Você está na página 1de 3

MATRIZ PARA PROPOSTA DE ATIVIDADE EDUCATIVA

IDENTIFICAÇÃO a)Título: CUIDAR: UM ATO DE CARINHO

b) Executores: Enfermeiro, Dentista, Médico, Psicólogo, Nutricionista,


Fonoaudiólogo.

c) Período: De 2 de setembro a 4 de Novembro de 2014

d) Carga horária: 60h (terça das 14 às 18h)

e) Locais: Centro de Cultura e Ideias (CCI) AV Carlos Sampaio Correia s/n e


atividade prática no domicilio

f) Público-alvo: familiares e cuidadores de pessoas com limitações físicas que


necessitem de cuidados especiais
DESCRIÇÃO a)Apresentação
Trata-se de um curso sobre as melhores práticas para que o cuidador possa
proporcionar melhor qualidade de vida às pessoas que possuem alguma
incapacidade.

b) Justificativa
Atualmente, observamos um aumento do numero de AVC em usuários do nosso
território de abrangência, com isso os familiares monstram-se “perdidos” sem
saber como lidar, por se tratar de uma situação a qual não possuem experiência.

c) Objetivos

O objetivo geral: Contribuir para a melhora da qualidade de vida às pessoas


que possuem algum limitador em relação ao seu autocuidado.

Os objetivos específicos: Orientar acerca das questões gerais relacionadas ao


envelhecimento e específicas sobre cuidados, de acordo com os tipos e graus de
dependência, para cuidar melhor e promover o autocuidado.

d) Metodologia
Realizar o levantamento de pessoas acamadas e/ou com incapacidades físicas
na área de abrangência da Unidade; Apresentar o projeto aos profissionais da
Unidade. Levar às residências um convite para a atividade; Reunir os
cuidadores e apresentar a proposta; Iniciar as reuniões semanalmente. Nas
últimas duas semanas, atividade será realizada no domicilio.

e) Programação/grade de atividades
SETEMBRO:
• 1º Encontro:
✓ Dinâmica de apresentação dos profissionais, participantes.
✓ Exposição das expectativas e motivações.
• 2º Encontro:
✓ Orientação acerca de exercícios para preservar a saúde e
alivar a tarefa do cuidador.
✓ Avaliar o estilo de vida com o pentáculo do bem estar.
Informar sobre os serviços disponíveis e direitos do
cuidador e da pessoa cuidada.
✓ Temática: Higiene
▪ Banho no chuveiro
▪ Banho na cama
▪ Assaduras
• 3º Encontro:
✓ Temática: Saúde Bucal
▪ Cuidados com a boca

1
▪ Uso de Próteses
▪ Doenças da boca
▪ Sangramento das gengivas
▪ Feridas na boca
✓ Temática: Alimentação
▪ Dez passos para alimentação saudável
▪ Orientação alimentar para aliar sintomas (náuseas
e vômitos, dificuldade para engolir, intestino
preso, gases).
▪ Alimentação por sonda
• 4º Encontro:
✓ Temática: Acomodando a pessoa na cama
▪ Deitada de costas
▪ Deitada de lado
▪ Deitada de bruços
✓ Temática: Mudanças de posição do corpo
▪ Mudanças da cama para cadeira
▪ Ajudando a caminhar
✓ Temática: Exercícios
▪ Físicos
▪ Respiratórios
• 5º Encontro:
✓ Temática: Adaptações Ambientais
✓ Temática: Estimulando o corpo e os sentidos
✓ Temática: Vestuário
✓ Temática: Como ajudar na comunicação
▪ Alterações que podem ser encontradas na
comunicação
OUTUBRO:
• 6º Encontro:
✓ Temática: Como enfrentar as dificuldades na memória?
✓ Temática: Proteção à pessoa cuidada
✓ Temática: Úlcera por pressão/Feridas
▪ Como prevenir
▪ Tratamento
• 7º Encontro:
✓ Temática: Sonda para urinar
▪ Vesical de demora
▪ Tipo camisinha (Uripen)
✓ Temática: Auxiliando o intestino a funcionar
✓ Temática: Ostomia
▪ Cuidados com gastrostomia
▪ Cuidados com ileostomia, colostomia e urostomia
✓ Temática: Problemas com o sono
✓ Temática: Cuidados com medicação
• 8º Encontro:
✓ Temática: Emergência no domicilio
▪ Engasgo
▪ Queda
▪ Convulsão
▪ Vômitos
▪ Diarréia
▪ Desidratação
▪ Hipoglicemia
▪ Desmaio
▪ Sangramentos
▪ Confusão mental
• 9º Encontro:
✓ Temática: Maus tratos
▪ O que o cuidador pode fazer diante situação de
maus tratos

2
▪ Denúncia em caso de maus tratos
✓ Temática: Reconhecendo o fim
✓ Temática: Como proceder em caso de óbito
✓ Avaliação
✓ Dinâmica final
✓ Entrega dos certificados
NOVEMBRO:
• 10º Encontro:
✓ Orientação no domicilio da pessoa cuidada

f) Freqüência: Utilizar lista de freqüência para a atividade e fornecer


certificado quem obtiver mais de 70% de assiduidade.

g) Avaliação

De processo: Solicitar aos participantes o preenchimento de um questionário


sobre a avaliação das atividades.

De resultado: Observar a maior segurança dos cuidadores em lidar com o


paciente acamado ou com limitação física. Analisar o autocuidado dos usuários
após as atividades com os cuidadores.

RECURSOS a) Recursos humanos:


➢ Profissional: Bruna
Categoria: Enfermeira
Vínculo: ESF
➢ Profissional: Daniele
Categoria: Enfermeira
Vínculo: ESF
➢ Profissional: Magda
Categoria: Médica
Vínculo: ESF
➢ Profissional: Daniel
Categoria: Dentista
Vínculo: ESB
➢ Profissional: Fernanda
Categoria: Fisioterapeuta
Vínculo: NASF
➢ Profissional: Pérola
Categoria: Psicóloga
Vínculo: NASF
➢ Profissional: Isabella
Categoria: Fonoaudióloga
Vínculo: NASF
➢ Profissional: Volerita
Categoria: Nutricionista
Vínculo: NASF

b) Recursos materiais:
❖ Cartolina
❖ Canetinha e lápis de cor
❖ Papel A4
❖ Datashow com CPU, teclado e mouse
❖ Caixa de som;