Você está na página 1de 10

Instrumentação

Seleção de
Medidores de Vazão
O objetivo deste artigo é auxiliar os profissionais de
manutenção e projetos, da área de instrumentação e
automação a economizar tempo e dinheiro no momento
da escolha de um medidor de vazão correto para uma
aplicação específica. Rogério Diaz Gimenez*

A
importância da vazão como priedades químicas e físicas do fluido,
variável de processo é infi- características dos materiais da tubu-
nita. Sem dúvida, esta é a lação de escoamento do fluido e do
variável mais medida em seu tanque de armazenamento, dentre
todo o mundo e, por isso, também é a outros.
que mais sofre com incorreções, oca- Depois de levantados todos esses
sionadas pela falta de conhecimento dados, uma foto recente e/ou o conhe-
específico por parte dos usuários. cimento prático do local da instala-
A medição de vazão de líquidos ção do medidor pode ajudar muito na
depende principalmente do conheci- seleção do medidor de vazão correto
mento, comportamento e estudo de para uma determinada aplicação.
outras variáveis que se relacionam com
ela, tais como: velocidade de escoa-
mento do fluido, viscosidade, tempe- SELECIONANDO O MEDIDOR
ratura, pressão, densidade específica e DE VAZÃO CORRETO
relativa do fluido a ser medido.
Para a seleção correta de medi- A seleção de medidores de vazão é
dores também é necessário conhecer uma questão bastante complexa, tanto
outros dados de aplicação como diâ- que muitos profissionais dedicam-se
metro da linha/tubulação, trecho reto incansavelmente a esse trabalho e,
da linha/tubulação disponível no local mesmo com muito conhecimento e
de medição, proximidade de outros especializações, algumas vezes, esses
dispositivos como válvulas e bombas profissionais cometem pequenos erros,
do local de instalação do medidor, pro- que acabam levando a situações com-

