Você está na página 1de 42

Aspectos Éticos e Jurídicos

Relacionados à
Segurança da Informação e Comunicações
SIC

por Siomara Pantarotto

siomara@planalto.gov.br

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Identificar e refletir acerca dos


aspectos jurídicos e éticos relacionados à
Segurança da Informação e Comunicações
que impliquem em responsabilidades
civil, administrativa e criminal
aos servidores públicos da
Administração Pública

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

• Sentido objetivo (administração pública) deve


consistir na própria atividade administrativa
exercida pelo Estado por seus órgãos e agentes,
caracterizando, enfim, a função administrativa.
Trata-se da própria gestão dos interesses públicos.

• Sentido subjetivo (Administração Pública) deve


considerar o sujeito da função administrativa, ou
seja, quem a exerce de fato.

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Não deve ser confundida com qualquer dos


Poderes estruturais do Estado, sobretudo o Poder
Executivo, ao qual se atribui usualmente a função
administrativa.

“Todos os órgãos e agentes que, em


qualquer dos Poderes, estejam exercendo
função administrativa, serão integrantes da
Administração Pública”
(José dos Santos Carvalho Filho)

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

A Constituição Federal dispôs em separado:


– Da Administração Pública
– Dos Poderes estruturais da República

CF, art. 37. A administração pública direta e


indireta de qualquer dos Poderes da União, dos
Estados, do Distrito Federal e dos Municípios
obedecerá aos princípios de legalidade,
impessoalidade, moralidade, publicidade e
eficiência e, também, ao seguinte...

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

• Norma Civil
Responsabilidade Civil

• Norma Administrativa
Responsabilidade Administrativa

• Norma Penal
Responsabilidade Penal

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Responsabilidade Objetiva do Estado


CF, art. 37, § 6º - As pessoas
jurídicas de direito público e
as de direito privado
prestadoras de serviços
públicos responderão pelos
danos que seus agentes,
nessa qualidade, causarem a
terceiros,
assegurado o direito de regresso contra o
responsável nos casos de dolo ou culpa.

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Decorre da existência de um
fato que atribui a determinado
indivíduo o caráter de
imputabilidade dentro do
direito privado

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Ações ou omissões dos seres humanos que


ocasionam dano a outrem.

CC, art. 927. Aquele que, por ato ilícito


(arts. 186 e 187), causar dano a outrem,
fica obrigado a repará-lo.

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Decorre da violação de normas


internas da Administração pelo
servidor público, estejam estas
previstas em lei, decreto ou
qualquer outro provimento
regulamentar da função
pública.

Penalidades aplicáveis:
Advertência, suspensão,
demissão, cassação de
aposentadoria, destituição de
cargo em comissão e destituição
de função comissionada.
V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações
Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Responsabilidade Administrativa

Agente Público
- Conceito:
É toda pessoa física vinculada
definitiva ou transitoriamente ao
exercício de uma função pública.

- Categorias:
1. Agentes políticos;
2. Servidores Públicos;
3. Militares; e
4. Particulares em colaboração com o Poder Público.
V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações
Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Responsabilidade Administrativa
Servidores Públicos
- Conceito:
São servidores públicos, em sentido amplo, as pessoas
físicas que prestam serviços ao Estado e às entidades da
Administração, com vínculo empregatício e mediante remu
neração paga pelos cofres
públicos.

- Compreendem:
1. Servidores Estatutários
2. Empregados públicos
3. Servidores temporários
V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações
Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Responsabilidade Administrativa
Particular
- Conceito:
Alcança aqueles que agem sob
delegação do Poder Público
(concessionários,
permissionários, serviços
notariais e de registro); mediante
requisição, nomeação ou
designação para o exercício de
funções públicas relevantes
(jurados, conciliadores, juizes
leigos, à disposição do serviço
militar)

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Lei nº 8.112/90, art. 132 - Pena de demissão


para o servidor que revelar segredo do qual se
apropriou em razão do cargo ou função pública
(informações classificadas).

Lei nº 8.027/90, artigo 5º, inciso I - Pena de


demissão para o servidor que se valer ou
permitir dolosamente que terceiros tirem
proveito de informação obtida em função do
cargo, para lograr, proveito pessoal ou de
outrem (informações privilegiadas).

