Você está na página 1de 13

PPS – 23

PERFEITO PARA RIACHÃO.

COMPROMISSOS PARA GOVERNAR.

INTRODUÇÃO

A eleição que acontecerá, em 05 de outubro de 2008, precisa caracterizar uma profunda


mudança na vida de nosso Riachão do Jacuipe. Terá que ser um divisor de águas. Nela, os
eleitores terão a oportunidade de finalmente poder eleger um governo comprometido com o
crescimento e o desenvolvimento sustentável de nossa cidade, evitando de vez a forma com
que somos hoje conduzidos.
Riachão terá a oportunidade de optar pela gestão de caráter empresarial com priorização pelo
planejamento das ações, pelo compromisso com metas claras de gestão ou permanecer com a
improvisação e o favorecimento individual que vem sendo a características das últimas
administrações municipais, todas elas com a visão única em atender aos “seus” (amigos,
correligionários e parentes) em prejuízo do todo mais pobre e necessitado do nosso município.
Assim sendo, o ENG° JOCELINO CARNEIRO, como legitimo JACUIPENSE representante do
PPS, apresenta este PROGRAMA DE GOVERNO – PRELIMINAR (passará pelas mudanças e
adaptações que serão discutidas com as entidades locais) assumindo com todos os nossos
conterrâneos um compromisso de MUDAR PARA VALER a forma de administrar o nosso
RIACHÃO.

Este PROGRAMA tem sido pensado ao longo dos últimos anos. É, neste primeiro momento, o
reflexo da atuação de vida empresarial e política do ENGº JOCELINO CARNEIRO e se
consolidará como projeto coletivo, refletindo as reivindicações da população, dos movimentos
sociais, das entidades representativas jacuipenses e dos Partidos Políticos que a ele se
acoplem.

A versão final deste PROGRAMA DE GOVERNO estabelecerá as diretrizes e as medidas que


serão tomadas para solucionar os principais problemas do Município; fixando-se, portanto, em
propostas concretas e viáveis, como já veremos nesta versão preliminar.

Como já dito não é um programa fechado, mas, em constante construção onde os anseios da
sociedade são seu principal combustível.

1
A)DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL:

A nossa cidade vive um grande dilema: qual é, na verdade, sua vocação? Somos um município
de perfil agropecuário? Devemos priorizar o fortalecimento de nossa estrutura de comércio? Ou
ainda, devemos buscar um processo de industrialização incipiente como fazemos hoje? O fato
é que não temos uma clara definição de nossa principal vocação (onde deveríamos centrar
esforços para assegurar o nosso desenvolvimento) e tampouco planejamos as ações para
assegurar que outras atividades, de menor peso econômico, contribuam para a nossa real
prosperidade. Não somos hoje um município pensando o seu futuro e sim vivendo de um
gerenciamento público improvisado que, ao sabor dos acontecimentos ora quer industrializar-
se, ora quer ser base comercial da região ou ainda promotor de feiras agrícolas, ou seja, não
sabemos o que queremos, não sabemos para onde estamos indo.

Os moradores mais antigos nos contam sobre a rica era do Sisal onde parecíamos ter um
futuro de crescente produção, industrialização e enriquecimento (No dizer popular, o dinheiro
corria e movimentava o comércio e os negócios). Com a drástica redução da demanda mundial
pelo sisal e seus subprodutos, ficamos no meio do caminho, perdemos a nossa principal fonte
de renda e não agimos para reduzir os impactos da perda ou para substituir modo planejado e
ordenado esta produção por outra. De tudo isto restaram às boas lembranças e uma crescente
dependência do poder público (Prefeitura, Governo Estadual, Governo Federal), O que nos
transformou de município exportador internacional em uma terra de “déficit” orçamentário
permanente (Gastando mais do que produzimos) e de exportadores de gente, jovens em
particular, para as grandes cidades em busca de encaminhamento para a vida.

Não será tarefa simples em complexidade e tempo, mas, pela primeira vez, em nosso
município, teremos uma política pública pensada e planejada, para o crescimento com
desenvolvimento sustentável. O que isto quer dizer? Gerar emprego e renda respeitando a
vocação e o emprendedorismo local, ou seja, crescer de modo equilibrado economicamente e
socialmente.

