Você está na página 1de 46

EXERCÍCIOS SOBRE PROCESSOS DE SOLDAGEM

1. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

a) Oxi-corte é um processo de corte onde a separação do metal se dá devido ao alto calor da chama
b) A função do maçarico de corte é associar a ação de um jato de oxigênio com uma chama oxi-
combustíveis de aquecimento
c) Os óxidos possuem ponto de fusão maior que o do metal

2. Indique a(s) afirmativa(s) errada(s):

a) Uma desvantagem do oxi-corte é o alto custo do processo


b) Uma vantagem do oxi-corte é ser portátil
c) Oxi-corte não deve ser utilizado para corte de aços que contenham elementos de alta-liga
d) O corte e chanframento de chapas de aço-carbono são aplicações do oxi-corte

3. No oxi-corte podemos afirmar que a chama de pré-aquecimento tem como função:

a) Aumentar a temperatura do aço até o seu ponto de ignição para o corte


b) Aumentar a energia sob a forma de calor à peça para manter a reação do corte
c) Fornecer uma proteção entre o jato de oxigênio de corte e a atmosfera
d) Expulsar da parte superior do aço qualquer óxido, carepa, tinta ou outras substâncias, que podem
retardar a progressão normal da ação do corte

4. Numere a 2ª coluna de acordo com a 1ª, levando-se em consideração o processo de corte a gás:

a) Acetileno ( ) Utilizando em corte subaquáticos, em grandes profundidades


b) Gás natural ( ) Alto poder calorífico, e é estocado de forma líquida, facilmente
transportável
c) Propano ( ) Armazenamento em recipiente pressurizado no estado líquido,
chama altamente oxidante
d) Metil acetileno-propadieno ( ) Largamente usado como gás combustível para oxi-corte e para
soldagem
e) Gasolina ( ) Seu principal componente é o metano e sua eficiência é bastante
limitada

5. Referente ao processo de corte com eletrodo de carvão, podemos afirmar que:

a) O processo pode ser usado em aços e em alguns metais não-ferrosos


b) O processo utiliza um eletrodo não-consumível
c) O processo utiliza um jato de gás para expulsar as impurezas da superfície da peça a ser cortada
d) È muito utilizado para goivagem de soldas
e) È limitado para as posições plana, horizontal e vertical

6. Em relação ao corte a plasma, podemos afirmar que:


a) O calor utilizado no corte a plasma é de aproximadamente 15000ºC
b) A remoção do material fundido é feita por meio de um jato de alta velocidade de gás ionizado quente
c) O corte a plasma é utilizado para cortar aços e metais não-ferrosos numa faixa de espessura de média
para grande
d) O maior uso do corte a plasma é o de cortar peças com elementos de liga, que produzem óxidos
refratários
e) O corte a plasma é utilizado tanto manualmente quanto automaticamente

1
7. Com relação ao tratamento térmico de alivio de tensões, podemos afirmar que:

a) Tem como objetivo principal possibilitar ao hidrogênio difundir-se para forma da solda
b) A taxa de aquecimento deve ser uniforme e controlada, para dar um baixo gradiente térmico
c) A temperatura de tratamento (temperatura do patamar) deve ser controlada e oscilar apenas dentro de
limites pré-determinados
d) A taxa de resfriamento deve ser uniforme e controlada, pois o resfriamento não-uniforme pode
temperar o material e a taxa de resfriamento alta pode gerar tensões residuais

8. Numere a 2ª coluna de acordo com a 1ª, levando-se em consideração os métodos de tratamento


térmico localizados:

a) Aquecimento por indução ( ) Alguns elementos podem queimar-se durante um tratamento


térmico, interrompendo o mesmo
b) Aquecimento por resistência ( ) Uma vez iniciado o tratamento térmico não há possibilidade de
ajuste
c) Aquecimento por chama ( ) Temperaturas podem ser controladas numa faixa estreita
d) Aquecimento por material ( ) Nenhum custo de aquecimento
exotérmico
( ) Grande quantidade de operadores habilidosos é requerida

9. Numere a 2ª coluna de acordo com a 1ª, levando-se em consideração as características principais


dos processos de soldagem a arco:

a) TIG ( ) União dos metais com um arco elétrico entre um eletrodo nu e o


metal base sob um manto de fluxo granulado
b) Arco submerso ( ) Arco elétrico entre um eletrodo nu e o metal de base, com um
gás inerte protegendo o arco
c) Eletrodo Revestido ( ) Arco elétrico entre um eletrodo nu e o metal de base, com um
gás
ativo protegendo o arco
d) MIG ( ) Arco elétrico entre um eletrodo não-consumível e o metal de
base, com gás inerte protegendo o arco
e) MAG ( ) Arco elétrico entre um eletrodo consumível e o metal de base,
com alimentação não-continua e formação de escória

10. Indique o processo de soldagem no qual a limpeza do chanfro e bordas deve ser ao metal brilhante:

a) MIG/ MAG
b) TIG
c) Arco submerso
d) Eletrodo revestido
e) N.R.A.

11. O processo TIG pode ser utilizado em soldagens que não necessitam de metal de adição:

a) Verdadeiro b) Falso

12. No processo de soldagem MAG e outros com atmosfera ativa, à medida que a velocidade de
solidificação aumenta, torna-se maior a probabilidade de ocorrência de poros:

a) Verdadeiro b) Falso

2
13. A única diferença entre os processos de soldagem TIG e MAG é que o processo MAG funciona com
gás ativo e o TIG com gás inerte:

a) Verdadeiro b) Falso

14. No processo eletrodo revestido, quando usamos CC polaridade direta a peça será a parte mais
quente, aumentando com isso a penetração e a deposição do material:

a) Verdadeiro b) Falso

15. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

a) No processo MIG o gás pode ser argônio puro ou com algumas percentagens de O 2 ou gás hélio
b) No processo MAG o gás pode ser CO2, argônio com algumas percentagens de CO 2 ou mistura de
argônio e hélio
c) O fluxo utilizado no processo MIG/ MAG serve para formar uma escória protetora do cordão de
solda contra os contaminantes da atmosfera
d) O gás utilizado define se o processo è MIG ou MAG
e) Podemos tratar como escória, no processo MIG/ MAG, o filme vítreo formado devido à utilização de
eletrodo de alto silício

16. Para a realização de um tratamento térmico localizado, qual(is) o (s) processo(s) de aquecimento
que não pode(m) ser utilizado durante a operação de soldagem:

a) Resist~encia elétrica
b) Por chama
c) Indução
d) Material exotérmico
e) N.R.A.

17. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

a) A escória formada no processo eletro-gás serve para conduzir a corrente de soldagem


b) No processo eletro-gás, o arco elétrico é mantido durante todo o processo
c) Pode ocorrrer porosidade no processo eletro-escória quando por um motivo qualquer é interrompido
o ciclo de soldagem

18. Em relação ás técnicas de pré ou pós-aquecimento, podemos afirmar que:

a) O aquecimento por resistência elétrica é contínuo e uniforme


b) Depois de iniciado o aquecimento por resistência elétrica não há possibilidade de ajustar a
temperatura
c) O aquecimento por chama apresenta, como vantagem, uma distribuição bastante uniforme de
temperatura
d) Uma vantagem do aquecimento por material exotérmico é de ser o mesmo aplicável para pré-
aquecimento em todos os materiais

3
19. Numere a 2ª coluna de acordo com a 1ª, levando-se em consideração as características dos gases
abaixo:

a) Argônio ( ) Permite maior penetração (produz + calor)


b) Hélio ( ) Permite melhor abertura do arco devido ao seu poder ionizante
( ) O arco é mais estável
( ) Densidade menor, exigindo maior vazão
( ) É usado em soldagem de peças finas
( ) È mais barato

20. No processo MAG, utilizamos CO2, como gás protetor, durante a soldagem, através de
decomposição e reações químicas, teremos ao final CO + Fe; o monóxido de carbono poderá ficar
retido na poça de fusão provocando a formação de poros, que podem ser evitados:

a) Modificando o diâmetro do eletrodo


b) Adicionando elementos desoxidantes
c) Modificando o gás para hélio

21. Assinale a(s) vantagem(ns) do argônio em relação ao hélio como gás de proteção no TIG:

a) Tensão do arco mais alta


b) Menor vazão de gás para uma boa proteção
c) Mais fácil a abertura do arco
d) Mais efetivo para soldagem de materiais expessos
e) Menor custo

22. Na soldagem TIG, se for diminuído o ângulo de cone do eletrodo de tungstênio, a largura do
cordão tende a reduzir-se e a penetração aumenta:

a) Verdadeiro b) Falso

23. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

f) No processo MIG o gás pode ser argônio puro ou com algumas percentagens de O 2 ou gás hélio
g) No processo MAG o gás pode ser CO2, argônio com algumas percentagens de CO 2 ou mistura de
argônio e hélio
h) O fluxo utilizado no processo MIG/ MAG serve para formar uma escória protetora do cordão de
solda contra os contaminantes da atmosfera
i) O gás utilizado define se o processo è MIG ou MAG
j) Podemos tratar como escória, no processo MIG/ MAG, o filme vítreo formado devido à utilização de
eletrodo de alto silício

24. Para a realização de um tratamento térmico localizado, qual(is) o (s) processo(s) de aquecimento
que não pode(m) ser utilizado durante a operação de soldagem:

f) Resist~encia elétrica
g) Por chama
h) Indução
i) Material exotérmico
j) N.R.A.