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Lei nº 8.429/92
Dispõe sobre as
sanções aplicáveis
aos agentes
públicos nos casos
de enriquecimento
ilícito no exercício
de mandato, cargo,
emprego ou função
na administração pública direta, indireta ou
fundacional e dá outras providências.
V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações
Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Decorre da prática de
crime ou contravenção previsto no
Código Penal ou em lei especial.

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

CP, art. 327 Considera-se


funcionário público, para os
efeitos penais, quem, embora
transitoriamente ou sem
remuneração, exerce cargo,
emprego ou função pública
§ 1º - Equipara-se a funcionário público quem exerce cargo, emprego ou função em
entidade paraestatal, e quem trabalha para empresa prestadora de serviço contratada ou conveniada para a
execução de atividade típica da Administração Pública.
§ 2º - A pena será aumentada da terça parte quando os autores dos crimes previstos
neste Capítulo forem ocupantes de cargos em comissão ou de função de
direção ou assessoramento de órgão da administração direta, sociedade de economia mista,
empresa pública ou fundação instituída pelo poder público.

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

CP, art. 153 - Divulgar alguém, sem justa causa, conteúdo


de documento particular ou de correspondência
confidencial, de que é destinatário ou detentor, e cuja
divulgação possa produzir dano a outrem:
Pena - detenção, de um a seis meses, ou multa.
§ 1º-A - Divulgar, sem justa causa, informações sigilosas
ou reservadas, assim definidas em lei, contidas ou não nos
sistemas de informações ou banco de dados da
Administração Pública:
Pena – detenção, de 1 (um) a 4 (quatro) anos, e multa.
Vítima – Administração Pública; pessoa prejudicada
Crime próprio caput; comum § 1o-A ; formal

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

CP, art. 154 - Revelar alguém, sem justa


causa, segredo, de que tem ciência em razão
de função, ministério, ofício ou profissão, e
cuja revelação possa produzir dano a outrem:
Pena - detenção, de três meses a Crime Próprio
um ano, ou multa.
Vítima – Qualquer pessoa
prejudicada
•Formal;
•NÃO admite tentativa

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Falsificação Documento Público


CP, art. 297 - Falsificar, no todo ou em parte,
documento público, ou alterar documento
público verdadeiro:
Pena - reclusão, de dois a seis anos, e multa.
§ 1º - Se o agente é funcionário público, e
comete o crime prevalecendo-se do cargo,
aumenta-se a pena de sexta parte.
Vítima – Estado
• Formal
Crime Comum
V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações
Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

CP, art. 305 - Destruir, suprimir ou


ocultar, em benefício próprio ou de Crime Comum
outrem, ou em prejuízo alheio,
documento público ou particular
verdadeiro, de que não podia
dispor:
Pena - reclusão, de dois a seis anos, e
multa, se o documento é público, e
reclusão, de um a cinco anos, e
multa, se o documento é particular.
Vítima – Estado; pessoa prejudicada
• Formal

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

CP, art. 307 - Atribuir-se ou


atribuir a terceiro falsa
identidade para obter
vantagem, em proveito próprio
ou alheio, ou para causar dano
a outrem:
Crime Comum
Pena - detenção, de três meses a um
ano, ou multa, se o fato não constitui
elemento de crime mais grave.
•Formal
Vítima – Estado; pessoa prejudicada

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Crimes praticados por funcionário público


contra a Administração Pública em geral
Artigos 312 a 326 do Código Penal
Procedimento Comum Procedimentos Especial
• Ordinário • Tóxico
• Sumário • Júri
• Sumaríssimo • Crimes falimentares
• Crimes contra a honra
• Imprensa

• Funcionário público
• Propriedade imaterial
• Competência originária nos tribunais etc

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Inserção de dados falsos em sistema de informações


CP, art. 313-A. Inserir ou facilitar, o
funcionário autorizado, a inserção de dados
falsos, alterar ou excluir indevidamente
dados corretos nos sistemas
informatizados ou bancos de dados da
Administração Pública com o fim de obter
vantagem indevida para si ou para outrem ou
para causar dano:
Pena – reclusão, de 2 (dois) a 12 (doze)
anos, e multa.
Vítima: Estado e o cidadão.

