. A autorização é da competência:


a) do órgão a quem incumbe a administração do bem
b) do Poder Judiciário
c) do Poder Legislativo
d) do Presidente da República

25. "O Ato Administrativo unilateral, discricionário e precário, gratuito ou oneroso, pelo qual a Administração Pública
faculta a utilização privativa do bem público, Para fins de interesse
público", denomina-se:
a) autorização b) permissão de uso
c) concessão d) licença

26. A permissão pode recair sobre bens:


a) privados de qualquer espécie
b) unicamente dominicais
c) especiais privados
d) públicos de qualquer espécie

27. Enquanto a autorização confere a faculdade de uso no interesse privado do beneficiário, a permissão implica na utilização
privativa para fins de:
a) interesse individual
b) direito individual
c) interesse coletivo
d) ação coletiva

28. "A toda imposição pecuniária a que se sujeita o administrador a título de compensação do dano resumido da infração",
denomina-se:
a) Débito fiscal
b) Multa administrativa
c) Juros de mora
d) Correção monetária

29. São atos punitivos específicos do direito tributário


a) Detenção b) Reclusão
c) Multas fiscais d) n. d. a.

30. A faculdade de invalidação dos atos administrativos pela própria Administração é:


I - Bem mais ampla que a que se concede à justiça comum
II - Menos ampla que a concedida à justiça comum.
III - É igual a que se concede à justiça comum.
a) a II está correta b) a I está correta
c) a III está correta d) n. d. a.

GABARITO
01. A 02. B 03. C 04. D 05. A
06. C 07. D 08. A 09. D 10. C
11. D 12. C 13. B 14. A 15. D
16. B 17. B 18. B 19. C 20. D
21. A 22. C 23. D 24. A 25. B
26. D 27. C 28. B 29. C 30. B
www.betaconcursos.com

Olha aqui! Mais uma bateria de exercícios pra você.

Responda "certo" ou "errado"


A - Acerca do Regime Jurídico Único dos Servidores Civis da União (RJU), instituído com a Lei n.° 8.1 12, de 11 de dezembro
de 1990, julgue os seguintes itens.

1) Apenas o cidadão, pessoalmente, pode tomar posse em cargo público, sendo vedada a posse por procuração.

2) indivíduo considerado mentalmente inapto não pode, pela lei, tomar posse em cargo público.

3) Após a posse, o servidor terá até sessenta dias para entrar em exercício.

4) Sempre que o servidor for transferido removido, redistribuído, requisitado ou cedido, devendo, em razão disso, ter
exercício outra sede, deverá iniciar o trabalho imediatamente após o período estritamente necessário ao deslocamento para a
nova localidade.

5) O ocupante de cargo em comissão tem o dever de trabalhar unicamente até o máximo de quarenta horas semanais,
ressalvado o disposto em lei especial.

B - Acerca do controle da administração, julgue os itens seguintes.

1) A revogação é privativa da própria administração.

2) O motivo da revogação é a inconveniência ou a inoportunidade de um ato administrativo.

3) A administração, para anular ato administrativo, depende de provação do interessado.

4) Todo ato administrativo ilegal tem, necessariamente, de ser anulado e seus efeitos, em conseqüência, excluídos do mundo
jurídico.

5) Os tribunais de contas, órgãos do Poder Legislativo, podem, em certos casos, sustar a execução de atos administrativos que
julguem ilegais.

Gabarito
Questão A - 1E 2C 3E 4E 5E

Questão B - 1C 2C 3E 4E 5C

Para não esquecer !

Referentes ao Servidor Público


Lei nº 8.112 – Regime Jurídico Único da
União

1 - a idade mínima prevista na L 8112/90 para investidura em cargo público; 18 anos

2 - Às pessoas portadoras de deficiência é assegurado o direito de se inscrever em concurso público para


provimento de cargo cujas atribuições sejam compatíveis com a deficiência de que são portadoras; para tais
pessoas serão reservadas até 20% (vinte por cento) das vagas oferecidas no concurso;

3 - A posse ocorrerá no prazo de: trinta dias contados da publicação do ato de provimento

4 - Será tornado sem efeito o ato de provimento se a posse não ocorrer no prazo de: 30 dias
www.betaconcursos.com

5 - Prazo para o servidor empossado em cargo público entrar em exercício, contados da data da posse. Quinze
dias

6 - O concurso público terá validade de: até 2 (dois ) anos, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual
período

7 - O início do exercício de função de confiança coincidirá com a data de publicação do ato de designação, salvo
quando o servidor estiver em licença ou afastado por qualquer outro motivo legal, hipótese em que recairá no
primeiro dia útil após o término do impedimento, que não poderá exceder a 30 dias da publicação.

