Você está na página 1de 18

PARECER Nº 1/2011-CGAU/AGU

PROCESSO Nº 00406.001878/2007-84
ASSUNTO: Sindicância Investigativa.
EMENTA : Sindicância Investigativa instaurada para apurar
irregularidades envolvendo membros das carreiras jurídicas da
Advocacia-Geral da União, bem como servidores do quadro permanente,
cedidos e requisitados desta Instituição. Possível participação dos
sindicados na gerência ou administração de sociedades. Infração
disciplinar capitulada no art. 117, inciso X, da Lei 8.112, de 11 de
dezembro de 1990.
Acolhimento parcial das conclusões da Comissão Sugestão de
arquivamento do autos em relação a alguns servidores e instauração de
processo administrativo disciplinar em relação a outros.
Remessa dos autos à Procuradoria-Geral Federal, para julgamento dos
autos em relação aos ocupantes do cargo de Procurador Federal.

PARECER Nº 03/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.001919/2007-32
ASSUNTO: Processo Administrativo Disciplinar.
EMENTA: Apuração de suposta irregularidade administrativa atribuída a
membro da carreira de Procurador da Fazenda Nacional e à servidora
pública federal. Cancelamentos indevidos de inscrições de débitos em
Dívida Ativa da União.
Infração em tese capitulada no art. 132, inciso IX, da Lei nº 8.112,
de 11 de dezembro de 1990.
Regularidade formal do processo.
Autoria de falta funcional não comprovada.
Existência de documentos e outros esclarecimentos que afastam as
imputações feitas em juízo provisório de admissibilidade. Ponderada
avaliação das circunstâncias fáticas.
Encerramento dos trabalhos pela Comissão sem o indiciamento das
servidoras.
Pertinência entre as provas carreadas aos autos e as conclusões do
relatório final.
Sugestão de arquivamento dos autos, com base no art. 168, caput, da
Lei nº 8.112, de 1990.

PARECER Nº 04/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00400.017495/2010-83
ASSUNTO: Pedido de Reconsideração.
EMENTA: Processo Administrativo Disciplinar que apurou a prática de
irregularidades administrativas por Procurador da Fazenda Nacional.
Não cumprimento de dever de lealdade à instituição que servir.
Inobservância de normas legais e regulamentares.
Violação de proibição de valer-se do cargo para lograr proveito
próprio ou de outrem, em detrimento da dignidade da função pública.
Improbidade administrativa.
Infrações capituladas no art. 116, incisos II, III e IX, art. 117,
inciso IX, e art. 132, inciso IV, da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro
de 1990, combinado com o art. 11, inciso I, da Lei nº 8.429, de 2 de
junho de 1992.
Regularidade formal do processo.
Autoria e materialidade da infração administrativa comprovadas.
No mérito, as conclusões da Comissão foram acatadas pela autoridade
julgadora.
Aplicação da penalidade de demissão ao servidor indiciado.
Pedido de Reconsideração.
Alegações de ilegal aproveitamento de provas viciadas, prescrição da
pretensão punitiva, desproporcionalidade na aplicação da pena, recusa
na análise de argumentos técnicos de defesa, impossibilidade de
realização de prova pericial imprescindível ao deslinde da persecução
administrativa, ausência de dano e suspeição de membro sindicante .
Improcedência das razões apresentadas pelo Requerente.
Proposta de manutenção da pena aplicada.

PARECER Nº 05/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.000953/2010-95
ASSUNTO: Representação funcional.
EMENTA : Processo Administrativo Disciplinar instaurado para apurar
irregularidade envolvendo membro da carreira de Advogado da União.
Possível participação de servidor na gerência ou administração de
empresas privadas – Art. 117, inciso X, da Lei 8.112, de 11 de
dezembro de 1990.
Relatório Final da Comissão concluindo que o acusado não violou o
supracitado dispositivo legal, tendo em vista que as sociedades não
foram de fato por ele gerenciadas, em que pese, nessa condição, ter
figurado nos contratos sociais. Precedentes desta Corregedoria-Geral.
Diante de firmes elementos acerca da inocência do servidor, é de se
acolher a proposta de arquivamento do processo. Art. 168, caput, da
Lei nº 8.112, de 1990.

PARECER Nº 06/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.002843/2009-24
ASSUNTO: Processo Administrativo Disciplinar
EMENTA: Apuração de suposta irregularidade administrativa atribuída a
Procurador da Fazenda Nacional, consistente no exercício abusivo do
direito de representação aos órgãos públicos.
Encerramento dos trabalhos de apuração concluindo pelo não
indiciamento do servidor.
Não acolhimento da proposta de arquivamento do feito e absolvição
sumária do acusado.
Conduta do servidor que pode configurar infração à legislação
administrativa.Apreciação do mérito prejudicada. Necessidade de se
anular o Relatório Final do presente feito, promovendo a reabertura da
instrução processual e a ultimação dos trabalhos apuratórios.
Sugestão de designação de nova Comissão de Inquérito para dar
continuidade à persecução administrativa em relação ao servidor nãoindiciado.
PARECER Nº 08/2011 -CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.001917/2009-13
ASSUNTO: Representação Funcional.
EMENTA: Apuração de exercício de advocacia fora das atribuições
institucionais por Assistente Jurídico integrante do Quadro
Suplementar da Advocacia-Geral da União.
Inobservância da proibição prevista no art. 24, da Lei nº 9.651, de 27
de maio de 1998. Infração disciplinar prevista no art. 117, inciso
XVIII, da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.
Autoria e materialidade das infrações comprovadas.
Regularidade formal do processo.
No mérito, as conclusões da Comissão de Inquérito estão de acordo com
as provas dos autos.
Improcedência dos termos da defesa.
Proposta de aplicação da penalidade de suspensão por 5 (cinco) dias,
que, entretanto, deixará de ser aplicada em face da extinção da
punibilidade pela prescrição.