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Modificação ou alteração não


autorizada de sistema de informações
CP, art. 313-B. Modificar ou alterar, o
funcionário, sistema de informações ou
programa de informática sem autorização
ou solicitação de autoridade competente:
Pena – detenção, de 3 (três) meses a 2
(dois) anos, e multa. Crime Próprio
Parágrafo único. As penas são aumentadas de um terço até a
metade se da modificação ou alteração resulta dano para a
Administração Pública ou para o administrado.
•Formal
V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações
Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Extravio, sonegação ou
inutilização de livro ou documento

CP, art. 314 - Extraviar livro oficial


ou qualquer documento, de que tem
a guarda em razão do cargo;
sonegá-lo ou inutilizá-lo, total ou
parcialmente:

Pena - reclusão, de um a quatro


anos, se o fato não constitui crime
mais grave.

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Condescendência Criminosa
Crime Próprio
CP, art. 320 - Deixar o
funcionário, por indulgência,
de responsabilizar
subordinado que cometeu
infração no exercício do cargo
ou, quando lhe falte
competência, não levar o fato
ao conhecimento da
autoridade competente:
Pena - detenção, de quinze •Formal
dias a um mês, ou multa. •NÃO admite tentativa
Vítima – Estado

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Violação de Sigilo Funcional


CP, art. 325 - Revelar fato de que tem
ciência em razão do cargo e que deva
permanecer em segredo, ou facilitar-lhe a
revelação:
Pena - detenção, de seis meses a dois anos,
ou multa, se o fato não constitui crime mais
grave.
§ 1º Nas mesmas penas deste artigo incorre quem:
I – permite ou facilita, mediante atribuição, fornecimento e empréstimo de senha ou qualquer outra forma,
o acesso de pessoas não autorizadas a sistemas de informações ou banco de dados da Administração
Pública;
II – se utiliza, indevidamente, do acesso restrito.
§ 2º Se da ação ou omissão resulta dano à Administração Pública ou a
outrem:
Pena – reclusão, de 2 (dois) a 6 (seis) anos, e multa.

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Violação do Sigilo de
Proposta de Concorrência

CP, art. 326 - Devassar o


sigilo de proposta de
concorrência pública, ou
proporcionar a terceiro o
ensejo de devassá-lo:

Pena - Detenção, de três


meses a um ano, e multa.
V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações
Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

• Crime Contra a Segurança Nacional e a Ordem


Política Social

• Escuta Telefônica

• Código Tributário Nacional

• Serviços Postais

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Crime Contra a Segurança


Nacional e a Ordem Política Social
Lei n. 7.170/83
Art. 13 - Comunicar, entregar ou permitir a comunicação ou a
entrega, a governo ou grupo estrangeiro, ou a organização ou
grupo de existência ilegal, de dados, documentos ou cópias de
documentos, planos, códigos, cifras ou assuntos que, no
interesse do Estado brasileiro, são classificados como sigilosos.
Pena: reclusão, de 3 a 15 anos.
Parágrafo único - Incorre na mesma pena quem:
I - com o objetivo de realizar os atos previstos neste artigo, mantém serviço de espionagem ou dele participa;
II - com o mesmo objetivo, realiza atividade aerofotográfica ou de sensoreamento remoto, em qualquer parte do
território nacional;
III - oculta ou presta auxílio a espião, sabendo-o tal, para subtraí-lo à ação da autoridade pública;
IV - obtém ou revela, para fim de espionagem, desenhos, projetos, fotografias, notícias ou informações a respeito de
técnicas, de tecnologias, de componentes, de equipamentos, de instalações ou de sistemas de processamento
automatizado de dados, em uso ou em desenvolvimento no País, que, reputados essenciais para a sua defesa,
segurança ou economia, devem permanecer em segredo.

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Escuta Telefônica
Lei n. 9.296/96
Art. 10. Constitui crime
realizar interceptação de
comunicações telefônicas,
de informática ou
telemática, ou quebrar
segredo da Justiça, sem
autorização judicial ou
com objetivos não
autorizados em lei.
Pena: reclusão, de dois a
quatro anos, e multa.