8 - O servidor será exonerado do cargo ou será tornado sem efeito o ato de sua designação para função de
confiança, se não entrar em exercício nos prazos previstos no: art 15, §1ºe 4º

9 - O servidor que deva ter exercício em outro município em razão de ter sido removido, redistribuído,
requisitado, cedido ou posto em exercício provisório terá, no mínimo, dez e, no máximo, trinta dias de prazo,
contados da publicação do ato, para a retomada do efetivo desempenho das atribuições do cargo, incluído nesse
prazo o tempo necessário para o deslocamento para a nova sede.

10 - Os servidores cumprirão jornada de trabalho fixada em razão das atribuições pertinentes aos respectivos
cargos, respeitada a duração máxima do trabalho semanal de quarenta horas e observados os limites mínimo e
máximo de seis horas e oito horas diárias,respectivamente.

11 - O servidor habilitado em concurso público e empossado em cargo de provimento efetivo adquirirá


estabilidade no serviço público ao completar 3 anos de efetivo exercício.

12 - Ao entrar em exercício, o servidor nomeado para cargo de provimento efetivo ficará sujeito a estágio
probatório por período de: 36 meses

13 - Quatro meses antes de findo o período do estágio probatório, será submetida à homologação da autoridade
competente a avaliação do desempenho do servidor.

14 - Não poderá reverter o aposentado que já tiver completado: 70 ( setenta) anos de idade

15 - Nenhum servidor receberá, a título de vencimento, importância inferior: ao salário-mínimo

16 - O valor de cada parcela não poderá ser inferior ao correspondente a 10% da remuneração, provento ou
pensão.

17 - A reposição será feita em uma única parcela quando constatado pagamento indevido no mês anterior ao do
processamento da folha.

18 - As reposições e indenizações ao erário, atualizadas até 30 de junho de 1994, serão previamente comunicadas
ao servidor ativo, aposentado ou ao pensionista, para pagamento , no prazo máximo de 30 dias, podendo ser
parcelas a pedido do interessado.

19 - Na hipótese de valores recebidos em decorrência de cumprimento a decisão liminar, a tutela antecipada ou a


sentença que venha a ser revogada ou rescindida, serão eles atualizados até a data da reposição.

20 - A ajuda de custo destina-se a compensar as despesas de instalação do servidor que, no interesse do serviço,
passar a ter exercício em nova sede, com mudança de domicílio em caráter permanente, vedado o duplo
pagamento de indenização, a qualquer tempo, no caso de o cônjuge ou companheiro que detenha também a
condição de servidor, vier a ter exercício na mesma sede.

21 - À família do servidor que falecer na nova sede são assegurados ajuda de custo e transporte para a localidade
de origem, dentro do prazo de 01 (um) ano, contado do óbito.

22 - O servidor em débito com o erário, que for demitido, exonerado, ou que tiver sua aposentadoria ou
disponibilidade cassada, terá o prazo de 60 dias para quitar o débito.
www.betaconcursos.com
23 - A ajuda de custo é calculada sobre a remuneração do servidor, conforme se dispuser em regulamento, não
podendo exceder a importância correspondente a 03 (três) meses.

24. O servidor que, a serviço, afastar-se da sede em caráter eventual ou transitório para outro ponto do território
nacional ou para o exterior, fará jus a passagens e diárias destinadas a indenizar as parcelas de despesas
extraordinária com pousada, alimentação e locomoção urbana, conforme dispuser em regulamento.
A diária será concedida por dia de afastamento, sendo devida pela metade quando o deslocamento não exigir
pernoite fora da sede, ou quando a União custear, por meio diverso, as despesas extraordinárias cobertas por
diárias.

