Você está na página 1de 35

Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

1
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

1. SOBRE O AUTOR

Pedro Macedo é natural de Natal-RN, desde muito


cedo se interessava pelo desenvolvimento humano e pelo
funcionamento da mente. Questionava processos neurais
e mentais em diversas áreas do conhecimento, como
matemática e história. Aprendeu mágica e mentalismo
para entreter as pessoas e conheceu o mundo da PNL
e da Hipnose a partir do entretenimento. Em seguida
passou para os estudos terapêuticos e devido a sua
grande eficácia, tomou como missão de vida divulgar a
ferramenta para o mundo.

Economista formado pela UnB, tendo sido o


primeiro lugar no vestibular, especialidade em Economia
Comportamental, Neuropsicologia, Psicologia analítica
e outras. Hipnólogo e Hipnoterapeuta com diversas
formações internacionais, empresário, academico em
medicina, consultor financeiro e brasileiro mais jovem a
se tornar trainer licenciado de PNL pelo Richard Bandler,
criador da PNL.

2
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

Criador dos métodos Neurohipnose e artes da terapia


integrativa.

2. AFINAL, POR QUE APRENDER A PNL?

Eu fico me perguntando se alguma vez você já ficou


olhando aquela pessoa que fazia o que você fazia, só que
muito melhor...

Pensamentos como “O que será que ele faz?”, “Como


ele faz aquilo?”, “Por que ele é melhor que eu” podem ter
passado por sua cabeça...
Não precisa se envergonhar. Isso acontece com
todo mundo, os mais conformados ficam felizes ficam
conformados com seus resultados... Aqueles que sempre
querem atingir os melhores resultados, talvez não. Se
você não quer atingir a excelência... Pode parar de ler
esse ebook... Agora!

No entanto, se você quer saber como melhorar seus


resultados, prossiga a leitura.

3
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

Quando falamos de PNL, falamos em estratégias.


A PNL não é uma terapia, como muitos acham, é uma
reeducação mental. Alguns processos neurais estão
enraizados na nossa cultura, e algumas crenças podem
surgir nesse processo. A PNL então surge para quebrar
essas crenças e esses processos neurais estupidos. A
PNL lida com estratégias e nos faz crer que melhorar
sempre é possível.

Nesse momento, você pode estar um pouco confuso,


então deixe-me lhe explicar melhor...

A PNL parte do pressuposto que ninguém nasce


com dons, ninguém nasce com crenças, ninguém nasce
destinado a ser alguma coisa. Se uma pessoa pode ser
boa em algo, todo mundo pode, respeitando é claro, os
limites físicos de cada um.
Então, se alguém é muito bom em matemática, ele
provavelmente está usando uma estratégia que o faz ser
bom em matemática. É importante notar que nem sempre
essa estratégia é consciente, na maioria das vezes as
pessoas fazem e nem sabem como estão fazendo, mas

4
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

sempre eles utilizam alguma estratégia.

Sabendo isso, é fácil perceber que para melhorar os


resultados, basta utilizar uma estratégia de excelência
de alguém que conhecemos.

O mais legal? É que não precisa ser apenas na ma-


temática, podemos utilizar para vendas, hipnose, nego-
ciação, administração, economia, medicina, esportes, e
etc... Ou seja, em tudo que se utiliza a mente, podemos
modificar uma estratégia para conseguirmos um melhor
resultado. Afinal, não espere ter resultados diferentes,
fazendo a mesma coisa sempre... Então, se alguém tem
uma estratégia melhor que a nossa, podemos “roubá-la”
e ter resultados melhores.

A PNL nos ensina a utilizar as melhores estratégias,


nos ensina a fazer modelagem de comportamentos de
excelência, para além de estarmos no nosso 100% também
resinificarmos crenças limitantes que podem nos

Atrapalhar e para melhorar ao máximo nosso poder


de comunicação e de influência.

5
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

3. O QUE É?

Definir PNL é uma tarefa um pouco desafiadora,


porém, costumamos dizer que tudo que “dá certo” é
PNL...

Como já comentamos, é uma reeducação mental,


onde programação significa a estrutura dos dados e dos
programas que temos instalados nas nossas mentes.
Neuro significa que essa estrutura é alterada através dos
nossos processos neurais

Na nossa mente. Linguística está relacionado a nossa


linguagem, pois é com a nossa linguagem que podemos
modificar essa estrutura de dados da nossa mente.