4
25. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

d) A escória formada no processo eletro-gás serve para conduzir a corrente de soldagem


e) No processo eletro-gás, o arco elétrico é mantido durante todo o processo
f) Pode ocorrrer porosidade no processo eletro-escória quando por um motivo qualquer é interrompido
o ciclo de soldagem

26. Em relação ás técnicas de pré ou pós-aquecimento, podemos afirmar que:

e) O aquecimento por resistência elétrica é contínuo e uniforme


f) Depois de iniciado o aquecimento por resistência elétrica não há possibilidade de ajustar a
temperatura
g) O aquecimento por chama apresenta, como vantagem, uma distribuição bastante uniforme de
temperatura
h) Uma vantagem do aquecimento por material exotérmico é de ser o mesmo aplicável para pré-
aquecimento em todos os materiais

27. Numere a 2ª coluna de acordo com a 1ª, levando-se em consideração as características dos gases
abaixo:

a) Argônio ( ) Permite maior penetração (produz + calor)


b) Hélio ( ) Permite melhor abertura do arco devido ao seu poder ionizante
( ) O arco é mais estável
( ) Densidade menor, exigindo maior vazão
( ) É usado em soldagem de peças finas
( ) È mais barato

28. No processo MAG, utilizamos CO2, como gás protetor, durante a soldagem, através de
decomposição e reações químicas, teremos ao final CO + Fe; o monóxido de carbono poderá ficar
retido na poça de fusão provocando a formação de poros, que podem ser evitados:

d) Modificando o diâmetro do eletrodo


e) Adicionando elementos desoxidantes
f) Modificando o gás para hélio

29. Assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

a) O oxi-corte é indicado para corte de aços de alta-liga


b) A chama de pré-aquecimento do oxi-corte fornece uma proteção entre o jato de oxigênio de corte e a
atmosfera
c) O gás acetileno pode ser usado para cortes subaquáticos de pequenas profundidades, desde que a
pressão manométrica não ultrapasse a 15 psi
d) A gasolina possui chama altamente oxidante e, para cortes de chapas muito espessas, ela é uma
opção do oxi-corte

5
EXERCÍCIOS SOBRE ENSAIOS NÃO DESTRUTIVOS

1. No ensaio por ultra-som, o uso de acoplante entre o cabeçote e a superfície da peça em exame se
faz necessário porque:

a) Serve como lubrificante para minimizar o desgaste do cabeçote


b) O cristal do cabeçote não vibrará se este for colocado diretamente sobre a peça
c) O acoplante é necessário para fechar o circuito elétrico do cabeçote
d) O ar entre o cabeçote e a superfície da peça não permitirá que a energia seja transmitida à peça
impedindo a realização do ensaio
e) N.R.A.

2. Quando o movimento das partículas de um meio possui sentido paralelo ao da propagação das
ondas, estas ondas são denominadas:

a) Longitudinais
b) Transversais
c) De Lamb
d) Superficiais
e) N.R.A.

3. Quando o movimento das partículas de um meio ocorre num plano normal ao sentido de
propagação das ondas, estas ondas são denominadas:

a) Longitudinais
b) Superficiais
c) De Lamb
d) Transversais
e) N.R.A.

4. O movimento de um cabeçote ao longo de uma superfície, produzido por processo manual ou


mecânico, é denominado:

a) Atenuação
b) Varredura
c) Ressonamento
d) Angulação

5. A técnica usada no ensaio por ultra-som, na qual o feixe de vibrações emitido pelo cristal faz um
ângulo com a superfície da peça em exame, é denominado:

a) Técnica de imersão
b) Exame por meio de ultra-som com cabeçote angular
c) Exame por transparência
d) Exame por contato
e) N.R.A.

6. O ângulo marcado num cabeçote corresponde ao ângulo:

a) Que a direção de propagação, do feixe de ondas ultra-sônicas, emitido pelo cabeçote, faz com a
normal à superfície da peça por onde é feito o exame
b) Que a direção de propagação do feixe de ondas ultra-sônicas, emitido pelo cabeçote, faz com a
normal à superfície por onde é feito o exame de uma peça de aço
c) Do eixo do cabeçote com a normal à superfície

6
d) Do eixo do cabeçote com o plano da superfície
e) N.R.A

7. O primeiro passo na realização de um ensaio por líquido penetrante sobre uma superfície que
tenha sido pintada é:

a) Aplicar o penetrante cuidadosamente sobre a superfície


b) Lavar minuciosamente a superfície com um detergente
c) Escovar a superfície
d) Remover completamente a pintura

8. Qual das seguintes descontinuidades pode ser detectada pelo método do líquido penetrante?

a) Uma trinca sub-superficial


b) Uma inclusão interna
c) Uma trinca superficial
d) Nenhuma das respostas está correta

9. No ensaio por líquido penetrante, indicações falsas podem ser provenientes de:

a) Remoção inadequada do excesso do penetrante


b) Material fortemente magnético
c) Cantos vivos
d) Líquido com baixo efeito capilar

10. O ensaio por líquido penetrante não detectará:

a) Porosidade superficial
b) Trincas superficiais
c) Dobra do forjado superficial
d) Cavidades internas

11. O termo usado para definir a tendência de certos líquido de penetrar em pequenas aberturas, tais
como trincas e fissuras é:

a) Saturação
b) Capilaridade
c) Agente umedecedor
d) Revelação

12. O excesso de penetrante, exceto aquele que estiver dentro da descontinuidade, é removido da peça:

a) Depois que tenha decorrido o tempo de penetração


b) Por meio de uma corrente de limpeza
c) Somente quando são usados penetrantes laváveis em água
d) Antes da aplicação de um emulsificador, se for usado penetrante removível com água após emulsão

13. Qual das seguintes condições afetará a velocidade e o grau de penetração do líquido penetrante
para trincas, fissuras e outras pequenas descontinuidades superficiais?

a) Dureza do material em teste


b) Cor do penetrante
c) Condutividade do material em teste
d) Condição superficial do material em teste

7
14. No ensaio de peças por meio de partículas magnéticas por via seca, usando-se a técnica dos
eletrodos, a intensidade de corrente é função:

a) Da distância entre os eletrodos


b) Da espessura da peça
c) Da distância entre os eletrodos e da espessura da peça
d) Do comprimento total da peça

15. Por que é necessário saber o número de espiras de uma bobina?

a) Para calcular o peso da bobina


b) Para calcular a intensidade do campo magnético
c) Para determinar a voltagem da corrente alternada que deve ser utilizada
d) Não é necessário saber o número de espiras

16. O aspecto das indicações obtidas num ensaio por meio de partículas magnéticas ajuda a classificar
os defeitos em dois grupos, de acordo com sua localização. Indique a classificação correta:

a) Inclusão de escoria e porosidade


b) Superficiais e sub-superficiais
c) Defeitos de peças forjadas e defeitos de peças fundidas
d) Trincas de fadiga e lascas
e) Inclusão interna e porosidade superficial

17. Indique se a afirmação abaixo é verdadeira ou falsa:


“Quando uma peça é magnetizada longitudinalmente, todas as falhas serão detectadas, não
interessando a direção que possuam

( ) Verdadeiro ( ) Falso

18. Na localização de defeitos de uma peça, sua magnetização deve ser feita de modo que o plano
principal das possíveis descontinuidades:

a) Seja paralelo às linhas de força


b) Seja perpendicular às linhas de força

19. Quando circula corrente elétrica numa bobina, a direção das linhas de força induzidas numa barra
colocada dentro da bobina é:

a) Circular
b) Desconhecida
c) Vetorial
d) Longitudinal

20. O ensaio por meio de partículas magnéticas não é indicado para a detecção de:

a) Soldas
b) Dupla laminação
c) Descontinuidades sub-superficiais
d) Dobras de laminação

8
21. Que tipo de magnetização é produzida pela passagem de corrente elétrica através de uma peça?

a) Longitudinal
b) Circular

22. Marque a seqüência básica dos ensaio por meio de partículas magnéticas:

1. Remoção do penetrante a) 4-6-5-1


2. Inspeção b) 4-7-5-3
3. Exposição c) 4-6-7-2
4. Limpeza e magnetização d) 4-6-2-7
5. Fixação e lavagem
6. Aplicação de partículas magnéticas
7. Desmagnetização

23. O líquido empregado no ensaio por partículas magnéticas por via úmida é corretamente
denominado de:

a) Solução
b) Suspensão
c) Líquido de lavagem
d) Líquido magnético

24. O densitômetro é um instrumento utilizado para medir:

a) A densidade de imagens radiográficas


b) A densidade de materiais
c) A corrente dos raios x
d) A densidade dos raios x

25. Três líquido essenciais para o processamento adequado de filmes radiográficos expostos são:

a) Banho de parada, ácido acético e água


b) Revelador, banho de parada e água oxigenada
c) Ácido acético, fixador e banho de parada
d) Revelador, fixador e água