25 - O servidor ficará obrigado a restituir a ajuda de custo quando, injustificadamente, não se apresentar na
nova sede no prazo de: 30 (trinta) dias.

26 - O servidor que receber diárias e não se afastar da sede, por qualquer motivo, fica obrigado a restituí-las
integralmente, no prazo de: 05 (cinco) dias.

27 - A gratificação natalina corresponde a 1/12 ( um doze avos) da remuneração a que o servidor fizer jus no mês
de dezembro, por mês de exercício no respectivo ano.

28 - A fração igual ou superior a 15 dias será considerada como mês integral

29 - A gratificação será paga até o dia 20 (vinte) do mês de dezembro de cada ano.

30 - O serviço extraordinário será remunerado com acréscimo de 50% (cinqüenta por cento) em relação à hora
normal de trabalho.

31 - Somente será permitido serviço extraordinário para atender a situações excepcionais e temporárias,
respeitado o limite máximo de 2 horas por jornada

32 - Os locais de trabalho e os servidores que operam com Raios X ou substâncias radioativas serão mantidos sob
controle permanente, de modo que as doses de radiação ionizante não ultrapassem o nível máximo previsto na
legislação própria.
Os servidores a que se refere este artigo serão submetidos a exames médicos a cada 6 (seis) meses.

33 - O serviço noturno, prestado em horário compreendido entre 22 (vinte e duas) horas de um dia e 5(cinco)
horas do dia seguinte.

34 - Independentemente de solicitação, será pago ao servidor, por ocasião das férias, um adicional
correspondente a 1/3(um terço) da remuneração do período das férias.

35 - O servidor fará jus a trinta dias de férias, que podem ser acumuladas, até o máximo de dois períodos, no
caso de necessidade do serviço, ressalvadas as hipóteses em que haja legislação específica.

36 - O serviço noturno terá o valor-hora acrescido de 25% (vinte ecinco por cento), computando-se cada hora
como cinqüenta e dois minutos e trinta segundos.

37 - Para o primeiro período aquisitivo de férias serão exigidos 12 (doze) meses de exercício.

38 - As férias poderão ser parceladas em até três etapas, desde que assim requeridas pelo servidor, e no interesse
da administração pública.

39 - O pagamento da remuneração das férias será efetuado até 2 (dois) dias antes do início do respectivo período.

40 - O servidor que opera direta e permanentemente com Raios X ou substâncias radioativas gozará 20 dias
consecutivos de férias, por semestre de atividade profissional, proibida em qualquer hipótese a acumulação.

41 - O servidor exonerado do cargo efetivo, ou em comissão, perceberá indenização relativa ao período das férias
a que tiver direito e ao incompleto, na proporção de 1/12 (avos) por mês de efetivo exercício, ou fração superior
a 14 dias.
www.betaconcursos.com
42 - A licença concedida dentro de 60 (sessenta) dias do término de outra da mesma espécie será considerada
como prorrogação.

43 - O servidor terá direito a licença, sem remuneração, durante o período que mediar entre a sua escolha em
convenção partidária, como candidato a cargo eletivo, e a véspera do registro de sua candidatura perante a
Justiça Eleitoral.

44 - A licença para tratamento da saúde de pessoa da família será concedida sem prejuízo da remuneração do
cargo efetivo, até 30 dias podendo ser prorrogada por até 30 dias, mediante parecer de junta médica oficial e,
excedendo estes prazos, sem remuneração, por até 90 dias.

45 - A Licença por Motivo de Afastamento do Cônjuge será por prazo indeterminado e sem remuneração .

46 - Concluído o serviço militar, o servidor licenciado terá até 30 dias sem remuneração para reassumir o
exercício do cargo.

47 - A partir do registro da candidatura e até o décimo dia seguinte ao da eleição, o servidor fará jus à licença,
assegurados os vencimentos do cargo efetivo, somente pelo período de 3 meses.

48 - O servidor candidato a cargo eletivo na localidade onde desempenha suas funções e que exerça cargo de
direção, chefia, assessoramento, arrecadação ou fiscalização, dele será afastado, a partir do dia imediato ao do
registro de sua candidatura perante a Justiça Eleitoral, até o décimo dia seguinte ao do pleito.

