Você está na página 1de 2

O Pi (π)

1. Introdução

Este trabalho foi realizado no âmbito da disciplina de Matemática, sob a


responsabilidade da professora Marília Correia.
O valor de pi é enigmático: muitos investigadores, em todo o mundo,
esforçam-se por desvendar os segredos deste número fantástico, mas
sabemos que o número de casas decimais é infinito, por isso nunca
podermos conhecer todas.

2. Definição de Pi
O pi é uma relação entre o perímetro de uma circunferência e o seu diâmetro, sendo uma das constantes
universais conhecidas pelo Homem, surgindo na área da matemática, bem como na física, na estatística, na
engenharia, na arquitectura, na biologia, na astronomia e até mesmo nas belas-artes. Trata-se de um número
infinito, sendo a relação que existe entre o perímetro e o diâmetro de uma circunferência.

3. A História do Pi
A primeira referência ao valor de pi aparece na Bíblia, no Primeiro Livro dos Reis, 7, versículo 23: "Fez logo
um mar de metal fundido, de dez cotovelos de ponta a ponta, de uma borda até à outra borda, redondo ao
redor, e de cinco côvados ao alto; e um cordão de trinta côvados o cingia, em redor." Aqui, o valor de pi é 3,
bastante inexato.
Desde sempre, este número mágico despertou a atenção dos estudiosos. Os historiadores calculam que,
desde 2000 a.C., os homens têm consciência de que a razão entre a circunferência e o seu diâmetro é igual para
todos os círculos.
Arquimedes conseguiu provar que o quociente entre o perímetro e o diâmetro de uma circunferência está
entre 3,1408 e 3,1428.
A primeira utilização de um símbolo para representar a razão entre o perímetro de um círculo e o seu
diâmetro remonta a 1689, quando J. Cristoph Sturm, no seu livro utilizou para isso a letra e. Foi William Jones
que, em 1706, utilizou a letra grega (π).
Qual a razão para escolher esta letra (π)? O motivo era que a letra p, primeira letra da palavra grega
perimetron (perímetro), correspondia à letra no alfabeto grego.
Ao longo dos anos a procura de algarismos do π tem despertado a atenção dos matemáticos o que teve um
grande avanço no fim do século XVII.
A última descoberta tece lugar em 1982: Yoshiaki Tamura e Yasumasa Kanada, no Japão, calcularam o valor
de π com 8388608 (223) dígitos.

4. Curiosidades
Albert Einstein, nasceu no dia do π, dia 14 de março de 1879 e
Hiroyuki Goto estabeleceu um novo recorde mundial, em 1995, ao recitar
de cor as primeiras 42000 casas decimais de π, necessitando de 9 horas
para o fazer.
O valor exato de pi foi evoluindo ao longo dos tempos. Na seguinte
tabela, verifica-se os progressos feitos no cálculo deste valor. Só no sec.
XX, nos anos 50, é que se começou a utilizar o computador para o cálculo
das casas decimais de pi.

Sofia Gama Silva Gomes, nº 20 6º G