Você está na página 1de 16

Circuitos de Comando Para

MOSFET`s e IGBT`s
• Objetivos:
– Propiciar operação adequada na condução,
condução
bloqueio e comutação;
– Proteger o transistor contra sobrecorrentes
e curto-circuitos;
– Garantir que o transistor não entre em
condução espontaneamente;
– Minimizar as perdas de comutação;
– Reduzir o atraso entre o comando e a
entrada em condução do transistor.
Circuito de Comando Básico Não Isolado

V CC

2N2222
RG
IGBT

R1
2N2907
D1

V COM
C cu to de Co
Circuito Comando
a do Não
ão Isolado
so ado
com Tensão Negativa no Gate e Proteção contra
Sob o
Sobrecorrente

VCC D1 Z3 D4
R2 R3

Q1
R1 R4
IGBT
Q2
Q2
VCOM R5
D2 C1

V CC D3

R6

+
Z2 C2
Circuito de Comando Isolado com
Transformador de Pulso
• Isolação galvânica;
• Trabalha em alta freqüência;
• Razão cíclica limitada;;
• Baixo custo;
• Utili apenas uma fonte
Utiliza f t de
d
alimentação.
Circuito de Comando Isolado com
Transformador de Pulso

Z1 RG
V CC IGBT

0 R2
NP NS Z2 D1

R1
Q1

VCOM
Circuito de Comando Isolado com Transformador de Pulso,,
Tensão Negativa no Gate e Proteção contra Sobrecorrente

D1 Z4 D4
R2 R3

Z1 D2 R4
IGBT
Q2
R5 C1
VCC
D3
Q3
NP NS Z2

R4 Z3
C2
R1
2N2222

VCOM
Circuito de Comando Isolado com
Optoacoplador
• Necessita de alimentação isolada;
• Permite sobre-modulação
sobre modulação e razão cíclica
elevada;
• Apresenta pouca imunidade a
interferência por ruídos;
• Freqüência de operação limitada
(100kH )
(100kHz).
Circuito de Comando Isolado com
Optoacoplador

Vcc2
R1 R2 Dd1 Z1 D2
Entrada
HCPL-2211
Q1
1 8 R3
2
3
7
6
S
4 5 Vdi Q3
Rd Cd Q2
R5
D3 C1
Vcc2 D4

R6

+
Z2 C2
Circuito de Comando Bootstrap

• NÃO REALIZA ISOLAÇÃO;


• Possui razão cíclica limitada;
• O diodo bootstrap é ultra-rápido e de
alta
lt tensão;
t ã
• Custo reduzido;
• Aplicado a conversores com
configuração em braço (Meia (Meia-Ponte,
Ponte,
Ponte-Completa...).
Circuito de Comando Bootstrap

V CC D Bootstrap

R E/2
IGBT

R1
2N2222 Carga
C Bootstrap

E/2
RG
IGBT

V COM
Circuitos de Controle em Malha Fechada

Entrada

Fonte(s) Auxiliar(es)

Saída
Ref Modulador PWM
+_ Controlador Conversor
Driver

Sensor
Sensores de Tensão
• Para tensão CC:
– Divisor resistivo de tensão (não isolado,
isolado baixo
custo);
– Fotoacoplador (isolado,
(isolado Pequena faixa de
operação);
– Efeito Hall (isolado,
(isolado caro).
caro)
• Para tensão CA:
– Divisor
Di i resistivo
i ti de d tensão
t ã (não
( ã isolado,
i l d baixo
b i
custo);
– Efeito
Ef it Hall
H ll (isolado,
(i l d caro, faixa
f i d freqüência
de f üê i
limitada);
– Transformador
T f d (isolado,
(i l d não
ã informa
i f nível
í l CC).
CC)
Sensores de Corrente
• Para corrente contínua:
– Resistor shunt (não isolado, baixo custo,
sujeito
j a ruído,, g
gera q
queda de tensão);
);
– Efeito Hall (isolado, custo elevado).
• Para corrente alternada:
– Resistor shunt (não isolado, baixo custo,
sujeito a ruído,
í gera queda de tensão);
ã
– Efeito Hall ((isolado, custo elevado);
)
– Transformador de corrente (isolado, não
informa nível CC).
Medição de Valor Eficaz

• Conversor de valor eficaz (true RMS) para


tensão contínua (AD736):
– Converte um sinal para uma tensão contínua
proporcional ao valor eficaz;
– Baixo custo;
– Baixa potência consumida (1mW);
– Alimentação -3,2V, 2,8V; até ±16,5V;
– Alta
Alt impedância
i dâ i de t d (1012Ω);
d entrada )
– Freqüência de operação até 10kHz.
Sensores de Velocidade

• Tacogerador (pode ter saída em CC ou


CA);

• Encoder (princípio óptico);


– Absoluto;
– Relativo;

• Resolver (princípio magnético);


Sensores de Temperatura
• Termopar:
– Sujeito a ruído;
– Necessita de compensação de junta fria.
• Termoresistência:
• Termistores (PTC ou NTC):
– Baixo custo;
– Baixa
B i potência.
tê i
• Diodo:
– Baixo custo;
– Baixa Precisão.