49 - Após cada qüinqüênio de efetivo exercício, o servidor poderá, no interesse da Administração, afastar-se do
exercício do cargo efetivo, com a respectiva remuneração, por até 3 meses, para participar de curso de
capacitação profissional.

50 - A Licença para Tratar de Interesses Particulares a critério da Administração, poderá ser concedida ao
servidor ocupante de cargo efetivo, desde que não esteja em estágio probatório, licença para o trato de assuntos
particulares pelo prazo de até 3 anos consecutivos, sem remuneração, prorrogável uma única vez por período
não superior a esse limite.

51 - A licença terá duração igual a do mandato, podendo ser prorrogada, no caso de reeleição, e por uma única
vez.

52 - Não se concederá nova licença antes de decorridos 2 anos do término da anterior ou de sua prorrogação.

53 - O servidor não poderá ausentar-se do País para estudo ou missão oficial, sem autorização do Presidente da
República, Presidente dos Órgãos do Poder Legislativo e Presidente do Supremo Tribunal Federal.
A ausência não excederá a 4 (quatro) anos, e finda a missão ou estudo, somente decorrido igual período,
será permitida nova ausência.

54 - Sem qualquer prejuízo, poderá o servidor ausentar-se do serviço:


por 1 (um) dia, para doação de sangue;
por 2 (dois) dias, para se alistar como eleitor;
por 8 (oito) dias consecutivos em razão de:
a)casamento;
b)falecimento do cônjuge, companheiro, pais, madrasta ou padrasto, filhos, enteados, menor sob guarda ou
tutela e irmãos.

55 - Além das ausências ao serviço previstas no art. 97, são considerados como de efetivo exercício os
afastamentos em virtude de:
para tratamento da própria saúde, até o limite de vinte e quatro meses, cumulativo ao longo do tempo de
serviço público prestado à União, em cargo de provimento efetivo;

56 - O prazo para interposição de pedido de reconsideração ou de recurso é de 30 dias, a contar da publicação ou


da ciência, pelo interessado, da decisão recorrida.
www.betaconcursos.com
57 - O requerimento e o pedido de reconsideração deverão ser despachados no prazo de 5 (cinco) dias e decididos
dentro de 30 (trinta) dias.

58 - O direito de requerer prescreve:


em 5 (cinco) anos, quanto aos atos de demissão e de cassação de aposentadoria ou disponibilidade, ou que
afetem interesse patrimonial e créditos resultantes das relações de trabalho;
em 120 (cento e vinte ) dias, nos demais casos, salvo quando outro prazo for fixado em lei.

59 - Ao servidor é proibido:
manter sob sua chefia imediata, em cargo ou função de confiança, cônjuge, companheiro ou parente até o
segundo grau civil;
atuar, como procurador ou intermediário, junto a repartições públicas, salvo quando se tratar de benefícios
previdenciários ou assistenciais de parentes até o segundo grau, e de cônjuge ou companheiro;

60 - A suspensão será aplicada em caso de reincidência das faltas punidas com advertência e de violação das
demais proibições que não tipifiquem infração sujeita a penalidade de demissão, não podendo exceder de 90
dias.

61 - Quando houver conveniência para o serviço, a penalidade de suspensão poderá ser convertida em multa, na
base de 50% (cinqüenta por cento) por dia de vencimento ou remuneração, ficando o servidor obrigado a
permanecer em serviço.

62 - As penalidades de advertência e de suspensão terão seus registros cancelados, após o decurso de 3 (três) e 5
(cinco) anos de efetivo exercício, respectivamente, se o servidor não houver, nesse período, praticado nova
infração disciplinar.

63 - Será punido com suspensão de até 15 dias o servidor que, injustificadamente, recusar-se a ser submetido a
inspeção médica determinada pela autoridade competente, cessando os efeitos da penalidade uma vez cumprida
a determinação.

64 - Detectada a qualquer tempo a acumulação ilegal de cargos, empregos ou funções públicas, a autoridade a
que se refere o art. 143 notificará o servidor, por intermédio de sua chefia imediata, para apresentar opção no
prazo improrrogável de dez dias, contados da data da ciência e, na hipótese de omissão, adotará procedimento
sumário para a sua apuração e regularização imediata.