Então PNL é uma atitude que é caracterizada


principalmente pela sede do saber, da curiosidade,
aventura e do desejo de evoluir, aprender novas
habilidades e descobrir quais formas de linguagem
influenciam alguém e quais são os caminhos que valem
a pena seguir. A PNL é uma metodologia que se baseia

6
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

que todo comportamento ou simples pensamento possui


uma estrutura, que pode ser adaptada, modificada,
incorporada ou modelada por nós mesmo. Principalmente,
pode ser ensinada e aprendida.

E assim, a PNL é uma ferramenta das mais novas de


tecnologia de ponta para o desenvolvimento pessoal, o
que possibilita que o seu praticante se torne uma pessoa
que pode derrubar crenças e ser hábil naquilo que desejar,
possuindo uma vida extremamente divertida e diferente.

A PNL então, como toda metodologia possui algumas


pressuposições que valem a pena serem estudadas...
Estão elas:

A habilidade de mudar o processo de como experi-


mentamos a realidade, é mais útil do que mudar o conte-
údo da experiência da realidade.

O significado da comunicação é a resposta que se


obtém.
Todas as distinções que os seres humanos são capa-

7
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

zes de fazer relacionadas ao ambiente e ao comporta-


mento podem ser representadas através dos seus cinco
sentidos.

Os recursos que um individuo precisa para efetuar a


mudança já estão dentro dele
Essa pressuposição nos diz que a nossa felicidade
será sempre interna, nunca dependerá de algo ou outra
pessoa. Nossos processos são sempre internos e já somos
completos por si só.

O Mapa não é território.


A experiência está ali, mas como cada um interpreta
essa experiência, vai variar para cada pessoa. Uma
cadeira pode ser uma simples cadeira para você, mas
pode desencadear um sentimento profundo em seu
amigo por ser uma cadeira que ele goste.

O valor de cada individuo é mantido constante


enquanto o comportamento externo ou interno pode
ser questionado.
Nunca se questiona o valor de cada um, pode-se

8
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

criticar as atitudes e as ações, porém nunca a identidade


do indivíduo.

Existe uma intenção positivo em casa comportamento.


E um contexto onde cada comportamento tem um valor.
Todo comportamento, independente qual seja tem
uma intenção positiva para a própria pessoa. Para ela era
a melhor escolha possível.

Feedback vs falha: Não há falha, tudo é retorno.


Mesmo que você acredite que tenha falhado, isso não
é um problema, pois se você fez uma estratégia errada,
basta mudá-la.

Modelar comportamento de excelência gera


comportamento de excelência.
Se sua estratégia não funciona, basta modelar
de alguém que já fez certo. Então se quiser ter
um comportamento de excelência, basta modelar
comportamento de excelência.

9
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

4. PISTA OCULAR DE ACESSO

As pistas oculares de acesso foram descobertas por


Richard Bandler e John Grinder, quando os dois estavam
discutindo sobre os sistemas representacionais (Os cinco
sentidos). Toda e qualquer informação é recebida pelos
nervos periféricos sensitivos e percorrem o caminho da
medula até o tálamo. Do tálamo ele parte para áreas
cerebrais específicas no nosso cérebro (Por exemplo: as
imagens passam pela retina, pelos nervos óculomotor,
trigêmio, e etc.. e chegam até a região occiptal). Então,
quando você está imaginando, seus olhos procuram a
informação, quando você está lembrando, seus olhos
procuram em outra área do cérebro. Quando você está
lembrando de um áudio, do mesmo modo.

Isso significa o que? Significa que podemos analisar o


que a outra pessoa está “pensando” sem perguntarmos
para ela.

Faça o teste você mesmo... Faça as seguintes perguntas


para outra pessoa:

10
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

• Você consegue me dizer o que está ao lado esquerdo


da sua cama?

• Que roupa você estava usando no último casamento


que você foi?

• Qual foi a última música que você ouviu no seu carro?

• Se você criasse uma música, como ficaria?

• Você consegue lembrar a última vez que pegou no


pelo de um cachorro?

• Você consegue repetir um descurso na sua cabeça?

11
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

As respostas que se esperam obter:

• Imaginação Visual: Superior direita.

• Lembrança Visual: Superior esquerda.