PARECER Nº 10/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.002522/2009-20
ASSUNTO: Processo Administrativo Disciplinar
EMENTA: Apuração de supostas irregularidades administrativas
atribuídas a membro da carreira de Procurador Federal, ocupante do
cargo em comissão de Consultor Jurídico. Imputação de manter conduta
incompatível com a moralidade administrativa.
Infração capitulada no art. 116, inciso IX, da Lei nº 8.112, de 11 de
dezembro de 1990.
Autoria e materialidade da infração comprovadas.
Regularidade formal do processo.
No mérito, as conclusões da Comissão estão de acordo com as provas dos
autos.
Improcedência dos termos da defesa.
Julgamento conjunto do Advogado-Geral da União e do Procurador-Geral
Federal, por força do disposto no art. 11, § 2º, inciso VI, da Lei nº
10.480, de 2 de julho de 2002, c/c § 5º do art. 2º, inciso XV do art.
4º e inciso VI do art. 5º, todos da Lei Complementar nº 73, de 10 de
fevereiro de 1993.
Proposta de aplicação da pena de suspensão por 30 (trinta) dias.

PARECER Nº 11/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.002208/2009-47
ASSUNTO: Processo Administrativo Disciplinar
EMENTA: Apuração de irregularidades envolvendo o descumprimento de
deveres funcionais por parte de membro da carreira de Assistente
Jurídico. Infrações capituladas nos incisos III e VI, do art. 116, da
Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.
Autoria e materialidade da infração comprovadas.
Regularidade formal do processo.
No mérito, as conclusões da Comissão estão a merecer acatamento.
Improcedência dos termos da defesa.
Proposta de aplicação da penalidade de advertência.
Ocorrência da prescrição. Registro do fato nos respectivos
assentamentos funcionais.

PARECER 12/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.003722/2009-08
ASSUNTO: Representação Funcional.
EMENTA: Apuração da autoria de eventual irregularidade
administrativa relacionada à intempestividade no ajuizamento de
execução fiscal. Não cumprimento de despacho determinando a inscrição
de débito em Dívida Ativa da União. Irregularidade que já foi objeto
de processo instaurado no âmbito da Procuradoria-Geral da Fazenda
Nacional.
Conclusões da Comissão que estão de acordo com as provas dos autos.
Sugestão de arquivamento dos autos, com base no art.
168, caput, da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

PARECER Nº 13 /2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.003453/2009-71
ASSUNTO: Representação Funcional.
EMENTA: Apuração de supostas irregularidades administrativas
atribuídas a membro da carreira de Procurador da Fazenda Nacional.
Falhas na condução de processos judiciais.
Infração capitulada no art. 116, inciso I, da Lei nº 8.112, de 11 de
dezembro de 1990.
Existência de documentos e outros esclarecimentos que afastam as
imputações feitas em juízo provisório de admissibilidade. Ponderada
avaliação das circunstâncias fáticas.
Encerramento dos trabalhos de apuração concluindo pelo não
indiciamento do servidor.
Sugestão de arquivamento dos autos, com base no disposto no art. 168,
caput, da Lei nº 8.112, de 1990.

PARECER Nº 14/2011 -CGAU/AGU


PROCESSO Nº 00406.003706/2009-15
ASSUNTO: Representação Funcional.
EMENTA : Apuração de exercício de advocacia fora das atribuições
institucionais por Assistente Jurídico integrante do Quadro
Suplementar da Advocacia-Geral da União.
Inobservância da proibição prevista no art. 24, da Lei nº 9.651, de 27
de maio de 1998. Infração disciplinar prevista no art. 117, inciso
XVIII, da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.
Autoria e materialidade da infração comprovadas.
Regularidade formal do processo.
Relatório Final da Comissão pelo arquivamento dos autos. Proposta que
não deve ser acatada pela autoridade julgadora, por ser contrária às
provas constantes dos autos.
Improcedência dos termos da defesa.
Sugestão de aplicação da penalidade de suspensão por 10 (dez) dias,
com possibilidade de conversão em multa, a teor do § 2º, do art. 130,
da Lei nº 8.112, de 1990.

PARECER Nº 15/2011 -CGAU/AGU


PROCESSO Nº 00406.003705/2009-62
ASSUNTO: Representação Funcional.
EMENTA : Apuração de possível participação na gerência ou
administração de sociedades empresárias e exercício de advocacia fora
das atribuições institucionais por Assistente Jurídico integrante do
Quadro Suplementar da Advocacia-Geral da União
Inobservância da proibição prevista no art. 24, da Lei nº 9.651, de 27
de maio de 1998. Infrações disciplinares previstas no art. 117,
incisos X e XVIII, da
Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.
Autoria e materialidade das infrações parcialmente comprovadas.
Regularidade formal do processo.
Relatório Final da Comissão pela absolvição sumária no tocante à
participação na gerência ou administração de sociedades empresárias,
tendo em vista que a sociedade não foi de fato gerenciada pelo
acusado, em que pese, nessa condição, ter figurado no contrato social.
Precedentes no âmbito desta Corregedoria-Geral.
No que se refere ao exercício de advocacia privada, sugestão da
Comissão Processante pelo arquivamento dos autos. Proposta que não
deve ser acatada pela autoridade julgadora, por ser frontalmente
contrária às provas constantes dos autos.
Improcedência dos termos da defesa.
Sugestão de aplicação da penalidade de suspensão por 10 (dez) dias,
que, entretanto, deixará de ser aplicada em face da exoneração do
servidor acusado.

