Você está na página 1de 31

MARATONA PC-DF

LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA DA PC-DF


PROF. MARCOS GIRÃO
LEI FEDERAL Nº 9.264/1996
(REORGANIZAÇÃO DA PC DF)

QUESTÕES LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA PC DF


Prof. MARCOS GIRÃO
Julgue os itens a seguir de acordo com o que regula a Lei Federal nº
9.264/1996.
01. A Carreira de Polícia Civil do Distrito Federal é composta pelos cargos
de Delegado de Polícia, Perito Criminal, Perito Médico-Legista, Agente de
Polícia, Escrivão de Polícia, Papiloscopista Policial e Agente Penitenciário.
Gabarito: Errado (A Polícia Civil do DF conta com duas carreiras: a Carreira de
Delegado de Polícia Civil do DF, composta apenas pelo cargo de Delegado de Polícia; e
a Carreira de Polícia Civil do DF, composta pelos demais cargos. Além disso, hoje não
há mais Agente Penitenciário, e sim Agente Policial de Custódia).
02. Os cargos componentes da Carreira de Delegado de Polícia
Civil do Distrito Federal e da Carreira de Polícia Civil do Distrito
Federal são compostos pelas seguintes classes: terceira classe,
segunda classe, primeira classe e classe especial.
Gabarito: Certo (As divisões das classes de todos os cargos seguem a
mesma lógica: o ingresso na carreira se dá na terceira classe, e há ainda a
segunda, primeira e uma classe especial, que representa o “topo” da
carreira).
03. [PCDF – AGENTE DE POLÍCIA – 2013 –] Tanto o perito
médico-legista quanto o agente e o escrivão de polícia
integram a carreira de Polícia Civil do DF.
Gabarito: Certo (De acordo com o art. 3o, a Carreira de Polícia Civil do
Distrito Federal fica reorganizada nos cargos de Perito Criminal, Perito
Médico-Legista, Agente de Polícia, Escrivão de Polícia, Papiloscopista
Policial e Agente Policial de Custódia).
04. [PCDF – ESCRIVÃO DE POLÍCIA – 2013] As carreiras de
delegado e escrivão de polícia do DF são distintas, porém ambas
são consideradas típicas de Estado.
Gabarito: Certo (Existe, de acordo com a lei, a carreira de Delegado de
Polícia Civil, e a carreira de Polícia Civil do Distrito Federal. Esta última
abrange os cargos de Perito Criminal, Perito Médico-Legista, Agente de
Polícia, Escrivão de Polícia e Agente Policial de Custódia. Ambas as
carreiras, porém, são consideradas típicas de Estado).
LEI FEDERAL Nº 4.878/1965
(REGIME JURÍDICO DA PC-DF)