65. O procedimento sumário se desenvolverá nas seguintes fases.


instauração, com a publicação do ato que constituir a comissão, a ser composta por dois servidores
estáveis, e simultaneamente indicar a autoria e a materialidade da transgressão objeto da apuração.

66 - A comissão lavrará, até 3 dias após a publicação do ato que a constituiu, termo de indiciação em que serão
transcritas as informações de que trata o parágrafo 1º do art 133, bem como promoverá a citação pessoal do
servidor indiciado, ou por intermédio de sua chefia imediata, para, no prazo de 5 dias, apresentar defesa escrita,
assegurando-se-lhe vista do processo na repartição, observado o disposto nos arts. 163 e 164.

67 - O servidor que for demitido ou destituído do cargo em comissão por infringência do art. 132, incisos I, IV,
VIII, X e XI, não poderá retornar ao serviço público federal.

68 - Configura abandono de cargo a ausência intencional do servidor ao serviço por mais de trinta dias
consecutivos.

69 - No prazo de 5 dias, contados do recebimento do processo, a autoridade julgadora proferirá a sua decisão.

70 - O prazo para a conclusão do processo administrativo disciplinar submetido ao rito sumário não excederá 30
dias, contados da data de publicação do ato que constituir a comissão, admitida a sua prorrogação por até 15
dias, quando as circunstâncias o exigirem.

71 - A demissão ou a destituição de cargo em comissão, por infringência do art. 117, incisos IX e XI,
incompatibiliza o ex-servidor para nova investidura em cargo público federal, pelo prazo de 5 anos.
www.betaconcursos.com
72 - Entende-se por inassiduidade habitual a falta ao serviço, sem causa justificada, por 60 (sessenta) dias,
interpoladamente, durante o período de 12 (doze) meses.

73. A ação disciplinar prescreverá:


em 5 (cinco) anos, quanto às infrações puníveis com demissão, cassação de aposentadoria ou
disponibilidade e destituição de cargo em comissão;
em 2 (dois) anos, quanto à suspensão;
em 180 (cento e oitenta) dias, quanto á advertência.

74. Da sindicância poderá resultar:


aplicação de penalidade de advertência ou suspensão de até 30 dias;

75. As penalidades disciplinares serão aplicadas:


pelas autoridades administrativas de hierarquia imediatamente inferior àquelas mencionadas no inciso I
quando se tratar de suspensão superior a 30 (trinta) dias; pelo chefe da repartição e outras autoridades
na forma dos respectivos regimentos ou regulamentos, nos casos de advertência ou de suspensão de até
30 (trinta) dias;

76 - O prazo para conclusão da sindicância não excederá 30 (trinta) dias, podendo ser prorrogado por igual
período, a critério da autoridade superior.

77 - Sempre que o ilícito praticado pelo servidor ensejar a imposição de penalidade de suspensão por mais de 30
(trinta) dias, de demissão, cassação de aposentadoria ou disponibilidade, ou destituição de cargo em comissão,
será obrigatória a instauração de processo disciplinar.

78 - Como medida cautelar e a fim de que o servidor não venha a influir na apuração da irregularidade, a
autoridade instauradora do processo disciplinar poderá determinar o seu afastamento do exercício do cargo,
pelo prazo de até 60 (sessenta) dias, sem prejuízo da remuneração.
O afastamento poderá ser prorrogado por igual prazo, findo o qual cessarão os seus efeitos, ainda que não
concluído o processo.

79 - O processo disciplinar será conduzido por comissão composta de três servidores estáveis designados pela
autoridade competente, observado o disposto no § 3o do art. 143, que indicará, dentre eles, o seu presidente, que
deverá ser ocupante de cargo efetivo superior ou de mesmo nível, ou ter nível de escolaridade igual ou superior
ao do indiciado.

80 - A Comissão terá como secretário servidor designado pelo seu presidente, podendo a indicação recair em um
de seus membros.

81 - O prazo para a conclusão do processo disciplinar não excederá 60 (sessenta) dias, contados da data de
publicação do ato que constituir a comissão, admitida a sua prorrogação por igual prazo, quando as
circunstâncias o exigirem.