• Lembrança auditiva: Central esquerda

• Criação auditiva: Central direita

• Lembrança Cinestésica: Inferior direito

• Dialogo interno: Inferior esquerdo.

Lembrando que as pistas oculares não são universais.


Algumas pessoas podem ser invertidas.

12
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

5. PISTA OCULAR DE ACESSO

13
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

6. Milton Erickson, Virginia Satir e


Fritz Pearls
Algumas pessoas até sabem o que é PNL, mas o
que muita gente não sabe é que a criação da PNL se
deu muito pela modelagem de três grandes terapeutas
dos Estados Unidos: Virginia Satir, Milton Erickson e Fritz
Pearls.
Entender o comportamento dos três é entender o
funcionamento e a criação da PNL.

6.1 Virginia Satir

Virginia Satir (1916 – 1988) foi uma grande psicotera-


peuta norte-americana muito conhecida pela terapia-fa-
miliar.
Satir foi criadora do Change process model (Modelo
de processo de mudança), um modelo desenvolvido a
partir de estudos clínicos e foi responsável por ajudar
inúmeras pessoas.
Suas principais obras são Conjoint Family Therapy e

14
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

Changing with families.

6.2 Fritz Pearls

Fritz Pearls (1893 – 1970) foi um psiquiatra alemão,


que residiu nos Estados Unidos e ficou mais conhecido
pela criação da Gestalt-terapia. Importante notar que
Gestalt e Gestalt-terapia são conceitos diferentes. Pearls
acreditava na adaptabilidade do sistema do indivíduo.
Todos os recursos estão dentro do individuo.

6.3 Milton H. Erickson

Milton Erickson(1900 – 1981) foi um psiquiatra norte


americano, mais conhecido pelo criador da Hipnose
Ericksoniana.
Erickson, quando jovem, desenvolveu poliomelite,
doença a qual o trouxe sequelas para o resto da vida.
Devido a impossibilidade de locomoção e a dificuldade de
realizar a Hipnose Clássica, criou a Hipnose ericksoniana.
Sua obra mais conhecida é o Homem de fevereiro.

15
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

Estratégia na PNL é todo comportamento que tem algum


objetivo.
Para falarmos de estratégia, temos que citar um conceito
extremamente importante na PNL:

7. T.O.T.S
O TOTS, em tradução livre, é... Testar, Operar, Testar e
Sair.

O que significa isso?

Digamos que você queira lavar as mãos...

Você percebe que suas mãos estão sujas (Testou),


você lava suas mãos (Operou), você verifica mais uma vez
se suas mãos estão sujas ou limpas (Testou novamente),
se estiver satisfeito, você sai (Saiu); caso não esteja
satisfeito, você opera novamente.
Em todo TOTS se utiliza uma estratégia, seja para
lavar as mãos, seja para fazer um saque no tenis, seja
para estudar, seja até para brigar com outra pessoa. A

16
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

importância de estudar TOTS e estratégia é encontrar o


melhor comportamento para seu objetivo

Já se pegou se perguntando o porquê de alguém ser


tão bem sucedido e você nem tanto? Ou por que alguém
joga tão bem futebol e você não? Na PNL acredita-
se que isso é uma questão de estratégia. Se você tem
uma estratégia de excelência, provavelmente terá um
comportamento de excelência. Não existem dons ou
talentos naturais, existem boas estratégias que a maioria
das pessoas fazem de forma inconsciente. A PNL nos dá
as ferramentas para modelar essas estratégias e utiliza-
las ao nosso favor.

Parte-se do pressuposto que se um humano conse-


gue fazer, qualquer um pode.
Então... Se você não está satisfeito com algum com-
portamento ou resultado, basta procurar alguém com
uma estratégia melhor e modela-la.

Quando falamos em modelagem... Não podemos


deixar de citar o metamodelo.

17
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

8. METAMODELO
Metamodelo é a forma de funcionamento da mente
do ser humano. Nossa mente, segunda a PNL funciona
com duas estruturas: A estrutura profunda e a superficial.
Digamos que você esteja caminhando com seu amigo, e
um carro bate no poste. Com toda certeza, a história que
você irá contar para os outros não será a mesma que seu
amigo contará... Mas por que isso acontece?