PARECER Nº 16/2011 -CGAU/AGU


PROCESSO Nº 00406.002643/2010-13
ASSUNTO: Representação Funcional.
EMENTA: Apuração de exercício de advocacia fora das atribuições
institucionais por Assistente Jurídico integrante do Quadro
Suplementar da Advocacia-Geral da União.
Inobservância da proibição prevista no art. 24, da Lei nº 9.651, de 27
de maio de 1998. Infração disciplinar prevista no art. 117, inciso
XVIII, da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.
Autoria e materialidade comprovadas.
Regularidade formal do processo.
No mérito, as conclusões da Comissão de Inquérito estão de acordo com
as provas dos autos.
Improcedência dos termos da defesa.
Proposta de aplicação da penalidade de suspensão por 5 (cinco) dias.

PARECER Nº 17/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.002014/2010-85
ASSUNTO :Representação Funcional.
EMENTA : Sindicância Investigativa instaurada para apurar possível
omissão de Advogados da União quanto ao dever de comunicar ao Tribunal
Regional do Trabalho da 21ª Região – TRT/RN acerca de decisões
judiciais favoráveis à União prolatadas por instâncias superiores e
transitadas em julgado, acarretando pagamentos indevidos de benefícios
concedidos no juízo a quo.
Existência de documentos e outros esclarecimentos que afastam as
imputações feitas em juízo provisório de admissibilidade. Ponderada
avaliação das circunstâncias fáticas.
Proposta de arquivamento dos autos.
Conclusões da Comissão em sintonia com as provas colhidas nos autos.
Inteligência do art. 168, caput, c/c art. 145, inciso I, ambos da Lei
nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

PARECER Nº 18/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.002154/2010-53
ASSUNTO: Representação Funcional
EMENTA: Apuração de suposta irregularidade administrativa atribuída
à Procuradora da Fazenda Nacional, consistente na perda de prazo
judicial em processo sob a sua responsabilidade.
Materialidade da infração não comprovada.
Regularidade formal do processo.
No mérito, as conclusões dos membros da Comissão estão a merecer
acatamento.
Pertinência entre as provas carreadas nos autos e o relatório final.
Encerramento dos trabalhos de apuração concluindo pelo não
indiciamento da servidora.
Sugestão de arquivamento dos autos, com base no disposto no art. 168,
caput, da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

PARECER Nº 19/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.002943/2010-94
ASSUNTO: Pedido de Reconsideração.
EMENTA: Processo Administrativo Disciplinar que apurou a prática do
exercício de advocacia fora das atribuições institucionais por
Assistente Jurídico.
Inobservância da proibição prevista no art. 24, da Lei nº 9.651, de 27
de maio de 1998. Infração capitulada no art. 117, inciso XVIII, da Lei
nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.
Regularidade formal do processo.
Autoria e materialidade da infração administrativa comprovada.
No mérito, as conclusões da Comissão não foram acatadas pela
autoridade julgadora, por serem contrárias às provas dos autos.
Aplicação da penalidade de suspensão por 10 (dez) dias ao servidor
indiciado.
Pedido de Reconsideração.
Alegação de ocorrência de prescrição da pretensão punitiva,
cerceamento do direito de defesa e inobservância do princípio da
segurança jurídica.
Improcedência das razões apresentadas pelo Requerente.
Proposta de manutenção da pena aplicada.
PARECER Nº 20/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.003487/2009-66
ASSUNTO: Processo Administrativo Disciplinar.
EMENTA: Apuração de suposta irregularidade administrativa atribuída a
membro da carreira de Advogado da União. Possível utilização irregular
de veículo oficial.
Regularidade formal do processo.
No mérito, as conclusões exaradas pela maioria dos membros da Comissão
de Inquérito estão de acordo com as provas dos autos.
Existência de documentos e outros esclarecimentos que afastam as
imputações feitas em juízo provisório de admissibilidade. Ponderada
avaliação das circunstâncias fáticas.
Encerramento dos trabalhos sem o indiciamento da servidora acusada.
Sugestão de arquivamento dos autos, com base no disposto no art. 168,
caput, da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

PARECER Nº 21/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00400.002747/2011-51
ASSUNTO :Recurso Administrativo.
EMENTA: Processo Administrativo Disciplinar que apurou a prática de
irregularidades administrativas perpetradas por Procurador da Fazenda
Nacional. Não cumprimento do dever legal de lealdade à instituição a
que servir. Inobservância de normas legais e regulamentares. Violação
da proibição de se valer do cargo para lograr proveito próprio ou de
outrem, em detrimento da dignidade da função pública.
Prática de atos de improbidade administrativa.
Infrações capituladas no art. 116, incisos II, III e IX, art. 117,
inciso IX, e art. 132, inciso IV, da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro
de 1990, combinado com o art. 11, inciso I, da Lei nº 8.429, de 2 de
junho de 1992.
Regularidade formal do processo.
Autoria e materialidade das infrações comprovadas.
No mérito, as conclusões da Comissão foram acatadas pela autoridade
julgadora.
Aplicação da penalidade de demissão ao servidor indiciado.
Pedido de Reconsideração. Indeferimento por improcedência das razões
apresentadas pelo Requerente.
Recurso Administrativo em face do indeferimento do Pedido de
Reconsideração.
Nova improcedência das razões recursais.
Proposta de manutenção da pena de demissão aplicada pela autoridade
julgadora.

