Você está na página 1de 4

EMPREENDEDORISMO

Edenilson de Souza Lopes - denilson_sl@hotmail.com

RESUMO: Este artigo trata da importância do conceito do empreendedorismo, como conhecer as


características de um empreendedor e qual sua importância na sociedade.

Palavras-chaves:Empreendedor.Negócios.Produtos

INTRODUÇÃO
Hoje grandes empreendimentos estão nascendo de mentes talentosas que
trazem novos conceitos para a sociedade. Com o advento da tecnologia, está se
buscando cada vez mais produtos, conceitos, que tragam mais facilidades ao nosso
dia a dia, desta forma pequenas idéias estão nascendo de “pequenos grandes”
empreendedores em todo lugar. Na maioria deles, é pessoas que querem ser seus
próprios “chefes”, abandonar a visão de ficar o resto de suas vidas em uma empresa
presos a regras e serem supervisionados. Desta forma acabam criando novos
conceitos dentro daquilo que já trabalham ou em outras áreas, na grande maioria
estão ligadas as áreas de prestação de serviço.

EMPREENDEDORISMO
Empreendedorismo é o principal fator promotor do desenvolvimento
econômico e social de um país. Identificar oportunidades, agarrá-las e buscar os
recursos para transformá-las em negócio lucrativo, esse é o papel do empreendedor.
Com isto cada vez mais aparecendo grandes empreendedores no mercado, não que
isto seja um “dom” ou algo que venha de família, mas também pode ter grandes
influências familiares, desta forma pessoa tem traços analíticos, tem uma boa
percepção do que esta acontecendo ao seu redor, isto faz que este individuo acabe
tento uma visão mais aprofundada do que acontece de novo no mercado, na
tecnologia ou em grande conhecimento mercadológico. Segundo Bernardi (2010,
p.65), “ a idéia de um empreendimento surge da observação, da percepção e analise
de atividades, tendências e desenvolvimentos, na cultura, na sociedade, nos hábitos
sociais e de consumo.”
De fato, ter atitudes de um empreendedor acaba aumentando as chances de
crescimento quanto profissional, isto é, se tornar um grande conhecedor do
ambiente industrial ou no ambiente comercial por exemplo, ou de chances de ser um
grande empresário de sucesso ganhando muito espaço no mercado que atua.

Esta figura é a personalização do empreendedor que, normalmente, desde


cedo, por motivos próprios ou de influências familiares, demonstra traços de
personalidade comuns do empreendedor. O desenvolvimento de tal
vocação tem forte relação com o tipo de autoridade familiar e o ambiente
motivacional familiar, tais como escala de valores e percepção de negocio.
(BERNARDI, p.65).

Grandes empreendedores acabam causando impacto significativo nestes


ambientes, isto é, trazendo novos de produtos, serviços de diversas formas de
aplicações, novos conceitos para a sociedade como um todo.

CARACTERÍSTICAS DO EMPREENDEDOR
Para o reconhecimento de empreendedor, certos requisitos básicos são
encontrados na pessoa, autoconfiança, disciplina, audácia e outros fatores
predominantes em um empreendedor, faz que de certa forma que este individuo
busque novos conceitos de produtos, desde, a área que atua efetivamente ou
buscar um seguimento relativamente novo para o mesmo.

Na verdade, o empreendedor é a pessoa que consegue fazer as


acontecerem, pois é dotado de sensibilidade para os negócios, tino
financeiro e capacidade de identificar oportunidades. Com esse arsenal,
transforma idéias em realidade, para beneficio da comunidade. Por ter
criatividade e um alto nível de energia, o empreendedor demonstra
imaginação e perseverança, aspectos que, combinados adequadamente, o
habilitam a transformar uma idéia simples e mal-estruturada em algo
concreto e bem sucedido no mercado. (CHIAVENATO, 2008, p.7).
Isto influencia diretamente no sucesso dos empreendimentos, pois colocar o
negócio em pratica acaba sendo cansativo se não tiver pulso firmes, para que a
viabilidade de uma empresa seja constante e eficaz no mercado que pretende atuar.
Desta forma Dornelas (2005, p.42) complementa que, “o talento empreendedor
resulta da percepção, direção, dedicação e muito trabalho dessas pessoas
especiais, que fazem acontecer.”
Dentro deste cenário, também temos o intra-empreendedor, que por sua vez
não se desliga da empresa que atua, mas tendo novas idéias e conceitos que
podem trazer benefícios para a organização, isto trará grandes mudanças para o
mesmo, desde que disponham recursos humanos e financeiros para que estas
idéias sejam vistas e tratadas de forma que possam acontecer e sejam de grandes
benefícios. Segundo Chiavenato (2008, p.5), “o empreendedor é a pessoa que e/ou
opera um negócio para realizar uma idéia ou projeto pessoal assumindo riscos e
responsabilidades e inovando continuamente”. Assim temos formas para conhecer
funcionários que possam ter as qualidades necessárias para ser um intra-
empreendedor.
Seguem algumas características que diferenciam os funcionários
empreendedores:
• Tem visão sistêmica: não tem olhos apenas para o seu departamento, mas
consegue visualizar a companhia como um todo.
• Atribui significado pessoal a tudo o que faz: tanto pelo trabalho como pela
empresa onde atua. Isso inclui acreditar no negócio e ter a sensação de que a
experiência está valendo a pena.
• Tem capacidade de implementar as idéias: implanta projetos com começo,
meio e fim. Não basta ser um poço de idéias, é preciso implementá-las.
• É persistente: faz de tudo para que os projetos e negócios dêem certo. Tem
capacidade de encontrar saídas para obstáculos que apareçam.
• É pró-ativo e se antecipa ao futuro: faz as coisas antes mesmo de ser
solicitado ou forçado pelas circunstâncias. Consegue antecipar a necessidade e vai
além do pré- estabelecido.
Segundo Dornelas (2005, p.58), “os empreendedores de sucesso são
diferentes: estão sempre atrás de novas idéias de negocio e de verdadeiras
oportunidades de mercado, ficando atentos a tudo que ocorre á volta deles.”
CONCLUSÃO

Este artigo mostra de uma forma simples o conceito do empreendedorismo,


de que fatores importantes encontramos naqueles que já são predestinados a serem
pessoas de sucesso no meio dos negócios, o mercado esta em expansão
rapidamente, com grandes conceitos de produtos voltados para todas as áreas, e
assim desta forma o empreendedor que se adaptar rápido as estas mudanças terá
grande resultados e lucrara muito com o mercado em crescimento.

REFERÊNCIAS

BERNARDI, Luiz Antonio. Manual de Empreendedorismo e Gestão. São Paulo:


Atlas, 2010.

DORNELAS, José Carlos Assis. Empreendedorismo. 2 ed. Rio de Janeiro:


Campus, 2005.

CHIAVENATO, Idalberto. Empreendedorismo Dando asas ao espírito


empreendedor. 3 ed. São Paulo: Saraiva, 2008.