A1)COMPROMISSOS DO GOVERNO PPS

-Criação e Instalação da AGÊNCIA JACUIPENSE DE DESENVOLVIMENTO (AJD), cujo


presidente será nomeado pelo prefeito, assessorado por um Conselho Gestor, integrado por
representantes da Câmara de Vereadores, do comercio local, empresários, profissionais
liberais e sindicatos.
Esta Agência terá por objetivo estabelecer medidas a serem tomadas para desenvolvimento e
fortalecimento do mercado local, fornecer os subsídios técnicos necessários para consolidação
dos projetos locais de industrialização, escolher os projetos dos empreendedores locais que
receberão subsidio financeiro do município. Esta agencia terá à disposição uma dotação
orçamentária anual de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) para sustentar suas ações.

-Criar, sob a coordenação da Secretaria Municipal de Agricultura um Grupo Permanente de


ações contra a seca cuja missão será de identificar todas as oportunidades de preservação e
retenção dos recursos hídricos no município (açudagem, barragens, cisternas e outros),
ordenando e priorizando as obras que possam ser executadas com os recursos próprios e
ainda identificando toda fonte de recursos externos (Governo Estadual, Governo Federal
entidades não governamentais etc..) onde possamos recorrer pela via da ação política e
institucional.

- Assegurar prioridade para as empresas locais nas compras e tomadas de preços da


Prefeitura, com a finalidade de fortalecer o comércio e a indústria locais; gerar mais empregos;

2
proporcionar o desenvolvimento; aumentar a arrecadação; melhorando assim, a qualidade de
vida da cidade.

- Transformar a produção agropecuária do município em um efetivo negócio, oferecendo aos


produtores os recursos de abate, estocagem e comercialização planejada reduzindo a
dependência existente, da figura do atravessador/especulador que hoje dita as regras e os
preços de acordo com a sua conveniência.

B) REORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA DO MUNICIPIO

Nos moldes atuais o Prefeito, Secretários e Assessores assumem suas funções sem uma clara
definição do que devem fazer. A nomeação é, via de regra, o resultado de acomodação dos
apoios políticos nas campanhas e não consideram a real aptidão do indicado para a função.
Neste modelo, a participação dos funcionários públicos de carreira nos cargos de gestão
efetiva é insignificante ou nula desestimulando o seu progresso funcional e pessoal.

B1)COMPROMISSOS DO GOVERNO PPS

-Planejada e ordenada redução na quantidade de Secretarias e órgãos de apoio da Prefeitura


reduzindo significativamente o custo com a burocracia, tornando mais rápida a resposta do
serviço público às demandas dos cidadãos.

- Estabelecimento em cada SECRETARIA/DEPARTAMENTO/ÓRGÃO da administração


municipal de um PLANEJAMENTO PLURIANUAL E ESTRATÉGICO para definir diretrizes e
metas de GESTÃO sintonizadas com o PLANO DE GOVERNO;

- O não cumprimento por parte de qualquer destas estruturas de suas metas e


diretrizes (em avaliação anual) poderá resultar na dispensa do líder do processo (Secretário,
assessor etc...).

-Realizaremos um amplo entendimento com o funcionalismo, qualificando o servidor e


valorizando seu papel com o objetivo de maximizar a eficiência da máquina administrativa e
profissionalizar, de fato, o servidor público.

- A nossa atividade fim será prestar um serviço de QUALIDADE, respeitando o povo e


chamando-o a participar do processo decisório. A prefeitura vai deixar de ser propriedade de
grupos políticos e passar a ser verdadeiramente controlada pelos CIDADÃOS.

-Estabelecimento de um PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS, valorizando a formação


profissional, a qualificação permanente, o tempo de serviço, a eficiência e a produtividade do
trabalho;

- Estabelecimento de uma POLÍTICA PERMANENTE DE APERFEIÇOAMENTO DOS


SERVIDORES E pagamento diferenciado baseados em RESULTADOS;

3
C) PLANEJAMENTO URBANO E MEIO AMBIENTE

O planejamento urbano visa ordenar o pleno desenvolvimento das funções sociais da cidade e
da propriedade urbana. Mediante esta necessidade iremos avaliar a forma de como tem sido
realizada a ocupação do solo, em especial, o surgimento de loteamentos e condomínios sem
infra-estrutura. Com consciência, mudaremos o atual perfil de ocupação ao desencadearmos
uma ampla discussão, com a comunidade, sobre o NOVO PLANO DIRETOR previsto no
ESTATUTO DAS CIDADES (Lei nº. 10.257, de 10 de julho de 2001).

O PROCESSO DE OCUPAÇÃO E PLANEJAMENTO URBANO DA CIDADE deve atender,


portanto, aos seguintes preceitos:
> Qualidade de vida;
> Recuperação e preservação ambiental;
> Manutenção e preservação do conjunto paisagístico;
> Preservação dos monumentos, construções e conjuntos naturais de valor histórico;
> Urbanização e remodelamento de praças e equipamentos públicos;
> Iluminação, pavimentação e consolidação das vias públicas.