PARECER Nº 22/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.001213/2009-32
ASSUNTO: Processo Administrativo Disciplinar
EMENTA: Apuração de supostas irregularidades funcionais atribuídas a
membros da carreira de Advogado da União, consistentes na perda de
prazo judicial, não apresentação dos recursos cabíveis e falhas na
representação judicial da União.
Infrações capituladas, em tese, no art. 116, incisos I, III e IV, da
Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.
Regularidade formal do processo.
Encerramento dos trabalhos de apuração concluindo pelo indiciamento de
alguns dos acusados.
No mérito, as conclusões da Comissão não estão de acordo com as provas
dos autos.
Análise de todo o conjunto probatório para afastar as imputações
feitas em juízo provisório de admissibilidade. Ponderada avaliação das
circunstâncias fáticas, consoante o previsto na Ordem de Serviço nº 3,
de 21 de julho de 2008, da Corregedoria-Geral da Advocacia da União.
Não responsabilização dos servidores indiciados.
Sugestão de arquivamento dos autos, com fundamento no disposto no art.
168, parágrafo único, da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

PARECER Nº 23/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.000266/2010-70
ASSUNTO: Representação Funcional.
EMENTA: Apuração de eventual irregularidade administrativa atribuída
a membro da carreira de Procurador da Fazenda Nacional.
Imputação de conduta desidiosa. Infração funcional prevista no art.
117, inciso XV, da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.
Encerramento dos trabalhos sem o indiciamento do servidor.
Instauração de Incidente de Sanidade Mental. Comprovação de distúrbio
mental presente e à época dos fatos que poderia comprometer a atuação
funcional do acusado. Hipótese de exclusão da culpabilidade.
Conclusões da Comissão que estão de acordo com as provas existentes.
Sugestão de arquivamento dos autos. Art. 168, caput, da Lei nº 8.112,
de 1990.

PARECER Nº 24/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00400.002873/2011-13
ASSUNTO: Pedido de Reconsideração.
EMENTA: Processo Administrativo Disciplinar que apurou suposta
irregularidade administrativa atribuída a Procurador da Fazenda
Nacional, consistente no exercício abusivo do direito de representação
aos órgãos públicos.
Encerramento dos trabalhos da comissão. Não indiciamento do servidor.
Nulidade do relatório final. Hipótese de não acolhimento pela
autoridade julgadora da proposta de arquivamento do feito e absolvição
sumária do acusado. Designação de nova Comissão de Inquérito.
Reabertura da instrução processual e ultimação da apuração Apreciação
do mérito prejudicada.
Pedido de Reconsideração.
Alegação de perseguição, assédio moral, ineficiência da Corregedoria-
Geral e cerceamento de defesa.
Improcedência das razões apresentadas pelo recorrente.
Proposta de manutenção da reabertura do inquérito administrativo.
PARECER Nº 25/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.000489/2011-18
ASSUNTO :Recurso administrativo.
EMENTA: Pedido de Reconsideração em face de julgamento proferido nos
autos de Sindicância Investigativa que concluiu pela necessidade de
instauração processo administrativo disciplinar, para apurar possível
participação da servidora na gerência e/ou administração de sociedade
privada. Infração disciplinar capitulada no art. 117, inciso X, da Lei
8.112, de 11 de dezembro de 1990.
Decisão proferida com base nas provas colhidas no curso da precedente
sindicância. Legalidade do ato que determinou o prosseguimento da
apuração em torno dos fatos denunciados.
Argumentos do recurso que devem ser apreciados no bojo do procedimento
em curso. Independência da comissão. Pelo indeferimento da pretensão
de exclusão do raio apuratório na via de reconsideração.

PARECER Nº 26/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.003305/2009-57
ASSUNTO: Representação Funcional.
EMENTA: Processo Administrativo Disciplinar. Irregularidades
administrativas atribuídas a membro da carreira de Advogado da União e
a servidor administrador cedido a esta Instituição, ocupante do cargo
de Assistente de Administração. Suposta inobservância dos deveres
funcionais previstos no art. 116, incisos I, III e VI, da Lei nº
8.112, de 11 de dezembro de 1990.
Possíveis falhas na extinção de execução extrajudicial proposta pelo
BANCO DO BRASIL S/A. Suspeitas de irregularidades na elaboração da
planilha de cálculos. Infrações não comprovadas. Ponderada avaliação
das circunstâncias fáticas existentes à época dos fatos. Negligência
não caracterizada.
Irregularidades formais que não acarretam a nulidade do processo.
No mérito, a proposta de arquivamento da comissão merece acatamento.

