Você está na página 1de 5

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO

FACULDADE DE LETRAS

Tongue ties: uma poética da extraterritorialidade na obra de Junot Díaz

Lívia Santos de Souza

Rio de Janeiro
Julho de 2016
I. Introdução e Justificativa

Uma série de elementos justificam a realização desse período no exterior,


elencados a seguir:
a) Minha tese é o primeiro estudo na área de concentração em estudos
hispânicos do PPG-LEN a ter como objeto a produção de um escritor
bilíngue espanhol\inglês. Esse ineditismo torna a realização de boa
parte do trabalho de pesquisa no Brasil bastante complexo. A estadia
na universidade de Columbia, uma das instituições de ensino de maior
prestígio nos EUA e no mundo, na condição de visiting scholar me
daria acesso a uma série de bases de dados e documentos
indisponíveis no Brasil sem os quais minha pesquisa se veria
seriamente afetada .

b) Com o crescimento da comunidade latina nos Estados Unidos, e


consequentemente das manifestações artísticas a ela associadas, é
muito provável que esse seja um campo de estudos a ser desenvolvido
no programa

c) A estadia no exterior contribuiria para o desenvolvimento de um


trabalho que já ganha visibilidade em outros espaços acadêmicos.
Existe um projeto de pesquisa institucional associado ao presente
projeto de pesquisa na universidade em que atuo1. Associado a esse
projeto existe um projeto de Iniciação Científica (IC) que conta com
uma bolsa, cuja avaliação cega por pares obteve uma das maiores
notas na instituição2. Dessa forma, viabilizar a realização do estágido
no exterior beneficia não apenas o meu trabalho de pesquisa e a minha
formação como pesquisadora, mas também apresenta um impacto
indireto nas atividades desenvolvidas por melos orientandos de IC.

II. Objetivos

1
Disponível em: https://unila.edu.br/prppg/agenciasfomento/projetos/ilaach
2
https://www.unila.edu.br/sites/default/files/files/PRPPG/Editais/2016/Edital%2011-2016%20-
%20Divulgação%20das%20propostas%20aprovadas%20-%2018-07-2016.pdf
Objetivos gerais:
De forma geral, pretende-se que o projeto
Objetivos específicos:

III. Metodologia

IV. Cronograma das atividades

Uma vez que o período de estadia na universidade selecionada para a


realização do presente projeto é de quatro meses, o cronograma que segue
adota esse período como referencial.

Meses
Setembro
Outubro
Novembro
Dezembro

V. Referências bibliográficas

BARQUET, Jesús J. Reflexiones sobre la literatura hispana em los Estados


Unidos. In: Anales del Coloquio Internacional Identidades culturales y presencia
latina em los Estados unidos. Casa de las Américas: Habana, 2011. Disponível
em:
http://laventana.casa.cult.cu/modules.php?name=News&file=print&sid=6340
Consulta em: 02 de Março de 2014.

_________ A literatura hispana dos estados unidos: reflexões começando o


século XXI. Revista Brasileira do Caribe, São Luís - MA, Brasil, vol. XVI, nº 30.
Jan-jun 2015, p. 109-138

BASSNETT, Susan & TRIVEDI, Harish (orgs) . The postcolonial translation.


London: Routledge, 2002.

BRAH, Avtar. Cartografías de la diáspora. Identidades en cuestión. Madrid:


Tarficantes de Sueños, 2011.

CARPIO, Glenda. Now check it: Junot Díaz’s Wondrous Spanglish. in HANNA,
Monica et al. Junot Díaz and the decolonial imagination. Pp. 257-290. Durham:
Duke press, 2016.
DÍAZ, Junot. Drown. New York: Riverhead, 1996.

_________ Los boys. Barcelona: Mondadori, 1996.

_________ Negocios. New York: Vintage español, 1997.

_________ Afogado. Rio de janeiro record, 1998.

________ The brief and wondrous life of Oscar Wao. New York: Riverhead
Books, 2007

________ La maravillosa vida breve de Óscar Wao. Barcelona: Mondadori,


2008.

_________ This is How you lose her. New York: Riverhead, 2012.

________ Así es como la pierdes. Barcelona: Mondadori, 2013.

________ É assim que você a perde. Rio de janeiro: Record, 2013.

ITZIGSOHN, José et al. Mapping Dominican Transnationalism: Narrow and


Broad Transnational Practices, Ethnic and Racial Studies, No. 22 (2), pp. 316-
339, 1999.

KELLMAN, Steven. The translingual imagination. Lincoln: U of Nebraska Press,


2000.

_________ Translingualism and the Literary Imagination. Criticism 33 (4). Wayne


State University Press: 527–41, 1991. http://www.jstor.org/stable/23114991.
Consulta em 13 de Novembro de 2015.

_________; STAVANS, Ilan. The Translingual Sensibility: A Conversation


Between Steven G. Kellman and Ilan Stavans. L2 Journal, 7(1), 2015. Disponível
em: http://escholarship.org/uc/item/0c50d7k6. Consulta em 01 de Janeiro de
2016.

PÉREZ-FIRMAT, Gustavo. Tongue ties: Logo-Eroticism in Anglo-Hispanic


Literature. Nova Iorque: Palgrave, 2003

PRATT, Mary Louise. Lenguas viajeras: hacia una imaginación geolingüística.


cuadernos de literatura Vol. XViII n.º36 • julio-diciembre 2014, págs. 238-253

STEINER, George. Extrateritorial: a literatura e a revolução da linguagem. Trad.


Gilda Stuart e Felipe Rajabally. São Paulo: Companhia das Letras, 1988

VALDÉS, Mario & Djelal Kadir (eds.): Literary Cultures of Latin America. A
Comparative History. 3 Vols. New York/Oxford: Oxford University Press, 2004.
VI. Contribuição do plano de estudos para a promoção do ensino,
formação e aprendizagem
VII. Potencial para o aumento da rede de pesquisa e educação, com
novas técnicas e parcerias, além de ampla divulgação dos
resultados