C1) COMPROMISSOS DO GOVERNO PPS

-Elaboração de um NOVO PLANO DIRETOR para a cidade e principais distritos que dê suporte
à revisão do PLANO DE DESENVOLVIMENTO URBANO E DOS CÓDIGOS DE OBRAS, DE
POSTURA E DE MEIO AMBIENTE;

- Recadastramento e AUDITORIA DOS REGISTROS DE IMÓVEIS do município;

- Reestruturação da SECRETARIA DE OBRAS PÚBLICAS, com descentralização nos


DISTRITOS para maior agilidade dos trabalhos, independência de decisões. Equipada com
maquinário objetivando, prioritariamente, a pavimentação e manutenção das vias públicas.

-Para despoluir e preservar todo o RIO JACUIPE, tarefa que depende de co-participação
de outros municípios de nossa região, criaremos, em caráter remunerado, o COMITE
DE DESPOLUIÇÃO/PRESERVAÇÃO DO RIO JACUIPE cujas principais ações
estarão voltadas para:

a)Retomar as obras de tratamento de esgoto de nosso município, que já teve verbas


consumidas sem a realização da mesma, assegurando a nossa comunidade a autoridade
moral para liderar as ações junto aos demais municípios usuários do Rio Jacuipe.

b) Identificar todas as fontes de recursos, em todos os níveis de governo e outras


entidades que possam ser trabalhadas, politicamente, para viabilizar o projeto de
recuperação de nosso Rio.

4
D)COMBATE A CORRUPÇÃO

É fato a corrupção existente no Poder Público e considerável a soma do dinheiro público


desviado. As conseqüências são as dificuldades financeiras enfrentadas pela maioria dos
municípios brasileiros chegando, em alguns casos, até a falta de pagamento do funcionalismo
público. Em Riachão do Jacuipe, combateremos a corrupção com todas as forças e com muita
disposição. Criaremos o PROGRAMA TOLERÂNCIA ZERO COM A CORRUPÇÃO.

A história pessoal das lideranças do PPS neste município, reconhecidamente honesta e


correta, servirá de exemplo. A escolha do seu SECRETARIADO se baseará nestes mesmos
preceitos e a vigilância deste PRIMEIRO ESCALÃO será realizada de forma IMPARCIAL.
Sabe-se que quando o Prefeito e o Secretariado dão o exemplo de honestidade e probidade,
todos os participantes do governo e o funcionalismo pensarão várias vezes antes de realizar
qualquer ato imoral.

Realizaremos AUDITORIAS em todas as SECRETARIAS/DEPARTAMENTOS/ÓRGÃOS do


governo municipal, com atenção especial, aos contratos firmados.

Os funcionários, ao assumirem cargos de confiança, serão alertados pelo prefeito para


exercerem sua função com RETIDÃO E DIGNIDADE. NÃO será tolerado o EMPREGUISMO de
parentes, o PRIVILÉGIO a amigos e o PÉSSIMO ATENDIMENTO PÚBLICO a quem quer que
seja.

Os casos confirmados de corrupção, fraude ou roubo os responsáveis serão afastados e


entregues à Justiça e responderão civil, criminal e administrativamente pelos seus atos.

D1)COMPROMISSOS DO GOVERNO PPS

-INFORMATIZAÇÃO dos arquivos e RACIONALIZAÇÃO dos procedimentos administrativos


com a utilização da informática em todas as SECRETARIAS/DEPARTAMENTOS/ÓRGÃOS;

- Utilização da INTERNET como INSTRUMENTO DE TRANSPARÊNCIA e


DEMOCRATIZAÇÃO DO ACESSO à informação na divulgação das licitações, tomadas de
preços e na prestação de contas;

- Instalação do DISQUE DENÚNCIA (telefone 0800/Internet) para denúncias e reclamações


dos CIDADÃOS, associado a um PROGRAMA TOLERÂNCIA ZERO COM A CORRUPÇÃO
para levantamento e investigação, em todas as SECRETARIAS/DEPARTAMENTOS/ÓRGÃOS,
das denúncias de corrupção e estabelecimento de inquérito administrativo;

-Criação de uma OUVIDORIA GERAL do Governo, com representantes da Câmara de


Diretores Lojistas, Sindicatos do Município, Conselhos e Associações Comunitárias, com a
função de fiscalizar as contas da prefeitura, as obras do município e supervisionar todo o
processo de compras e licitações. Além de receber e encaminhar aos órgãos competentes
todas as denúncias de corrupção, favorecimento, fraude e mau atendimento. Além disso,
cobrar os resultados da apuração em tempo hábil.