54 Mecatrônica Atual nº26 - Fevereiro/Março - 2006


Instrumentação

plicadas para fornecedor e usuário. outros dados da aplicação relevantes


Muitos fornecedores preferem que ao funcionamento do medidor a ser Selecionando o Medidor de
o próprio usuário especifique o medi- especificado, dentre eles (alguns já Vazão
dor a ser utilizado em sua aplicação, mencionados):
e muitos usuários preferem deixar a Com a definição do objetivo da
seleção a critério do fornecedor. 1. Propriedades químicas e físicas medição e da aplicação em si, é dado
Existem ainda fornecedores que do fluido a ser medido (quantidade de o momento da seleção do medidor de
só ofertam um medidor para uma sólidos em suspensão); vazão.
determinada aplicação se o usuário 2. Range de medição da vazão; A tabela a seguir é totalmente usual
o especificar, para que assim possam 3. Temperatura do fluido a ser para a seleção de medidores de vazão
isentar-se de qualquer problema de medido; e com certeza ela auxiliará o usuário
aplicação. 4. Pressão de deslocamento do nessa difícil escolha.
Desse modo, os usuários acabam fluido; Além de todos os fatores referidos,
ficando de mãos atadas, quando não 5. Velocidade de escoamento do existem outros menos importantes,
são obrigados a utilizar um equipa- fluido; mas que também devem ser levados
mento super dimensionado ou mal 6. Viscosidade do fluido a ser em consideração durante a seleção de
dimensionado. medido na condição de medição; um medidor de vazão, dentre eles:
No intuito de quebrar esse mito, a 7. Densidade Específica e Relativa
seleção de um medidor de vazão pode do fluido a ser medido; • Vibração da tubulação onde o
ser realizada em dois passos: 8. Diâmetro da tubulação; medidor será instalado (em caso de
9. Temperatura ambiente externa tubulação já existente);
1) Definindo o Objetivo da Medi- ao local de medição; • Conexão mecânica disponível na
ção e a Aplicação 10. Medição para processo contí- tubulação onde o medidor será insta-
2) Selecionando o Medidor de nuo ou batelada; lado (em caso de tubulação já exis-
Vazão 11. Processo com CIP ou SIP tente ou em projeto);
(conhecer propriedades dos agentes • Tensão de alimentação dispo-
utilizados no CIP ou SIP bem como nível na planta para o medidor de
DEFININDO O OBJETIVO DA sua temperatura e pressão); vazão;
MEDIÇÃO E A APLICAÇÃO 12. Local de instalação (fácil acesso • Tipo de sinal de saída do medi-
para manutenção); dor de vazão;
A definição do objetivo da medi- 13. Necessidade de trecho reto para • Tempo de resposta do medidor;
ção é caracterizada pela necessidade medição e trecho reto existente na • Interferência elétrica no local da
do usuário, ou seja, o que realmente tubulação (em caso de tubulação já instalação do medidor;
ele necessita dessa medição ? existente ou em projeto); • Qualidade do aterramento no
• Alta precisão maior ou igual 0,3 14. Características dos materiais local da instalação do medidor;
% do valor medido, precisão em torno de construção da tubulação de esco- • Perda de carga a ser gerada na
de 0,5 % a 1% do valor medido, pre- amento do fluido a ser medido e tubulação com a instalação do medi-
cisão em torno de 5% a 10% do valor do tanque de armazenamento (caso a dor;
medido ou span; planta já exista ou esteja em projeto); • Aspectos econômicos diversos
• Indicação local e remota (sis- 15. Proximidade a outros disposi- como custo de montagem e instalação
tema de controle) sala de controle, tivos como válvulas, bombas, cotove- elétrica, custos gerados pela falta de
alarmes, los, curvas, reduções, etc; medição, custos de manutenção (cali-
Totalização local e remota; 16. Classificação da área quanto bração e sobressalentes) além do custo
a presença de gases combustíveis na inicial relacionado à compra do medi-
Com o objetivo da medição já defi- atmosfera, comburentes e fatores de dor.
nido, o usuário deverá definir a apli- ignição como valores de corrente elé-
cação, para isso terá de compreender trica acima de um determinado valor; Todas as considerações mencio-
a variável vazão, entender sua função 17. Classificação do invólucro do nadas neste artigo são importantes
no processo industrial, conhecer seu medidor de vazão quanto a presença para a seleção de medidores de vazão.
comportamento, prever o comporta- de umidade, jatos de água, gases cor- Mesmo fatores de menor importân-
mento da vazão em casos de sobre- rosivos e pó na área de instalação do cia, podem comprometer muitas vezes
carga e shut down da planta, ter o mesmo; a performance, precisão e funcionali-
conhecimento das variáveis que se 18. Verba disponível para compra dade de um medidor de vazão durante
relacionam com a vazão (menciona- do medidor. sua operação.
das anteriormente), conhecer também

Mecatrônica Atual nº26 - Fevereiro/Março - 2006 55


Instrumentação
Tipo do Medidor Aplicações Precisão Trecho Reto necessário a Custo
de Vazão Recomendadas (+/-) montante do medidor Relativo
Placa Líquidos limpos, gases e vapores 1 a 5% do span 10 a 30 X diâmetro da baixo
de Orifício tubulação
Cunha Líquidos viscosos, sujos e limpos 0,5 a 2% do span 10 a 30 X alto
diâmetro da tubulação
Tubo de Venturi Líquidos limpos, sujos, viscosos, gases, 1% do span 5 a 20 X diâmetro da regular
vapores e alguns tipos de lamas tubulação
Bocal de Vazão Líquidos limpos e sujos 1 a 2% do span 10 a 30 X diâmetro da regular
tubulação
Tubo de Pitot Líquidos limpos e gases 1 a 5% do span 20 a 30 X diâmetro da baixo
tubulação
Placa de Impacto Líquidos limpos, sujos, viscosos, alguns 1 a 5% do span 10 a 30 X diâmetro da regular
(Target meter) tipos de lamas tubulação
Área Variável Líquidos limpos e gases 1 a 10% do span nenhum baixo
Deslocamento Líquidos limpos e viscosos 0,3 a 0,5 % do valor nenhum regular
Positivo medido
Turbina Líquidos limpos e gases 0,25 a 1% do valor 5 a 10 X diâmetro da alto
medido tubulação
Vortex Vapores, Gases e alguns tipos de líqui- 0,25 a 1% do valor 10 a 20 X diâmetro da alto
dos medido tubulação
Magnético Líquidos condutivos limpos, sujos e vis- 0,25 a 0,5 % do valor 5 X diâmetro da alto
(Eletromagnético) cosos, lamas e pastas condutivas medido tubulação
Ultrassônico Líquidos viscosos e limpos 5% do span 5 a 30 X diâmetro da alto
(efeito doppler) tubulação
Ultrassônico Líquidos viscosos e limpos 0,15 a 5% do valor 5 a 30 X diâmetro da alto
(tempo de trânsito) medido tubulação
Mássico Líquidos viscosos, limpos, sujos, lamas, 0,1 a 0,4% do valor nenhum alto
(Coriolis) pastas e gases medido
Mássico Líquidos limpos e gases 1 a 5% do span nenhum alto
(Thermal)
Canal aberto Líquidos limpos e sujos 2 a 5% do span nenhum regular
(Vertedores)
Calha Parshall Líquidos limpos e sujos 2 a 5% do span nenhum regular