26. O chumbo é freqüentemente empregado como barreira contra raios x e raios gama devido:

a) Ao seu ponto de fusão


b) Ao fenômeno que apresenta, de emitir elétrons quando submetido a estas radiações
c) A sua alta capacidade de absorver estas radiações para cada espessura e peso
d) A sua capacidade de difratar partículas alfa

27. A capacidade de penetração dos raios x é função:

a) Do tempo
b) Da miliamperagem
c) Da distância fonte-filme
d) Da quilovoltagem ou comprimento de onda

9
28. Indicador de qualidade de imagem, ou penetrâmetro, é usado para medir:

a) Tamanho das descontinuidades existentes na região radiográfica do equipamento


b) A qualidade da técnica radiográfica
c) A densidade da radiografia
d) Contraste do filme

29. A pequena área do tubo de raios x de onde emanam as radiações é chamada de:

a) Diafragma
b) Corpo focalizador
c) Cátodo
d) Foco ou alvo

30. A quantidade da radiação de uma fonte de raios gama:

a) è determinada pelo tamanho do foco


b) Pode ser modificada pelo operador
c) È melhor quando se utiliza irídio 192 do que o cobalto 60
d) È determinado pelo isótopo utilizado

31. Radiações eletromagnéticas de comprimento de onda muito curto, produzidas quando elétrons em
alta velocidade se chocam com um material, são chamadas de:

a) Raios x
b) Raios gama
c) Radiação secundária
d) Radiação dispersa por outras

32. Radiações eletromagnéticas de curto comprimento de onda, produzidas durante a desintegração


de núcleos de elementos radioativos, são denominadas:

a) Raios x
b) Raios gama
c) Radiação secundária
d) Radiação dispersa por outras

33. O registro produzido quando um feixe de raios x ou gama sensibiliza um filme radiográfico, após
atravessar uma peça em exame, é denominado:

a) Imagem fluoroscópica
b) Reprodução isotópica
c) Radiografia
d) Nenhuma das denominações citadas

34. Para radiografar uma chapa de aço de 160mm de espessura, qual das fontes de raios gama
relacionadas abaixo deve ser utilizada?

a) Cobalto 60
b) Césio 137
c) Irídio 192
d) Túlio 170

10
35. A diferença entre as densidades de duas áreas de uma radiografia é denominada:

a) Densidade relativa
b) Contraste radiográfico
c) Atividades específica
d) Definição

36. No teste de capilaridade o líquido deve possuir:

a) Secagem rápida
b) Facilidade de remoção do excesso
c) Fluorescência
d) Tempo de penetração bastante longo
e) Secagem lenta

37. Qual dos testes de estanqueidade é realizado sem a remoção da pintura das peças?

a) Caixa de vácuo
b) Teste de formação de bolhas com pressão positiva
c) Teste de formação de bolhas com pressão negativa
d) Teste de capilaridade
e) Nenhuma das respostas está correta

38. Usando-se a técnica do contato direto, a corrente para o teste de peças é geralmente determinada:

a) Pelo diâmetro da peça


b) Pela forma da peça
c) Pelo comprimento da peça
d) Pelo tipo do material da peça
e) Nenhuma das respostas está correta

39. O principal objetivo do teste de estanqueidade é:

a) Análise da deformação e recalques estruturais


b) Detecção de defeitos passantes
c) Análise da capilaridade de líquidos ou bolhas
d) Detecção da deformação e recalques estruturais
e) Nenhuma das respostas está correta

11
EXERCÍCIOS SOBRE CONSUMÍVEIS

1. Quais os fatores principais na seleção dos consumíveis?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

2. Qual a diferença de gás inerte e reativo?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

3. Qual a diferença entre Especificação e Classificação?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

4. Determine as características dos consumíveis abaixo:

E-7018-1 ____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

E-9018-D1 __________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

5. Qual a diferença de um eletrodo classificado como E-308-15 e E-308-25?

E-308-15____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

E-308-25 ___________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

6. Qual a diferença entre ER-308, ER-308L e ER-308H? Para que são aplicados?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

7. Descreva as características dos consumíveis à seguir:


F7A6- EM13K / F7A2-EC1
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

12
8. Qual a diferença entre o ER-70S-3 e o ER-70S-6?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

9. Descreva as características dos consumíveis à seguir:


E-70T-7 / E-70T-6
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

10. Qual a diferença entre EC-308L e E-308T1?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

11. Os eletrodos revestidos de aço carbono e os de aço carbono de baixa liga diferenciam-se entre si
quanto ao critério de classificação:

a) pelo tipo de corrente elétrica


b) pelas propriedades mecânicas do metal de solda
c) pela composição química da alma do eletrodo
d) pela posição de soldagem
e) pela composição química do revestimento

12. consumível E6023 é utilizado nas posições:

a) horizontal e sobrecabeça
b) horizontal, vertical descendente e sobrecabeça
c) todas as posições
d) plana horizontal para soldas em ângulo
e) vertical ascendente e descendente

13. Identifique, pelos dois últimos dígitos do eletrodo E7018, as características de seu revestimento:

a) revestimento constituído de substâncias formadoras de escória


b) revestimento celulósico contendo silicato de potássio para estabilizar o arco
c) revestimento à base de óxido de titânio com silicato de potássio, permitindo sua utilização em qualquer
tipo de corrente elétrica
d) revestimento produtor de escória fina e arco penetrante com transferência de metal por salpico
e) revestimento à base de óxido de titânio, calcário, silicato e pó de ferro e produtor de arco estável

14. Para a soldagem de uma junta na posição vertical descendente, o consumível mais indicado é:

a) E- XXIX
b) E- XXX4
c) E- XXX3
d) E- XX3X
e) E- XX4X

13
15. Indique a(s) afirmativa(s) correta(s):

a) a vareta R65 é classificada com base na posição de soldagem e tipo de corrente


b) eletrodo E6012 é classificado somente com base nas propriedades mecânicas do metal de solda,
composição química do metal depositado e tipo de corrente.
c) Eletrodo E8024-B2 é classificado com base nas propriedades mecânicas do metal de solda na condição
soldado, tipo de revestimento, composição química, posição de soldagem e tipo de corrente
d) Eletrodo E310H-16 é classificado tendo como base a composição química e propriedades mecânicas do
metal de solda e o tipo de corrente
e) Eletrodo ER37 é classificado tendo como base as propriedades mecânicas do metal de solda

16. Qual é o consumível, dentre os citados a seguir, cuja temperatura mínima para o ensaio de impacto
é –29o C (vinte e nove graus Celsius negativos)?

a) F64-EM5K
b) F6Z-EL8
c) F74-EL12
d) F6P2-EL8K
e) F70-EM15K

17. Indique as alternativas corretas, quanto ao manuseio, armazenamento, secagem e manutenção da


secagem:

a) para aplicação dos requisitos de secagem, as embalagens são consideradas estanques


b) no estoque, a ordem de retirada de embalagens deve evitar a utilização preferencial dos materiais recém-
chegados
c) controle de secagem dos consumíveis não necessita de registro em formulários específicos
d) nas estufas de secagem e de manutenção de secagem os eletrodos devem ser dispostos em prateleiras

18. Indique, entre os consumíveis abaixo, aquele que somente pode ser empregado em corrente
contínua, polaridade inversa:

a) E-XXX3
b) E-XXX8
c) E-XXX5
d) E-XXX2
e) E-XXX1

19. Assinale, dentre os consumíveis abaixo, aquele indicado para a soldagem de aço de baixa-liga:

a) R45 d) EH14
b) E7018 e) E8016-B2
c) EM15K

20. Assinale o eletrodo e fundente (fluxo) indicados para limite de resistência à tração entre 72000psi e
95000 psi:

a) F-6Z-EL12 b) F7A0-EL8K

14
21. Na forma genérica de especificação AWS A5.5, os terceiro e quarto dígitos indicam:

a) posição de soldagem
b) natureza do revestimento
c) temperatura do ensaio de impacto
d) penetração do arco
e) tipo de corrente
f) tipo do arco
g) comportamento da escória
h) teor de hidrogênio

22. Assinale as afirmativas corretas quanto ao exame visual e dimensional dos consumíveis:

a) as especificações AWS recomendam que a embalagem deva conter, de forma legível, as indicações
referentes ao número da corrida, número do lote, diâmetro do eletrodo, especificação e classificação
AWS e nome de fabricante
b) todos os eletrodos revestidos devem dispor de identificação individual inscrita na parte revestida ou, caso
o diâmetro do revestimento não permita, uma identificação colorida na extremidade da ponta de prega,
que seja devidamente indicada na embalagem
c) código de cores adotado pelos fabricantes nacionais é aquele estabelecido pela NEMA e recomendado
pela AWS
d) trincas, falta de aderência e redução localizada são defeitos e descontinuidade do revestimento
e) sinais de oxidação em varetas e eletrodos nus podem ser aceitos