QUESTÕES LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA PC DF


Prof. MARCOS GIRÃO
Julgue os itens a seguir, acerca do regime jurídico dos Policiais
Civis do Distrito Federal, à luz da Constituição Federal de 1988:
05. Além da remuneração básica relativa a seu cargo efetivo, o
policial civil do Distrito Federal faz jus ao recebimento de valores a
título de Gratificação por Atividade Policial (GAP).
Gabarito: Errado (A Emenda Constitucional nº 19/1998 instituiu a
remuneração dos servidores das carreiras policiais por meio de subsídio,
ou seja, de parcela única, vedado o acréscimo de qualquer outra espécie
remuneratória).
06. O policial civil do Distrito Federal, por exercer cargo de
natureza técnico-científica, poderá exercer outro cargo
público ou privado, desde que observada a legislação sobre
conflito de interesse.
Gabarito: Errado (A Lei nº 4.878/1965 estabelece claramente que a função
policial é incompatível com qualquer outra atividade profissional, seja ela
pública ou privada).
07. O servidor policial civil do Distrito Federal não poderá, sob
nenhuma hipótese, afastar-se para servir em outro órgão ou
entidade, ou prestar serviços ao Poder Legislativo ou a qualquer
Estado.
Gabarito: Errado (O art. 11, da Lei nº 4.878/1965, autoriza o afastamento do servidor
para prestar serviços em outro órgão ou entidade, ou ainda junto ao Poder Legislativo
ou à Administração Estadual, desde que exerça atribuição inerente a seu cargo efetivo.
Em qualquer caso, será necessária a autorização do Governador do Distrito Federal).
08. [PCDF – DELEGADO DE POLÍCIA – 2015] No que se refere à Lei n.º 4.878/1965, que trata do regime jurídico dos policiais civis da
União, assinale a alternativa correta.
(A) É competência exclusiva do diretor-geral do departamento da polícia federal determinar a instauração de processo administrativo
disciplinar contra policial federal.
(B) O conselho de polícia tem competência para aplicar todas as sanções administrativas previstas pela Lei n.º 4.878/1965.
(C) De acordo com o STF, as infrações disciplinares de deixar de pagar, de forma habitual, dívidas pessoais legítimas e contrair dívidas
pessoais para além da capacidade de pagamento, previstas na Lei n.º 4.878/1965, não foram recepcionadas pela Constituição Federal de
1988 (CF) por não terem relação com as atribuições do cargo, mas sim com a vida privada do servidor policial.
(D) O servidor policial federal tem direito à prisão especial durante a tramitação do inquérito e da respectiva ação penal até o trânsito em
julgado, quando então cumprirá pena em estabelecimento penal, em sela comum e juntamente com os demais presos.
(E) A Lei n.º 4.878/1965 prevê a suspensão preventiva do policial federal, por no máximo 120 dias, para que este não venha a influir na
apuração da transgressão, mesmo nos casos de infrações previstas com penalidade de demissão.
Gabarito: C (A alternativa A está incorreta - o art. 53 determina que a iniciativa para instauração de processo disciplinar cabe ao Diretor-Geral do
Departamento Federal de Segurança Pública, ao Secretário de Segurança Pública do Distrito Federal e aos Delegados Regionais nos Estados. A alternativa B
está incorreta - segundo o art. 58, os Conselhos de Polícia apenas podem apreciar as transgressões disciplinares passíveis de punição com as penas de
repreensão, suspensão até trinta dias e detenção disciplinar até vinte dias. A alternativa D está incorreta - após o trânsito em julgado o policial deve
cumprir sua pena em dependência isolada dos demais presos, mas sujeito ao mesmo sistema disciplinar e previdenciário que eles. A alternativa E está
incorreta porque a suspensão preventiva não excederá 90 dias, nos termos do art. 51).
09. [PCDF – PAPILOSCOPISTA POLICIAL – 2015] O regime jurídico dos deveres, das transgressões e das penas
disciplinares previsto na Lei n.º 4.878/1965 rege o policial civil do Distrito Federal. Considerando essa informação,
assinale a alternativa que apresenta transgressão disciplinar punida com pena de demissão prevista na mencionada
lei.
(A) Praticar ato que importe em escândalo ou que concorra para comprometer a função policial e manter relações de
amizade ou exibir-se em público com pessoas de notórios e desabonadores antecedentes criminais, sem razão de
serviço.
(B) Simular doença para esquivar-se do cumprimento de obrigação.
(C) Deixar, habitualmente, de saldar dívidas legítimas.
(D) Promover manifestações contra atos da administração ou movimentos de apreço ou desapreço a quaisquer
autoridades.
(E) Receber propinas, comissões, presentes ou auferir vantagens e proveitos pessoais de qualquer espécie e, sob
qualquer pretexto, em razão das atribuições que exerce.
Gabarito: E (Segundo o Art. 48. A pena de demissão será também aplicada quando se caracterizar: Il - transgressão dos itens IV, IX,
XI, XII, XIII, XIV, XV, XVI, XXVIII, XXXVI, XXXVIII, XL, XLIII, XLIV, XLV, XLVIII, L, LI, LII, LIII, LV, LVIII, LXI e LXII do art. 43 desta Lei. A
alternativa E está relacionada ao Art. 43, IX - receber propinas, comissões, presentes ou auferir vantagens e proveitos pessoais de
qualquer espécie e, sob qualquer pretexto, em razão das atribuições que exerce. As alternativas A, B, C e D são transgressões
disciplinares, mas não punidas com demissão. As demais com SUSPENSÃO).
10. [PCDF – PERITO CRIMINAL – 2012] Com base na Lei n.º 4.878/1965, é considerada de natureza grave a
seguinte transgressão disciplinar:

(A) Deixar de pagar, com regularidade, as pensões a que esteja obrigado em virtude de decisão judicial.

(B) Faltar à verdade no exercício de suas funções, por malícia ou má-fé.

(C) Deixar de comunicar, imediatamente, à autoridade competente faltas ou irregularidades que haja
presenciado ou de que haja tido ciência.