PARECER Nº 27/2011-CGAU/AGU
PROCESSO No 00406.002733/2009-62
ASSUNTO: Processo Administrativo Disciplinar
EMENTA: Apuração de irregularidades envolvendo violação da proibição
de valer-se do cargo para lograr proveito pessoal ou de outrem, em
detrimento da dignidade da função publica. Imputação de ato de
improbidade administrativa a membro da carreira de Procurador da
Fazenda Nacional.
Infrações capituladas no art. 117, inciso IX, e art. 132, incisos IV,
da Lei no 8.112, de 11 de dezembro de 1990, combinado com art. 9o,
capute seu inciso XI, art. 10 e art. 11, da Lei no 8.429, de 2 de
junho de 1992.
Autoria e materialidade da infração comprovadas.
Regularidade formal do processo.
No mérito, as conclusões da Comissão estão de acordo com as provas dos
autos.
Improcedência dos termos da defesa. Proposta de aplicação da pena de
demissão, com fundamento no disposto no art. 132, incisos IV e XIII,
da Lei no 8.112, de 1990.
Servidor já demitido em outro processo administrativo disciplinar pela
mesma infração. Publicação de ato punitivo consignando que os efeitos
práticos da presente punição ficarão suspensos enquanto não houver uma
eventual reintegração administrativa ou judicial do servidor nos autos
pelos quais já foi anteriormente demitido.

PARECER Nº 28/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.003996/2009-99
ASSUNTO: Processo Administrativo Disciplinar
EMENTA: Apuração de suposta irregularidade administrativa atribuída
a Procurador da Fazenda Nacional, consistente em possível utilização
indevida de veículo oficial e de serviços de funcionários
terceirizados.
Materialidade da infração não comprovada.
Regularidade formal do processo.
No mérito, as conclusões dos membros da Comissão estão a merecer
acatamento.
Existência de documentos e outros esclarecimentos que afastam as
imputações feitas em juízo de admissibilidade. Ponderada avaliação das
circunstâncias fáticas. Pertinência entre as provas carreadas nos
autos e o relatório final.
Encerramento dos trabalhos de apuração concluindo pelo não
indiciamento do servidor.
Sugestão de arquivamento dos autos, com base no disposto no art. 168,
caput, da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

PARECER Nº 29/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.000481/2008-56
ASSUNTO: Processo Administrativo Disciplinar
EMENTA: Apuração de suposta infração à legislação administrativa
atribuída a exocupante do cargo em comissão de Consultor Jurídico do
então Ministério da Previdência e Assistência Social.
Suspeita de aprovação indevida de manifestação jurídica que procedeu à
análise de minuta de contrato firmado entre a União e fundação de
direito privado, apesar de possíveis irregularidades existentes no
referido instrumento.
Regularidade formal do processo.
No mérito, as conclusões da Comissão estão de acordo com as provas dos
autos.
Infração não caracterizada. Encerramento dos trabalhos de apuração
concluindo pelo não indiciamento do acusado.
Sugestão de arquivamento dos autos, com base no art. 168, caput, da
Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

PARECER Nº 30/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.000206/2011-38
ASSUNTO: Processo Administrativo Disciplinar.
EMENTA : Apuração de possível participação na gerência ou
administração de sociedade empresária por Assistente Jurídico
integrante do Quadro Suplementar da Advocacia-Geral da União.
Regularidade formal do processo.
Materialidade da infração não comprovada.
No mérito, as conclusões da Comissão de Inquérito estão de acordo com
as provas dos autos.
Relatório Final elaborado pela Comissão Processante sugerindo a
absolvição sumária do investigado, tendo em vista a constatação de que
o servidor já foi absolvido pelo mesmo fato em outro processo
administrativo disciplinar.
Sugestão de arquivamento dos autos, com base no disposto no art. 168,
caput, da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

PARECER Nº 31/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.002127/2008-66
ASSUNTO: Processo Administrativo Disciplinar
EMENTA: Apuração de supostas irregularidades administrativas
atribuídas a membros da Advocacia-Geral da União. Imputação de falha
no assessoramento jurídico da União. Inobservância de pareceres
vinculantes da AGU em manifestações jurídicas.
Encerramento dos trabalhos de apuração concluindo pelo não
indiciamento dos servidores.
Manifestações exaradas em auxílio a julgamento de processos
disciplinares. Presença nas peças jurídicas de fundamentos mínimos
para justificar as soluções propostas à autoridade julgadora. Pontuais
equívocos de interpretação que não evidenciam falta de zelo pelos
investigados. Inobservância de orientações vinculantes não
caracterizada. Acolhimento da proposta de arquivamento dos presentes
autos.

PARECER Nº 32/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.000133/2011-84
ASSUNTO: Representação Funcional.
EMENTA: Apuração de suposta irregularidade funcional atribuída a
membro da carreira de Advogado da União. Ausência de zelo na condução
de processo judicial. Não interposição de recurso. Apresentação
intempestiva de Nota Técnica para autorização de dispensa de recurso.
Infrações capituladas no art. 116, incisos I e III, da Lei nº 8.112,
de 11 de dezembro de 1990.
Existência de documentos e outros esclarecimentos que afastam a
imputação feita em sede de juízo de admissibilidade. Ponderada
avaliação das circunstâncias fáticas.
Encerramento dos trabalhos de apuração concluindo pelo não
indiciamento do servidor.
Sugestão de arquivamento dos autos, com base no disposto no art. 168,
caput, da Lei nº 8.112, de 1990.
PARECER Nº 33/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.001634/2009-63
ASSUNTO: Processo Administrativo Disciplinar
EMENTA: Apuração de supostas irregularidades administrativas
atribuídas a membros da carreira de Advogado da União e de Procurador
Federal. Imputação de falta de zelo no desempenho de suas atribuições.
Infração capitulada no art. 116, inciso I, da Lei nº 8.112, de 11 de
dezembro de 1990.
Encerramento dos trabalhos de apuração concluindo pelo não
indiciamento dos acusados.
Regularidade formal do processo.
Impossibilidade à época dos fatos de sustentação da tese de prescrição
dos créditos pleiteados em Ação de Cobrança.
Pertinência entre as provas carreadas aos autos e as conclusões da
Comissão.
Sugestão de arquivamento dos autos, com base no disposto no art. 168,
caput, da Lei nº 8.112, de 1990.

