Você está na página 1de 1

São Paulo  Influência da área Araguaia-Tocantins e as principais infraestrutura

 Ocupação da região de campinas: agricultura e indústria de transportes presente;


 Domínios morfoclimáticos: reconhecimento em mapa; associação  Analise da matriz de transporte relacionando-a com o processo
entre suas características e o processo de ocupação de São Paulo histórico e políticos; motivo da diversificação dos
 Interpretação de mapa: Relação entre processo de ocupação e  transporte considerando aspectos ambientais
renda do estado de são Paulo  Reconhecimento de Mapa (Amazônia Legal e bioma Amazônico),
 Motivos para o processo de desconcentração industrial e um problemas ambientais desta região e tecnologia de monitoramento
fenômeno decorrente dele  Geopolítica da Amazônia: diferenças entre os eixos de
 Mudança das características demográficas no período de 1920 a desenvolvimento de 1970 e o Projeto Calha Norte; razões para o
2000 e as mudanças socias ocorridas com a urbanização programa Grande Carajás
 Análise das causas para a desconcentração industrial; motivo de o
setor terciário ser o maior empregador do pais Cartografia:
 Tipo de indústria predominante no Nordeste, considerando a  Conceito de escala e relação entre representação cartografia e sua
capacidade geradora de emprego e características da indústria de São utilização ideológica
Paulo e sua capacidade geradora de emprego  Conceito de Anamorfose
 Relação café-ferrovia e de seu impacto na estruturação urbana do  projeção cartográfica: Mercator e áreas de maiores distorções;
Estado de São Paulo contexto histórico e econômico na qual foi desenvolvida; uso e
 Perfil topográfico da cidade de são Paulo: reconhecimento da consequências das projeções cartográficas (rotas marítimas)
unidade de relevo ou estrutura geológica;  Previsões meteorológicas: alto nível de precisão (como); relação
 Relevo paulista com as variáveis climáticas correlação entre entre elas e nação e corporações
precipitações e as ocorrências de escorregamentos de massa  Projeções cartográficas: diferenças entre as projeções cilíndrica,
cônica e plana; caracterização da projeção de Mercator e Peters.
Brasil:  Diferenças de estação entre os hemisférios em diferentes latitudes
 Região norte: exploração de ferro na economia e consequência (Portugal e Nordeste) diferença entre solstício e equinócio
para o ambiente  Finalidade do GPS e funcionamento do GPS, o que são latitude e
 Ocupação do sul: tipo de ocupação da Terra longitude
 Ocupação da Amazônia e o avanço do desmatamento e a relação  Escalas cartográficas adequadas para representação de
dele e o Estado determinados locais
 Reconhecimento da área do polígono das secas, caracterização do  Como são delimitados esses fusos e qual a sua extensão padrão em
clima e da hidrografia. Argumentos favoráveis para a transposição do graus de longitude.
rio são Francisco