Você está na página 1de 3

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE BRASÍLIA

DIRETORIA DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO


COORDENAÇÃO GERAL DE ENSINO
COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA
COORDENAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS

PLANO DE ENSINO
Campus: São Sebastião Curso: Licenciatura em Letras

Ano: 2019 Semestre: 1º

Componente Curricular: Cultura e Sociedade

Carga Horária: 40 h/a Horário das aulas: Sextas de 15h50 às 17h30

Professor: Jonas de Oliveira Bertucci

Competências
Desenvolver o conceito antropológico de cultura e analisar seus desdobramentos para a
compreensão da diversidade cultural da espécie humana. Compreender a estrutura da
sociedade de classes, com foco nas dinâmicas culturais e educacionais que podem atuar em
sua reprodução ou transformação. A partir de uma abordagem crítica da cultura no Brasil,
entender quem são os atores envolvidos e o que está em jogo no panorama artístico-cultural
nacional. Perceber as interconexões existentes entre educação, cultura e ideologia. Entender
educação e cultura como parte do processo de socialização do indivíduo.

Habilidades
Introduzir o aluno nas principais discussões da atualidade que dizem respeito à cultura,
permitindo-lhe uma abordagem mais ampla e crítica acerca de sua realidade;
Compreender o processo de desenvolvimento e estruturação da sociedade contemporânea,
tendo em vista sua relação com as esferas da educação e da cultura;
Compreender a formação da sociedade brasileira, do caráter do nosso desenvolvimento e
das transformações culturais no Brasil;
Discutir a organização da sociedade civil frente aos processos de globalização e de
massificação da cultura.

Bases Tecnológicas
Educação e cultura na sociedade contemporânea. Educação e socialização. Cultura,
educação e ideologia. Sociedade de classes. Escola e diversidade cultural. Cultura brasileira.
Movimentos sociais e culturais no Brasil contemporâneo.
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE BRASÍLIA

DIRETORIA DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO


COORDENAÇÃO GERAL DE ENSINO
COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA
COORDENAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS

Metodologia de Ensino
A metodologia de ensino abrangerá: Aulas expositivas; Leitura e discussão de textos; Exibição
de vídeos, filmes e/ou documentários; Visitas técnicas e aulas de campo; Outros elementos
didáticos poderão ser agregados durante a realização do curso.

Recursos Didáticos Necessários


# Data show;
# Quadro branco e pincel;
# Textos e artigos de revistas, jornais e internet;
# Vídeo.

Avaliação da Aprendizagem

Os estudantes serão avaliados pelo conjunto de provas, atividades e trabalhos propostos,


pelo envolvimento com o curso e pela capacidade de expressar sua opinião, seja de forma
oral ou escrita. Terá como instrumentos:

1) Prova em sala ao final do semestre, por escrito, com consulta aos textos e individual,
(4,0 pontos);

2) Apresentação de Seminário em grupo e entrega de artigo (8 a 12 mil caracteres


sem espaço) com conteúdo/utilidade referente aos conceitos abordados no curso em
equipe de até 4 pessoas (3,0 pontos);

3) Elaboração de pelo menos 6 comentários relativos aos textos dados no curso,


escolhidos de acordo com o interesse e conveniência do aluno, sendo UM comentário
por texto escolhido. Cada comentário deve ser enviado pelo menos 24hrs antes da
aula referente ao texto escolhido via plataforma EAD (3,0 pontos);

O que são comentários: é a relação de uma ideia presente no texto com outra ideia ou fato
descrito pelo aluno. Dúvidas pontuais de interpretação não são comentários. Para ser objetivo,
cada comentário NÃO DEVE TER MAIS DO QUE 1.000 CARACTERES.

A nota final será o somatório das notas de todas as avaliações. Para receber a aprovação na
disciplina, o aluno deverá ter comparecido em 75% das aulas e obter 6 pontos ou mais, dos
10 totais. Caso o aluno não atinja a nota mínima, haverá uma prova substitutiva para repor
a nota da prova (não haverá reposição das notas dos comentários e seminários).
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE BRASÍLIA

DIRETORIA DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO


COORDENAÇÃO GERAL DE ENSINO
COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA
COORDENAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS

Temas & Bibliografia:

MINER, HORACE. Ritos corporais entre os Nacirema


In: A.K. Rooney e P.L. de Vore (orgs) YOU AND THE OTHERS - Readings in
Introductory Anthropology. (Cambridge, Erlich), 1976

O que é sociedade
(3 aulas) BERGUER, Peter. Perspectivas sociológicas: uma visão humanística. Cap. 4 O
homem na sociedade. Ed. Vozes.

BERGER, Peter L., BERGER, Brigitte. (1977) O que é uma instituição social?
In: FORACCHI, M. M., MARTINS, J.S. (Orgs.). Sociologia e sociedade. Rio de
Janeiro: Livros Técnicos e Científicos p. 193-9.

LARAIA, Roque. Cultura: Um conceito antropológico. Rio de Janeiro: Zahar,


O conceito antropológico de 1986.
cultura Parte 1: O desenvolvimento do conceito de cultura.
(2 aulas)
Parte 2: A cultura condiciona a visão de mundo do Homem.

A ideia de cultura no
EAGLETON, Terry. A ideia de cultura. São Paulo: UNESP, 2011. (Cap. a
pensamento moderno
definir)
(1 aula)
Nobert Elias. (1993) O processo civilizador, vol 2: formação do Estado e
civilização. Jorge Zahar Editores: Rio de Janeiro, (pp. 97-107; e pp. 193-210)
Cultura na sociedade
moderna capitalista
GRAMSCI, Antonio. Os intelectuais e a organização da cultura. Rio de Janeiro:
(2 aulas)
Civilização Brasileira, 1982. (Capítulo 2: a organização da cultura)

BENJAMIN, Walter. A obra de arte na época da sua reprodutibilidade


técnica. Porto Alegre: Zouk, 2012.
Indústria cultural e
modernidade DALCASTAGNÈ, REGINA. Contas a prestar: O intelectual e a massa em "A
(2 aulas) hora da estrela," de Clarice Lispector. Revista de Crítica Literária
Latinoamericana. Ano 26, No. 51 (2000), pp. 83-98

BOURDIEU, Pierre. A economia das trocas simbólicas. São Paulo: Perspectiva,


Cultura e mercado de bens
2015. (Cap. a definir)
simbólicos
Ou
(1 aula)
BOURDIEU, Pierre. A distinção. Crítica Social do Julgamento. (Cap. a definir)
ORTIZ, Renato. Imagens do Brasil. Sociedade e Estado, Brasília, 28(3): 609-
633, set-dez 2013.

Cultura e identidade VIANA, Hermano. (Entrevista a definir)


nacional COELHO, Cláudio. A tropicália: Cultura e política nos anos 60. Tempo Social,
(3 aulas) São Paulo, 1(2): 159-176, 2. sem. 1989.
CÂNDIDO, ANTÔNIO. Literatura e sociedade. Ed. Ouro sobre Azul. Rio de
Janeiro 2006 (Primeira Parte)