PARECER Nº 34/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.002592/2009-88
ASSUNTO: Sindicância Administrativa
EMENTA: Apuração de supostas irregularidades administrativas
atribuídas a Procurador da Fazenda Nacional.
Regularidade formal do processo.
Análise do conjunto probatório e de outros esclarecimentos que afastam
algumas das imputações feitas em juízo de admissibilidade. Pertinência
entre as provas carreadas nos autos e o relatório final. Acolhimento
das conclusões da Comissão.
Sugestão de arquivamento do autos em relação a alguns dos fatos
atribuídos ao sindicado.
Existência de indícios de eventual cometimento de falta disciplinar,
consubstanciada em possível utilização indevida de veículo oficial.
Proposta de instauração do competente processo administrativo
disciplinar. Inteligência do disposto no art. 145, incisos I e III, da
Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

PARECER Nº 35/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.002639/2010-47
ASSUNTO: Representação Funcional.
EMENTA: Apuração de suposta irregularidade atribuída a membro da
Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. Possível descumprimento de jornada
de trabalho.
Materialidade da infração não comprovada.
Regularidade formal do processo.
No mérito as conclusões da sindicância estão de
acordo com as provas dos autos.
Sugestão de arquivamento dos autos, com base no
art. 145, inciso I, da Lei 8.112, de 11 de dezembro de 1990.
PARECER Nº 36/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.001039/2009-28
ASSUNTO: Representação Funcional.
EMENTA: Apuração de supostas irregularidades praticadas no âmbito da
Consultoria Jurídica do Ministério da Previdência Social. Indícios de falta de
fundamentação e Inobservância de questões essenciais à elaboração de
pareceres. Infração ao art. 116, Incisos I e II, da Lei 8.112 de 11 de dezembro
de 1990. Aprovação pelo ex-consultor jurídico mediante a aposição do “de
acordo”.
Conclusão da comissão pelo não Indiciamento do Ex-Consultor
Jurídico. Autoria e Materialidade de evidente infração funcional
nãocomprovadas. Sugestão de arquivamento dos autos com relação ao Ex-
Consultor Jurídico /MPAS, com base no art. 168, caput, da Lei 8.112, de 11 de
dezembro de 1990. Atribuição exclusiva da Procuradoria-Geral Federal, para
fins de julgamento dos acusados ocupantes do cargo de Procurador Federal,
tendo em vista a regra contida no art. 11, parágrafo 2º, inciso VI, da Lei, 10480,
de 2 de julho de 2002. Remessa dos autos ao Ministério da Previdência Social,
para julgamento dos acusados não ocupantes de cargo efetivo nas carreiras
jurídicas da AGU.

PARECER Nº 37/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.000210/2011-04
ASSUNTO: Representação Funcional.
EMENTA: Possível participação de Advogada da União na gerência ou
administração de sociedade.
Infração disciplinar capitulada no art. 117, inciso X, da Lei 8.112,
de 11 de dezembro de 1990.
Relatório Final da comissão de inquérito no sentido de que a acusada
não incidiu na proibição do supracitado dispositivo legal, tendo em
vista que a sociedade não foi de fato por ela gerenciada, em que pese,
nessa condição, ter figurado no contrato social. Precedentes desta
Corregedoria-Geral.
Encerramento dos trabalhos de apuração concluindo pelo não
indiciamento da servidora. Absolvição sumária.
Sugestão de arquivamento dos autos.

PARECER Nº 38/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.000103/2011-78
ASSUNTO: Sindicância Administrativa
EMENTA: Apuração de irregularidades envolvendo o não cumprimento dos
deveres de lealdade às instruções a que servir e de tratar com urbanidade as
pessoas.
Infrações capituladas no art. 116, incisos II e XI, da Lei 8.112, de
11 de dezembro de 1990.
Autoria e materialidade das infrações comprovadas.
Regularidade formal do processo.
No mérito, as conclusões da comissão estão a merecer parcial
acatamento.
Improcedência dos termos da defesa.
Proposta de aplicação da penalidade de suspensão.
PARECER Nº 39/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.000103/2011-78
ASSUNTO: Representação Funcional.
EMENTA: Apuração de suposta irregularidade administrativa atribuída a
membros da carreira de Procurador da Fazenda Nacional. Imputação de
falta de zelo no acompanhamento da defesa judicial da União. Não
interposição de recurso. Infração ao art. 116, inciso I, da Lei nº
8.112. de 11 de dezembro de 1990.
Regularidade formal do processo.
Existência de documentos e outros esclarecimentos que afastam as
imputações feitas em juízo de admissibilidade. Ponderada avaliação das
circunstâncias fáticas.
Encerramento dos trabalhos de apuração concluindo pelo não
indiciamento dos acusados.
Sugestão de arquivamento dos autos, com base no art. 145, inciso I, da
Lei nº 8.112, de 1990.