5
E) EDUCAÇÃO E INCLUSÃO DIGITAL

A escola pública tem que deixar de ser, no Brasil, um espaço de exclusão social. Deve
proporcionar, por meio da escolarização, as mais variadas possibilidades educacionais e
culturais para a formação humana. Hoje é necessário - e urgente - fazer com que a escola seja
um componente fundamental para a inclusão social. A educação infantil, a educação de jovens
e adultos, a educação especial e o ensino fundamental, devem ser vistos como desafios do
governo. Promover a universalização da escolarização e sua qualidade social exigirá vontade
política, firmeza nas ações e a definição de uma política educacional concreta e objetiva.

Assumimos o compromisso para com a formação de um cidadão consciente e crítico dos seus
direitos e deveres. Desta forma, a construção de uma escola pública participativa e de
qualidade social, em nosso município, será de grande importância para o fortalecimento da
democracia representativa.

Em toda a política educacional do município estarão presentes três componentes de suma


importância para o desenvolvimento sustentável e para a formação do cidadão de Riachão: A
EDUCAÇÃO AMBIENTAL, A INCLUSÃO DIGITAL E PROGRAMAS DE SAÚDE DE CARÁTER
PREVENTIVO. Tanto A EDUCAÇÃO AMBIENTAL quanto A INFORMÁTICA E OS
PROGRAMAS DE SAÚDE farão parte da MATRIZ CURRICULAR da rede municipal de ensino.

A nossa política educacional - baseada na QUALIDADE SOCIAL e no estabelecimento de uma


ESCOLA PÚBLICA INCLUSIVA - terá como seus objetivos principais:

- DEMOCRATIZAÇÃO do ACESSO e GARANTIA DA PERMANÊNCIA do aluno na escola;

- Criação de ações destinadas ao FIM DA EVASÃO, DA REPETÊNCIA, DA REPROVAÇÃO E


DA DISTORÇÃO IDADE/SÉRIE;

- Elaboração, coletiva, de um PROJETO PEDAGÓGICO COERENTE com a realidade da


escola, do aluno e, principalmente, do contexto sócio-econômico e cultural em que os mesmos
se inserem;

- Valorização dos profissionais de educação do magistério público municipal através de um


PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS e da remuneração por resultados e eficiência;

- Estímulo ao APERFEIÇOAMENTO DOS DOCENTES E PESSOAL TÉCNICO e a sua


formação continuada;

- Proporcionar à população todas as modalidades de ENSINO PÚBLICO GRATUITO em nossa


cidade: DA EDUCAÇÃO INFANTIL AO ENSINO SUPERIOR.

- Aplicação integral das verbas oriundas das transferências constitucionais, do FUNDEB ,e das
receitas municipais legalmente estabelecidas, na educação

E1)COMPROMISSOS DO GOVERNO PPS

> Estabelecimento de uma parceria com o Estado e o Governo Federal para implantar no
NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO, CURSOS TÉCNICOS de curta duração e CURSOS
PROFISSIONALIZANTES, nas áreas de interesse do município e do mercado de trabalho;
de modo a aumentar a chance de emprego dos jovens de nosso município;

- Garantia de TRANSPORTE GRATUITO - um dos grandes entraves - para todos os


estudantes da rede pública do município, como uma das formas para a redução das taxas de
evasão. Esta garantia será assegurada, também, para os universitários de entidades públicas

6
cujas faculdades estejam num raio de até 80 km do nosso município;

- Criação de PROGRAMAS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA para que os estudantes


universitários de Riachão, em troca de uma bolsa de extensão no valor de meio salário mínimo,
possam realizar estudos e trabalhos sociais, culturais e acadêmicos que sejam de interesse da
cidade;

- Promoção de PARCERIAS COM FACULDADES E UNIVERSIDADES PÚBLICAS E


PRIVADAS para instalação de Campus Avançado em Riachão naquelas áreas de interesse do
Município.