MEDIDORES DE VAZÃO E SUAS PRINCIPAIS APLICAÇÕES E CARACTERÍSTICAS


1 . Placa de orifício, cunha, tubo de venturi,
bocal de vazão e tubo de pitot
Os medidores de vazão do tipo a vazão, dependendo sempre de um Exemplos de unidades de enge-
Placa de Orifício, Cunha, Tubo de outro dispositivo de medição, na maio- nharia utilizadas na medição de vazão:
Venturi, Bocal de Vazão e Tubo de ria das vezes, um transmissor de Litros por minuto L/min, Litros por
Pitot, medem a vazão através da pres- pressão diferencial que estará cap- hora L/h, Galões por Minuto GPM,
são diferencial que eles geram na pró- tando e avaliando essa pressão dife- Barris por Hora BPH, Hectolitros
pria tubulação onde estão instalados. rencial gerada pelo elemento primário por minuto Hl/min, Centímetro cúbico
Esta pressão diferencial (delta P) (elemento/medidor deprimogênio) e por minuto Cm3/min, Mililitros por
medida por esses tipos de medidores é então com a medição desse DeltaP, minuto Ml/min., Metros cúbicos por
proporcional à vazão, portanto, esses o transmissor de pressão diferencial, hora M3/h, entre outros.
medidores de vazão, também são cha- estará extraindo a raiz quadrada desse Os transmissores de pressão dife-
mados de elementos geradores de valor de DeltaP e multiplicando ao seu rencial, podem indicar a vazão medida
pressão diferencial, medidores depri- fator K, chegando assim no seu valor através desses elementos geradores
mogênios e também de elementos pri- linear da vazão medida num range de de pressão (Placa de Orifício, Cunha,
mários de vazão. medição específico, numa unidade de Tubo de Venturi, Bocal de Vazão e
São também denominados elemen- engenharia de vazão estabelecida, que Tubo de Pitot) no mesmo local onde
tos primários de vazão, pois geram pode também ser convertida para uma está instalado na planta e/ou enviar
essa pressão diferencial (delta P) que outra unidade conforme configuração seu sinal de medição (4 – 20 mA,
possui uma relação quadrática com do próprio transmissor. 1 – 5 VDC, Profibus, FF, buses em

