Você está na página 1de 2

INSTITUTO LORENA SOARES

TERMO DE CONSENTIMENTO ESCLARECIDO PARA CRIOLIPÓLISE

A criolipólise tem o seu significado explicado pelo desmembramento da própria palavra: ‘lise’ =
quebra’, ‘lipo’ = gordura, ‘crio’ = frio, ou seja, é a quebra da gordura através do resfriamento
prolongado e controlado.
Em contato com a baixa temperatura, as células de gordura (adipócitos) se rompem totalmente.
Em consequência, o corpo entende que elas não fazem mais parte do organismo e as expele
naturalmente. O resfriamento controlado age danificando seletivamente as células adiposas, que
são mais sensíveis ao frio, sem causar qualquer dano a nervos, músculos e outras estruturas
próxima.
A eliminação das estruturas dos adipócitos é feita pelo sistema imune e a gordura no interior das
células é conduzida ao fígado pelo sistema linfático para sua metabolização. Uma vez que o
sistema linfático leva apenas uma pequena quantidade diária de gordura para ser metabolizada,
não há perigo de sobrecarga do fígado nesse processo.
O paciente é conduzido à maca, permanecendo deitado. Uma manta umedecida é colocada
na superfície da pele para protegê-la, em seguida o aparelho irá promover uma sucção a
vácuo da pele entre dois painéis resfriando a região de - 5 a -10 graus por cerca de 1 (uma)
hora. As sessões deverão ocorrer respeitando o intervalo mínimo de 90 dias.
A quantidade de sessões irá depender de fatores como a espessura e volume do tecido adiposo
e quantidade de áreas de gordura localizada como o abdômen superior, inferior, costas e flancos
(pneus). A criolipólise poderá ser feita apenas em algumas partes do corpo (citadas
anteriormente) devido à perfeita adaptação das ponteiras. Os resultados poderão ser percebidos
após 2 (dois) meses do procedimento, atingindo uma resposta de até 86% do esperado.

Eu, _______________________________________________________________________ ,
portador(a) do RG/CPF nº ___________________________________
_____________________________ a realizar o procedimento supra mencionado. Estou
plenamente seguro(a) que esclareci todas as minhas dúvidas relativas ao procedimento, após
ter lido e compreendido todas as informações deste documento, antes da assinatura. Reservo-
me o direito de revogar minha assinatura abaixo apenas antes que o procedimento se realize.

Goiânia, _____ de _________________ de 20____. ________________________________


Paciente

CONFIRMO que expliquei detalhadamente para o paciente e/ou responsável, o propósito, os


benefícios, os riscos e as alternativas para o procedimento acima descrito, bem como que existiu
tempo hábil para o paciente esclarecer suas dúvidas ou procurar outra opinião biomédica ou
médica.

Goiânia, _____ de _________________ de 20____. ________________________________


Biomédica Esteta

institutodralorenasoares@gmail.com institutolorenasoares instituto.lorenasoares


INSTITUTO LORENA SOARES

ORIENTAÇÕES E CUIDADOS PÓS-CRIOLIPÓLISE

 Evitar a exposição solar antes, durante e logo após o tratamento sob o risco de
complicações, como manchas.
 Podem haver: riscos de complicações como hiperpigmentação pós-inflamatórios residuais
e reativação de infecção herpética; púrpura (coloração arroxeada); hiperpigmentação
(escurecimento da pele); hipopigmentação (áreas mais claras); queimaduras; bolhas;
mudanças texturas; edema (inchaço); eritema persistente (vermelhão) e dormência (em
casos mais raros).
 Vermelhidão, edema, desconforto, ardência e descoloração ocorrerão imediatamente após
o tratamento com criolipólise. Qualquer descoloração pode durar 7 a 14 dias e o edema
pode se resolver em alguns dias.
 Esse tratamento não é indicado para portadores de doenças como lúpus, urticária ao
relacionadas ao frio.
 Pode haver leve desconforto no momento da sucção proporcionada pelo aparelho.

___________________________________ ___________________________________
Paciente Biomédica Esteta

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- --

ORIENTAÇÕES E CUIDADOS PÓS CRIOLIPÓLISE

 Evitar a exposição solar antes, durante e logo após o tratamento sob o risco de
complicações, como manchas.
 Podem haver: riscos de complicações como hiperpigmentação pós-inflamatórios residuais
e reativação de infecção herpética; púrpura (coloração arroxeada); hiperpigmentação
(escurecimento da pele); hipopigmentação (áreas mais claras); queimaduras; bolhas;
mudanças texturas; edema (inchaço); eritema persistente (vermelhão) e dormência (em
casos mais raros).
 Vermelhidão, edema, desconforto, ardência e descoloração ocorrerão imediatamente após
o tratamento com criolipólise. Qualquer descoloração pode durar 7 a 14 dias e o edema
pode se resolver em alguns dias.
 Esse tratamento não é indicado para portadores de doenças como lúpus, urticária ao
relacionadas ao frio.
 Pode haver leve desconforto no momento da sucção proporcionada pelo aparelho.

___________________________________ ___________________________________
Paciente Biomédica Esteta

institutodralorenasoares@gmail.com institutolorenasoares instituto.lorenasoares