Porque toda e qualquer informação que recebemos


passam por filtros: Generalização, distorção e deleção.
Recebemos milhares de bits de informações por
segundo e só processamos cerca de 122 bits, isso foi
extremamente importante para nossa sobrevivência,
pois nossos neurônios são as células do nosso corpo que
mais gastam energia.

A generalização foi importante para o nosso processo


evolutivo, pois se aprendemos abrir uma maçaneta, você
não precisa passar por todo processo de aprendizado

18
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

novamente para abri-la outra.


No entanto, várias crenças são criadas por conta da
generalização, digamos que você foi para determinado
bairro três vezes na sua vida e nessas três vezes você
bateu o carro... Provavelmente a crença que você vai criar
é “Toda vez que vou a esse bairro, eu bato meu carro”, isso
não passa de uma generalização e pode ser questionada
como qualquer outra crença.

No caso da distorção, imagine-se na idade da pedra.


Você e seu amigo caminhando na floresta... De repente,
vocês escutam um barulho vindo atrás da moita... Você
que tem um Filtro de distorção elevado, pensa logo: “Meu
Deus, é um leão” e sai correndo, já o seu amigo, que não
tem um filtro de distorção elevado, pensa logo: “Ah, é só
um barulho atrás da moita”. Acontece que muitas vezes
podia ser só um barulho mesmo, em outras... Podia ser o
leão... Seu amigo era devorado e não reproduzia.

A distorção, como já dito, foi extremamente


importante no processo evolutivo e hoje podemos
verificar quando confundimos uma galho com uma cobra,

19
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

quando entendemos algo totalmente diferente do que


nos disseram.

A deleção serve para economia de energia com a


quantidade de informações que recebemos do meio
ambiente. Deletamos informações quando contamos
uma história. Deletamos informações quando dirigimos.
Deletamos informações quando estudamos.
Deletamos informações o tempo todo. Aquilo que
é importante para nós, costumamos guardar com maior
facilidade. Aquilo que não é importante, deletamos.
Sabe quando você compra aquele carro, que você
acredita que ninguém mais tem? E ai quando você
compra, você acaba vendo milhares de carros iguais ao
seu? Parabéns, você estava deletando os carros antes.
E quem decide quais filtros vão ser mais acentuados
e mais atenuados na nossa mente? Nossos valores,
crenças, experiências passadas, metaprogramas e etc...
Muito bem, falamos dos filtros, mas e a estrutura
profunda e a superficial, onde estão?
Quando passamos por uma situação recebemos
informações, essas informações serão processadas

20
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

por nossos três filtros e serão guardadas na nossa


estrutura profunda, quando vamos verbalizar, seja por
diálogo interno, seja para contar para outra pessoa o
que aconteceu, essas informações passam pelos três
filtros novamente, isso é o que chamamos de estrutura
superficial.
É importante notar que utilizamos esses filtros na
nossa fala cotidiana:
• “Todo homem não presta” – Generalização
• “Ele não me ligou, significa que não me ama” – Distorção
• “Meu irmão é melhor que eu” – Deleção.

Quando buscamos as estratégias de excelência, nós


recebemos frases com os filtros, cabe a nós, retirar o
máximo de informações possíveis para retirarmos uma
boa estratégia...

Como fazemos isso?

Utilizando as perguntas de Metamodelo...

21
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

Perguntas de Metamodelo:

COMO?

ONDE?

QUANDO?

POR QUE?

O QUE?

SE?

Quando você recebe frases do tipo “Todo homem não


presta”.

Como você sabe que todo homem não presta?

Quando você chegou essa conclusão?

Por que você acredita que nisso?

22
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

As perguntas de metamodelo nos faz questionar


e refletir sobre a crença/frase, levamos da estrutura
superficial a profunda e trazemos recursos do inconsciente
para o consciente.

Perguntas para desvendar as estratégias são...

• Como você faz x?


• O que você pensa quando está realizando x?
• Quando você sabe que é a melhor hora para realizar x?
• E se houver um contratempo, como pode concluir x?
• Por que você decidiu realizar x?
• Quais são os melhores estados emocionais para realizar
x?

Essas perguntas farão com que o “entrevistado”, a


pessoa que você quer retirar a estratégia, pense a respeito
e traga o que estava inconsciente para o consciente.