56 Mecatrônica Atual nº26 - Fevereiro/Março - 2006


Instrumentação

geral ) proporcional à vazão medida


para uma sala de controle central, que Medidor de Vazão do tipo Placa de Orifício
possua sistemas de controle do tipo (Transmissor de Pressão Diferencial + Elemento
digital SDCD, PLC, SCADA, Híbri- Primário-placa de orifício com projeto compacto) –
dos ou mesmo um painel de con-trole Figura 1
analógico. Principais Aplicações :
- Medição de Vazão de Gases e Vapores (Setores
Principais Vantagens: de Óleo & Gás, Indústrias Petroquímicas, Quími-
• Apropriados Universalmente para cas, Plantas Geradoras de Energia Térmica e Termo
aplicações industriais em líquidos Nucleares, Siderúrgicas, Cimenteiras, Têxtil e Celu-
limpos, gases e vapores; lose e Papel);
• Aplicação usual mesmo em pro- - Medição de Vazão de Líquidos Limpos (Plan-
cessos industriais que possuam altas tas Geradoras de Energia Térmica e Termo Nucle-
pressões e altas temperaturas (dentro ares, Celulose e Papel, Petroquímicas, Químicas,
de limites especificados por cada fabri- Siderúrgicas e Textil );
F1.
cante);
• Baixo custo;
• Facilidade de Calibração em
laboratório de Pressão; Medidor de Vazão do tipo
• Sem partes móveis. Cunha (Transmissor de Pressão
Diferencial + Elemento primá-
Principais Desvantagens: rio-tipo cunha ) - Figura 2
• Para medição de vazão de gases Principais Aplicações :
e vapores em condições de tempera- - Medição de Vazão de
tura e pressão não constantes, neces- Líquidos Sujos, Viscosos e
sita de compensação dessas variáveis Limpos (Cimenteiras, Siderúr-
para uma medição razoavelmente pre- gicas, Petroquímicas, Fertilizan-
cisa; tes, Aglomerados, Mineração,
• Dependendo da aplicação, sua Metalurgia)
instalação mecânica pode chegar num F2.
valor acima do custo do transmissor;
• Perda de carga significativa que
dependendo da pressão de escoamento
do fluido, pode comprometer o deslo- Medidor de Vazão do tipo Tubo de Venturi
camento do mesmo; (Elemento Primário-tubo de Venturi ) - Figura 3
• Não é apropriado para aplicações Instalação Mecânica típica de um elemento pri-
sanitárias com alto rigor de exigência mário tipo tubo de Venturi juntamente com um
higiênica. transmissor de pressão diferencial – Figura 4
Principais Aplicações:
Nas figuras seguintes estão repre- - Medição de Vazão de Líquidos Limpos,
sentados os medidores de vazão do Sujos, Viscosos, Gases, Vapores e alguns tipos F3.
tipo Placa de Orifício, Cunha, Tubo de Lamas ( Sanea-
de Venturi, Bocal de Vazão e Tubo mento, Laboratório
de Pitot, mencionados anteriormente, de Testes e Calibra-
como também transmissores de pres- ção, Setor de Óleo
são diferencial, transmissores de pres- e Gás,
são diferencial multivariável utilizado Siderúrgicas,
para medição de vazão de gases, vapo- Cimenteiras, Mine-
res e líquidos que possuem tempe- ração, Metalurgia,
ratura e pressão não constantes, que Aglomerados)
necessitam de compensação para a
medição precisa da vazão em valores
mássicos, alguns detalhes de sua ins-
talação mecânica e ainda um resumo
de suas aplicações principais.
F4.

Mecatrônica Atual nº26 - Fevereiro/Março - 2006 57


Instrumentação

Medidor de Vazão do tipo Transmissor de Pressão Dife-


Bocal de Vazão (Elemento Primá- rencial Multivariável geralmente
rio-bocal de vazão) - Figura 5 utilizado com medidores de vazão
Principais Aplicações : do tipo elemento deprimogênio (ele-
- Medição de Vazão de Líqui- mentro primário). Esse transmissor
dos Limpos e Sujos (Setor de Óleo multivariável compensa as varia-
e Gás, Celulose e Papel, Siderúr- ções de temperatura e pressão dos
gicas, Cimenteiras, Plantas Gera- líquidos e gases medidos gerando
doras de Energia Térmica e Termo uma medição de vazão mássica cor-
Nucleares) rigida e precisa.
(Importante: Para compensar a
F5. temperatura e pressão na medição de
vazão, esse trans-
missor também
Medidor de Vazão do tipo Tubo mede essas vari-
de Pitot (Transmissor de Pressão Dife- áveis além da
rencial Multivariável + Elemento pri- pressão diferen-
mário-tipo tubo de Pitot + Sensor de cial DeltaP. ) -
Temperatura PT 100 Ohms) – Figura 6 Figura 7
Principais Aplicações :
- Medição de Vazão de Líquidos
Limpos e Gases (Setor de Óleo & Gás,
Petroquímicas, Químicas, Saneamento,
Siderúrgicas, Plantas Geradoras de Ener-
gia Térmica e Termo Nucleares)

F6. F7.