- Criação de um PROGRAMA DE VESTIBULAR POPULAR nas principais escolas municipais


ou em convênio com as estaduais para garantir o acesso dos alunos de Riachão nas principais
Universidades Públicas do Estado;

- Criação do PROJETO EVASÃO, REPETÊNCIA E REPROVAÇÃO ZERO visando a melhoria


dos índices da qualidade de ensino da rede municipal e a busca de soluções para a distorção
idade/série, assegurando remuneração diferenciada para todos os servidores das unidades
educacionais que atinjam estas metas;

- Promoção da CONFERÊNCIA ANUAL DE EDUCAÇÃO, com especialistas das mais diversas


áreas do conhecimento, com o objetivo de discutir e propor soluções para os principais
problemas educacionais do município;

- Estimular o real funcionamento e redefinição das funções do CONSELHO MUNICIPAL DE


EDUCAÇÃO, colocando como seus membros pessoas efetivamente interessadas em seu
funcionamento, ampliando e valorizando esta atividade.

- Estímulo ao APERFEIÇOAMENTO DO DOCENTE E PESSOAL TÉCNICO, em parceria com


as instituições públicas e privadas, através de financiamento parcial destas atividades;

F) SAÚDE , HABITAÇÃO E SANEAMENTO BÁSICO

Saúde

O Riachão exige um governo que estabeleça definitivamente uma Política de Saúde séria, sem
clientelismo, sem fazer da doença fonte de votos, sem transformar o Hospital Municipal em
Comitê Eleitoral.

A realidade de hospitais mal equipados, em estado de funcionamento deficiente e postos de


saúde funcionando precariamente, ou ainda inaugurações de uma estrutura física, sem uma
estruturação material e de recursos humanos adequada irá acabar. Será fomentado um
processo de compartilhamento dos recursos dos hospitais existentes, com divisão de tarefas e
procedimentos de modo a proporcionar a utilização plena e eficiente destas unidades.

A SAÚDE PREVENTIVA será uma prioridade do novo governo. Especialmente com a


ampliação e implantação verdadeira do PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA (PSF).

Saneamento

Vamos investir no SANEAMENTO - com Programas de Saúde específicos - como forma de


prevenir doenças. Mas também não vamos esquecer de equipar os postos de saúde e os

7
hospitais, dotando-lhes de equipamentos modernos e humanizando o atendimento. A rapidez
no atendimento e o respeito ao cidadão será uma busca permanente e um compromisso
assumido por todos: Prefeito, Secretário de Saúde, Médicos, Enfermeiros, pessoal da saúde e
demais envolvidos.

Habitação

A nossa cidade encontra-se num processo de desordem na política habitacional. Somando-se a


falta de uma política pública voltada à construção de habitação, destinadas à população de
baixa renda (vivemos de grosseiro improviso neste particular), acelera-se o processo de
formação de loteamentos irregulares coma construção de moradias em áreas de preservação
ambiental e sendo construídas sem as menores infra-estruturas.

Num primeiro momento faremos um mapeamento das áreas mais críticas da cidade, tendo por
objetivo conter a ocupação de terras ribeirinhas e áreas de preservação. Posteriormente,
efetuaremos um cadastramento para se traçar um perfil socioeconômico das famílias. A partir
de então as famílias se comprometerão, em regime de mutirão, a construírem suas casas, com
o apoio da prefeitura.

F1)COMPROMISSOS DO GOVERNO PPS

Saúde

- Democratização do CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE, que será o órgão fiscalizador e


consultivo da saúde, responsável, também, pela organização da CONFERÊNCIA ANUAL DE
SAÚDE NO MUNICÍPIO;

- Implantação efetiva do PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA (PSF) em todo o município.

- Os POSTOS DE SAÚDE não serão apenas locais de tratamento de doenças, mas de


prevenção, onde serão desenvolvidas atividades educacionais e culturais e campanhas
maciças de saúde coletiva. É COMPROMISSO INALIENÁVEL o funcionamento destes postos
com PEDIATRIA, CLÍNICO GERAL E OBSTETRÍCIA de 07h as 17h horas EM TODOS os
POSTOS DE SAÚDE DO MUNICÍPIO. , dentistas, sala de curativo, vacinação, Teste do
Pezinho, e as especialidades que se mostrarem necessárias naquela micro-região.

- Cada POSTO DE SAÚDE terá sua localização debatida com a comunidade e terá
comunicação assegurada com um Ambulatório Central, no Hospital Municipal, para que as
consultas com especialistas ou exames mais sofisticados (só realizados no Ambulatório
Central) sejam marcados no próprio Posto, impedindo assim a ida do paciente ao centro para o
agendamento e o tráfico de influência eleitoreiro que hoje existe para marcação de muitos
exames e consultas.