PARECER Nº 40/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.000571/2011-42
ASSUNTO: Processo Administrativo Disciplinar.
EMENTA:Apuração de suposta irregularidade administrativa atribuída a
Procurador da Fazenda Nacional, consistente no exercício abusivo do direito
de representação aos órgão públicos.
Encerramento dos trabalhos de apuração concluindo pelo
arquivamento do feito.
Regularidade forma do processo.
As circunstâncias em que se deram os fatos afastam a
responsabilidade do servidor investigado pelas condutas imputadas.
No mérito, as conclusões dos membros da comissão de inquérito
estão a merecer acatamento.
Pertinência entre as provas carreadas aos autos e as conclusões
da comissão.
Sugestão de arquivamento dos autos com base no disposto no
art. 168, caput, da Lei nº 8.112 de 1 de dezembro de 1990.

PARECER Nº 41/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.003046/2009-64
ASSUNTO: Representação Funcional.
EMENTA: Apuração de suposta irregularidade funcional atribuída a Advogado
da União. Falhas na condução de processo judicial. Infração capitulada no art.
116, Inciso I, da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.
Existência de documentos e outros esclarecimentos que afastam
os indícios lançados em juízo de admissibilidade. Ponderada avaliação das
circunstâncias fáticas.
Encerrados os trabalhos de apuração concluindo pelo não
indiciamento do servidor. Conclusão da comissão em conformidade com as
provas existentes.
Hipótese de arquivamento dos autos.
PARECER Nº 42/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.003753/2009-51
ASSUNTO: Processo Administrativo Disciplinar.
EMENTA:Apuração de advocacia privada fora das atribuições institucionais por
Advogada da União, na época dos fatos ocupante do cargo de assistente
jurídico, lotada na consultoria jurídica junto ao Ministério da Justiça.
Inobservância da proibição contida no art. 24, da Lei nº 9.651, de
27 de maio de 1990.
Regularidade forma do processo.
Autoria e materialidade do ilícito funcional comprovadas.
No mérito, as conclusões da comissão estão a merecer parcial
acatamento.
Improcedência dos argumentos apresentados pela defesa escrita
da servidora indiciada.
Proposta de aplicação de penalidade de suspensão por trinta
dias.

PARECER Nº 43/2011-CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.000202/2011-50
ASSUNTO: Processo Administrativo Disciplinar.
EMENTA:Processo administrativo disciplinar instaurado para apurar
irregularidade atribuída a membro da carreira a membro da carreira de
Advogado da União. Possível participação na gerência ou administração de
sociedade empresária. Infração capitulada no art.117, inciso X, da Lei 8.112, de
11 de dezembro de 1990.
Regularidade formal do processo.
No mérito, as conclusões da comissão estão de acordo com as
provas dos autos.
Infração não caracterizada. Encerramentos dos trabalhos de
apuração concluindo pelo não indiciamento do acusado.
Embora tenha figurado na condição de sócio gerente nos atos
constitutivos da empresa privada, o acusado jamais exerceu de fato, a gerencia
ou a administração da sociedade. Precedentes desta Corregedoria-Geral.
Sugestão de arquivamento dos autos, com base no art. 168,
caput, da Lei 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

PARECER Nº 44/2011- CGAU/AGU


PROCESSO Nº 00406.003753/2011-49
ASSUNTO: Processo Administrativo Disciplinar.
EMENTA: Processo administrativo disciplinar instaurado para apurar
irregularidade atribuída a membro da carreira a membro da carreira de
Advogado da União. Possível participação na gerência ou administração de
sociedade empresária. Infração capitulada no art.117, inciso X, da Lei 8.112, de
11 de dezembro de 1990.
Regularidade formal do processo.
No mérito, as conclusões da comissão estão de acordo com as
provas dos autos.
Infração não caracterizada. Encerramentos dos trabalhos de
apuração concluindo pelo não indiciamento do acusado.
Embora tenha figurado na condição de sócio gerente nos atos
constitutivos da empresa privada, o acusado jamais exerceu de fato, a gerencia
ou a administração da sociedade, concomitantemente com o desempenho do
seu cargo público federal.
Sugestão de arquivamento dos autos, com base no art. 168,
caput, da Lei 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

PARECER Nº 46/2011- CGAU/AGU


PROCESSO Nº 00406.002317/2010-06
ASSUNTO: Processo Administrativo Disciplinar.
EMENTA:Apuração de supostas irregularidades funcionais atribuídas a
membro da carreira de Advogado da União, consistentes na não apresentação
dos recursos judiciais cabíveis em processo sob sua responsabilidade e não
cumprimento das ordens de seus superiores hierárquicos.
Infrações capituladas, em tese, no art. 116, incisos III e IV, da Lei
8.112 de 11 de dezembro de 1990.
Materialidade das infrações não comprovada.
Regularidade formal do processo.
No mérito, as conclusões dos membros da comissão estão a
merecer acatamento.
Pertinência entre as provas carreadas nos autos e o relatório final.
Encerramentos dos trabalhos de apuração concluindo pelo não
indiciamento do investigado.
Sugestão de arquivamento dos autos, com fundamento no art.
168, caput, da lei 8.112, de 11 de dezembro de1990.