(D) Negligenciar a guarda de objetos pertencentes à repartição e que, em decorrência da função ou para o seu
exercício, tenham-lhe sido confiados, possibilitando que se danifiquem ou se extraviem.

(E) Deixar de comunicar à autoridade competente, ou a quem a esteja substituindo, informação que tiver
acerca de iminente perturbação da ordem pública, ou da boa marcha de serviço, tão logo disso tenha
conhecimento.

Gabarito: E (Das condutas apresentadas, a única que constitui ilícito de natureza grave é a da alternativa E).
DECRETO Nº 59.310/1966
(REGULAMENTO DO REGIME JURÍDICO DA
PCDF)

QUESTÕES LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA PC DF


Prof. MARCOS GIRÃO
Julgue os itens a seguir, segundo o regulamento do regime jurídico dos
Policiais Civis do Distrito Federal, Decreto nº 59.310/1966:
11. São considerados policiais civis os brasileiros legalmente investidos de
cargos da Polícia Civil do Distrito Federal. Os ocupantes de cargos em
comissão e funções gratificadas com atribuições de natureza policial, ainda
que não sejam servidores efetivos, devem ser considerados igualmente
funcionários policiais.
Gabarito: Certo (O parágrafo único do art. 1o do Decreto n° 59.310/1966 equipara os
policiais civis efetivos aos ocupantes de cargos em comissão e funções gratificadas que
exerçam atribuições de natureza policial).
12. Pedro Paulo é escrivão da Polícia Civil do Distrito Federal e foi convidado
a assumir cargo de chefia na Polícia Civil da Paraíba. De acordo com as
normas do Decreto n° 59.310/1966, Pedro Paulo não pode se afastar da
Polícia Civil do DF para ter exercício na Polícia Civil da Paraíba.
Gabarito: Errado (A regra do Decreto n° 59.310/1966 contem uma exceção: quando as
funções a serem desempenhadas tiverem relação com as atribuições do cargo efetivo,
o policial civil do DF pode ter exercício em outro órgão ou prestar serviços ao Poder
Legislativo ou a qualquer Estado da Federação, mediante autorização do Governador
do Distrito Federal).
Julgue os itens a seguir, segundo o regulamento do regime jurídico dos
Policiais Civis do Distrito Federal, Decreto nº 59.310/1966:
13. A diária de até três meses de vencimento será paga ao policial civil que
for removido para exercício em nova sede, de forma que tenha que mudar
de domicílio, para ressarcir suas despesas viagem e nova instalação.
Gabarito: Errado (A assertiva na verdade está tratando da ajuda de custo. O valor
máximo dessa vantagem é de 3 meses de vencimento. Lembre-se de que não se
concederá ajuda de custo ao servidor: a) que, em virtude de mandato eletivo, deixar
ou reassumir o exercício do cargo; b) posto à disposição de qualquer entidade de
direito público; c) quando removido a pedido ou por conveniência da disciplina).
14. Deve ser pago o valor correspondente a meia diária quanto o
servidor policial se deslocar por período superior a 6 e inferior a 12
horas.
Gabarito: Errado (Para fazer jus ao pagamento de meia diária, o servidor deve ser
deslocar por pelo menos 7h. Se o deslocamento for por período maior que 12h, ele
receberá uma diária).
15. O Decreto n° 59.310/1966 autoriza a falta do servidor ao
serviço por até oito dias úteis por motivo de casamento ou de
falecimento de cônjuge, pais, filhos ou irmãos.
Gabarito: Errado (A assertiva foi escrita de forma a chamar sua atenção para as
hipóteses de concessão dessa licença, mas ao mesmo tempo tenta enganar você
dizendo que o período é de até 8 dias úteis, quando na verdade é de até 8 dias
corridos).
Julgue os itens a seguir, segundo o regulamento do regime jurídico dos
Policiais Civis do Distrito Federal, Decreto nº 59.310/1966:
16. O Decreto-Lei n° 59.310/1966 determina que o policial civil do Distrito
Federal que for aposentado por invalidez decorrente de acidente de
trabalho será remunerado integralmente.
Gabarito: Certo (Sim, é verdade. A mesma regra se aplica ao aposentado em
decorrência de doença profissional. O acidente de trabalho abrange também a
agressão sofrida e não provocada pelo policial no exercício de suas funções).
17. O policial civil do Distrito Federal se submete a regime de
dedicação integral, sendo possível apenas o exercício de atividades
de magistério.
Gabarito: Errado (Apesar de toda a polêmica que envolve o tema, o
Decreto-Lei n° 59.310/1966 estabelece que o regime do policial civil do DF
é de dedicação integral, sendo vedado exercício de qualquer outra
atividade, remunerada ou não, em entidade pública ou empresa privada).
18. O policial civil do Distrito Federal tem o dever de
obedecer às ordens de seu superior hierárquico, ainda
quando manifestamente ilegais, por força do princípio da
disciplina.
Gabarito: Errado (A obediência às ordens superiores é dever funcional do
policial civil do DF, mas a ordem manifestamente ilegal não deve ser
obedecida).
Julgue os itens a seguir, segundo o regulamento do regime jurídico dos
Policiais Civis do Distrito Federal, Decreto nº 59.310/1966:
19. Tendo conhecimento de irregularidade em razão do cargo, constitui
dever do policial civil do Distrito Federal comunicar o fato à autoridade
superior, por escrito ou oralmente.
Gabarito: Errado (O policial civil do DF tem o dever de comunicar à autoridade superior
acerca de irregularidade da qual tem conhecimento em razão do cargo. Essa
comunicação deve ser feita reservadamente, quando necessário, mas sempre por
escrito).
20. Comete infração disciplinar o policial civil do Distrito Federal que se
refere de forma depreciativa às autoridades e atos da Administração Pública,
independentemente do meio utilizado.
Gabarito: Certo (Esta transgressão disciplinar está tipificada no art. 364, I).