82. Concluída a inquirição das testemunhas, a comissão promoverá o interrogatório do acusado, observados os
procedimentos previstos nos arts. 157 e 158.
No caso de mais de um acusado, cada um deles será ouvido separadamente, e sempre que divergirem em
suas declarações sobre fatos ou circunstâncias, será promovida a acareação entre eles.

83. Tipificada a infração disciplinar, será formulada a indiciação do servidor, com a especificação dos fatos a ele
imputados e das respectivas provas.
O indiciado será citado por mandado expedido pelo presidente da comissão para apresentar defesa escrita,
no prazo de 10 (dez) dias, assegurando-se-lhe vista do processo na repartição.

84 - O prazo de defesa poderá ser prorrogado pelo dobro, para diligências reputadas indispensáveis.

85 - No caso de recusa do indiciado em apor o ciente na cópia da citação, o prazo para defesa contar-se-á da data
declarada, em termo próprio, pelo membro da comissão que fez a citação, com a assinatura de 2 (duas)
testemunhas.

86. Achando-se o indiciado em lugar incerto e não sabido, será citado por edital, publicado no Diário Oficial da
União e em jornal de grande circulação na localidade do último domicílio conhecido, para apresentar defesa.
www.betaconcursos.com
Na hipótese deste artigo, o prazo para defesa será de 15 (quinze) dias a partir da última publicação do edital.

87 - Havendo dois ou mais indiciados, o prazo será comum e de vinte dias.

88 - No prazo de vinte dias, contados do recebimento do processo, a autoridade julgadora proferirá a sua
decisão.

89 - Se a penalidade a ser aplicada exceder a alçada da autoridade instauradora do processo, este será
encaminhado à autoridade competente, que decidirá em igual prazo.

90 - Quando houver dúvida sobre a sanidade mental do acusado, a comissão proporá à autoridade competente
que ele seja submetido a exame por junta médica oficial, da qual participe pelo menos um médico psiquiatra.

91 - Havendo mais de um indiciado e diversidade de sanções, o julgamento caberá à autoridade competente para
a imposição da pena mais grave.

92 - O processo disciplinar poderá ser revisto, a qualquer tempo, a pedido ou de ofício, quando se aduzirem fatos
novos ou circunstâncias suscetíveis de justificar a inocência do punido ou a inadequação da penalidade aplicada.

93 - Quando proporcional ao tempo de serviço, o provento não será inferior a 1/3 (um terço) da remuneração da
atividade.

94 - O prazo para julgamento será de 20 (vinte) dias, contados do recebimento do processo, no curso do qual a
autoridade julgadora poderá determinar diligências.

95 - O recolhimento de que trata o § 3o do art 183 deve ser efetuado até o segundo dia útil após a data do
pagamento das remunerações dos servidores públicos, aplicando-se os procedimentos de cobrança e execução
dos tributos federais quando não recolhidas na data de vencimento.

96 - A comissão revisora terá 60 (sessenta) dias para a conclusão dos trabalhos.

97- O servidor será aposentado:


compulsoriamente, aos 70 anos de idade, com proventos proporcionais ao tempo de serviço;

98 - A aposentadoria voluntária ou por invalidez vigorará a partir da data da publicação do respectivo ato.

99 - - Ao servidor aposentado será paga a gratificação natalina, até o dia 20 do mês de dezembro, em valor
equivalente ao respectivo provento, deduzido o adiantamento recebido.

100 - O auxílio-natalidade é devido à servidora por motivo de nascimento de filho, em quantia equivalente ao
menor vencimento do serviço público, inclusive no caso de natimorto.
Na hipótese de parto múltiplo, o valor será acrescido de 50% (cinqüenta por cento), por nascituro.

101 - No caso de nascimento prematuro, a licença terá início a partir do parto.

102 - A aposentadoria por invalidez será precedida de licença para tratamento de saúde, por período não
excedente a 24 ( vinte e quatro) meses.

103 - Para Licença para Tratamento de Saúde até 30 (trinta) dias, a inspeção será feita por médico do setor de
assistência do órgão de pessoal e, se por prazo superior, por junta médica oficial.

