Você está na página 1de 7

LÍDER DA EMPRESA E OU.

Mas, como fazemos isso?

É preciso entender que a liderança é exercida...

De dentro pra fora:

Assumindo a responsabilidade sobre a sua vida, os seus planos


e as suas ações. Cada pessoa é responsável por si. A vida é feita
de escolhas e fazer as melhores escolhas dentro do que
dispomos é a nossa responsabilidade.

De fora pra dentro:

Praticando o autocontrole emocional para ter a mente serena e


lúcida. Com isso, o líder poderá ver oportunidades e tomar boas
decisões, não se deixar abater ou desanimar por um obstáculo.
Se isso acontece, a nossa visão e discernimento se tornam
turvos, dificultando ainda mais o encontro de soluções.

Internamente:

Praticar a autogestão de suas tarefas, planos e metas.


Um líder de si não tem a quem recorrer para pedir “ordens” ou
para “fiscalizar” as suas metas. O líder de si é autônomo e livre.
Se você sabe exatamente aonde quer chegar, planeje!
O monge e o Executivo

A Escolha

Neste capítulo, um personagem enfoca a ideia de normatizar o comportamento


dos grupos, a importância das práxis, das escolhas que devemos fazer, da
liderança, do determinismo e dos estágios para adquirimos novos hábitos.
Este personagem relata que muitos dos problemas das organizações estão no
topo e não nos colaboradores, não há pelotões fracos, mas líderes fracos.

Nossos paradigmas exercem uma grande influência sobre nosso


comportamento e a práxis nos ensina que o oposto também é verdadeiro. Ela
diz que os sentimentos viram em consequência do comportamento, e muitas
pessoas não querem assumir suas responsabilidades diante das dificuldades de
seus relacionamentos.
1 - Será que já mudamos o suficiente???

A liderança começa com uma escolha, e algumas escolhas incluem encarar as


responsabilidades que nos dispomos a assumir. Algumas pessoas sofrem das
doenças da responsabilidade, são os neuróticos e outras sofrem de problemas
de caráter.

2- Será que vivemos em uma sociedade neurótica ou com problemas de


caráter?? Você é neurótico.docx

Freud tem dado a nossa sociedade todas as desculpas para os maus


comportamentos, evitando que as pessoas assumam a responsabilidade por
seus atos. Para o determinismo, cada efeito tem uma causa. A habilidade de
escolher nossas respostas é uma das glórias do ser humano, e o homem é
essencialmente autodeterminante, o modo de ser das pessoas depende das
decisões, mas não das condições.
O personagem relata também que há duas coisas na vida em que temos que
fazer: morrer e fazer escolhas. O caminho para a autoridade e a liderança
começa com a vontade e as vontades são escolhas que fazemos e temos que
arcar com estas responsabilidades.

3 - Será que assumimos as responsabilidades pelas nossas escolhas????


Responsabilidade pelas escolhas.docx
A disciplina nos ensina a fazer o não natural se tornar natural e assim se tornar
um hábito, pois somos criaturas de hábitos. Temos que passar por quatros
estágios para adquirir novos hábitos:
I. Primeiro, você está inconsciente e sem habilidade, ignora o
comportamento e o hábito, está inconsciente e desinteressado em
aprender a prática;
II. Segundo você está consciente e sem habilidade, toma consciência de
um novo comportamento, mas ainda não desenvolveu a prática;
III. Terceiro você está consciente e habilidoso, está se tornando mais
experiente e se sente confortável com o novo comportamento;
IV. Quarto você está inconsciente e habilidoso, é o estágio em que os lideres
conseguiram incorporar seu comportamento aos hábitos da natureza.

A liderança não é sutil ela é a essência, ou seja, é o caráter. Pensamentos


tornam-se ações, as ações tornam-se hábitos, hábitos tornam-se caráter e
nosso caráter torna-se o nosso destino. Será que todos nós já achamos
nosso destino?? Será que fizemos nossas escolhas da maneira correta??

Reflita e responda as perguntas que foram feitas.


Você está atendendo suas expectativas?
E a expectativa das pessoas que você inspira?
Onde você quer Chegar?
Pratique o diário de bordo:

1. Antes de dormir, agradeça pelo seu dia.

2. Questione-se porque valeu a pena viver o dia de hoje.

3. Pense. O que você faria diferente no dia de hoje?

4. Defina 3 metas para o dia seguinte.

Permita-se a esta rotina, você perceberá uma grande


diferença nos resultados.

http://mongeadm.blogspot.com/2005/09/escolha.html
https://www.revistapazes.com/voce-e-neurotica-se-voce-possui-essas-8-
caracteristicas-e-bom-que-se-cuide-melhor/