23. Assinale a única afirmativa correta:

a) pode-se manter, na mesma estufa de manutenção de secagem, eletrodos celulósicos e básicos


b) a manutenção da secagem pode ser efetivada em temperatura variável, dependendo da umidade relativa
do local
c) eletrodos básicos não poderão ser armazenados na temperatura de 40 o C após ressecagem
d) baixo teor de hidrogênio no metal depositado é influenciado por três fatores, que são: secagem durante a
sua produção, embalagem e armazenagem e, finalmente, ressecagem antes de sua utilização
e) a temperatura mínima da estufa de manutenção de secagem é de 150 o C

24. Indique as afirmativas corretas:

a) a secagem e manutenção de secagem de fundentes (fluxo) deve ser feita em estufas apropriadas
b) nas estufas para fundentes, quando providas de bandeias não deverão dispor de camadas de fluxo
superior a 80 mm de altura
c) toda estufa sem bandeja e destinada à secagem de fundentes deverá ter um misturador mecânico
d) uma vez secado, o fundente deverá ser mantido na estufa
e) fundente reciclado não deverá ser armazenado na estufa

25. Identifique o tipo de corrente em função da forma genérica indicada abaixo:

a) corrente contínua com o eletrodo ligado ao pólo positivo CC+


b) corrente alternada ou contínua com o eletrodo ligado ao pólo negativo CC-/ CA
c) corrente alternada apenas CA
d) corrente contínua com o eletrodo ligado ao pólo negativo CC-

15
26. Assinale, dentre os consumíveis abaixo, aquele indicado para a soldagem de aço cromo resistente à
corrosão:

a) R 65 d) ER308 Mol
b) E7018 e) E8016-B2
c) EH14

27. Quais as letras listadas abaixo que, juntas, designam o eletrodo utilizado no processo de soldagem
MAG?

a) EH d) EL
b) R e)ER
c) FXX-EXX

28. Analise o enunciado a seguir e responda:

“ Os fluxos utilizados no processo de soldagem a arco submerso têm seu critério de classificação bastante
flexível, pois dependem das condições específicas de testes resultantes da avaliação de desempenho de fluxo,
em combinação com um determinado tipo de eletrodo”
a) Falso
b) Verdadeiro

29. Assinale as funções do fluxo no processo a arco submerso:

a) encobrir a junta a ser soldada


b) proteger a poça de fusão
c) proteger a contaminação do ar na junta em soldagem
d) influenciar no acabamento da solda
e) influenciar nas propriedades mecânicas da junta

30. Os eletrodos nus para soldagem a arco e varetas de solda, de aços cromo e cromo- níquel
resistentes à corrosão, são aplicáveis:

a) apenas no processo MIG


b) apenas aos processos MIG e MAG
c) apenas ao processo TIG
d) apenas ao processo a Arco Submerso
e) aos processos MIG, TIG e Arco Submerso

31. Para eletrodos revestidos de baixo hidrogênio a estufa portátil deve manter a temperatura mínima
de:

a) 50o C
b) 80o C
c) 100o C
d) 150o C
e) 10o C acima do ambiente

32. O eletrodo revestido de aço carbono E6024 é indicado para:

a) soldagem nas posições vertical descendente , horizontal e sobrecabeça


b) soldagem na posição plana unicamente
c) soldagem com corrente alternada unicamente
d) soldagem com corrente contínua

16
33. O eletrodo E8016 produz:

a) elevado H2 dissolvido
b) moderado H2 dissolvido
c) médio H2 dissolvido
d) baixo H2 dissolvido

34. As especificações AWS estabelecem condições a serem seguidas pelo fabricante quanto a :

a) fabricação e condições de aceitação


b) composição química e propriedades mecânicas do metal da solda
c) exame radiográfico do metal da solda
d) embalagem e identificação
e) todas as respostas estão corretas

35. Dentre os consumíveis abaixo, assinale aquele indicado para soldagem de aço de baixa- liga:

a) E7018
b) ER347
c) RM15K
d) ER8016-Ba
e) R 65

36. O eletrodo revestido E8024 é indicado para:

a) soldagem na posição sobrecabeça


b) soldagem de junta de preparação deficiente
c) soldagem na posição vertical ascendente
d) soldagem na posição vertical descendente

37. O consumível E 321-16:

a) contém substâncias orgânicas no revestimento


b) é destinado para a soldagem nas posições plana e horizontal
c) é um eletrodo nu de aço inoxidável austenítico
d) permite a soldagem com corrente alternada ou contínua, polaridade inversa (cc+)
e) é um eletrodo cuja classificação adota a classificação AWS para aço inoxidável ferrítico

38. O consumível E7024 é um eletrodo:

a) revestido, especialmente desenvolvido para a soldagem na posição vertical ascendente


b) revestido, considerado de baixo hidrogênio
c) revestido, cujo revestimento contém pó de ferro
d) revestido, que contém substâncias no revestimento que fornecem elemento de liga ao metal de solda
e) nu, indicado para o processo arco submerso

39. O consumível ER347 é um(a):

a) eletrodo revestido
b) vareta para solda resistente à corrosão
c) vareta para soldagem a gás
d) fluxo granulado
e) gás inerte

17
40. Com relação aos eletrodos de classificação AWS-E-XXX3, podemos afirmar que os mesmos:

a) evitam a fissura sob cordão na solda de aços temperáveis


b) apresentam um elevado teor de hidrogênio dissolvido
c) são muito utilizados na soldagem de oleodutos e gasodutos
d) produzem soldas com elevada tenacidade ao entalhe
e) podem ser utilizados com qualquer tipo de corrente elétrica.

18
EXERCÍCIOS SOBRE METALURGIA DA SOLDAGEM

1. A solução sólida do carbono no ferro alfa denomina-se:

a) Austenita
b) Perlita
c) Cementita
d) Ferrita
e) Martensita

2. A microestrutura obtida num aço carbono de médio teor de carbono, que tenha sofrido
resfriamento brusco, denomina-se:

a) Austenita
b) Perlita
c) Cementita
d) Ferrita
e) Martensita

3. O agregado “ferrita + cementita” denomina-se:

a) Austenita
b) Perlita
c) Cementita
d) Ferrita
e) Martensita

4. A quantidade máxima de carbono que a ferrita pode dissolver em solução sólida é:

a) 0,025%
b) 2,0%
c) 1,2%
d) 0,8%
e) N.R.A.

5. A(s) microestrutura(s) encontrada(s) num aço de 0,8% de carbono, resfriado lentamente, é(são):

a) Ferrita e bainita
b) Apenas ferrita
c) Martensita e perlita
d) Perlita
e) N.R.A.

6. Numere a 2ª coluna de acordo com a 1ª:

a) Fissuração a quente ( ) Participação do metal de base na constituição da zona fundida


b) Pré-aquecimento ( ) Solidificação dos grãos segundo a mesma orientação cristalina e
tamanho dos grãos não fundidos
c) Diluição ( ) Regeneração estrutural
d) Pós-aquecimento ( ) Segregação de fases de ponto de fusão mais baixo que o metal
de solda
e) Epitaxia ( ) Redução da velocidade de resfriamento de junta soldada
f) Soldagem multípasse ( ) Aumento da difusão do hidrogênio após a soldagem

19
7. O elemento que tem papel fundamental na prevenção da fissuração a quente dos aços carbono é:

a) Carbono
b) Fósforo
c) Enxofre
d) Nióbio
e) Manganês

8. Indique a única afirmativa correta:

a) As tensões residuais na direção transversal ao cordão de solda são muito próximas do limite de
escoamento do material
b) As deformações na soldagem são diretamente proporcionais à extensão da zona plastificada
c) O uso de dispositivos auxiliares de montagem tendem sempre a aumentar as deformações pela
diminuição da restrição de soldagem
d) O pré-aquecimento, energia de soldagem e número de passes, quando elevados, diminuem a
deformação da soldagem
e) As propriedades físicas e mecânicas do material soldado não influenciam na deformação durante a
soldagem

9. Indique as alternativas falsas

a) Quanto maior o tamanho do grão, maior resistência mecânica o material apresentará


b) A difusão ocorre mais rapidamente nos contornos dos grãos do que no seu centro, uma vez que o
contorno do grão é uma região de alta energia
c) A microestrutura de um material não é afetada pela composição química
d) No estado líquido os átomos, que constituem os metais, se dispõem de forma ordenada e possuem
uma estrutura cristalina característica

10. Indique as afirmativas verdadeiras:

a) A adição de carbono ao ferro provoca variações grandes nas propriedades mecânicas do ferro. Ligas
de ferro e carbono, com teor de carbono até 2%, são denominadas ferro fundido e, com teor de
carbono acima de 2% aços
b) O ferro é um elemento que apresenta três formas alotrópicas. São elas: Ferro gama, ferro alfa e ferro
delta
c) O carbono se dissolve em quantidades apreciáveis no ferro gama e forma uma solução intersticial,
enquanto que sua solubilidade no ferro alfa é muito restrita
d) O carbono, que não entra na solução sólida com o ferro alfa, prefere combinar-se com o ferro,
formando o composto Fe3C, do que existir na forma de carbono livre
e) É possível que o carbono apareça na forma de carbono livre ou grafita, embora essa forma seja
observada geralmente em materiais contendo alto teor de carbono, como, por exemplo, no ferro
fundido cinzento
f) A cementita (Fe3C) é um composto de baixa dureza