2 . Placa de Impacto
Os medidores de vazão do tipo 20 mA e/ou indicação de
Placa de Impacto medem a vazão alarme de vazão alta ou
através da força, essa força é detec- baixa.
tada conforme a intensidade do Principais Vanta-
movimento da placa de impacto gens:
do medidor. Quanto maior a força • Ideal para instala-
detectada na placa de impacto ções remotas onde não
do medidor, maior será a vazão exista alimentação de ener- F8.
medida. gia elétrica em aplicações
Esses medidores são muito e onde é necessário apenas a indicação Medidor de Vazão do tipo
simples, fáceis para ajustar e, local; Placa de Impacto – Figura 8
na maioria das vezes, os ajustes • Baixo custo de instalação mecânica; Principais Aplicações:
que são realizados são mecânicos, • Dependendo da aplicação não necessita - Medição de Vazão de
como por exemplo: ajustes de zero de alimentação de energia elétrica, a própria Líquidos Limpos, Sujos, Vis-
e span. força do fluido a ser medido movimenta o cosos, Alguns tipos de Lamas
Em grande parte das aplica- ponteiro indicador de vazão; (Plantas Geradoras de
ções, os medidores do tipo placa • Fácil operação. Energia Térmica, Siderúrgi-
de impacto são totalmente mecâ- cas, Cimenteiras, Saneamento,
nicos, possuindo apenas indica- Principais Desvantagens: Mineração, Irrigação e Meta-
ção local da vazão, mas existem • Opção de Calibração apenas no campo; lurgia)
opções desse equipamento com • Baixa Precisão;
indicação remota através de sinal • Necessita de manutenção mensal depen-
de saída elétrico padrão de 4 – dendo da aplicação;

58 Mecatrônica Atual nº26 - Fevereiro/Março - 2006


Instrumentação

3 . Área Variável
Os medidores de vazão do tipo como também para indicação remota sita de alimentação de energia elétrica,
Área Variável medem a vazão através através de sinal elétrico padrão e a própria força do fluido a ser medido
da variação da área de passagem do também para sinalização de alarmes movimenta o flutuador, que funciona
fluido por meio de um flutuador. de vazão alta ou baixa. também como o indicador de vazão.
Conforme a vazão é aumentada No passado, os medidores de vazão
dentro do seu tubo cônico de medi- tipo área variável (Rotâmetros) eram Principais Desvantagens:
ção, a área varia aumentando assim a aplicados apenas para processos com • Baixa Precisão;
indicação da vazão por meio do flu- temperatura e pressões baixas, hoje • Fragilidade de alguns modelos;
tuador; ocorre o contrário quando a em dia já existem • Apropriado apenas para medi-
vazão é diminuída a área varia, dimi- rotâmetros para pro- ções em tubulação vertical;
nuindo assim a indicação de vazão. cessos com tempera- • Em aplicações com alta pres-
Esses medidores de vazão do tipo tura e pressões mais são e temperatura o custo torna-se
área variável são constituídos basica- altas. elevado.
mente de um tubo de formato cônico
e de um flutuador que movimenta-se Principais Vanta- Medidor de Vazão do tipo
verticalmente em função da vazão gens : Área Variável (tubo e conexões
medida. • Escala de medi- em plástico) – Figura 9
Os medidores do tipo área variá- ção linear;
vel ou rotâmetros como também são • Baixo custo;
chamados, inicialmente foram utili- • Não requer tre-
zados apenas para medição de vazão chos retos na mon-
que possuíam necessidade apenas de tante;
indicação local, hoje em dia existem • Dependendo da
rotâmetros tanto para indicação local, aplicação não neces- F9.

Medidor de Vazão do Principais Aplicações:


tipo Área Variável (Cons- - Medição de Vazão de Líquidos Limpos
trução para alta pressão e e Gases ( Plantas Geradoras de Energia
temperatura de 100ºC - tubo Térmica, Siderúrgicas, Metalurgia, Alimen-
e conexões em aço inox) – tícia, Farmacêutica, Químicas, Centros de
Figura 10 Pesquisa); F10.