23
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

9. MODELO MILTON
O modelo Milton foi retirado pela modelagem
de Milton Erickson. Richard Bandler e John Grinder
desenvolveram alguns padrões que eles perceberam ao
fazer a modelagem do psiquiatra. Após a modelagem da
estratégia, acabou-se descobrindo que o Modelo Milton
é o inverso do Metamodelo. Se no metamodelo, estamos
preocupado em aprofundar generalizações, distorções e
deleções

No modelo Milton estamos preocupado em utilizar


esses padrões para convencer, influenciar e nos comunicar
com o inconsciente das pessoas. Podemos utilizar o
modelo milton para melhorar nossa comunicação e
fazer com que as pessoas compreendam melhor nossas
ideias. Além de ser o inverso do metamodelo, o modelo
milton incorpora alguns padrões clássicos utilizados por
Erickson:

24
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

Comandos embutidos:

Você dá um comando sem deixar claro que é um comando


“Você pode relaxar agora”

Marcação analógica:

“Você pode relaxar agora”


“Você pode relaxar agora”
“Você pode relaxar agora”
Sua entonação tem que ser maior na palavra que
você quer mais destaque na frase.
Perguntas embutidas

Você faz perguntas sem utilizar a interrogação.


• “Eu fico me perguntando quando você vai relaxar”

Comando negativo:

O nosso cérebro não associa o “não” no primeiro momento


• “Não precisa relaxar agora”

25
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

10. Postulados conversacionais


São perguntas que a resposta é “sim” ou “não”, mas
dão a entender outra ação...

Por exemplo:
“Está frio né?”
Você está sugerindo de maneira velada que a pessoa
desligue o ar condicionado.

“Está tarde, não acha?”


Sugerindo que a pessoa saia da sua casa, sem que
você pareça mal educado.
Esses são alguns padrões de elicitação indiretos do
Milton Erickson. Há muitos outros, mas esses servem
para melhorar a sua comunicação.

Cada modalidade tem suas características intrisecas,


por exemplo, a sua representação visual, a imaginação,
pode ser parada ou em movimento, pode ter cor ou preto
e branco, pode ter brilho ou não, e etc... Sua representação

26
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

Para analisar as submodalidades, deve-se pensar


nos seguintes aspectos:

Visual:
• É colorido ou está em branco e preto?
• Que gama de cor tem? São cores vivas ou difusas?
• É mais brilhante ou mais escura?
• Está focado ou desfocado?
• Qual a distância da imagem?
• Que forma tem a imagem?
• Onde está situada a imagem, em cima, abaixo, de lado,
ou outro..?

Auditivo:
• De onde vem o som?
• Está alto ou baixo?
• É rápido ou lento?
• É contínuo ou intermitente?

27
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

auditiva pode ser alta ou baixa, grave ou aguda, e etc...


A cinestésica pode ter cheiro ou não, gosto ou não, a
sensação pode ser áspera ou mácia, e etc...
As características de cada modalidade são chamadas
de submodalidades e a importância para nós é que o
nosso cérebro guarda situações boas e ruins.

Em diferentes áreas cerebrais, isso é explicado pela


neurociência. Situações prazerosas nos fazem aumentar a
produção de dopamina e serotonina, enquanto situações
desprazerosas não, portanto, alocamos submodalidades
diferentes para cada situação que tenhamos passado.
Podemos imaginar situações felizes com muitas
cores, imagens em movimento, nós em primeira pessoa,
enquanto situações tristes... Preta e branca, imagens
paradas e em terceira pessoa. O que significa, que se
quisermos mudar uma situação triste para feliz, basta
mudar as submodalidades da imagem, pois mudaremos
a área cerebral da qual a lembrança se encontra. Se
nosso cérebro está acostumado a produzir muita
dopamina e serotonina quando imaginamos situações
coloridas, então ao transformar uma situação chata

28
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

em colorida, produziremos a mesma quantidade de


neurotransmissores o que nos fará gerar uma situação
mais agradável.

Paladar:
• Você sente um sabor? Vários sabores?
• Você percebe qual sabor? Amargo, doce, cítrico? Outro?
• Você sente algo em um local diferente na língua?

Cinestésico:
• O que você sente?
• A sensação é forte?
• Em que parte do corpo você sente? Onde começa a
sensação?

Olfato:
• Você sente algum cheiro?
• Qual? Fedor? Cheiroso?
• Tem poeira?