11. A solução de carbono no ferro delta denomina-se:

a) Perlita
b) Cementita
c) Austenita
d) Martensita
e) Ferrita delta

20
12. Sobre os aços cromo-molibdênio:

a) Com até 2 ½% de Cr, estes materiais são para serviços em altas temperaturas onde os esforços
mecânicos são baixos e a corrosividade elevada
b) Os que contêm mais de 2 ½% de Cr são utilizados para serviços em baixas temperaturas
c) Devido à alta temperabilidade desses materiais, na soldagem devem ser considerados os controles
térmicos, composição do metal de adição e os tratamentos térmicos após soldagem
d) Estes materiais são imunes à fissuração quando soldados homogeneamente
e) Soldas homogêneas destes materiais dispensam o tratamento térmico de alívio de tensões

13. Quais dos problemas abaixo não são características da soldagem dos aços inoxidáveis austeníticos:

a) Sensitização ou corrosão intergranular


b) Corrosão sob tensão na presença de cloretos
c) Presença de fase sigma entre 500º e 900º C
d) Fissuração a quente dos depósitos totalmente austeníticos
e) Soldas com baixa resistência à fratura por serem austeníticas

14. A(s) microestrutura(s) encontrada(s) à temperatura ambiente num aço de 0,4% de carbono,
resfriado lentamente, é(são):

a) Ferrita e cementita
b) Apenas cementita
c) Ferrita e cementita
d) Ferrita e perlita
e) Apensa perlita
f) Perlita e bainita superior

15. A(s) microestrutura(s) encontrada(s) à temperatura ambiente num aço de 1,2% de carbono,
resfriado lentamente, é(são):

a) Perlita e cementita
b) Apenas cementita
c) Ferrita e perlita
d) Martensita e perlita
e) Apenas perlita

16. Descreva as transformações que ocorrem numa liga com 0,3% de carbono, resfriado lentamente,
abaixo de 1600ºC:
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

17. Descreva as transformações que ocorrem numa liga com 0,8% de carbono, resfriado lentamente,
abaixo de 1600ºC:
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

21
18. Qual a diferença entre os sistemas cristalinos cúbico de corpo centrado e cúbico de face centrada?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

19. O que é uma solução sólida intersticial?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

20. O que é uma solução sólida substitucional?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

21. Quanto maior o teor de carbono num aço carbono, maior será a sua resistência mecânica.
Explique por quê:
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

22. O diagrama de Schaeffler:

a) Serve para avaliação da estrutura e previsão das propriedades do depósito de solda dos aços
inoxidáveis
b) Influi na escolha do processo adequado para a soldagem dos aços inoxidáveis
c) Permite prever a microestrutura de uma solda de liga Cr-Ni
d) Para sua utilização, é necessário calcular os parâmetros níquel equivalente e cromo equivalente
e) Todas as opções estão corretas

23. O sistema cristalino cúbico de corpo centrado diferencia-se do sistema cúbico de face centrada da
seguinte maneira:

a) A célula unitária do sistema CCC contém 9 átomos, 8 dispostos nos vértices e 1 no centro do cubo, o
CFC contém 9 átomos dispostos nas faces do cubo
b) A célula unitária do sistema CCC contém 14 átomos e a do sistema CFC contém 9 átomos
c) A célula unitária do sistema cristalino CCC contém 9 átomos, 8 dispostos nos vértices e 1 no centro
do cubo; o CFC contém 14 átomos dispostos nos vértices e no centro das faces do cubo
d) A célula unitária do sistema CCC contém 14 átomos dispostos nos vértices e no centro das faces, o
CFC contém 8 átomos dispostos nos vértices e no centro das faces
e) N.R.A.

24. A quantidade máxima de carbono que a austenita pode dissolver em solução sólida na temperatura
de 1147ºC é:

a) 0,025%
b) 2,0%
c) 1,2%
d) 0,8%
e) N.R.A.

22
25. O átomo de carbono, numa rede cristalina de ferro:

a) Localiza-se nos espaços atômicos vazios, não ocupados pelo átomo de ferro
b) Localiza-se nos interstícios da rede cristalina
c) Não se solubiliza no ferro
d) E um átomo de ferro dividem ao mesmo tempo um único espaço atômico na rede

26. Indique a afirmativa correta:

a) A difusão é um fenômeno caracterizado por uma movimentação atômica, que independe da


temperatura
b) A difusão é um fenômeno caracterizado por movimentação atômica, que diminui com o aumento da
temperatura
c) Denomina-se difusão o fenômeno de um átomo trocar de posição com outro átomo, deslocando-se de
sua posição inicial de equilíbrio. Quanto maior a temperatura, maior será a movimentação atômica
d) Não existe o fenômeno de difusão no estado sólido

27. Um determinado material, após resfriamento rápido, apresentou numa certa região átomos de
elementos de liga separados, acarretando comportamento mecânico não homogêneo, quando
submetido a esforços de natureza mecânica aqueceu-se, então, o material a uma temperatura
adequada e observou-se propriedades mecânicas mais homogêneas. Explique detalhadamente o
porquê do fenômeno descrito acima:
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

28. Que tipo de solução o carbono forma com o ferro?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

29. Qual o mecanismo de formação dos grãos durante a solidificação?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

30. Explique o que é a difusão e como varia com a temperatura?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

31. O que é o ferro gama?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

32. O que é o ferro alfa?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

23
33. O que é o ferro delta?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

34. O que é a austenita?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

35. O que é a ferrita?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

36. O que é a perlita?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

37. O que é a cementita e como se origina?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

38. A difusão ocorre mais facilmente no contorno do grão ou no grão? Por quê?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

39. O que são discordâncias?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

40. De que forma o tamanho do grão influencia as propriedades mecânicas de um material?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

41. O que é martensita e de que maneira se obtém essa microestrutura?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

42. È possível obter-se martensita para qualquer tipo de aço? Por quê?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

43. Qual a finalidade do pré-aquecimento?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

24
44. Qual a finalidade do pós-aquecimento?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

45. Cite três fatores que influenciam a posição das curvas TTT:
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

46. Indique os fatores responsáveis pelo mecanismo de fissuração a frio:


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

47. Por que na soldagem dos aços inoxidáveis austeníticos é desejável um percentual de ferrita?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

48. Qual o principal inconveniente em se Ter um teor elevado de Mn no fluxo de arco submerso?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

49. Indique como varia a temperatura máxima atingida e a velocidade de resfriamento em relação á
energia de soldagem e á temperatura de pré-aquecimento:
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

50. Qual a finalidade do tratamento térmico de revenimento:


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

51. Considerando-se um aço com 0,3% C, qual das estruturas seguintes apresenta o maior limite de resistência:
Bainita, perlita ou ferrita alfa?
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________

52. Quais os inconvenientes da elevada energia de soldagem?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

53. Por que o procedimento de soldagem fixa a temperatura de interpasse máxima?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

25
54. Na soldagem por eletrodo revestido, qual o variável mais fácil do soldador controlar para variar a
energia de soldagem?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

55. O que se entende por fissuração a frio?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

56. Quais os fatores da fissuração pelo hidrogênio?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

57. O que se entende por carbono equivalente?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

58. O que é epitaxia e crescimento competitivo dos grãos na soldagem?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

59. Por que não é possível usar a alma metálica do eletrodo revestido no processo TIG?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

60. Qual é a razão da proibição da abertura de arco no metal de base?


____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________

61. O que vem a ser a fissuração a quente?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

62. Qual é a razão de soldas provisórias de montagem exigirem controle de qualidade de soldagem e de
exame não-destrutivos?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

63. Por que não se deve permitir repetições de tratamentos térmicos de alívio de tensão para uma
mesma junta soldada?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

26
64. Qual a finalidade do diagrama de Schaeffler?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

65. Por que na soldagem dos aços inoxidáveis austeníticos é desejável um percentual de ferrita?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

66. Qual das três zonas de soldagem geralmente apresenta menor tenacidade? Por que?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

67. Por que os metais que se cristalizam no sistema CFC são em geral mais dúcteis do que os que se
cristalizam no sistema CCC?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

68. Qual a descontinuidade que pode ocorrer na zona fundida, quando soldada por arco submerso
com teor de Mn do fluxo insuficiente? Por que?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

69. Quais os fatores abaixo, que afetam a energia de soldagem?

a) Corrente de soldagem
b) Espessura da peça soldada
c) Temperatura máxima atingida durante a soldagem
d) Todos
e) N.R.A.

