Você está na página 1de 3

BIOQUÍMICA E FARMACOLOGIA

Portfólio 1

Trabalho apresentado ao Centro


Universitário Claretiano para a
disciplina: Bioquímica e Farmacologia,
ministrado pelo professor Marcio Henrique
Gomes De Mello.

ANDERSON JOSÉ DOS SANTOS

FEIRA DE SANTANA-BA

2018
Faça uma pesquisa sobre a importância do pH para o bom funcionamento do corpo
humano. Explique quais pHs encontramos em nosso organismo e como esses diferentes
pHs são mantidos, para que o corpo fique equilibrado.

O pH é a sigla de potencial hidrogenionico que mostra a concentração de íons H+. Isso


indica o tipo da acidez com valores de pH maior que 7, pH igual a 7 e pH maior que 7
onde o 7 é neutro e equilibrado em comparação a água que é a base da medição. Cada
parte do corpo ou região tem um pH diferente; a pele 4,5 ;os cabelos 4,2 o ácido
gástrico (estomago) 0,9 a 2,0 e o sangue 7,35 a 7,45.

O sangue de um humano para ser considerado saudável deverá ter um pH de 7,35 a 7,45
e contém cerca de 90 a 95% de água. O corpo humano tenta sempre manter o pH
sanguíneo dentro destes valores, para isso extrairá minerais do organismo para manter o
pH. Quando o sangue fica abaixo do valor fica o organismo vulnerável a vírus e
bactérias que se alojam noutras parte do corpo acareando doenças crônicas como o
câncer.

O organismo utiliza três mecanismos para controlar o equilíbrio ácido-base do sangue.


O excesso de ácido é excretado pelos rins, na forma de amônia. Os rins possuem a
capacidade de alterar a quantidade de ácido ou de base que é excretada, demorando
vários dias. Depois, o corpo utiliza soluções tampão1 do sangue para defender das
alterações súbitas da acidez.

O tampão utiliza o bicarbonato (um composto básico) e se encontra em equilíbrio com o


dióxido de carbono (um composto ácido). Quando mais ácido ingressa na corrente
sanguínea, mais bicarbonato e menos dióxido de carbono são produzidos.

Quando mais base entra na corrente sanguínea, mais dióxido de carbono e menos
bicarbonato são produzidos. Para que o pH seja minimizado. No terceiro controle do pH
no sangue envolve a excreção do dióxido de carbono. O dióxido de carbono é um
produto importante no metabolismo do oxigênio e, produzido pelas células. O sangue
conduz o dióxido de carbono até os pulmões, onde é expirado.
REFERENCIAL TEÓRICO:
JARDIM, M; SILVA, M. I. Bioquímica e Farmacologia. Batatais: Claretiano, 2016.
Caderno de Referência de Conteúdo – CRC

Você também pode gostar