Você está na página 1de 2

eles equilibram a balança

Consumidos regularmente, os alimentos abaixo estimulam a produção dos hormônios.


Mas fi que ligada: “Diante de um diagnóstico de disfunção hormonal, a única saída é
partir para os remédios, sempre sob prescrição médica”, frisa a nutróloga Daniela
Hueb

SOJA: contém isoflavona, substância semelhante ao estrógeno. Previne desde TPM


até certos tumores. Quanto consumir: 1 xícara de leite de soja ou 1/2 xícara de tofu
por dia.

CARNES, LATICÍNIOS E OVOS: essenciais para formar os hormônios insulina e GH.


Quanto consumir: 1 copo de iogurte ou 1 fatia de queijo branco por dia, mais 1
porção de carne do tamanho da palma da mão. Ovos, de uma a duas vezes por
semana.

PEIXES E FRUTOS DO MAR: ricos em iodo, indispensáveis para a produção dos


hormônios da tireóide. Quanto consumir: 2 porções de peixe de água fria (salmão,
truta, sardinha e atum) do tamanho de sua mão aberta por semana.

OLEAGINOSAS: amendoim, amêndoa, castanha e nozes são ricos em ácidos graxos


insaturados, que ajudam na formação de estrógeno, progesterona e cortisol. Quanto
consumir: 1 castanhado- pará ou um punhado de amêndoas todo dia.

FRUTAS, VEGETAIS E GRÃOS: ricos em vitaminas e minerais, essenciais na


composição de todos os hormônios. Quanto consumir: 3 frutas por dia, 1 xícara de
chá de legumes, 2 colheres de arroz ou macarrão integral ou 2 fatias de pão integral
ou 2 biscoitos integrais

semente de gergelim
- semente de girassol
- amendoim
- ervilhas verdes

Publicado: terça-feira, 18 de Set de 2007 - 12:00


O extracto da casca de banana pode aliviar os sintomas de depressão e proteger a
retina, revela um estudo da Taichung Chung Shan Medical University, em Taiwan.
Após dois anos de pesquisa, equipa de investigadores observou que a casca de
banana é rica em serotonina, um neurotransmissor essencial na regulação do
humor.

Apesar de não se saber qual a relação entre a depressão e a redução dos níveis de
serotonina no cérebro, este facto é apontado como a causador da depressão.

Por outro lado, a investigação demonstrou também que o extracto da casca de


banana pode proteger a retina dos danos causados pela luz, uma vez que permite a
regeneração das células da retina.

Durante dois dias, seis horas por dia, os cientistas expuseram a uma luz forte dois
grupos de células da retina, sendo que um foi embebido numa solução de extracto
de casca de banana e o outro foi utilizado como grupo de controlo. No final, as
células de retina do grupo de controlo morreram enquanto o grupo de células
sujeitas ao extracto de pele de banana se regenerou sem sofrerem qualquer lesão.

A equipa de cientistas acredita, por isso, que o consumo de casca de banana


através do líquido que resulta da fervura da mesma ou do sumo que resultante da
mistura num liquidificador pode ajudar a minimizar a depressão. De acordo com o
diário “Apple Daily”, os investigadores têm planos para iniciar brevemente os testes
em humanos.

Marta Bilro

Palavras-chave: Fruta, depressão, olhos