4 . Deslocamento Positivo
Os medidores de vazão do tipo Des- cidade volumétrica conhecida onde as • Medição independente da vis-
locamento Positivo, medem a vazão engrenagens ovais estão localizadas. cosidade (Ideal para fluídos com alta
através do deslocamento efetivo de O número de voltas ou rotações viscosidade);
suas engrenagens ovais ou cilíndricas, em que as engrenagens são desloca- • Dependendo da necessidade da
em alguns casos lóbulos ou outros das é proporcional à vazão medida. aplicação não necessita de alimenta-
tipos de dispositivos de fácil desloca- ção de energia elétrica.
mento. Principais Vantagens:
Os medidores do tipo desloca- • Alta confiabilidade; Principais Desvantagens:
mento positivo, são os únicos medido- • Alta Precisão; • Não é apropriado para fluídos
res de vazão que indicam diretamente • Longa vida útil de trabalho com presença de sólidos em suspen-
o volume totalizado da vazão num (relacionada a tempo de instalação e são;
determinado período. volume medido totalizado); • Dependendo de sua dimensão,
Eles medem o volume diretamente • Não requer trechos retos na mon- torna-se bastante pesado em compara-
através do par de engrenagens ovais tante; ção com outras tecnologias de medi-
que, por sua vez, são deslocadas de • Fácil manutenção; ção de vazão;
acordo com o volume de líquido que • Tecnologia aprovada e utilizada • Dependendo da aplicação neces-
passa pela câmara de medição de capa- há mais de 100 anos; sita de filtro instalado a sua montante.

Mecatrônica Atual nº26 - Fevereiro/Março - 2006 59


Instrumentação

Medidor de Vazão do tipo Deslocamento Positivo (Engrena-


gens Ovais) – Figura 11
Principais Aplicações:
- Medição de Vazão de Líquidos Limpos e Viscosos ( Setores
de Óleo & Gás, Petroquímicas, Plantas Geradoras de Energia
Térmica, Siderúrgicas, Metalurgia, Alimentícia, Bebidas, Farma-
cêutica, Papel e Celulose, Químicas, Cimenteiras, Têxtil e Labo-
ratórios de Calibração e Testes )

F11.

5 . Turbina
Os medidores de vazão tipo Turbina, • Alta Precisão.
medem a vazão através da velocidade da tur-
bina que por sua vez é movimentada de acordo Principais Desvantagens:
com a vazão do fluído a ser medido. • Custo Elevado;
Existem pelo menos 8 tipos de Turbinas • Precisão afetada através da forma-
distintas para medição de vazão, desdeturbi- ção de vórtices;
nas para medição de água limpa à turbinas • Apropriada apenas para líquidos e
para medição de gases para transferência de gases muito limpos.
custódia.
Medidores de Vazão do tipo Tur-
Principais Vantagens: bina – Figura 12
• Tempo de resposta de medição exce- Principais Aplicações:
lente; - Medição de Vazão de Líquidos F12.
• Concepção top entry para alguns tipos Limpos e Gases (Setores de Óleo &
de aplicações; Gás, Petroquímicas, Químicas, Farmacêutica, Siderurgia)
• Desenho compacto;

6 . Vortex
Os medidores de vazão do tipo • Alta precisão.
Vortex medem a vazão através da
velocidade dos vórtices (vortex) que Principais Desvantagens:
são gerados através de um obstáculo • Custo Elevado;
formador de vórtices que faz parte do • Não aplicado em vazões
próprio conjunto medidor. com baixas velocidades;
A velocidade dos vórtices é • Requer grandes trechos retos
detectada através da freqüência, que a montante.
aumenta conforme a velocidade dos
vortex. Ela também aumenta con-
forme o aumento da vazão. Essa freqü-
ência detectada é avaliada, comparada Medidores de Vazão do tipo
com os fatores internos do medidor e Vortex – Figura 13 F13.
então convertida diretamente à vazão Principais Aplicações :
medida. - Medição de Vazão de Vapo- Farmacêutica, Siderurgia, Celulose e
res, Gases e alguns tipos de Papel, Plantas Geradoras de Energia
Principais Vantagens: Líquidos (Setores de Óleo & Térmica, Bebidas, Alimentícia, Ferti-
• Instalação mecânica simples; Gás, Petroquímicas, Químicas, lizantes e Textil)
• Não possui partes móveis;

