Você está na página 1de 3

COMPARAÇÃO POLIAS IDEAIS X REAIS

1) POLIA IDEAL

S1 = F

S2 = S1 = F = 2º F

TA = S2 + S1 = 2 F = 2¹ F = S3

TB = TA + S3 = 2. 2¹ F = 2² F = S4

TC = TB + S4 = 2. 2² F = 2³ F = S5

………………………………………………………………….

Após extrapolação pode-se inferir que:

TN = 2N-2 F = SN

TN + SN - P = m a = 2. 2N-2 F - P = 2N-1 F – m g
N−1
2 F
a= −g onde n>1
m

2) POLIA REAL

F 1 3 3 1
S 1= ε T C =T B +S 4 =F( ε + 2 + 3 + 4 )
ε ε ε
S F
S 2= ε1 = 2 ………………………………………….
ε
Assim, após análise podemos chegar a
1 1 conclusão que:
T A =S1 + S2=F ( ε + 2 )
ε
n−2
1 1 1
T 1 1 T N + S N =F( ε + 2 )( ε +1) onde n>1
S 3= εA =F( 2 + 3 ) ε
ε ε

1 2 1 1 1 1
n−2
T B=T A + S3 =F( ε + 2 + 3 ) F( ε + 2 )( ε +1) −P=ma
ε ε ε
T 1 2 1 n−2
S 4 = εB =F ( 2 + 3 + 4 ) F 1 1 1
ε ε ε a= ( ε + 2 )( ε +1) −g
m ε

=(1,5*((1/1,05)+(1/1,05^2))*(((1/1,05)+1)^(B3-1)))-10
3) Simulação Numérica

Observem que a aceleração aumenta a medida que aumenta o número de polias e que até 3 polias a
carga desce, somente com 4 polias a carga começa a subir
Podemos detalhar também a região de 3 a 5 polias para avaliar o comportamento:

Outra forma de visualizar é construir um gráfico monolog utilizando Logaritmo natural de a,


partindo de 4 polias (exercício resolvido em sala).

Você também pode gostar