70. Assinale a única afirmativa correta:

a) A partir do ciclo térmico, torna-se viável o estudo das transformações metalúrgicas no estado sólido
ocorrentes numa junta soldada
b) A repartição térmica é determinada pela variação da temperatura em função do tempo num ponto
considerado da junta soldada
c) A temperatura máxima atingida e a velocidade de resfriamento não dependem das propriedades
físicas do material sendo soldado
d) A velocidade de resfriamento de um junta soldada varia diretamente com a energia de soldagem
e) Todas as afirmativas são falsas

71. Quais das opções traduzem uma medida preventiva da fissuração pelo hidrogênio?

a) Uso de eletrodos celulósicos


b) Escolha de metal de adição com menor resistência possível
c) Soldar com o maior número possível de dispositivos de montagem
d) Soldar com o maior tensionamento possível
e) Todas as opções estão corretas

27
72. Associe as duas colunas:

a) Sistema cristalino CCC ( ) Zinco


b) Sistema cristalino CFC ( ) Ferrita delta
c) Sistema cristalino HC ( ) Ferrita alfa
d) Sistema cristalino tetragonal de CC ( ) Austenita
( ) Níquel
( ) Cromo
( ) Martensita
( ) Cobalto

28
EXERCÍCIOS SOBRE CONTROLE DE DEFORMAÇÕES

1. Assinale a(s) afirmativa(s) correta(s):

a) O empenamento para ocorrer, na soldagem de chapas de aço carbono, só depende do processo de


soldagem utilizado
b) A deformação angular pode ocorrer mesmo na soldagem em junta de topo de chapa de aço carbono
com chanfro em X segundo a seqüência de deposição dos passes de solda
c) A contratação longitudinal na soldagem de juntas de topo só depende da área da seção transversal da
zona fundida da solda
d) A contratação transversal na soldagem de juntas de topo de chapas de aço carbono depende da seção
transversal das chapas

2. Dentre as alternativas abaixo, assinale aquela que indica propriedades desejáveis a um bom
dispositivo de fixação e montagem na soldagem de junta de topo em aço carbono:

a) Ser fabricado em aço inoxidável


b) Permitir a livre contratação transversal
c) Permitir o livre embicamento
d) Impedir a contração longitudinal do cordão de solda

3. O empenamento na soldagem de chapas finas de aço carbono será evitado quando se utiliza:

a) Dispositivos auxiliares de fixação e montagem (cachorros)


b) Processos de soldagem que propiciem um maior aporte de calor
c) O pré-aquecimento na soldagem
d) Chapas acima de sua espessura crítica

4. Um procedimento para correção de deformações pelo aquecimento localizado na soldagem de aço


carbono, deve ter como temperatura máxima do aquecimento localizado uma temperatura menor
que:

a) 720ºC
b) 723ºC
c) 650ºC
d) 700ºC

5. Qual o principal tipo de deformação que ocorre na soldagem de chapas de aço carbono, em juntas
de ângulo, sendo as chapas de espessura de 25 milímetros?

a) Empenamento
b) Contratação transversal
c) Contratação longitudinal
d) Deformação angular

6. Das recomendações abaixo, indique aquela mais adequada á fabricação de perfis metálicos
compostos por chapas soldadas, do ponto de vista do controle de deformações:

a) Usar chanfros em V
b) Usar a soldagem com passe á ré
c) Evitar a decoesão lamelar
d) Aproximar e balancear as soldas em torno da linha neutra

29
7. Dentre os recursos descritos abaixo, indique aquele que deverá minimizar as deformações devido à
soldagem:

a) Executar sempre a soldagem com o reforço máximo permitido


b) Usar sempre que possível chanfro em V
c) Utilizar processos de soldagem que tenham altas velocidades de avanço da poça em fusão
d) Usar sempre chanfros e processos que propiciem a menor zona fundida

8. Assinale a(s) afirmativa(s) correta(s):

a) A deformação angular é provocada pela assimetria na zona fundida em relação á linha neutra na
soldagem de juntas de topo em aço carbono
b) A contratação transversal da solda de um junta de topo em uma chapa de aço carbono é diretamente
proporcional ao módulo de elasticidade do aço da chapa
c) O empenamento na soldagem de chapas finas em juntas de topo só ocorre quando o chanfro da junta
é assimétrico
d) O recurso para se minimizar a contração longitudinal da soldagem de junta de topo é a não utilização
de dispositivos de fixação e montagem (cachorro)

9. Das recomendações abaixo, indique aquela que se aplica quando se deseja estabelecer uma
seqüência de execução de solda de uma estrutura ou equipamento metálico, do ponto de vista do
controle de deformações:

a) Utilizar, sempre que possível, o martelamento associado com a soldagem com passe a ré,
independente da seqüência de soldagem
b) Utilizar seqüência que permita, sempre que possível, a livre deformação longitudinal e que restrinja
a contração transversal
c) Formar e soldar primeiro os subconjuntos da estrutura ou equipamentos e depois soldar estes
subconjuntos entre si, procurando, sempre que possível, estabelecer uma simetria na seqüência da
montagem e soldagem destes subconjuntos
d) Executar as soldas na ordem do comprimento das mesmas, isto é, iniciando com as de comprimento
maior e terminando com as de comprimento menor

10. Na soldagem de uma junta de topo de duas chapas de aço carbono, o metal de adição a ser
empregado poderá ser escolhido dentro de três opções apresentadas abaixo. Tendo em vista
minimizar deformações, escolha o metal de adição mais indicado:

Módulo de Limite de Coef. De Dilatação Condutividade


Elasticidade 106 psi Escoamento 103 psi Térmica Micro. Térmica
Pol/Pol/ºF Cal/cm/cm/ºC/seg.
Metal de Base 40 54 8 0,12
Metal de Adição 1 42 52 10 0,12
Metal de Adição 2 40 52 6 0,12
Metal de Adição 3 42 52 12 0,11

Resposta:
a) Metal de Adição 1
b) Metal de Adição 2
c) Metal de Adição 3
d) Qualquer um dos metais de adição

30
11. A fabricação do caso de um determinado trocador de calor com chapas de aço carbono envolve as
seguintes operações: oxi-corte, esmerilhamento, calandragem, soldagem, usinagem e tratamento
térmico. Indique a seqüência desejável de operações para minimizar deformações:

a) Oxi-corte, esmerilhamento, calandragem, soldagem, usinagem e tratamento térmico


b) Oxi-corte, esmerilhamento, calandragem, usinagem, tratamento térmico e soldagem
c) Oxi-corte, esmerilhamento, calandragem, tratamento térmico, soldagem e usinagem
d) Oxi-corte, esmerilhamento, calandragem, soldagem, tratamento térmico e usinagem

12. Para a soldagem de uma junta de topo em aço carbono são propostos três processos de soldagem,
cujas curvas de repartição térmica estão desenhadas abaixo. Assinale o processo que menor
deformação deverá provocar:

Resposta:
a) Processo A b) Processo B
c) Processo C d) A deformação será igual nos três processos

13. Qual das variáveis abaixo deve constar obrigatoriamente de um procedimento de correção de
deformação por meio do aquecimento localizado:

a) Tipo de gás combustível empregado


b) Tipo de maçarico a ser empregado
c) Forma da região a ser aquecida
d) Temperatura máxima da região a ser aquecida

14. Descreva um procedimento para correção de pequenas deformações angulares ocorridas na


soldagem de uma tubulação de aço carbono  = 8” (203mm), espessura de 12,7mm, conforme
croqui abaixo:

_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________

31
EXERCÍCIOS SOBRE METAIS DE BASE

1. Nas especificações ASTM, qual o significado da identificação numérica após a identificação do


grupo ao qual pertence a norma?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

2. Qual o digito representado por letra maiúscula que identifica uma especificação ASTM de metais
ferrosos?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

3. Na classificação AISI, os aços inoxidáveis ferríticos são os listados na série?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

4. O que é Especificação?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

5. O que é Classificação?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

6. A especificação ASTM B 632 – 74b indica que a norma:

a) Refere-se a metais ferrosos


b) Foi aprovada em Junho de 1932
c) È de número 74, da parte b dos volumes 6 e 32
d) Foi aprovada em 1974 e que sofreu duas revisões
e) N.R.A.

7. A classificação AISI 309 S representa um aço inoxidável:


a) Com 3,09% de carbono
b) Com 3,09% de enxofre
c) Ferrítico, com teor de enxofre diferente do aço AISI 309
d) Austenítico, de composição química diferente da do aço AISI 309
e) N.R.A.

32
EXERCÍCIOS SOBRE ENSAIOS MECÂNICOS E MACROGRÁFICOS

1. Três fatores básicos contribuem para o tipo de fratura frágil por clivagem. Explique sucintamente
de que maneira um desses três fatores contribui para ocorrência da fratura frágil. São eles:

a) Estado triaxial de tensões


b) Baixas temperaturas
c) Alta taxa de deformações

2. Quais as diferenças entre fratura frágil e fratura dúctil?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

3. Como são os corpos de prova para: a) o ensaio de impacto Charpy? B) o ensaio de queda livre?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

4. Explique o que significa o resultado do ensaio de impacto.


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

5. Explique qual é a limitação do ensaio de impacto.


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

6. Explique sucintamente, a correlação entre a energia absorvida e a altura atingida pelo pêndulo
após a ruptura do corpo de prova.
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

7. Quanto ao ensaio de queda livre, descreva:

a) O método de execução do ensaio


b) A finalidade do ensaio
c) O critério para a avaliação dos resultados

8. Valor da dureza de um material representa:

a) A capacidade do material se deformar na zona elástica


b) A manifestação combinada de várias propriedades mecânicas do material
c) A resistência à tração do material
d) Que o ensaio não é destrutivo, pois depende do método aplicado

9. Os métodos de dureza que se baseiam na medição da profundidade de impressão são:

a) Apenas o método Brinell


b) Apenas o método Vickers
c) Os métodos Vickers e Rockwell
d) Apenas o método Rockwell
e) Os métodos Vickers e Brinell