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Art. 198. Sem prejuízo do disposto na legislação criminal, é vedada a


divulgação, por parte da Fazenda Pública ou de seus servidores, de
informação obtida em razão do ofício sobre a situação econômica ou
financeira do sujeito passivo ou de terceiros e sobre a natureza e o
estado de seus negócios ou atividades.
§ 1º Excetuam-se do disposto neste artigo, além dos casos previstos no art. 199, os seguintes:
I – requisição de autoridade judiciária no interesse da justiça;
II – solicitações de autoridade administrativa no interesse da Administração Pública, desde que seja comprovada a
instauração regular de processo administrativo, no órgão ou na entidade respectiva, com o objetivo de investigar o
sujeito passivo a que se refere a informação, por prática de infração administrativa.

§ 2º O intercâmbio de informação sigilosa, no âmbito da Administração Pública, será realizado mediante


processo regularmente instaurado, e a entrega será feita pessoalmente à autoridade solicitante, mediante recibo, que
formalize a transferência e assegure a preservação do sigilo.

§ 3º Não é vedada a divulgação de informações relativas a:


I – representações fiscais para fins penais;
II – inscrições na Dívida Ativa da Fazenda Pública;
III – parcelamento ou moratória.

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Lei nº 6.538/78

VIOLAÇÃO DE CORRESPONDÊNCIA
Art. 40 - Devassar indevidamente o conteúdo
de correspondência fechada dirigida a outrem:
Pena: detenção, até seis meses, ou pagamento
não excedente a vinte dias-multa.
QUEBRA DO SEGREDO PROFISSIONAL
Art. 41 - Violar segredo profissional,
indispensável à manutenção do sigilo da
correspondência mediante divulgação de nomes
de pessoas, de assunto ou texto de
correspondência etc.
Pena: detenção de três meses a um ano, ou
pagamento não excedente a cinqüenta dias-
multa.

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

• É a ciência do
comportamento
moral dos homens
em sociedade.

– Objeto próprio
– Leis próprias
– Métodos próprios

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

• É a moral.

• Com exatidão maior, o objeto da ética é a


moralidade positiva, ou seja, “o
conjunto de regras de comportamento e
formas de vida através das quais tende o
homem a realizar o valor do bem”

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Bússola natural
para discernir o
que é certo ou
errado.

“Moral é aquilo que nos faz sentir-nos bem


depois e imoral aquilo que nos faz sentir-
nos mal depois”.
Hemingway
V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações
Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

A Administração Pública
se guia por princípios,
delimitados em normas, e
estes princípios têm
natureza ética, pois
propõem parâmetros
universais de atuação do
agente público.

A ética profissional do agente público é


normativa.
V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações
Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Código de Ética Profissional do


Servidor Público Civil do
Poder Executivo Federal
Decreto nº 1.171/94
• Proibição de retirar da repartição documento ou qualquer outro bem.
• Obrigação moral de conferir publicidade aos atos administrativos, salvo
os sigilosos
• O servidor não pode omitir ou falsear a verdade, ainda que contrária aos
interesses da própria pessoa interessada ou da Administração Pública.
• Causar dano a qualquer bem pertencente ao patrimônio público,
deteriorando-o, por descuido ou má vontade, não constitui apenas uma
ofensa ao equipamento e às instalações ou ao Estado, mas a todos os
cidadãos.
• Dever de aperfeiçoar o processo de comunicação com os usuários para
bem servi-los.

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

Art. 5º, § 4º : sigilo das informações pertinentes à


situação patrimonial da autoridade pública.

Art. 14, inciso II: Proibição da autoridade pública


de prestar consultoria valendo-se de informações
privilegiadas produzidas ou acessadas no exercício
de cargo ou função pública.

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


Aspectos Jurídicos e Éticos Relacionados à SIC

SI OM ARA PAN TAROTTO

siom a r a @pla n a lt o.gov. br

V Seminário sobre Segurança da Informação e Comunicações


This document was created with Win2PDF available at http://www.win2pdf.com.
The unregistered version of Win2PDF is for evaluation or non-commercial use only.
This page will not be added after purchasing Win2PDF.