60 Mecatrônica Atual nº26 - Fevereiro/Março - 2006


Instrumentação

7 . Magnético
Os medidores de vazão do tipo Principais Desvantagens: atenção e cuidados extras em compa-
Magnético medem a vazão através de • Necessita que o fluido a ser ração com outros tipos de medidores
um campo magnético gerado perpen- medido possua uma condutividade de vazão;
dicularmente na direção do fluido a mínima admissível; • Adesão de produtos no tubo de
ser medido, e este, de acordo com sua • Não aplicado em vazões com medição ou nos eletrodos pode causar
velocidade, induz uma tensão numa baixas ou altas velocidades; erros de medição.
escala de milivolts proporcional a sua • Instalação elétrica que demanda
vazão instantânea.(Veja mais deta-
lhes sobre esse tipo de medidor na
Medidor de Vazão do tipo Magnético
Edição nº20 da Revista Mecatrô-
(Aplicação: Polpa de Celulose com alta con-
nica Atual)
sistência-diâmetro tubulação 16”/ Indústria
de Celulose e Papel ) – Figura 14
Principais Vantagens:
Principais Aplicações:
• Ideal para a indústria Alimentí-
- Medição de Vazão de Líquidos Con-
cia e Bebidas;
dutivos Limpos, Sujos e Viscosos, Lamas
• Não gera perda de carga;
e Pastas Condutivas (Indústria de Celulose
• Não possui partes móveis;
e Papel, Saneamento, Bebidas, Alimentícia,
• Longa vida útil de trabalho;
Petroquímicas, Plantas Geradoras de Ener-
• Alta precisão;
gia Térmica e Termo Nucleares, Siderúrgi-
• O princípio de medição (baseado
cas, Farmacêutica, Químicas, Cimenteiras, F14.
na lei de Faraday) independe da vis-
Mineração, Fertilizantes, Têxtil e Laborató-
cosidade, temperatura, pressão e den-
rios de Calibração e Testes)
sidade do fluído a ser medido.

8 . Ultrassônicos – Efeito Doppler e Tempo de Trânsito


Os medidores de vazão do tipo Principais Desvantagens:
ultrassônico medem a vazão através • Custo Elevado;
dos princípios ultrassônicos Doppler • Precisão de medição depende
e Tempo de Trânsito. totalmente do perfil do fluído ( a
O efeito Doppler está baseado mudança constante do perfil diminui a
na velocidade de envio e recepção precisão aumentando o erro de medi-
do ultrassom, quanto mais rápido o ção );
sensor de recepção receber o ultras- • Não é indicado para altas tempe-
som emitido numa freqüência conhe- raturas;
cida, maior será a vazão medida. • Ultrassônicos por efeito doppler
O tempo de trânsito está baseado só são aplicados em algumas aplica-
na diferença de tempo de trânsito de ções simples.
propagação de sinal de ultrassom entre
um conjunto emissor/receptor que
é diretamente proporcional a vazão
medida. Medidor de Vazão do tipo
Ultrassônico (Tempo de Trân-
Principais Vantagens: sito ) Figura 15
• Pode ser utilizado em tubulações Principais Aplicações:
de pequenos e grandes diâmetros; - Medição de Vazão de
• Não gera perda de carga; Líquidos Viscosos e Limpos
• Não possui partes móveis; (Setores de Óleo & Gás, Petro- F15.
• Alta precisão dependendo da químicas, Químicas e Farma-
aplicação; cêuticas)
• Longa vida útil de trabalho.

Mecatrônica Atual nº26 - Fevereiro/Março - 2006 61


Instrumentação

9 . Mássico Coriolis • Longa vida útil de trabalho • Dependendo do diâmetro do


mesmo nas mais complicadas e árduas medidor, ele torna-se bastante
Os medidores de vazão do tipo situações de processo. pesado;
Mássico Coriolis medem a vazão atra- • Instalação mecânica muitas vezes
vés do princípio de Coriolis onde a Principais Desvantagens : requer atenção especial.
massa do fluido é excitada e medida • Custo Elevado;
conforme a intensidade da força de
Coriolis que ela gera ao entrar em
choque mecânico com as paredes dos Medidores de Vazão do tipo
tubos medidores. (Mais informações Mássico Coriolis (Tubo Ômega) –
sobre esse tipo de medidor na edição Figura 16
nº14 da Revista Mecatrônica Atual) Principais Aplicações:
- Medição de Vazão de Líquidos
Principais Vantagens: Viscosos, Limpos, Sujos, Lamas,
• O princípio de Medição de Corio- Pastas e Gases (Petroquímicas,
lis independe da densidade e viscosi- Setores de Óleo & Gás, Indústria
dade do fluido a ser medido; de Celulose e Papel, Bebidas, Ali-
• Não é afetado pelo perfil do mentícia, Plantas Geradoras de
fluido; Energia Térmica e Termo Nucle-
• Não necessita de trechos retos a ares, Siderúrgicas, Farmacêutica,
montante; Químicas, Cimenteiras, Minera-
• Alta precisão; ção, Fertilizantes, Têxtil e Labora-
• Alta confiabilidade; tórios de Calibração e Testes)

10 . Mássico Thermal F16.