33
10. Descreva em que consiste o método de dureza Brinell.
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

11. A representação de uma medição de dureza pode ter a forma:

a) 100HB 10
b) 100HB
c) 100HB 100
d) N.R.A

12. A influência da orientação de um corpo de prova transversal Charpy A, ao se ensaiar o metal de


solda, é de que se obtém no ensaio energia absorvida:

a) Maior que a obtida se tivesse utilizado um corpo de prova longitudinal


b) Não tem influência a orientação do corpo de prova
c) Menor que a obtida se tivesse sido utilizado num corpo de prova longitudinal

13. Cite qual o meio utilizado para conferência de usinagem do raio do entalhe num corpo de prova
Charpy A:
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

14. O aço carbono, quando em trabalho a baixas temperaturas, em geral:

a) Apresenta maior resistência ao impacto e à tração


b) Apresenta maior oposição à movimentação de discordâncias, elevando a resistência à deformação
plástica
c) Apresenta maior tenacidade, se comparado com seu comportamento à temperatura ambiente
d) Absorve menor quantidade de energia, ou seja, apresenta maior tendência a uma forma de fratura por
cizalhamento
e) N.R.A

15. Cite a diferença na utilização de corpos de prova Charpy e Izod.


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

16. A energia absorvida pelo pêndulo em oscilação livre, de uma máquina de impacto, deve ser:

a) Somada ao valor obtido


b) Multiplicada pelo valor obtido
c) Dividida pelo valor obtido
d) Não considerada
e) Diminuída do resultado

17. Explique qual é a utilização do ensaio de impacto:


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

34
18. Explique o que é um material dúctil:
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

19. Explique o que é um material frágil:


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

20. As três características de preparação, aplicáveis a todos os tamanho de corpos de prova Charpy,
são:

a) Comprimento , espessura e profundidade do entalhe


b) Comprimento, largura e profundidade do entalhe
c) Comprimento, raio do entalhe e espessura
d) Comprimento, raios do entalhe e ângulo do entalhe
e) N.R.A

21. Antes de executar um ensaio de impacto com corpo de prova Charpy A, de tamanho reduzido,
deve-se tomar precauções com:

a) A temperatura de ensaio, que deve ser modificada em relação à temperatura para um corpo de prova
de tamanho normal
b) A distância entre o apoio da máquina do ensaio que não é adequado ao comprimento ao corpo de
prova
c) A tenaz a ser utilizada no manuseio do corpo de prova, que deve ser adequado ao ângulo do entalhe
d) Todas as alternativas estão corretas

22. Dos materiais abaixo, cite aquele que pode apresentar mudanças de comportamento (de dúctil
para frágil), quando submetido a ensaio de impacto à temperatura inferior a 0ºC:

a) Ferro fundido
b) Liga de cobre
c) Aço austenítico
d) Aço ferrítico
e) Nenhuma das repostas é verdadeira

23. Assinale a afirmativa correta em relação ao ensaio de impacto Charpy:

a) Um alto valor indicado no mostrador da máquina de ensaio corresponde a um material de excessiva


fragilidade
b) Um valor baixo indicado no mostrador da máquina de ensaio está relacionado à fragilidade excessiva
do corpo de prova e alta absorção de energia
c) Um valor alto indicado no mostrador da máquina de ensaio está relacionado a uma elevada
tenacidade do corpo de prova e alta absorção de energia
d) Não há possibilidade de se relacionar, tenacidade e energia absorvida com o valor indicado no
mostrador da máquina de ensaio
e) N.R.A

35
24. O valor mais alto (30 kgf.m) indicado no mostrador da máquina de ensaio de impacto é referente
à:

a) Energia do pêndulo na parte mais baixa da trajetória


b) Energia do pêndulo na parte mais alta da trajetória
c) Energia do pêndulo em qualquer instante da trajetória
d) Energia do pêndulo após a ruptura de qualquer corpo de prova
e) Não há relação entre o valor máximo indicado e a trajetória do pêndulo

25. Cite os critérios utilizados na avaliação dos resultados do ensaio de impacto.


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

26. O ensaio de dobramento tem a finalidade de:

a) Indicar o limite do escoamento do material ensaiado


b) Indicar qualitativamente a ductilidade de um material
c) Avaliar quantitativamente as propriedades mecânicas de uma solda
d) Avaliar quantitativamente, através de aparelhos, a ductilidade de um material
e) Existem três alternativas corretas

27. O ensaio de dobramento, em corpo de prova soldados, é segundo o método de:

a) Dobramento semiguiado ou dobramento guiado


b) Dobramento semiguiado
c) Dobramento guiado
d) Dobramento livre
e) Nenhumas das alternativas

28. Dois corpos de prova de mesmas dimensões submeteram-se a ensaio de dobramento guiado. O
corpo de prova X foi ensaiado com um cutelo de diâmetro 2 vezes menor que o utilizado par ao
ensaio do corpo de prova Y. Mantendo-se inalteradas as demais condições de execução do ensaio,
pode-se concluir que:

a) Com a utilização de um cutelo2 vezes maior par ao corpo de prova, o mesmo não teve condições de
ser ensaiado
b) O corpo de prova Y sofre maior alongamento na zona de tração do que o corpo de prova X
c) O corpo de prova X apresentou maior deformação na região de tração do que o corpo de prova Y
d) Existem duas alternativas corretas
e) Nada se pode afirmar

29. Um corpo de prova soldado, tipo transversal de face, foi submetido ao ensaio de dobramento. Na
avaliação dos resultados do ensaio, o inspetor de soldagem procurou observar:

a) Descontinuidade na zona de tração, na face da solda do corpo de prova


b) Descontinuidades na zona de compressão, na face da solda do corpo de prova
c) Descontinuidades na zona de tração, na raiz da solda do corpo de prova
d) Dobras de laminação na chapa, na zona de tração do corpo de prova
e) Nenhuma das respostas é verdadeira

36
30. O limite de resistência á tração é definido como:

a) Tensão de ruptura do corpo de prova


b) O quociente de menor carga atingida durante o ensaio pela área da seção inicial da parte útil do
corpo de prova
c) O quociente de qualquer carga atingida durante o ensaio pela área da seção inicial da parte útil do
corpo de prova
d) A tensão de escoamento
e) N.R.A

31. Dado o gráfico abaixo, indique a afirmativa correta:

a) I – Limite de resistência á tração; II – Tensão de ruptura; III – Deformação total; IV – Deformação até a
ruptura; V – Deformação elástica; VI – Tensão de escoamento
b) I – Limite de resistência á tração; II – Tensão de ruptura; III – Deformação total; IV – Deformação até a
ruptura; V – Deformação plástica; VI – Tensão de escoamento
c) I – Tensão máxima; II – Tensão de ruptura; III – Deformação plástica; IV – Deformação até a ruptura; V
– Deformação elástica; VI – Tensão de escoamento
d) I – Limite máxima ou limite de resistência à tração; II – Tensão de ruptura; III – Deformação elástica; IV
– Deformação até a ruptura; V – Deformação plástica; VI – Tensão de escoamento
e) I – Limite de resistência á tração; II – Tensão de ruptura; III – Deformação uniforme; IV – Deformação
até a ruptura; V – Deformação elástica; VI – Tensão de escoamento
f) N.R.A

37
32. O comportamento geral dos materiais, quando submetidos a um esforço mecânico, pode ser
classificado em dúctil ou frágil, dependendo se o material exibe ou não a habilidade de se deformar
plasticamente. Analisando a afirmativa acima e os gráficos apresentados a seguir, obtidos durante
ensaio de tração de 3 materiais distintos, assinale a alternativa correta:

a) O material que corresponde ao diagrama I apresenta maior ductilidade do que o correspondente ao II


e este por sua vez é mais dúctil do que o correspondente ao III
b) O material correspondente ao III apresenta maior fragilidade em relação aos três apresentados
c) O material correspondente ao II, apresenta maior ductilidade em relação aos três apresentados
d) O material correspondente ao II se apresenta mais frágil do que o correspondente ao I e este por sua
vez apresenta maior ductilidade do que os correspondentes a II e III

33. Gráfico traçado pela máquina num ensaio de tração tem como abscissas as deformações como
ordenadas as cargas F. Esse gráfico tem a mesma forma do diagrama tensão  – deformação .
explique por quê:
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

34. Indique as afirmativas falsas:

a) A tensão de ruptura  r, suportada pelo material, indica o final da região plástica do material
b) Para aços de baixo teor de carbono, especifica-se “n” como 0,2%, o que corresponde a uma
deformação plástica de 0,2 por unidade de comprimento
c) A tensão de escoamento obtida num ensaio de tração é função apenas do material que está sendo
submetido a ensaio
d) A tensão de escoamento é igual ao quociente entre carga, correspondente a uma pequena deformação
plástica, e a área inicial da seção transversal
e) Uma pequena redução de área num corpo de prova, após ensaio de tração, indica a habilidade do
metal se deformar sem se fraturar. Esse fenômeno é comum nos aços carbono comuns, com baixo
teor de carbono