- O poder público municipal promoverá um amplo debate com as Fundações


Controladoras dos Hospitais existentes no Município, com o conselho municipal de
saúde e outras entidades envolvidas, de modo a resultar num processo de integração do
atendimento que otimize a estrutura existente, especialize as entidades hospitalares e
evite a superposição e o desperdício de recursos públicos em especial do SUS. No final
deste processo cada uma das entidades terá uma atividade principal de atendimento
que, dentre outras, listamos:

a)Construir o PRONTO-ATENDIMENTO funcionando 24 h com uma EQUIPE MÉDICA


BÁSICA, RAIOS-X, LABORATÓRIO, AMBULÂNCIA, etc., para apoiar e minimizar o fluxo de
doentes nos Hospitais.

b) Estruturação imediata de uma UNIDADE DE PACIENTES GRAVES (UPG) em um dos


Hospitais para capacitar o mesmo em prestar com total qualificação um atendimento inicial ao
paciente grave e transformar esta UPG, no máximo em 03 anos, em um CENTRO DE
TRATAMENTO INTENSIVO, com todas as condições humanas e materiais;

8
-Montagem de SERVIÇO DE ATENDIMENTO DOMICILAR (médico, enfermagem, fisioterapia,
assistente social, etc.) para pessoas portadoras de deficiência e necessidades especiais;

- Criação de PROJETO ESPECIAL PARA O IDOSO, projeto amplo para a terceira idade
transformando Riachão em uma CIDADE AMIGA DO IDOSO. Este projeto, além de um
trabalho específico geriátrico (curativo e preventivo) buscará a valorização da Terceira Idade
com atendimento multi-profissional para realização de atividades culturais e esportivas, além do
aproveitamento de sua sabedoria de vida acumulada para atividades em creches, escolas de
ensino fundamental e salas de leitura.

Saneamento

A relação existente entre a saúde e as medidas sanitárias já são bastante conhecidas,


principalmente no que se refere à água de abastecimento doméstico, a coleta e o tratamento
de esgoto e ao destino dos resíduos sólidos

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), em dados recentes, 65% dos leitos dos
hospitais do país são ocupados por pacientes com problemas de saúde relacionados à falta de
saneamento.

A qualidade de vida da população depende necessariamente de um sistema de abastecimento


de água, de esgotos sanitários e de coleta e destinação adequada de resíduos sólidos.

No novo governo, o saneamento será prioridade. A partir da sua extensão a todos os domicílios
é que proporcionaremos ao conjunto da população a melhoria da qualidade de vida. Só desta
forma faremos de nossa cidade uma alternativa confiável para se viver.

- Ampliação da rede de coleta e tratamento de esgoto; assim como a captação, tratamento e


distribuição de água potável em parceria com o governo federal (Ministério das Cidades) e o
governo estadual (EMBASA) ;

- Criação de uma EMPRESA MUNICIPAL para a coleta e destinação do lixo;

- Criação de Projeto de Coleta Seletiva do Lixo, em alguns bairros, envolvendo a comunidade e


a iniciativa privada;

- Destinação e coleta do lixo hospitalar de forma adequada.

Habitação

· Estabelecimento de uma POLÍTICA DE HABITAÇÃO POPULAR com financiamento da Caixa


Econômica e recursos do FGTS para a construção de casas em regime de mutirão,
individualizadas e com assistência de engenheiros e arquitetos;

· Formação de uma equipe multidisciplinar, em convênio com as Universidades Públicas, para


estudo e pesquisa de projetos de construção de casas populares. Nestes projetos deverão
participar jovens universitários de Riachão que sejam integrantes do programa de EXTENSÃO
UNIVERSITÁRIA citado no capitulo de educação deste programa de governo.

9
G)SEGURANÇA

A Segurança é de competência do Governo do Estado, mas o Prefeito não pode abrir mão de
liderar no município, uma cruzada contra a violência. Considerando que o tráfico de drogas já
começa a tomar conta de áreas da cidade e aumentaram significativamente os assaltos e
roubos em Riachão, o prefeito não pode assistir a isso passivamente.

Estaremos priorizando a segurança preventiva e o trabalho conjunto com a Polícia Civil, Polícia
Militar e a Guarda Municipal. A solução das questões relativas à segurança pública passa
necessariamente por um trabalho em conjunto envolvendo as três esferas do poder executivo -
Governos Federal, Estado e Municipal - e os poderes legislativo e judiciário.