Os medidores de Principais Vantagens:


vazão do tipo Mássico • Não possui partes
Thermal medem a vazão móveis;
através do princípio de • Não necessita de trechos
dispersão térmica, o qual retos a montante;
está baseado na disper- • Não gera perda de carga;
são térmica do fluído con- • Instalação mecânica e elé-
forme sua vazão, ou seja, trica bastante simples.
quanto maior a vazão do
fluído, maior será a dis- Principais Desvantagens:
persão térmica do mesmo.
(Mais informações sobre
• Custo Elevado;
• Calibração requer aten-
anuncio 1/4
esse tipo de medidor na ção e cuidados especiais;
edição nº 22 da Revista • Baixa Precisão depen-
Mecatrônica Atual) dendo da aplicação.

Medidor de Vazão do
tipo Mássico Thermal –
Figura 17
Principais Aplicações:
- Medição de Vazão de
Líquidos Limpos e Gases
(Setores de Óleo & Gás,
Petroquímicas, Químicas,
Siderúrgicas, Saneamento,
Bebidas, Alimentícias e
Farmacêuticas)
F17.

62 Mecatrônica Atual nº26 - Fevereiro/Março - 2006


Instrumentação

11 . Canal Aberto e Calha Parshall (Vertedores) BIBLIOGRAFIA

Os medidores de vazão do tipo Canal Aberto, • Medição de Vazão por Outros Métodos –
SENAI SANTOS, 1996
Calha Parshall, Vertedores de um modo geral • Medição de Vazão por Pressão Diferen-
medem a vazão através do nível do fluido numa cial – SENAI SANTOS, 1996
posição estratégica do vertedor, onde esse nível • Catálogos e Manuais de todos os tipos de
Medidores de Vazão
medido é proporcional a vazão.
• Flow Handbook “A Practical Guide: Mea-
surement Tecnologies-Applications-Solu-
Principais Vantagens: tions”. Endress+Hauser Flowtec AG. 2nd
• Instalação Simples; edition, Reinach/BL-CH, 2004.
• Omega Engineering Tables and Flow
• Praticamente livre de manutenção; Handbooks, 2000 and 2003
• Não gera perda de carga. • Engineering Toolbox Tables and Flow
Handbooks, 2005
• Technical Articles of The Flow Rese-
Principais Desvantagens: F18.
arch, INC. Wakefield,MA-USA, 2002 and
• Baixa Precisão; Medidor de Vazão em 2003
• Requer linearização durante a configuração; • World Market for Flowmeters – The
Canal Aberto – Figura 18 Flow Research, INC. Wakefield,MA-USA,
• Sensivelmente sujeito a descargas atmosféri- Principais Aplicações: 2003
cas. - Medição de Vazão de • Technical Papers from Dr. Richard Fur-
ness – Gloucestershire-UK, 2004
Líquidos Limpos e Sujos • Artigos Técnicos diversos sobre Medido-
CONCLUSÃO ( Petroquímicas, Químicas, res de Vazão publicados na Revista Meca-
Um bom conhecimento dos tipos de medi- Papel e Celulose, Siderúrgi- trônica Atual – Rogério Diaz Gimenez,
dores de vazão, seu funcionamento, aplicações, cas, Saneamento, Bebidas, 2003, 2004 e 2005
vantagens e desvantagens, sem dúvida nenhuma Alimentícias, Plantas Gera-
* Rogério Diaz Gimenez é Consultor
é primordial na escolha correta de um medidor doras de Energia Térmica Técnico e Comercial da RDG Consul-
para que o processo industrial ocorra dentro de e Termo Nucleares, Farma- toria e Representações e representante
um alto padrão de qualidade. da Metroval Controle de Fluidos.
cêuticas )

anuncio 1/2

Mecatrônica Atual nº26 - Fevereiro/Março - 2006 63