PARECER Nº 47/2011- CGAU/AGU


PROCESSO Nº 00406.001784/2008-96
ASSUNTO: Processo Administrativo Disciplinar.
EMENTA: Apuração de irregularidade envolvendo Ex-Procurador da Fazenda
Nacional consistente na apropriação indevida de haveres públicos.
Infração capitulada no art. 117, inciso IX, e art. 132, inciso IV, da
Lei 8.112, de 11 de dezembro de 1990, combinado com o art. 9º, caput, e seu
inciso XI, art. 10 e art. 11, da Lei 8.429, de 02 de junho de 1992.
Autoria e materialidade da infração comprovadas.
Regularidade formal do processo.
No mérito, as conclusões da comissão estão parcialmente de
acordo com as provas dos autos.
Improcedência nos termos da defesa. Proposta de aplicação da
pena de demissão, com fundamento no disposto no art. 132, incisos IV e XIII,
da Lei 8.112 de 11 de dezembro de 1990.
Servidor já demitido em outros processos administrativos
disciplinares pela mesma infração. Publicação do ato punitivo consignando que
os efeitos práticos da presente punição ficarão suspensos enquanto não
houver uma eventual reintegração administrativa ou judicial do servidor nos
autos pelos os quais já foi anteriormente demitido.
PARECER Nº 49/2011- CGAU/AGU
PROCESSO Nº 00406.001251/2011-18
ASSUNTO: Pedido de Reconsideração.
EMENTA:Processo administrativo disciplinar que apurou suposta irregularidade
administrativa atribuída a Procurador da Fazenda Nacional, consistente
exercício abusivo do direito de representação aos órgãos públicos.
Encerramento dos trabalhos da comissão. Não indiciamento do
servidor.
Nulidade do relatório final. Hipótese de não acolhimento pela
autoridade julgadora da proposta de arquivamento do feito e absolvição
sumária do acusado. Designação de nova comissão de inquérito. Reabertura
da instrução processual e ultimação da apuração apreciação do mérito
prejudicada.
Pedido de reconsideração. Improcedência das razões
apresentadas pelo requerente.
Novo pedido de reconsideração em face de indeferimento do
anterior pleito de reconsideração.
Alegação de ineficiência e inércia da Corregedoria-Geral e
cerceamento da defesa.
Improcedência das razões recursais.
Proposta de manutenção da decisão exarada nos autos do
processo Administrativo Disciplinar nº 00406.002843/2009-24.

PARECER Nº 50/2011- CGAU/AGU


PROCESSO Nº 00406.000023/2011-12
ASSUNTO: Representação Funcional.
EMENTA: Apuração de notícia veiculada em matéria jornalística imputando o
arquivamento indevido de processo administrativo por parte de membro da
carreira de advogado da união.
Existência de documentos e outros esclarecimentos prestados à
comissão sindicante que afastam os termos da denúncia.
Sugestão de arquivamento dos autos, com base no art. 145,
inciso I, da Lei 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

PARECER Nº 51/2011- CGAU/AGU


PROCESSO Nº 00406.000208/2011-27
ASSUNTO: Processo Administrativo Disciplinar.
EMENTA: Processo administrativo disciplinar instaurado para apurar a
irregularidade atribuída a membro da carreira de advogado da união. Possível
participação na gerência ou administração de sociedade empresária. Infração
capitulada no art. 117, inciso X, da Lei 8.112, de 11 de dezembro de 1990.
Regularidade formal do processo.
No mérito, as conclusões da comissão estão de acordo com as
provas dos autos.
Infração não caracterizada. Encerramento dos trabalhos de
apuração concluindo pelo não indiciamento do acusado.
Embora tenha figurado na condição de sócio gerente nos atos
constitutivos de empresa privada, o acusado jamais exerceu, de fato, a
gerência ou administração da sociedade. Precedentes desta corregedoria-
geral.
Sugestão de arquivamento dos autos, com base no art. 168,
caput, da nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

PARECER Nº 52/2011- CGAU/AGU


PROCESSO Nº 00406.000209/2011-71
ASSUNTO: Processo Administrativo Disciplinar.
EMENTA: Processo administrativo disciplinar instaurado para apurar a
irregularidade atribuída a membro da carreira de advogado da união. Possível
participação na gerência ou administração de sociedade empresária. Infração
capitulada no art. 117, inciso X, da Lei 8.112, de 11 de dezembro de 1990.
Regularidade formal do processo.
No mérito, as conclusões da comissão estão de acordo com as
provas dos autos.
Infração não caracterizada. Encerramento dos trabalhos de
apuração concluindo pelo não indiciamento do acusado.
Embora tenha figurado na condição de sócio gerente nos atos
constitutivos de empresa privada, o acusado jamais exerceu, de fato, a
gerência ou administração da sociedade. Precedentes desta corregedoria-
geral.
Sugestão de arquivamento dos autos, com base no art. 168,
caput, da nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.

PARECER Nº 58/2011- CGAU/AGU


PROCESSO Nº 00406.000686/2007-51
ASSUNTO: Processo Administrativo Disciplinar.
EMENTA: Apuração de ilícitos funcionais envolvendo membro da carreira de
Procurador da Fazenda Nacional. Intervenções irregulares no sistema da divida
ativa da união, com o fim de cometer fraudes em favor de contribuintes
devedores e em detrimento do erário. Autuação em processos de execução
fiscal com o intuito de promover a extinção indevida de débitos inscritos.
Falsificação de assinaturas supostamente apostas em petições em processos
de execução fiscal. Utilização clandestina de senhas de terceiros para
promover alterações fraudulentas no SIDA. Atos de improbidade administrativa
e valimento indevido do cargo. Art. 132, incisos IV e XIII, combinado com art
117, inciso IX, da Lei 8.112 de 11 de dezembro de 1990.
Autoria e materialidade das infrações comprovadas.
Regularidade formal do processo.
No mérito, as conclusões dos membros da comissão estão a
merecer integral acatamento.
Improcedência dos termos da defesa.
Proposta de aplicação de pena de demissão.