104 - O servidor que durante o mesmo exercício atingir o limite de 30 (trinta) dias de licença para tratamento de
saúde, consecutivos ou não, para a concessão de nova licença, independentemente do prazo de sua duração, será
submetido a inspeção por junta médica oficial.

105 - A licença à servidora gestante poderá ter início no 1º dia do nono mês de gestação, salvo antecipação por
prescrição médica.

106 - No caso de natimorto, decorridos 30 (trinta) dias do evento, a servidora será submetida a exame médico, e
se julgada apta, reassumirá o exercício.
www.betaconcursos.com
107 - Será concedida licença à servidora gestante por 120 (cento e vinte) dias consecutivos, sem prejuízo da
remuneração.

108 - No caso de aborto atestado por médico oficial, a servidora terá direito a 30 (trinta) dias de repouso
remunerado.

109 - A prova do acidente será feita no prazo de 10 (dez) dias, prorrogável quando as circunstâncias o exigirem.

110 - Pelo nascimento ou adoção de filhos, o servidor terá direito à licença-paternidade de 5 (cinco) dias
consecutivos.

111 - Para amamentar o próprio filho, até a idade de 6 ( seis meses), a servidora lactante terá direito, durante a
jornada de trabalho, a uma hora de descanso, que poderá ser parcelada em dois períodos de meia hora.

112 - À servidora que adotar ou obtiver guarda judicial de criança até 1 (um) ano de idade, serão concedidos 90
(noventa) dias de licença remunerada.

113 - No caso de adoção ou guarda judicial de criança com mais de 1 (um) ano de idade, o prazo de que trata
este artigo será de 30 (trinta) dias.

114 - A pensão por morte poderá ser requerida a qualquer tempo, prescrevendo tão-somente as prestações
exigíveis há mais de 5 (cinco) anos.

115 - A pensão provisória por morte presumida do servidor será transformada em vitalícia ou temporária,
conforme o caso, decorridos 5 (cinco) anos de sua vigência, ressalvado o eventual reaparecimento do servidor,
hipótese em que o benefício será automaticamente cancelado.

116 - O auxílio será pago no prazo de 48 (quarenta e oito) horas por meio de procedimento sumaríssimo, à pessoa
da família que houver custeado o funeral.

117 - À família do servidor ativo é devido o auxílio-reclusão, nos seguintes valores:


2/3 ( dois terços) da remuneração, quando afastado por motivo de prisão, em flagrante ou preventiva,
determinada pela autoridade competente, enquanto perdurar a prisão;

118 - À família do servidor ativo é devido o auxílio-reclusão, nos seguintes valores:


metade da remuneração, durante o afastamento, em virtude de condenação, por sentença definitiva, a pena
que não determine a perda de cargo.

119 - Nos casos previstos no inciso I do artigo 229, o servidor terá direito à integralização da remuneração, desde
que absolvido.

120 - O auxílio-funeral é devido à família do servidor falecido na atividade ou aposentado, em valor equivalente a
um mês da remuneração ou provento.

121 - Os prazos previstos na Lei 8112/90 serão contados em dias corridos, excluindo-se o dia do começo e
incluindo-se o do vencimento, ficando prorrogado, para o primeiro dia útil seguinte, o prazo vencido em dia em
que não haja expediente.

122 - Ao servidor público civil é assegurado, nos termos da Constituição Federal, o direito à
livre associação sindical e os seguintes direitos, entre outros, dela decorrentes:
de inamovibilidade do dirigente sindical, até 1 (um) ano após o final do mandato, exceto se a pedido;

123 - Ficam submetidos ao regime jurídico instituído pela Lei 8112/90, na qualidade de servidores públicos, os
servidores dos Poderes da União, dos ex-Territórios, das autarquias, inclusive as em regime especial, e das
fundações públicas, regidos pela Lei nº 1.711, de 28 de outubro de 1952, Estatuto dos Funcionários Públicos Civis
da União, ou pela Consolidação das Leis do Trabalho, aprovada pelo Decreto-Lei nº 5.452, de 1o de maio de
1943, exceto os contratados por prazo determinado, cujos contratos não poderão ser prorrogados após o
vencimento do prazo de prorrogação.