35. Justifique, corrigindo, as alternativas falsas indicadas na questão anterior:


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

36. Um corpo de prova soldado foi tracionado rompendo na solda. A tensão de ruptura,  r, foi inferior
à tensão mínima especificada para o metal base. Um inspetor de soldagem na situação acima:

38
a) Solicitaria a repetição do ensaio
b) Reprovaria o procedimento de soldagem
c) Aprovaria o metal de base e reprovaria o metal de adição
d) Aprovaria o metal de adição e reprovaria o metal de base
e) Nada se pode afirmar

37. Um valor alto na escala de um durômetro Rockwell é característico de uma impressão profunda no
material ensaiado, porque o número de dureza é inversamente proporcional à profundidade de
impressão, responda:

a) A afirmação e a razão são falsas


b) A afirmação e a razão são verdadeiras, mas a razão não é adequada
c) A afirmação é falsa e a razão é verdadeira
d) A afirmação é verdadeira e a razão é falsa
e) A afirmação e a razão são verdadeiras

38. Cite as cargas que podem ser utilizadas empregando-se a dureza Rockwell normal:
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

39. Chega-se ao resultado de um ensaio de dureza Rockwell primeiramente fazendo-se a medição:

a) Da profundidade de impressão
b) Das diagonais da impressão
c) Do diâmetro da impressão
d) Diâmetro do penetrador
e) Duas alternativas estão corretas

40. Quanto ao ensaio de dureza Vickers, pode-se afirmar que:

a) è utilizado para todos os tipos de materiais devido à grande quantidade existente de escalas no
método
b) As impressões provocadas são muito pequenas, não inutilizando a peça
c) Não é utilizado em dureza superficial, fato este somente atendido pela dureza Rockwell superficial
d) Pode ser utilizada na determinação dos constituintes individuais de uma microestrutura

41. Cite dois tipos de aços nos quais se aplica a relação entre dureza e limite de resistência à tração:
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

42. Cite duas vantagens na utilização dos durômetros portáteis:


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

43. Utilizando-se de durômetros portáteis, para medição de dureza Brinell, chega-se aos resultados
através:

a) Da medição da reação provocada no penetrador após o alivio da pré-carga

39
b) Da comparação das diagonais das impressões
c) Da medição da profundidade das impressões
d) Da comparação dos diâmetros das impressões
e) Há duas alternativas corretas

44. O ensaio macrográfico pode ser realizado para:

a) Definir os contornos de grão de uma estrutura metalográfica


b) Definir os limites entre as zonas fundida e afetada termicamente de uma junta soldada
c) Determinar o grau de acabamento de uma superfície usinada
d) Determinar a forma do chanfro de uma junta soldada

EXERCÍCIOS SOBRE SEGURANÇA NAS OPERAÇÕES DE CORTE E SOLDAGEM

1. Em ambientes confinados, qual é a taxa mínima de ventilação mecânica requerida, por soldador,
para a realização de soldagem com eletrodo de  3/16” (4,8 mm)?

40
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

2. Na soldagem pelo processo TIG , qual é o tipo de produto que deve ser evitado nas imediações de
soldagem, devido ao risco de sua decomposição pelos raios ultravioletas, liberando gases tóxicos?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

3. Como devem ser transportados e utilizados os cilindros de gases liqüefeitos?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

4. Em que condições o oxigênio pode reagir violentamente com óleos ou graxas?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

5. Qual o cuidado a ser tomado quando capacetes, máscaras e óculos são transferidos de um soldador
para outro?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

6. Quais os dois tipos de raios nocivos emitidos pelo arco elétrico e os danos causados pelos mesmos?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

7. Para que servem os filtros ou vidros protetores?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

8. De que materiais devem estar isentas as válvulas que fazem regulagem do oxigênio?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

9. Qual a vantagem da máscara de soldador com fixação por cameira em relação a máscara de
soldador com empunhadura manual?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

10. Quais as características dos materiais utilizados na fabricação dos capacetes e máscaras?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

41
11. Qual a finalidade das lentes ou lâminas protetoras e de que materiais são fabricadas?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

12. Quando se faz necessária a utilização de equipamentos individuais de respiração?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

13. Qual o cuidado a ser tomado quando se transfere de um trabalhador para outro o equipamento
individual da respiração?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

14. Qual o significado da marcação de lentes filtrantes com a letra H?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

15. Qual a padronização utilizada para a numeração dos filtros?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

16. Qual a finalidade dos equipamentos de proteção individual?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

17. De acordo com que fatores deve ser indicado o vestuário de proteção?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

18. Quais os tipos de proteção dados pelas luvas?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

19. Para que faixa de temperatura os equipamentos normais de soldagem a arco elétrico são
projetados e constituídos para operarem?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

20. Sob que condições ocorre o retrocesso de chama em uma soldagem ou corte a gás e, como isto pode
ser corrigido?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

42
21. Os vários tipos de filtros para a soldagem TIG são recomendados em função de quais parâmetros
de soldagem?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

22. Qual a finalidade do amianto no vestuário de proteção?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

23. Qual a finalidade do(s) anteparo(s) numa área de serviço e que precaução deve ser tomada relativa
à pintura das paredes?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

EXERCÍCIOS DE QUALIFICAÇÃO DE PROCEDIMENTOS E SOLDADORES

1. Entende-se por variável essencial:

a) aquela cuja mudança não afetará as propriedades mecânicas do metal de solda

43
b) aquela cuja mudança afetará as propriedades mecânicas do metal de base
c) aquela que, se alterada, afetará a execução das soldas
d) aquela que as normas dão maior importância
e) aquela que não pode ser alterada, qualquer que seja o processo de soldagem

2. A requalificação do procedimento de soldagem é necessário quando:

a) houver mudança de especificação do metal de base


b) houver mudança de uma variável não essencial
c) a solda não for executada por um soldador qualificado
d) os limites estabelecidos necessitam ser ultrapassados
e) N.D.A

3. A posição de soldagem:

a) altera a qualificação por afetar apenas a energia de soldagem


b) altera a qualificação por afetar apenas a dificuldade da execução de soldas
c) não altera a qualificação
d) altera a qualificação, independente da norma aplicável.
e) Influencia a energia da soldagem

EXERCÍCIOS DE DOCUMENTOS TÉCNICOS

1. Indique as afirmativas CORRETAS:

44
a) para verificar se a inspeção de uma junta, após a soldagem, deve ser feita por líquidos penetrantes, deve-
se consultar o PSE/EPS
b) as instruções de execução e inspeção da soldagem são elaboradas a partir dos desenhos de fabricação e
montagem, dos PSE/EPS qualificados e dos requisitos das normas técnicas aplicáveis
c) as instruções de execução e inspeção da soldagem são usadas pelo inspetor para acompanhamento das
qualificações
d) as diretrizes para a produção de soldas são fornecidas pelo PSE/EPS
e) o registro de qualificação dos soldadores é preparado a partir da relação dos soldadores qualificados
f) o controle de desempenho de operadores de soldagem é baseado nos resultados de exames visuais

2. Para saber se um determinado soldador será qualificado para soldar sob determinado F.Nº,
deve consultar:

a) a relação de soldadores qualificados


b) o controle de desempenho de soldadores
c) o PSE/EPS
d) as instruções de execução e inspeção da soldagem
e) o relatório de inspeção

TABELA- CONVERSÃO DE UNIDADES E MEDIDAS

45
PARA CONVERTER DE PARA MULTIPLIQUE POR
Kgf/ cm2 1,000.000x10-3
Atmosfera técnica
Atmosfera física Kgf/ cm2 1,01325
Btu (Britsh Themal Unit) J 1,055056x10-3
Btu KWh 2,930711x10-4
Btu Kcal 2,520000x10-1
Bth/h Hp 3,931000x10-4
Btu/h W 2,930711x10-1
Calorias Btu 3,968300x10-3
Calorias KWh 1,163000x10-6
Calorias J 4,186800
Centímetro Pé 3,280839x10-1
Centímetro Polegada 0,393700
Grau Celsius Grau Fahrenheit (º C x 9/5)+ 32
Grau Celsius Grau Kelvin (º C+ 273,3)
Grau Celsius (º F- 32)x 5/9
Grau Fahrenheit
HP Btu/min 4,24242x10
HP Cv 1,013900
HP Kcal/h 6,412000x102
HP KW 0,7460000
Joule/segundo W 1,000.000
Libra força/ polegada2 Atmosfera 6,804000x10-2
Libra força/ polegada2 Kgf/ cm2 7,030600x10-2
Litro Galão 2,641700x10-1
Metro Pé 3,280839
Metro Polegada 3,937x10
Metro cúbico Pe cúbico 3,53147x10
Milímetro Polegada 3,937000x10-2
Pascal Kgf/ cm2 9,806500x10-6
Pascal Kgf/ mm2 9,806500x10-8
Polegada Cm 2,540000
Polegada Metro 2,540000x10-2
Pé Metro 3,04800x10-1
Pé cúbico por minuto L/s 4,719475x10-1
Quilograma Libra 2,204600
Quilocaloria Btu 3,962500
Quilowatt hora Btu 3,41214x103
Quilowatt hora Caloria 8,598450x102
Quilowatt hora Kcal 8568450x10-1
Quilowatt hora J 3,600000x106

46