29
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

11. SWISH PATTERN


O Swish é uma das técnicas mais utilizadas na
PNL. Algumas pessoas costumam dizer que tudo é
Swish, com essa ferramenta, você consegue mudar
hábitos, comportamentos não agradáveis e estratégias
ineficientes.
Contradizendo algumas teorias psicológicas, nosso
cérebro por muitas vezes é preditivo, costumamos fazer
previsões do futuro o tempo todo. Quando você vai fazer
uma prova logo imagina como estará a prova, se estará
fácil ou difícil. Imagina-se fazendo a prova e sente algum
sentimento associado a essa imaginação. O que muitas
vezes não pensamos é que essa imaginação vai definir
muito acerca do nosso comportamento. Se imaginarmos
indo mal na prova, provavelmente ficaremos nervosos.
Se imaginarmos indo bem, provavelmente ficaremos
confiante.

Muitas vezes esses pensamentos já estão intrínsecos


a nossa consciência e esquecemos que nós podemos

30
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

mudar esse pensamento quando quisermos O swish,


então, é uma ferramenta que serve para modificarmos a
forma que nós pensamos a cerca das nossas situações.
Ressignificamos a forma como criamos a situações e
consequentemente mudamos os sentimentos a cerca
dela.

Pessoas fóbicas normalmente preveem o pior


acontecendo quando se deparam com sua “fobia”, por
exemplo, um fóbico com barata provavelmente está
imaginando a barata voando no rosto dele ou entrando
na roupa dele ou fazendo qualquer comportamento
desagradável.

Se modificarmos a forma como esse fóbico pensa,


por exemplo, fazemos o imaginar que ele vai dar um
soco na barata mandando-a para longe, provavelmente
o sentimento será outro. É claro que não é simples assim,
pois se ele se acostumou a sempre pensar que a barata
vai voar no rosto dele, a mente dele tende a continuar
pensando assim, por isso, a mudança tem que ser rápida
e com impacto.

31
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

Como faremos isso?

Técnica:
Peça para a pessoa com quem você irá fazer o exercício,
pensar num comportamento que ela gostaria de mudar...

Por exemplo:

• Medo de barata
Peça para ela se imaginar 1 segundo antes dela sentir
medo.

• No momento que você vê a barata


Agora peça para ela levantar as mãos, de modo
que as duas mãos fiquem de lado uma com a outra e as
palmas fiquem de frente para ele na linha dos olhos.

Em seguida peça-o para imaginar a situação atual na


mão esquerda, e a situação para qual ele queira mudar
na mão direita.
“Levante as mãos com as palmas viradas para você na
altura dos seus olhos, e na sua mão esquerda, imagine
a barata indo na sua cara... Na sua mão direita imagine
32
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

você socando a barata”

Coloque a mão direita por trás da esquerda, pois o


comportamento atual está sobrepondo o comportamento
desejado, e grite SWISH no momento em que você troca
as mãos de lugar.

Deixe a mão direita sobrepondo a mão esquerda e


teste o novo comportamento do sujeito, pedindo-o para
imaginar 1 segundo antes de desencadear a situação.
• “Agora imagine-se deparando com a barata”
Se ele imaginar o novo comportamento, trabalho
feito, mudança de crença resolvida e novos sentimentos
serão gerados. Bom trabalho!

12. Considerações finais:


A PNL é uma ferramenta fantástica que pode ajudar
milhares e milhares de pessoas, porém, infelizmente ain-
da é um pouco desconhecida. Espero sinceramente que
com o seu conhecimento, você possa passar a ferramen-
ta adiante e divulgue o conhecimento para o maior nú-

33
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

mero de pessoas que você conhece.


O conhecimento é a única bagagem que não pesa
e quanto mais pessoas estiverem sabendo desse
aprendizado, mais pessoas serão ajudadas.

34
Seja a diferença que você procura!
Qual o poder da Programação Neurolinguística? Aprenda, Aplique e Desenvolva as suas estratégias de excelência.

Fique por dentro de todos os conteúdos que a New Mind


oferece gratuitamente nas nossas redes sociais.
(PS: Todos os ícones são clicáveis)

www.fb.com/newmindinstitute

www.youtube.com/omanualdavida

www.instagram.com/newmindinstitute

E tenha acesso a todos esses conteúdos no


nosso site:
www.newmi.com.br 35
Seja a diferença que você procura!