21. O policial civil do Distrito Federal que adquire ações de sociedade de


economia mista incorre em transgressão disciplinar.
Gabarito: Errado (O exercício de comércio e a participação em sociedade comercial por parte
do policial civil do DF constitui transgressão disciplinar, mas a aquisição de ações ou cotas
constitui exceção).
22. [PCDF – PERITO MÉDICO-LEGISTA – 2015] Assinale a alternativa que apresenta transgressão
disciplinar praticada por policial civil do DF punível com pena de demissão.

(A) Referir-se de modo depreciativo às autoridades e aos atos da administração pública por qualquer meio.

(B) Praticar ato que importe em escândalo ou que concorra para comprometer a função policial.

(C) Faltar com a verdade no exercício de suas funções, por malícia ou má-fé.

(D) Indispor funcionários contra os seus superiores hierárquicos ou provocar, velada ou ostensivamente,
animosidade entre os funcionários.

(E) Deixar de cumprir ou de fazer cumprir, na esfera de suas atribuições, as leis e os regulamentos.

Gabarito: D (Apenas a transgressão disciplinar prevista na alternativa D é punida com demissão. As


demais são punidas com suspensão, com exceção da alternativa C, para a qual a pena prevista é a de
repreensão).
23. [PCDF – PERITO CRIMINAL – 2016] Em relação ao regime jurídico dos funcionários policiais civis do Departamento Federal de
Segurança Pública e da Polícia do Distrito Federal, disposto no Decreto no 59.310/1966, assinale a alternativa correta.

(A) Deixar de pagar, com regularidade, as pensões a que esteja obrigado em virtude de decisão judicial é considerada uma transgressão
disciplinar.

(B) Remoção é o ato de provimento mediante o qual se processa a movimentação do funcionário de um para outro cargo de igual
vencimento.

(C) Em relação à responsabilidade dos funcionários policiais, é correto afirmar que as cominações civis e as penais são dependentes entre si
e inacumuláveis.

(D) A ajuda de custo é destinada ao funcionário que passa a ter exercício em nova sede, que determine a mudança de seu domicílio, não
podendo, em regra, exceder a importância correspondente a cinco meses do vencimento.

(E) O funcionário policial, em razão do cargo, tem o dever de levar ao conhecimento da autoridade superior, de forma oral ou por escrito,
irregularidade de que tiver conhecimento.

Gabarito: A (A letra B está errada porque trata-se de transferência e não de remoção. A letra C está errada porque o correto seria afirmar que as cominações civis e as penais
são Independentes entre si e ACUMULÁVEIS. A letra D está errada porque, segundo o art 253, a ajuda de custo não excederá a importância correspondente a três meses do
vencimento, salvo quando se tratar de viagem ao estrangeiro. A letra E está errada porque, de acordo com o art. 363, IX: é dever do funcionário policial levar ao conhecimento da
autoridade superior, reservadamente quando necessário, mas sempre por escrito, irregularidade de que tiver ciência em razão do cargo).
OBRIGADO E SUCESSO!
PROF. MARCOS GIRÃO