G1)COMPROMISSOS DO GOVERNO PPS

- Ampliação da GUARDA MUNICIPAL, tanto em efetivo, quanto em eficiência, dando a esta


uma melhor destinação;

- A Guarda Municipal igualmente terá como atribuição zelar efetivamente pelo cumprimento do
CÓDIGO DE POSTURAS do Município e, treinada e aparelhada para o trabalho de fiscalização
ambiental;

- Criação da COMISSÃO MUNICIPAL ANTI-DROGAS com o objetivo de determinar o


Direcionamento da Prevenção e Ações de Combate à disseminação do uso de drogas em
Riachão.

H)JUVENTUDE

Vamos trabalhar muito com a juventude, tanto realizando políticas públicas voltadas para os
jovens no que se refere ao emprego, a qualificação profissional, a educação, ao esporte, a
cultura e ao lazer, como também pretendemos utilizar a juventude como uma importante força
de construção a favor das mudanças que queremos realizar na cidade.

Os jovens serão chamados a trabalhar neste imenso processo de reconstrução municipal e de


politização da cidadania que queremos realizar em Riachão.

O jovem representa a possível ligação do presente com o futuro do país. Temos uma
responsabilidade histórica muito grande com todos aqueles que almejam um trabalho decente
e digno e precisam estudar. Vivemos numa sociedade onde as oportunidades de emprego se
restringem ao nível de escolaridade. Estudar sem trabalhar tem representado uma
possibilidade quase exclusiva de poucos jovens. E para os demais: o que fazer?

Desenvolveremos políticas públicas para todos os jovens, mas destinaremos uma grande parte
de nossos esforços àqueles que sem emprego e sem perspectivas precisam de uma renda
para a sua sobrevivência e de sua família.

H1)COMPROMISSOS DO GOVERNO PPS

- Investimento em cursos profissionalizantes ( v. capitulo educação) e realização de parcerias


com os comerciantes, os profissionais liberais e os empresários para a garantia de uma ampla
política de abertura de postos de trabalho para jovens iniciantes.

-Desenvolvimento de projetos culturais e esportivos para os jovens em locais estratégicos, com


o objetivo de minimizar a ociosidade substituindo-a por atividades saudáveis e comunitárias,

10
sempre buscando o aprendizado e a profissionalização;

- Apoio e incentivo aos movimentos culturais, esportivos, políticos e de solidariedade social da


juventude, garantindo e fomentando espaços de lazer e programação cultural de qualidade
para nossa juventude, em especial nos finais de semana;

I)CULTURA ESPORTE E LAZER

Temos a certeza da nossa capacidade em transformar Riachão num PÓLO CULTURAL


regional produzindo e fomentando uma programação cultural intensa e dinâmica não só com
grandes artistas, mas também incentivando e apoiando os artistas locais e a cultura tradicional
e comunitária.

O investimento na cultura é fundamental. Contribui para a elevação da auto-estima do povo e


faz com que todos valorizem mais a cidade e se tornem responsáveis por sua história, suas
tradições e seu destino; ajuda a fixar os novos moradores, sedentos por bens culturais de
qualidade; oferece à juventude uma opção saudável para a canalização positiva de suas
energias e potencialidades; possibilita a vinda de um imenso contingente de visitantes e turistas
para a cidade; profissionaliza jovens e possibilita a geração de renda para artistas e artesãos;
alegra a cidade, alimenta os espíritos e cria um clima de respeito, fraternidade e boa
convivência.

A prática esportiva tem se constituído nas últimas décadas com um dos principais
componentes para se pensar o homem na sua totalidade. Ao destacar a sua motricidade como
um componente fundamental de toda a atividade física, o esporte, além do seu aspecto
competitivo será valorizado enquanto componente importante para a inclusão social.

Por meio da prática das diversas atividades físicas buscaremos desenvolver os seguintes
aspectos: a solidariedade, a integração das diferenças individuais, o resgate da auto-estima, os
aspectos culturais, a cidadania e associá-los a sua dinâmica educativa. Atividades
direcionadas, sobretudo, a terceira idade.

I1)COMPROMISSOS DO GOVERNO PPS

- Criação de um CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA, com poder deliberativo sobre a


política cultural do município, sendo os de seus membros eleitos por todos os participantes da
em CONFERÊNCIA ANUAL DE CULTURA a ser criada em Riachão que traçará as diretrizes
da política cultural de Riachão;

- Transformação do Prédio da Antiga Prefeitura em um CENTRO CULTURAL JACUIPENSE


com Galeria de Arte, Sala de Vídeo, Salas para Oficinas, Cinema, Ensino gratuito de música e
atividades artísticas diversas;

- Criação da RIACHÃO MUSICAL, órgão com a finalidade de edição de CDs de artistas locais
e/ou grandes artistas em parceria com artistas locais;

-Criação de um CALENDÁRIO ANUAL DE EVENTOS que fortaleça as festas tradicionais da


cidade e a criação de novas festividades, com shows de grandes artistas e de artistas locais e,
em discussão com toda a comunidade jacuipense definir um GRANDE EVENTO ANUAL que
possa projetar Riachão nacionalmente e, quiçá internacionalmente;

-Apoio financeiro e material permanente à Filarmônica Lyra 08 de Setembro de modo a


garantir a sua preservação e renovação de seus integrantes com cursos continuados de
formação de novos músicos e ainda a remuneração permanente de seus integrantes efetivos
escolhidos e aprovados pelo CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA.

