Você está na página 1de 2

5 D i s c i p l i n a s E s p i r i t u a i s Pa ra E n r i q u e c e r S u a Vi d a

Para assistir a ministração em vídeo (clique aqui)

Como crentes em Cristo, não somos chamados para trabalhar para Deus, mas para descansar n’Ele. Não
somos chamados para fazer qualquer coisa por Ele, mas para crer n’Ele. Isso não significa que seremos
passivos, mas trabalharemos na força e no poder do Senhor. Vamos compartilhar cinco disciplinas espirituais.
Sabemos que
pensamos em disciplinas espirituais como algo que gira em torno de nosso esforço tentando fazer coisas para
nos aproximar mais de Deus e dessa forma agradar-lhe. Mas a verdade do evangelho é que já estamos em
união com Deus, tão perto quanto podemos estar, pois Ele está dentro de nós. No entanto, isso não significa
que experimentamos essa realidade o tempo todo. Daí a necessidade das disciplinas.
O problema com as disciplinas espirituais é que as pessoas facilmente as transformam em leis. Um exemplo é
a disciplina da oração. A oração é um grande privilégio espiritual, uma oportunidade dada pela graça de Deus
de mergulharmos na sua presença santa, é poder comer do maná escondido e desfrutar do rio que flui do
trono de Deus. Mas quando a disciplina da oração se torna uma lei, enchemo-nos de cobranças e pensamos
que Deus não está mais conosco se não conseguimos orar disciplinadamente. Quando uns deixam de orar,
sentem fome, mas muitos sentem culpa. Infelizmente, as disciplinas espirituais na vida de alguns, produzem
mais culpa do que bênção.
As disciplinas espirituais, também, não nos fazem mais santos, pois somos santificados pelo Espírito Santo e
renovar a nossa mente deve ser a motivação por de trás de cada disciplina em nossa vida. A seguir estão
cinco disciplinas que ajudarão a ter o foco na fé e na Palavra de Deus em vez de olhar para si mesmo,
podendo mudar, completamente, seu
relacionamento com Deus.

1 – EXAGERE NA BONDADE DE DEUS


Precisamos ser honestos sobre isso. Simplesmente não acreditamos que Deus é tão bom quanto Ele diz que
é. Se essa verdade fosse totalmente clara para nós, não viveríamos tão ansiosos. Não coloque limites na
bondade de Deus. Quando você faz isso, é porque alguma crença errada está tomando espaço em sua mente.
“Essa bênção é grande demais para mim!” “Para receber essa bênção, eu deveria ser um gigante espiritual
como o fulano!” Percebe? Qualquer limite que você coloca na bondade de Deus é uma mentira maligna. A
ideia não é estimulá-lo a fazer pedidos maiores, mas ajudá-lo a não colocar limites na bondade de Deus. Essa
disciplina lhe dará uma imagem muito mais precisa de como Ele é bom e sua fé vai Crescer de acordo com a
verdade.

2 – ESTEJA CIENTE DO AMOR DE DEUS POR VOCÊ


Acorde todos os dias de manhã e declare: “Eu sou amado! Deus tem coisas tremendas para mim! Eu fui
escolhido!” (Jo 17:23) É maravilhoso saber que Deus Pai nos ama do mesmo modo que ama a Cristo. Seu
amor por nós não depende do nosso comportamento. Ele entregou o Seu Filho para nos ter e nada é mais
precioso para Deus do que seu filho Jesus. Em Fp 2:3, o Senhor nos diz para considerarmos os outros
superiores a nós mesmos e é assim que Ele o fez, porque nos considerou superiores a si mesmo ao morrer na
cruz. E em Rm 12:10 diz que devemos amar uns aos outros com amor fraternal, preferindo-nos em honra uns
aos outros. Exercite todos os dias a disciplina de pensar no quanto você é amado.

3 – ESTEJA CIENTE DO FRUTO, MAS TRATE A RAIZ


É sempre bom dizer que não há nada bom que possamos fazer para Deus nos amar mais. Mas, também, não
há nada errado que venhamos fazer que O nos faça amar menos. Entretanto depende de Deus estar satisfeito
conosco ou não. Muitas pessoas presumem que, uma vez que Deus as ama, Ele está satisfeito com elas: “É
por isso que, também, nos esforçamos, quer presentes, quer ausentes para lhe sermos agradáveis (2Co 5:9).

Lembre-se, mesmo que Ele nos ame, pode não estar satisfeito conosco. É saudável ter uma postura de avaliar
sempre os frutos de nossa vida. É importante olhar para nossa vida e ver se estamos dando bons ou maus
frutos. A graça de Deus permanece a mesma e nada pode impedir Deus de nos amar, mas isso não significa
que Ele esteja contente com os frutos ruins em nossa vida. A Bíblia diz que o fruto vem de uma das duas
fontes: ou do Espírito de Deus ou da carne. Avalie constantemente os frutos, pois isso lhe permite lidar com a
raiz (suas crenças). Ou cremos em Deus e
descansamos, ou acreditamos em nós mesmos e nos esforçamos.

4 – PEÇA A DEUS QUE LHE MOSTRE COMO ELE VÊ AS PESSOAS AO SEU REDOR (2Co 5:16)
É maravilhosa essa revelação de Paulo. Ele se recusa a olhar as pessoas com uma ótica natural. Quando
vemos as pessoas como Deus as vê, coisas tremendas começam a acontecer. Você não foi chamado para
julgar aqueles que o rodeiam. Deus o chamou para dizer às pessoas que elas foram criadas parecidas com
Deus, à sua imagem e semelhança. Você nunca vai encontrar alguém que não foi feito à imagem e
semelhança de Deus. E precisamos, também, ver a nós mesmos como Deus nos vê (Tg 1:23-24).

A realidade mais impressionante é que nós já somos como Jesus neste mundo (1Jo 4:17). Olhando de forma
natural e carnal, não podemos ver essa realidade, mas para perceber essa verdade, precisamos de revelação
no espírito. O alvo do maligno é impedir-nos de ver a realidade.

Recuse-se a ver os irmãos de maneira natural (2Co 5:17). Aquele que só vê defeito nos outros se torna doente
espiritualmente.

5 – ESPERE QUE DEUS TRANSFORME TUDO EM SUA VIDA PARA O SEU BEM (Rm 8:28)
É um fato da vida que nem tudo estará indo perfeitamente bem o tempo todo. Coisas acontecem conosco, e
muitas delas estão completamente fora de nosso controle. Todos nós lidamos com problemas de saúde, nas
finanças, nos relacionamentos etc. No entanto, o ponto central não é que temos problemas, mas não temos fé
para solucionar esses problemas. A Palavra de Deus, entretanto, nos promete claramente que Deus vai
transformar para o nosso bem todas as coisas que acontecem conosco. No meio da luta é muito fácil ver os
problemas maiores que o nosso Deus.
E quando a Bíblia diz que todas as coisas cooperam para aqueles que amam a Deus, são todas as coisas
mesmo! Deus pode transformar tudo ao seu redor de forma a cooperar para o seu bem. Deus pode virar o jogo
a seu favor.

http://bit.ly/canal-site