11
- Conclusão de todas as obras inacabadas e/ou deterioradas em equipamentos públicos
destinados a cultura ao esporte e ao lazer a exemplo do Estádio ELIEL MARTINS e do Ginásio
de Esportes do município.

-Realização de uma ampla política esportiva nas comunidades, em parceira com o governo
federal, auxiliando os jovens do programa SEGUNDO TEMPO e outros projetos sociais
federais, afastando-os da influência do tráfico de drogas e oferecendo a eles um caminho
saudável e uma alternativa de profissionalização;

- Criação de um calendário anual com todos as atividades físicas a serem realizadas e os


respectivos locais;

- Criação dos Jogos Estudantis Jacuipense visando a integração entre as escolas públicas do
município;

J)TRANSPORTE

De há muito tempo no nosso município, a construção, melhorias e conservação de estradas e


caminhos é feita, unicamente, sob a lógica do favorecimento político( votou em mim tem
estrada, não votou não é comigo). As mais importantes vias municipais de ligação com distritos
e povoados precisam chegar à situação de calamidade para só então receber os serviços
necessários que são encarados como uma “ NOVA OBRA” e não raro são inauguradas
dezenas de vezes pelas mais diferentes administrações municipais.

No governo do PPS um planejamento de longo prazo será feito para que, em um sistema
racional de construção/preservação, para que a importância social e econômica da estrada
seja o critério principal que oriente as prioridades de atendimento. É nosso compromisso,
ainda, buscar soluções mais duradouras, como o asfaltamento das vias mais importantes do
município e melhoria de sua segurança.

J1)COMPROMISSOS DO GOVERNO PPS

- Criação do CONSELHO MUNICIPAL DE TRANSPORTES com a participação dos usuários,


de operadores e do Poder Público para definir e fiscalizar a política de transportes e o sistema
viário do município;

- num prazo máximo de 02 anos após o inicio da administração, promover o asfaltamento com
imprimação adequada para transporte de cargas pesadas, da ligação do distrito de Barreiros
com a BR-324 evitando todos os problemas enfrentados hoje pela população e pelos
produtores locais para escoamento da produção desta importante localidade.

-Elaborar, em trabalho conjunto com o conselho municipal de transportes, e dar conhecimento


público um programa plurianual de conservação de estradas evitando desta forma o uso
político e o favorecimento individual hoje verificado.

12
K)PARCERIA COM Os GOVERNOS FEDERAL E ESTADUAL

Nunca a cidade teve a oportunidade de ser conduzida por uma administração em condições
moral e política de olhar de frente e reivindicar com autoridade e com disposição, ante as
administrações Federal e estadual, os benefícios que temos direito. Teremos esta autoridade
advinda de uma administração que premiará a competência, a honestidade e o compromisso
popular. Além disso, buscaremos recursos com PLANEJAMENTO E PROJETOS estruturados,
estaremos fora da improvisação e descaso que vem regendo os destinos de região nas últimas
administrações. É isso que apresentamos aqui, um Macro-projeto de Mudanças para Riachão,
que será desdobrado em novos outros projetos específicos que serão executados em parceria
com o governo federal e outras instâncias de governo e instituições de financiamento.

O Apoio do Governo federal com a ampliação dos programas de COMBATE À FOME, de


nossa participação no programa de TERRITÓRIOS DA CIDADANIA será uma prioridade da
Prefeitura do PPS, combinada com um política afirmativa de inclusão social e conquista da
cidadania.

K1)COMPROMISSOS DO GOVERNO PPS

- Cadastramento das famílias que vivem em condições precárias e em áreas de risco para
inclusão destas em um amplo projeto humanista e arquitetonicamente democrático de
habitação popular;

- Criação de cooperativas de trabalho solidário nas comunidades populares com o objetivo de


gerar emprego e renda com auxílio técnico da prefeitura e financeiro dos Bancos públicos e
agencias de desenvolvimento.

13